O ensino da leitura inglês

252 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

O ensino da leitura inglês

  1. 1. O ENSINO DAS HABILIDADES
  2. 2. As habilidades orais na sala de aula As habilidades orais poderiam dividir-se nas seguintes áreas gerais: • prática das estruturas linguísticas e dos exercícios do livro didático isso pode ser feito de forma mais ou menos controlada; uso da língua estrangeira de forma criativa • conversas dentro e fora da sala de aula. Todos esses itens têm seu espaço em um programa linguístico bem balanceado.
  3. 3. Atividades orais nos livros didáticos A maioria dos livros didáticos enfatizam a prática das habilidades orais, o propósito dessa atividade é fazer com que articulem o que viram ou ouviram, fixando a estrutura linguística na sua mente. As atividades orais, normalmente, são apresentadas na forma de perguntas e respostas ou de sentenças para se definir se são verdadeiras ou falsas. Usando a língua de forma criativa Contar histórias é uma excelente atividade oral, uma vez que a estrutura linguística e o vocabulário tenham sido praticados de uma forma controlada e semicontrolada. Há dois pontos importantes sobre qualquer tipo de atividade oral: • Os alunos precisam entender o que deve ser feito; • Devem ter aprendido a linguagem de que vão acrescentar mais material linguístico, mas é importante que os alunos mais lentos produzam algo, mesmo que muito simples.
  4. 4. Pronúncia e Entonação Todas as línguas têm suas próprias regras de pronúncia e é muito útil estar ciente de quais dessas regras se assemelham ou são diferentes das de sua própria língua. Isso pode ser feito sob categorias específicas: • Sons • Sílaba tônica • Palavra com maior ênfase na sentença • Entoação Esses aspectos da pronúncia podem ser aplicados a todas as línguas. O som e a forma escrita Uma maneira de ajudar seus alunos a entender que os sons do inglês são escritos de forma diferente dos do seu próprio idioma é fazê-los usar o alfabeto fonético. Nele, cada símbolo tem um som preciso.
  5. 5. O ENSINO DA LEITURA: PROBLEMAS E POSSIBILIDADES
  6. 6. Leitura uma habilidade pessoal A leitura é uma das habilidades mais “pessoais” de um idioma ou seja uma atividade solitária: podemos ler por prazer, ou para informação, mas fazemos por razões próprias e pessoais. Como é uma atividade solitária, é também a mais “portátil” das habilidades. Falar e ouvir requer uma outra pessoa; a escrita normalmente precisa de alguém para quem escrever. A leitura, contudo, pode ser feita sem a participação de qualquer outra pessoa.
  7. 7. Tipos de leitura “ O que você leu ontem?” Uma excelente maneira de entender o significado de “diferentes tipos de leitura” é fazer uma lista de tudo que você leu em sua própria língua ontem. Esqueça as aulas; pense n sua “vida normal”! Sua lista inclui alguns dos itens seguintes? Jornal; revista; livro; horário de ônibus; carta de um amigo; cartão postal de um amigo; conta em restaurante; placas de rua carta da companhia de seguros; anúncios; horário de filmes no jornal; reportagem financeira; Agora pense no motivo que fez com que você lesse os textos da sua própria lista. Classifique essas informações segundo os seguintes títulos (algumas delas podem figurar em mais de um título): Leitura por prazer romance carta de minha tia cartão postal de meu irmão Leitura para informação horário de ônibus horário de filmes cartão postal de minha mãe
  8. 8. “ Por que você leu isso?” A leitura por prazer frequentemente envolve menos concentração do que a leitura para informação. Na de informação a concentração se dá em cada palavra ou frase do texto para assim nos certificarmos que a informação foi entendida corretamente. Podemos até anotar itens ou fatos-chaves em ordem, para não esquecê-los. Diferentes tipos de texto de leitura precisam de tipos variados de atividades de leitura ou exercícios para ajudar os alunos a entendê-los. Como : Placas de rua (esse texto pode ser lido de diferentes maneiras, dependendo da nossa intenção); Horários (frequentemente temos necessidades específicas quando lemos um texto, sabemos o que estamos procurando e assim atendendo as nossas necessidades); Manuais de aparelhos eletrônicos ( nosso conhecimento pessoal de um assunto afetará a maneira com que lemos, e como podemos detectar o conhecimento pessoal de seus alunos em relação ao conteúdo de um determinado texto);
  9. 9. Coluna de lazer de um jornal (ao acharmos um filme interessante por exemplo voltaremos a leitura para verificar a sala de cinema, preço, horário, etc); Um romance (é improvável que você possa responder a um pergunta sobre alguns detalhes muito específico quando estiver lendo um romance!Então , nas aulas, alguns exercícios baseados na leitura de uma estória ou romance não devem ser do tipo que “testam”. É importante encontrar o tipo certo de atividades para o tipo de texto); Um artigo de jornal (emoções e leitura podem vir juntos. E emoções pessoais sobre o texto podem servir de grande motivação para atividades de conversação ou de escrita); Leitura nas aulas: razões para leitura Uma maneira de preparar atividades de leitura é pensar em três estágios possíveis: •Atividades de preparação para a leitura; •Atividades de leitura; •Atividades após a leitura. Atividades de preparação para a leitura Estes exercícios devem ser feitos antes que os alunos leiam o texto, com o objetivo de: •Apresentar o tema e estimular o interesse dos alunos; •Dar aos alunos um motivo para a leitura daquele texto, como aconteceria na “vida real”; •Oferecer apoio em relação aos itens linguísticos, de modo que possam entender os pontos-chave.
  10. 10. Para decidir-se pelo tipo de exercício mais produtivo para seus alunos, faça a si mesmo as seguintes perguntas: •Que conhecimento eles têm do tema? •Como eu posso trazer esse conhecimento à tona e usá-lo? •Qual a melhor maneira de extrair esse conhecimento? •O que motivaria seus alunos a lerem esse texto? •Que itens léxicos são vitais para o texto? •Que itens da língua (vocabulário ou estruturas) são difíceis, ou novos, para seus alunos? •Que itens da língua (vocabulário ou estruturas) são supérfluos para o texto? Atividades de leitura Os objetivos dessas atividades são: •Ajudar a entender o propósito do autor; •Ajudar a entender os aspectos linguísticas; •Esclarecer o conteúdo.
  11. 11. Atividades após a leitura • Consolidar ou se concentrar no que foi lido; • Relacionar o conteúdo com o conhecimento ou a experiência do próprio aluno; • estimular leituras complementares, ou reflexão, ou atividades; Leitura por prazer A escolha do texto é muito importante, pois cada indivíduo gosta de diferentes tipos de livros e revistas, a mesma pessoa pode também gostar de diferentes tipos de textos em horas diferentes: romance sentimental na praia; um sério em outras ocasiões; ou ficção científica. Escolha de textos Se o tempo em sala de aula for limitado, então é importante escolher um livro didático que tenha uma quantidade adequada de textos de leitura. O material suplementar pode ser atraente, onde os textos são semi-autênticos que reforçam e imitam a linguagem apresentada.

×