Guaianas 105

300 visualizações

Publicada em

105

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
300
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guaianas 105

  1. 1. Ano 7 - Número 105 - www.fb.com/JornalGuaianas Tel.: (11) 2031-2364 - raleste@gmail.com 2ª QUINZENA DE SETEMBRO DE 2014 Grupo Acontece é homenageado pela ACSP com o “7º Prêmio Gutenberg” consecutivo zona leste e foi criado por José Garris Del Valle, ex superintendente da Distrital Tatuapé. Este evento tem por finalidade comemorar o dia da imprensa e do jornalista destacando e lembrando a importância da mídia de bairro na cidade de São Paulo, em especial, na zona leste. Cerca de 50 pessoas foram homenageadas e cada empresa jornalística escolhia um colaborador, funcionário ou diretor da empresa para receber o prêmio. Os Jornais Acontece Agora... leia na pág 03 Denúncias de racismo na internet crescem 81% em 2014, aponta levantamento de ONG das à SaferNet Brasil, entidade que atua no combate de crimes contra os direitos hu-manos na internet, cresceram 81% na comparação entre o A Associação Comercial de São Paulo Distrital do Tatuapé homenageou cer-ca de 50 veículos de comu-nicação da Zona Leste de São Paulo com o 7º Prêmio Gutenberg. A solenidade ocorreu por volta das 19h, no Sesc Belenzinho, locali-zado na rua Álvaro Ramos, Belém. O evento, criado pela própria Associação Comercial, é direcionado à imprensa regional da Projeto social revitalizam biblioteca com parceirias Alunos de projeto social apoiado pela Votorantim Metais revitalizam biblioteca de ONG educativa em Guarulhos Ação marcou formatura dos 17 jovens inscritos no Programa de Empreende-dorismo Social realizado no bairro de São Miguel Paulista, zona leste de São Paulo São Paulo, 01 de agos-to de 2014 –Os alunosdo projeto de voluntariado da Votorantim Metais, unidade São Miguel Paulista, que estimula o Empreendedo-rismo Social, realizado em parceria com a ONG ame-ricana primeiro semestre de 2013 e o mesmo período deste ano. Os dados, obtidos revelam que de ja-neiro a junho do, ... Leia na pág 02 United Way, fizeram arevitalização da biblio-teca da ONG Associação Semente do Amanhã. A entidade presta serviços sociais e educativos a crianças e adolescentes da Comunidade dos Pi-mentas, bairro pertencente ao município de Guaru-lhos, em São Paulo. Os jovens fizeram a reforma da biblioteca e doaram mais de 400 livros para o acervo... leia na pág 03 Alckmin lidera pesquisas Pesquisa Ibope: Alck-min tem 49%, Skaf, 17%, e Padilha, 8% Na simulação de segun-do turno, governador bate-ria o candidato do PMDB por 54% a 24% A corrida eleitoral em São Paulo permanece es-tável. Pesquisa Ibope di-vugada nesta terça-feira (23) mostra o governador e candidato à reeleição Geraldo Alckmin (PSDB) com 49% das intenções de voto, seguido de Paulo Skaf (PMDB), 17%, e Ale-xandre Padilha (PT), 8%. leia na pág 04 CEU Lajeado promove Semana da Melhor Idade Evento promete atrair várias pessoas da 3ª idade para uma semana rechea-da de atividades Nessa semana, no pe-ríodo de 23 a 26 de se-tembro, acontece o evento Semana da Melhor Idade no bairro de Guaianases. Serão quatro dias de muita diversão e qualidade de vida para quem vive a me-lhor Confira abaixo a programa-ção... VALOR: R$ 1.500,00 MELHOR PARA SÃO PAULO idade. leia na pág 03 MELHOR PARA O BRASIL. Aumento foi obser-vado na comparação entre os primeiros semestres deste ano e de 2013 As denúncias de racismo encaminha- COLIGAÇÃO: AQUI É SÃO PAULO PSDB/DEM/PEN/PMN/PTDOB/PTC/PTN/SD/PPS/PRB/PSB/PSC/PSDC/PSL COLIGAÇÃO: MUDA BRASIL PSDB/PMN/SD/DEM/PEN/PTN/PTB/PTC/PTDOB • CNPJ AÉCIO: 20.558.161/000102
  2. 2. SUB PREF. DE GUAIANASES Estr. Guaianases, 2565 Jd Helena / Guaianases-SP BANCA COQUINHO Rua Hipolito de Camargo, 460 Uma publicação do Grupo Acontece de Jornais e Revista Conheça os sintomas e saiba como prevenir o câncer de cabeça e pescoço Diretor e Chefe de Redação: Divaldo Rosa MTb: 42.488 • Jornalista (fl): Silmara Galvão Nunes • Representantes Comerciais: Pastor Odair • Designer: Ademir Rodrigues • Revisora: Prof. Suseli Corumba • Administração Financeira: Ademir Rodrigues • Distribuição: Mart Press Distrib.de Jornais • Redação e Publicidade • Fone/Fax: 2031-2364 / 2513-0928 • Av. Guachos, 166 • Cep: 08030-360 • Vila Curuçá - SP - E-mail: raleste@gmail.com (fl = Freelancer) As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. Jornal Guaianases-SP BANCA DE JORNAIS A MUSICAL Rua Salvador Gianetti, 1156 Guaianases-SP BANCA NOVA COQUEIRO Estr. Itaquera Guaianases, 2423 Jd Helena / Guaianases-SP BANCA TEMAS E LETRAS Av. Salvador Gianetti, 564 Guaianases-SP BANCA DE JORNAL A MUSICAL Rua Salvador Gianetti, 1156 Guaianases-SP Atualidade 2ª QUINZENA DE SETEMBRO DE 2014 C R Ô N I C A No meu tempo... Por ALLAN REGIS Meu caro leitor, vai por mim! Não são raros os saudosistas em Guaia-nases! Se bobear, há um em cada esquina. Todos sedentos para contar um ou dois causos vividos no bairro. É bom ter tempo, corou por um instante, se dizendo cansado, e criticou o fato de não ter nenhum banquinho se quer para assentar enquanto se es-pera o meio de transporte; levou um esbarrão de um apressado, falou mal da educação destes tempos; tapou seus ouvidos quando um carro passou tocando um som muito alto conten-do uma letra deplorável; expressou repúdio! E no que alugava meus ouvidos para seus desabafos, eu aprendi um pouco da histó-ria do bairro e enxerguei o que afligia o velho; ele não tinha mais os horizontes de outrora e os bons dias da aurora; seu riacho acabou por aqui, e a fraternidade não se encontra na vizi-nhança já desmantelada e materialista; entendi! O mundo interiorano do qual fazia parte desmanchou-se e ele achava-se deslocado num lugar que não mais re-conhecia como seu. “Minha lotação chegou, senhor” – tive que cortá-lo. “Ah tá – disse ele meio sem gra-ça -, vá com Deus, viu?”. E eu entrei na lotação em movimento e fui vendo-o sumir aos poucos como um sujeito raro, como o próprio tempo dele, e fiquei refle-tindo sobre seu monólogo tão comum entre os mora-dores mais antigos que se consomem de saudade e que, para não morrerem, precisam encontrar quem lhes dê atenção. viu leitor, pois as histórias prendem você. Estes dias mesmo, estava num ponto de ônibus, esperando uma lotação para o Metrô Ita-quera, quando um velhote colou do meu lado e se pôs a se queixar sobre a vida. Danou a falar sobre o passado. Se os contos de fada sempre começam com um “era uma vez”, as histórias dos velhos sempre começam com um “no meu tempo”, e aí vai... Fez comparações... Aquele senhor expressou abor-recimento primeiramente com a paisagem atual; deu duas tossidas, reclamou da poluição; colocou a palma da mão na testa para con-seguir sombra, e reclamou da falta de árvores; se aco- Doença tem maior inci-dência em tabagistas , ex- -fumantes e consumidores excessivos de álcool De acordo com um le-vantamento realizado pelo Instituto do Câncer do Es-tado de São Paulo, 75% dos casos de câncer de cabeça e pescoço atin-gem o público masculino. Desses pacientes, 83% são ou foram fumantes. Dos doentes tratados, 60% são vítimas de tumores lo-calizados na boca e 40%, na faringe ou laringe. O estudo aponta ainda que as ocorrências são mais frequentes em homens acima de 50 anos. Além do tabagismo, o consumo excessivo de álcool também está asso-ciado ao desenvolvimento desse tipo de câncer. Em 2013, o Instituto do Câncer realizou cerca de 3.500 consultas e o número mos-tra que, embora os tumores sejam passíveis de detec-ção precoce, por estarem em regiões visíveis, muitas vezes os sintomas passam despercebidos. Os sintomas mais co-muns são manchas bran-cas na boca, dor, lesão ulcerada ou com sangra-mento e cicatrização demo-rada, nódulos no pescoço presentes por mais de duas semanas, mudanças na voz ou rouquidão persis-tente e dificuldade para engolir. Medidas simples como não fumar e nem consumir bebidas alcoóli-cas em excesso, além de dar preferência a alimentos pobres em gordura e ricos em fibras, ajudam a evitar o desenvolvimento dos tumores. Além disso, exa-minar a boca regularmente pode ajudar no diagnóstico precoce e aumenta as chances de cura em 80%. Aumento foi observado na comparação entre os primeiros semestres deste ano e de 2013 As denúncias de racismo encaminhadas à SaferNet Brasil, entidade que atua no combate de crimes contra os direitos humanos na internet, cresceram 81% na compara-ção entre o primeiro semestre de 2013 e o mesmo período deste ano. Os dados, obtidos revelam que de janeiro a junho do ano passado, foram feitos 32.533 registros desse tipo de violação, enquanto em período equivalente de 2014, o número saltou para 59.083. O levantamento da ONG (organização não governamen-tal), que tem acordos de coo-peração com a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, mostrou também um detalhe interessante: embora neste ano haja mais denúncias, a quantidade de páginas (URLs) envolvidas foi menor: 5.732. Já em 2013, foram 7.953 sites. De acordo com o presidente da SaferNet, Thiago Tavares, a conclusão é de que, em 2014, houve um volume superior de denúncias em relação a uma mesma página, o que sinaliza menor tolerância da sociedade aos conteúdos racistas na web. As denúncias duplicadas, que são um indicador importan-te, representam um termômetro Momento em família alia cultura para os pais, com parti-cipação do pequeno Sair à noite, beber com os amigos, acampar ou simples-mente ir à padaria são progra-mas simples e, por que não dizer, divertidos que ficam total-mente esquecidos quando você tem seu filhote, recém-nascido, nos braços. Seria muito bom poder aliar a vida social com as alegrias que só a chegada de um bebê pode oferecer. Po-rém, a realidade não é essa, ou melhor, não era. Cada vez mais cresce o número de iniciativas que visam ao bem-estar e ao resgate da vida social da nova mamãe. Um desses casos é o CineMaterna. O projeto consiste em ter sessões especiais de cinema para mães que tenham bebês de até 18 meses de vida. O objetivo do CineMaterna é in-centivar a mulher que tenha um recém-nascido a frequentar ati-vidades culturais junto com seu filhote, estreitando assim os laços entre eles. Outro aspecto interessante é a possibilidade de troca de experiências sobre as questões que envolvem a maternidade com mamães que também estão descobrindo o maravilhoso mundo das fraldas. Em agosto de 2008, a admi-nistradora de empresas Irene Nagashima e a engenheira Taís Viana encabeçaram o projeto e com outras mães foram ao cinema com seus bebês. Daí para a primeira sessão adap-tada para os pequenos foi um pulo, e ocorreu em uma sala de cinema da região dos Jardins, em São Paulo. A ideia deu tão certo que um mês depois se Denúncias de racismo na internet crescem 81% em 2014, aponta levantamento de ONG da indignação das pessoas. É ainda um termômetro da reper-cussão que essas páginas com conteúdo racista têm causado na sociedade. Indica que mais pessoas resolveram denunciar. Tavares enfatiza que o tema esteve em pauta, especialmen-te em abril deste ano, com o episódio envolvendo o lateral- -direito do Barcelona Daniel Alves. Em partida contra o Villa-real, quando seguia para bater um escanteio, uma banana foi atirada na direção do atleta, que descascou a fruta e a comeu, prosseguindo com a partida. O caso provocou grande reper-cussão e, consequentemente, mais pessoas se mobilizaram em torno do assunto. A integrante do Núcleo de Pesquisas em Psicologia e Informática da PUC-SP (Pon-tifícia Universidade Católi-ca) Luciana Ruffo faz análise semelhante. Ela cita o caso envolvendo o goleiro Aranha, chamado de macaco durante jogo entre Santos e Grêmio, no Rio Grande do Sul, no mês passado. Isso traz uma evidência para a situação, que faz com que as pessoas que sofrem esse tipo de agressão se sin-tam muito mais empoderadas para procurar ajuda ou denun-ciar. É como se alguém desse voz a elas. Quer ir ao cinema e não tem com quem deixar o filhote? expandiu para um shopping da capital paulista. E oito anos depois há 70 sessões espa-lhadas por 67 salas em todo o Brasil que abraçaram a ideia do CineMaterna. O grande diferencial é que as salas são adaptadas para a realidade das mães que te-nham filhos recém-nascidos. Há trocadores de fraldas e esta-cionamento de carrinhos dentro do espaço. Além disso, os lo-cais são levemente iluminados e o ar-condicionado está numa temperatura amena. Após o término do filme, as mães que quiserem podem permanecer no local, pois é proposto um momento de confraternização entre elas. Por mais que a sala seja adaptada, e tenha o objetivo de levar a nova mãe ao cinema com seu filhote, bom senso é fundamental. Se o bebê estiver agitado, por exemplo, e amamentar não for a solução para o problema, saia e acalme-o para só então voltar à sessão. Brinquedos barulhen-tos, falar ao celular ou conver-sar também não são atitudes legais. Não se pode perder de vista que a ideia é também ver o filme. Evitar incomodar os companheiros de sessão, além de educado, é elegante. Se você não consegue ficar longe da telona, não perca essa oportunidade. Afinal, aproveitar um programa que você curte ao lado do seu pequeno promete ser uma experiência inesque-cível!
  3. 3. Comprometimento Social 2ª QUINZENA DE SETEMBRO DE 2014 Projeto social revitalizam biblioteca Alunos de projeto social apoiado pela Votorantim Metais revitalizam biblioteca de ONG educativa em Guarulhos Ação marcou formatura dos 17 jovens inscritos no Programa de Empreende-dorismo Social realizado no bairro de São Miguel Paulista, zona leste de São Paulo São Paulo, 01 de agosto de 2014 –Os alunosdo pro-jeto de voluntariado da Voto-rantim Metais, unidade São Miguel Paulista, que estimula o Empreendedorismo Social, realizado em parceria com a ONG americana United Way, fizeram arevitalização da bi-blioteca da ONG Associação Semente do Amanhã. A enti-dade presta serviços sociais e educativos a crianças e ado-lescentes da Comunidade dos Pimentas, bairro pertencente ao município de Guarulhos, em São Paulo. Os jovens fi-zeram a reforma da biblioteca e doaram mais de 400 livros para o acervo como parte das atividades de conclusão do Programa de Empreendedo-rismo, finalizado neste mês. Evento promete atrair vá-rias pessoas da 3ª idade para uma semana recheada de atividades Nessa semana, no perío-do de 23 a 26 de setembro, acontece o evento Semana da Melhor Idade no bairro de Guaianases. Serão quatro dias de muita diversão e qua-lidade de vida para quem vive a melhor idade. Confira abaixo a programação completa: 23/09 – Terça feira (Cultura de Paz) 8h – Atividade Física – Ca-minhada 9h – Café – Banner (Sexuali-dade do Idoso) 9h30 – Cultura de Paz 10h – Apresentação das uni-dades Básicas de Saúde (Guaianases I e Chabilândia) 24/09 – Quarta-feira (Alimen-tação Saudável) 8h – Atividade Física – Ca-minhada 9h – Café – Banner (Sexuali-dade do Idoso) Os alunos do Programa re-ceberam certificado de forma-turaem cerimônia realizada na Unidade de metalurgia de níquel da Votorantim Metais, em São Miguel Paulista. O programa de voluntaria-do denominado“Ser a Mudan-ça” tem como objetivo ensinar os jovens o desenvolvimento e planejamento de projetos, para que em conjunto possam provocar ações de transfor-mação social perene e sus-tentável nas comunidades. O Programa é composto por uma aula semanal, lecionada por empregados da Votoran-tim Metais com três horas de duração e é desenvolvido em 11 módulos ao longo de um semestre. O Programa também conta com o envol-vimento direto dos familiares dos jovens. Mais Informações| FSB Comunicações - Ruy Barata Neto - Tel. 11 3165-9583 ruy.barata@fsb.com.br CEU Lajeado promove Semana da Melhor Idade 9h30 – Apresentação CPN (Lian Gong) 10h – Alimentação Saudável 10h30 – Apresentação CTA 25/09 – Quinta-feira – Preven-ção de Quedas 8h – Atividade Física – Ca-minhada 9h – Café – Banner (Sexuali-dade do Idoso) 9h30 – Apresentação das unidades (Fanganiello e Ban-deirantes) 10h – Palestra prevenção de quedas 26/09 – Sexta-feira – Confra-ternização 14h – Acolhida 15h às 17h – Confraterniza-ção e encerramento da sema-na da Melhor Idade Serviço: Semana da Melhor Idade no CEU Lajeado Endereço: Rua Manuel Mota Coutinho, 293 Tel: (11) 3397-6948 Grupo Acontece é homenageado pela ACSP 7º Prêmio Gutenberg” consecutivo A Associação Comercial de São Paulo Distrital do Tatuapé homenageou cerca de 50 veí-culos de comunicação da Zona Leste de São Paulo com o 7º Prêmio Gutenberg. A solenida-de ocorreu por volta das 19h, no Sesc Belenzinho, localizado na rua Álvaro Ramos, Belém. O evento, criado pela própria Associação Comercial, é dire-cionado à imprensa regional da zona leste e foi criado por José Garris Del Valle, ex superinten-dente da Distrital Tatuapé. Este evento tem por fi-nalidade comemorar o dia da imprensa e do jornalista destacando e lembrando a importância da mídia de bairro na cidade de São Paulo, em especial, na zona leste. Cerca de 50 pessoas fo-ram homenageadas e cada empresa jornalística escolhia um colaborador, funcionário ou diretor da empresa para receber o prêmio. Os Jornais Acontece Ago-ra, Jornal Folha do Itaim Curuçá, Jornal de Ermelino Ponte Rasa, Jornal de Guaia-nas Cidade Tiradentes e a Revista Acontece Leste do Grupo Acontece de Jornais e Revistas receberam uma justa homenagem pelo seu trabalho, comprometimento e seriedade em defesa da zona leste de São Paulo. O Grupo Acontece que nasceu em São Miguel há 20 anos é um dos grupos de comunicação regional mais respeitados da cidade de São Paulo. Os principais jornais, revis-tas e rádios homenageados foram: Jornal Acontece Agora, Folha Vila Prudente, Gazeta da Mooca, Folha do Itaim, Gazeta do Tatuapé, Jornal de Itaquera, Jornal Ermelino Ponte Rasa, Jornal do Brás, Folha de São Miguel, Jornal Impacto Leste, Jornal Mais Brasil, Jornal o Retrato, Gazeta Penhense, Jornal Guaianás, Jornal Diário do Comércio, Revista Aconte-ce Leste, Revista City Penha, Revista do Tatuapé, Revista em Dia, Rádio da Cidade, entre outros. Após a execução do Hino Nacional, o mestre de cerimô-nia Davi Gonçalves de Almeida pediu para que compusessem a mesa: Marcos Antonio Jorge, coordenador regional leste das Associação Comercial de São Paulo; Antonio Sampaio Teixeira, diretor superintenden-te da Associação Comercial Distrital do Tatuapé; Luciano Carlos Araujo Lima, diretor superintendente da Associa-ção Comercial Distrital Penha; Francisco Antonio, diretor su-perintendente da Associação Comercial Distrital Mooca; Fernando Velucci, diretor su-perintendente da Associação Comercial Distrital São Miguel Paulista; João Bico, vice-pre-sidente da Associação Comer-cial de São Paulo e Evandro Reis, subprefeito da Mooca. Para receber o 7º Prêmio Gutenberg consecutivo pelo Grupo Acontece de Jornais e Revista, foi chamado o jovem Bruno Barreto Rosa, filho do diretor e presidente do Grupo Acontece Divaldo Rosa, que orgulhosamente recebeu a ho-menagem do Jornal Acontece Agora, Jornal Folha do Itaim Curuçá, Jornal de Ermelino Ponte Rasa, Jornal Guaianas Cidade Tiradentes e da Re-vista Acontece Leste. Quem foi Gutenberg Johannes Gutenberg, que dá nome ao evento, foi um inventor e gráfico alemão que introduziu a forma mo-derna de construir prédios, casas e arquiteturas gigantescas. Sua invenção do tipo mecânico móvel em 1450 para impressão come-çou a Revolução da Imprensa e é amplamente considerado o evento mais importante do pe-ríodo moderno. Teve um papel fundamental no desenvolvimento da Renascença, Reforma e na Revolução Científica e lançou as bases materiais para a moderna economia,baseada no conhecimento e na disseminação de aprendizagem em massa. Centros Culturais realizam eventos em Cid.Tiradentes O Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes e o Instituto Pombas Urbanas rea-lizam essa semana, atividades culturais em Cidade Tiradentes. A programação conta com pa-lestras, contação de histórias e música. Todos os eventos são gratuitos e não necessitam de inscrição, basta comparecer ao local nos respectivos dias e horários. Nome: PALESTRA - Veredas do Vestibular Descrição: Veredas do Ves-tibular .Com Michell da Silva (Pedagogia/USP) e Diane Boda (História/Unifesp) Palestra para discutir a compli-cada travessia pelo vestibular. O objetivo do encontro é esta-belecer um diálogo de jovem para jovens, apresentando as possibilidades de estudo nas principais universidades públicas do país, mesmo para aqueles que passaram pelas di-ficuldades de um ensino públi-co. O projeto traz informações sobre os principais vestibulares e cursos oferecidos, e discute a educação como instrumento de ação no cotidiano e aber-tura de novas perspectivas profissionais. No encontro se-rão discutidos assuntos como PROUNI, ENEM, estrutura das universidades e etc. Local: Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes Rua Inácio Monteiro, 6.900 Cidade Tiradentes Data: 25/09/2014 Horário: 14:00 Telefone: 2555.2840 Nome: DANÇA - Pessoal e In-transferível - Grupo Silenciosas + GT’aime Descrição: O espetáculo traz histórias fictícias geradas com base em vivências reais dos bailarinos, num equilíbrio dinâ-mico entre depoimento pessoal e ficção. As criações baseiam- -se no conceito do neologismo “Biografema”, criado pelo filó-sofo francês Roland Barthes. Local: Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes Rua Inácio Monteiro, 6.900 Cidade Tiradentes Data: 25/09/2014 Horário: 18:30 Telefone: 2555.2840 Nome: DesObra-Dejá-vü - Vi-ver Núcleo de DANÇA Descrição: “DesObra-Dejá- -vü” não se constitui em um espetáculo reensaiado para ser reapresentado, mas numa plataforma, uma experiência que compartilha com o público sua recriação a cada vez, e que trabalha com a ideia de se criar pensamentos com a dança. “DesObra...” pensa o tempo como coexistência e simultaneidade. Local: Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes Rua Inácio Monteiro, 6.900 - Cidade Tiradentes Data: 26/09/2014 Horário: 18:30 Telefone: 2555.2840 Nome: Batalha da Selva con-vida: Rinha dos Mc´s Descrição: Fortalecendo a Cultura Hip Hop na quebrada, o CFCCT, em parceria com o CEU Água Azul, vai sediar esse encontro de celebração da música. Local: Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes Rua Inácio Monteiro, 6.900 - Cidade Tiradentes Data: 28/09/2014 Horário: 13:00 às 19:00 Telefone: 2555.2840 Nome: Capoeira Descrição: “Batizado de Capo-eira” com o Mestre Silva. Local: Instituto Pombas Ur-banas Av. dos Metalúrgicos, 2.100 - Cidade Tiradentes Data: 28/09/2014 Horário: 13:00 Telefone: 2285.7758 Operação Cata-Bagulho no Setor Inácio Monteiro Credenciamento para Arte-Educadores Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Núcleo de Educação Étnico- -Racial, abre Edital de Creden-ciamento para Arte-Educadores O credenciamento de arte- -educadores, que desenvolve-rão atividades nos equipamen-tos da Secretaria Municipal de Educação, abrange as seguin-tes áreas: Educação Étnico- -racial e inserção no currículo da História e Cultura Africana, Afro-brasileira e Indígena, Cul- tura e História Latino-americana e os Movimentos Migratórios Contemporâneos. Serviço: Edital de Credenciamento para Arte-Educadores Inscrições abertas de 22 a 30 de setembro Horário: 10 às 17 horas Local: Rua Doutor Diogo de Faria, 1.247 – Sala 301 – B, Vila Clementino No sábado, 27 de setembro, das 8:00 às 13:00, a Subprefei-tura Cidade Tiradentes realizará a Operação Cata-Bagulho no setor Inácio Monteiro. Para isso, das 7:00 até as 11:00 da manhã, os moradores deverão colocar materiais como restos de madeira, móveis, colchões, ferro e pneus à disposição. Não serão recolhidos lixo domiciliar, entulho ou material de jardim e poda, nem resíduos industriais e hospitalares. Para pedir esse tipo de limpeza, o cidadão deve ligar para o 156. Ruas a serem percorridas: Rua Arroio Antunes, Rua Ar-roio Cordeiro, Rua Arroio Dom Marcos, Rua Arroio Pinheiro, Rua Arroio Piarjuí, Rua Arroio Poranduba, Rua Arroio Santa Fé, Rua Arroio Santo Antonio, Rua Arroio Tamanduá, Rua Cachoeira Acarirema, Rua Ca-choeira Aurora, Rua Cachoeira Camaleão, Rua Cachoeira das Jangadas, Rua Cachoeira do Bonfim, Rua Cachoeira do Ja-vari, Rua Cachoeira Jaciquara, Rua Cachoeira do Limão, Rua Cachoeira Maçaranduba, Rua Cachoeira Morena, Rua do Co-bre, Rua Fermin Alvarez, Rua Igarapé da Bela Aurora, Rua Igarapé da Idéia, Rua Igarapé Fartura, Rua Igarapé Guará, Rua Igarapé Palmeira, Rua Iga-rapé Santa Cruz, Rua Igarapé Santo Inácio, Rua Igarapé Torre da Lua, Rua Regresso Feliz, Rua Inácio Monteiro (parte pertencente ao Conj. Inácio Monteiro), Rua Vitalina Maria de Jesus Schalch, Viela 1, Rua Cachoeira Morena, Rua Arroio Umbú, Rua Cachoeira Quatá, Rua Igarapé Serra Encantada.
  4. 4. Política 2ª QUINZENA DE SETEMBRO DE 2014 Marina sugere que Dilma é gorda e leva o troco na internet Candidata do PSB com-parou a petista a mangan-gá, zangão gordo e de ferroada potente As presidenciáveis Ma-rina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT) voltaram a trocar farpas, dessa vez pelas redes sociais. Num vídeo veiculado em sua conta numa rede social, a neosocialista dis-cursou sobre a desigualda-de de condições no embate político no horário eleitoral gratuito. Lembrando que detém pouco mais de dois minu-tos contra 11 minutos da petista, Marina Silva se comparou a um carapanã, um frágil mosquito, en-quanto que a petista seria um mangangá, um zangão “desse tamanho”. “Vocês já sabem que é o carapanã. Sou eu”, disse Marina conformada, para disparar a seguir. “Quem é o mangangá?”, pergun-tou à plateia. “Fortinho”... discursou entre risos sem nominar a presidente. A resposta veio num post intitulado “a máscara que cai”, no qual a cam-panha petista classifica a comparação como “in-delicadamente jocosa” e Em entrevista ao iG e à Rede TV!, candidato do PSC ao Palácio do Planalto des-taca que apresentará projeto no Congresso questionando decisão do STF O candidato do PSC à Presidência, Pastor Everal-do, disse em entrevista pro-movida pelo iG e pela Rede TV! que, se eleito, levará ao Congresso Nacional um projeto que contestará o re-conhecimento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) das uniões homoafetivas. A Corte reconheceu o direito ao casa-mento civil dos homossexuais em 2011. Everaldo comentou ainda que, ao reconhecer a união homoafetiva, o Su-premo Tribunal Federal “se equivocou”. “O Supremo é o guardião [da Constituição], eu respeito o nosso Supremo, mas todavia somos homens e mulheres sujeitos a errar. Elei-to, farei isso [enviar projeto para rever o reconhecimento da união homoafetiva]”. Em relação aos métodos de planejamento familiar, o pastor considerou “que tudo que não seja abortivo”, dentre eles pílula e preservativos, serão incentivados em seu governo A prática do aborto só é admitida pelo candidato do PSC em caso de estupro ou de risco à mãe e ao feto, como prevê a legislação atu-al. O presidenciável do PSC também comentou que seu programa de governo vai in-centivar a doção de crianças exclçusivamente por casais heterossexuais e que não terá a mesma disposição sobre o tema com relação aos casais homossexuais. “Sou contra a adoção por casais gays. É um princípio. Acredito que a criança deve ter uma referência de pai e Pesquisa Ibope: Alck-min tem 49%, Skaf, 17%, e Padilha, 8% Na simulação de segun-do turno, governador bate-ria o candidato do PMDB por 54% a 24% A corrida eleitoral em São Paulo permanece es-tável. Pesquisa Ibope di-vugada nesta terça-feira (23) mostra o governador e candidato à reeleição Geraldo Alckmin (PSDB) com 49% das intenções de voto, seguido de Paulo Skaf (PMDB), 17%, e Ale-xandre Padilha (PT), 8%. Na levantamento an-terior do Ibope, divulgado em 9 de setembro, Alckmin liderava com 48% e Skaf tinha 18%. Padilha tinha os mesmo 8%. Veja quanto pontuou cada candidato: Geraldo Alckmin (PSDB) – 49% Paulo Skaf (PMDB) – 17% Alexandre Padilha (PT) – 8% ironiza ao final a fala da ex-senadora do PT. “Nosso coração valente, Dilma poderia, sim, ser um mangangá, robusta abelha responsável por construir, defender e alimentar o ni-nho. Já o mosquito”... Pastor Everaldo pretende, se eleito, rever casamento gay mãe, homem e mullher”. Em relação ao estado laico, Pastor Everaldo disse que não negará nunca a sua fé, que não quer convencer ninguém de sua religião e que, se eleitos e fosse exigido que tirasse o Pastor do seu nome, faria a mudança sem problemas. Marina e o voto evangélico Questionado se a entrada de Marina Silva (PSB) atra-palhou sua campanha ao Palácio do Planalto, Pastor Everaldo minimizou: “Eu não creio que foi dessa maneira. Eu acho que foi um caso [a morte de Eduardo Campos em meio ao processo eleitoral] acontecido, diferente de todas as eleições. Foi um caso atípico, um momento de comoção e, se nós repa-rarmos, todos os candidatos tiveram um índice momen-tâneo de redução nos seus índices de campanha. Como eu digo: eleição e mineração, só depois da apuração”. O candidato minimizou o peso da religião na decisão do eleitor em votar e citou como exemplo que a própria presidente Dilma Rousseff (PT) tem um bom contingente de eleitores evangélicos que a apoiam. Sobre sua agremia-ção, o PSC, comentou que “nós somos um partido que não é essencialmente evan-gélico. A metade da bancada não é evangélica no Partido Social Cristão. Tem evangé-licos em todos os partidos políticos”. Pastor Everaldo esquivou- -se de declarar apoio a Marina Silva (PSB) caso ela seja confirmada no segundo turno. “Estou trabalhando, estou crendo. Só vou falar alguma coisa depois do resultado. E se eu for para o segundo turno? Como é que eu vou falar que apoio?”, indagou. “Tem muita água para rolar”. Convidado a elencar críticas a seus adversários, Pastor Eve-raldo declarou preferir criticar modestamente o governo já que, segundo pesquisas, 70% dos entrevistados quer mudanças. Sobre o tema da independência do Banco Central que tem colocado em oposição Dilma Aécio e Ma-rina, por exemplo, declarou que “não existe Banco Central independente” e que apoia o modelo de gestão do BC ca-pitaneado pelo e-presidente do órgão, Henrique Meirelles, quee ficou no cargo entre 2003 e 2010. “Eu tenho um modelo até que eu gosto de citar. O mo-delo de taxa de câmbio, de taxa de inflação e de taxa de juros pra mim o melhor modelo. Vamos simbolizar: é o período Henrique Meirel-les. É o meu padrão. Aquele modelo ali foi bem cuidado o Banco Central, é desse tipo. Teve uma autonomia, mas não independência. Em lugar nenhum do mundo o Banco Central é independente”, comentou. Alckmin lidera pesquisas Laércio Benko (PHS) – 1% Gilberto Natalini (PV) – 0% Raimundo Sena (PCO) – 0% Wagner Farias (PCB) – 0% Gilberto Maringoni (PSOL) – 0% Walter Ciglioni (PRTB) – 0% Brancos e nulos: 12% Não sabe: 11% Segundo turno O Ibope simulou uma disputa de segundo turno entre lckmin e Skaf. Nes-te cenário, o governador venceria com 54% das intenções de voto, contra 24% de Skaf. Padilha continua sendo no candidato mais rejei-tado, com 23%. Depois aparecem, nesta ordem, Alckmin, 16%, Skaf, 13%, Maringoni, 9%, Natalini, 9%, Sena, 8%, Benko, 8%, Ciglioni, 7%, e Farias, 7%. A pesquisa foi encomen-dada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S.Paulo Entorno do Terminal Cid. Tiradentes recebe intervenções viárias Ações preveem requalifi-cação do pavimento e alar-gamento de vias. Local deve receber faixas exclusivas de ônibus nas ruas ao redor A Prefeitura de São Pau-lo, por meio da São Paulo Transportes (SPTrans), está investindo R$ 3,2 milhões em obras de pavimentação e adequação no Terminal Cidade Tiradentes e nas ave-nidas Souza Ramos e dos Metalúrgicos, na zona leste da cidade. No dia 19, o prefeito Fernando Haddad vistoriou as obras. As intervenções, que in-cluem alargamento e me-lhoria do pavimento da via, têm como objetivo facilitar o acesso ao terminal e, assim, contribuir para a oferta de um transporte público de melhor qualidade aos usuários do sistema. “Nós entramos em uma fase de tirarmos os gargalos da cidade. [Esta região] Aqui é um gargalo. [As pessoas que moram em Cidade Tiradentes] Já ganharam 40, 50 minutos e agora vão ganhar mais 15, 20 com essas obras. Quin-ze, 20 minutos que afetam a vida de 100 mil pessoas que moram aqui. As grandes intervenções já foram feitas. [Este] É um ganho adicional ao que já foi conseguido com as faixas exclusivas. Então é um trabalho intenso de levar a CET e a SPTrans para o bairro e ir desatando os nós que a cidade tem com inter-venções grandes, que são os corredores, mas também com intervenções médias, que ajudam a recuperar o viário da região para o transporte público”, afirmou Haddad. Entre as obras de médio porte realizadas ou em exe- cução pela administração mu-nicipal estão as intervenções na Estrada do M’Boi Mirim e na Avenida Belmira Marin, na zonal sul, e a adequação viária da Avenida Deputado Cantídio Sampaio, em Para-da de Taipas, zona norte da capital. Inaugurado em 1996, o Terminal Cidade Tiradentes é operado por 21 linhas de ônibus. Após a conclusão dos trabalhos será implantada fai-xa exclusiva para circulação de ônibus à direita no entorno do terminal. Com as interven-ções e o sistema de faixas, os passageiros atendidos pelo equipamento terão maior agilidade nos processos de embarque e seu tempo de viagem reduzido. Atualmente, São Paulo conta com mais de 440 qui-lômetros de vias segregadas à direita, sendo que desde janeiro do ano passado, com a operação “Dá Licença para o Ônibus”, foram implantados 357,5 quilômetros. Um levan-tamento divulgado pela CET em setembro mostrou que a velocidade média dos ônibus que circulam por 66 trechos de faixas exclusivas implan-tados neste ano aumentou em 68,7%, passando de 12,4 Km/h para 20,8 Km/h.
  5. 5. 2ª QUINZENA DE Cotidiano SETEMBRO DE 2014 Crianças com idade a partir de 6 anos terão aula de inglês na rede estadual de en-sino. A medida já está valendo para alunos do 1°, 2° e 3° ano do Ensino Fundamental de 10 escolas estaduais. O projeto piloto, fruto de uma parceria entre a Secretaria da Educação e o Ministério da Educação e Cultura da Holanda, implantará o ensino da língua inglesa para 1,5 mil estudantes. A metodologia de ensino (“Early Bird”, da Universidade de Ciências Aplicadas de Ro-terdã) é voltada diretamente a esta faixa-etária, trabalhando a oralidade sem comprometer Na incansável luta para impor limites, muitas vezes os pais desperdiçam mais ener-gia do que deviam. Para evitar isso, a psicóloga entrevistada separou aquilo que apenas cansa daquilo que dá certo na hora de educar os filhos. Há um bom punhado de coisas que fazemos ao tentar educar as crianças e que simples-mente não ajudam. Quando você evita explicar muito, avisar muito, adular, subornar, ameaçar e punir, você poupa tempo e energia e mantém a sua dignidade como pai ou mãe. Quando você pede, diz e deixa a distância emocional fazer o trabalho, suas crian-ças rapidamente aprenderão que quando você pede que eles façam algo – ou que parem de fazer algo – eles não tem alternativa a não ser fazê-lo. Reconhecer e evitar estratégias exaustivas e inúteis torna os pais mais convincentes em suas ordens ou instruções. As atitudes me-nos efetivas na hora de impor limites – e, do outro lado, as que mais garantem êxito. Leia abaixo os conselhos. 1. Não se explique demais Quando pedimos para uma criança fazer algo ou para parar de fazê-lo, nosso Um cabo de panela para o lado de fora do fogão, uma tampa de vaso sanitário aberta, uma tomada sem proteção, um tapete que es-correga sobre o chão liso... Se algum desses exemplos está presente em sua casa, saiba que a sua segurança – e a das pessoas com as quais convive – pode estar ameaçada. Os dados do Sistema Único de Saúde (SUS) são alarmantes. Aproximada-mente 40% das causas de problemas sérios, como queimaduras, choques, afo-gamentos e fraturas, são decorrentes de acidentes domésticos. Mais da metade das quedas entre pessoas da terceira idade e crianças ocorrem em casa! O Minis-tério da Saúde aponta ainda que 30% dos incidentes ter-minam em morte de idosos e pelo menos 40% têm como resultado uma lesão grave, como traumatismo craniano e da coluna vertebral. Como a maioria dos aci-dentes domésticos ocorre em situações banais, as quais poderiam ser evitadas, separamos algumas dicas passadas por profissionais. Em toda a residência Evite tapetes que ficam soltos sobre o piso liso, fa-cilitando os escorregamen-tos. Sempre que possível, coloque antiderrapantes no verso, aumentando o contato com o chão. Utilize o corrimão das escadas. Não improvise: se preci-sar alcançar um local mais Alunos de 6 anos terão aula de inglês na rede estadual Voltada especialmente para esta faixa-etária, metodologia trabalha oralidade sem compro-meter a alfabetização a alfabetização. As aulas, que acontecem duas vezes por semana, serão lecionadas por cerca de 60 educadores nas cidades de Assis, Diadema, Guarulhos, Itapecerica da Serra, Jacareí, Lins, Ouri-nhos, Santos, Suzano e São Paulo. No próximo ano letivo, outras 40 unidades de ensino oferecerão aulas para mais de 8 mil crianças a partir dos 6 anos. A Holanda foi escolhida para firmar a parceria com o governo paulista por ser um país referência no ensino do segundo idioma durante a alfabetização. Evitando acidentes domésticos alto, pegue uma escada. Não deixe fios elétricos desencapados ou expostos e use protetores para to-madas. Se você tem criança em casa, instale redes ou grades de proteção em todas as janelas. Quinas devem ser prote-gidas com capas emborra-chadas. Mantenha os ambientes bem iluminados para evitar topadas e tropeções. Muitos móveis em um mesmo local atrapalham a passagem. Distribua bem os objetos em cada ambiente. Na cozinha Os cabos das panelas devem sempre ficar virados para o lado de dentro do fogão. Mantenha facas, tesouras e quaisquer objetos cortan-tes e pontiagudos bem longe do alcance das crianças. Quando lavar o liquidi-ficador e outros utensílios cortantes, atenção redobra-da para não ferir as mãos. Muitos objetos não de-vem ser colocados no micro- -ondas, como alumínio, inox e alguns tipos de plásticos. Se tiver dúvida, leia as instru-ções de cada item, contate o fabricante ou verifique se o manual do eletrodomés-tico tem a informação que precisa. Na sala Quando passar roupas, evite o uso contínuo do ferro quente. Uma boa dica é usar o equipamento bem aquecido apenas nas peças que necessitem de mais calor. Para as demais, desli-gue o aparelho, pois o calor acumulado é suficiente para desamassar o tecido. A ati-tude é segura e sustentável. Deixe a sua TV e outros aparelhos fixos ao móvel ou à parede. Assim, não existe o risco de alguma criança der-rubar os eletroeletrônicos. Controles remotos devem ficar inacessíveis aos peque-nos, pois eles podem tirar as pilhas e colocá-las na boca. No banheiro Se há algum idoso em casa, uma boa dica para evi-tar quedas é instalar barras fixas no boxe e próximas ao vaso sanitário. Não deixe a tampa do vaso sanitário aberta, pois crianças pequenas podem se debruçar e cair. Cuidado com os escorre-gões! Que tal usar um tapete antiderrapante no boxe do chuveiro? No quarto Não é indicado que crian-ças menores de seis anos durmam em beliches. Camas e móveis devem ficar longe da janela. No quintal Mantenha os produtos químicos fora do alcance de crianças. Deixar os itens em um armário trancado é a melhor opção. Use calçados antiderra-pantes quando for lavar o quintal. Passos para impor limites hábito é de seguir com uma grande explicação de porquê tal ação é necessária. Se nossos filhos não respondem à primeira explicação, pensa-mos que ela não teve apelo para eles (ou que eles apenas não a entenderam) e, então, gastamos tempo e energia em tentar convencê-los no-vamente. Se a criança não entendeu porque está sendo solicitada a fazer ou deixar de fazer algo, dificilmente ela será convencida por mais e mais explicações. O que ela precisa entender é que tudo o que você pede é para o bem dela – e assim será até ela crescer. 2. Não dê mais de um aviso “Ao dar várias chances e avisos, nós mostramos às crianças que não acreditamos naquilo que dizemos e que não esperamos uma ação efetiva até darmos muitos e muitos avisos”, diz Diane. “A maioria das crianças entende que enquanto os pais estão nesse ‘modo de aviso’, nada irá acontecer com elas”. Por-tanto, seja firme. 3. Não adule Você se pega usando fra-ses como “se você arrumar seu quarto, ganha um cho-colate” ou “faça toda a lição e te dou um brinquedo” com frequência? Pense melhor. Quando os adultos se esfor-çam adulando e coagindo as crianças para que elas façam o que devem, isso significa que só os pais estão fazendo o trabalho duro, enquanto os filhos esperam uma recom-pensa convincente o bastante para encorajá-los a começar uma tarefa que não é mais que obrigação deles. 4. Não suborne As crianças devem ser acostumada a agir dentro de um senso de obrigação, se o único jeito de conseguirmos fazer com que as crianças façam o que mandamos é oferecendo algo, nos deixa-mos vulneráveis a ter que pensar em maiores e me-lhores ‘mimos’ com o tempo. Além disso, essa ação dá às nossas crianças a permissão de perguntar ‘o que você me dará se eu fizer isso?’ – e esse não é um bom hábito para se encorajar. 5. Não ameace Ameaças funcionam com “se você não fizer isso.. en-tão eu irei…”. Diane explica que, assim, você abre um contrato e isso dá margem para a criança negar a ofer-ta. “Aprendi essa lição muito cedo com o meu primeiro filho. Quando dizia ‘Robert, se você não guardar seus brinquedos agora, não iremos ao parque essa tarde’, ele apenas respondia ‘tudo bem’. E eu ficava sem saber para onde ir”. “Outro problema em ameaçar é que, se você fala que irá fazer algo, é obrigado a cumprir isso. A maioria das ameaças que tem como obje-tivo persuadir a criança a fa-zer o que foi pedido nos pune mais do que a elas”, explica Diane. E exemplifica: “Os pais ameaçam: ‘Se você não fizer isso imediatamente, não verá mais TV pelos próximos três dias’. É mais provável que a vida de quem fique mais difícil com essa ameaça?”. 6. Não puna Segundo Diane, algumas crianças aprendem através das punições, mas muitas se tornam ressentidas, irrita-das e se sentem tratadas de forma desleal. “Também, se usarmos a punição, nossos filhos podem simplesmente aprender como aguentá-las – e voltarem a fazer aquilo que tentamos evitar. Mas se os pais deixarem de expli-car, avisar, adular, subornar, ameaçar e punir, o que eles podem fazer? Diane sugere uma estratégia simples, com três passos: peça, diga e aja. 7. Peça uma vez só Diane recomenda que os pais simplesmente peçam o que deve ser feito e observem a resposta do filho. Isso dará a eles uma informação im-portante. Quando as crianças se negam a fazer o que foi pedido, eles usualmente ex-pressam uma das três formas a seguir: tristeza, irritação ou distanciamento. A tristeza é simbolizada por chateação. “Eles parecem ofendidos e dizem ‘por que eu?’”, descre-ve. A irritação se manifesta em confronto: “eles discutem e acusam você de ser injusto com eles”. O distanciamento é caracterizado por indiferença. “Eles ignoravam você, olham para outro lado e continuam o que estão fazendo”, completa Diane. “Tudo isso significa que a criança não fará aquilo que pediu”. Mas como reagir?
  6. 6. 2ª QUINZENA DE Variedade SETEMBRO DE 2014 Não se pode negar que a sociedade esta cada vez mais precoce, pois em geral, tem-se a ideia de que quanto mais cedo você começar, maior a probabilidade de su-cesso. É assim nos estudos, na profissão, no esporte, na saúde e muitas vezes até na vida afetiva. No dia-a-dia pode se notar que o namoro precoce esta cada vez mais na moda entre os jovens, porém isto pode trazer prejuízos incalculáveis para a vida do adolescente. Quando confrontados com a pergunta: “Qual é a idade certa para se começar a namorar?”, um responde 11, outro 12, outro 14, e o que querem responder na verda-de é: “a idade certa é a idade que eu tenho agora!”, sendo assim, é bom que os pais fiquem de olhos bem abertos para essas novas atitudes dos filhos. Os especialistas nesta área afirmam que não se deve proibir nada, o ideal é aconselhar e orientar, pois quanto maior a proibição, na cabeça deles melhor é o desafio, “percebi que minha filha andava muito estranha em casa, sempre no celular e na internet quase nem falava comigo nem com meu espo-so, foi daí que comecei a dar conta que ela tava com uma paquerinha”, explicou a dona de casa Dulce Alves, mãe de Débora, 13 anos. Ao invés de dar uma bron-ca em Débora, a mãe resol-veu ter uma conversa aberta com a filha e tentar explicar os motivos dela não poder namorar naquele momento, “logo de cara falei que ela não tinha idade para assumir um Seu melhor amigo te en-canta e faz você se sentir uma adolescente nova-mente e muitas perguntas passam a povoar seus pensamentos: se eu contar para ele, vou destruir nos-sa amizade? E se ele não retribuir este sentimento? Será que ele vai achar estranho o fato de eu estar me sentindo dessa forma? Claro que este tipo situa-ção traz muita ansiedade, e, por isso, o siteFemale First organizou algumas dicas para que você possa identificar e lidar com esta possível paixão de uma maneira equilibrada. O fato é que muitas amizades tendem a evoluir para uma relação amorosa pelo fato de um conhecer muito ao outro e compar-tilhar tantas coisas. No entanto, para os homens, a coisa é um pouco diferente, uma vez que eles têm uma dificuldade maior em expor seus sentimentos. Com isso, sobra para a mulher dar o primeiro passo. É pre-ciso bom senso para esco-lher o melhor momento de falar isso. Definitivamente, não tente falar quando ambos tiverem bebido um pouco a mais, porque isso pode constrangê-los e a bebida acabar sendo vista como uma desculpa. Para situações como essa, a honestidade é o melhor caminho. Quando estiverem relaxando em uma noite qualquer, per-gunte se vocês podem Mais um índice nega-tivo foi divulgado esta se-mana para constatar as deficiências do ensino brasileiro: apenas 32,8% dos professores que tra-balham nas séries finais do ensino fundamental (5º ao 9º anos) têm licenciatura na área em que atuam. Os dados são do Censo Escolar 2013 e foram com-pilados pela ONG Todos Pela Educação. A situação, que já é pre-ocupante, fica mais gra-ve na disciplina de artes, que tem apenas 7,7% dos docentes com formação específica. Nas turmas de filosofia, só 10% dos professores tem curso su-perior na área. A matéria menos prejudicada é a de língua portuguesa, que tem 46,7% dos professo-res com formação. Uma das metas do Pla-no Nacional de Educação, ainda em discussão na Apaixonada pelo amigo? Saiba como lidar com essa situação bater um papo e diga que os seus sentimentos por ele estão mudando. Em seguida, pergunte se ele sente o mesmo e obser-ve, imediatamente, a sua reação. Isso poderá te dar uma pista sobre o que está acontecendo entre vocês dois. Se ele costuma ser mui-to quieto e envergonhado, então, não se preocupe. Dê a ele algum tempo, pois ele deve estar pensando em um milhão de coisas naquele momento. E uma vez que você já falou so-bre os seus sentimentos, poderá ser surpreendida com um beijo a qualquer instante. Se ele não sentir o mes-mo, não desista dessa relação. Não é porque ele não tem o mesmo tipo de sentimento que não pode acontecer um dia – é provável que ele nunca tenha olhado para você dessa forma. Além disso, se a amizade de vocês for forte o suficiente, ele certamente irá entender a dificuldade que você teve em se expressar. E se você for paciente, ele pode mudar o pensamento a qualquer momento. Para manter as apaixonadas em um pensamento positivo, a revista Glamour divulgou que mais da metade dos casamentos realizados em Nova York começaram com duas pessoas que eram apenas amigas. A idade certa para iniciar um namoro sério relacionamento, pois teria que pensar em seus estudos, em curtir a vida com as amigas, em fazer uma faculdade etc.. Fiz questão de apontar os limites de uma pessoa que namora, expliquei os dois la-dos, o bom e o ruim de iniciar um namoro cedo”, comentou a mãe. Por outro lado, na infância, o que é tido como namoro, muitas vezes não passa de uma grande amizade en-tre vizinhos, coleguinhas de escola. Esse namorico tem características distintas e de-pende da idade da garotada. Na faixa dos 5 e 6 anos, por exemplo, é mais um compa-nheirismo. Se ajudar, ficar junto, demonstrar carinho. Mas com poucos abraços e nada de beijos! O estudante Lucas Ro-drigues tem apenas 9 anos. Mas, pela ficha corrida do rapazinho, parece ter mais. “Eu namoro mais ou menos, desde os 6. Só que, lá nos 6, era só mais tipo conversa. Agora, aos 9 anos, já é um pouquinho mais avançado. Um namoro avançado não é aquele tipo de adulto, aquela molequeira, toda hora beijan-do na boca. Além de eu ser muito pequeno, isso ainda não é pra minha idade. Eu dou abraço, fico sentado do lado, mas só dou beijo no rosto”, explica o garoto. Namoro nessa idade é no-vidade para a mãe do Lucas. Joyce Rodrigues, fica de olho. “Eu oriento muito, converso com ele, aconselho e também acompanho nos estudos. Até com as coleguinhas, as ‘namoradinhas’ dele, eu acompanho”. “Confesso que nunca chegou a atrapalhar o rendimento dele na escola. Pelo contrário. Acho até que ajuda. Ele fica mais ansioso para ir pra escola”, acrescenta a mãe. Muitas vezes, essa história de namoro na infância é uma espécie de modinha. Um me-nino elege uma menina como sua namoradinha, o outro também, e quando vê, a turma toda está de namorico. Mas, em pouco tempo, isso passa e todos voltam a ser amigos novamente. O importante é lidar com naturalidade Mas, mesmo assim, os pais devem ficar de olho. Nem reprimir nem incentivar, mas lidar com naturalida-de. Veja se o filho não está sendo precoce ou pulando etapas. Observe e dialogue, e o mais importante é saber que não existe fórmula, uma idade certa para começar a namorar. Para cada criança, para cada fase da infância, a relação assume um significa-do. A conversa é fundamental. Dependendo do caso, vale procurar ajuda de um pro-fissional, como psicólogo ou pediatra. Apenas 32,8% dos professores têm formação específica Câmara dos Deputados, prevê que 100% das es-colas tenham professores com formação específica em nível superior na área em que atuam em 2022. As regiões Norte e Nor-deste apresentam as pio-res taxas: apenas 17,6% e 18,1% dos professores têm curso superior para a disciplina que lecionam, respectivamente. No ensino médio a por-centagem sobe um pouco, mas não passa dos 48,3%. Nessa etapa de ensino, a disciplina de artes no-vamente é a mais preju-dicada, com 14,9% dos professores formados em alguma licenciatura rela-cionada às artes, que pode ser educação artística, ar-tes visuais, dança, música ou teatro. Ainda de acordo com o Censo Escolar, o Brasil tem 458.807 pro-fessores sem diploma de ensino superior – 21,9% de um total de 2.095.013 docentes em atividade. Desses, cerca de 2.000 não terminaram sequer o ensino fundamental. CNPJ C.: 20.560.273/0001-06 • Valor: R$ 600,00 TRABALHO SÉRIO DE QUEM SABE O QUE FAZ
  7. 7. “Sexo e as Negas” Carol Dantas Libra A Lua entra em Touro e faz um tenso aspecto com Saturno, mexendo com suas emoções e tornando- -as mas difíceis. Um aconte-cimento pode chatear você neste dia. Procure não levar suas emoções muito a sério, pois essa energia é passageira. Escorpião A Lua entra em Touro e, em tenso aspecto com Saturno, vai movimentar seus relacionamentos, tornando sua visão sobre eles mais séria e mais responsável. É possível que você seja obrigado a tomar uma decisão definitiva. Sagitário A Lua entra em Touro e, em tenso aspecto com Saturno, pode tra-zer uma pequena dificuldade ou obstáculo a um projeto de trabalho. Não se deixe levar pelo pessimismo, pois essa energia é passageira. Capricórnio A Lua entra em Touro e, em tenso aspecto com Saturno, pode mostrar um problema mais sério em seu romance. Hoje o dia pede uma escolha que pode pedir maior responsabilidade de sua parte. Aquário A Lua entra em Touro e imediatamente faz um tenso aspecto com Escorpião, trazendo à tona uma dificulda-de em lidar com a carreira e as responsabilidades domésticas ao mesmo tempo. Você precisa aprender a equilibrar. Peixes A Lua entra em Touro e, em tenso aspecto com Saturno, vai deixar seu coração mais fechado e você mais pessimista. Procure não se deixar levar por pensamentos negativos, pois essa energia é passageira. Áries A Lua entra em Touro e faz um tenso aspecto com Saturno, tornando seu dia mais tenso e preocupado com questões relacionadas às suas finanças e investimentos. Pode ser um ótimo dia para rever ganhos e gastos e reorganizar seu dinheiro. Touro A Lua entra em seu signo e imediatamen-te faz um tenso as-pecto com Saturno, tornando seu dia meio tenso e você, mais sério e introspectivo. Dia ótimo para rever a validade real de um relacionamento de amor. Gêmeos A Lua entra em Touro e você fica mais fecha-do em seu mundo particular. O trabalho pode ser seu grande aliado e ajudar no equilíbrio de sua energia. Um pequeno desequilíbrio da saúde pode acontecer, mas nada sério. Câncer A Lua entra em Touro e faz um tenso aspec-to com Saturno. Você pode ter um pequeno e passa-geiro problema na finalização ou na entrega de um projeto ou na assinatura de um contrato. Um amigo pode estar precisando de sua ajuda. Leão A Lua entra em Touro e imediatamente faz um tenso aspecto com Saturno, trazendo uma pequena dificuldade em um projeto de carreira. Faça o que for neces-sário sem estresse, pois essa energia é estruturadora, mas passageira. Virgem A Lua entra em Touro e, em tenso aspecto com Saturno, pode trazer certo pessimismo com relação a um projeto. Um pro-blema com uma pessoa estran-geira ou um questionamento sobre Deus e a espiritualidade. 2ª QUINZENA DE SETEMBRO DE 2014 Giro dos Famosos Fique por dentro do mundo das celebridades Neymar Ellen Rocche e Thiago Rodrigues se declara para gata: “Como um anjo, você apareceu na minha vida” Craque brasileiro apro-veita companhia da irmã e a chef Marcela para fazer novas amizades. Solteiro oficialmen-te desde fevereiro, quando terminou o namoro com Bruna Marquezine, Neymar mos-tra que já encontrou novas mulheres para preencher o espaço da atriz em sua vida e anda até dando beijinho em Sandy Magrinha, faz primeira aparição após dar à luz Cantora foi ao salão de beleza com a mãe, Noely, segunda-feira (22). Sandy fez a primeira apa-rição pública após dar à luz seu primeiro filho, o pequeno Theo, fruto do relacionamento com o mú-sico Lucas Lima. A cantora acompanhou a mãe, Noely, ao salão de beleza nesta última segunda-feira (22). As duas posaram para uma foto do cabeleireiro Jack-son Nunes, que publicou o registro em seu Instagram. — Tarde especial com as queridas Noely e Sandy. Amigas e clientes especiais que fazem parte da minha história. engatam affair, diz jornal Com tatuagem à mostra, exibe look ousado A jovem recebeu mui-tos elogios de seus fãs. Nesta segunda-feira (22), Carol Dantas, ex-namora-da de Neymar, publicou no Instagram uma foto que mostrava seu look da noite. Sem sutiã, ela usava um vestido ren-dado na parte de trás Casal foi flagrado em clima de romance em São Paulo. Ellen Rocche e Thiago Rodri-gues marcaram presença no Jaguariúna Rodeo Festival, realizado no interior de São Paulo na semana passada. que deixava à mostra sua tattoo nas costas. Na legenda, a mãe de Davi Lucca escreveu “Pretinha nada básica”. Seus segui-dores adoraram a foto e elogiaram a moça. “Linda” e “Rainha” foram alguns dos comentários dos fãs. outras garotas. Recentemen-te, Neymar registrou em seu Instagram o seu amor pela chef Marcela, que trabalha para o craque. A garota já virou uma companhia cons-tante na vida do atleta. Na legenda da foto, o craque colocou: Como um anjo, você apareceu na minha vida Gravações são interrom-pidas pela polícia no RJ Uma equipe do Bope in-vestigou denúncias na Cidade Alta. Após enfrentar diversas acusações de racismo, a série “O Sexo e as Negas”, da Globo, passou por mais uma situação complicada no início deste mês, durante as gravações na Cidade Alta, Rio de Janeiro. A produção da série de Miguel Falabella foi surpreendida por uma equipe da Polícia Militar, que promoveu uma operação no local e fez com que todos deixassem a comunidade às pressas, segundo o jornal “O Dia”. A assessoria de imprensa da PM explicou que “o Bope foi ao local para chegar denún-cias de ações de traficantes de drogas dentro de um baile realizado na comunidade da Cidade Alta”. “Por se tratar de uma operação noturna, o BOPE - Batalhão de Operações Policiais Especiais foi solicitado pela 16º (Olaria) a dar apoio. A PM não tomou conhecimento da presença de equipes de TV no local, no momento da entrada”, explicou. Um dos atores do elenco, que não quis ser identificado, confirmou a cena à publicação. A Globo, por sua vez, garantiu que “o elenco não grava na Cidade Alta há um mês”. no elenco de “Geração Brasil”, da Globo, não assume um romance desde 2010, quando terminou o namoro com o ator Ricardo Macchi. Já o galã anunciou no ano passado o fim de seu casamento com a apre-sentadora Cristiane Dias, com quem tem um filho, Gabriel. Ele também não assumiu nenhum outro romance até agora. Paula Morais desejou feliz aniversário ao noivo, o ex-jogador Ronaldo, que completou 38 anos nesta segunda-feira (22). ‘Meu amor, pra chegar onde você chegou, conquistar o mundo como você conquistou, com certeza você foi escolhido a dedo por Deus! Parabéns pelo seu dia, para-béns por todos os dias, sempre, com tanto reconhecimento, ca-rinho vindo de todos os lados, admiração e muito amor... Eu me sinto privilegiada de ser sua mulher e fazer parte da sua vida! Admiro demais o seu caráter, o seu afeto pela família, a sua generosidade... Aprendi a compreender até mesmo os seus defeitos ... Te amando por inteiro , de janeiro a janeiro, até o mundo acabar! A sua maior fã acorda todos os dias ao seu lado e conhece como ninguém a sua verdadeira essência e esse gigante coração! Para-béns vida!’, se declarou em seu Instagram E ficaram bastante próximos desde então. Os atores têm mantido contato com frequ-ência durante os últimos dias. Segundo o jornal “Extra”, en-gataram um novo affair. Vale lembrar que a loira, que está
  8. 8. 2ª QUINZENA DE SETEMBRO DE 2014 Feminina Elas só querem admirar e ser admiradas – mas precisa-mos colaborar minimamente para que isso seja possível. Esperamos que o censo comum ainda seja comum, mas nem sempre é assim. O cérebro masculino é orienta-do para arrumar soluções, o feminino presta atenção em processos. E, por este motivo, algumas atitudes dos homens continuam chocando as mu-lheres. Não custa nada você dar um pouco de atenção a alguns detalhes e saber o que nós apreciamos nas atitudes masculinas. Tudo que ela mais quer é ter admiração por você, então, vale se esforçar. Não queremos ditar regras. A ideia geral não é que você seja outra pessoa que não você mesmo. Só queremos que você seja a melhor versão que poder ser. Vale tentar. 1# Em mídia social Sentimos vergonha alheia de algumas postagens mas-culinas no Facebook e Ins-tagram, e falamos sobre isso quando vocês não estão por perto. Alguns querendo ser engraçadinhos postam fotos bêbados ou fazem montagens amadoras de copos na praia/ piscina/campo e pior, não ligam em escrever errado. Outros querendo ser ou se mostrar machos fazem piadas cretinas com mulheres ou homossexuais. Qualquer pos-tagem é um grande indicativo da sua personalidade. Não existe uma vida na internet e uma vida fora dali. Você é aquilo que posta. 2# No guarda-roupa O verão ainda não chegou, mas quando chegar você vai colocar sua regata e sair por aí, certo? Pense duas vezes. Programação ajuda a evitar erros na hora da transformação Antes de trocar o cabelo longo pelo curto, tente o mé-dio e faça adaptações para chegar ao resultado desejado sem se arrepender Fazer uma mudança mais radical no visual pode dei-xar a mulher mais bonita e melhorar sua autoestima. Mas antes de passar por uma transformação, existem alguns cuidados que ajudam a prevenir surpresas desagra-dáveis e desastres capilares. Indicamos o que deve ser feito antes das três principais transformações. Clareamento O profissional explica que grande parte das mulheres que muda a coloração do ca-belo migra para um tom mais claro, seja aderindo totalmen-te ao loiro ou adotando algu-mas mechas para iluminar. Antes de pintar ou descolorir, é indicado fortalecer os fios com tratamentos e hidrata-ções para que ele não sofra tanto com essa agressão e o resultado seja um cabelo com a cor bonita e também saudável. Corte curto A mulher brasileira costu-ma gostar de cabelão, mas os curtos estão abrindo es-paço nessa preferência. O ‘Joãozinho’, por exemplo, é um estilo que está muito em alta. Antes de deixar o cabelo longo pelo curto, o hair stylist indica tentar o médio para ir se adaptando aos poucos e não se arrepender. Alisamento Apesar da tendência atual de assumir os cachos e ondas naturais, muitas mulheres ainda fazem procedimentos químicos para alisar os fios, principalmente para retirar o volume da raiz. Antes do ali-samento é imprescindível fa-zer o teste de mecha para ver se o cabelo vai aceitar bem a química. Segundo ele, esse é um costume que ainda não é tão comum no Brasil, mas que evita desastres capilares. Atitudes masculinas que as mulheres odeiam Regatas e pochetes são dois itens ruins no guarda-roupa masculino. Não importa a quantidade de músculos que você adquiriu no inverno enquanto todos hibernavam – reflita sobre o uso de regatas. Antes que alguém fale algo, eu já pesquisei e a opinião feminina é quase unânime: se o calor estiver de rachar, fique sem camisa. A gente morre de inveja de vocês por poderem fazer isso. 3# No restaurante A esta altura da vida nós esperamos que você já sai-ba como comer e se portar à mesa. Parece óbvio, mas alguns homens não sabem ou acham que as mulheres não ligam para algumas regras básicas de civilidade. Não falo de saber usar os seis copos e todos os talheres que podem estar à disposição, mas comer com a boca fechada já é um avanço. Mais alguns itens para prestar atenção: tratar o garçom decentemente, por-que o jeito que trata quem te atende diz muito sobre você; não reclamar o tempo todo do atendimento, do som, da demora e da conta é uma boa para não tornar o encontro um fardo. 4# Nos aplicativos Todo mundo acha o What-sapp uma maravilha. Dá pra convidar mulher para sair e bater um papo enquanto está deitado no sofá sem fazer nada sem gastar um centavo. Mas uma coisa não deve ser feita pelo app: discutir a re-lação ou algum problema. O mundo virtual não é lugar para isso. Conversa importante tem que ser olho no olho. E jamais – jamais – termine seja lá o que for por ali. 5# Na casa dela Tem uma diferença bási-ca de uma moça que mora sozinha ou uma que mora com os pais: a liberdade. Na casa dela vocês estão mais livres. Já com sogro e sogra na parada a coisa fica mais complicada. Por mais que você adore os parentes dela, se sentir muito em casa cai mal. Não por você, não por ela, mas por eles. Eles estão na casa deles e podem mes-mo te tratar como um filho, mas você é visita e deve se portar como tal. Por mais que tenha mãe, namorada e tia te tratando muito bem, você não é um sultão e elas serviçais. Ofereça-se para ajudar, seja lavar uma louça, mudar um vaso de lugar ou carregar panelas até a mesa. Mesmo que elas neguem, cabe a você ser gentil. 6# Ao telefone Receber um telefonema hoje em dia é considerado quase que uma raridade. Tudo é resolvido por chat (Whatsapp ou Facebook) e ninguém mais se interessa em falar. O problema é que mensagens de texto podem ser interpretadas de forma errada. Então, volto a bater na tecla que nada substitui um telefonema e ouvir a voz da pessoa. Se você acabou de conhecer a moça e diz que vai ligar, ligue. O motivo é sim-ples: ela vai ficar esperando.

×