Vencendo a depressao

1.284 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.284
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vencendo a depressao

  1. 1. VENCENDO A DEPRESSÃO Procura-se o autor
  2. 2. Diante dos sofrimentos pelos quais passamos neste mundo, quantas vezes ficamos tristes, desanimados e quase sem forças para viver? Esses sofrimentos são aqueles causados pela perda de um ente querido; pelos problemas que vivem dentro de casa; pela perda do empre- go; pela falta de dinheiro pa- ra pagar nossas contas; ou até mesmo por estarmos doentes ou vermos um amigo enfer- mo.
  3. 3. Isso pode acontecer com qualquer pessoa. Para evitar isso, alguns conselhos: Mas aceitar essa situa- ção sem fazer nada para mudá-la, pode nos levar a piores con- seqüências.
  4. 4. Em primeiro lugar faça uma prece a Deus , pedindo mais luz para vencer as som- bras do caminho. Quando você estiver à beira do desânimo, procure fa- zer algo de bom, pois o bem que você fizer será para sempre uma força positiva em sua vida. Deus atende todas as rogativas sinceras, até mesmo do maior pecador deste mun- do.
  5. 5. Entre em contato com pessoas cuja conversação pos- sa melhorar o seu clima espi- ritual, ou telefone para algum amigo nesse sentido. Procure alguém da sua religião para desabafar e bus- car forças para sua alma cansa- da.
  6. 6. Recorde-se de que Jesus precisou também da ajuda do Cirineu para carregar a cruz até o calvário. Faça uma visita a um enfermo. Visite aquele parente ou aquela pessoa que se encontra, há muito tempo, numa cama.
  7. 7. Ao levar o confôrto da sua presença, você receberá, em contrapartida, o agradeci- mento silencioso dessas pes- soas que atravessam maiores sofrimentos que os seus.
  8. 8. Não se entregue à inér- cia e nem ao choro da lamen- tação, uma vez que isso enfra- quece, cada vez mais a sua resistência orgânica e espiri- tual, criando, certamente, doe n ças físicas e espirituais. Tenha fé e esperança, porque todos nós fomos cria- dos para vencer as lutas natu- rais da vida.
  9. 9. Deus não dá fardos pe- sados que não possamos car- regar. Enfim, leia um livro ed i ficante. Se você é espírita, bus- que conforto no Evangelho segundo o Espiritismo, de Al- lan Kardec, no capitulo V,
  10. 10. Bem-aventurados os Aflitos , ou então nas palavras de Jesus , registradas pelos Seus discípulos no Novo Tes- tamento da Bíblia . O que você não pode é parar. Ore, confie e trabalhe, porquanto Deus proverá o resto.
  11. 11. Imagem: Recebida por E-mail Texto: Gerson Simões Monteiro Presidente da União das Sociedades Espíritas do Estado do Rio de Janeiro Música: R. Clayderman - es oiseaux de la mer et du so Revisão: ubiratan143@oi.com.br Formatação: adsrcatyb@terra.com.br Site: www.momentos-pps.com.br Respeite os direitos autorais e de formatação.

×