Guaianás 132

37 visualizações

Publicada em

Jornal Guaianás & Cidade Tiradentes 132

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
37
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guaianás 132

  1. 1. Tiragem 30 mil www.fb.com/JORNALGUAIANAS Tel.: (11) 2031-2364 / raleste@gmail.com 16 a 30 de Novembro 2015ANO 7 / Nº 132 SÃO PAULO DISTRIBUIÇÃO GRATUITA GUAIANÁS & CIDADE TIRADENTES Política O resgate da São Paulo lim- pa e agradável Cid Tiradentes Em Cidade Tiradentes, dis- trito paulistano de maioria ne- gra, programação coloca o as- sunto no centro do debate As atividades do Mês da Consciência Negra ocorrem num momento em que o Mapa da Violência 2015, divulgado pela Faculdade Latino-Ameri- cana de Ciências Sociais (Flas- co), revelou expressivo cresci- mento (66,7%) no número de mulheres negras assassinadas em um ano, enquanto entre as brancas houve redução de 9,8% no mesmo período. Em Cidade Tiradentes, dis- trito paulistano com 55,7% de negros (IBGE/2010), as ativida- des têm início no dia 17, quan- do um grupo de moradoras e moradores... leia pág 06 Mês da Consciência Negra 2015 questiona violência contra as mulheres O Grupo Acontece de Jor- nais e Revista promoveu um dia recheado de grandes atrações, lazer e entretenimento para toda a comunidade do bairro Canga- íba. Aproximadamente 700 pes- soas passaram pelo parque. Com um tempo bastan- te agradável, o Parque Sabesp Cangaíba foi palco de diversas atrações artísticas voltadas para a diversão e... leia pág 08 Shows integram mostra de arte urbana no Centro de For- mação Cultural Cidade Tira- dentes. Para encerrar 2015 em gran- de estilo, o CFCCT (Centro de Formação Cultural) recebe dia 12 de dezembro (sábado), a “Mostra de Arte Urbana” com um grande show.. leia pág 03 São Paulo apagou ao longo do tempo todo o vestígio do que hoje se chama de cidade susten- tável. Ficou no passado remoto a imagem da cidade com rios limpos, preservação de sua his- tória, vegetação bem cuidada, ar respirável, trânsito mais equili- brado e boa oferta de transporte público. Leia pág 07 MV Bill e Rashid se apresentam em Cidade Tiradentes Domingo de cidadania e lazer no Parque Sabesp Cangaíba Gaúcha aposta em bumbum para ganhar Fran Petiz é a representante do Rio Grande do Sul no con- curso Gata do Brasil 2015. Para fazer bonito e impressionar os jurados, a gata está investindo em exercícios físicos e man- tém uma dieta regrada desde agosto. “Consegui chegar onde queria para me tornar a Gata do Brasil 2015, sei do meu poten- cial e estou confiante que este titulo será meu”, declarou Fran, semmodéstia. Os quase 100 cm de bum- bum, que a loira garante ser du- rinho, se deve... leia pág 13
  2. 2. 2 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Atualidades As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. Diretor e Chefe de Redação: Divaldo Rosa MTb: 42.488 • Jornalista (fl): Silmara Galvão Nunes • Diretor em Cidade Tiradentes: Pastor Odair Bento • Designer: Ademir Rodrigues • Marketing e pós vendas: ArianeAndrade • Revisora: Prof. Suseli Corumba • Administração Financeira: Ademir Rodrigues • Distribuição: Mart Press Distrib.de Jornais • Redação e Publicidade • Fone/Fax: 2031-2364 / 2513-0928 • Av. Guachos, 166 • Cep: 08030-360 • Vila Curuçá - SP - (fl = Freelancer). Bom Dia Guaianas & Cidade Tiradentes - Edição 132 - 2ª Quinzena de Novembro de 2015 - Impressão: GUAIANÁS & CIDADE TIRADENTES Associado a : O mundo de hoje , é uma caçada alucinante pela melhor colocação, um melhor salário , ter mais conforto.Dias após dias observamos e fazemos par- te desse “transito” de pessoas andando pro canto e pro outro , pegando condução indo ao traba- lho , indo a faculdade , buscando algo que venha nos dar uma con- dição melhor de vida . Isso não tão somente pra nos sobreviver e manter nossas contas em dias , mas porque queremos mais! Sim desejamos bens materiais ao passo que vemos outras pessoas adquirindo mais bens! Digo por experiencia própria ,pois recen- temente meu irmão comprou um carro. E isso ao ver ele conquis- tando o objetivo acaba por sua vez estimulando eu ou você a ter A Grama do Quintal do Seu Vizinho Não é Tão Verde Quanto Você Acha... também ! Venhamos e convenha- mos quando vimos na televisão algo novo ou uma pessoa que é tão próxima de nós fazendo uma pro- paganda “boca-a- boca” sobre um produto ou serviço , acabamos de uma certa forma nos interessando , mesmo que ainda não compremos ,passamos a investigar a funciona- lidade desse produto ou serviço. Isso ocorre também para os “anti- -capitalistas” de plantão.Pois até os “anti-capitalistas” consomem algum produto ... Espelhamos ou que psicologi- camente acabamos por nos entre- gar ao consumo de bens , ainda que não dependemos de algum produto pra sobreviver , mas sem- pre faremos questão de ter! Mas o pior é quando isso começa a virar uma especie de competição.Sim! A sociedade como todo tem a tendencia disso . Sempre teremos um vizinho que tem um carro ou mais de um na garagem , ou que tem mais de um apartamen- to. Não pense você que está len- do esse artigo que esse vizinho “rico” seja tão prospero assim, pelo fato de ter mais coisas que você . Qualquer bem de consumo demanda tempo de uma pessoa que adquiriu.Manter os custos que os bens demanda seja uma automóvel ou uma casa ,não é tão fácil ainda mais pra aqueles que só tem “aparência de condição financeira boa” , só ele próprio pra saber o quando exige dele de tempo e dinheiro pra manter suas “fortalezas”. Não se engane! Se você pen- sa que a “grama do quintal dele é mais verde do que o seu quin- tal” certifique -se também o que você tem de mais valioso em sua vida que independe de “TER” e sim o que depende é “SER”. Seu vizinho aparentemente possa ter mais amigos que você, mas ob- serve no estacionamento do seu prédio ou na rua do seu bairro ,o porque dele ser tão “requisitado” assim. A forma como você enxerga determina sua própria visão de mundo ! Seu vizinho possa ter mais do que você , mas exigirá na certa um esforço bem maior da parte dele de manter seu conforto , que muitas vezes comprometerá a própria qualidade de vida . Tudo é uma troca nesse mundo ! Você quer ter muito isso é um direito seu ou meu, porém, exigirá mais responsabilidades de nossa parte. Podemos você e eu perdemos em outras coisas . E dizem e concor- do que as melhores coisas da vida é TUDO DE GRAÇA ! Fábio Santos, Colunista For- mado em Logística e Modelo Fo- tográfico
  3. 3. 3BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Destaque Local As matérias publicadas nesta página são de exclusiva responsabilidade do site cidtiradentes.com Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. O Facebook é cada vez mais uma parte integral da vida das pessoas e seus relacionamentos. Por isso, cada vez mais é co- mum ver a rede social como parte da vida de casais. Só que quando esse relacionamento acaba, o uso do site comumente torna dolo- roso, por trazer recordações de como as coisas eram antes. Para tentar solucionar isso, o Face- book lançou uma nova ferramen- ta que auxilia neste momento. Agora, assim que o usuário marcar o fim de um relaciona- mento no Facebook, um novo kit de ferramentas irá pipocar. Ele é composto por três elementos principais: limitar o quanto você vai ver da outra pessoa no seu feed de notícias, limitar quanto Shows integram mostra de arte urbana no Centro de Forma- ção Cultural Cidade Tiradentes. Para encerrar 2015 em gran- de estilo, o CFCCT (Centro de Formação Cultural) recebe dia 12 de dezembro (sábado), a “Mostra de Arte Urbana” com um gran- de show rap, com a presença de grandes nomes do estilo, como MV Bill e Rashid, Xis, Apoca- lipse Urbano, As’Trinca, entre outros. Também participam do show os grupos Terceira Safra, VH2, Link, Gah MC, Primeira Mente, Lakers e Pá, Théo Samuka, Tati Botelho, Godo, James Ventura, Xará e Motim. A atividade come- ça às 19h, no Hall do Teatro do CFCCT (3° Piso). Além dos shows da rap, a “Mostra de Arte Urbana” vai ofe- recer nos dias 10 e 11 de dezem- bro (quinta e sexta) oficinas de DJ Balanço foi atualizado nes- ta segunda-feira pela Secretaria da Educação. Justiça de SP negou recurso que pedia reintegração de posse Já são 108 as escolas esta- duais ocupadas por estudantes contrários à reorganização es- colar, de acordo com balanço divulgado na tarde do dia 23 pela Secretaria Estadual da Educação . Segundo o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeo- esp), 114 escolas estão ocupa- das pelos estudantes. O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) negou na manhã desta segunda o pedi- do de recurso da Secretaria da Fazenda Pública que pedia a reintegração de posse das es- colas ocupadas desde o início de novembro. A decisão é da 7ª Câmara de Direito Público e foi unânime. A reorganização escolar prevê a divisão de unidades por ciclos, transferência de alunos Passa de 100 o número de escolas estaduais ocupadas em São Paulo para readequação da rede, e o fechamento de 93 escolas para o prédio ser usado com outro fim educacional. A mudança afeta diretamen- te 311 mil alunos e 74 mil pro- fessores. A Justiça chegou a permitir a reintegração de posse de algu- mas escolas, mas voltou atrás em busca de uma conciliação entre as partes, o que ainda não aconteceu. O governo de São Paulo afirma que a reorganiza- ção está mantida, sugeriu que os alunos formalizem as sugestões e que vai dialogar “até o limite”. O estado paulista pode recorrer e o processo ainda será julgado. Reestruturação e ocupações A secretaria anunciou no dia 23 de setembro uma nova organização da rede estadual de ensino paulista. O objetivo é se- parar as escolas para que cada unidade passe a oferecer aulas de apenas um dos ciclos da edu- cação (ensino fundamental I, ensino fundamental II ou ensino médio) a partir do ano que vem. A proposta gerou protestos de estudantes e pais porque pre- vê o fechamento de 93 escolas, que serão disponibilizadas para outras funções na área de edu- cação. Além disso, pais reclamam da transferência dos filhos para outras unidades de ensino. Estudantes começaram a ocupar escolas em protesto con- tra a reestruturação. A primeira a ser ocupada, em 9 de novem- bro, foi a Escola Estadual Dia- dema, no ABC. A ocupação que mais cha- mou a atenção foi da escola Fer- não Dias, em Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo. Um grande número de policiais militares foi deslocado para a escola e a Avenida Pedroso de Morais foi bloqueada no quarteirão onde fica o colégio. Houve tumultos e um sindicalista chegou a ser detido. A Justiça chegou a con- ceder a reintegração de posse tanto da Fernão Dias quanto da Diadema, mas a decisão foi der- rubada. MV Bill e Rashid se apresentam em Cidade Tiradentes a produção cultural. As oficinas de DJ ficarão sob o comando dos DJs RM e Erick-Jay. Já nas ofi- cinas de produção musical, serão ministradas por dois dos maiores produtores do Brasil, DJ Maxnos- Beatz e DJ Caique, que também fará apresentação de seu projeto “DJ Caique Convida” onde o re- pertório terá os sucessos do seu mais recente trabalho o “Coliga- ções Expressivas 3”. Para fechar com chave de ouro, no dia 13 de dezembro (do- mingo), o samba pede passagem com as “Damas do Samba” se apresentará nas vozes de Nãnãna da Mangueira e Graça Braga, in- terpretando sucessos de sambistas renomadas como Jovelina Perola Negra, Dona Ivone Lara, Clara Nunes e Clementina de Jesus. A atividade é totalmente gra- tuita. Facebook lança recurso para fazer ex-namorados ‘sumirem o seu/sua ex vê de você no feed dele(a) e restringir a capacidade de outras pessoas verem as publi- cações em que vocês dois estão juntos. “Este trabalho é parte de nos- so esforço contínuo para desen- volver recursos para pessoas que possam estar passando por mo- mentos difíceis em suas vidas”, diz o gerente de produto Kelly Winters no blog do Facebook. Até agora, a única coisa que o usuário poderia fazer é deixar de seguir seu ex-parceiro, exclui-lo ou bloqueá-lo, mas ainda há vá- rios outros vestígios do relacio- namento. Isso inclui fotos antigas em que o casal está marcado, por exemplo, das quais a pessoa pre- cisa se desmarcar. Sim, uma boa parte das novas medidas poderia ser tomada pelo próprio usuário, mas é importante ver que a em- presa entendeu a demanda e co- meçou a oferecer ativamente as ferramentas que facilitam o pro- cesso ao fim do namoro. Inicialmente, o novo recurso está valendo para os Estados Uni- dos, mas o Facebook já fala em expandir as ferramentas, que são opcionais, para outros locais.
  4. 4. 4 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 projetos de 24 empresas consor- ciadas ou isoladas. Contratamos a empresa municipal SPNegócios, para nos dar a assessoria técnica que também contou com o apoio do Banco Mundial; realizamos 2 audiências públicas e responde- mos cerca de 400 questões téc- nicas levantadas por uma enorme gama de interessados no assunto. Lançamos o Edital de concorrên- cia em abril de 2015, que foi pa- ralisado pelo Tribunal de Contas para análise minuciosa e exigên- cia de respostas para várias repre- sentações, inclusive de represen- tantes da Câmara dos Vereadores, e questionamentos de sua área ju- rídica e técnica. Tudo isso resul- tou no aperfeiçoamento do Edital que finalmente foi liberado para prosseguimento no último dia 25 de outubro. Ou seja, processo todo feito dentro da mais estrita legalidade, transparência e com participação da cidadania. O consórcio ganhador da con- corrência e futuro parceiro da mu- Comunidade Bancas Associação Educacional Brasil Para o Mundo - Rua Arnaldo BonaVentura Banca do Sr Francisco Ao lado do Clube Andre Vital Banca do Sr. João-Rua Nascer do Sol Banca Fabiana & Irmãos Av. dos Metalurgicos Banca Sr Gilberto Av. dos Metalurgicos - Setor 65 Onde encontrar o jornal em Cidade Tiradentes Iniciativa visa à aproxima- ção do poder legislativo e de moradores da região No dia 28 de novembro, sá- bado, às 9h30, o CEU Jambeiro receberá o projeto Câmara no seu Bairro. O objetivo do encon- tro entre vereadores e munícipes é a integração entre os morado- res do distrito e o poder legislati- vo, para debater as demandas da comunidade. O evento é aberto a todos e a inscrição será feita no local e no dia da sessão. O contato direto realizado pelo Câmara no Bairro serve, também, para que as principais metas com o povo sejam conclu- ídas e que os trabalhos da câma- ra possam ser popularizados. Os moradores terão a opor- tunidade de apresentar suas necessidades e reivindicações durante a reunião de trabalho, para, juntamente com o poder legislativo, favorecer a região de Guaianases. Clique aqui e tenha mais in- formações sobre o evento. Por uma São Paulo melhor iluminada Simão Pedro Modernizar, num curto pe- ríodo de tempo, o maior parque de iluminação pública da Amé- rica Latina, remodelando todas as suas 617 mil luminárias para nicipalidade, terá que investir, num período de 5 anos, R$ 1,7 bilhão, para trocar, no primeiro ano, 10% das luminárias da Ci- dade por LED e ampliar o atual parque em mais 70 mil pontos de iluminação, construir o Cen- tro de Controle Operacional e iniciar a implantação do sistema de telegestão. Nos outros 4 anos, terá que trocar 22% das lumi- nárias por ano até completar o parque e fazer a ampliação de mais 5% por ano para responder o crescimento da demanda que é constante. O Ilume levaria cerca de 20 anos para fazer essas obras se fosse para tocá-las com um contrato do tipo do atual. O novo parceiro terá que fazer novos in- vestimentos a partir do 10º ano, pois terá que voltar a renovar as luminárias já que as de LED têm um tempo médio de vida de 10 anos. A concessão do serviço de iluminação pública durará 20 anos, tempo que a Prefeitura terá para pagar os investimentos e a gestão dos serviços e para que seu novo parceiro receba pelos investimentos feitos. E o pagamento será feito por indi- cadores de desempenho (tempo de atendimento das demandas e qualidade luminotécnica)e de disponibilidade (maior número de luminárias acesas à noite), avaliados por um Verificador Independente contratado pelo Ilume. A iluminação em LED traz grandes vantagens para nossas cidades. A primeira é o baixo consumo de energia elétrica. São Paulo consome no seu par- que atual 44,6 GWhpor mês e paga por isso à concessionária de energia de R$ 13,5 milhões. Isso cairá pela metade com o novo sistema, configurando um enor- me ganho para nosso Meio Am- biente, que também é beneficia- do pelo fato de não entrar metais pesados na composição desse tipo de lâmpada.E aqui também reside outra vantagem, pois a busca de economia de energia resultará em garantia de melhores ganhos e so- bras para novos investimentos em projetos especiais. Do ponto de vista da sensação de segurança a iluminação com LED é muito grande. Já pudemos constatar isso nas avenidas da Marginal Pinheiros, na avenida 23 de maio, sob o Minhocão e agora na comunidade de Heliópolis, lo- cais que tiveram suas luminárias remodeladas com a nova tecnolo- gia ainda dentro do contrato atual. Impressionante ouvir os depoi- mentos dos cidadãos que trafegam por essas vias e que moram nesse bairro de como seus espaços se va- lorizaram e melhoraram. Trabalhamos nesse tempo todo, sob a liderança do Prefeito Fernando Haddad, para oferecer um grande projeto para nossa Ci- dade, para que a concorrência seja ampla e resulte na melhor proposta para São Paulo continuar avançan- do e modernizando a gestão e os serviços de sua iluminação públi- ca, resultando numa sensível me- lhora da qualidade de vida de sua gente. Simão Pedro Chiovetti, mes- tre em sociologia política, foi de- putado estadual pelo PT/SP por 3 Mandatos (2003 a 2014), é o Se- cretário de Serviços da Prefeitura de São Paulo. a tecnologia LED, ampliar esse parque em mais 70 mil pontos, conectar todas as luminárias a um centro de controle operacional através de um sistema de teleges- tão para manutenção e controle do consumo de energia. Esse é o objetivo da Parceria Público- -Privada que a Prefeitura de São Paulo lançou hoje, republicando o Edital de concorrência interna- cional para contratar esse servi- ço público de enorme relevância para grandes cidades como a nos- sa, pois valoriza os espaços públi- cos, dialogando com as demandas de melhor segurança urbana e economia de recursos ambientais. A ideia de utilizar o instru- mento de uma PPP para a ilumi- nação pública veio já em 2013, com a análise da situação em que encontramos nosso Parque. De um lado, o serviço mais recla- mado na Ouvidoria Municipal, o grande consumo de energia elé- trica, altos gastos e dificuldades para a manutenção, enorme de- manda de ampliação entre outros problemas. De outro, as infor- mações disponíveis sobre novas tecnologias de gestão e das lumi- nárias e os instrumentos da Cosip – Contribuição sobre a Ilumina- ção Pública e do Fundip – Fundo da Iluminação Pública. Ou seja, um outro modelo era necessário e possível, sem onerar mais os con- tribuintes e usando exatamente os mesmos recursos já pagos pelos mesmos. Para fazer a modelagem, a Secretaria de Serviços resolveu fazer um Chamamento Públicoao setor privado, já em 2013, para que este oferecesse sua exper- tise apresentando estudos sobre o assunto, que resultou em 11 Guaianases receberá o “Câmara no seu bairro” CEU Jambeiro Av. José Pinheiro Borges, 60 Tel.: (11) 2960-2055
  5. 5. 5BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Urbanização Na noite desta segunda-feira, 23 de novembro, o líder do PSDB na Câmara Municipal de São Paulo, vereador Andrea Matara- zzo, comemorou seu aniversário de 59 anos. A festa contou com a presença de amigos de longa data e familiares de Matarazzo. O Circolo Italiano, no Edi- fício Itália, foi o local escolhido para a realização do evento que Andrea Matarazzo reúne amigos em seu aniversário Comemoração contou com a presença de cerca de 600 pessoas reuniu cerca de 600 pessoas. Grandes nomes da política bra- sileira passaram para cumpri- mentar Matarazzo, entre eles os senadores José Serra e Aloysio Nunes o ex-governador Alberto Goldman, o Ministro Gilberto Kassab, o ex-ministro-chefe da Secretaria da Micro e Pequena Empresa Guilherme Afif Do- mingos, o Secretário Estadual de Logística e Transportes, Duarte Nogueira e os Deputados Estadu- ais Coronel Telhada, Delegado Olim e Carlos Bezerra Júnior. Os vereadores que atualmente traba- lham ao lado do aniversariante na Câmara paulistana também participaram da festa. Estavam presentes o Presidente da Câmara Municipal de São Paulo- Antônio Donato, o Presidente do Diretó- rio Municipal do PSDB- Mário Covas Neto, Patrícia Bezerra, Aurélio Nomura, Eduardo Tuma, Salomão Pereira, Adolfo Quin- tas, Aníbal de Freitas, Gilberto Natalini, Toninho Paiva, Laércio Benko, Eliseu Gabriel, Wadih Mutran, Abou Anni e Marquito e jornalistas e editores da imprensa regional da capital. Andrea e sua esposa, Sonia Matarazzo, também receberam no evento o diretor do Detran (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo), Daniel Annenberg, o ex-secretário mu- nicipal de Saúde, Antônio Car- los Soares Luna, o professor Hubert Alqueres, os jornalistas César Gio- bbi, Paulo Mortari e José Nêumane, além de Ricardo e Malu Montoro, Pedro Jens, Clóvis Carvalho, Sér- gio de Freitas, Marília Marton, Luis Sobral, Mônica e Verônica Serra, entre outros. Em um breve discurso, Mata- razzo ressaltou estar muito feliz com o apoio que vem recebendo e lembrou que este será um ano de muitos desafios e que será es- sencial contar com a dedicação de cada um dos presentes nos próximos anos. Andrea Matarazzo
  6. 6. 6 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Cotidiano Em Cidade Tiradentes, distrito paulistano de maioria negra, pro- gramação coloca o assunto no cen- tro do debate As atividades do Mês da Cons- ciência Negra ocorrem num mo- mento em que o Mapa da Violên- cia 2015, divulgado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências So- ciais (Flasco), revelou expressivo crescimento (66,7%) no número de mulheres negras assassinadas em um ano, enquanto entre as brancas houve redução de 9,8% no mesmo período. Em Cidade Tiradentes, distrito paulistano com 55,7% de negros (IBGE/2010), as atividades têm início no dia 17, quando um gru- po de moradoras e moradores do distrito partem para Brasília, a fim de participar, no dia seguinte (18), da MARCHA NACIONAL DAS MULHERES NEGRAS CON- TRA O RACISMO, A VIOLÊN- CIA E PELO BEM VIVER. Con- fira abaixo a programação local: Dia 19 (quinta), às 9h CENTRO DE REFERÊNCIA DA IGUALDADE RACIAL Mês da Consciência Negra 2015 questiona violência contra as mulheres Inauguração do Centro de Refe- rência da Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial (SMPIR) em Cidade Tiradentes Centro de Referência da SMPIR em Cidade Tiradentes Esquina entre as avenidas dos Têxteis e dos Metalúrgicos Dia 20 (sexta) 6º ANIVERSÁRIO DO PAR- QUE LINEAR DA CONSCIÊN- CIA NEGRA (10h às 18h) - Um ato ecumênico inter-religioso abre as comemorações de aniversário do Parque, que segue ao longo de todo o dia com apresentações ar- tísticas, mostra de arte e feira cul- tural - Parque Linear da Consci- ência Negra - Rua José Francisco Brandão, 320 COMUNIDADE SAMBA DA ÁRVORE (14h) - A tradicional roda de samba do Setor Castro Al- ves vai misturar hip hop e literatu- ra pelo Dia da Consciência Negra Travessa Coração de Maçã (Cas- tro Alves) - Dias 21 e 22 (sábado e domingo) II MOSTRA DA IDENTIDADE E DA DIVERSIDADE CULTU- RAL DA ZONA LESTE PAU- LISTANA - A Mostra acontece simultaneamente em seis territórios (Cidade Tiradentes, Ermelino Ma- rarazzo, Guaianases, Itaim Paulista, Itaquera, Penha e São Miguel Pau- lista) da zona leste de São Paulo. Em Cidade Tiradentes, a II Mostra da Identidade e da Diversidade Cul- tural da Zona Leste Paulistana será formada por três projetos: DiverCidade Tiradentes (dias 21 e 22, das 14h às 22h) Exposição iconográfica sobre a cena cultural no distrito Praça Maria da Graça dos Reis (em frente ao Terminal Cidade Tira- dentes) A Gata Ingênua (dia 22, às 11h) Espetáculo com a Cia. Teatral Aos Quatro Ventos Praça 65 (ao lado do Sacolão) A Guerra (dia 22, das 15h às 18h) Espetáculo teatral e musical com os grupos de hap As Trinca e Co- letivo D’Quebrada e o Núcleo Tea- tral Filhos da Dita Rua Naylor de Oliveira, altura do nº 168 (Vila Maravilha) Dia 22 (domingo) FESTIVAL ESPORTE CLUBE CANTIL CONSCIÊNCIA NE- GRA Parque Linear da Consciência Ne- gra - Rua José Francisco Brandão, 320 Dia 25 (quarta), às 14h ATO PÚBLICO PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MU- LHERES NEGRAS Terminal Cidade Tiradentes Parque Linear da Consciência Ne- gra - Rua José Francisco Brandão, 320
  7. 7. 7BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Politica O Brasil é um país miscige- nado, fruto da intensa mistura de raças e culturas que ocupa- ram nos oito milhões de quilô- metros quadrados do território nacional nesses pouco mais de 500 anos de história. Brancos europeus, vermelhos indígenas e negros africanos, devidamen- Escreve VIVER EM SEGURANÇA Coronel Aquino Lopes Justiça e Motoristas Embriagados Quase metade dos moto- ristas embriagados que cau- sam acidentes em São Paulo ficam impunes. O motorista embriagado pode recorrer em várias instâncias mesmo que no bafômetro o teste te- nha dado resultado positivo. A punição para este tipo de crime ainda é muito branda e as autoridades de trânsito, em sua maioria, acreditam que somente a pena de pri- são pode conter vários des- ses criminosos que, usando seus veículos como verda- deiras armas, ceifam vidas de forma fria, muitas vezes sem um mínimo de como- ção. São milhares de vítimas todos os anos, mutilados ou mortos por envolvimento em acidentes de trânsito, cujo cenário guarda uma violên- cia latente característica dos grandes centros urbanos. Tem casos em que o condu- tor embriagado se recusa a fazer o teste de bafômetro e mesmo conduzido até a De- legacia Policial, ali paga uma fiança e liberado, responde em liberdade, aproveitando- -se da já conhecida morosi- dade da Justiça. Educação, fiscalização e punição dos crimes de trânsito compõem um conjunto de medidas que podem induzir maior rigor no tratamento da questão. Uma lei mais dura é neces- sária. Emanuel de Aquino Lopes é Coronel da Reser- va da Policia Militar, Mes- tre em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, especializado em Direitos Humanos pela Fundação Getúlio Vargas, membro do Núcleo de Projetos Estraté- gicos –ISAE Amazônia edo Luxembourg Brasil Business Council. (email: majaqui- no@yahoo.com.br) Consciência acima de tudo Luiz Gonzaga Bertelli te rotulados, deram origem a outras categorias como o mula- to, o mameluco e o caboclo. De uns tempos para cá, passou-se a convencionar três tipos étnicos que formam a população brasi- leira: os brancos, os pardos e os negros. Como se sabe, os antepas- sados dos negros chegaram ao país em navios, como escravos trazidos da África, para traba- lhar nas usinas de produção de açúcar, em meados do século XVI. Essa perversidade que mancha parte da história bra- sileira na Colônia e no Impé- rio, durou vários séculos até a abolição da escravatura, com o advento da Lei Áurea, assinada em 1888, pela princesa Isabel. O legado cruel da escravidão, no entanto, permanece até hoje. São os números que compro- vam isso. A população negra ganha menos, de acordo com dados do Seade, divulgados na sema- na passada, válidos para 2014 na região metropolitana de São Paulo. No ano passado, o salá- rio médio por hora dos negros era de R$ 8,79, representando 63,7% do que era recebido por não negros, o equivalente a R$ 13,80. Apesar disso, segundo a pesquisa, a participação do negro no mercado de trabalho aumentou em 2014, passando de 35,2% para 37,9%. Em re- lação a aumento de salário, os negros também foram mais pre- judicados. Entre 2013 e 2014, o rendimento ficou praticamente estável, subindo apenas 0,3%, enquanto os não negros aumen- tou 2,9%. É verdade que nos últimos anos o quadro da desigualdade racial vem apresentando melho- ra, mas em ritmo ainda bastante lento. Isso pode ser percebido na taxa de desemprego, que continua maior entre os negros, mas a diferença vem diminuin- do a cada ano. Entre 2013 e 2014, o índice ficou estável em 12% para a população negra, ante 9,4% a 10,1% para os não negros. Em 2002, por exemplo, a diferença chegava a mais de 7 pontos percentuais. Nesta semana em que se co- memora o Dia da Consciência Negra, os dados revelam que ainda há muito que fazer para a diminuição das desigualdades étnico-raciais. A contribuição do negro africano para a cultura brasileira – seja na música, na religiosidade, na culinária, na dança – está presente em cada canto do país. É preciso sanar de vez a discriminação silencio- sa e dar oportunidades iguais a todos, acabando, definitivamen- te, com mazelas deixadas pela escravidão. Luiz Gonzaga Bertelli é presi- dente do Conselho de Administra- ção do CIEE, do Conselho Diretor do CIEE Nacional e da Academia Paulista de História (APH). São Paulo apagou ao longo do tempo todo o vestígio do que hoje se chama de cidade sustentável. Ficou no passado remoto a imagem da cidade com rios limpos, preservação de sua história, vegetação bem cuidada, ar respirável, trânsito mais equilibrado e boa oferta de transporte público. Em nome do progresso e de sua grandeza, da pressa de manter a hegemonia na ponta de lança do enriquecimento nacional, a metrópole cres- ceu demais. E hoje padece as mazelas das megametrópoles: áreas verdes sufocadas; enve- nenamento do ar e dos rios; impermeabilização do solo; incremento de construções em morros e áreas degradadas; invasão de mananciais e po- voamento de espaços sem um mínimo de condições para ga- O resgate da São Paulo limpa e agradável rantir uma sobrevivência de- cente às populações carentes. Com raras exceções, os gestores públicos que ocu- param o comando da Capital paulista têm passado ao largo da questão da qualidade de vida de seus moradores, para privilegiar questões pontuais como critérios para construção na urbe, sem pensar no con- junto de ações para preservar as condições de sustentabili- dade da cidade. A pergunta recorrente continua sendo um desafio aos administradores: “É tarde para reverter uma longa história de descuidos e irresponsabilidade para com o meio ambiente da maior metrópole brasileira”? É evidente que não. Basta se- guir os melhores exemplos das grandes cidades mundiais, que harmonizam o crescimento econômico com espaço sus- tentável, sempre sob o guarda- -chuva da análise dos impac- tos ambientais que as ações administrativas provocam. Os cidadãos interessados em uma cidade limpa, bem planejada e organizada são seus moradores. Afinal, quem não quer um ambiente mais agradável para viver e traba- lhar? O que tem falta é orien- tação clara e segura por parte da Prefeitura, com esforço de conscientização voltado para a defesa da natureza e do ho- mem. Um exemplo é a coleta seletiva do lixo: grande parte da população separa os resí- duos orgânicos e recicláveis nas casas, nos condomínios e nos comércios. Mas a cidade ainda não se preparou direito nem para a coleta, nem para a reciclagem. O cidadão se de- cepciona com essas ações in- completas. E desiste de fazer o seu papel. O ciclo do fracasso prevalece. Cidades sustentáveis, é oportuno lembrar, adotam práticas eficientes para man- ter uma boa qualidade de vida com desenvolvimento econô- mico e preservação do meio ambiente. E algumas medi- das são obviamente comuns, como as que seguem: -Ações efetivas para a di- minuição de gases do efeito estufa, em nome do combate ao aquecimento global; me- didas para preservar os bens naturais comuns; planejamen- to e qualidade nos serviços de transporte público, utilizando fontes de energia limpa; in- centivo e ações de planeja- mento para o uso de meios de transporte não poluentes. Há de se pensar, obviamente, na topografia da cidade antes de forçar a troca do carro pela bicicleta; ações para melhorar a mobilidade urbana, dimi- nuindo consideravelmente o tráfego de veículos. Criação de sistemas eficientes de reci- clagem de lixo. Uso de siste- ma de aterro sanitário para o lixo não reciclável. Programas educacionais voltados para o desenvolvimento sustentável; investimento em educação de qualidade; planejamento urbano eficiente, levando em consideração o longo prazo; favorecimento de uma eco- nomia local dinâmica e sus- tentável; práticas voltadas para o consumo consciente da população; uso racional da água e seu reaproveitamento; programas para a melhoria da saúde da população; criação de espaços verdes para o lazer dos moradores; programas de arborização das ruas e espaços públicos, sempre com boa ma- nutenção. Sabemos que cidades gi- gantes não podem sonhar com a qualidade de vida de cida- des menores. Mas devemos perseguir essa linha – e ima- ginar pequenas comunidades que se formam nos bairros e nos distritos trabalhando pelo bem comum. Muitos já fazem isso. Mas faltam coordena- ção e apoio. São desafios dos gestores públicos que querem agir com eficiência e praticar o bem. João Doria é jornalista, empresário e presidente do LIDE - Grupo de Líderes Em- presariais João Doria
  8. 8. 8 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Evento Acontece O Grupo Acontece de Jornais e Revista promoveu um dia recheado de grandes atrações, lazer e entrete- nimento para toda a comunidade do bairro Cangaíba. Aproximadamente 700 pessoas passaram pelo parque. Com um tempo bastante agradá- vel, o Parque Sabesp Cangaíba foi palco de diversas atrações artísticas voltadas para a diversão e lazer de todos que por ali passavam. Nas atrações principais do do- mingo de lazer, as crianças puderam participar ativamente de todas as ati- vidades realizadas no dia, entre brin- cadeiras, como pique- esconde, pe- ga-pega, amarelinha, futebol, dança, elas também puderam pular na cama elástica, mergulhar na piscina de bolinha, fazer escultura de balão e ainda tiveram seus rostos desenha- dos e pintados. E para melhorar a formosura e levantar a autoestima, a profissional de beleza, Dayane Al- meida, fez questão de apoiar o even- to e passou o dia inteiro cortando as madeixas dos convidados, “sempre que posso faço questão de participar de eventos como estes, ver a alegria no rosto destas pessoas me enche de alegria e satisfação”, frisa a profis- sional. Além disto, todos que por ali passavam tiveram um dia de consci- ência da importância do uso racional da água promovida pela equipe da Sabesp que também teve participa- ção no evento. Água à vontade, pi- poca e algodão doce, também foram distribuídos durante todo o dia. Quem acompanhava o evento pôde contemplar diversos shows artísticos, com artistas de grande conceito na região Leste. Entre as principais atrações, o evento con- tou com a participação do Grupo Ex quadrilha de Samba, Trio Amizade, cantor sertanejo Eddy, Dj Bibi e Carlão Guerreiro da Leste. Em um ritmo bastante anima- do, enquanto os músicos se apre- sentavam, quem passava ao redor do Parque Cangaíba ficava curioso para saber o porquê de tanta agita- ção, “nossa, hoje está muito legal e divertido, poxa se soubesse teria vindo mais cedo. Pensei que fosse algum evento político. Achei bem bacana a iniciativa dos shows aqui no parque”, enfatizou a dona de casa Domingo de cidadania e lazer no Parque Sabesp Cangaíba Marlucy Pereira. O aposentado Claudio Barboza de 70 anos fez questão de levar seu netinho Kaue, de 07 meses, para acompanhar o evento. “Hoje está sendo maravilhoso, nunca tivemos isto aqui, espero que de agora em diante tenhamos sempre eventos como este, isto alegra nossa se- mana inteira e faz um bem danado para nossas crianças. Faço questão de trazer meu neto para participar desde pequeno”. O cantor e compositor Carlão Guerreiro da Leste, além de uma brilhante apresentação, ele con- tagiou a todos com seu ritmo Hip Hop Nostalgia. “É maravilhoso po- der participar, acredito que temos que fazer nossa parte para um país melhor e mais justo, trazer diver- são, lazer e entretenimento para as famílias carentes de nossos bairros é sempre uma iniciativa que quero estar envolvido”. Idevanir Arcanjo, jornalista e presidente da Associação Jardins das Camélias, sabe bem a importân- cia que tem este tipo de evento para a comunidade e, ao ser convidado, não pensou duas vezes em apoiar o projeto. “É um prazer participar de uma iniciativa como esta que o Grupo Acontece está proporcionan- do. Eu acredito que manifestações populares e culturais têm que ser algo constante nas comunidades mais carentes onde o aparelho pú- blico não chega e o governo não vê que as manifestações populares têm que ser mais valorizadas e incenti- vadas, espero que isto repercuta de uma maneira positiva e que venha- mos a ter mais atividades como es- tas. Divaldo Rosa está de parabéns pela iniciativa”. Em entrevista com o ideali- zador deste projeto, o diretor do Grupo Acontece Divaldo Rosa ex- plicou que a ideia serviu como um laboratório para outros eventos de cidadania nos parque públicos da zona leste, o principal intuito era aproximar a comunidade do aces- so ao lazer e diversão. “Como uma atividade inicial para fazer uma avaliação, pensamos fazer este dia de lazer no Parque do Cangaíba. Escolhemos lá por saber que é um parque ótimo, bonito e bem cuida- do, localizado em um ponto estraté- gico que tem pouca movimentação e acertamos em cheio, pois o evento foi um sucesso e com certeza tera- mos outros” frisa ele. Sobre o Parque O Parque Sabesp Cangaíba tem uma ampla área verde de proteção ambiental, administra- do pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo S.A.), a área de lazer foi inaugurada em março desde ano. Sua infraestrutura é composta por quadra de espor- tes e arquibancada, playground, bancos e mesa para jogar dama/ xadrez, praça com mirante, bi- cicletário, equipamentos de exercício físico para a terceira idade, sanitários e rota de pas- seio que segue o percurso da tu- bulação de água já existente. Há também painéis que orientam sobre o uso racional da água. O parque tem rampas para garan- tir a acessibilidade a portadores de deficiência. Quanto à flora do local, houve a preservação de 470 ár- vores (remanescentes da Mata Atlântica) e o plantio de outras 120, das mais variadas espécies, além de 2.078 espécies arbusti- vas e trepadeiras. Endereço Av. Cangaíba, esquina com Rua Engº Costa Ourique, Cangaíba Trio Amizade Edy Michael Carlão Guerreiro da Leste Ex-Quadrilha do Samba
  9. 9. 9BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Variedades Independente de o seu pas- sado ter sido bom ou ruim, aceite-o e siga em frente. Exis- tem inúmeros ditados sobre o passado, sobre deixá-lo ir, so- bre aproveitar o presente, in- vestir no futuro, etc. - e não é possível pensar que todos eles e os pensadores que os escre- veram estejam errados. Um dos ditados conhecidos diz que “a única coisa constante na vida é a mudança”, e isso não pode- ria ser mais real. Pelo menos é isso o que diz João Alexandre Borba, psicólogo e coach, que acrescenta “neste mundo con- fuso, nada é permanente a não ser a própria mudança”. Na teoria, todos sabem que na vida as coisas vão e vem, mas que uma coisa não se al- tera: o passado. No dicionário, “passado” é definido como algo que está acabado, com- pleto, e, portanto, não existe mais. “Então, porque mesmo após saber de tudo isso, pesso- as ainda insistem em viver de lembranças? O passado existe para que nós aprendamos com ele. É preciso conviver com o passado, e não viver no passa- do”, exalta Borba. Sabendo da dificuldade que muitas pessoas têm em deixar o passado – e as lembranças – no lugar que eles deveriam estar, o psicólogo oferece algumas dicas que devem ser tomadas para aprender a viver melhor – e pensando no presente. “É comum que você passe muito tempo pensando sobre o que lhe aconteceu no passado e Sofrer de falta de sono é bastante chato; não só porque você fica a noite inteira rodan- do na cama, senão porque além disso tudo, no dia seguinte, você estará bem mais cansado do que o normal e seu rendi- mento não será o devido. Se você sofre de insônia e quer dar um basta nisso, leia es- tas6 recomendações que ajuda- rão a vencê-la e cair no sono... Antes das dicas, vale lem- brar que caso você continue sem obter resultados, o melhor será consultar o seu médico. Agora sim: 1- Não coma nada antes dei Não viva de lembranças: aposte no seu presente o que pretende realizar no futu- ro, e, com isso, acaba se esque- cendo de aproveitar de forma plena o momento o qual você está vivendo agora. Porém, essa experiência é essencial para que você tenha momentos de felici- dade”, comenta o coach. Para que seu presente seja aproveitado, experimente os pequenos momentos de prazer e felicidade da vida, eles são os mais importantes que você terá. “Entenda que a felicidade está presente apenas nos grandes eventos, mas também naqueles pequenos prazeres cotidianos, que podem ser desde uma boa refeição, passar um tempo com quem você gosta, um longo ba- nho de banheira, etc”, exempli- fica Borba. Descobriu o que lhe faz fe- liz no cotidiano de forma ple- na? Dedique tempo para prestar atenção a esses pequenos praze- res. “À medida que você apro- veitar esses pequenos prazeres lhe garanto que você começará a experimentar uma maior sa- tisfação e alegria na sua vida”, exalta. Outra dica que Borba dá é: perca a noção do tempo. Apro- veite ao máximo os momentos. “Participe de atividades envol- ventes e desafiadoras, aquelas as quais você torna-se com- pletamente absorvido. Quan- do está concentrado em uma atividade que lhe faz feliz, na maioria das vezes você perde a noção do tempo e passa por um momento de felicidade, de satisfação genuína”, opina. Por fim, entenda que o seu passado não deve ser um fardo. Pode parecer clichê, mas o que passou, passou. Aprenda com seus erros e decisões tomadas no passado – e ao mesmo tempo perceba o quanto você aprendeu com eles. “Você é hoje o resul- tado dessas decisões, erros e acertos somados. Deixe as lem- branças onde elas devem estar: no passado. Não tente revivê- -las. Passou. Aproveite o mo- mento e viva a sua vida agora, no presente”, conclui o especia- lista. Como curar a insônia que aflinge muitos ir dormir, assim a digestão não irá interromper o seu sono e você fará uma digestão correta; jante umas duas horas antes de ir dormir. 2- Beba um pouco de água uns 30 minutos antes de ir para a cama. 3- Elimine as comidas pesa- das ou muito gordurosas de sua dieta 4- Pratique exercícios de respiração antes de ir dormir. Com isto, você conseguirá re- laxar e ficará em um estado de calma e tranquilidade, mais pro- picio para o sono. 5- Beba alguns suplementos ervais para relaxar, como a va- leriana, o hipérico ou a tília. 6- Uma boa recomendação é que você medite para relaxar o corpo e fazer com que todas as preocupações sumam. Como disse, se você tentar e tentar mas mesmo assim tiver dificuldades para dormir, con- sulte imediatamente ao seu mé- dico para ver que novas opções ele pode lhe dar contra ainsônia.
  10. 10. 1 0 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Feminissima Seu melhor amigo te encan- ta e faz você se sentir uma ado- lescente novamente e muitas perguntas passam a povoar seus pensamentos: se eu contar para ele, vou destruir nossa amizade? E se ele não retribuir este senti- mento? Será que ele vai achar estranho o fato de eu estar me sentindo dessa forma? Claro que este tipo situação traz muita an- siedade, e, por isso, o siteFemale First organizou algumas dicas para que você possa identificar e lidar com esta possível paixão de uma maneira equilibrada. O fato é que muitas amiza- des tendem a evoluir para uma relação amorosa pelo fato de um conhecer muito ao outro e com- partilhar tantas coisas. No en- tanto, para os homens, a coisa é um pouco diferente, uma vez que eles têm uma dificuldade maior em expor seus sentimentos. Com Apesar de ser algo comum entre todas as mulheres, fazer as unhas requer alguns cuidados antes e depois do maravilhoso esmalte brilhante que você ira escolher. Para isso veja todo o processo em cinco passos bem fácies de aprender a fazer as unhas em casa , sem precisar gastar no salão . 1-cuidado da pele -Você sabia que as mãos são parte do nosso corpo que envelhece mais rápido?Por isso é extremamente importante cuidar delas. Este primeiro passo pode ser dividido em três partes: esfolia- ção , hidratação e protetor solar a esfoliação serve para retirar todas as impureza da nossa pele , e você pode optar tanto por um creme esfoliaste , como por uma esponjinha natural , que tam- bém é ótima e causa o mesmo resultado , já a hidratação , serve para deixar a pele mais suave e macia depois de todo o processo de esfoliação , e sobre o prote- tor nem precisa falar não é ? Ele é fundamental, não só para as mais como para todo o corpo. 2-cutículas e alicates -Essa parte deve ser levada muito a serio por isso preste muita aten- ção : todo alicate deve ser esteri- lizado , principalmente quando usados em salões . Para evitar este probleminha compre um alicate só para você (e é claro ,que só você use ) assim você Cuidados com as mãos não corre risco de pegar doen- ças que podem ser transmitidas pelo alicate de unha uma delas é a hepatite b . 3-base de tratamento -Hoje em dia , existe no mercado cen- tenas de base e produtos para tratamento das unhas cada um para cada topo de pessoas , você pode escolher uma especifica , como por exemplo aquelas para fortificar , as para crescimento mais rápido e varias outras que não muito úteis para algumas pessoas . 4-esmalte e finalizador -Como certeza o passo mais di- vertido , a hora de esmaltar as unhas . bom ai vai da sua criati- vidade e do seu bom humor para a escolha da cor . Também vale lembrar da- queles produtos para finalizar as unhas como base extra brilho os eprays para secagem rápida e por ultimo mas não menos importante , aquela base com gosto amargo para quem roi as unhas . 5-Removedor-Não podemos esquecer de falar dos removedo- res de esmalte , que são muitos na vida de todas as mulheres ,na hora de retirar os esmalte procu- re sempre por específicos para uso nada de ficar usando outros que só vão danificar as unhas se preferir peça opinião a uma manicura ela com certeza vai te recomendar o melhor produto . Apaixonada pelo amigo? Saiba como lidar com essa situação isso, sobra para a mulher dar o pri- meiro passo. É preciso bom senso para escolher o melhor momento de falar isso. Definitivamente, não tente falar quando ambos ti- verem bebido um pouco a mais, porque isso pode constrangê-los e a bebida acabar sendo vista como uma desculpa. Para situações como essa, a honestidade é o melhor caminho. Quando estiverem relaxando em uma noite qualquer, pergunte se vocês podem bater um papo e diga que os seus sentimentos por ele estão mudando. Em seguida, pergunte se ele sente o mesmo e observe, imediatamente, a sua re- ação. Isso poderá te dar uma pista sobre o que está acontecendo en- tre vocês dois. Se ele costuma ser muito quieto e envergonhado, então, não se preocupe. Dê a ele algum tempo, pois ele deve estar pen- sando em um milhão de coisas naquele momento. E uma vez que você já falou sobre os seus sen- timentos, poderá ser surpreendida com um beijo a qualquer instante. Se ele não sentir o mesmo, não desista dessa relação. Não é porque ele não tem o mesmo tipo de sentimento que não pode acontecer um dia – é provável que ele nunca tenha olhado para você dessa forma. Além disso, se a amizade de vocês for forte o suficiente, ele certamente irá entender a dificuldade que você teve em se expressar. E se você for paciente, ele pode mudar o pensamento a qualquer momento. Para manter as apaixonadas em um pensamento positivo, a revis- ta Glamour divulgou que mais da metade dos casamentos realiza- dos em Nova York começaram com duas pessoas que eram ape- nas amigas.
  11. 11. 11BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Saúde Uma das principais causas de cegueira no mundo se deve a uma doença silenciosa, sem cura e que com frequência é diagnosticada quando já está em fase avançada: o glauco- ma. Estima-se que 60 milhões de pessoas no mundo tenham a condição, sendo 1,5 milhão no Brasil, e que 8 milhões de indivíduos não enxerguem de- vido a complicações do pro- blema. O glaucoma é caracteriza- do por uma lesão no nervo óp- tico provocada principalmen- te pelo aumento da pressão intraocular. O nervo óptico é o responsável por levar as ima- gens captadas pela retina ao cérebro. Por isso, a condição compromete a visão de forma progressiva e irreversível – e pode, em alguns casos, cau- sar cegueira. De acordo com a Glaucoma Research Foun- dation, 10% das pessoas que recebem tratamento apropria- do contra o problema perdem Esclareça sete dúvidas sobre o glaucoma Doença, que afeta cerca de 1,5 milhão de brasileiros, não apresenta sintomas em seu estágio inicial e, se não for controlada, pode levar à cegueira completamente a visão mes- mo assim. A fase inicial do glaucoma não tem sintomas. Quando o paciente começa a se queixar de problemas relacionados à perda da visão periférica – como esbarrar nas paredes ou tropeçar em degraus —, a doença já avançou. “Cerca de 80% dos pacientes brasilei- ros com glaucoma já chegam ao consultório com sintomas, ou seja, na fase mais avançada da doença”, diz Francisco de Lima, presidente da Socie- dade Brasileira de Glaucoma (SBG). Cuidado — A doença pode ser diagnosticada em sua fase inicial e assintomáti- ca. Para isso, é necessário que os indivíduos, especialmente os que têm mais de 40 anos, mantenham uma rotina de ir ao oftalmologista pelo menos uma vez ao ano – mesmo se não se queixarem de nenhum problema ocular. “Qualquer consulta oftalmológica inclui exames de pressão ocular e de fundo de olho que po- dem acusar o glaucoma”, diz Lima. Esses exames também previnem o glaucoma, uma vez que a pressão alta pode ser controlada. Além disso, médicos recomendam hábitos saudáveis, como exercitar- -se com frequência e evitar o cigarro, como forma de dimi- nuir o risco da doença.
  12. 12. 1 2 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Passatempo
  13. 13. 13BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Fama
  14. 14. 1 4 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Fama
  15. 15. 15BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Esporte
  16. 16. 1 6 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 16 A 30 DE NOVEMBRO DE 2015 Esporte

×