SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
Aconteceu neste do-
mingo, 20/07, no Espaço
Vidralume, à Rua Grapirá,
668, na Vila Curuça, a Fes-
ta Julina do Lar Luiza Neris.
O evento foi realizado com
o intuito de angariar fundos
para a manutenção do Lar,
que cuida de crianças de 0
a 7 anos, e que tem sede à
Rua Ivoturucaia, 431.
“A gente vem na festa,
se diverte e ainda ajuda o
Lar” disse-nos o Sr. Anto-
nio, enquanto apreciava
um espeto de churrasco.
“Aqui no espaço coberto
ficou muito legal, o tempo
está meio frio e aqui po-
demos ver as crianças se
divertindo e a gente pode
apreciar uma canjica e
um delicioso bolo e claro,
ajudar o Lar, que tanto
precisa.”, afirma a SraAna,
Como em toda festa
Junina, Pág 05
3ª SEMANA DE JULHO DE 2014ANO IX - N.o
214 www.folhadoitaimecuruca.com.br | raleste@gmail.com | Tel.: (11) 2031-2364
J o s é S e r r a
(PSDB) e Gilberto
Kassab (PSD) en-
frentarão Eduardo
Suplicy (PT), que
A disputa de ‘pesos-pesados’
pelo Senado em SP
está há mais de uma
década na cadeira numa
acirrada disputa no Es-
tado
A disputa pela vaga
única de senador por
São Paulo nas eleições
de outubro reunirá três
nomes de peso: além
do atual ocupante da
ademyrrodrigues-julhode2014
Festa Julina do Lar Luiza Neris em prol das crianças !!
Escola de samba,
axé, passistas e rock and
roll: veja o que passou e
o que passou longe do
Alckmin quer estender bonus O melhor e o pior da cerimônia
de encerramento do Mundial
Maracanã na cerimônia
que antecedeu Alema-
nha x Argentina.
Você se preparou psi-
cologicamente todos os
dias do último mês para
o soar dos últimos “o-
-eaaaaa...” Leia na pg 05
Para recuperar nível
das represas, governa-
dor irá prolongar descon-
to de 30% na conta para
quem gastar menos.
O governador de São
Paulo, Geraldo Alckmin
(PSDB), afirmou nesta
quinta-feira que pretende
prolongar o desconto de
30% aos consumidores
que... Leia na pg 04
cadeira, Eduardo Su-
plicy (PT), ingressaram
na campanha o ex-go-
vernador José Serra
(PSDB) e... leia pag 04
Fotos:EduardoRocha
Diretor Executivo:
Jornalistas (fl):
Diretor de Arte:
Designer Gráfico
Reporter Fotográfico:
Fotografo Teen:
Revisora:
Gerente Financeiro:
Depto. Jurídico:
Distrib./Logistica:
35 mil exemplares
Divaldo Rosa
Silmara Galvão Nunes-MTb 51.096
Sérgio Avante
Ademir Rodrigues
Eduardo Rocha
Bruno Barreto Rosa
Prof. Suseli Corumba Rosa
Ademir Rodrigues
Agilson M. Oliveira
MULTI - Distrib. de Jornais e Folhetos
As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam
necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais
não mantém vínculo empregatício com a empresa.
REDAÇÃO E PUBLICIDADE
Fone/Fax: 2031-2364 / 2513-0928
Av. dos Guachos, 166 - 08030-360 - Vila Curuçá – SP
www.aconteceagora.com.br | E-mail: raleste@gmail.com
A marca Folha do Itaim existe a 42 anos, sendo 9 anos
sob a direção do Grupo Acontece de Jornais e Revistas.
CIRCULAÇÃO: Itaim Paulista, Vl Curuçá, Jd Robrú,
Alto Tiete (Itaquá, Poá, Ferraz de Vasconcelos e Suzano)
Um veículo do GRUPO ACONTECE de Jornais e Revistas
SUB PREF. DO ITAIM PAULISTA
Av. Marechal Tito, 3012
Itaim Paulista-SP
BANCA DO VALDO
Av. Marechal Tito, 4800
Itaim Paulista-SP
BANCA KM 28
Av. Marechal Tito, 5868
Itaim Paulista-SP
BANCA MARECHAL 4400
Av. Marechal Tito, 4400
Itaim Paulista-SP
BANCA NAGUMO
Pç Francisco Pereira, 80
Vl Curuçá-SP
REVISTARIA CAVOA
Av. Cavoá, 425
Vl. Curuçá-SP
BANCA KM28
Av. Marechal Tito, 5868
Itaim Paulista-SP
3ª SEMANA
JULHO de 2014
Atualidade
Cerca de quatro milhões
de alunos matriculados na
rede estadual de ensino
retornam às aulas na na
segunda-feira (14). Isso por-
que, neste ano, a Secretaria
da Educação do Estado de
São Paulo optou por ante-
cipar o recesso do meio do
ano para junho em função
dos jogos da Copa do Mun-
do.Amudança no calendário
não compromete os 200 dias
letivos previstos em lei, afir-
ma a Diretoria Regional de
Ensino de Sorocaba (SP).
Com o novo cronogra-
ma, alunos, professores e
servidores também terão
uma semana de recesso em
outubro, entre os dias 13 e
20. A pausa foi definida para
evitar um possível desgaste
com um segundo semestre
mais longo. O término das
aulas está previsto para a
segunda quinzena de de-
A população tem feito
uma média de 13 denúncias
de falta de água por dia
em São Paulo, segundo o
Idec (Instituto Brasileiro de
Defesa do Consumidor). O
governo estadual nega que
haja racionamento.
Nos últimos 14 dias, o
instituto recebeu 178 relatos
de falha no abastecimento
de água na Grande São
Paulo.
A maioria das queixas é
de falta de água todos os
dias (76%), no período da
noite (74%). Também há
relatos de interrupção no
abastecimento pela manhã
e à tarde e em mais de uma
vez por dia. Mais da metade
das pessoas que fizeram
denúncias mora nas zonas
oeste ou norte da capital
paulista.
A Sabesp informa que
“não há rodízio, racionamen-
to e restrição de consumo
em nenhum dos 365 municí-
pios operados pela Sabesp
no Estado de São Paulo”.
Campanha
Em 26 do mês passado, o
Idec lançou a campanha “Tô
sem água”, para saber onde,
com qual frequência e em
qual período tem ocorrido
falta de água na Grande São
Paulo. Com a contribuição
do consumidor,o Idec irá
cobrar mais transparência
dos órgãos responsáveis
--governo estadual e Sabesp
(Companhia de Sanema-
ento Básico do Estado de
São Paulo)-- e vamos exigir
eventuais providências da
Alunos da rede estadual de ensino retornam às aulas
zembro.
Amudança no calendário
foi comunicada à rede com
antecedência e segue sem
interferências nas 91 Dire-
torias Regionais de Ensino
de São Paulo.
Matrículas antecipadas
Estarão abertas, as ma-
trículas do Ensino Funda-
mental para o primeiro se-
mestre de 2015. O cadastro
é necessário para quem
quer entrar na rede pública,
municipal ou estadual, no
próximo ano.
A inscrição dos alunos
que já frequentam as unida-
des de ensino é automática.
O período de matrículas
para o Ensino Médio está
marcado para o fim de agos-
to e é direcionado aos estu-
dantes que se encontram
fora da rede e àqueles que
desejam retomar os estudos
em 2015.
População faz 13 denúncias
de falta de água por dia em SP
Arsesp (Agência Reguladora
de Saneamento e Energia
do Estado de São Paulo)”,
informa a entidade.
A campanha vai até 31
deste mês. Para fazer a
denúncia, é preciso acessar
o site da campanha e preen-
cher um formulário.
Antes da campanha, a
instituição informa que rece-
bia reclamações pontuais de
falta de água, sem precisar
a quantidade.
“O Idec acredita que se o
racionamento está mesmo
acontecendo, ele precisa ser
feito de maneira responsá-
vel, igualitária e transparente
para toda população”, afirma
o instituto.
Há exatos 15 anos André
Franco Montoro nos deixava.
Um homem que deixaria sau-
dades não apenas aos corre-
ligionários do partido que aju-
dou a fundar – PSDB –, mas
a todo o povo brasileiro, que
hoje desfruta de um legado
construído ao longo de uma
vida dedicada ao trabalho em
Montoro, uma vida dedicada ao bem do coletivo
Paulo Tokuzumi
prol do bem coletivo.
Naquele dia 14 de julho de
1999, aos 83 anos, Montoro
nos deixou após sofrer uma
parada cardíaca, quando em-
barcava para o México, onde
participaria de um congresso
sobre economia. Sua conduta
foi sempre pautada pelo com-
promisso com a democracia
e com o desenvolvimento do
país, exercido até seu último
dia de vida.
Fervoroso defensor da
participação da sociedade
nas decisões políticas, tanto
na Câmara dos Deputados
como no Senado, Montoro
assumiu, em 1983, o governo
do Estado de São Paulo, em
meio a um cenário de reces-
são nacional, com alto índice
de desemprego e inflação.
Mostrou que um governo
de sucesso não se faz com
apenas um nome e sim com
uma equipe afinada, que tem
como principal característica
o espírito público. Pensando
assim, permitiu o ingresso na
vida pública de homens com-
petentes e comprometidos
e a consequente formação
de novos quadros na política
brasileira, que mais tarde se
revelaria essencial para o
exercício da democracia.
À frente de seu tempo,
já apresentava preocupação
com um problema anunciado
há 15 anos: a estiagem, uma
realidade que hoje desafia as
condições climáticas. Criou,
então, a primeira secretaria
de Meio Ambiente, expandiu
a rede de água e esgoto e
foi responsável por inúmeras
obras de infraestrutura no
Estado, entre elas a abertura
de milhares de quilômetros de
estradas vicinais e a amplia-
ção do metrô.
Montoro foi um dos princi-
pais articuladores da conquis-
ta do estado democrático de
direito no país, incentivando
a instituição de diversos me-
canismos de participação
popular na política. Muitos
deles garantidos pela Consti-
tuição de 1988, sendo um dos
mais emblemáticos o direito
ao voto direto e secreto, com
igual valor para todos.
Falar sobre Montoro nes-
ta data é tão oportuno para
lembrar também do objetivo
que deve inspirar diariamen-
te a todos nós, gestores e
homens públicos: o com-
promisso com o desenvolvi-
mento sustentável do país e
Montoro
oferta de qualidade de vida
à população, especialmente
neste momento em que se
aproxima mais uma grande
festa da democracia, durante
anos defendida por ele.
Paulo Tokuzumi (PSDB)
é prefeito da cidade de Suzano.
3ª SEMANA
JULHO de 2014
Comunidade
Nesse mês de Julho, acon-
tece a mostra “Passagem
para o Japão”, na Biblioteca
Municipal Roberto Santos, no
Ipiranga. O local é conhecido
pela prática de exibir filmes
gratuitos à população.
O local exibe o clássico de
1959, “Hiroshima, meu amor”,
de Alain Resnais, às 19h. E,
no domingo, às 16h, o filme
“Encontros e desencontros”,
de Sofia Coppola.
No sábado, a partir das
14h, os moradores da zona
Sul poderão participar do
“Sarau Crepuscular”, com a
leitura de poemas, no Paço
Cultural Júlio Guerra.
Ainda no sábado às 19h,
o público da zona Norte que
curte uma boa roda de samba,
está convidado para o “Vira-
do à paulista – Encontro das
Artes”, no Calçadão da Casa
de Cultural Salvador Ligabue,
na Freguesia do Ó.
Oficinas Culturais
Diariamente, as Casas
de Cultura, espalhadas por
várias regiões da cidade, pro-
movem cursos e oficinas gra-
tuitas para todos os públicos.
Para aqueles que querem
aprender uma nova ativida-
de física, a Casa de Cultura
Antônio Marcos, em São
Miguel Paulista tem Oficina
de Karaté, às segundas e
Os serviços são realizados
diariamente de acordo com a
solicitação dos munícipes
Os serviços de poda de
árvores acontecem diaria-
mente na região de Itaim
Paulista/Vila Curuçá para
evitar quedas e problemas
com a fiação elétrica, sendo
assim havendo necessidade
na solicitação do munícipe
a Unidade de Áreas Verdes
autoriza a poda ou remoção
total da árvore e após alguns
dias a equipe responsável
realiza o serviço.
Lembrando que para a so-
licitação dos serviços de poda
A Fundação Tide Setubal
realiza o VIII Encontro de
Cultura Caipira. O evento,
aberto e gratuito, acontece
nos dias 25, 26 e 27 de julho,
sexta, sábado e domingo, no
CDC Tide Setubal em São
Miguel Paulista.Aintenção do
Encontro de Cultura Caipira é,
por meio da música, dança e
culinária típicas, valorizar a
riqueza da cultura brasileira,
levando a centenas de pes-
soas as diversas expressões
afrodescendente, caiçara e
caipira, entre outras.
Nesta edição, o tema será
“Chegadas e Partidas” e con-
tará com uma programação
repleta de muita música, brin-
cadeiras e apresentações de
Filmes gratuitos e roda de samba são algumas
das programações culturais de São Paulo
Capoeira, karaté e dança de salão estão entre as oficinas gratuitas
quartas-feiras, às 19h30, e de
Capoeira, promovidas todas
as quartas, às 18h30.
Ainda na zona Leste, a
Casa de Cultura São Mateus
oferece Oficina de Recicla-
gem, que desenvolvem traba-
lhos manuais com materiais
recicláveis. As aulas aconte-
cem todas as terças-feiras a
partir das 9h.
Se você curte dançar, a
dica é a Oficina de Dança de
Salão, que mescla diversos
ritmos de forró, samba de
gafieira, rock anos 50/60, com
o objetivo de interagir com
público de todas as idades de
maneira descontraída.
Subprefeitura São Miguel Paulista
Oficina de karaté
Quando? Todas as segundas e quartas
Horário: 19h30 às 21h
Local: Casa de Cultura Antonio Marcos
Endereço:
Rua Irineu Bonardi, 169 - Vila Pedroso.
Fone: 2297-9177
Subprefeitura São Mateus
Oficina de Reciclagem
Quando? Todas as terças-feiras
Horário: 9h às 11h
Local: Casa de Cultura São Mateus
Endereço:
Rua José Francisco dos Santos, 502 - Jardim Tietê
Fone: 3793-1071
Subprefeitura Itaim Paulista/
Vila Curuçá realiza poda e
remoção de árvores na região
e remoção de árvores, é ne-
cessário primeiramente entrar
em contato com a Prefeitura
pelo telefone 156, através
do site:http://sac.prefeitura.
sp.gov.br/ ou comparecer pes-
soalmente à Praça de Atendi-
mento da Subprefeitura, que
fica localizada na Avenida
Marechal Tito, 3012 - Bairro
de Itaim Paulista.
Aoperação está acontecendo
nos seguintes locais:
*Av. Academia de São Paulo,
161
*Rua Gouveia de Proença, 60
*Rua Craval
*Rua Treze Tílias, 2
VIII Encontro de Cultura Caipira reúne atrações da cultura popular na ZL
grupos tradicionais. Ӄ preciso
refletir como esses homens
e mulheres chegam até a
cidade e trazem suas experi-
ências ligadas a terra. A ideia
é despertar um novo olhar do
público e mostrar a intercultu-
ralidade entre campo e cida-
de. E ainda, pensar um pouco
sobre o deslocamento dessas
pessoas para a cena urbana e
de como suas culturas estão
presentes dentro das grandes
cidades”, Inácio Pereira dos
Santos Neto, organizador
do encontro e coordenador
de cultura da Fundação Tide
Setubal.
Os três dias de eventos
contarão com uma série de
manifestações da cultura po-
pular como congadas, mara-
catu, grupos de catira, violei-
ros, trio de forró, jongo, dentre
outros. Barracas de comidas
típicas, jogos e brincadeiras
como pescaria e argola para
crianças, corrida de saco,
ovo na colher e perna de lata
completam a programação.
Dentre as principais atra-
ções estão o Trio Rastapé Flor
de Moçambê, Jongo Mistura
da Raça de São Jose dos
Campos, Maracatu do Baque
Virado com Porto de Luanda
e Cordão de Boros, orquestra
de viola Piracicabana, desafio
de Cururu com ciclo Garoto
e Amigos, Jabuticaqui ritmo
e tradição, Grupo de Catira
Botas de Ouro, entre outros.
Além disso, durante os três
dias, acontecerão contação
de história e oficina de cons-
trução de brinquedos.
Serviço:
CDC TIDE SETUBAL
Dias 25, 26 e 27 de julho
25/07 das 17h às 22hs
26 e 27 de julho das 14h às
22h
Local: Rua Mario Dallari, 170
– Jardim São Vicente – São
Miguel Paulista
I n f o r m a ç õ e s : 2 0 2 5 -
5500/2025-5505
Programação VIII Encontro
de Cultura Caipira 2014
Sexta-feira, 25 de julho
17h - Trio Rastapé Flor de
Muçambê
19h - Viola a Três
21h - Jongo Mistura da Raça
de São José dos Campos
Sábado, 26 de julho
Animação com Trio Rastapé
Flor de Muçambê
17h – Maracatu do Baque
Virado com Porto de Luanda e
Cordão de Bonecos com a co-
bra Bernuncia - personagem
do Boi de Mamão de Santa
Catarina. Participação dos
Alunos da EMEF Almirante
Pedro de Frontim
18h - Sucatas Ambulantes
20h - Banda Municipal de
Embu das Artes
21h - Orquestra de Viola Pi-
racicabana
Domingo, 27 de julho
17h - Animação com os san-
foneiros do Trio Rastapé Flor
de Muçambê
18h – Quadrilha do CDC
19h – Jabuticaqui Ritmo e
Tradição
20h – Grupo de Catira Botas
de Ouro
21hs – Desafio de Cururu com
Cido Garoto e amigos
Apartir das 17h, barracas com
Comidas Típicas, Bebidas e
Brincadeiras. Todos os dias
Oficina de Construção de
Brinquedos e Contação de
Histórias. Sexta-feira, às 19h
e às 21h, Sábado, às 17h e às
20h, Domingo às 18h e às 20h
3ª SEMANA
JULHO de 2014
Opinião & Política
José Serra (PSDB) e Gil-
berto Kassab (PSD) enfren-
tarão Eduardo Suplicy (PT),
que está há mais de uma
década na cadeira numa
acirrada disputa no Estado
Adisputa pela vaga única
de senador por São Paulo
nas eleições de outubro
reunirá três nomes de peso:
além do atual ocupante
da cadeira, Eduardo Su-
plicy (PT), ingressaram na
campanha o ex-governador
José Serra (PSDB) e o ex-
-prefeito da capital paulista
Gilberto Kassab (PSD). O
cenário, alterado de última
hora, faz desta a mais con-
corrida campanha paulista
ao Senado, após 24 anos
de mandatos consecutivos
de Suplicy. Antes mesmo de
Serra assumir a candidatura,
Suplicy já esperava que a
disputa acabaria polarizada
entre ele e o tucano: “Já es-
perava que o Serra se candi-
datasse quando saiu a pes-
quisa Datafolha”, disse em
conversa com jornalistas. A
pesquisa a que o petista se
refere foi realizada no início
de junho e mostrou o tucano
em vantagem, ainda que sua
candidatura não fosse oficial
à época. Serra apareceu
com 41% das intenções de
voto, e Suplicy marcou 32%
– o nome de Kassab não foi
testado na ocasião.
Pelo menos dois fatores
tornam a disputa mais com-
plicada para Suplicy desta
vez: a menor exposição na
TV e a perda do favoritis-
Para recuperar nível das
represas, governador irá pro-
longar desconto de 30% na
conta para quem gastar me-
nos.
O governador de São Pau-
lo, Geraldo Alckmin (PSDB),
afirmou nesta quinta-feira que
pretende prolongar o descon-
to de 30% aos consumidores
que continuarem economizan-
do água. O bônus na conta de
quem consumir menos deverá
ser mantido também no perí-
odo de chuvas, previsto para
os meses de setembro e ou-
tubro. “O bônus vai continuar,
inclusive estamos estudando
prolongá-lo mesmo no perí-
odo das chuvas para poder
recuperar as represas”, afir-
mou Alckmin, durante visita
Quem quer votar mas es-
tará fora do domicílio eleitoral
tem de se cadastrar.
Nessa modalidade, eleitor
pode votar só para presidente
da República.
Eleitores que estejam fora
do domicílio eleitoral no dia 5
de outubro, mas mesmo assim
queiram votar poderão solicitar
a partir de terça-feira (15) e
até 21 de agosto, em qualquer
cartório eleitoral do país, habi-
litação para o voto em trânsito.
A partir da eleição deste ano,
é possível votar em trânsito
nos municípios brasileiros com
mais de 200 mil eleitores. Na
eleição de 2010, só era possí-
vel nas capitais.
O voto em trânsito é permi-
Como os pais podem
incentivar seus filhos a
desempenharem ativida-
des de aprendizagem no
recesso escolar?
Todos os anos é a mes-
ma coisa, acabam as aulas
e as crianças só querem
saber de brincar, correr
com os amigos pra cima
e pra baixo ou ficar o dia
todo com seus aparelhos
eletrônicos. As férias são
um período em que a crian-
ça sai da sua rotina normal
e um momento pelo qual
ela possui tempo livre para
fazer atividades de lazer
que durante o ano letivo,
ficam de lado devido à falta
de tempo ocasionada pelas
tarefas escolares. O que
muitos pais não sabem é
que este intervalo também
pode ser usado para que
seus filhos deem continui-
dade ao aprendizado com
atividades lúdicas como lei-
turas e passeios históricos.
No dia a dia, diante do
excesso de atividades roti-
neiras, muitas vezes pode
faltar espaço na agenda
das crianças para ativida-
des diferentes e as férias é
um momento propício para
isso. Segundo a Diretora
do Colégio Itatiaia, Cláudia
A disputa de ‘pesos-pesados’
pelo Senado em SP
mo para Serra. Condição
decisiva para o tucano ter
aceitado integrar a chapa
do governador Geraldo Al-
ckmin (PSDB), o tempo de
televisão deve ser dividido
de forma equilibrada entre
os três principais candida-
tos ao Senado, com ligeira
vantagem para Kassab. O
Tribunal Regional Eleitoral
(TRE) ainda definirá o espa-
ço a que cada candidato terá
direito no horário eleitoral,
mas Kassab deve aparecer,
em cada bloco de propagan-
da, por cerca de 2 minutos
e 50 segundos; Serra terá
2 minutos e 20 segundos;
e Suplicy, 2 minutos e dois
segundos. A propaganda
na TV deve ser uma das
principais armas de Serra e
de Kassab.
Outro fator pesou na de-
cisão de Serra: Suplicy não
deu a largada na campanha
como favorito ao cargo,
como ocorreu em 2006,
quando partiu de mais de
30 pontos de vantagem nas
pesquisas de intenção de
voto, ante o então concor-
rente pelo PFL (atual DEM)
Guilherme Afif Domingos. A
ex-vice-prefeita paulistana
Alda Marco Antonio concor-
reu pelo PMDB na chapa de
Orestes Quércia. Oito anos
depois, Afif e Alda figuram
na cúpula do PSD, aliados
a Gilberto Kassab.
Afif foi o candidato que
chegou mais perto de tirar
Suplicy do Senado, desde
que o petista foi eleito pela
primeira vez, em 1990. Há
oito anos,Suplicy já sofreu
uma desidratação ao longo
da campanha e superou Afif
por uma diferença de ape-
nas 4,1% dos votos válidos
(774.626 votos), pouco me-
nos do que a votação obtida
pela terceira colocada, Alda
Marco Antonio, que recebeu
4,9% dos válidos ou 929.179
votos. Apesar de discreta,
a votação de Alda seria a
diferença necessária para
uma vitória de Afif – assim
como ele, a quercista obteve
seus melhores resultados no
interior paulista, sobretudo
na região administrativa
de Franca. Afif conquistou
votos dispersos no interior
e no litoral norte, mas não
conseguiu vencer nas prin-
cipais cidades das regiões
metropolitanas de São Pau-
lo, Campinas e na Baixada
Santista. Suplicy dominou
as áreas de maior densida-
de eleitoral do Estado. Só
na capital paulista obteve
622.179 votos a mais que
Afif, o equivalente a 80%
de sua vantagem sobre o
adversário. Como de praxe,
a votação dos senadores
acompanhou o desempenho
eleitoral dos candidatos a
governador. A diferença é
que Suplicy sagrou-se vito-
rioso em cidades-chave da
Grande São Paulo, mesmo
nas que Serra, então can-
didato ao governo paulista,
superouAloizio Mercadante,
candidato petista ao Palácio
dos Bandeirantes.
Alckmin quer estender bônus
para quem economizar água
ao interior paulista.
Alckmin afirmou não ver
“necessidade” na aplicação
de multa aos moradores que
consumirem água em exces-
so porque houve boa adesão
à campanha pelo uso racional
da água. Segundo o gover-
nador, 91% da população de
São Paulo passou a econo-
mizar água. “Metade desses
ganhou o bônus porque ul-
trapassou 20% de economia,
fazendo uso racional da água,
e metade não atingiu, mas
também reduziu”, afirmou.
O desconto de 30% no
valor da conta foi anunciado
em março deste ano como
medida emergencial por cau-
sa do nível crítico do Sistema
Cantareira.
Nesta quinta-feira, o nível
do reservatório chegou à
marca de 18,7%, segundo as
medições da Companhia de
Saneamento Básico do Es-
tado de São Paulo (Sabesp).
Desse total, apenas 0,2%
corresponde ao volume útil do
sistema, que tem capacidade
total de cerca de 1 trilhão de
litros. A captação de água
do volume morto, anunciada
em 15 de maio pelo governo
paulista, teve início em 4 de
junho e fez com que o nível do
Cantareira passasse de 8,2%
para 26,7%. De lá para cá,
contudo, houve queda de 8%
no total de água armazenado
no reservatório.
Começa o prazo para eleitor que
quiser pedir voto em trânsito
tido apenas para presidente da
República e possibilita que um
eleitor que esteja fora da cida-
de onde tem o título vote em
outro município, mesmo sem
ter solicitado a transferência do
documento.
Os eleitores que estejam
fora do domicílio eleitoral e não
optarem pelo voto em trânsito
têm de comparecer a uma se-
ção eleitoral no dia da eleição
para justificar a ausência.
Segundo resolução aprova-
da pelo Tribunal Superior Elei-
toral (TSE), para votação em
trânsito em uma das cidades
habilitadas, será preciso que
ao menos 50 eleitores tenham
manifestado interesse de votar
naquela localidade.
Para o voto em trânsito, o
eleitor necessita apresentar
documento oficial com foto em
qualquer cartório e estar com
a situação regular no cadastro
eleitoral (não ter deixado de
votar ou de justificar por três
eleições consecutivas – cada
turno é considerado uma elei-
ção). Quem se habilita para o
voto em trânsito só estará apto
a votar na cidade que indicar e
terá o nome excluído da lista
da seção eleitoral de origem.
É possível alterar ou cancelar
a habilitação para o voto em
trânsito até o dia 21 de agosto.
O local exato onde os habi-
litados para o voto em trânsito
votarão será divulgado em 5 de
setembro.
Férias também é tempo de aprender!
Fernanda Venelli Razuk,
os pais podem estimular
o desenvolvimento inte-
lectual de seus filhos com
atividades que ampliem os
horizontes culturais e sa-
beres diversos. “A criança
poderá aprender através
de passeios e atividades
que sejam diferentes dos
habituais: livros, cinema,
teatro, passeios a lugares
que estimulem a curiosida-
de e a aquisição de novas
vivências e conhecimen-
tos”. Todos os ambientes
podem ser explorados e
aproveitados ao máximo,
basta estar “de olho” no
que oferecem de diferente
e quais as oportunida-
des de aprendizagem que
proporcionam. Um ponto
que Cláudia destaca, é a
importância da leitura nas
férias, fazer passeios que
estimulem esta prática é
essencial no período de
recesso escolar. “Os pais
podem incluir as livrarias
no roteiro, para que a crian-
ça possa escolher um livro
de acordo com o seu gosto.
Ir ao cinema ou ao teatro,
escolhendo um título que
também exista em versão
escrita, para posterior-
mente à ida ao espetáculo,
fazer a releitura de forma
divertida e analítica, com-
parando os teores de cada
um, também é recomen-
dável” orienta. Justamente
por ser uma atividade que
melhora o raciocínio, a con-
centração, a capacidade de
comunicação e expressão,
seja falada ou escrita, além
da memorização de fatos e
informações, é importante
incluir a prática da leitura
nas férias e, acima de
tudo, os pais devem dar o
exemplo. Se eles leem com
frequência, muito provavel-
mente os filhos também
serão bons leitores.
Outra atividade que
deve ser permitida neste
período, mas com cautela,
é aquela que muitas crian-
ças e adolescentes têm:
ficar boa parte das férias
na frente de computadores,
TV, jogos eletrônicos e etc..
É importante ter bom senso
em relação ao tempo em
que os pequenos ficam em
frente a uma telinha, esse
período deve ser limitado,
e mesclado com outras
atividades divertidas e ricas
em conhecimento.
O período de férias não
isenta a criança de algu-
mas obrigações e respon-
sabilidades. Tarefas diárias
como arrumar o quarto,
ajudar a mãe no que for
necessário, tomar banho
na hora certa, fazer lição de
férias (se houver) devem
ser preservadas, e fazem
parte das responsabilida-
des das crianças. Os pais
devem orientar os filhos
para que essas respon-
sabilidades básicas sejam
preservadas e cumpridas
neste período.
3ª SEMANA
JULHO de 2014
Copa
Céu Curuçá
O mau humor e o clima de
terror propagado pela impren-
sa brasileira – que difundiu as
previsões pessimistas para os
veículos de comunicação inter-
nacionais – e pela oposição ao
governo Dilma Rousseff (PT)
teve efeito inverso. Pesquisa
realizada pelo portal Uol, do
grupo Folha, aponta que boa
parte dos jornalistas estran-
geiros vê a Copa do Mundo no
Brasil como a melhor.
O levantamento foi feito
com 117 profissionais de co-
municação que estão cobrindo
o evento no Brasil. Do total de
entrevistados, 38,5% conside-
ram a competição sediada no
País como a melhor já vista. Em
segundo lugar vem a Copa rea-
lizada na Alemanha, em 2006,
com 19,7% das respostas, e
em terceiro a da África do Sul,
em 2010, que recebeu a apro-
vação de 5,1% dos jornalistas
entrevistados.
Na quarta posição vem a
Copa sediada nos Estados Uni-
dos, em 1994, quando o Brasil
recebeu o título de tetracam-
peão, seguida por Itália-1990
(com 3,4% dos votos), Fran-
ça-1998 (3,4%), Japão e Co-
reia-2002 (3,4%), México-1986
(1,7%), México-1970 (1,7%) e
Alemanha-1974 (0,9%). Entre
os entrevistados, 1,7% não res-
pondeu. Segundo a pesquisa,
16,2% dos profissionais disse-
Escola de samba, axé,
passistas e rock and roll:
veja o que passou e o que
passou longe do Maracanã
na cerimônia que antecedeu
Alemanha x Argentina.
Você se preparou psico-
logicamente todos os dias
do último mês para o soar
dos últimos “o-eaaaaa...”
na sua televisão. Mas, ine-
vitavelmente, o dia chegou:
a Copa do Mundo dá seus
últimos suspiros no Brasil e é
chegada, também, a hora da
cerimônia de encerramento
da mesma.
Recapitulando: a cerimô-
nia de abertura foi bastante
contestada pelos telespec-
tadores e internautas, como
você lembra.Teve playback
esquisito, pessoas com fan-
tasias estranhas, as calças
do cantor Pitbull roubando
a cena e (como esquecer)
xingamentos à presidente
Dilma Rousseff.
No encerramento, a coisa
foi diferente. Não, o campo
O melhor e o pior da cerimônia de encerramento do Mundial
do Maracanã não encheu,
mas a torcida ficou (bem)
mais animada com uma ce-
rimônia que foi (bem) mais
brasileira. Então, aos fatos:
1.Teve porta-bandei-
ras
Uma das principais recla-
mações sobre a abertura foi
que não, ela não represen-
tava o Brasil. Então, dessa
vez decidiram fazer para
brasileiro nenhum colocar
defeito. Alegorias em cam-
po, o batuque da bateria da
Grande Rio e... entraram
32 porta-bandeiras, cada
uma com o pendão de um
dos países participantes da
competição.
2.Teve Shakira (mas
meio “coberta” de-
mais, dizem)
O momento mais aguar-
dado não demorou muito
para chegar. Aos primeiros
“la” de La la la, música da
Copa que emplacou mais
do que a oficial, a plateia se
agitou no Maracanã para ver
a diva (e mãe de todas as
maria-chuteira deste mun-
do - Salve, Piqué) Shakira
arrasar no centro do campo.
E ela mandou bem. Sem es-
peculações sobre playback
desta vez.
3. Teve cocar de papel
Carlinhos Brown apa-
receu com um cocar. Apa-
rentemente feito de carto-
lina. Sem mais no quesito
“figurino de apresentação
escolar”.
4. Teve sambadinha no
solo de guitarra
Ao fim do show de rebo-
lado de Shakira, subiram ao
palco Wyclef Jean, Carlos
Santana e Alexandre Pires
para tocar a música Dar um
jeito. E, durante um solo de
guitarra do mestre Santana,
Alexandre Pires, mostrando
senso de oportunidade, deu
uma belíssima sambadinha.
5.Teve Ivete
, Ivete entrou em campo
com pompa e circunstân-
cia, deu uma banda com
o Fuleco e subiu ao palco
para arrasar com um vestido
verde.Foi a hora de todos
cantarem juntos um medley
de hits da morena. Teve Fes-
ta, Sorte Grande e outros
conhecidos do público.
6 .Teve famosos mil na
platéia
Dos futebolistas aos não
futebolistas: teve Pelé, Can-
navaro, Beckham, e teve
Rihanna, Gisele (que levou
a taça da Copa junto com
Puyol para seu lugar no
campo), Mick Jagger (que se
recusou a dizer para quem
torcia, graças a Deus), entre
outros.
Mídia Global Confirma:
Brasil faz copa das copas
ram estar cobrindo o primeiro
Mundial.
Há cerca de 20 dias, quando
a Copa desse ano ainda não
havia começado, seria prati-
camente impossível prever os
números que acabam de ser
apresentados na mostra, tal
a sensação propagada pelos
grandes jornais brasileiros de
que tudo daria errado.As obras
inacabadas, dificuldades nos
meios de transporte e até a
previsão de uma epidemia de
dengue eram destaques nos
veículos da imprensa.
Vê-se, porém, que depois
da satisfação dos torcedores
estrangeiros, que ressaltam
com frequência a hospitalidade
do povo brasileiro e a satisfação
em conhecer o País – como
podemos ver agora em reporta-
gens diárias – que os jornalistas
estrangeiros também conclu-
íram que tudo não passou de
um grande exagero.
Torcedores estrangeiros
afirmam que Copa no Brasil é
a melhor de todas
Com a experiência de oito
mundiais, o irlandês Daniel
Sheahan, de 55 anos, não pes-
taneja: “a atual Copa do Mundo
está sendo a melhor de todas”.
A opinião de Sheahan é com-
partilhada por diversos turistas
que, como ele, já participaram
de outras edições do torneio.
“Não que tudo esteja per-
feito. Em todas as copas às
quais fui, houve algum tipo de
problema, como preços altos,
dificuldades com transporte ou
roubos. Mas isso faz parte de
um evento desse porte”, disse
àAgência Brasil o irlandês, que
já teve a mochila roubada em
duas edições do torneio.
“Isso foi na Copa da França,
quando duas pessoas pegaram
minha mochila e fugiram em
uma moto, e na dos Estados
Unidos, quando em um mo-
mento de distração levaram
minha mochila”, lembrou. “No
caso da França, um amigo meu
passou pelo mesmo problema.
Ao que parece, era uma qua-
drilha de motoqueiros especia-
lizados nesse tipo de roubo”,
acrescentou.
Fã do futebol brasileiro, o ir-
landês sempre deu preferência
aos jogos do Brasil, mas nem
sempre foi possível assisti-los,
porque existem outros pon-
tos de interesse. “Esta Copa
realmente tem muitas coisas
especiais. Compará-la à da
África do Sul é até covardia – o
barulho das vuvuzelas era insu-
portável e estragava o clima do
estádio. Para piorar, de todas
as vuvuzelas saía muita saliva,
o que era bastante preocupante
porque a incidência de doenças
como tuberculose é muito gran-
de naquele país.
Aconteceu neste domingo,
20/07, no Espaço Vidralume,
à Rua Grapirá, 668, na Vila
Curuça, a Festa Julina do Lar
Luiza Neris. O evento foi reali-
zado com o intuito de angariar
fundos para a manutenção do
Lar, que cuida de crianças de 0
a 7 anos, e que tem sede à Rua
Ivoturucaia, 431.
“A gente vem na festa, se
diverte e ainda ajuda o Lar”
disse-nos o Sr. Antonio, en-
quanto apreciava um espeto
de churrasco.
“Aqui no espaço coberto
ficou muito legal, o tempo está
meio frio e aqui podemos
ver as crianças se divertindo
e a gente pode apreciar uma
canjica e um delicioso bolo e
claro, ajudar o Lar, que tanto
precisa.”, afirma a Sra Ana,
Festa Julina do Lar Luiza
Neris em prol das crianças !!
Como em toda festa Junina,
não faltaram o milho cozido,
a pipoca, canjica, a maçã do
amor e deliciosos bolos, tam-
bém puderam apreciar um deli-
cioso churrasco e batatas fritas.
As crianças divertiram-se
com as barracas de pesca,
de argolas e brinde surpresa.
Já os adultos passaram horas
alegres aos gritos de “bingo”,
ao ganhar as prendas que eram
sorteadas.
A população compareceu e
elogiou o evento. Alguns mem-
bros do Moto clube Warriors
e amigos também estavam
presentes, divertindo-se e aju-
dando o Lar.
“A festa foi um sucesso e
a renda vai ajudar muito, mas
o Lar ainda precisa de apoio:
doações de parceiros, pessoas
físicas e jurídicas, são bem vin-
das” disse-nos um dos diretores
do Lar. O Lar Luiza Neris, já foi
matéria do Jornal Folha do Itaim
& Curuçá, e voltamos a informar
que, se você tem a vontade de
ajudar, entre em contato pelo
telefone 2581-2324, ou você
pode doar qualquer quantia,
depositando na conta: Banco do
Brasil, Ag. 1267-X c/c 54.237-
7 - Lar Luiza Neris
Eduardo Rocha
Fotos:EduardoRocha
3ª SEMANA
JULHO de 2014
Variedades
Embora tenha nascido no
Rio de Janeiro e passado boa
parte da vida por lá, Antonio
Carlos Bernardes, o Mussum,
possuía raízes paulistanas.
Ele morou, casou-se e morreu
na capital, em decorrência
de problemas no coração
— foi enterrado em 1994 no
cemitério Congonhas. Vários
momentos de suas andanças
pela metrópole, como o início
da carreira, na Rádio Record,
em 1963, estão no recém-
-lançado livroMussum Forévis
— Samba, Mé e Trapalhões
(Editora LeYa, 432 páginas,
Depois da interrupção de
quatro meses, por causa da
morte de Paul Walker, as fil-
magens de Velozes e Furiosos
7 terminaram hoje em Los
Angeles. Caleb e Coby Walker,
irmãos do ator, gravaram as
últimas cenas do personagem
de Paul, Brian O’Conner.
A produção divulgou nota
oficial agradecendo o apoio do
fãs e à equipe técnica. “Houve
um momento em que nós não
sabíamos como poderíamos
continuar ou até se deveríamos
continuar. Mas nós ouvimos vo-
cês (os fãs) e isso nos inspirou,
não somente para continuar,
É o que diz o bioquímico
William Frey, da Universidade
de Minnesota. Ele estuda a
fundo os efeitos das nossas
lágrimas. Em um de seus es-
tudos, a equipe de Frey ava-
liou o sistema imunológico, os
níveis de estresse e raiva, e o
humor dos chorões. E chorar
melhorou o humor de quase
90% dos voluntários. Também
fortaleceu o organismo deles
e reduziu o estresse.
Além disso, as lágrimas
contêm altos níveis de mag-
nésio, potássio e prolactina.
Adolescentes que to-
mam muito refrigerante
estão mais propensos a ter
comportamento agressivo
e sofrer de estresse, diz
um estudo feito por cien-
tistas da Universidade de
Boston (EUA) e publicado
na revista científica Injury
Preventin. A pesquisa ob-
servou que jovens que
bebem mais de cinco latas
da bebida por semana são
significativamente mais
propensos a ter atitudes
violentas.
O estudo baseou-se
em entrevistas com 1.878
adolescentes de 14 a 18
anos, de 22 escolas públi-
cas da cidade americana
de Boston. Os jovens foram
classificados em duas ca-
tegorias: “baixo consumo”,
até quatro latas por sema-
na; e “alto consumo”, mais
de cinco latas por semana.
Essas atitudes foram ava-
liadas junto a outros fatores
que poderiam influir nos
resultados, como gênero,
consumo de álcool e taba-
co e as horas de sono.
Como resultado, ape-
nas 23% dos que bebiam
uma ou nenhuma lata de
refrigerante por semana
responderam que se acha-
vam agressivos. Já entre
aqueles que bebiam mais
de 14 latas por semana, o
Graças a genialidade,
visão criativa e artística de
sua diretora, Julie Taymor,
este musical supera todas
as expectativas. Com
sua presença marcante e
colorida em cena, O REI
LEÃO transporta o es-
pectador para o exotismo
africano e é um marco
no mundo do entreteni-
mento. Sua inovação na
concepção artística, espe-
cialmente no gênero mu-
sical, torna simplesmente
impossível que alguém
assista o espetáculo e
fique indiferente.
O REI LEÃO é um mu-
sical excepcional, fruto
da união de talentos mu-
sicais e teatrais reconhe-
cidos em todo o mundo
e da fusão das mais so-
fisticadas disciplinas das
artes cênicas africanas,
ocidentais e asiáticas.
Visto por quase 65 mi-
lhões de espectadores e
49,90 reais), do jornalista
Juliano Barreto.
Além do humor, o artista
fez fama na música. Ganhou
discos de ouro com Os Ori-
ginais do Samba, produziu
três álbuns-solo, foi diretor de
harmonia da Mangueira e as-
sinou a trilha sonora de filmes
dos Trapalhões. Ainda hoje,
seus bordões no programa,
como “cacildis”, estampam
camisetas e inspiram até mar-
ca de cerveja, como a Biritis,
criada por um de seus flhos,
Sandro Gomes.
Livro sobre Mussum
traz episódios da vida
do artista na capital
E a produção dessas três
substâncias ajuda a, respecti-
vamente, diminuir o colesterol
ruim, controlar a pressão san-
guínea, e fortalecer o sistema
de defesa do corpo.
“Os químicos que produ-
zimos durante um estresse
emocional podem sair pelas
lágrimas”, explica Frey. “Es-
tresse não aliviado aumenta
o risco de infarto e danifica
certas áreas do cérebro. A
habilidade humana de chorar
tem um valor de sobrevivên-
cia”, conclui.
Chorar faz bem a
saúde, diz estudo
Velozes e Furiosos 7
vai estrear no Brasil an-
tes dos Estados Unidos
mas também para fazermos
o melhor filme de Velozes e
Furiosos”.
A “família Velozes e Fu-
riosos”, como o grupo de Vin
Diesel e companhia se intitula,
também escreveu sobre a au-
sência de Walker. “Nossa famí-
lia é grande e forte, mas nunca
mais estará completa sem o
Paul. Todos nós queríamos
criar um filme especial para ele
e acreditamos que temos”.
Tem mais novidade: Velo-
zes e Furiosos 7 deve ser lan-
çado no Brasil em 26 de março,
uma semana antes da estreia
nos Estados Unidos.
O Rei Leão,
o marco da Broadway
ganhador de 70 prêmios,
este incrível musical com
mais de 15 anos no palco
da Broadway conta com
canções de Elton John e
Tim Rice e a música de
Lebo M. e Hans Zimmer.
Um espetáculo único
e repleto de valores fa-
miliares, demonstrando
o envolvimento de cada
um de nós com as nossas
raízes. O REI LEÃO faz
o espectador repensar o
peso de cada uma de nos-
sas ações e o efeito que
elas têm sobre o nosso
ambiente, assim como a
importância de sentir que
pertencemos a um grupo
e como isso molda o nos-
so destino. É também um
hino de respeito e amor
pela natureza.
“Quando o espírito hu-
mano visivelmente anima
um objeto, nós experi-
mentamos uma conexão
muito especial, quase
como gerar uma vida. Nos
envolve tanto o método de
contar a história, como a
própria história.” JULIE
TAYMOR
Local: Teatro Renault -Av.
Brigadeiro Luís Antônio,
411 ? Bela Vista.
Sessões (Dias e Horá-
rios): Quartas, Quintas e
Sextas, às 21h, Sábados,
às 16h e 21h e Domingos,
às 14h e 18h30.
Duração do espetáculo:
Duas horas e 25 minu-
tos, com 20 minutos de
intervalo.
Capacidade: 1.530 luga-
res.
Classificação etária indi-
cativa: Livre.
Menores de 12 anos: per-
mitida a entrada (acom-
panhados dos pais ou
responsáveis legais).
Ingressos: De R$ 50,00 a
R$ 280,00.
Muito refrigerante pode causar
agressividade em adolescentes
número chegava a 43%. A
proporção daqueles que
tiveram condutas violentas
com os companheiros au-
mentava de 15% naqueles
que quase não bebiam re-
frigerantes para 27% entre
os que bebiam 14 ou mais
por semana ou cinco latas
por dia.
Os pesquisadores acre-
ditam que a agressividade
dos adolescentes observa-
da na pesquisa está ligada
ao açúcar e à cafeína,
componentes presentes na
maioria dos refrigerantes,
mas é necessário fazer
mais estudos para provar
essa relação.
Bebida também
envelhece
Os efeitos negativos
dos refrigerantes não são
observados apenas em
adolescentes. Uma pesqui-
sa da Universidade de Har-
vard, dos Estados Unidos,
apresenta os altos níveis
de fosfato encontrados na
bebida como um dos fa-
tores de aceleramento do
envelhecimento precoce.
Segundo os pesquisa-
dores, elevados níveis de
fosfato podem acelerar os
sinais de envelhecimento,
aumentando a prevalência
de doenças relacionadas
com a idade, como doença
renal crônica e calcificação
cardiovascular, além de
induzir à atrofia muscular
e da pele.
Para chegar a tal con-
clusão, os pesquisadores
analisaram os efeitos do
nutriente em 200 voluntá-
rios e os resultados foram
surpreendentes: dos 200
voluntários avaliados du-
rante seis semanas de
pesquisa, 90 apresentaram
sinais de envelhecimento
celular após consumir dois
copos de refrigerante por
dia. Entre os participan-
tes, 60 tiveram sintomas
de doença renal e apenas
50 não sofreram nenhuma
alteração com a inges-
tão da bebida. De acordo
com os pesquisadores,
quando o fosfato entra no
organismo, reage com as
substancias responsáveis
pelo metabolismo celular
acelerando o processo de
envelhecimento.
O fosfato é encontra-
do naturalmente em al-
guns grãos, leite, gema do
ovo, mas é adicionado em
quantidades maiores em
refrigerantes, chocolates,
pirulitos, balas, doces in-
dustrializados, sorvetes,
ketchup, maionese e pratos
prontos, incluindo os con-
gelados.
3ª SEMANA
JULHO de 2014
Giro dos Famosos
Fique por dentro do mundo das celebridades
A maconha ajudou a
minha música, sempre
digo isso com toda a
certeza. A maconha me
ajudou pela criatividade,
pelo modo do seu uso.
Para o tipo de uso que
eu queria fazer, ela me
ajudou, sim
A maconha ajudou
a minha música
Gilberto Gil
Claudia Leitte comple-
tou, na quinta-feira (10), 34
anos e decidiu comemorar
a data com amigos em
uma boate em São Paulo,
durante a madrugada de
sexta-feira (11). A cantora
foi fotografada enquanto
chegava na Provocateur,
no Itaim Bibi, bairro nobre
da capital paulista.
Comemorando o Aniversário na noite
Nas redes sociais,
Claudia foi bombardeada
de mensagens e homena-
gens, tanto de fãs, quanto
de outros artistas. O primei-
ro famoso a se manifes-
tar foi o ator Eri Johnson.
“Cada foto, uma lembrança
boa, cada lembrança, uma
nova Saudade. Tenho por
você um amor muito bonito,
A atriz encheu a pequena
Bruna de beijos em um res-
taurante na tarde de sexta-
-feira.
Nívea Stelmann aprovei-
tou a tarde de sexta-feira para
almoçar com a filha, Bruna,
Paparicos com a filha
Nivea Stelmann
Exibindo os musculo
Léo SantanaClaudia Leitte
O ex-vocalista do Pa-
rangolé chamou atenção
dos seguidores com as
veias saltadas. Léo San-
tana está cada vez mais
musculoso e exibe com
orgulho o resultado de seus
treinos pesados na acade-
mia. Na quarta-feira (9), o
ex-vocalista do Parangolé
sinto orgulho de ser seu
amigo. Você é uma refe-
rência de amizade, simpli-
cidade, amor. Que Deus
continue te abençoando
e te iluminando cada vez
mais. Parabéns Craudilia
e tudoooooooo de melhor
pra você, te amo amiga”,
escreveu.
e o marido, Marcus Rocha,
no Rio de Janeiro. A atriz, de
40 anos, paparicou muito e
encheu a menina de beijos
e tudo foi registrado por um
paparazzo do lado de fora do
restaurante.
posou no melhor estilo O
Incrível Hulk depois de
mais um dia de exercícios,
deixando em evidência os
braços e peito definido,
além das veias saltadas.
“E aí, ja treinou hj?! #Es-
tiloLS #umanovahistoria
#falaréfacil #queroverse-
guirdieta #fkagrandepor-
ra #foco #saude #treino-
semprequeposso #fibrado
#evolução #melhoreimuito
#qualidade #traço #só-
bastaquerer #criticaréfacil
#mechamedelindo #amu-
lheradagosta #deusconos-
co #amomeusfãs #apoio-
dosamigos”, escreveu ele
em seu perfil do Instagram.
“Beijinho no ombro para
a preguiça, beijinho no om-
bro para o frio!”, Geisy Arru-
da escreveu em seu perfil no
Instagram, brincando com a
letra da música de Valesca
Popozuda.Aloira postou, na
sexta-feira (11) uma selfie
em que aparece malhando.
..barriguinha malhada
Geisy Arruda
Na foto, ela exibe a barri-
ga sequinha e a silhueta que
conquistou depois de per-
der 10 quilos em um mês.
Em maio deste ano, Geisy
revelou estar grávida, mas
no final do mês sofreu um
aborto espontâneo e perdeu
o bebê.
Decotes e pernas lindas
Fernanda Souza
Fernanda Souza posou
toda produzida para gravar
uma matéria para o Video
Show e decidiu mostrar no
Instagram o look escolhido
para o trabalho. A atriz, além
de caprichar na maquiagem,
escolheu um visual estam-
pado, que contava com um
decote estratégico e ainda
deixava as suas pernas tor-
neadas de fora.
3ª SEMANA
JULHO de 2014
Mulher
Quem possui fios longos
frequentemente se depara
com um problema: cheiro
ruim. Isso ocorre porque
o cabelo parece um imã
para odores como fumaça,
transpiração ou fritura e,
por mais que esteja limpo,
Um pouquinho de ci-
úmes não faz mal a nin-
guém, pelo contrário, é
normal e necessário, até
porque temos ciúmes até
das nossas coisas pesso-
ais, por que não teríamos
de quem amamos? O pro-
blema é quando o ciúme é
demais e você começa a
gerar outros problemas por
causa dele.
Lembro-me quando
tinha crises de ciúmes.
Ninguém na minha família
Controle seu ciúmes
e seja uma mulher segura
nem entre minhas amigas
sabia. Ficava tudo entala-
do dentro de mim. Olhava
para o Renato sorrindo e
brincando com as minhas
amigas e aquilo come-
çava a me dar um nó na
barriga… Será que ele vai
se apaixonar por elas?
Será que ele pensa nelas
quando estamos juntos?
Quanto mais eu pensava
nas possibilidades do que
poderia estar acontecendo,
mais raiva eu tinha dele,
até que chegava a hora de
explodir.
Isso durou por muitos
anos até que eu saí do meu
casulo.
Apessoa só tem ciúmes
demais no relacionamento
quando ela se acha inferior
às outras pessoas. Era
assim que eu me via: infe-
rior ao meu marido. Fazia
dele o sol do meu planeta,
girava minha vida ao redor
dele. Só quando consegui
me enxergar e reconhecer
o meu valor é que entendi
que ninguém poderia tirar
o meu lugar.
Enquanto você se sente
inferior, qualquer coisa ou
pessoa é capaz de pegar o
seu lugar no mundo. E com
esse medo dentro de você,
a única maneira de se pro-
teger é ter crises de ciúmes
– gritar, ficar emburrada,
fazer cenas – qualquer
coisa que chame atenção
de volta para você, o ser
menorzinho da área…
Quando você se vê di-
ferente, não precisa mais
chamar atenção, porque
você já chama atenção.
A mulher segura de si é
atraente não só porque
ela consegue se valorizar,
mas também porque ela
consegue ser o melhor de
si mesma.
Saia do seu casulo e
mostre para todos a bor-
boleta que você é. E caso
seu parceiro queira lhe
trair mesmo, quem estará
perdendo é ele.
Cristiane Cardoso
Perfume neutraliza odores
impregnados no cabelo
Fragrâncias florais são as mais indicadas pois não
brigam com o cheiro do perfume tradicional
não vai cheirar bem se o
ambiente não ajudar. Para
minimizar essa situação,
a orientação dos profis-
sionais é carregar sempre
na bolsa o Hair Mist, uma
espécie de perfume que,
além de neutralizar, deixa
o cabelo cheiroso.
Porém, é preciso ficar
atenta para o aroma não
brigar com o perfume tra-
dicional. Esse motivo torna
as fragrâncias frescas e
florais as mais indicadas,
porque dão a impressão
de “recém-saído do ba-
nho”, com cheiro de cabelo
limpo.
Borrife no cabelo
seco ou úmido
Os perfumes para cabe-
lo não ressecam e algumas
fórmulas também trazem
propriedades hidratantes
e conferem brilho imediato.
Como uma espécie de lea-
ve in, eles também selam a
cutícula e, por isso, evitam
o frizz. Os cabeleireiros in-
dicam borrifar a substância
a uma distância de aproxi-
madamente 20 centímetros
dos fios secos ou úmidos.
É importante moderar, no
entanto, para que o cheiro
não fique enjoativo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jornal Paraná Notícias
Jornal Paraná NotíciasJornal Paraná Notícias
Jornal Paraná NotíciasEd Claudio Cruz
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 06
Jornal Cidade - Ano I - Nº 06Jornal Cidade - Ano I - Nº 06
Jornal Cidade - Ano I - Nº 06Jornal Cidade
 
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021 EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021 Afonso Pena
 
EDIÇÃO 357 DE 04 DE DEZEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 357 DE 04 DE DEZEMBRO DE 2019EDIÇÃO 357 DE 04 DE DEZEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 357 DE 04 DE DEZEMBRO DE 2019Afonso Pena
 
Pronunciamento do deputado Carlos Santana pelos 163 Anos de Ipojuca
Pronunciamento do deputado Carlos Santana pelos 163 Anos de IpojucaPronunciamento do deputado Carlos Santana pelos 163 Anos de Ipojuca
Pronunciamento do deputado Carlos Santana pelos 163 Anos de Ipojucawilson firmo
 
EDIÇÃO 421 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2021
EDIÇÃO 421 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2021 EDIÇÃO 421 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2021
EDIÇÃO 421 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2021 Afonso Pena
 
EDIÇÃO 391 DE 22 DE JULHO DE 2020
EDIÇÃO 391 DE 22 DE JULHO DE 2020EDIÇÃO 391 DE 22 DE JULHO DE 2020
EDIÇÃO 391 DE 22 DE JULHO DE 2020Afonso Pena
 
Jornal opção especial online
Jornal opção especial onlineJornal opção especial online
Jornal opção especial onlineAlair Arruda
 
EDIÇÃO 368 DE 13 DE FEVEREIRO
EDIÇÃO 368 DE 13 DE FEVEREIRO EDIÇÃO 368 DE 13 DE FEVEREIRO
EDIÇÃO 368 DE 13 DE FEVEREIRO Afonso Pena
 
EDIÇÃO 396 DE 26 DE AGOSTO DE 2020
EDIÇÃO 396 DE 26 DE AGOSTO DE 2020EDIÇÃO 396 DE 26 DE AGOSTO DE 2020
EDIÇÃO 396 DE 26 DE AGOSTO DE 2020Afonso Pena
 
EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021JulianoPena4
 
EDIÇÃO 465 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 465 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2021EDIÇÃO 465 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 465 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2021JulianoPena4
 
EDIÇÃO 452 DE 17 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 452 DE 17 DE SETEMBRO DE 2021 EDIÇÃO 452 DE 17 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 452 DE 17 DE SETEMBRO DE 2021 JulianoPena4
 

Mais procurados (20)

Jornal Paraná Notícias
Jornal Paraná NotíciasJornal Paraná Notícias
Jornal Paraná Notícias
 
EDIÇÃO 304
EDIÇÃO 304EDIÇÃO 304
EDIÇÃO 304
 
EDIÇÃO 338
EDIÇÃO 338EDIÇÃO 338
EDIÇÃO 338
 
Jornal digital 11 10-17
Jornal digital 11 10-17Jornal digital 11 10-17
Jornal digital 11 10-17
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 06
Jornal Cidade - Ano I - Nº 06Jornal Cidade - Ano I - Nº 06
Jornal Cidade - Ano I - Nº 06
 
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021 EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
 
Aroeira200
Aroeira200Aroeira200
Aroeira200
 
EDIÇÃO 323
EDIÇÃO 323EDIÇÃO 323
EDIÇÃO 323
 
EDIÇÃO 357 DE 04 DE DEZEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 357 DE 04 DE DEZEMBRO DE 2019EDIÇÃO 357 DE 04 DE DEZEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 357 DE 04 DE DEZEMBRO DE 2019
 
Pronunciamento do deputado Carlos Santana pelos 163 Anos de Ipojuca
Pronunciamento do deputado Carlos Santana pelos 163 Anos de IpojucaPronunciamento do deputado Carlos Santana pelos 163 Anos de Ipojuca
Pronunciamento do deputado Carlos Santana pelos 163 Anos de Ipojuca
 
EDIÇÃO 421 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2021
EDIÇÃO 421 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2021 EDIÇÃO 421 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2021
EDIÇÃO 421 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2021
 
EDIÇÃO 391 DE 22 DE JULHO DE 2020
EDIÇÃO 391 DE 22 DE JULHO DE 2020EDIÇÃO 391 DE 22 DE JULHO DE 2020
EDIÇÃO 391 DE 22 DE JULHO DE 2020
 
Jornal opção especial online
Jornal opção especial onlineJornal opção especial online
Jornal opção especial online
 
EDIÇÃO 368 DE 13 DE FEVEREIRO
EDIÇÃO 368 DE 13 DE FEVEREIRO EDIÇÃO 368 DE 13 DE FEVEREIRO
EDIÇÃO 368 DE 13 DE FEVEREIRO
 
EDIÇÃO 396 DE 26 DE AGOSTO DE 2020
EDIÇÃO 396 DE 26 DE AGOSTO DE 2020EDIÇÃO 396 DE 26 DE AGOSTO DE 2020
EDIÇÃO 396 DE 26 DE AGOSTO DE 2020
 
EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021
 
Jornal digital 4622_seg_09032015
Jornal digital 4622_seg_09032015Jornal digital 4622_seg_09032015
Jornal digital 4622_seg_09032015
 
EDIÇÃO 465 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 465 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2021EDIÇÃO 465 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 465 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2021
 
EDIÇÃO 452 DE 17 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 452 DE 17 DE SETEMBRO DE 2021 EDIÇÃO 452 DE 17 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 452 DE 17 DE SETEMBRO DE 2021
 
ESPECIAL 313
ESPECIAL 313ESPECIAL 313
ESPECIAL 313
 

Destaque (8)

Raleste25
Raleste25Raleste25
Raleste25
 
Boletin
BoletinBoletin
Boletin
 
El argentino n# 2615 17 11-111
El argentino n# 2615 17 11-111El argentino n# 2615 17 11-111
El argentino n# 2615 17 11-111
 
Prensa
PrensaPrensa
Prensa
 
Folhinha de fátima
Folhinha de fátimaFolhinha de fátima
Folhinha de fátima
 
Globalization and national security
Globalization and national securityGlobalization and national security
Globalization and national security
 
Acontece agora ed334
Acontece agora ed334Acontece agora ed334
Acontece agora ed334
 
Ley11723 buenosaires
Ley11723 buenosairesLey11723 buenosaires
Ley11723 buenosaires
 

Semelhante a Folha 214

Semelhante a Folha 214 (20)

Folha 208
Folha 208Folha 208
Folha 208
 
Acontece agora ed335
Acontece agora ed335Acontece agora ed335
Acontece agora ed335
 
Diário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de GuarujáDiário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de Guarujá
 
Folha 216
Folha 216Folha 216
Folha 216
 
Jornal digital 4773_ter_13102015
Jornal digital 4773_ter_13102015Jornal digital 4773_ter_13102015
Jornal digital 4773_ter_13102015
 
Folha 212
Folha 212Folha 212
Folha 212
 
Jornal opção 179 colorido
Jornal opção 179 coloridoJornal opção 179 colorido
Jornal opção 179 colorido
 
Jornal digital 4799_qui_19112015
Jornal digital 4799_qui_19112015Jornal digital 4799_qui_19112015
Jornal digital 4799_qui_19112015
 
Ermelino 196
Ermelino 196Ermelino 196
Ermelino 196
 
Jornal Ipiranga - Dezembro 2019
Jornal Ipiranga - Dezembro 2019Jornal Ipiranga - Dezembro 2019
Jornal Ipiranga - Dezembro 2019
 
Abril 2018
Abril 2018Abril 2018
Abril 2018
 
Jornal Ipiranga seu Estilo de Vida / Janeiro
Jornal Ipiranga seu Estilo de Vida / Janeiro Jornal Ipiranga seu Estilo de Vida / Janeiro
Jornal Ipiranga seu Estilo de Vida / Janeiro
 
Jornal Tribuna Regional 75 1 a 15 de junho de 2013
Jornal Tribuna Regional 75 1 a 15 de junho de 2013Jornal Tribuna Regional 75 1 a 15 de junho de 2013
Jornal Tribuna Regional 75 1 a 15 de junho de 2013
 
O dia - MDB QUER EXPULSÃO DE LUCIANO BARBOSA
O dia - MDB QUER EXPULSÃO DE LUCIANO BARBOSAO dia - MDB QUER EXPULSÃO DE LUCIANO BARBOSA
O dia - MDB QUER EXPULSÃO DE LUCIANO BARBOSA
 
350 (5)
350 (5)350 (5)
350 (5)
 
Acontece agora ed334
Acontece agora ed334Acontece agora ed334
Acontece agora ed334
 
Diário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de GuarujáDiário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de Guarujá
 
EDIÇÃO 331
EDIÇÃO 331EDIÇÃO 331
EDIÇÃO 331
 
JORNAL DO SERTÃO EDIÇÃO 105 NOVEMBRO 2014
JORNAL DO SERTÃO EDIÇÃO 105 NOVEMBRO 2014JORNAL DO SERTÃO EDIÇÃO 105 NOVEMBRO 2014
JORNAL DO SERTÃO EDIÇÃO 105 NOVEMBRO 2014
 
Folha 209 cópia
Folha 209   cópiaFolha 209   cópia
Folha 209 cópia
 

Mais de cocopequeno007 (20)

Acontece Agora edição 397
Acontece Agora edição 397Acontece Agora edição 397
Acontece Agora edição 397
 
Jornal Folha do Itaim & Curuçá - Edição 253
Jornal Folha do Itaim & Curuçá - Edição 253Jornal Folha do Itaim & Curuçá - Edição 253
Jornal Folha do Itaim & Curuçá - Edição 253
 
Jornal Acontece Agora - Edição 396
Jornal Acontece Agora - Edição 396Jornal Acontece Agora - Edição 396
Jornal Acontece Agora - Edição 396
 
Jornal de Ermelino & Ponte Rasa - Edição 222
Jornal de Ermelino & Ponte Rasa - Edição 222Jornal de Ermelino & Ponte Rasa - Edição 222
Jornal de Ermelino & Ponte Rasa - Edição 222
 
Jornal Acontece Agora - Edição 395
Jornal Acontece Agora - Edição 395Jornal Acontece Agora - Edição 395
Jornal Acontece Agora - Edição 395
 
Ermelino 225
Ermelino 225Ermelino 225
Ermelino 225
 
Ermelino 222
Ermelino 222Ermelino 222
Ermelino 222
 
Acontece 395
Acontece 395Acontece 395
Acontece 395
 
Folha 237
Folha 237Folha 237
Folha 237
 
Guaianás 120
Guaianás 120Guaianás 120
Guaianás 120
 
Ermelino 209
Ermelino 209Ermelino 209
Ermelino 209
 
Guaianas 117
Guaianas 117Guaianas 117
Guaianas 117
 
Folha 234
Folha 234Folha 234
Folha 234
 
Folha 233
Folha 233Folha 233
Folha 233
 
Ermelino 205
Ermelino 205Ermelino 205
Ermelino 205
 
Acontece 379
Acontece 379Acontece 379
Acontece 379
 
Guaianas 115
Guaianas 115Guaianas 115
Guaianas 115
 
Folha 332
Folha 332Folha 332
Folha 332
 
Ermelino 204
Ermelino 204Ermelino 204
Ermelino 204
 
Acontece 378
Acontece 378Acontece 378
Acontece 378
 

Último

ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 

Folha 214

  • 1. Aconteceu neste do- mingo, 20/07, no Espaço Vidralume, à Rua Grapirá, 668, na Vila Curuça, a Fes- ta Julina do Lar Luiza Neris. O evento foi realizado com o intuito de angariar fundos para a manutenção do Lar, que cuida de crianças de 0 a 7 anos, e que tem sede à Rua Ivoturucaia, 431. “A gente vem na festa, se diverte e ainda ajuda o Lar” disse-nos o Sr. Anto- nio, enquanto apreciava um espeto de churrasco. “Aqui no espaço coberto ficou muito legal, o tempo está meio frio e aqui po- demos ver as crianças se divertindo e a gente pode apreciar uma canjica e um delicioso bolo e claro, ajudar o Lar, que tanto precisa.”, afirma a SraAna, Como em toda festa Junina, Pág 05 3ª SEMANA DE JULHO DE 2014ANO IX - N.o 214 www.folhadoitaimecuruca.com.br | raleste@gmail.com | Tel.: (11) 2031-2364 J o s é S e r r a (PSDB) e Gilberto Kassab (PSD) en- frentarão Eduardo Suplicy (PT), que A disputa de ‘pesos-pesados’ pelo Senado em SP está há mais de uma década na cadeira numa acirrada disputa no Es- tado A disputa pela vaga única de senador por São Paulo nas eleições de outubro reunirá três nomes de peso: além do atual ocupante da ademyrrodrigues-julhode2014 Festa Julina do Lar Luiza Neris em prol das crianças !! Escola de samba, axé, passistas e rock and roll: veja o que passou e o que passou longe do Alckmin quer estender bonus O melhor e o pior da cerimônia de encerramento do Mundial Maracanã na cerimônia que antecedeu Alema- nha x Argentina. Você se preparou psi- cologicamente todos os dias do último mês para o soar dos últimos “o- -eaaaaa...” Leia na pg 05 Para recuperar nível das represas, governa- dor irá prolongar descon- to de 30% na conta para quem gastar menos. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta quinta-feira que pretende prolongar o desconto de 30% aos consumidores que... Leia na pg 04 cadeira, Eduardo Su- plicy (PT), ingressaram na campanha o ex-go- vernador José Serra (PSDB) e... leia pag 04 Fotos:EduardoRocha
  • 2. Diretor Executivo: Jornalistas (fl): Diretor de Arte: Designer Gráfico Reporter Fotográfico: Fotografo Teen: Revisora: Gerente Financeiro: Depto. Jurídico: Distrib./Logistica: 35 mil exemplares Divaldo Rosa Silmara Galvão Nunes-MTb 51.096 Sérgio Avante Ademir Rodrigues Eduardo Rocha Bruno Barreto Rosa Prof. Suseli Corumba Rosa Ademir Rodrigues Agilson M. Oliveira MULTI - Distrib. de Jornais e Folhetos As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. REDAÇÃO E PUBLICIDADE Fone/Fax: 2031-2364 / 2513-0928 Av. dos Guachos, 166 - 08030-360 - Vila Curuçá – SP www.aconteceagora.com.br | E-mail: raleste@gmail.com A marca Folha do Itaim existe a 42 anos, sendo 9 anos sob a direção do Grupo Acontece de Jornais e Revistas. CIRCULAÇÃO: Itaim Paulista, Vl Curuçá, Jd Robrú, Alto Tiete (Itaquá, Poá, Ferraz de Vasconcelos e Suzano) Um veículo do GRUPO ACONTECE de Jornais e Revistas SUB PREF. DO ITAIM PAULISTA Av. Marechal Tito, 3012 Itaim Paulista-SP BANCA DO VALDO Av. Marechal Tito, 4800 Itaim Paulista-SP BANCA KM 28 Av. Marechal Tito, 5868 Itaim Paulista-SP BANCA MARECHAL 4400 Av. Marechal Tito, 4400 Itaim Paulista-SP BANCA NAGUMO Pç Francisco Pereira, 80 Vl Curuçá-SP REVISTARIA CAVOA Av. Cavoá, 425 Vl. Curuçá-SP BANCA KM28 Av. Marechal Tito, 5868 Itaim Paulista-SP 3ª SEMANA JULHO de 2014 Atualidade Cerca de quatro milhões de alunos matriculados na rede estadual de ensino retornam às aulas na na segunda-feira (14). Isso por- que, neste ano, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo optou por ante- cipar o recesso do meio do ano para junho em função dos jogos da Copa do Mun- do.Amudança no calendário não compromete os 200 dias letivos previstos em lei, afir- ma a Diretoria Regional de Ensino de Sorocaba (SP). Com o novo cronogra- ma, alunos, professores e servidores também terão uma semana de recesso em outubro, entre os dias 13 e 20. A pausa foi definida para evitar um possível desgaste com um segundo semestre mais longo. O término das aulas está previsto para a segunda quinzena de de- A população tem feito uma média de 13 denúncias de falta de água por dia em São Paulo, segundo o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor). O governo estadual nega que haja racionamento. Nos últimos 14 dias, o instituto recebeu 178 relatos de falha no abastecimento de água na Grande São Paulo. A maioria das queixas é de falta de água todos os dias (76%), no período da noite (74%). Também há relatos de interrupção no abastecimento pela manhã e à tarde e em mais de uma vez por dia. Mais da metade das pessoas que fizeram denúncias mora nas zonas oeste ou norte da capital paulista. A Sabesp informa que “não há rodízio, racionamen- to e restrição de consumo em nenhum dos 365 municí- pios operados pela Sabesp no Estado de São Paulo”. Campanha Em 26 do mês passado, o Idec lançou a campanha “Tô sem água”, para saber onde, com qual frequência e em qual período tem ocorrido falta de água na Grande São Paulo. Com a contribuição do consumidor,o Idec irá cobrar mais transparência dos órgãos responsáveis --governo estadual e Sabesp (Companhia de Sanema- ento Básico do Estado de São Paulo)-- e vamos exigir eventuais providências da Alunos da rede estadual de ensino retornam às aulas zembro. Amudança no calendário foi comunicada à rede com antecedência e segue sem interferências nas 91 Dire- torias Regionais de Ensino de São Paulo. Matrículas antecipadas Estarão abertas, as ma- trículas do Ensino Funda- mental para o primeiro se- mestre de 2015. O cadastro é necessário para quem quer entrar na rede pública, municipal ou estadual, no próximo ano. A inscrição dos alunos que já frequentam as unida- des de ensino é automática. O período de matrículas para o Ensino Médio está marcado para o fim de agos- to e é direcionado aos estu- dantes que se encontram fora da rede e àqueles que desejam retomar os estudos em 2015. População faz 13 denúncias de falta de água por dia em SP Arsesp (Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo)”, informa a entidade. A campanha vai até 31 deste mês. Para fazer a denúncia, é preciso acessar o site da campanha e preen- cher um formulário. Antes da campanha, a instituição informa que rece- bia reclamações pontuais de falta de água, sem precisar a quantidade. “O Idec acredita que se o racionamento está mesmo acontecendo, ele precisa ser feito de maneira responsá- vel, igualitária e transparente para toda população”, afirma o instituto. Há exatos 15 anos André Franco Montoro nos deixava. Um homem que deixaria sau- dades não apenas aos corre- ligionários do partido que aju- dou a fundar – PSDB –, mas a todo o povo brasileiro, que hoje desfruta de um legado construído ao longo de uma vida dedicada ao trabalho em Montoro, uma vida dedicada ao bem do coletivo Paulo Tokuzumi prol do bem coletivo. Naquele dia 14 de julho de 1999, aos 83 anos, Montoro nos deixou após sofrer uma parada cardíaca, quando em- barcava para o México, onde participaria de um congresso sobre economia. Sua conduta foi sempre pautada pelo com- promisso com a democracia e com o desenvolvimento do país, exercido até seu último dia de vida. Fervoroso defensor da participação da sociedade nas decisões políticas, tanto na Câmara dos Deputados como no Senado, Montoro assumiu, em 1983, o governo do Estado de São Paulo, em meio a um cenário de reces- são nacional, com alto índice de desemprego e inflação. Mostrou que um governo de sucesso não se faz com apenas um nome e sim com uma equipe afinada, que tem como principal característica o espírito público. Pensando assim, permitiu o ingresso na vida pública de homens com- petentes e comprometidos e a consequente formação de novos quadros na política brasileira, que mais tarde se revelaria essencial para o exercício da democracia. À frente de seu tempo, já apresentava preocupação com um problema anunciado há 15 anos: a estiagem, uma realidade que hoje desafia as condições climáticas. Criou, então, a primeira secretaria de Meio Ambiente, expandiu a rede de água e esgoto e foi responsável por inúmeras obras de infraestrutura no Estado, entre elas a abertura de milhares de quilômetros de estradas vicinais e a amplia- ção do metrô. Montoro foi um dos princi- pais articuladores da conquis- ta do estado democrático de direito no país, incentivando a instituição de diversos me- canismos de participação popular na política. Muitos deles garantidos pela Consti- tuição de 1988, sendo um dos mais emblemáticos o direito ao voto direto e secreto, com igual valor para todos. Falar sobre Montoro nes- ta data é tão oportuno para lembrar também do objetivo que deve inspirar diariamen- te a todos nós, gestores e homens públicos: o com- promisso com o desenvolvi- mento sustentável do país e Montoro oferta de qualidade de vida à população, especialmente neste momento em que se aproxima mais uma grande festa da democracia, durante anos defendida por ele. Paulo Tokuzumi (PSDB) é prefeito da cidade de Suzano.
  • 3. 3ª SEMANA JULHO de 2014 Comunidade Nesse mês de Julho, acon- tece a mostra “Passagem para o Japão”, na Biblioteca Municipal Roberto Santos, no Ipiranga. O local é conhecido pela prática de exibir filmes gratuitos à população. O local exibe o clássico de 1959, “Hiroshima, meu amor”, de Alain Resnais, às 19h. E, no domingo, às 16h, o filme “Encontros e desencontros”, de Sofia Coppola. No sábado, a partir das 14h, os moradores da zona Sul poderão participar do “Sarau Crepuscular”, com a leitura de poemas, no Paço Cultural Júlio Guerra. Ainda no sábado às 19h, o público da zona Norte que curte uma boa roda de samba, está convidado para o “Vira- do à paulista – Encontro das Artes”, no Calçadão da Casa de Cultural Salvador Ligabue, na Freguesia do Ó. Oficinas Culturais Diariamente, as Casas de Cultura, espalhadas por várias regiões da cidade, pro- movem cursos e oficinas gra- tuitas para todos os públicos. Para aqueles que querem aprender uma nova ativida- de física, a Casa de Cultura Antônio Marcos, em São Miguel Paulista tem Oficina de Karaté, às segundas e Os serviços são realizados diariamente de acordo com a solicitação dos munícipes Os serviços de poda de árvores acontecem diaria- mente na região de Itaim Paulista/Vila Curuçá para evitar quedas e problemas com a fiação elétrica, sendo assim havendo necessidade na solicitação do munícipe a Unidade de Áreas Verdes autoriza a poda ou remoção total da árvore e após alguns dias a equipe responsável realiza o serviço. Lembrando que para a so- licitação dos serviços de poda A Fundação Tide Setubal realiza o VIII Encontro de Cultura Caipira. O evento, aberto e gratuito, acontece nos dias 25, 26 e 27 de julho, sexta, sábado e domingo, no CDC Tide Setubal em São Miguel Paulista.Aintenção do Encontro de Cultura Caipira é, por meio da música, dança e culinária típicas, valorizar a riqueza da cultura brasileira, levando a centenas de pes- soas as diversas expressões afrodescendente, caiçara e caipira, entre outras. Nesta edição, o tema será “Chegadas e Partidas” e con- tará com uma programação repleta de muita música, brin- cadeiras e apresentações de Filmes gratuitos e roda de samba são algumas das programações culturais de São Paulo Capoeira, karaté e dança de salão estão entre as oficinas gratuitas quartas-feiras, às 19h30, e de Capoeira, promovidas todas as quartas, às 18h30. Ainda na zona Leste, a Casa de Cultura São Mateus oferece Oficina de Recicla- gem, que desenvolvem traba- lhos manuais com materiais recicláveis. As aulas aconte- cem todas as terças-feiras a partir das 9h. Se você curte dançar, a dica é a Oficina de Dança de Salão, que mescla diversos ritmos de forró, samba de gafieira, rock anos 50/60, com o objetivo de interagir com público de todas as idades de maneira descontraída. Subprefeitura São Miguel Paulista Oficina de karaté Quando? Todas as segundas e quartas Horário: 19h30 às 21h Local: Casa de Cultura Antonio Marcos Endereço: Rua Irineu Bonardi, 169 - Vila Pedroso. Fone: 2297-9177 Subprefeitura São Mateus Oficina de Reciclagem Quando? Todas as terças-feiras Horário: 9h às 11h Local: Casa de Cultura São Mateus Endereço: Rua José Francisco dos Santos, 502 - Jardim Tietê Fone: 3793-1071 Subprefeitura Itaim Paulista/ Vila Curuçá realiza poda e remoção de árvores na região e remoção de árvores, é ne- cessário primeiramente entrar em contato com a Prefeitura pelo telefone 156, através do site:http://sac.prefeitura. sp.gov.br/ ou comparecer pes- soalmente à Praça de Atendi- mento da Subprefeitura, que fica localizada na Avenida Marechal Tito, 3012 - Bairro de Itaim Paulista. Aoperação está acontecendo nos seguintes locais: *Av. Academia de São Paulo, 161 *Rua Gouveia de Proença, 60 *Rua Craval *Rua Treze Tílias, 2 VIII Encontro de Cultura Caipira reúne atrações da cultura popular na ZL grupos tradicionais. ”É preciso refletir como esses homens e mulheres chegam até a cidade e trazem suas experi- ências ligadas a terra. A ideia é despertar um novo olhar do público e mostrar a intercultu- ralidade entre campo e cida- de. E ainda, pensar um pouco sobre o deslocamento dessas pessoas para a cena urbana e de como suas culturas estão presentes dentro das grandes cidades”, Inácio Pereira dos Santos Neto, organizador do encontro e coordenador de cultura da Fundação Tide Setubal. Os três dias de eventos contarão com uma série de manifestações da cultura po- pular como congadas, mara- catu, grupos de catira, violei- ros, trio de forró, jongo, dentre outros. Barracas de comidas típicas, jogos e brincadeiras como pescaria e argola para crianças, corrida de saco, ovo na colher e perna de lata completam a programação. Dentre as principais atra- ções estão o Trio Rastapé Flor de Moçambê, Jongo Mistura da Raça de São Jose dos Campos, Maracatu do Baque Virado com Porto de Luanda e Cordão de Boros, orquestra de viola Piracicabana, desafio de Cururu com ciclo Garoto e Amigos, Jabuticaqui ritmo e tradição, Grupo de Catira Botas de Ouro, entre outros. Além disso, durante os três dias, acontecerão contação de história e oficina de cons- trução de brinquedos. Serviço: CDC TIDE SETUBAL Dias 25, 26 e 27 de julho 25/07 das 17h às 22hs 26 e 27 de julho das 14h às 22h Local: Rua Mario Dallari, 170 – Jardim São Vicente – São Miguel Paulista I n f o r m a ç õ e s : 2 0 2 5 - 5500/2025-5505 Programação VIII Encontro de Cultura Caipira 2014 Sexta-feira, 25 de julho 17h - Trio Rastapé Flor de Muçambê 19h - Viola a Três 21h - Jongo Mistura da Raça de São José dos Campos Sábado, 26 de julho Animação com Trio Rastapé Flor de Muçambê 17h – Maracatu do Baque Virado com Porto de Luanda e Cordão de Bonecos com a co- bra Bernuncia - personagem do Boi de Mamão de Santa Catarina. Participação dos Alunos da EMEF Almirante Pedro de Frontim 18h - Sucatas Ambulantes 20h - Banda Municipal de Embu das Artes 21h - Orquestra de Viola Pi- racicabana Domingo, 27 de julho 17h - Animação com os san- foneiros do Trio Rastapé Flor de Muçambê 18h – Quadrilha do CDC 19h – Jabuticaqui Ritmo e Tradição 20h – Grupo de Catira Botas de Ouro 21hs – Desafio de Cururu com Cido Garoto e amigos Apartir das 17h, barracas com Comidas Típicas, Bebidas e Brincadeiras. Todos os dias Oficina de Construção de Brinquedos e Contação de Histórias. Sexta-feira, às 19h e às 21h, Sábado, às 17h e às 20h, Domingo às 18h e às 20h
  • 4. 3ª SEMANA JULHO de 2014 Opinião & Política José Serra (PSDB) e Gil- berto Kassab (PSD) enfren- tarão Eduardo Suplicy (PT), que está há mais de uma década na cadeira numa acirrada disputa no Estado Adisputa pela vaga única de senador por São Paulo nas eleições de outubro reunirá três nomes de peso: além do atual ocupante da cadeira, Eduardo Su- plicy (PT), ingressaram na campanha o ex-governador José Serra (PSDB) e o ex- -prefeito da capital paulista Gilberto Kassab (PSD). O cenário, alterado de última hora, faz desta a mais con- corrida campanha paulista ao Senado, após 24 anos de mandatos consecutivos de Suplicy. Antes mesmo de Serra assumir a candidatura, Suplicy já esperava que a disputa acabaria polarizada entre ele e o tucano: “Já es- perava que o Serra se candi- datasse quando saiu a pes- quisa Datafolha”, disse em conversa com jornalistas. A pesquisa a que o petista se refere foi realizada no início de junho e mostrou o tucano em vantagem, ainda que sua candidatura não fosse oficial à época. Serra apareceu com 41% das intenções de voto, e Suplicy marcou 32% – o nome de Kassab não foi testado na ocasião. Pelo menos dois fatores tornam a disputa mais com- plicada para Suplicy desta vez: a menor exposição na TV e a perda do favoritis- Para recuperar nível das represas, governador irá pro- longar desconto de 30% na conta para quem gastar me- nos. O governador de São Pau- lo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta quinta-feira que pretende prolongar o descon- to de 30% aos consumidores que continuarem economizan- do água. O bônus na conta de quem consumir menos deverá ser mantido também no perí- odo de chuvas, previsto para os meses de setembro e ou- tubro. “O bônus vai continuar, inclusive estamos estudando prolongá-lo mesmo no perí- odo das chuvas para poder recuperar as represas”, afir- mou Alckmin, durante visita Quem quer votar mas es- tará fora do domicílio eleitoral tem de se cadastrar. Nessa modalidade, eleitor pode votar só para presidente da República. Eleitores que estejam fora do domicílio eleitoral no dia 5 de outubro, mas mesmo assim queiram votar poderão solicitar a partir de terça-feira (15) e até 21 de agosto, em qualquer cartório eleitoral do país, habi- litação para o voto em trânsito. A partir da eleição deste ano, é possível votar em trânsito nos municípios brasileiros com mais de 200 mil eleitores. Na eleição de 2010, só era possí- vel nas capitais. O voto em trânsito é permi- Como os pais podem incentivar seus filhos a desempenharem ativida- des de aprendizagem no recesso escolar? Todos os anos é a mes- ma coisa, acabam as aulas e as crianças só querem saber de brincar, correr com os amigos pra cima e pra baixo ou ficar o dia todo com seus aparelhos eletrônicos. As férias são um período em que a crian- ça sai da sua rotina normal e um momento pelo qual ela possui tempo livre para fazer atividades de lazer que durante o ano letivo, ficam de lado devido à falta de tempo ocasionada pelas tarefas escolares. O que muitos pais não sabem é que este intervalo também pode ser usado para que seus filhos deem continui- dade ao aprendizado com atividades lúdicas como lei- turas e passeios históricos. No dia a dia, diante do excesso de atividades roti- neiras, muitas vezes pode faltar espaço na agenda das crianças para ativida- des diferentes e as férias é um momento propício para isso. Segundo a Diretora do Colégio Itatiaia, Cláudia A disputa de ‘pesos-pesados’ pelo Senado em SP mo para Serra. Condição decisiva para o tucano ter aceitado integrar a chapa do governador Geraldo Al- ckmin (PSDB), o tempo de televisão deve ser dividido de forma equilibrada entre os três principais candida- tos ao Senado, com ligeira vantagem para Kassab. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) ainda definirá o espa- ço a que cada candidato terá direito no horário eleitoral, mas Kassab deve aparecer, em cada bloco de propagan- da, por cerca de 2 minutos e 50 segundos; Serra terá 2 minutos e 20 segundos; e Suplicy, 2 minutos e dois segundos. A propaganda na TV deve ser uma das principais armas de Serra e de Kassab. Outro fator pesou na de- cisão de Serra: Suplicy não deu a largada na campanha como favorito ao cargo, como ocorreu em 2006, quando partiu de mais de 30 pontos de vantagem nas pesquisas de intenção de voto, ante o então concor- rente pelo PFL (atual DEM) Guilherme Afif Domingos. A ex-vice-prefeita paulistana Alda Marco Antonio concor- reu pelo PMDB na chapa de Orestes Quércia. Oito anos depois, Afif e Alda figuram na cúpula do PSD, aliados a Gilberto Kassab. Afif foi o candidato que chegou mais perto de tirar Suplicy do Senado, desde que o petista foi eleito pela primeira vez, em 1990. Há oito anos,Suplicy já sofreu uma desidratação ao longo da campanha e superou Afif por uma diferença de ape- nas 4,1% dos votos válidos (774.626 votos), pouco me- nos do que a votação obtida pela terceira colocada, Alda Marco Antonio, que recebeu 4,9% dos válidos ou 929.179 votos. Apesar de discreta, a votação de Alda seria a diferença necessária para uma vitória de Afif – assim como ele, a quercista obteve seus melhores resultados no interior paulista, sobretudo na região administrativa de Franca. Afif conquistou votos dispersos no interior e no litoral norte, mas não conseguiu vencer nas prin- cipais cidades das regiões metropolitanas de São Pau- lo, Campinas e na Baixada Santista. Suplicy dominou as áreas de maior densida- de eleitoral do Estado. Só na capital paulista obteve 622.179 votos a mais que Afif, o equivalente a 80% de sua vantagem sobre o adversário. Como de praxe, a votação dos senadores acompanhou o desempenho eleitoral dos candidatos a governador. A diferença é que Suplicy sagrou-se vito- rioso em cidades-chave da Grande São Paulo, mesmo nas que Serra, então can- didato ao governo paulista, superouAloizio Mercadante, candidato petista ao Palácio dos Bandeirantes. Alckmin quer estender bônus para quem economizar água ao interior paulista. Alckmin afirmou não ver “necessidade” na aplicação de multa aos moradores que consumirem água em exces- so porque houve boa adesão à campanha pelo uso racional da água. Segundo o gover- nador, 91% da população de São Paulo passou a econo- mizar água. “Metade desses ganhou o bônus porque ul- trapassou 20% de economia, fazendo uso racional da água, e metade não atingiu, mas também reduziu”, afirmou. O desconto de 30% no valor da conta foi anunciado em março deste ano como medida emergencial por cau- sa do nível crítico do Sistema Cantareira. Nesta quinta-feira, o nível do reservatório chegou à marca de 18,7%, segundo as medições da Companhia de Saneamento Básico do Es- tado de São Paulo (Sabesp). Desse total, apenas 0,2% corresponde ao volume útil do sistema, que tem capacidade total de cerca de 1 trilhão de litros. A captação de água do volume morto, anunciada em 15 de maio pelo governo paulista, teve início em 4 de junho e fez com que o nível do Cantareira passasse de 8,2% para 26,7%. De lá para cá, contudo, houve queda de 8% no total de água armazenado no reservatório. Começa o prazo para eleitor que quiser pedir voto em trânsito tido apenas para presidente da República e possibilita que um eleitor que esteja fora da cida- de onde tem o título vote em outro município, mesmo sem ter solicitado a transferência do documento. Os eleitores que estejam fora do domicílio eleitoral e não optarem pelo voto em trânsito têm de comparecer a uma se- ção eleitoral no dia da eleição para justificar a ausência. Segundo resolução aprova- da pelo Tribunal Superior Elei- toral (TSE), para votação em trânsito em uma das cidades habilitadas, será preciso que ao menos 50 eleitores tenham manifestado interesse de votar naquela localidade. Para o voto em trânsito, o eleitor necessita apresentar documento oficial com foto em qualquer cartório e estar com a situação regular no cadastro eleitoral (não ter deixado de votar ou de justificar por três eleições consecutivas – cada turno é considerado uma elei- ção). Quem se habilita para o voto em trânsito só estará apto a votar na cidade que indicar e terá o nome excluído da lista da seção eleitoral de origem. É possível alterar ou cancelar a habilitação para o voto em trânsito até o dia 21 de agosto. O local exato onde os habi- litados para o voto em trânsito votarão será divulgado em 5 de setembro. Férias também é tempo de aprender! Fernanda Venelli Razuk, os pais podem estimular o desenvolvimento inte- lectual de seus filhos com atividades que ampliem os horizontes culturais e sa- beres diversos. “A criança poderá aprender através de passeios e atividades que sejam diferentes dos habituais: livros, cinema, teatro, passeios a lugares que estimulem a curiosida- de e a aquisição de novas vivências e conhecimen- tos”. Todos os ambientes podem ser explorados e aproveitados ao máximo, basta estar “de olho” no que oferecem de diferente e quais as oportunida- des de aprendizagem que proporcionam. Um ponto que Cláudia destaca, é a importância da leitura nas férias, fazer passeios que estimulem esta prática é essencial no período de recesso escolar. “Os pais podem incluir as livrarias no roteiro, para que a crian- ça possa escolher um livro de acordo com o seu gosto. Ir ao cinema ou ao teatro, escolhendo um título que também exista em versão escrita, para posterior- mente à ida ao espetáculo, fazer a releitura de forma divertida e analítica, com- parando os teores de cada um, também é recomen- dável” orienta. Justamente por ser uma atividade que melhora o raciocínio, a con- centração, a capacidade de comunicação e expressão, seja falada ou escrita, além da memorização de fatos e informações, é importante incluir a prática da leitura nas férias e, acima de tudo, os pais devem dar o exemplo. Se eles leem com frequência, muito provavel- mente os filhos também serão bons leitores. Outra atividade que deve ser permitida neste período, mas com cautela, é aquela que muitas crian- ças e adolescentes têm: ficar boa parte das férias na frente de computadores, TV, jogos eletrônicos e etc.. É importante ter bom senso em relação ao tempo em que os pequenos ficam em frente a uma telinha, esse período deve ser limitado, e mesclado com outras atividades divertidas e ricas em conhecimento. O período de férias não isenta a criança de algu- mas obrigações e respon- sabilidades. Tarefas diárias como arrumar o quarto, ajudar a mãe no que for necessário, tomar banho na hora certa, fazer lição de férias (se houver) devem ser preservadas, e fazem parte das responsabilida- des das crianças. Os pais devem orientar os filhos para que essas respon- sabilidades básicas sejam preservadas e cumpridas neste período.
  • 5. 3ª SEMANA JULHO de 2014 Copa Céu Curuçá O mau humor e o clima de terror propagado pela impren- sa brasileira – que difundiu as previsões pessimistas para os veículos de comunicação inter- nacionais – e pela oposição ao governo Dilma Rousseff (PT) teve efeito inverso. Pesquisa realizada pelo portal Uol, do grupo Folha, aponta que boa parte dos jornalistas estran- geiros vê a Copa do Mundo no Brasil como a melhor. O levantamento foi feito com 117 profissionais de co- municação que estão cobrindo o evento no Brasil. Do total de entrevistados, 38,5% conside- ram a competição sediada no País como a melhor já vista. Em segundo lugar vem a Copa rea- lizada na Alemanha, em 2006, com 19,7% das respostas, e em terceiro a da África do Sul, em 2010, que recebeu a apro- vação de 5,1% dos jornalistas entrevistados. Na quarta posição vem a Copa sediada nos Estados Uni- dos, em 1994, quando o Brasil recebeu o título de tetracam- peão, seguida por Itália-1990 (com 3,4% dos votos), Fran- ça-1998 (3,4%), Japão e Co- reia-2002 (3,4%), México-1986 (1,7%), México-1970 (1,7%) e Alemanha-1974 (0,9%). Entre os entrevistados, 1,7% não res- pondeu. Segundo a pesquisa, 16,2% dos profissionais disse- Escola de samba, axé, passistas e rock and roll: veja o que passou e o que passou longe do Maracanã na cerimônia que antecedeu Alemanha x Argentina. Você se preparou psico- logicamente todos os dias do último mês para o soar dos últimos “o-eaaaaa...” na sua televisão. Mas, ine- vitavelmente, o dia chegou: a Copa do Mundo dá seus últimos suspiros no Brasil e é chegada, também, a hora da cerimônia de encerramento da mesma. Recapitulando: a cerimô- nia de abertura foi bastante contestada pelos telespec- tadores e internautas, como você lembra.Teve playback esquisito, pessoas com fan- tasias estranhas, as calças do cantor Pitbull roubando a cena e (como esquecer) xingamentos à presidente Dilma Rousseff. No encerramento, a coisa foi diferente. Não, o campo O melhor e o pior da cerimônia de encerramento do Mundial do Maracanã não encheu, mas a torcida ficou (bem) mais animada com uma ce- rimônia que foi (bem) mais brasileira. Então, aos fatos: 1.Teve porta-bandei- ras Uma das principais recla- mações sobre a abertura foi que não, ela não represen- tava o Brasil. Então, dessa vez decidiram fazer para brasileiro nenhum colocar defeito. Alegorias em cam- po, o batuque da bateria da Grande Rio e... entraram 32 porta-bandeiras, cada uma com o pendão de um dos países participantes da competição. 2.Teve Shakira (mas meio “coberta” de- mais, dizem) O momento mais aguar- dado não demorou muito para chegar. Aos primeiros “la” de La la la, música da Copa que emplacou mais do que a oficial, a plateia se agitou no Maracanã para ver a diva (e mãe de todas as maria-chuteira deste mun- do - Salve, Piqué) Shakira arrasar no centro do campo. E ela mandou bem. Sem es- peculações sobre playback desta vez. 3. Teve cocar de papel Carlinhos Brown apa- receu com um cocar. Apa- rentemente feito de carto- lina. Sem mais no quesito “figurino de apresentação escolar”. 4. Teve sambadinha no solo de guitarra Ao fim do show de rebo- lado de Shakira, subiram ao palco Wyclef Jean, Carlos Santana e Alexandre Pires para tocar a música Dar um jeito. E, durante um solo de guitarra do mestre Santana, Alexandre Pires, mostrando senso de oportunidade, deu uma belíssima sambadinha. 5.Teve Ivete , Ivete entrou em campo com pompa e circunstân- cia, deu uma banda com o Fuleco e subiu ao palco para arrasar com um vestido verde.Foi a hora de todos cantarem juntos um medley de hits da morena. Teve Fes- ta, Sorte Grande e outros conhecidos do público. 6 .Teve famosos mil na platéia Dos futebolistas aos não futebolistas: teve Pelé, Can- navaro, Beckham, e teve Rihanna, Gisele (que levou a taça da Copa junto com Puyol para seu lugar no campo), Mick Jagger (que se recusou a dizer para quem torcia, graças a Deus), entre outros. Mídia Global Confirma: Brasil faz copa das copas ram estar cobrindo o primeiro Mundial. Há cerca de 20 dias, quando a Copa desse ano ainda não havia começado, seria prati- camente impossível prever os números que acabam de ser apresentados na mostra, tal a sensação propagada pelos grandes jornais brasileiros de que tudo daria errado.As obras inacabadas, dificuldades nos meios de transporte e até a previsão de uma epidemia de dengue eram destaques nos veículos da imprensa. Vê-se, porém, que depois da satisfação dos torcedores estrangeiros, que ressaltam com frequência a hospitalidade do povo brasileiro e a satisfação em conhecer o País – como podemos ver agora em reporta- gens diárias – que os jornalistas estrangeiros também conclu- íram que tudo não passou de um grande exagero. Torcedores estrangeiros afirmam que Copa no Brasil é a melhor de todas Com a experiência de oito mundiais, o irlandês Daniel Sheahan, de 55 anos, não pes- taneja: “a atual Copa do Mundo está sendo a melhor de todas”. A opinião de Sheahan é com- partilhada por diversos turistas que, como ele, já participaram de outras edições do torneio. “Não que tudo esteja per- feito. Em todas as copas às quais fui, houve algum tipo de problema, como preços altos, dificuldades com transporte ou roubos. Mas isso faz parte de um evento desse porte”, disse àAgência Brasil o irlandês, que já teve a mochila roubada em duas edições do torneio. “Isso foi na Copa da França, quando duas pessoas pegaram minha mochila e fugiram em uma moto, e na dos Estados Unidos, quando em um mo- mento de distração levaram minha mochila”, lembrou. “No caso da França, um amigo meu passou pelo mesmo problema. Ao que parece, era uma qua- drilha de motoqueiros especia- lizados nesse tipo de roubo”, acrescentou. Fã do futebol brasileiro, o ir- landês sempre deu preferência aos jogos do Brasil, mas nem sempre foi possível assisti-los, porque existem outros pon- tos de interesse. “Esta Copa realmente tem muitas coisas especiais. Compará-la à da África do Sul é até covardia – o barulho das vuvuzelas era insu- portável e estragava o clima do estádio. Para piorar, de todas as vuvuzelas saía muita saliva, o que era bastante preocupante porque a incidência de doenças como tuberculose é muito gran- de naquele país. Aconteceu neste domingo, 20/07, no Espaço Vidralume, à Rua Grapirá, 668, na Vila Curuça, a Festa Julina do Lar Luiza Neris. O evento foi reali- zado com o intuito de angariar fundos para a manutenção do Lar, que cuida de crianças de 0 a 7 anos, e que tem sede à Rua Ivoturucaia, 431. “A gente vem na festa, se diverte e ainda ajuda o Lar” disse-nos o Sr. Antonio, en- quanto apreciava um espeto de churrasco. “Aqui no espaço coberto ficou muito legal, o tempo está meio frio e aqui podemos ver as crianças se divertindo e a gente pode apreciar uma canjica e um delicioso bolo e claro, ajudar o Lar, que tanto precisa.”, afirma a Sra Ana, Festa Julina do Lar Luiza Neris em prol das crianças !! Como em toda festa Junina, não faltaram o milho cozido, a pipoca, canjica, a maçã do amor e deliciosos bolos, tam- bém puderam apreciar um deli- cioso churrasco e batatas fritas. As crianças divertiram-se com as barracas de pesca, de argolas e brinde surpresa. Já os adultos passaram horas alegres aos gritos de “bingo”, ao ganhar as prendas que eram sorteadas. A população compareceu e elogiou o evento. Alguns mem- bros do Moto clube Warriors e amigos também estavam presentes, divertindo-se e aju- dando o Lar. “A festa foi um sucesso e a renda vai ajudar muito, mas o Lar ainda precisa de apoio: doações de parceiros, pessoas físicas e jurídicas, são bem vin- das” disse-nos um dos diretores do Lar. O Lar Luiza Neris, já foi matéria do Jornal Folha do Itaim & Curuçá, e voltamos a informar que, se você tem a vontade de ajudar, entre em contato pelo telefone 2581-2324, ou você pode doar qualquer quantia, depositando na conta: Banco do Brasil, Ag. 1267-X c/c 54.237- 7 - Lar Luiza Neris Eduardo Rocha Fotos:EduardoRocha
  • 6. 3ª SEMANA JULHO de 2014 Variedades Embora tenha nascido no Rio de Janeiro e passado boa parte da vida por lá, Antonio Carlos Bernardes, o Mussum, possuía raízes paulistanas. Ele morou, casou-se e morreu na capital, em decorrência de problemas no coração — foi enterrado em 1994 no cemitério Congonhas. Vários momentos de suas andanças pela metrópole, como o início da carreira, na Rádio Record, em 1963, estão no recém- -lançado livroMussum Forévis — Samba, Mé e Trapalhões (Editora LeYa, 432 páginas, Depois da interrupção de quatro meses, por causa da morte de Paul Walker, as fil- magens de Velozes e Furiosos 7 terminaram hoje em Los Angeles. Caleb e Coby Walker, irmãos do ator, gravaram as últimas cenas do personagem de Paul, Brian O’Conner. A produção divulgou nota oficial agradecendo o apoio do fãs e à equipe técnica. “Houve um momento em que nós não sabíamos como poderíamos continuar ou até se deveríamos continuar. Mas nós ouvimos vo- cês (os fãs) e isso nos inspirou, não somente para continuar, É o que diz o bioquímico William Frey, da Universidade de Minnesota. Ele estuda a fundo os efeitos das nossas lágrimas. Em um de seus es- tudos, a equipe de Frey ava- liou o sistema imunológico, os níveis de estresse e raiva, e o humor dos chorões. E chorar melhorou o humor de quase 90% dos voluntários. Também fortaleceu o organismo deles e reduziu o estresse. Além disso, as lágrimas contêm altos níveis de mag- nésio, potássio e prolactina. Adolescentes que to- mam muito refrigerante estão mais propensos a ter comportamento agressivo e sofrer de estresse, diz um estudo feito por cien- tistas da Universidade de Boston (EUA) e publicado na revista científica Injury Preventin. A pesquisa ob- servou que jovens que bebem mais de cinco latas da bebida por semana são significativamente mais propensos a ter atitudes violentas. O estudo baseou-se em entrevistas com 1.878 adolescentes de 14 a 18 anos, de 22 escolas públi- cas da cidade americana de Boston. Os jovens foram classificados em duas ca- tegorias: “baixo consumo”, até quatro latas por sema- na; e “alto consumo”, mais de cinco latas por semana. Essas atitudes foram ava- liadas junto a outros fatores que poderiam influir nos resultados, como gênero, consumo de álcool e taba- co e as horas de sono. Como resultado, ape- nas 23% dos que bebiam uma ou nenhuma lata de refrigerante por semana responderam que se acha- vam agressivos. Já entre aqueles que bebiam mais de 14 latas por semana, o Graças a genialidade, visão criativa e artística de sua diretora, Julie Taymor, este musical supera todas as expectativas. Com sua presença marcante e colorida em cena, O REI LEÃO transporta o es- pectador para o exotismo africano e é um marco no mundo do entreteni- mento. Sua inovação na concepção artística, espe- cialmente no gênero mu- sical, torna simplesmente impossível que alguém assista o espetáculo e fique indiferente. O REI LEÃO é um mu- sical excepcional, fruto da união de talentos mu- sicais e teatrais reconhe- cidos em todo o mundo e da fusão das mais so- fisticadas disciplinas das artes cênicas africanas, ocidentais e asiáticas. Visto por quase 65 mi- lhões de espectadores e 49,90 reais), do jornalista Juliano Barreto. Além do humor, o artista fez fama na música. Ganhou discos de ouro com Os Ori- ginais do Samba, produziu três álbuns-solo, foi diretor de harmonia da Mangueira e as- sinou a trilha sonora de filmes dos Trapalhões. Ainda hoje, seus bordões no programa, como “cacildis”, estampam camisetas e inspiram até mar- ca de cerveja, como a Biritis, criada por um de seus flhos, Sandro Gomes. Livro sobre Mussum traz episódios da vida do artista na capital E a produção dessas três substâncias ajuda a, respecti- vamente, diminuir o colesterol ruim, controlar a pressão san- guínea, e fortalecer o sistema de defesa do corpo. “Os químicos que produ- zimos durante um estresse emocional podem sair pelas lágrimas”, explica Frey. “Es- tresse não aliviado aumenta o risco de infarto e danifica certas áreas do cérebro. A habilidade humana de chorar tem um valor de sobrevivên- cia”, conclui. Chorar faz bem a saúde, diz estudo Velozes e Furiosos 7 vai estrear no Brasil an- tes dos Estados Unidos mas também para fazermos o melhor filme de Velozes e Furiosos”. A “família Velozes e Fu- riosos”, como o grupo de Vin Diesel e companhia se intitula, também escreveu sobre a au- sência de Walker. “Nossa famí- lia é grande e forte, mas nunca mais estará completa sem o Paul. Todos nós queríamos criar um filme especial para ele e acreditamos que temos”. Tem mais novidade: Velo- zes e Furiosos 7 deve ser lan- çado no Brasil em 26 de março, uma semana antes da estreia nos Estados Unidos. O Rei Leão, o marco da Broadway ganhador de 70 prêmios, este incrível musical com mais de 15 anos no palco da Broadway conta com canções de Elton John e Tim Rice e a música de Lebo M. e Hans Zimmer. Um espetáculo único e repleto de valores fa- miliares, demonstrando o envolvimento de cada um de nós com as nossas raízes. O REI LEÃO faz o espectador repensar o peso de cada uma de nos- sas ações e o efeito que elas têm sobre o nosso ambiente, assim como a importância de sentir que pertencemos a um grupo e como isso molda o nos- so destino. É também um hino de respeito e amor pela natureza. “Quando o espírito hu- mano visivelmente anima um objeto, nós experi- mentamos uma conexão muito especial, quase como gerar uma vida. Nos envolve tanto o método de contar a história, como a própria história.” JULIE TAYMOR Local: Teatro Renault -Av. Brigadeiro Luís Antônio, 411 ? Bela Vista. Sessões (Dias e Horá- rios): Quartas, Quintas e Sextas, às 21h, Sábados, às 16h e 21h e Domingos, às 14h e 18h30. Duração do espetáculo: Duas horas e 25 minu- tos, com 20 minutos de intervalo. Capacidade: 1.530 luga- res. Classificação etária indi- cativa: Livre. Menores de 12 anos: per- mitida a entrada (acom- panhados dos pais ou responsáveis legais). Ingressos: De R$ 50,00 a R$ 280,00. Muito refrigerante pode causar agressividade em adolescentes número chegava a 43%. A proporção daqueles que tiveram condutas violentas com os companheiros au- mentava de 15% naqueles que quase não bebiam re- frigerantes para 27% entre os que bebiam 14 ou mais por semana ou cinco latas por dia. Os pesquisadores acre- ditam que a agressividade dos adolescentes observa- da na pesquisa está ligada ao açúcar e à cafeína, componentes presentes na maioria dos refrigerantes, mas é necessário fazer mais estudos para provar essa relação. Bebida também envelhece Os efeitos negativos dos refrigerantes não são observados apenas em adolescentes. Uma pesqui- sa da Universidade de Har- vard, dos Estados Unidos, apresenta os altos níveis de fosfato encontrados na bebida como um dos fa- tores de aceleramento do envelhecimento precoce. Segundo os pesquisa- dores, elevados níveis de fosfato podem acelerar os sinais de envelhecimento, aumentando a prevalência de doenças relacionadas com a idade, como doença renal crônica e calcificação cardiovascular, além de induzir à atrofia muscular e da pele. Para chegar a tal con- clusão, os pesquisadores analisaram os efeitos do nutriente em 200 voluntá- rios e os resultados foram surpreendentes: dos 200 voluntários avaliados du- rante seis semanas de pesquisa, 90 apresentaram sinais de envelhecimento celular após consumir dois copos de refrigerante por dia. Entre os participan- tes, 60 tiveram sintomas de doença renal e apenas 50 não sofreram nenhuma alteração com a inges- tão da bebida. De acordo com os pesquisadores, quando o fosfato entra no organismo, reage com as substancias responsáveis pelo metabolismo celular acelerando o processo de envelhecimento. O fosfato é encontra- do naturalmente em al- guns grãos, leite, gema do ovo, mas é adicionado em quantidades maiores em refrigerantes, chocolates, pirulitos, balas, doces in- dustrializados, sorvetes, ketchup, maionese e pratos prontos, incluindo os con- gelados.
  • 7. 3ª SEMANA JULHO de 2014 Giro dos Famosos Fique por dentro do mundo das celebridades A maconha ajudou a minha música, sempre digo isso com toda a certeza. A maconha me ajudou pela criatividade, pelo modo do seu uso. Para o tipo de uso que eu queria fazer, ela me ajudou, sim A maconha ajudou a minha música Gilberto Gil Claudia Leitte comple- tou, na quinta-feira (10), 34 anos e decidiu comemorar a data com amigos em uma boate em São Paulo, durante a madrugada de sexta-feira (11). A cantora foi fotografada enquanto chegava na Provocateur, no Itaim Bibi, bairro nobre da capital paulista. Comemorando o Aniversário na noite Nas redes sociais, Claudia foi bombardeada de mensagens e homena- gens, tanto de fãs, quanto de outros artistas. O primei- ro famoso a se manifes- tar foi o ator Eri Johnson. “Cada foto, uma lembrança boa, cada lembrança, uma nova Saudade. Tenho por você um amor muito bonito, A atriz encheu a pequena Bruna de beijos em um res- taurante na tarde de sexta- -feira. Nívea Stelmann aprovei- tou a tarde de sexta-feira para almoçar com a filha, Bruna, Paparicos com a filha Nivea Stelmann Exibindo os musculo Léo SantanaClaudia Leitte O ex-vocalista do Pa- rangolé chamou atenção dos seguidores com as veias saltadas. Léo San- tana está cada vez mais musculoso e exibe com orgulho o resultado de seus treinos pesados na acade- mia. Na quarta-feira (9), o ex-vocalista do Parangolé sinto orgulho de ser seu amigo. Você é uma refe- rência de amizade, simpli- cidade, amor. Que Deus continue te abençoando e te iluminando cada vez mais. Parabéns Craudilia e tudoooooooo de melhor pra você, te amo amiga”, escreveu. e o marido, Marcus Rocha, no Rio de Janeiro. A atriz, de 40 anos, paparicou muito e encheu a menina de beijos e tudo foi registrado por um paparazzo do lado de fora do restaurante. posou no melhor estilo O Incrível Hulk depois de mais um dia de exercícios, deixando em evidência os braços e peito definido, além das veias saltadas. “E aí, ja treinou hj?! #Es- tiloLS #umanovahistoria #falaréfacil #queroverse- guirdieta #fkagrandepor- ra #foco #saude #treino- semprequeposso #fibrado #evolução #melhoreimuito #qualidade #traço #só- bastaquerer #criticaréfacil #mechamedelindo #amu- lheradagosta #deusconos- co #amomeusfãs #apoio- dosamigos”, escreveu ele em seu perfil do Instagram. “Beijinho no ombro para a preguiça, beijinho no om- bro para o frio!”, Geisy Arru- da escreveu em seu perfil no Instagram, brincando com a letra da música de Valesca Popozuda.Aloira postou, na sexta-feira (11) uma selfie em que aparece malhando. ..barriguinha malhada Geisy Arruda Na foto, ela exibe a barri- ga sequinha e a silhueta que conquistou depois de per- der 10 quilos em um mês. Em maio deste ano, Geisy revelou estar grávida, mas no final do mês sofreu um aborto espontâneo e perdeu o bebê. Decotes e pernas lindas Fernanda Souza Fernanda Souza posou toda produzida para gravar uma matéria para o Video Show e decidiu mostrar no Instagram o look escolhido para o trabalho. A atriz, além de caprichar na maquiagem, escolheu um visual estam- pado, que contava com um decote estratégico e ainda deixava as suas pernas tor- neadas de fora.
  • 8. 3ª SEMANA JULHO de 2014 Mulher Quem possui fios longos frequentemente se depara com um problema: cheiro ruim. Isso ocorre porque o cabelo parece um imã para odores como fumaça, transpiração ou fritura e, por mais que esteja limpo, Um pouquinho de ci- úmes não faz mal a nin- guém, pelo contrário, é normal e necessário, até porque temos ciúmes até das nossas coisas pesso- ais, por que não teríamos de quem amamos? O pro- blema é quando o ciúme é demais e você começa a gerar outros problemas por causa dele. Lembro-me quando tinha crises de ciúmes. Ninguém na minha família Controle seu ciúmes e seja uma mulher segura nem entre minhas amigas sabia. Ficava tudo entala- do dentro de mim. Olhava para o Renato sorrindo e brincando com as minhas amigas e aquilo come- çava a me dar um nó na barriga… Será que ele vai se apaixonar por elas? Será que ele pensa nelas quando estamos juntos? Quanto mais eu pensava nas possibilidades do que poderia estar acontecendo, mais raiva eu tinha dele, até que chegava a hora de explodir. Isso durou por muitos anos até que eu saí do meu casulo. Apessoa só tem ciúmes demais no relacionamento quando ela se acha inferior às outras pessoas. Era assim que eu me via: infe- rior ao meu marido. Fazia dele o sol do meu planeta, girava minha vida ao redor dele. Só quando consegui me enxergar e reconhecer o meu valor é que entendi que ninguém poderia tirar o meu lugar. Enquanto você se sente inferior, qualquer coisa ou pessoa é capaz de pegar o seu lugar no mundo. E com esse medo dentro de você, a única maneira de se pro- teger é ter crises de ciúmes – gritar, ficar emburrada, fazer cenas – qualquer coisa que chame atenção de volta para você, o ser menorzinho da área… Quando você se vê di- ferente, não precisa mais chamar atenção, porque você já chama atenção. A mulher segura de si é atraente não só porque ela consegue se valorizar, mas também porque ela consegue ser o melhor de si mesma. Saia do seu casulo e mostre para todos a bor- boleta que você é. E caso seu parceiro queira lhe trair mesmo, quem estará perdendo é ele. Cristiane Cardoso Perfume neutraliza odores impregnados no cabelo Fragrâncias florais são as mais indicadas pois não brigam com o cheiro do perfume tradicional não vai cheirar bem se o ambiente não ajudar. Para minimizar essa situação, a orientação dos profis- sionais é carregar sempre na bolsa o Hair Mist, uma espécie de perfume que, além de neutralizar, deixa o cabelo cheiroso. Porém, é preciso ficar atenta para o aroma não brigar com o perfume tra- dicional. Esse motivo torna as fragrâncias frescas e florais as mais indicadas, porque dão a impressão de “recém-saído do ba- nho”, com cheiro de cabelo limpo. Borrife no cabelo seco ou úmido Os perfumes para cabe- lo não ressecam e algumas fórmulas também trazem propriedades hidratantes e conferem brilho imediato. Como uma espécie de lea- ve in, eles também selam a cutícula e, por isso, evitam o frizz. Os cabeleireiros in- dicam borrifar a substância a uma distância de aproxi- madamente 20 centímetros dos fios secos ou úmidos. É importante moderar, no entanto, para que o cheiro não fique enjoativo.