Jornal digital 4646_seg_13042015

326 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
326
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4646_seg_13042015

  1. 1. Passeioleva dezenasapedalar www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXIV EDIÇÃO Nº 4.647 SEGUNDA-FEIRA, 13 DE ABRIL DE 2015 R$ 2,00 Grupo 25º 20º Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Polícia Explosivossão abandonadosem postobancário Gaivota 9Página Geral Geral Prefeitura inauguraescola naCaçamba AraranguáFest agradapúblico eorganização Arroio do Silva Sucesso 3Página 4Página SombrioTragédia Araranguá Quatro mortessão registradas naregião 19Página Municipalcomeça comquatrogols 17Página
  2. 2. Política Jarbas Vieira Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO “Em sete mandatos como deputado estadual, sempre defendi a bandeira da educação e vou continuar fazendo até o final da minha vida, pois sou casado com uma professora e sei a importância de dar as melhores condições aos professores e alunos”. Ele disse: ‘ ‘Deputado estadual Manoel Mota (PMDB). ZéMiltonvoltaanegarproblemacomesgoto! A o participar do progra- maCorreioNotícias,da Rádio93FM,odeputa- do estadual José Milton Scheffer (PP) reforçou o conteúdo de sua nota, rechaçando qualquer possi- bilidade de ter desviado recursos do sistema de saneamento básico de Sombrio, na época em que era prefeito. A denúncia foi apresen- tada pelo vereador Nego Gomes (PMDB) na última segunda-feira, na tribuna da Câmara de Verea- dores. “O que estamos discutindo é um problema na prestação de contasdoprojeto,queporculpada burocracia só está ocorrendo nove Em passagem pelos muni- cípios de Balneário Arroio do Silva, Santa Rosa do Sul e Morro Grande, o deputado federal João Rodrigues(PSD)anuncioualibe- (48) 3522-3777 anosdepois”,comentou.ZéMilton disse que durante a execução das obrasdesaneamentohouveneces- sidade de mudanças no projeto, por conta de questões ambientais. Palanque eclético Inauguração da escola Professora Jaira Vieira Borges em Balne- ário Arroio do Silva, contou com um bom número de autoridades. Vieram prestigiar o prefeito Evandro Scaini (PSD), os deputados federais João Rodrigues (PSD) e Edinho Bez (PMDB), além do deputado estadual Manoel Mota (PMDB), dentre outras lideranças. Essas informações foram atuali- zadas para o escritório estadual da Funasa, mas não teriam sido repassadas para o órgão, em Bra- sília, que agora está notificando João Rodrigues anuncia emendas Compromisso Será hoje, às 15 horas, a solenidade de inauguração da adutora que trará água de qualidade desde Turvo até o município de Ermo. A obra foi executada numa parceria entre a Casan e a prefeitura. Trata- -se de mais um compromisso de campanha cumprido pelo prefeito Aldoir Cadorin, o Zica (PSD). o ex-prefeito e a prefeitura de Sombrio por conta da divergência com o projeto original. “O que está acontecendo comigo poderá acontecer também com o prefei- to atual, que está modificando o projeto original no bairro São José e pode vir a ser notificado no futuro”, complementou. O deputado afirma estar juntando a documentação necessária para resolveroimbróglio,porém,apro- veita a oportunidade para valori- zar o seu feito: “Sombrio foi uma das primeiras cidades da região a ter esgoto tratado, antes mesmo de haver recursos do PAC para o setor. Servimos de referência para outros municípios. Nosso sistema é barato e eficiente. Araranguá, por exemplo, já investiu milhões e até hoje não trata o esgoto de uma só residência”, concluiu. ração de emendas parlamentares para as áreas de saúde e turismo. Balneário Arroio do Silva, do pre- feitoEvandroScaini(PSD),recebe- rá R$ 450 mil para as duas áreas. JáSantaRosadoSul,doprefeito Nelson Cardoso (PSD) receberá R$ 100 mil e Morro Grande, do prefeito Valdo Rocha (PSD), R$ 150mil,exclusivosparaasaúde.
  3. 3. bloco para salas adminis- trativas, com secretaria, apoiopedagógicoedireção, e outro com as salas de serviços, como cozinha. Os três blocos são unidos no centro por um miniauditó- rio circular, para diversas apresentações, além de ter um pátio amplo para recreação.Comisso,Arroio soma agora um total de três escolas municipais, segundo a secretária de Educação,SilviaMachado Ghellere. O prefeito anunciou que uma escola igual será construída na Praia da Meta, próximo à platafor- ma de pesca, ainda nes- te ano. Para a Praia da Caçamba, outras obras estão previstas também, como a construção de uma academia ao ar livre, já requisitada pela própria comunidade. “Até o fim do ano temos dez obras programadas, além de outras seis para o ano que vem. Sabemos que 2015 é umanodepoucosrecursos financeiros, mas nossa gestão tem trabalhado comresponsabilidadepelo dinheiro público e, por isso, estamos conseguindo administrar bem a receita municipal, o que alguns outros prefeitos ainda não conseguiram fazer”, discursou Evandro. Em 30 dias, a prefeitura vai licitar ainda a produção dos uniformes escolares que serão distribuídos aos estudantes da rede municipal. Antes da inauguração, opadreÉderCarminattifoi convidado para abençoar a escola. Além da oração, ele deixouumrecadoacomuni- dade:“Ameessaescolacomo sefossesuacasa.Essaescola é nossa, é da comunidade, para o nosso crescimento”. Geral 3Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015 ônibus com monitores para ajudar gratuitamente no transporte dos alunos das comunidades próximas. O investimento total é de mais de um milhão de reais, sendo R$ 930 mil do Governo Federal e R$ 240 mil da prefeitura do Arroio do Silva, incluindo obras e mobiliário. Segundo o en- genheiro civil responsável pela construção, Evânio Iris Machado, da Aclive ArquiteturaeEngenharia Ltda,foram 14 meses de trabalho seguindo um mo- delopadrãodeescolasemi- tido pela Fundação Nacio- naldeDesenvolvimentoda Educação (FNDE). Esse projeto de 7750 metros quadrados contempla a construção de três blocos separados, um contendo seis salas de aula, uma sala de informática, uma sala para biblioteca, um cimento pela obra. Agora, nem Nadir, Val- quiria ou qualquer outra família dos demais cem alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental da nova escola, vão precisar levarascriançasparaestu- dar longe de casa. “A gente ficavapreocupadaporquea outra escola é frequentada por uns marmanjos, usu- ários de drogas, algumas pessoas violentas, e deixar duas meninas irem para lá sozinhas era perigoso. Já aqui isso não vai acontecer, são apenas crianças que frequentam, e conhecemos bem as professoras e fun- cionárias”, comenta a avó. Além da segurança e proximidade, a nova escola vai facilitar a vida dos pais que trabalham. “Eu sou auxiliar de produção em outra cidade e agora ganho o tempo que gastava para levar minhas filhas para a escola”, conta Valquiria. O prefeito acrescenta que a escola vai beneficiar muito mais gente. “Não favorece apenas a Praia da Caçam- ba, mas também outras dezcomunidadespróximas, comoGolfinhoeLagoinha”, exemplifica.Asaulascome- çaram uma semana antes da inauguração e já têm 120 crianças matriculadas, com capacidade para um total de 280 alunos. A es- cola ainda conta com um Mais obras > ARROIO DO SILVA APraia da Caçamba é uma das comu- nidades mais distantes da região central de Balneá- rio Arroio do Silva, quase no limite com Balneário Gaivota. É ali que, há três décadas, mora a aposenta- da Nadir Rabelo Colonetti, de 65 anos, que já criou mais de 20 netos e bisnetos - e há mais um netinho na barriga da filha Valquiria dos Santos se preparando parachegar.Alémdele,Val- quiria tem duas meninas em idade escolar, Viviane e Vitória, de 9 e 10 anos. Até a semana passada, a vó Nadir e a mãe Valquiria se revezavam para levar as meninas até a escola no bairro Jardim Atlântico, pois a Caçamba não tinha escola desde 1998. Porém, na última sex- ta-feira,umaparceriaentre governos federal e munici- pal fez com que um sonho seconcretizassenaPraiada Caçamba: a construção da EscolaMunicipaldeEnsino Fundamental Professora Jaira Vieira Borges, inau- guradaoficialmentenama- nhã da última sexta-feira. Na solenidade, Viviane foi quem entregou ao prefeito Evandro Scaini uma placa de homenagem em agrade- ³Parentes da homenageada com nome da escola cortam laço da inauguração > SANTA ROSA DO SUL Uma das vítimas do acidente registrado na BR101 na noite de quinta-feira, próximo ao acesso do bairro São Cristóvão, em Santa Rosa do Sul, não resistiu aos múltiplos ferimentos e morreu às 3h30min da madrugada de sexta, no Hospital Regional deAra- ranguá. Antônio Souza, conhecido como Antônio Cira, de 84 anos, faleceu devido a uma hemorragia interna. Ele estava no banco do caroneiro de um Fiat Uno, que seguia na > ARARANGUÁ Foiencontradonanoi- te de sábado, no Arroio do Silva, o corpo do adoles- cente Mickael Aguiar, que havia desaparecido no mar na manhã de quinta- -feira. Pescadores avista- ram o corpo por volta das Morreidosoresgatado dasferragenscomfilho Corpodeadolescente aparecenaLagoinha direção sul, conduzido pelo seu filho, Anésio Souza, 41, que segue internado, mas não corre risco de morte. O carro ficou com a frente destruída após rodar na pista e atin- gir um paredão rocho- so. Seu Cira morava na Vila São Cristóvão. O acidente comoveu até mesmo a equipe de res- gate, composta pelos bombeiros de Sombrio e profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O Uno parou atravessado na contramão da 101 e não houve outro veículo envolvido. 22h30min, na Praia da Lagoinha, e avisaram a Polícia Militar. Mika, como era co- nhecido, tinha 17 anos e estava pescando com o padrasto no Morro dos Conventos quando foi ar- rastado pela correnteza e desapareceu. Djonatha Geremias Rafael Andrade Praia da Caçamba volta a ter escola Educação
  4. 4. Especial4 Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015 eojornalistaCadermatori. Também foi homena- geado o fotógrafo Enio Frassetto que cedeu a foto da paisagem do Morro dos Conventos e o profes- sor Ayres Koenig que não puderam comparecer. Fo- ram confeccionados 7.200 selos personalizados, que estarãodisponíveisnapre- feitura, para postagem de correspondênciaseofícios. Na tarde de sexta a programação do Araran- guá Fest contou com o 2º Encontro Sul Catari- nense da Terceira Idade, animado pelo grupo tra- dicionalista Os Bertussi. Municípios como Jacinto Machado, Praia Grande, Criciúma, Ermo e Mara- cajá marcaram presença no evento. Onze senhoras concorreram a rainha e princesas da terceira ida- de e as escolhidas pela comissão julgadora foram NinaRamos,JúliaCardoso e Shirlei Paulino. Já como rainha e princesas do 3º Araranguá Fest foram eleitas Raissa Zilli, Vi- tória Cabreira e Stefanie Da redação Avaliação é de sucesso de público Araranguá Fest > ARARANGUÁ Afesta em comemo- ração a emancipa- çãopoliticaadministrativa de Araranguá iniciou na manhã de sexta-feira com o grupo Viagem Teatral, que apresentou uma peça infantil falando de reci- clagem. Um dia antes, na quinta-feira, uma cerimô- nia realizada na Casa de Cultura celebrou o lança- mento oficial do selo co- memorativoaoaniversário de135anosdeAraranguá. Estiveram presentes o prefeito Sandro Roberto Maciel, gerente regional dos Correios Marciano Silva, coordenadora de vendas da região sul Ana Paula, consultora de ne- gócios Rosani Warmling, gerente local dos Correios Heraldo de Sá e secretá- rios municipais. Também foram convidadas algu- mas pessoas para o ato de obliteração (carimbar um selo): o ex-prefeito Osmar Nunes; representando a Academia Araraguaense de Letras e ex-oficial do cartório, Waldemar Pa- checo; professor Deoclécio Pereira, escritora Antonia Indalêncio Matos, am- bientalista João Alberto da Silva (João Natureza), Irmão Celeste, incentiva- dor do desporto na cidade ³Município recebeu um selo comemorativo aos seus 135 anos de emancipação ³Shows, jogos, estandes, carros antigos e apresentação cultural foram atrações Mattos. Nos estandes as em- presas mostraram seus produtos e as secretarias municipais apresentaram suas ações.Aparceria com a Unesc (Universidade do ExtremoSulCatarinense) colocou serviços a disposi- ção dos visitantes.O Sesc também colocou seus co- ordenadoresparaentreter a criançada com diversos brinquedos. Os jovens também fo- ram contemplados com apresentação de cultura urbanaquereuniumaisde 200 pessoas interessadas em rap, hip hop e grafite. O maior público foi registrado nos shos, como The Fevers na sexta e Papas da Língua no sá- bado, que atraíram uma multidão. De acordo com osubsecretáriodeCultura e Turismo, JairAnastácio, a realização foi além das expectativas dos orga- nizadores. “Essa edição superou as outras em ter- mos de estrutura, público e também com relação às atrações.Percebemostam- bémumnúmerograndede pessoas de outros municí- pios e regiões do Estado”, comemorou.
  5. 5. Política Rolando Christian Coelho Geral 5Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015 Boeira: clima é dos piores Estação e adutora inauguram hoje Mais Água D eputado federal Jorge Boeira (PP) tem afirmado que o clima no Congresso Nacional não está nada favorável ao Palácio do Planalto. De acordo com o parlamentar, o segundogovernodapresidentaDilmaRousseff (PT)começoutotalmenteenvelhecido.“Nemde perto há a sensação de otimismo que se tinha noiníciodeseuprimeiromandato,ounoinício dos outros dois mandatos do ex-presidente Lula (PT). O que se vê agora é um Congresso completamentedessintonizadocomogoverno. A impressão que se tem é que os deputados do PT, e alguns aliados mais próximos, estão de umlado,etodososdemaisdeputadosestãodo outro”, comenta Boeira. De acordo com o deputado a situação está tão critica que muitos deputados só votam depois que os deputados do PT votarem. “Eles esperam para ver qual vai ser a posição do PT para depois tomarem suas decisões. Muitos votamcontrasóporvotarem,porquenãocom- pactuamcommaisnadaquevenhadogoverno, independente de que projeto seja”, ressalta. Diante dos fatos, Jorge Boeira admite que asconversassobreoimpeachmentdeDilmasão abertas em Brasília. “A grande questão é saber seelatemenvolvimentodiretocomtudooque está acontecendo e se há, por parte dela, parti- cipaçãonosatosnocivosasociedadenesteatual mandato. É que juridicamente um presidente só pode ser responsabilizado pelos atos de seu atualmandato,enãodeummandatoanterior”, contemporiza o parlamentar. Defato,todasasdenúnciasquevêmsendo investigadasnoquedizrespeitoaosdesmandos naPetrobrastêmcomofocoosdoismandatosdo ex-presidenteLulaeoprimeiromandatodeDil- ma.Noentanto,comosesabe,todacassaçãode um político tem antes de tudo uma motivação política, e não legal. O maior exemplo disto foi acassaçãodoex-presidenteCollordeMello,que anosdepoisfoiabsolvidonoSupremoTribunal Federal de todas as acusações que levaram a seu impeachment. A grande questão envolvendo a possibili- dade da cassação de Dilma parece muito mais ligadaaumaprovaquealigueaOperaçãoLava Jato, do que qualquer outra coisa. Em haven- do esta prova, mesmo que ela esteja ligada à época em que Dilma era ministra das Minas e Energia, o terreno pró-cassação estará mais do quefértilnoCongresso.Boeiranãoacreditaque seja bem assim, mas admite que em havendo pressãopopular,avidadeDilmaRousseffpode se complicar. “O Congresso fica o tempo todo de olho no comportamento da população. Se apopulaçãocomeçaraconvergirparaumlado em massa, o Congresso não se fará de surdo”, diz o deputado. DIVERSÃOELAZERGARANTIDOS QUARTA,SÁBADOEDOMINGO BR101-KM413-ARARANGUÁ > SOMBRIO Durante dois anos, a professoradocursodeModa eTêxtildoCâmpusAraran- guá do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), AlinedeOliveira,pesquisou a indústria da confecção da região e observou os entra- ves e as potencialidades do setor. O resultado da pes- quisa foi publicado no livro ‘Responsabilidade Socio- ambiental eAPL Inovativo na Indústria de Confecção de Santa Catarina’ que será lançado nesta quarta- -feira no restaurante do Tênis Clube de Sombrio às 19h30. “No livro eu discuto formas de tornar o setor Livro avalia setor da confecção mais competitivo. A cadeia produtivaécompletanessa área, desde a produção de malha até a confecção, mas ainda produz-se muitas peças de baixo valor agre- gado e investe-se pouco em marketing,gestãodedesign e qualificação da mão de obra”, avalia a professora. O livro faz ainda uma análise sobre os critérios adotados pelas indústrias paraapromoçãodasgaran- tiastrabalhistasepreserva- ção dos recursos naturais. “Os impactos da globaliza- ção são muito fortes nes- se setor, principalmente pelos produtos chineses que afetam diretamente o mercado brasileiro. A im- portação desses produtos, produz um impacto social com a perda de postos de trabalho. Nesse caso, são necessárias também uma série de políticas públicas parafomentaraeconomia.” Olivroéoresultadoda dissertação de mestrado defendidaporAlinenocur- so de Ciências Ambientais da Unesc e foi escrito em coautoria com o professor GilbertoMontibellerFilho. A obra foi publicada pela editora Appris e custará R$ 50,00. Alémdacerimôniaque serárealizadaemSombrio, será feito o lançamento da obra no dia 23 no Câmpus Araranguá do IFSC. Da redação > ERMO/TURVO Ovice-governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira, e o diretor-presidentedaCasan, Valter Gallina, inauguram nesta segunda-feira melho- rias nos sistemas de abaste- cimento dos municípios de Turvo, Ermo e Siderópolis. O investimento na região é de mais de R$ 1 milhão, beneficiando aproximada- mente nove mil morado- ³Obras proporcionam melhor distribuição da água res. Em Turvo, a partir de 13h30min,seráinaugurada uma Estação Compacta de Tratamento de Água (ETA) comcapacidadedeprodução de 25 litros por segundo, 21.600 litros por dia. AETAcompactasubsti- tui uma antiga unidade de tratamentoquetinhavazão de 15 litros por segundo e já se encontrava no limite de abastecimento para a cidade. O investimento de R$ 354 mil beneficia cer- ca de oito mil moradores, que terão água em maior quantidade e qualidade. A nova unidade vai atender também a cidade de Ermo, que a partir de 15h recebe a visita do vice-governador e do presidente da Casan, entre outras autoridades. Será inaugurada a interli- gação do Sistema de Abas- tecimento de Água de Tur- vo ao município de Ermo. Com isso, 636 moradores que dependiam de capta- ção em um poço profundo agora contam com abaste- cimento mais qualificado. A interligação foi possível com a implantação de uma adutora de 8,2 quilômetros, um investimento de R$ 372.763,30 com recursos próprios da Casan. A obra de interligação de Turvo a Ermoedeabastecimentoda comunidade de Rio Jordão foram realizadas em parce- ria com os municípios. “São pequenas comunidades que também estão recebendo atençãodaCasan,quepassa por um momento histórico de investimentos”, destaca Valter Gallina. Solução caseira(I) CasooProssefundacomoPSD,vereador araranguaense Giancarlo Soares de Souza (Pros) faria uma transição mais de que tran- quila para seu futuro partido. Gian já tem o firmepropósitodeirparaoPSD.Comafusão, no entanto, não passaria pelo desgaste de mudar novamente de sigla. Vale lembrar que em2012elefoieleitopeloPP,indoparaoPros diante da criação da sigla, o que é legal, não constituindoinfidelidadepartidária.Omesmo caminho poderia ser tomado pelo vereador Cabo Loro (Pros), que também deve pular foradeseupartidocasoseconfirmeofimdas coligações proporcionais. O problema é que, se por um lado Giancarlo quer se aproximar dogovernodeSandroMaciel(PT),poroutro lado Cabo Loro quer se distanciar. Por mais inusitado que pareça, neste novo contexto Cabo Loro teria mais força interna que Gian. Solução caseira (II) É que está cada vez mais evidente no cenário político estadual que o PSD quer se aproximar do PP, se fortalecendo para 2018. O fortalecimento tem o objetivo de não ceder espaçoaoPMDB,quequerretomaroGoverno do Estado. Diante deste contexto, o comando estadual do PSD irá trabalhar ao extremo para que no ano que vem o partido se alie na maior quantidade possível de municípios aos progressistas, evitando a aproximação tanto com o PMDB, quanto com o PT. O PT precisa serevitadojustamenteporqueemumsegundo turno estadual, por naturalidade, os votos do partido tendem a migrar para o PMDB. Por conta disto, em se confirmando a fusão entre ProsePSD,opensamentoanti-petistadeCabo Loro teria mais força do que o pensamento pró-petistadeGiancarlo,porcontadascircuns- tâncias estaduais. Matemática da proporcional Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), ainda não conseguiu reunir o número suficiente de de- putados para colocar em votação a PEC que acaba com as coligações proporcionais. São necessários 308 votos e nas contas dele, por enquanto, existem cerca de 270 deputados dispostos a votar favoravelmente. A fusão entre alguns partidos poderá fazer com que sechegueaonúmerosuficientedeparlamen- tares dispostos a votarem pela aprovação da PEC. O DEM, por exemplo, é pequeno, mas ao se fundir com o PTB, e mais alguma sigla,passaasergrande,eaíjáserácontraas coligaçõesproporcionais,quesóservempara tirar vagas legislativas dos maiores partidos. Passada a fase das fusões a expectativa é de quecercade320deputadossejamfavoráveis a aprovação da PEC. PSD e Pros juntos Conversas dando conta de que o PSD e o Pros poderão se fundir já são recorrentes nos Diretórios Nacionais dos dois partidos. A sigla continuariasechamandoPSD.OPros,porsua vez, escaparia de sumir do mapa caso a PEC do fim das coligações proporcionais passe na Câmara dos Deputados, como já passou no Senado Federal. Além dos dois partidos há ainda a questão envolvendo a criação do PL, que seria ressuscitado com o único objetivo de se fundir com o PSD logo em seguida. O objetivo seria cooptar deputados desconten- tes com seus partidos, especialmente aqueles ligados ao PMDB. Na prática, os descontentes iriamparaoPL,quedepoissefundiriaaoPSD, que também traria para si o Pros. A nova sigla já nasceria com a segunda maior bancada do Congresso Nacional, com franca tendência de alinhamento com o PT Nacional.
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: Tomaz Fonseca Selau l48l 9985.8573 tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro Joice Ramos l48l 8802.5883 financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: Igor Borges l48l 9968.6084 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Cristian Mello l48l 3533-0870 correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica Junior Muller l48l 9931.4716 sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: Marivânia Farias l48l 9995.9290 editor@grupocorreiodosul.com.br Política: Jarbas Vieira l48l 9966.5326 jarbas@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM Cássia Pacheco l48l 9912.9588 radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: J. R. Pereira - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015
  7. 7. Publicidade 7Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas Sete Vidas -18h Alto Astral -19h Babilônia -21h L aura pede a Vicente para lhe contar a verdade sobre Adriana. Ricardo estranha ao verificar que as cápsulas do remédio de Úrsula estão vazias. Marcelo avisa a Úrsula que ela mudará de médico. Tina e Nicolas alugam uma casa na mesma rua de Manuel, que fica irritado ao saber que a ex-mulher será sua vizinha. Marcelo procura Maria Inês para conversar. Samantha conta a Pepito que foi ela quem tirou a foto do pai de Laura com as quatro mulheres. E lisa conta para Júlia que ela não é irmã de Pedro. Isabel avisa a Lauro que o filho mais velho de Miguel a procu- rou para fazer terapia. Elisa convence Júlia a viajar para Fernando de Noronha. Pedro fica decepcionado ao saber que não conseguirá ver o rosto de seu pai biológico. Arthurzinho pede que Vicente pague sua dívida com o banco e Lígia fica inconformada. Bernardo faz um comentário sobre o pai bio- lógico e João/Miguel fica angustiado. B eatriz seduz Diogo. Laís se encontra com Rafael. Paula fica encantada com um apartamento que Karen lhe mostra. Vinícius pede Regina em namoro. Cris conversa com Olga sobre Vinícius. Laís mente para Maria José. Estela se preocupa com Teresa. Dora e Júlia questionam Regina sobre Vinícius. Estela confessa a Rafael que teme que Lauro mostre a carta de Teresa para Ubaldo. Rapidinhas Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015 Áries 21/03 a 20/04 Oplanetadoamoredosrelacionamentos,Vênus,iniciahoje um novo movimento. O diálogo e o respeito às diferenças é fundamental nos relacionamentos. Momento em que tende a se sentir mais versátil e disposto ao diálogo, ariano. Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 Umdomingoquebeneficiaosrelacionamentoseocon- tatocomamigos.Éhoradeterumavisãomaisdespojada e inconvencional das situações que você está passando. Momento em que a intuição e a voz interior falam alto aossagitarianos. Gêmeos 21/05 a 20/06 O bom contato entre Vênus e Lua indica um momento propício aos geminianos. Uma fase oportuna para se expressar com mais consciência de seus sentimentos e intuições.Podemsurgirsoluçõesalternativasparavelhas dificuldades. Libra 21/09 a 20/10 ObomcontatoentreVênus,seuplanetaregente,eaLua favorece a vida afetiva. Uma bela oportunidade de se expressar com mais autenticidade e inconvencionalida- de. É hora de estar mais consciente de seus verdadeiros sentimentos e necessidades. Aquário 21/01 a 18/02 Com a Lua em seu signo e Vênus no setor amoroso, o momento é favorável aos aquarianos. Um domingo muito interessante para você se expressar com mais naturalidade e amabilidade. O momento favorece um dia de relacionamento e contato aos aquarianos. Touro 21/04 a 20/05 Mesmosendodomingo,aenergiaéfavorávelaotrabalhodos taurino. É um momento interessante para perceber outras possibilidades e contatos relacionados à esfera profissional. Momento de agir com mais versatilidade e flexibilidade, o que pode lhe favorecer bastante. Virgem 21/08a20/09 É hora refletir sobre novas possibilidades profissionais, virginiano. O momento favorece soluções inovadoras e inconvencionais. Conversando você poderá ter ideias interessantes para desenvolver no trabalho. Capricórnio 21/12 a 20/01 Um domingo que favorece a exploração de novos talentos e habilidades. É um momento interessante parapensaremoutrasalternativasligadasaotrabalho. Fase também oportuna para cuidados com a saúde e a beleza. Câncer 21/06 a 20/07 Momento que oportuniza ideias diferentes sobre amor, relacionamento e sexualidade. Um domingo que pede reflexão, mas também um contato profundo com determi- nadas pessoas. É hora de conversar mais sobre o que você realmente pensa e sente, canceriano. Escorpião 21/10 a 20/11 Umbelomomentoparapriorizaroautoconhecimento e o desenvolvimento emocional. Um domingo que pedereflexãosobrecomovocêestáagindoemrelação ao amor e à sexualidade. As amizades podem ser uma importante fonte de apoio aos escorpianos. Peixes 19/02 a 20/03 Momento que pede reflexão e interiorização aos piscianos. Profundasintuiçõesepressentimentosquepodemlheguiar neste período. Uma fase oportuna para rever a sua conduta emocional e na vida íntima. Horóscopo Com a lua se movimentando no signo oposto ao seu, o domingo é favorável aos relacionamentos. Uma bela oportunidade de respeitar mais a individualidade e as diferenças. O contato com amigos e a vida social podem sermuitopromissoresnestemomento. Gracyanne Barbosa deixou seus seguidores do Instagram bastante surpre- sos e curiosos nas primeiras horas deste domingo (12). A musa fitness publicou, em seu perfil, uma foto em que aparece ao lado do marido, o cantor Belo, e do personal shopper Leandro Dable, antes de uma apresentação do amado no Citybank Hall, em São Paulo. Com um look todo preto e elegante, ela, porém, não foi a que mais chamou atenção na foto. Todos os olhares parecem ter se voltado para as camisetas de Belo e Leandro,quefaziamumahomenagempara a própria Gracyanne. A do cantor tinha a esposa fazendo pose, de costas, junto com a hashtag #tu- dão (apelido carinhoso que o casal costu- mar usar para se chamar), enquanto a do outro profissional mostrava Belo pensando na amada, com um largo sorriso no rosto. “#muitoamorenvolvido”, escreveu a morena na legenda da publicação, con- tando ainda, através de outras hashtags, mais detalhes sobre o momento. Além dos looks, os seguidores tam- bém ficaram impressionados com o braço musculoso que o “tudão” de Gracyanne exibiu na imagem, enchendo-o de elogios, principalmente por sua mudança de hábi- tos,tornandosuarotinamaissaudávelcom o incentivo da esposa.
  9. 9. Polícia 9Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015 Esquadrão antibombas da PM precisou ser acionado para recolher artefato em posto de atendimento do Bradesco Rafael Andrade Bope na Região ³Equipe especial veio a Gaivota recolher material explosivo deixado por bandidos > BALNEÁRIO GAIVOTA ‘Faca na caveira’. Uma grande movi- mentação de carros da Polícia Militar, incluindo doisveículosdoEsquadrão Antibombas do Batalhão de Operações Policiais Especiais(Bope)deFloria- nópolis, chamou a atenção de moradores da região central de Balneário Gai- vota no início da noite de ontem.Aequipe da capital foi acionada para recolher um artefato de dinami- te deixado para trás por caixeiros que tentaram arrombar o terminal de autoatendimento do Bra- desco. Duzentos gramas do explosivoforamrecolhidos pelo Bope. “Vamos levar para Florianópolis para detonarmosduranteodia. Caixeirosdeixamdinamitepara trás Encontramosumcomposto de nitrato de amônia sen- sibilizado em combustão”, explicaosoldadodoEsqua- drão Antibombas Willian Albanaz de Lima. Viatu- ras da PM de Sombrio e Gaivota apoiaram a ação dos especialistas. O caixa eletrônico chegou a ser da- nificadopossivelmentepor um pé de cabra, mas como não houve a detonação, os bandidos não levaram nada. A ação ocorreu na madrugada deste sábado, mas os explosivos foram recolhidos somente quase 40 horas depois. Um quar- teirãochegouaserisolado. Levantamentos ini- ciais da polícia apontam que pelo menos quatro criminosos agiram com armas de cano longo e de grosso calibre.Aquadrilha teria fugido em direção a Araranguápelointeriorda Gaivota em um Hyundai IX35,consideradoumcar- ro de luxo, mas outro auto- móvelseguiacomobatedor. A caminhonete pode ter registro de furto ou roubo. Um Gol foi abandonado na Praia da Caçamba, em Balneário Arroio do Silva. Existemsuspeitasqueeste veículochegouaserutiliza- dopelosladrõesnestaação desastrosa, que poderia ter colocado em risco a vida de muitos moradores do entorno do posto de atendimento, já que uma pousada funciona no mes- mo prédio, além de várias casas nas proximidades. Jáéoterceiropostode atendimento do Bradesco alvodoscaixeirosnaregião neste ano. No dia 30 de janeiro,umagrande explo- são com dinamites assus- tou moradores do centro de Ermo. O cofre não foi danificado e os bandidos fugiram sem levar nada. Em Meleiro, no último dia 25, a situação se re- petiu. Também em um posto do Bradesco, uma quadrilha fortemente ar- mada agiu na calada da noite. Fugiu sem levar R$ 1,00, mas deixou grandes prejuízos. A Polícia Ci- vil investiga essas três ações. Ninguém foi preso. Ahipótese é que a mesma quadrilha possa ter en- volvimento nos crimes e que os integrantes sejam todos de cidades de fora da região.
  10. 10. Publicidade10 Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015
  11. 11. Geral 11Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015 ³Rovis teve morte cerebral depois de cair de escada Rafael Andrade Rafael Andrade > SOMBRIO Omomento é tris- te e delicado, mas o único que pode salvar vidas. Assim foi o ato de nobreza adotado pela família do pequeno empresário do ramo de eletricidade Rovis Uilen Minato (foto da capa), de 39 anos, que morava no centro de Sombrio. Ele caiu de uma escada, na manhã da última quinta- -feira, de uma altura de cerca de cinco metros após sofrer um ataque epilético. Rovis bateu a cabeça e foi encaminha- do ao Hospital Regional de Araranguá, de onde chegou a ser transferido para o Hospital Nossa Senhora dos Navegantes, em Torres, mas, pouco de- Rapazmorreapós queda de escadapois da meia-noite desta sexta-feira, os médicos decretaram a sua morte cerebral. Apesar de transtor- nada e desiludida com a situação, a família de- terminou a doação de seus órgãos. Coração, fí- gado, pâncreas, rins e pulmões foram captados no Hospital Beneficente São Vicente de Paulo, em Osório. A cirurgia de coleta iniciou às 14 horas e terminou às 16 horas de sexta. Às 17h30min, após o rápido translado de um dos órgãos, outra família comemorava uma nova chance, o coraçãodeRovis jábatiafortenovamenteem outro peito. “Fico triste por perder um filho, mas aliviado em saber que ele pôde, de al- guma forma, ajudar outros a dar continuidade à vida. Tenho vontade de um dia Doou os Órgãos conhecer a pessoa que re- cebeu o coração do Rovis”, revela o pai Alcione Mina- to. Todos os órgãos foram destinados a receptores ca- dastradosemPortoAlegre. O velório foi bem movimentado na Capela Mortuária Padre João Reitz, no bairro Raizeira, em Sombrio. O sepulta- mento organizado pela funerária Menino Deus ocorreu no fim da tarde de ontem no cemitério municipal. Ele era casado e tinha quatro filhos, de 8, 13, 15 e 16 anos. > TIMBÉ DO SUL O agricultor aposen- tado José Antônio Roque, de 61 anos, morreu no início da tarde de ontem naregiãodaSerradaRoci- nha,emTimbédoSul.Ele acompanhava festival de voo livre quando parou o carro à beira da estrada e tentouapanharalgunspi- nhõescomumavara.Não percebeuosfiosdaredede alta tensão e levou uma forte descarga elétrica, ocasionando a sua morte poucos minutos depois. Como havia uma ambulância do Corpo de Bombeiros de Turvo dan- do suporte ao evento, o socorro foi imediato. A vítima chegou a ser levada ao Hospital Santo Antônio,emTimbédoSul, mas já chegou sem vida. O incidente foi registrado às 13h30min. O corpo foi Agricultor morre eletrocutado recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Araranguá, de onde foi li- berado à família somente na madrugada de hoje. O sepultamento organiza- do pela funerária Cristo Redentor deve ocorrer na tarde de hoje no Cemi- tério do Rodeio, em Tur- vo, cidade onde morava. José Antônio vivia com a esposa Lucir Dal Ponte Roqueecomdoisfilhosna Vila São José, em Turvo. “Todos estão sujeitos à fa- talidade.Foiumincidente que abalou por completo a nossa família. Ele era uma excelente pessoa”, destaca o cunhado Ed- son Dal Ponte. Não há informações técnicas de quantos volts passaram pelo corpo do agricultor. Esses detalhes devem ser apurados pela Polícia Civil de Timbé. A22ª edição do Festi- val Sul Brasileiro de Voo Livre ocorreu no Balneá- rio Poço do Caixão.
  12. 12. 12 Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015 Publicidade
  13. 13. Polícia 13Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015 Da redação ³Um dos automóveis envolvidos em ocorrência Ocorrências arrombada, porém o autor fugiu depois que o alarme disparou. O homem tentou furtar uma televisão. Uma testemunha relatou que o homem fugiu em direção a Barranca. Viaturas do 19º Bata- lhãodePolíciaMilitarinicia- ram as buscas e abordaram oladrão,quefoireconhecido pelatestemunha.Elefoipre- sopelaPMeencaminhadoa delegacia. No Balneário Arroio do Silva a Polícia Militar cum- priuummandadodeprisão. Uma guarnição PM fa- ziarondasnaavenidaSanta Catarina, quando observou queocondutordeumMonza teve uma atitude suspeita. Os policiais militares rea- lizaram a abordagem e ao consultaronomedomotoris- tanosistema,foiconstatado um mandado de prisão da comarca de Joinville em aberto contra ele. Tambémteveocorrência em Balneário Gaivota, onde a PM abordou um homem ematitudesuspeita.Comele > REGIÃO Uma estudante uni- versitária criciu- mense,de20anos,foiataca- daporumassaltantenaVila São José, emAraranguá, no início da manhã da última sexta-feira.Amoçacaminha- vapróximoaosupermercado do bairro quando um Golf preto, de modelo antigo, parou ao seu lado e o mo- torista anunciou o assalto. “Passa tudo para cá”, gritou o homem. A vítima entregou um celular Samsung Galaxy, a pasta com material escolar e até os óculos de grau que estava usando. O ladrão fugiu de carro, e a jovem pediu ajuda a uma empresa delavaçãoemfrenteaolocal do assalto. Pelo 190, eles acionaram a Polícia Militar, queconseguiuavistaroGolf eabordá-lomeiahoradepois. O carro estava na rua Antônio Manoel Paulino, no bairro Alto Feliz, próximo a PM faz diversas prisões pela região umaacademiadenatação.O motoristaestavacomapenas docelulardaestudante, alegandoqueorestanteteria jogado em outro lugar. Ao dizer onde, a PM conseguiu encontrar todos os objetos roubados. Omotoristafoipresoem flagrante e encaminhado à Delegacia CentraldePolícia Civil (CP) de Araranguá. O assaltante foi identificado como Thiago Dias de Olivei- ra, de 36 anos, natural de PortoAlegre. Emoutraocorrência,na madrugadadesexta-feira,a Polícia Militar de Araran- guá prendeu um homem após arrombamento de um estabelecimento comercial. Por volta das três horas da madrugada, a central de OperaçõesdaPolíciaMilitar (Copom)foiacionadaeinfor- mada sobre uma tentativa de furto em um estabeleci- mento comercial no Centro da cidade. Quando a guarnição PM chegou ao local, consta- tou que a porta tinha sido foram encontradas 4 pedras de crack. Perguntado onde comprou a droga o mesmo apontou uma casa que seria de um sujeito conhecido no meio policial. Nesse mo- mento deixava a casa um adolescente abordado duas quadras depois. Ele foi reco- nhecidocomosendoapessoa que vendeu as pedras de crackpelovalordeR$45,00. Ambosforamdetidoseenca- minhados para a delegacia de Balneário Gaivota. Na mesma noite, por volta das 21h40min, a guar- nição da PM, após saber de tráfico de entorpecentes, se deslocou até um bar e abordou os frequentadores. Um dos presentes conse- guiu fugir e se livrou de uma carteira de cigarros no trajeto. A guarnição pegou a carteira e em seu interior havia2,1gramasdecocaína, e um torrão de 26,1 gramas de maconha. Foi abordado umoutrohomemqueestava com3,9gramasdemaconha. A ocorrência aconteceu em Passo de Torres. Por fim, em Araranguá a Polícia Militar prendeu um homem e recuperou um veículo furtado. O fato aconteceu no bairro Cidade Alta, onde o veículo estava em um esta- cionamento de um estabele- cimento comercial. Segundo a vítima, após deixar seu Gol com placas de Araran- guá estacionado e entrar no estabelecimento, alguns minutos após foi informado sobre o furto. Testemunhas disseram aos policiais as características do ladrão e o rumo para onde ele foi. Diversas viaturas ini- ciaramasbuscaseumcerco foi realizado. Uma viatura cruzou com o Gol furtado já na BR101, sentido Sul. Com o apoio de outras guarnições, a abordagem do veículo foi realizada na Sanga da Toca, em uma borracharia,eoladrãoainda estava no interior do auto- móvel.
  14. 14. Publicidade14 Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015
  15. 15. Entrevista 15Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015 Presidente da Fiesc Glauco José Côrte “O projeto acabacom a precarização das relações de trabalho e não reduz ou retira direitos dos trabalhadores. Há uma responsabilidade subsidiária da empresa contratante em relação às obrigações trabalhistas com esses ter- ceirizados. Além disso, certamente essa lei vai estimular a criação de micros e pequenas empresas especializadas para atendimento das contratantes. Curiosamente, os pontos apontados como negativos por aqueles que não querem a aprovação do projeto são jus- tamente os pontos fortes. Por exemplo, ele exige especialização da empresa prestadora de serviços. Ou seja, os tra- balhadores terão que ser capacitados, qualificados para aquele serviço espe- cífico, o que vai levar à necessidade de um tipo de mão de obra que recebe re- muneração maior. O resultado da votação deixou cla- ro que a maioria da Câmara Federal quer esse encaminhamento. Estamos absolutamente convencidos de que será aprovado na nova votação da Câmara e, depois, pelo Senado. E que será san- cionado pela presidente Dilma Rousse- ff. Há uma unanimidade em favor des- se projeto no setor produtivo. Aliás, a maior parte das centrais sindicais tam- bém é favorável. Vamos manter a mo- bilização, porque estamos convencidos dos benefícios da lei não só na geração de novas vagas de trabalho e melhor remuneração do trabalhador, como também para a melhoria da competi- tividade das empresas. É um caminho natural e algo que já existe em todos os outros países. O Brasil, como sempre, está chegando atrasado a esse nível de relação entre o Capital e o Trabalho.” PeloEstado Especial LEI DA TERCEIRIZAÇÃO A semana passada foi marcada por um grande debate em torno da chamada Lei da Terceirização (Projeto de Lei 4330/2004). Em uma sessão tumultuada, o projeto foi aprovado pelo plenário da Câmara dos Deputados na quarta-feira (8) por um placar nada equilibrado:324votosafavor,137contraeduasabstenções.Nesta semana serão votados os destaques e só então o PL segue para o Senado. O projeto é polêmico e a pressão sobre os deputados e senadores é grande. De um lado, e com o apoio da Força Sindical, estão a Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e suas filiadas, incluindo a Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc). De outro lado, estão o Ministério Público do Trabalho, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central Sindical e Popular (CSP Conlutas). Por isso a Coluna Pelo Estado traz essa matéria especial, para a qual ouviu os dois lados da polêmica: o presidente da Fiesc, Glauco José Côrte, e da Fecomércio-SC, Bruno Breithaupt, que defendem a Lei da Terceirização, e o secretário-geral da Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST- SC), Clovis Ramos, e o membro da Executiva da CUT-SC, Jacir Antonio Zimmer, contrários ao teor do PL 4330/2004. A visão de empresários e centrais sindicais sobre o polêmico PL 4330/2004 Andréa Leonora | Foto: Gustavo Lima - Câmara dos Deputados F�orian�po�is -F�orian�po�is - 13Abr15 CENTRAL DE DIÁRIOS TRINTA E DOIS INTEGRADOS DIÁRIOS INTEGRADOS PRESENÇA EM 62% DE SC PeloEstado peloestado@centraldediarios.com.br www.centraldediarios.com.br Presidente da Fecomércio-SC Bruno Breithaupt “O Brasil vive um período de es- tagnação econômica, com o PIB (Pro- duto Interno Bruto) crescendo apenas 0,1% ao ano e a inflação em 8,1%. Em Santa Catarina, a situação também não é das melhores. O crescimento do volume de vendas do comércio cata- rinense, no acumulado de 12 meses, chegou a janeiro de 2015 com uma variação de apenas 0,1%, com expec- tativa de entrar no negativo nos pró- ximos meses. Esse é um resultado que não se via desde 2003. Para agravar a situação, ainda temos a adoção de ajuste fiscal por parte do governo, que onera em demasia o setor produ- tivo nacional ao aumentar a já eleva- da carga de impostos. Assim, observo que a regulamen- tação da terceirização não poderia vir em melhor hora. O Brasil precisa adotar medidas que modernizem sua economia e que deem maior segurança ao empregador e ao empregado. Serão inúmeros os benefícios que a aprovação desse projeto trará à economia brasi- leira. O primeiro deles é que, com a de- legação de certas partes da atividade a outras empresas, é possível reduzir consideravelmente os desperdícios, a partir de uma melhor racionalização do processo produtivo. A empresa que terceiriza parte de seus serviços também poderá aumentar sua produtividade e reduzir seus custos, o que provocará a redução da inflação. Mas o maior benefício da medida é sua capacidade de reduzir os custos de no- vos investimentos, contribuindo para o desenvolvimento do país. Por tudo isso, apoiar a terceirização é apoiar um Brasil verdadeiramente maior.” Secretário-geral da NCST-SC Clovis Ramos “A nossa posição, enquanto central, é voltada para os interesses da classe tra- balhadora e temos a percepção que esse projeto de lei é prejudicial para nós, tra- balhadores. Acreditamos que o número de postos de trabalho vai cair, assim como salário. Por outro lado, haverá maior ris- co de acidentes de trabalho. Isso porque o terceirizado, hoje, já é tratado de forma discriminatória.Trata-se de um trabalha- dor no qual se investe menos em treina- mentos e por isso ele fica mais vulnerável. Com salários de 28% a 35% menores que os pagos aos efetivos das empresas, ha- verá a necessidade de compensação com mais trabalho, portanto, mais desgaste físico e mental, e mais risco de acidentes. O texto aprovado permite que até mesmo as atividades essenciais e obri- gatórias do Estado sejam terceirizadas. Isso poderá levar, por exemplo, ao fim dos concursos públicos e à realização de licitações para a contratação de pessoal, como médicos e professores, por meio de empresa terceira. Não há dúvidas de que se abre espaço para uso político dessas contratações. Além disso, hoje, quando se contrata uma empresa terceira, a respon- sabilidade é também de quem contratou. E, pela proposta, a contratante somente fiscalizará. Ao fazer isso, deixa de ter res- ponsabilidade. Vai ficar mais fácil demitir o trabalhador e depois contratar outro, ou até recontratar o mesmo, com salário menor e menos direitos. O projeto de lei também admite a cha- mada “pjotização”, pela qual o trabalha- dor abre uma empresa (Pessoa Jurídica) para ser prestador de serviços, e pratica- mentelegalizaos“gatos”,aquelesquesub- contratamostrabalhadores,commaisex- ploração e muitas vezes sem legalização.” Membro da Executiva da CUT-SC Jacir Antonio Zimmer “A CUT é contrária a qualquer tipo de terceirização, seja de área meio ou de área fim, por entendermos que é um ata- que aos direitos da classe trabalhadora. Temos uma divergência profunda, con- ceitual e ideológica com os defensores da proposta, que usam como argumentação que esse projeto de lei vai regulamentar a atividade terceirizada. E nós afirmamos que não! Na verdade, ele desregula todas as atividades profissionais do país e fragi- liza a organização sindical. O trabalhador terceirizado tem re- muneração mais baixa que o que possui vínculo direto na faixa de 30%. Digo isso com base em dados do Dieese (Departa- mento Intersindical de Estatística e Es- tudos Socioeconômicos), que por sua vez pesquisa em dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). A empresa contratada e a contratante só têm compromisso com a produção e com o mercado. Não têm compromisso com as pessoas. E isso leva à alta rotatividade no serviço terceirizado. O trabalhador que está nesse sistema acaba se submetendo a jornadas maiores, muitas vezes sem ser remunerado. Por isso mesmo, ao invés de gerar mais empregos, essa lei vai inibir a abertura de novas vagas. O setor terceiri- zado também é o que mais sofre com ca- sos de doenças e acidentes de trabalho. Outro ponto que nos preocupa muito é que, hoje, um percentual significativo das ações na Justiça do Trabalho envol- vem empresas que terceirizam mão de obra. Portanto, é uma lógica que só inte- ressa ao grande empresário que, no en- tanto, ainda não se deu conta dos riscos. Esperamos fazer mudanças substanciais no texto. E se passar, vamos para a cam- panha “Veta Dilma”.
  16. 16. DECRETO Nº 6.877, DE 20 DE MARÇO DE 2015. DISPÕE SOBRE O CREDENCIAMENTO DAS MONITORAS DO ESTACIONAMENTO ROTATIVO DE ARARANGUÁ, COMO AGENTES DA AUTORIDADE DE TRÂNSITO. O Prefeito Municipal de Araranguá, no exercício de suas atribuições legais, e considerando o disposto na Lei Federal nº. 9.503, de 23 de Setembro de 1997, Lei Municipal nº. 3.084, de 03 de Maio de 2012, e art. 18 do Decreto Municipal 6.569, de 03 de Junho de 2014; DECRETA: Art. 1º. Ficam credenciados como Agentes da Autoridade de Trânsito, as monitoras da empresa Sermog Ltda., concessionária dos serviços de estacionamento rotativo, abaixo relacionadas, para fiscalizar o cumprimento das normas acerca do estacionamento de veículos nas áreas abrangidas pelo rotativo municipal, emitindo os respectivos avisos de irregularidade: Art. 2º. As monitoras do estacionamento rotativo perderão a condição de credenciados a partir do momento que romperem o vinculo com a concessionária do Município. Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 4º Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 20 de março de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal PAULO ROBERTO OLIVEIRA Diretor do Departamento de Trânsito Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 20 de março de 2015. THAIZA DANDOLINI Secretária Interina de Administração Publicações Legais16 Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015 ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PRAIA GRANDE Aviso de Licitação Processo de Licitatório nº 39/2015 – Tomada de Preços n° 39/2015 Objeto: Pavimentação asfáltica com CAUQ, drenagem pluvial e sinalização na Av. Interpraias (4ª etapa), no município de Balneário Gaivota. Entrega dos envelopes: até às 14h00min do dia 28/04/2015 Abertura da Sessão: às 14h15min do mesmo dia. Informações e cópia do edital: Departamento de Compras e Licitações da Prefeitura de Balneário Gaivota, sito a Av. Guanabara,452 – Turimar, Balneário Gaivota/SC, das 13h00min às 19h00min em dias úteis. Fone (48) 3583-1408. Balneário Gaivota/SC, 10 de Abril de 2014. Ronaldo Pereira da Silva Prefeito Municipal DECRETO Nº 6.886, DE 31 DE MARÇO DE 2015. ACRESCENTA PARÁGRAFO AO ARTIGO 18 DO DECRETO MUNICIPAL Nº 6.569, DE 03 DE JUNHO DE 2014. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, e ao que determina o artigo 83, VII da Lei Orgânica do Município. DECRETA Art. 1º Fica acrescido o parágrafo primeiro ao artigo 18 do Decreto Municipal nº 6.569, de 03 de junho de 2014, que vigorará com a seguinte redação: ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE ARARANGUÁ _______________________________________________________ Rua: Dr. Virgulino de Queirós, nº 200 – Centro – Araranguá/SC Fone: (48)35210900 www.ararangua.net DECRETO Nº 6.877, DE 20 DE MARÇO DE 2015. DISPÕE SOBRE O CREDENCIAMENTO DAS MONITORAS DO ESTACIONAMENTO ROTATIVO DE ARARANGUÁ, COMO AGENTES DA AUTORIDADE DE TRÂNSITO. O Prefeito Municipal de Araranguá, no exercício de suas atribuições legais, e considerando o disposto na Lei Federal nº. 9.503, de 23 de Setembro de 1997, Lei Municipal nº. 3.084, de 03 de Maio de 2012, e art. 18 do Decreto Municipal 6.569, de 03 de Junho de 2014; DECRETA: Art. 1º. Ficam credenciados como Agentes da Autoridade de Trânsito, as monitoras da empresa Sermog Ltda., concessionária dos serviços de estacionamento rotativo, abaixo relacionadas, para fiscalizar o cumprimento das normas acerca do estacionamento de veículos nas áreas abrangidas pelo rotativo municipal, emitindo os respectivos avisos de irregularidade: NOME RG CPF Aline Silva Leite 4492966 036.001.679-01 Amanda Caetano Borba 5045562 058.019.419-16 Ana Paula da Silva Barbosa 6337076 087.831.079-75 Ana Paula Gomes Leite 4913194 050.153.429-69 Andresa da Silva 5108463 066.303.309-86 Claudia Silveira Finger 8033822911 619.079.369-04 Dirlene Ramos Correa 3762425 007.216.319-40 Elaine da Silva 5290995 070.934.399-00 Fabiana Boeing Elias 54954827 070.105.069-14 Gessi Ane Pujol de Castro 2086621006 010.611.160-42 Iara Cristina Endler 6675652 573.891.010-91 Ianca de Souza de Oliveira 6299376 092.911.519-80 Ianca Rodrigues Batista Pereira 6241495 049.566.439-18 Jucilene da Luz Cardoso 3561553 037.659.319-93 Jucelane Gomes 3145594 000.061.279-08 Katiusse Constantino 35141 048.506.939-38 Kalita Soares dos Santos 5929311 085.986.239-97 Karine Joyce Correia 5586893 063.535.039-46 Laurecina Margarete Pereira 3033283 823.244.099-68 Leticia dos Santos Batista 6202618 096.593.199-40 Lara dos santos 6241709 102.012.929-80 Patricia Aparecida da Silva 3948657 065.665.139-30 Samara Dutra Costa 6835006 101.692.599-94 Samanta Sander 3081282505 933.272.340-00 Simoni da Silva 3762624 030.235.119-18 Art. 2º. As monitoras do estacionamento rotativo perderão a condição de credenciados a partir do momento que romperem o vinculo com a concessionária do Município. Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 4º Revogam-se as disposições em contrário. “§ 1º No ato da regularização do Aviso de Irregularidade previsto no caput, a empresa concessionária entregará 05 (cinco) cartões de estacionamento aos usuários”. Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de 13 de abril de 2015. Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 31 de março de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 31 de março de 2015. THAIZA DANDOLINI Secretária Interina de Administração DECRETO N° 022, DE 10 DE ABRIL DE 2015. DECLARA DE UTILIDADE PÚBLICA PARA FINS DE DESAPROPRIAÇÃO O IMÓVEL QUE ESPECIFICA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O PREFEITO MUNICIPALDE BALNEÁRIO GAIVOTA, no uso das atribuições que lhe confere os incisos V e VII do Art. 58 da Lei Orgânica Municipal e em conformidade com o Art. 6º do decreto- lei n.º 3.365 de 21 de Junho de 1941, Art. 1º Fica declarado de utilidade pública para fins de desapropriação amigável ou judicial, a área ideal de terra localizada no bairro Praia Gaivota, neste Município de Balneário Gaivota, Estado de Santa Catarina, devidamente matriculada no Cartório de Registro de imóveis da Comarca de Sombrio, conforme discriminação abaixo: I - Em conformidade com o art. 5º, letras “h” e “j”, do decreto-lei n.º 3.365 de 21 de Junho de 1941, para fins de desapropriação de uma área com 288,00 m2 (duzentos e oitenta e oito metros quadrados) do seguinte imóvel: Lote 28, da Quadra 28, do Loteamento Praia da Gaivota, matriculado no CRI desta Comarca sob a matrícula n° 48.263. Parágrafo Único. A área de terra, declarada de utilidade pública pelo presente Decreto, destina-se a construção da sede própria da Unidade Estratégica de Saúde Familiar Praia da Gaivota, para melhor atender a demanda por saúde em Balneário Gaivota. Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas disposições em contrario. Balneário Gaivota - SC, 10 de abril de 2015. RONALDO PEREIRA DA SILVA PREFEITO MUNICIPAL Publicado e registrado na Secretaria deAdministração e Finanças na data supra. JEFERSON RAUPP SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Tabelião do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533- 0318 - CEP 88960-000, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 134058; Dev: ELIO FERNANDES - 021.649.029-47; Ced: BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SA; Sac: META AGRICOLA LTDA; Tit: 021207-1/1 ; Apr: BANCO SANTANDER SA; VEN: 02/04/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 240,00+Juros Legais; Emol.: 94,24. Prot: 134021; Dev: EMERSON COLARES RAMOS - 140.907.127- 85; Ced: RELOJOARIA E OTICA TRESPACH LTDA EPP; Sac: RELOJOARIAE OTICATRESPACH LTDAEPP; Tit: 0001/014348 ;Apr: FCDL; VEN: 03/10/2011; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 3.226,00+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 134042; Dev: GISLAINE RAMOS DOS SANTOS - 17.167.936/0001-04; Ced: COOPERATIVA DE CREDITO VALE DO ITAJAI - VIACREDI; Sac: ANJO DA MODA ACESSORI; Tit: 54749-4/0001 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 30/03/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 490,00+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 134035; Dev: H. M. DAROSAGOMES ME - 12.440.884/0001- 84; Ced: COMAPREIS LTDA EPP; Sac: COMAPREIS LTDA EPP; Tit: 30185/01 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 01/04/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 170,80+Juros Legais; Emol.: 75,28. Prot: 134081; Dev: JANI MARTINS DA SILVA - 695.136.439-72; Ced: F.T.G. - FOMENTO MERCANTIL LTDA; Sac: EDSON DA SILVA COSMETICOS - ME; Tit: 6064-2/2 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 19/03/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 131,50+Juros Legais; Emol.: 71,89. Prot: 134052; Dev: JOSIANI VIEIRA DA COSTA MARTINS - 057.071.429-08; Ced: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; Sac: PROCURADORIA-GERALDO ESTADO; Tit: 14009169733 ; Apr: PROCURADORIA-GERALDO ESTADO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: 695,35+Juros Legais; Emol.: 87,33. Prot: 134051; Dev: JOVANA VIEIRA DA COSTA - 040.511.299- 85; Ced: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; Sac: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; Tit: 14009169814 ;Apr: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: 582,90+Juros Legais; Emol.: 65,93. Prot: 133953; Dev: LORENADASILVASTELMACH - 690.359.700- 04; Ced: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Sac: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Tit: 20433 ; Apr: FCDL; VEN: 22/09/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 195,84+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 134048; Dev: NADIR GOMES - 939.112.469-00; Ced: PROCURADORIA-GERALDO ESTADO; Sac: PROCURADORIA- GERAL DO ESTADO; Tit: 14009171045 ;Apr: PROCURADORIA- GERAL DO ESTADO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: 3.301,76+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 133908; Dev: ROBERTA DOS SANTOS HELINSKI - 055.134.349-46; Ced: KYMERA COMÉRCIO DE JÓIAS LTDA ME; Sac: KYMERA COMÉRCIO DE JÓIAS LTDA ME; Tit: 2326 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 25/03/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 254,30+Juros Legais; Emol.: 70,13. Prot: 133907; Dev: ROBERTA DOS SANTOS HELINSKI - 055.134.349-46; Ced: KYMERA COMÉRCIO DE JÓIAS LTDA ME; Sac: KYMERA COMÉRCIO DE JÓIAS LTDA ME; Tit: 2231 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 25/03/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 187,25+Juros Legais; Emol.: 70,13. Prot: 134010; Dev: SÉRGIO DAL PRA - 12.944.321/0001-23; Ced: COMERCIAL VIGOR LTDA ME; Sac: COMERCIAL VIGOR LTDA ME; Tit: 008141/A ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 30/03/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 155,34+Juros Legais; Emol.: 70,13. Prot: 134054; Dev:TAIANE DASILVEIRAMARTINS - 059.512.399- 66; Ced: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; Sac: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; Tit: 14008130744 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: 1.780,58+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 134047; Dev: TIAGO MACHADO NUNES - 070.797.189- 61; Ced: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; Sac: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; Tit: 14009171550 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: 1.097,39+Juros Legais; Emol.: 83,81. Sombrio - SC, 13/04/2015 ARLINDO EDÍLIO DA ROSA EXTRATO DE CONVÊNIO Convênio Nº.: 04/2015 Participantes: PREFEITURA MUNICIPAL DE PRAIA GRANDE E ASSOCIAÇÃO DOS ESTUD. TECNICOS, TECN. E UNIVERSITARIOS DE PRAIA GRANDE. Objeto..........: TRANSF. DE RECURSOS FINANCEIROS P/ COBRIR DESPESAS C/ TRANSP. ESCOLAR Valor...........: 30.000,00(TRINTA MIL REAIS). Vigência......: 01.04.2015 até 31.12.2015 Fundamento Legal ....: Lei N. . 2.444/2014 de 15 deAbril de 2014. Origem dos Recursos : 2.013-DR 01.00Apoio ao Estudante - Sec Mun de Educ e Cultura PRAIA GRANDE/SC, 01 de Abril de 2015. VALCIR DAROS - Prefeito Municipal EXTRATO CONTRATUAL Contrato Nº..: 46/2015 Contratante..: PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:BOUTIQUE DOS PNEUS LTDA - ME Valor............: 106.502,00 (cento e seis mil quinhentos dois reais) Vigência.......: Início: 10/03/2015 Término: 31/12/2015 Licitação......: PREGÃO PRESENCIAL Nº.: 32/2015 Objeto..........: A presente licitação tem por objeto a aquisição de pneus, câmaras e colarinhos para todos os veículos e máquinas da frota municipal, durante o exercício de 2015, conforme especificações e quantitativos especificados no anexo I, que integra este edital.
  17. 17. contou. Os vereadores Rony da Silva (PMDB); Ozair da Silva, o Banha (PT), Arilton Costa (PP); João Abílio Pereira (PSD) e Luiz Djalma Marcelino, o Luiz do Bailão (PDT) acompanharam, ao lado do prefeito municipal Sandro Roberto Maciel e do deputado estadual Manoel Mota a aber- tura do Campeonato Municipal. A corte for- mada pelas soberanas do 3º Araranguá Fest também participou da solenidade. Luiz do Bailão este- ve acompanhado pelos filhos Sebastião Neto e Maria Helena e de Emi- Em campo, a equipe santacruzense fez 3 x 1. O primeiro tempo encer- rou com a vitória parcial de 2 x 0. Já na etapa fi- nal, o time coral treinado pelo ex-jogador Almir Gaúcho, apenas tocou a bola e administrou o resultado, mesmo assim perdeu várias oportu- nidades de ampliar o placar. No final, a vitória por 3 x 1 do Santa Cruz, gols de Everton Boff (2) e Gutierrez demonstrou que o atual campeão tem futebol para manter a hegemonia municipal. Bom Jesus, por sua vez, foi uma equipe organi- zada e lutadora. O za- gueiro Sarrafo, cobrando penalidade máxima des- > ARARANGUÁ Oc a m p e o n a t o municipal mo- vimenta nossas comuni- dades, incentiva a práti- ca esportiva e mobiliza aproximadamente 600 atletas na Série A, Série B e categoria Sub-20". Com esta afirmação, o presidente da Câmara de Araranguá, Rony da Silva (PMDB) destacou a tradição da principal competição amadora da Cidade das Avenidas. Aabertura do campe- onato aconteceu na tarde de domingo. O Santa Cruz, campeão da Série A e Bom Jesus, campeão da Série B disputaram no gramado do CT Emer- son Almeida, o primeiro jogo da competição, que nessa temporada recebe o nome de Taça Lindberg Tomaz. Segunda-feira, 13 de abril de 2015 ³ 06-09-29-46-48CONCURSO 3.761 QUINA 11/04 Taça Lindberg da Silva Tomaz começa com 4 gols na partida entre Santa Cruz e Bom Jesus FOTO:ClederMaciel Homenagem ³ 20-29-34-37-45-57 CONCURSO 1.694 MEGA SENA 11/04 Santa Cruz vence na estreia GauchãoMunicipal li, neta do homenageado in memorian, o despor- tista e barbeiro Lind- berg da Silva Tomas (13 de março de 1960 – 12 de maio de 2004). O vereador é autor da proposta sugerindo que o campeonato recebesse o nome de Taça Lind- berg Tomaz. O homenageado foi jogador, dirigente e incen- tivador do futebol ama- dor de Araranguá. Entre suas realizações, desta- que para a participação na fundação da equipe de veteranos do Jardim das Avenidas Esporte Clube (Jaec) e a fundação da So- ciedade Recreativa Estre- la, que na década de 80 foi um dos primeiros times veteranos da cidade. GrêmiovenceJuventude foraesaiemvantagem Aguirrecomemoravantagemde golforaevêempate"positivo" > CAXIAS DO SUL No primeiro embate entre Grêmio e Juventude na semifinal do Gauchão, deu tricolor. Giuliano foi o autor do único gol, ainda na etapa inicial, quando o confronto teve maior in- tensidade.Aequipedacasa teve chances de marcar, masparouemMarceloGro- he. O time comandado por > RIO GRANDE Diego Aguirre queria a vitória sobre o Brasil de Pelotas. Mas o empate em 1 a 1 no Aldo Dapuzzo na tarde deste sábado foi celebrado. Para o técnico, as condições do estádio dificultaram ao Inter que, ao menos, sai com a van- Felipão tomou a iniciativa durante boa parte do jogo, administrandoavantagem que conseguiu logo no co- meço sem sofrer grandes dificuldades. Com o resultado fora de casa, o Grêmio pode até perder por 1 a 0 na Arena, em partida que será dispu- tadanopróximosábado,às 16h.Aigualdade no placar levará a decisão para os pênaltis. tagem de poder ter uma igualdade por 0 a 0 no jogo de volta no Beira-Rio para garantir uma vaga às finais do Gauchão. Aconfusão no interva- lo, que durou 43 minutos, fez a partida terminar à noite. Os refletores do estádio estiveram desliga- dos, o que complicou a vi- são no final do confronto.
  18. 18. Publicidade18 Correio do Sul Segunda-feira, 13 de abril de 2015
  19. 19. > SOMBRIO Domingo de sol radiante, céu de brigadeiro, temperatura agradável e uma vontade indescritível de andar de bicicleta. Assim, foi o 1º PedalaSombrio,promovido pela prefeitura com apoio da Mattric Sports, que dis- tribuiu camisetas, lanches e frutas. A largada ocorreu na frente do Ginásio de Esportes Rogério Valerim, no bairro Parque das Ave- nidas, onde foi montada umaestruturadeinscrições e apoio. O prefeito Zênio Cardo- so apertou a buzina perto das horas para a partida de cerca de 200 ciclistas, entre profissionais e amadores. Em disputa não estavam prêmios em dinheiro, mas sim o espírito de partici- pação e a consagração de Política 19Correio do Sul Segunda-feira, 12 de abril de 2015 Rafael Andrade Pedala, Sombrio Ideia foi promover as belezas do interior do município, além de incentivar o esporte e promover uma rota de futuras provas conseguir cruzar a linha de chegada após 27 quilôme- tros de estradas de asfalto, pedrasechãobatido,encur- vadas e acentuadas, com aclives que tiraram o fôlego de muitos bicicleteiros, até mesmo os acostumados com o veículo movido ao suor. “Colamos Sombrio na rotadosgrandeseventosdo ciclismo em nosso estado.A proporção que tomou este evento foi além das expec- tativas”, comemora Zênio. Quempodeseorgulhar em completar o percurso e um dos mais experientes atletas participante é o gaúcho José Maccari Abel, de 63 anos. Nascido em Sombrio e morador de Bal- neário Gaivota, foi um dos primeiros a chegar ao local da largada. Às 7h30min de ontemjáestavalácomoseu capacete, bike, camiseta da prova e ficha de inscrição em mãos. “Pedalo, corro e caminho com frequência. Comecei aos 56 anos após Passeioreúnequase200pessoas Santa forte novamente O time do Marcelo e do treinador Almir, atual campeão, veio mais uma vez forte para o municipal. Mostrou neste domingo, na abertura do campeonato diante do Bom Jesus do seu Valter, que mais uma vez é favorito ao título. Manteve a base e trouxe grandes reforços, o entrosamento da base foi notória nesta partida, o toque de bola refinado. O time mandou no início do jogo, fez dois gols rapidamente com Boff e Guti, mas deu uma relaxada depois, normal quando se está tranquilo na partida. Time do seu Valter chegou a descontar de pênalti com Sarrafo, porém o Santa ainda marcou mais um gol, selando assim a vitória na abertura diante do Bom Jesus. Desfalques Mesmo com os desfalques dos jogadores Foguinho e João Simon Wil, o time do Santa mostra que vem para brigar pelo título, pois mesmo com um bom time em campo, ainda tinha um banco a altura e jogadores de qualidade, como Jean do 7, Lele, Vami, Lec, Eduardo, entreoutros. OBomJesuseunãoseiseestavadesfalcado,masdeveria estar, pois tinha poucos reservas. Se for esse o time do se Valter, creio queteráquesereforçarmais,poisotimeécapengaemalgunssetores. Melhores DoladodoSanta,eudestacooquartetodomeio,comChiquinho, Everton Boff, Gutierres e Ricardo Zeferino. Jogam muito, jogam por música, bola de pé em pé, aí não tem jogador que não jogue do lado deles. Pelo lado do Bom Jesus, destaco o experiente goleiro Junior, sempre seguro em defesas difíceis; o zagueiro Sarrafo com toda sua experiência e faltas perigosas cobradas com precisão e muita força; o meia Bruninho, esse jovem talento que joga muito, e o atacante Guto que não tem muita pinta de jogador, mas que infernizou a defesa do Santa. Estréias Agora é aguardar as outras equipes estrearem na competição, para conhecermos aquelas quetêm condições debrigar pelo título este ano. As expectativas são grandes em cima de Coloniense, São José, Independente e Barranca. Areti, Esportivo e Cruzeiro também sempre montam grandes equipes. E União poderá ser a grande surpresa deste ano, aguardem. Cidade Alta também promete vir forte. Ramon marca três gols O nosso amigo Ramon marcou três gols do São Raimundo no Amazonense. O time saiu perdendo por 2 x 0, até que virou e ganhou de 3 x 2, e os três gols foi do Ramon. Sucesso meu irmão, e que Deus te abençoe sempre, e continue fazendo o que você mais sabe, que é gols. Lembrando que depois que terminar o amazonense, se Ramon não acertar com outro time, ele irá reforçar o Coloniense do Ati no municipal de Araranguá. Esporte Cleder Maciel (48) 9900 3535 esportes@grupocorreiodosul.com.br https://www.facebook.com/cleder.maciel me aposentar. Mudei com- pletamente o meu estilo de vida. Meus filhos me incen- tivaram e eu não quis mais parar de praticar esporte e ir à busca da qualidade de vida constante. Pesava 94 quilos, agora, tenho 75. A bicicleta é o meu principal meiodetransporte”,sugere José. O grupo de guerreiros do pedal passou pelos bair- ros Parque das Avenidas, São Luiz, São Francisco, Guarita,Maracanã,Sangra Negra, Retiro da União, Morretinho, Centro e retor- nou ao Parque das Aveni- das, onde cruzou a linha de chegada, sob a sensação de pleno dever cumprido, haja vista as dificuldades do ter- reno.Vinteecincofiscaisde prova auxiliaram no decor- rer do percurso. Seis carros de apoio e uma ambulância acompanharam os atletas. Haviaumlimitemínimode idade: 15 anos. “Sempre apoiamos o esporte.Aideianesteevento foi promover a pedalada e integrar as comunidades e cidades. Tivemos ciclistas de vários municípios da região e até mesmo de fora da Amesc, como Içara e Criciúma. Vamos planejar um Pedala, Família Som- brio, para que as crianças e adolescentes possam par- ticipar, de repente em uma largada posterior aos dos atletas mais bem prepara- dos. Sombrio pode, assim, demonstrar o seu potencial e as suas belezas com este tipo de evento. Ó esporte é uma paixão!”, simplifica o proprietário da Mattric, Antônio Mattric Matos.
  20. 20. SEGUNDA-FEIRA, 13 DE ABRIL DE 2015

×