SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 29
Baixar para ler offline
Não estás deprimido, estás distraído. Distraído em relação à vida que
distraído em relação à vida que te rodeia: a natureza, pássaros, flores,
céu, sol, nuvens , sons, cores, perfumes e sabores.
Não estás deprimido, estás distraído por não veres todas as pessoas em
sua volta, enquanto sofres por poucas pessoas.
Não estás deprimido, estás distraído por acreditares que perdeste algo.
Isso é impossível, porque tudo te foi emprestado.
Tú és dono apenas de si mesmo.
Não estás depressivo, estais distraídos com suas próprias preocupações
e daqueles que lhe cercam.Existem tantas coisas para experimentar, e a
nossa passagem pela terra é tão curta, que sofrer é uma perda de
tempo.
Não estás deprimido,
estás distraído por não
perceberes que a vida
não te tira coisas, mas
apenas alivia-te de
coisas, para voares mais
alto.
Do útero ao túmulo,
vivemos numa escola;
por isso, o que parecem
ser problemas, são
apenas lições para o
nosso aprendizado.
Não estás deprimido, nem muito velho ou muito novo para se
melhorar , pois cada novo dia é oportunidade para um novo
recomeço.
Não estás deprimido, estás desocupado.
Ajuda aquele que precisa de ti, pois chegará a tua vez de ser ajudado.
Te doas, sem medida , e receberás sem medida.
Não estais deprimido, você está distraído da vida, desocupado;você
deixou de amar os pássaros, as arvores os rios; deixou de perceber a
beleza da vida.
Não estais deprimido por perdas, pois não perdestes coisa alguma:
aquele que parte, apenas está adiantado em relação a nós, porque
todos vamos na mesma direção.
Não existe a morte... Apenas muda-se de lado e do outro lado, te
esperam todos os que precederam.
Não estais deprimidos por causa de problemas de saúde, pois se estais doente,
duas coisas podem acontecer:
Se as doença ganham, te libertas do corpo, que é cheio de necessidades
(fome, frio, sono, vontades razões, dúvidas).
Se tu vences as doenças, serás mais humilde, mais agradecido...portanto,mais
feliz e livre do enorme peso da culpa, da responsabilidade e da vaidade;
estarás mais disposto a viver cada instante profundamente, como deve ser.
Quando a vida te trouxer mil razões para chorar, mostra que tens mil e
uma razões para sorrir.
Qualquer um pode carregar seu fardo, embora pesado, até anoitecer.
Qualquer um pode fazer seu trabalho, embora árduo, por um dia.
Qualquer um pode viver mansamente, pacientemente, amistosamente,
até que o Sol se ponha. E isso é o que realmente a vida requer.
(Stevenson, escritor britânico)
O serviço prestado é uma forma segura de ser feliz, é uma forma de
gostar do outro, gostar da oportunidade de estar vivendo mais uma vez.
Ama até que te tornes o ser amado. Mais ainda, converte-te no próprio
amor.
Quando trazes crescimento para si mesmo, poderás compartilhar a vida
verdadeira com todos os outros.
Deus não te prometeu sol sem chuvas, dias sem dor,risos sem tristezas;
porém, Ele prometeu força para cada dia, consolo para as lágrimas e luz
para os caminhos.
Deus nos oferece a vida na Terra. Deus nos manda flores todas as
primaveras, um amanhecer todos os dias; tudo que é bom Deus nos dá
de presente.
Sejamos felizes com a oportunidade de viver na Terra. A felicidade não é
um direito, mas um dever ; porque se não procurarmos sentirmos
felizes pela oportunidade de viver , estaremos, também, levando
amargura a todos os nossos semelhantes.
Façamos tudo com plenitude e com amor e dessa forma , seremos
felizes com o que aquilo somos e com o que podemos vir a ser.
Deus nos tornou responsável por um ser humano: nós mesmos.
Cabe a nós conquistarmos a felicidade, liberdade e crescimento moral e
espiritual a cada dia.
Para não ter depressão, ame a si mesmo e ao outro, pois quem assim o
faz, será profundamente feliz, mesmo enfrentando problemas.
Texto Antidepressivo (Pelo espírito André Luiz)
Quando você se observar , à beira do desânimo , acelere o passo para
frente , proibindo-se parar.
Ore , pedindo a Deus mais luz para vencer as sombras.
Faça algo de bom , além do cansaço em que se veja.
Leia uma página edificante , que lhe auxilie o raciocínio na mudança
construtiva de ideias.
Tente contato de pessoas , cuja conversação lhe melhore o clima
espiritual.
Procure um ambiente , no qual lhe seja possível ouvir palavras e
instruções que lhe enobreçam os pensamentos.
Preste um favor , especialmente aquele favor que você esteja adiando.
Visite um enfermo , buscando reconforto naqueles que atravessam
dificuldades maiores que as suas.
Atenda às tarefas imediatas que esperam por você e que lhe impeçam
qualquer demora nas nuvens do desalento.
Guarde a convicção de que todos estamos caminhando para adiante ,
através de problemas e lutas , na aquisição de experiência , e de que a
vida concorda com as pausas de refazimento das nossas forças , mas
não se acomoda com a inércia em momento algum.
Agradecer a Deus pelo bem que nos acontecer;
Agradecer a Deus pelo mal que nos deixou de acontecer;
Agradecer a Deus pelo mal que nos ocorreu...pois só nos acontece algo de ruim dentro das
nossas necessidades de aprendizagem e evolução.
Portanto, quando nos acontecer uma coisa desagradável , digamos:
-obrigado Pai, pois dessa dívida me libertei!
Palestra :Depressão na visão espírita; Divaldo Pereira Franco.
L.E Q.919. Qual o meio prático mais eficaz que tem o homem de se melhorar nesta vida e de
resistir à atração do mal?
“Um sábio da antigüidade vo-lo disse: Conhece-te a ti mesmo.”
a) - Conhecemos toda a sabedoria desta máxima, porém a dificuldade está precisamente em
cada um conhecer-se a si mesmo. Qual o meio de consegui-lo?
“Fazei o que eu fazia, quando vivi na Terra: ao fim do dia, interrogava a minha consciência,
passava revista ao que fizera e perguntava a mim mesmo se não faltara a algum dever, se
ninguém tivera motivo para de mim se queixar. Foi assim que cheguei a me conhecer e a ver o
que em mim precisava de reforma. Aquele que, todas as noites, evocasse todas as ações que
praticara durante o dia e inquirisse de si mesmo o bem ou o mal que houvera feito, rogando a
Deus e ao seu anjo de guarda que o esclarecessem, grande força adquiriria para se aperfeiçoar,
porque, crede-me, Deus o assistiria. Dirigi, pois, a vós mesmos perguntas, interrogai-vos sobre o
que tendes feito e com que objetivo procedestes em tal ou tal circunstância, sobre se fizestes
alguma coisa que, feita por outrem, censuraríeis, sobre se obrastes alguma ação que não
ousaríeis confessar. Perguntai ainda mais: “Se aprouvesse a Deus chamar-me neste momento,
teria que temer o olhar de alguém, ao entrar de novo no mundo dos Espíritos, onde nada pode
ser ocultado?”
“Examinai o que pudestes ter obrado contra Deus, depois contra o vosso próximo e, finalmente,
contra vós mesmos. As respostas vos darão, ou o descanso para a vossa consciência, ou a
indicação de um mal que precise ser curado.
Código para ser feliz
(Segundo mensagem do espirito de Joana de Angelis):
1º-Agradecer diariamente a alegria de viver na Terra, onde a cada dia, temos a
oportunidade de reparar nossos erros, como ensinava Santo Agostinho.
2º Procurar amar ao próximo -a maioria de nós quer ser amado. Entretanto,
o amor é como um bumerangue: primeiro ame -jogue o bumerangue- ele vai
voltar; não importa quando, nem como, mas ele vai voltar.
3º Procurar servir- a maioria de nós quer ser servido. Quem não aprendeu a
servir não aprendeu a viver
4º Discernir o que verdadeiramente é o mal: o mal que me fazem, não me faz
mal.
O mal que me faz mal é o mal que faço, porque me torna uma pessoa má de
verdade.
Se uma pessoa gosta menos de mim, eu continuo o mesmo.
Se alguém me elogia muito, eu continuo intrinsecamente o mesmo.
Entretanto quando somos nós que fazemos o mal, passamos a ser uma pessoa
má.
Quando você pensar que tem mil razões para chorar, mostre a você
mesmo que tem 2 mil razões para sorrir
A felicidade não é um direito, mas um dever; porque se não
fores feliz, estarás levando amargura para todos os teus vizinhos
Amarás ao próximo como a ti mesmo.
Reconcilia-te contigo, coloca-te frente ao espelho e pensa que esta
criatura que vês, é uma obra de Deus, e decide neste exato momento
ser feliz, porque a felicidade é uma aquisição.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Crystal shanta gabriel - conheca a si mesmo
Crystal   shanta gabriel - conheca a si mesmoCrystal   shanta gabriel - conheca a si mesmo
Crystal shanta gabriel - conheca a si mesmoFrancisco Baptista
 
Capítulo 5 Bem aventurados os aflitos
Capítulo 5 Bem aventurados os aflitosCapítulo 5 Bem aventurados os aflitos
Capítulo 5 Bem aventurados os aflitosRoberta Andrade
 
O perdão a luz da psicologia de jesus
O perdão a luz da psicologia de jesusO perdão a luz da psicologia de jesus
O perdão a luz da psicologia de jesuspmabonfim
 
Auto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpaAuto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpaLisete B.
 
6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-
6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-
6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-Wstallony Gomes
 
A cabana guia de estudo. 2
A cabana   guia de estudo. 2A cabana   guia de estudo. 2
A cabana guia de estudo. 2jair seixas
 
Renovando Atitudes com Jex
Renovando Atitudes com JexRenovando Atitudes com Jex
Renovando Atitudes com JexJefferson Xavier
 
O exercício do perdão
O exercício do perdãoO exercício do perdão
O exercício do perdãovaldirfas
 
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechadosEvangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechadosAntonino Silva
 
Campo de batalha da mente joyce meyer
Campo de batalha da mente   joyce meyerCampo de batalha da mente   joyce meyer
Campo de batalha da mente joyce meyerElton Vinicius
 
Renovando atitudes
Renovando atitudesRenovando atitudes
Renovando atitudesgrupodepais
 
A razde rejeiojoycemeyer
A razde rejeiojoycemeyerA razde rejeiojoycemeyer
A razde rejeiojoycemeyerDiana Machado
 
Livro dos espiritos cap. vi questoes 742 - 745 - flagelos destruidores: gue...
Livro dos espiritos   cap. vi questoes 742 - 745 - flagelos destruidores: gue...Livro dos espiritos   cap. vi questoes 742 - 745 - flagelos destruidores: gue...
Livro dos espiritos cap. vi questoes 742 - 745 - flagelos destruidores: gue...Antonio Braga
 

Mais procurados (20)

Crystal shanta gabriel - conheca a si mesmo
Crystal   shanta gabriel - conheca a si mesmoCrystal   shanta gabriel - conheca a si mesmo
Crystal shanta gabriel - conheca a si mesmo
 
A SEMENTE 4 novembro
A  SEMENTE  4 novembroA  SEMENTE  4 novembro
A SEMENTE 4 novembro
 
Capítulo 5 Bem aventurados os aflitos
Capítulo 5 Bem aventurados os aflitosCapítulo 5 Bem aventurados os aflitos
Capítulo 5 Bem aventurados os aflitos
 
Indulgencia
IndulgenciaIndulgencia
Indulgencia
 
Ingratidao
IngratidaoIngratidao
Ingratidao
 
O perdão a luz da psicologia de jesus
O perdão a luz da psicologia de jesusO perdão a luz da psicologia de jesus
O perdão a luz da psicologia de jesus
 
Auto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpaAuto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpa
 
Na luz da indulgência
Na luz da indulgênciaNa luz da indulgência
Na luz da indulgência
 
Palestra 1 perdão
Palestra 1 perdãoPalestra 1 perdão
Palestra 1 perdão
 
6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-
6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-
6481950 curando-feridas-emocionais-j-m-
 
A cabana guia de estudo. 2
A cabana   guia de estudo. 2A cabana   guia de estudo. 2
A cabana guia de estudo. 2
 
Renovando Atitudes com Jex
Renovando Atitudes com JexRenovando Atitudes com Jex
Renovando Atitudes com Jex
 
Jormi - Jornal Missionário n° 55
Jormi - Jornal Missionário n° 55Jormi - Jornal Missionário n° 55
Jormi - Jornal Missionário n° 55
 
O exercício do perdão
O exercício do perdãoO exercício do perdão
O exercício do perdão
 
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechadosEvangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
 
Campo de batalha da mente joyce meyer
Campo de batalha da mente   joyce meyerCampo de batalha da mente   joyce meyer
Campo de batalha da mente joyce meyer
 
Renovando atitudes
Renovando atitudesRenovando atitudes
Renovando atitudes
 
A razde rejeiojoycemeyer
A razde rejeiojoycemeyerA razde rejeiojoycemeyer
A razde rejeiojoycemeyer
 
As fases do perdão
As fases do perdãoAs fases do perdão
As fases do perdão
 
Livro dos espiritos cap. vi questoes 742 - 745 - flagelos destruidores: gue...
Livro dos espiritos   cap. vi questoes 742 - 745 - flagelos destruidores: gue...Livro dos espiritos   cap. vi questoes 742 - 745 - flagelos destruidores: gue...
Livro dos espiritos cap. vi questoes 742 - 745 - flagelos destruidores: gue...
 

Destaque (20)

Vacina contra depressão
Vacina contra depressãoVacina contra depressão
Vacina contra depressão
 
0106
01060106
0106
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Evangelho e Alegria - Emmanuel - Chico Xavier - Livro Roteiro
Evangelho e Alegria - Emmanuel - Chico Xavier - Livro RoteiroEvangelho e Alegria - Emmanuel - Chico Xavier - Livro Roteiro
Evangelho e Alegria - Emmanuel - Chico Xavier - Livro Roteiro
 
Visão medico e espirita da depressão
Visão medico e espirita da depressãoVisão medico e espirita da depressão
Visão medico e espirita da depressão
 
EM BUSCA DA FELICIDADE
EM BUSCA DA FELICIDADE EM BUSCA DA FELICIDADE
EM BUSCA DA FELICIDADE
 
Jesus e a Alegria de Viver - Nazareno Feitosa v.6
Jesus e a Alegria de Viver - Nazareno Feitosa v.6Jesus e a Alegria de Viver - Nazareno Feitosa v.6
Jesus e a Alegria de Viver - Nazareno Feitosa v.6
 
Felicidade Richard Simonetti 2
Felicidade Richard Simonetti 2Felicidade Richard Simonetti 2
Felicidade Richard Simonetti 2
 
Depressão - Marcelly e Marcilene
Depressão -  Marcelly e MarcileneDepressão -  Marcelly e Marcilene
Depressão - Marcelly e Marcilene
 
Transtornos mentais na visao espirita
Transtornos mentais na visao espiritaTranstornos mentais na visao espirita
Transtornos mentais na visao espirita
 
DEPRESSÃO
DEPRESSÃO DEPRESSÃO
DEPRESSÃO
 
No mundo tereis aflição
No mundo tereis afliçãoNo mundo tereis aflição
No mundo tereis aflição
 
Etenas licões de vida
Etenas licões de vidaEtenas licões de vida
Etenas licões de vida
 
Provas da pobreza e da riqueza
Provas da pobreza e da riquezaProvas da pobreza e da riqueza
Provas da pobreza e da riqueza
 
Tristeza e depressão
Tristeza e depressãoTristeza e depressão
Tristeza e depressão
 
A felicidade na visão espírita
A felicidade na visão espírita A felicidade na visão espírita
A felicidade na visão espírita
 
A Depressão
A DepressãoA Depressão
A Depressão
 
Saber Sofrer
Saber SofrerSaber Sofrer
Saber Sofrer
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundo
 
O Mapa da Felicidade
O Mapa da FelicidadeO Mapa da Felicidade
O Mapa da Felicidade
 

Semelhante a Não está deprimido, está distraído da vida

Felicidade E Infelicidade Relativa
Felicidade E  Infelicidade  RelativaFelicidade E  Infelicidade  Relativa
Felicidade E Infelicidade RelativaSergio Menezes
 
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06Patricia Farias
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 16 - Inquietação e Renovação
Série Evangelho no Lar - Cap. 16 - Inquietação e RenovaçãoSérie Evangelho no Lar - Cap. 16 - Inquietação e Renovação
Série Evangelho no Lar - Cap. 16 - Inquietação e RenovaçãoRicardo Azevedo
 
Aula 10 autoconhecimento
Aula 10   autoconhecimentoAula 10   autoconhecimento
Aula 10 autoconhecimentoFatoze
 
Francisco cândido xavier emmanuel - assim vencerás
Francisco cândido xavier   emmanuel - assim vencerásFrancisco cândido xavier   emmanuel - assim vencerás
Francisco cândido xavier emmanuel - assim vencerásFrancisco Baptista
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 80 - O "não" e a luta
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 80 - O "não" e a lutaEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 80 - O "não" e a luta
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 80 - O "não" e a lutaRicardo Azevedo
 
Reforma-Intíma-sem-martírio.pdf
Reforma-Intíma-sem-martírio.pdfReforma-Intíma-sem-martírio.pdf
Reforma-Intíma-sem-martírio.pdfDeniseTofanello
 
Conhecimento de si mesmo e beneficencia
Conhecimento de si mesmo e beneficenciaConhecimento de si mesmo e beneficencia
Conhecimento de si mesmo e beneficenciaAntonio Braga
 
O Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e ProgressoO Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e ProgressoCeile Bernardo
 
Minutos desabedoria
Minutos desabedoriaMinutos desabedoria
Minutos desabedoriajmpcard
 
Palestra técnicas de proteção-2.pptx
Palestra técnicas de proteção-2.pptxPalestra técnicas de proteção-2.pptx
Palestra técnicas de proteção-2.pptxssusere4feb1
 

Semelhante a Não está deprimido, está distraído da vida (20)

Felicidade E Infelicidade Relativa
Felicidade E  Infelicidade  RelativaFelicidade E  Infelicidade  Relativa
Felicidade E Infelicidade Relativa
 
Pps reflexão 2
Pps reflexão 2Pps reflexão 2
Pps reflexão 2
 
Deprimido
DeprimidoDeprimido
Deprimido
 
Mc52-artefinal
Mc52-artefinalMc52-artefinal
Mc52-artefinal
 
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 16 - Inquietação e Renovação
Série Evangelho no Lar - Cap. 16 - Inquietação e RenovaçãoSérie Evangelho no Lar - Cap. 16 - Inquietação e Renovação
Série Evangelho no Lar - Cap. 16 - Inquietação e Renovação
 
O poder liberador do perdão
O poder liberador do perdãoO poder liberador do perdão
O poder liberador do perdão
 
Aula 10 autoconhecimento
Aula 10   autoconhecimentoAula 10   autoconhecimento
Aula 10 autoconhecimento
 
Francisco cândido xavier emmanuel - assim vencerás
Francisco cândido xavier   emmanuel - assim vencerásFrancisco cândido xavier   emmanuel - assim vencerás
Francisco cândido xavier emmanuel - assim vencerás
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 80 - O "não" e a luta
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 80 - O "não" e a lutaEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 80 - O "não" e a luta
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 80 - O "não" e a luta
 
Terapias integrativas
Terapias integrativasTerapias integrativas
Terapias integrativas
 
Niver Paulo
Niver PauloNiver Paulo
Niver Paulo
 
Aula M1 (14 e 15 anos) (26/07/12) - Amor
Aula M1 (14 e 15 anos) (26/07/12) - AmorAula M1 (14 e 15 anos) (26/07/12) - Amor
Aula M1 (14 e 15 anos) (26/07/12) - Amor
 
Reforma-Intíma-sem-martírio.pdf
Reforma-Intíma-sem-martírio.pdfReforma-Intíma-sem-martírio.pdf
Reforma-Intíma-sem-martírio.pdf
 
Conhecimento de si mesmo e beneficencia
Conhecimento de si mesmo e beneficenciaConhecimento de si mesmo e beneficencia
Conhecimento de si mesmo e beneficencia
 
O Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e ProgressoO Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e Progresso
 
Minutos desabedoria
Minutos desabedoriaMinutos desabedoria
Minutos desabedoria
 
Gratidão
GratidãoGratidão
Gratidão
 
Estudos do evangelho 17
Estudos do evangelho 17Estudos do evangelho 17
Estudos do evangelho 17
 
Palestra técnicas de proteção-2.pptx
Palestra técnicas de proteção-2.pptxPalestra técnicas de proteção-2.pptx
Palestra técnicas de proteção-2.pptx
 

Mais de Dr. Walter Cury

Mais de Dr. Walter Cury (20)

Transtornos da mente e da alma
Transtornos da mente e da almaTranstornos da mente e da alma
Transtornos da mente e da alma
 
Plantio e colheita
Plantio e colheitaPlantio e colheita
Plantio e colheita
 
Pacificador
PacificadorPacificador
Pacificador
 
Espelhos da mente
Espelhos da menteEspelhos da mente
Espelhos da mente
 
Angustia
AngustiaAngustia
Angustia
 
Marchemos
MarchemosMarchemos
Marchemos
 
Eu, pacificador de minha vida
Eu, pacificador de minha vidaEu, pacificador de minha vida
Eu, pacificador de minha vida
 
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAISO TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
 
Instintos, sensações, emoções, sentimentos
Instintos, sensações, emoções, sentimentosInstintos, sensações, emoções, sentimentos
Instintos, sensações, emoções, sentimentos
 
Atribulações
AtribulaçõesAtribulações
Atribulações
 
Suicidio
SuicidioSuicidio
Suicidio
 
Força de vontade
Força de vontadeForça de vontade
Força de vontade
 
COMO FAZER A REFORMA ÍNTIMA
COMO FAZER A REFORMA ÍNTIMACOMO FAZER A REFORMA ÍNTIMA
COMO FAZER A REFORMA ÍNTIMA
 
Porque sofremos
Porque sofremosPorque sofremos
Porque sofremos
 
Corpos e saúde
Corpos e saúdeCorpos e saúde
Corpos e saúde
 
Transtornos mentais
Transtornos mentaisTranstornos mentais
Transtornos mentais
 
Como superar a dor e o sofrimento
Como superar a dor e o sofrimentoComo superar a dor e o sofrimento
Como superar a dor e o sofrimento
 
Alma, corpo físico e espiritual e as doenças
Alma, corpo físico e espiritual  e  as doençasAlma, corpo físico e espiritual  e  as doenças
Alma, corpo físico e espiritual e as doenças
 
Alma,mente, emoções, corpo
Alma,mente, emoções, corpoAlma,mente, emoções, corpo
Alma,mente, emoções, corpo
 
Se não quiseres saúde
Se não quiseres saúdeSe não quiseres saúde
Se não quiseres saúde
 

Último

RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiamaysa997520
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxCelso Napoleon
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaFranklinOliveira30
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoInsituto Propósitos de Ensino
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoInsituto Propósitos de Ensino
 

Último (11)

Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
 
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarística
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
 

Não está deprimido, está distraído da vida

  • 1.
  • 2. Não estás deprimido, estás distraído. Distraído em relação à vida que distraído em relação à vida que te rodeia: a natureza, pássaros, flores, céu, sol, nuvens , sons, cores, perfumes e sabores.
  • 3. Não estás deprimido, estás distraído por não veres todas as pessoas em sua volta, enquanto sofres por poucas pessoas.
  • 4. Não estás deprimido, estás distraído por acreditares que perdeste algo. Isso é impossível, porque tudo te foi emprestado. Tú és dono apenas de si mesmo.
  • 5. Não estás depressivo, estais distraídos com suas próprias preocupações e daqueles que lhe cercam.Existem tantas coisas para experimentar, e a nossa passagem pela terra é tão curta, que sofrer é uma perda de tempo.
  • 6. Não estás deprimido, estás distraído por não perceberes que a vida não te tira coisas, mas apenas alivia-te de coisas, para voares mais alto. Do útero ao túmulo, vivemos numa escola; por isso, o que parecem ser problemas, são apenas lições para o nosso aprendizado.
  • 7. Não estás deprimido, nem muito velho ou muito novo para se melhorar , pois cada novo dia é oportunidade para um novo recomeço.
  • 8. Não estás deprimido, estás desocupado. Ajuda aquele que precisa de ti, pois chegará a tua vez de ser ajudado. Te doas, sem medida , e receberás sem medida.
  • 9. Não estais deprimido, você está distraído da vida, desocupado;você deixou de amar os pássaros, as arvores os rios; deixou de perceber a beleza da vida.
  • 10. Não estais deprimido por perdas, pois não perdestes coisa alguma: aquele que parte, apenas está adiantado em relação a nós, porque todos vamos na mesma direção. Não existe a morte... Apenas muda-se de lado e do outro lado, te esperam todos os que precederam.
  • 11. Não estais deprimidos por causa de problemas de saúde, pois se estais doente, duas coisas podem acontecer: Se as doença ganham, te libertas do corpo, que é cheio de necessidades (fome, frio, sono, vontades razões, dúvidas). Se tu vences as doenças, serás mais humilde, mais agradecido...portanto,mais feliz e livre do enorme peso da culpa, da responsabilidade e da vaidade; estarás mais disposto a viver cada instante profundamente, como deve ser.
  • 12. Quando a vida te trouxer mil razões para chorar, mostra que tens mil e uma razões para sorrir.
  • 13. Qualquer um pode carregar seu fardo, embora pesado, até anoitecer. Qualquer um pode fazer seu trabalho, embora árduo, por um dia. Qualquer um pode viver mansamente, pacientemente, amistosamente, até que o Sol se ponha. E isso é o que realmente a vida requer. (Stevenson, escritor britânico)
  • 14. O serviço prestado é uma forma segura de ser feliz, é uma forma de gostar do outro, gostar da oportunidade de estar vivendo mais uma vez. Ama até que te tornes o ser amado. Mais ainda, converte-te no próprio amor.
  • 15. Quando trazes crescimento para si mesmo, poderás compartilhar a vida verdadeira com todos os outros.
  • 16. Deus não te prometeu sol sem chuvas, dias sem dor,risos sem tristezas; porém, Ele prometeu força para cada dia, consolo para as lágrimas e luz para os caminhos.
  • 17. Deus nos oferece a vida na Terra. Deus nos manda flores todas as primaveras, um amanhecer todos os dias; tudo que é bom Deus nos dá de presente.
  • 18. Sejamos felizes com a oportunidade de viver na Terra. A felicidade não é um direito, mas um dever ; porque se não procurarmos sentirmos felizes pela oportunidade de viver , estaremos, também, levando amargura a todos os nossos semelhantes.
  • 19. Façamos tudo com plenitude e com amor e dessa forma , seremos felizes com o que aquilo somos e com o que podemos vir a ser. Deus nos tornou responsável por um ser humano: nós mesmos. Cabe a nós conquistarmos a felicidade, liberdade e crescimento moral e espiritual a cada dia.
  • 20. Para não ter depressão, ame a si mesmo e ao outro, pois quem assim o faz, será profundamente feliz, mesmo enfrentando problemas.
  • 21. Texto Antidepressivo (Pelo espírito André Luiz) Quando você se observar , à beira do desânimo , acelere o passo para frente , proibindo-se parar. Ore , pedindo a Deus mais luz para vencer as sombras. Faça algo de bom , além do cansaço em que se veja. Leia uma página edificante , que lhe auxilie o raciocínio na mudança construtiva de ideias. Tente contato de pessoas , cuja conversação lhe melhore o clima espiritual. Procure um ambiente , no qual lhe seja possível ouvir palavras e instruções que lhe enobreçam os pensamentos.
  • 22. Preste um favor , especialmente aquele favor que você esteja adiando. Visite um enfermo , buscando reconforto naqueles que atravessam dificuldades maiores que as suas. Atenda às tarefas imediatas que esperam por você e que lhe impeçam qualquer demora nas nuvens do desalento. Guarde a convicção de que todos estamos caminhando para adiante , através de problemas e lutas , na aquisição de experiência , e de que a vida concorda com as pausas de refazimento das nossas forças , mas não se acomoda com a inércia em momento algum.
  • 23. Agradecer a Deus pelo bem que nos acontecer; Agradecer a Deus pelo mal que nos deixou de acontecer; Agradecer a Deus pelo mal que nos ocorreu...pois só nos acontece algo de ruim dentro das nossas necessidades de aprendizagem e evolução. Portanto, quando nos acontecer uma coisa desagradável , digamos: -obrigado Pai, pois dessa dívida me libertei! Palestra :Depressão na visão espírita; Divaldo Pereira Franco.
  • 24.
  • 25. L.E Q.919. Qual o meio prático mais eficaz que tem o homem de se melhorar nesta vida e de resistir à atração do mal? “Um sábio da antigüidade vo-lo disse: Conhece-te a ti mesmo.” a) - Conhecemos toda a sabedoria desta máxima, porém a dificuldade está precisamente em cada um conhecer-se a si mesmo. Qual o meio de consegui-lo? “Fazei o que eu fazia, quando vivi na Terra: ao fim do dia, interrogava a minha consciência, passava revista ao que fizera e perguntava a mim mesmo se não faltara a algum dever, se ninguém tivera motivo para de mim se queixar. Foi assim que cheguei a me conhecer e a ver o que em mim precisava de reforma. Aquele que, todas as noites, evocasse todas as ações que praticara durante o dia e inquirisse de si mesmo o bem ou o mal que houvera feito, rogando a Deus e ao seu anjo de guarda que o esclarecessem, grande força adquiriria para se aperfeiçoar, porque, crede-me, Deus o assistiria. Dirigi, pois, a vós mesmos perguntas, interrogai-vos sobre o que tendes feito e com que objetivo procedestes em tal ou tal circunstância, sobre se fizestes alguma coisa que, feita por outrem, censuraríeis, sobre se obrastes alguma ação que não ousaríeis confessar. Perguntai ainda mais: “Se aprouvesse a Deus chamar-me neste momento, teria que temer o olhar de alguém, ao entrar de novo no mundo dos Espíritos, onde nada pode ser ocultado?” “Examinai o que pudestes ter obrado contra Deus, depois contra o vosso próximo e, finalmente, contra vós mesmos. As respostas vos darão, ou o descanso para a vossa consciência, ou a indicação de um mal que precise ser curado.
  • 26. Código para ser feliz (Segundo mensagem do espirito de Joana de Angelis): 1º-Agradecer diariamente a alegria de viver na Terra, onde a cada dia, temos a oportunidade de reparar nossos erros, como ensinava Santo Agostinho. 2º Procurar amar ao próximo -a maioria de nós quer ser amado. Entretanto, o amor é como um bumerangue: primeiro ame -jogue o bumerangue- ele vai voltar; não importa quando, nem como, mas ele vai voltar. 3º Procurar servir- a maioria de nós quer ser servido. Quem não aprendeu a servir não aprendeu a viver 4º Discernir o que verdadeiramente é o mal: o mal que me fazem, não me faz mal. O mal que me faz mal é o mal que faço, porque me torna uma pessoa má de verdade. Se uma pessoa gosta menos de mim, eu continuo o mesmo. Se alguém me elogia muito, eu continuo intrinsecamente o mesmo. Entretanto quando somos nós que fazemos o mal, passamos a ser uma pessoa má.
  • 27. Quando você pensar que tem mil razões para chorar, mostre a você mesmo que tem 2 mil razões para sorrir
  • 28. A felicidade não é um direito, mas um dever; porque se não fores feliz, estarás levando amargura para todos os teus vizinhos
  • 29. Amarás ao próximo como a ti mesmo. Reconcilia-te contigo, coloca-te frente ao espelho e pensa que esta criatura que vês, é uma obra de Deus, e decide neste exato momento ser feliz, porque a felicidade é uma aquisição.