SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 37
ebd-betel.blogspot.com.br
Enfrentando o Sentimento de Solidão
Buscando orientações
Divinas e Bíblicas para o
tratamento de distúrbios
emocionais e outros
transtornos
Enfermidades da Alma II
1º Trimestre
Ano 2019
Lição 1 – Enfrentando e Vencendo as Adversidades
Lição 2 – Enfrentando o Sentimento de Solidão
Lição 3 – Tratando de Comportamentos Persistentes
de Desobediência
Lição 4 – Enfrentando o Transtorno do Sono
Lição 5 – Vencendo o Desespero e o Medo
Lição 6 – Enfrentando os Traumas da Vida
Lição 7 – Reconhecer e Lidar com Casos de Bipolaridade
Lição 8 – Lidando com a Instabilidade e
Hipersensibilidade Generalizadas
Lição 9 – Conhecendo a Distimia para ajudar os que
estão sofrendo
Lição 10 – Como Ajudar os que Sofrem com o Narcisismo
Lição 11 – Esgotamento Físico e Mental: Prevenção e
Tratamento
Lição 12 – Conhecendo e Lidando com os Transtornos
Alimentares
Lição 13 – Como Vencer a Desesperança
Explicar o que é a solidão
Mostrar a solidão como
“vazio existencial” e
“vazio cósmico”
Revelar como tratar a
solidão
❶
❷
❸
“mas aquele que beber da
água que eu lhe der nunca
terá sede, porque a água
que eu lhe der se fará nele
uma fonte de água que
jorre para a vida eterna.”
(João 4.14)
O ser humano, por ter
sido criado conforme a
imagem e semelhança
de Deus, é um ser
relacional.
10 – Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o
dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu
lhe pedirias, e ele te daria água viva.
11 – Disse-lhe a mulher: Senhor, tu não tens com que a
tirar, e o poço é fundo; onde, pois tens a água viva ?
15 – Disse-lhe a mulher: Senhor, dá-me dessa água, para
que não mais tenha sede e não venha aqui tirá-la.
16 – Disse-lhe Jesus: Vai, chama o teu marido, e vem cá.
17 – A mulher respondeu, e disse: Não tenho marido.
Disse-lhe Jesus: Disseste bem: Não tenho marido.
18 – Porque tiveste cinco maridos, e o que agora tens
não é teu marido; isto disseste com verdade.
João 4.10-11,15-18
Ore para que o Senhor cure
as feridas emocionais.
A história da mulher samaritana nos mostra que a
solidão é um sentimento que foge ao nosso
controle.
Talvez ela tenha
tentado fugir da
solidão, mas
percebe, ao
conversar com
Jesus, que não
havia conseguido.
A solidão não é apenas um estado de sentir-se só.
1.2 – O Perigo do Distanciamento Social
1.1 – Sozinho por Escolha Pessoal
1.3 – Sozinho em meio à multidão
Este sentimento vai além do desejo do individuo
querer uma companhia ou algo para entretê-lo.
Em certas situações, algumas pessoas, por escolha
própria, buscam estar sozinhas, por ser prazeroso e
por promover um estado de equilíbrio emocional.
Tal situação só poderá
ser vista como positiva
se o momento
escolhido puder ser
encerrado pela pessoa
na hora que ela quiser.
Neste caso o processo vivido não é de solidão, mas
de solicitude, um momento escolhido pelo
individuo para desfrutar de privacidade.
Em seu momento
de oração, o
próprio Cristo
buscou esta
privacidade.
As pessoas, ao longo da caminhada, experimentará
um estado de separação, produzindo sentimento de
abandono, rejeição, insegurança e ressentimento.
A continuidade deste
sentimento pode se
transformar em
enfermidade da alma ,
podendo levar a
pessoa a um
distanciamento social.
Por mais estranho que possa parecer; a solidão tem
crescido em cidades com um alto índice
demográfico.
Viver em locais
muito povoados
não garante a
ninguém de
estar livre desse
sentimento.
Muitos são os casos que, diante de grande numero de
pessoas, cidadãos se vêem como célebres anônimos,
sem nenhum tipo de relacionamento interpessoal.
A solidão é um dos principais contratempos
enfrentados por quem resolve morar sozinho.
Calcula-se que o
número de pessoas
solitárias alcançou o
índice de 10% da
população das
metrópoles na última
década.
2.2 – O Perigo da Vulnerabilidade
2.1 – Deus não quer nos ver só
2.3 – Preenchendo o “vazio cósmico”
Um estudo mais criterioso do ponto de vista
espiritual classifica a solidão como “vazio existencial”.
Este vazio é provocado pela ausência de
Deus na vida do indivíduo.
Deus criou o homem e sua companheira, fica
evidente na Bíblia que Deus é um ser relacional.
Deus relacionou
com o homem
antes da queda.
---x---
E planejou um meio
de relacionar com o
homem após a
queda no Éden.
A solidão diminui
nossa capacidade
de avaliação, nos
levando a aceitar
qualquer um como
amigo ou parceiro.
Quando alguém tem uma vida solitária pode ficar
vulnerável e, assim, vir a ser um alvo fácil para
pessoas mal-intencionadas.
ainda que
esteja ruim, a
ter que viver
sem ninguém
por perto.
Muitos sofrem com agressões de todo tipo, são
humilhados e explorados por entenderem que é
melhor ter uma companhia,
Solidão é
avaliada
como mais
arriscada do
que a
obesidade e
o fumo.
Pesquisas apontam que a solidão vem se tornando
um fator de risco para a saúde, sendo um fator
causador de morte prematura.
Foto : Superinteressante Abril
Podemos, metaforicamente, comparar a solidão a
um “vazio cósmico”,
o indivíduo que
sofre com a solidão
se afasta cada vez
mais, não
permitindo que as
pessoas possam
ajudá-lo.
Entretanto, ao perceber sua condição e buscar
ajuda profissional, poderá identificar o motivo que
o faz sentir-se só.
Hebreus 4:12 apresenta a
Palavra de Deus como espada,
capaz de penetrar o mais
profundo do nosso ser ... Ela
funcionará como remédio
para a solidão.
A mulher samaritana nos dá muitos motivos para
crermos que ela era alguém com um profundo
sentimento de solidão.
3.2 – Relacionamentos Frustrados
3.1 – O Primeiro Indício
3.3 – Não Reconhecer o Pecado
Ela estava sozinha no poço para pegar água.
Não tinha ninguém com quem conversar e nem
para ajudá-la a puxar o balde.
Uma mulher de
tantos
relacionamentos
e ainda assim
não tinha
ninguém por ela.
Assim, aquela mulher que tinha vivenciado tantos
relacionamentos conjugais, parece que sofria de
algum problema emocional,
visto que nenhum dos seus
maridos conseguiu preencher
o seu “vazio existencial”.
A existência
humana para
ser feliz deverá
sempre estar
atrelada ao
Criador
Jesus revelou a pluralidade de casamentos daquela
mulher. Mudar relacionamentos conjugais não é a
garantia de cura para a solidão.
Quanto mais se
tenta encontrar
alívio para a
solidão longe de
Jesus,
mais a pessoa
se aproxima
do pecado.
Na tentativa de se relacionar, aquela mulher contrai
um relacionamento impuro, passando a viver com
alguém que não era seu marido (João 4.18).
Torna-se
natural para
quem não
conhece a
Jesus (Jo 4.25),
A samaritana estava tão acostumada a trocar de
parceiro que não tomou por repreensão
as palavras do Mestre.
É justamente
este o perigo do
pecado.
dando-lhes a
oportunidade de
viverem, na
companhia de
Jesus Cristo,
como novas
criaturas
(2Co 5.17)
Não há dúvidas de que a propagação do evangelho
tem sido uma arma poderosa do Senhor Deus no
resgate de muitas pessoas que sofrem com o
sentimento de solidão,
1 - O que o próprio Deus identificou ?
R: Que não é bom para o homem viver só (Gn 2.18).
2 - Como o escritor aos Hebreus nos apresenta a Palavra de
Deus ? R: Como espada poderosa, capaz de penetrar o mais
profundo do nosso ser (Hb 4.12).
3 - Qual é o resultado de desfrutar da presença de Cristo ?
R: "Sucesso" em todas as áreas da nossa vida (Jo 15.5).
4 - Quem contraiu um relacionamento impuro, passando a
viver com alguém que não era seu marido ?
R: A mulher samaritana (Jo 4.18).
5 - Qual é o perigo do pecado ?
R: Torna-se natural para quem não conhece a Jesus (Jo 4.25).
ebd-betel.blogspot.com.br
Lição 3 – Tratando de Comportamentos
Persistentes de Desobediência
Deus Abençoe !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoA Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoMárcio Martins
 
Lição 3: A MORDOMIA DA ALMA E DO ESPÍRITO
Lição 3: A MORDOMIA DA ALMA E DO ESPÍRITOLição 3: A MORDOMIA DA ALMA E DO ESPÍRITO
Lição 3: A MORDOMIA DA ALMA E DO ESPÍRITOHamilton Souza
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaÉder Tomé
 
Lição 10 - O Processo da Salvação
Lição 10 - O Processo da SalvaçãoLição 10 - O Processo da Salvação
Lição 10 - O Processo da SalvaçãoÉder Tomé
 
Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadeIBMemorialJC
 
Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)Daniel Junior
 
Três campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualTrês campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualPaulo Roberto
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneMárcio Martins
 
Estudo sobre a FÉ - Parte 01
Estudo sobre a FÉ - Parte 01Estudo sobre a FÉ - Parte 01
Estudo sobre a FÉ - Parte 01Anderson Favaro
 
Lição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
Lição 12 – Vivendo em Constante VigilânciaLição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
Lição 12 – Vivendo em Constante VigilânciaÉder Tomé
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualÉder Tomé
 

Mais procurados (20)

A Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoA Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter Cristão
 
Lição 3: A MORDOMIA DA ALMA E DO ESPÍRITO
Lição 3: A MORDOMIA DA ALMA E DO ESPÍRITOLição 3: A MORDOMIA DA ALMA E DO ESPÍRITO
Lição 3: A MORDOMIA DA ALMA E DO ESPÍRITO
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
 
Lição 10 - O Processo da Salvação
Lição 10 - O Processo da SalvaçãoLição 10 - O Processo da Salvação
Lição 10 - O Processo da Salvação
 
O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015
O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015
O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015
 
FéFé
 
Símbolos do Espírito Santo
Símbolos do Espírito SantoSímbolos do Espírito Santo
Símbolos do Espírito Santo
 
Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
 
Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)
 
Personalidade carater ou teperamento
Personalidade   carater ou teperamentoPersonalidade   carater ou teperamento
Personalidade carater ou teperamento
 
Vida de oração
Vida de oraçãoVida de oração
Vida de oração
 
Os sete espíritos de Deus no Apocalipse
Os sete espíritos de Deus no ApocalipseOs sete espíritos de Deus no Apocalipse
Os sete espíritos de Deus no Apocalipse
 
Três campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualTrês campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritual
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
 
Estudo sobre a FÉ - Parte 01
Estudo sobre a FÉ - Parte 01Estudo sobre a FÉ - Parte 01
Estudo sobre a FÉ - Parte 01
 
O poder da oração
O poder da oraçãoO poder da oração
O poder da oração
 
Aprendendo sobre o Jejum
Aprendendo sobre o JejumAprendendo sobre o Jejum
Aprendendo sobre o Jejum
 
Lição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
Lição 12 – Vivendo em Constante VigilânciaLição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
Lição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
 
Intercessão e batalha espiritual
Intercessão e batalha espiritualIntercessão e batalha espiritual
Intercessão e batalha espiritual
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
 

Semelhante a Lição 2 - Enfrentando o Sentimento de Solidão

VIOLENCIA EMOCIONAL - MATEUS 5.docx
VIOLENCIA EMOCIONAL - MATEUS 5.docxVIOLENCIA EMOCIONAL - MATEUS 5.docx
VIOLENCIA EMOCIONAL - MATEUS 5.docxRaphaelSanches9
 
2 prevencao de suicidio com efeitos
2 prevencao de suicidio com efeitos2 prevencao de suicidio com efeitos
2 prevencao de suicidio com efeitosventofrio
 
Edson alves de sousa o divorcio comeca no namoro
Edson alves de sousa   o divorcio comeca no namoroEdson alves de sousa   o divorcio comeca no namoro
Edson alves de sousa o divorcio comeca no namorojneves3
 
Lição 8 – Lidando com a Instabilidade e Hipersensibilidade Generalizadas
Lição 8 – Lidando com a Instabilidade e Hipersensibilidade GeneralizadasLição 8 – Lidando com a Instabilidade e Hipersensibilidade Generalizadas
Lição 8 – Lidando com a Instabilidade e Hipersensibilidade GeneralizadasÉder Tomé
 
As-cinco-feridas-emocionais-Lise-Borbeau1.pdf
As-cinco-feridas-emocionais-Lise-Borbeau1.pdfAs-cinco-feridas-emocionais-Lise-Borbeau1.pdf
As-cinco-feridas-emocionais-Lise-Borbeau1.pdfOdilon Dutra da Silva
 
As cinco feridas emocionais - Lise Bourbeau.pdf
As cinco feridas emocionais - Lise Bourbeau.pdfAs cinco feridas emocionais - Lise Bourbeau.pdf
As cinco feridas emocionais - Lise Bourbeau.pdfgrazielly9
 
Sagrada Notícias - 10° Edição (09/03 a 23/03) - A4
Sagrada Notícias - 10° Edição (09/03 a 23/03) - A4Sagrada Notícias - 10° Edição (09/03 a 23/03) - A4
Sagrada Notícias - 10° Edição (09/03 a 23/03) - A4Liliane Jornalista
 
AULA- PAPO JOVEM TEMA DO LIVRO NÃO PISE NA BOLA – RICHARD SIMONETTI
AULA- PAPO JOVEMTEMA DO LIVRO NÃO PISE NA BOLA – RICHARD SIMONETTIAULA- PAPO JOVEMTEMA DO LIVRO NÃO PISE NA BOLA – RICHARD SIMONETTI
AULA- PAPO JOVEM TEMA DO LIVRO NÃO PISE NA BOLA – RICHARD SIMONETTIHarleyde Santos
 
Boletim informativo junho 2013
Boletim informativo junho 2013Boletim informativo junho 2013
Boletim informativo junho 2013fespiritacrista
 
Aula 6 uma jovem desiludida
Aula 6   uma jovem desiludidaAula 6   uma jovem desiludida
Aula 6 uma jovem desiludidaFatoze
 
Apostila casados em cristo 2010
Apostila casados em cristo 2010 Apostila casados em cristo 2010
Apostila casados em cristo 2010 Pr Ismael Carvalho
 
Lição 10 – Como Ajudar os que Sofrem com o Narcisismo
 Lição 10 – Como Ajudar os que Sofrem com o Narcisismo Lição 10 – Como Ajudar os que Sofrem com o Narcisismo
Lição 10 – Como Ajudar os que Sofrem com o NarcisismoÉder Tomé
 

Semelhante a Lição 2 - Enfrentando o Sentimento de Solidão (20)

VIOLENCIA EMOCIONAL - MATEUS 5.docx
VIOLENCIA EMOCIONAL - MATEUS 5.docxVIOLENCIA EMOCIONAL - MATEUS 5.docx
VIOLENCIA EMOCIONAL - MATEUS 5.docx
 
2 prevencao de suicidio com efeitos
2 prevencao de suicidio com efeitos2 prevencao de suicidio com efeitos
2 prevencao de suicidio com efeitos
 
eucaristia.pptx
eucaristia.pptxeucaristia.pptx
eucaristia.pptx
 
Edição n. 20 do CH Notícias - Fevereiro / 2017
Edição n. 20 do CH Notícias - Fevereiro / 2017Edição n. 20 do CH Notícias - Fevereiro / 2017
Edição n. 20 do CH Notícias - Fevereiro / 2017
 
Edson alves de sousa o divorcio comeca no namoro
Edson alves de sousa   o divorcio comeca no namoroEdson alves de sousa   o divorcio comeca no namoro
Edson alves de sousa o divorcio comeca no namoro
 
Resenha reconstruindo sua vida emocional
Resenha reconstruindo sua vida emocionalResenha reconstruindo sua vida emocional
Resenha reconstruindo sua vida emocional
 
Edição n. 39 do CH Noticias - Setembro/2018
Edição n. 39 do CH Noticias - Setembro/2018Edição n. 39 do CH Noticias - Setembro/2018
Edição n. 39 do CH Noticias - Setembro/2018
 
Lição 8 – Lidando com a Instabilidade e Hipersensibilidade Generalizadas
Lição 8 – Lidando com a Instabilidade e Hipersensibilidade GeneralizadasLição 8 – Lidando com a Instabilidade e Hipersensibilidade Generalizadas
Lição 8 – Lidando com a Instabilidade e Hipersensibilidade Generalizadas
 
Epa
Epa Epa
Epa
 
Grupo de aconselhamnto
Grupo de aconselhamntoGrupo de aconselhamnto
Grupo de aconselhamnto
 
As-cinco-feridas-emocionais-Lise-Borbeau1.pdf
As-cinco-feridas-emocionais-Lise-Borbeau1.pdfAs-cinco-feridas-emocionais-Lise-Borbeau1.pdf
As-cinco-feridas-emocionais-Lise-Borbeau1.pdf
 
As cinco feridas emocionais - Lise Bourbeau.pdf
As cinco feridas emocionais - Lise Bourbeau.pdfAs cinco feridas emocionais - Lise Bourbeau.pdf
As cinco feridas emocionais - Lise Bourbeau.pdf
 
Sagrada Notícias - 10° Edição (09/03 a 23/03) - A4
Sagrada Notícias - 10° Edição (09/03 a 23/03) - A4Sagrada Notícias - 10° Edição (09/03 a 23/03) - A4
Sagrada Notícias - 10° Edição (09/03 a 23/03) - A4
 
AULA- PAPO JOVEM TEMA DO LIVRO NÃO PISE NA BOLA – RICHARD SIMONETTI
AULA- PAPO JOVEMTEMA DO LIVRO NÃO PISE NA BOLA – RICHARD SIMONETTIAULA- PAPO JOVEMTEMA DO LIVRO NÃO PISE NA BOLA – RICHARD SIMONETTI
AULA- PAPO JOVEM TEMA DO LIVRO NÃO PISE NA BOLA – RICHARD SIMONETTI
 
O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO - CELSO BRASIL
O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO - CELSO BRASILO QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO - CELSO BRASIL
O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO - CELSO BRASIL
 
Boletim informativo junho 2013
Boletim informativo junho 2013Boletim informativo junho 2013
Boletim informativo junho 2013
 
Aula 6 uma jovem desiludida
Aula 6   uma jovem desiludidaAula 6   uma jovem desiludida
Aula 6 uma jovem desiludida
 
Apostila casados em cristo 2010
Apostila casados em cristo 2010 Apostila casados em cristo 2010
Apostila casados em cristo 2010
 
Lição 10 – Como Ajudar os que Sofrem com o Narcisismo
 Lição 10 – Como Ajudar os que Sofrem com o Narcisismo Lição 10 – Como Ajudar os que Sofrem com o Narcisismo
Lição 10 – Como Ajudar os que Sofrem com o Narcisismo
 
Amizade
AmizadeAmizade
Amizade
 

Mais de Éder Tomé

Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)
Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)
Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)Éder Tomé
 
Lição 4 - Dons de Poder
Lição 4 - Dons de Poder Lição 4 - Dons de Poder
Lição 4 - Dons de Poder Éder Tomé
 
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)Éder Tomé
 
Lição 3 - O Deus Criador
Lição 3 - O Deus CriadorLição 3 - O Deus Criador
Lição 3 - O Deus CriadorÉder Tomé
 
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Éder Tomé
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoÉder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Éder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusÉder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Éder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisÉder Tomé
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Éder Tomé
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeÉder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Éder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensÉder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Éder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaÉder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Éder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemÉder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Éder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusÉder Tomé
 

Mais de Éder Tomé (20)

Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)
Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)
Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)
 
Lição 4 - Dons de Poder
Lição 4 - Dons de Poder Lição 4 - Dons de Poder
Lição 4 - Dons de Poder
 
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)
 
Lição 3 - O Deus Criador
Lição 3 - O Deus CriadorLição 3 - O Deus Criador
Lição 3 - O Deus Criador
 
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de Revelação
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragem
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
 

Último

Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfStelaWilbert
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentaçãoantonio211075
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024LeonardoQuintanilha4
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfnestorsouza36
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...M.R.L
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............MilyFonceca
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptxPIB Penha
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxViniciusPetersen1
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoFabioLofrano
 

Último (14)

Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 

Lição 2 - Enfrentando o Sentimento de Solidão

  • 2. Buscando orientações Divinas e Bíblicas para o tratamento de distúrbios emocionais e outros transtornos Enfermidades da Alma II 1º Trimestre Ano 2019
  • 3. Lição 1 – Enfrentando e Vencendo as Adversidades Lição 2 – Enfrentando o Sentimento de Solidão Lição 3 – Tratando de Comportamentos Persistentes de Desobediência Lição 4 – Enfrentando o Transtorno do Sono Lição 5 – Vencendo o Desespero e o Medo Lição 6 – Enfrentando os Traumas da Vida Lição 7 – Reconhecer e Lidar com Casos de Bipolaridade Lição 8 – Lidando com a Instabilidade e Hipersensibilidade Generalizadas Lição 9 – Conhecendo a Distimia para ajudar os que estão sofrendo Lição 10 – Como Ajudar os que Sofrem com o Narcisismo Lição 11 – Esgotamento Físico e Mental: Prevenção e Tratamento Lição 12 – Conhecendo e Lidando com os Transtornos Alimentares Lição 13 – Como Vencer a Desesperança
  • 4. Explicar o que é a solidão Mostrar a solidão como “vazio existencial” e “vazio cósmico” Revelar como tratar a solidão ❶ ❷ ❸
  • 5. “mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna.” (João 4.14)
  • 6. O ser humano, por ter sido criado conforme a imagem e semelhança de Deus, é um ser relacional.
  • 7. 10 – Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva. 11 – Disse-lhe a mulher: Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo; onde, pois tens a água viva ? 15 – Disse-lhe a mulher: Senhor, dá-me dessa água, para que não mais tenha sede e não venha aqui tirá-la. 16 – Disse-lhe Jesus: Vai, chama o teu marido, e vem cá. 17 – A mulher respondeu, e disse: Não tenho marido. Disse-lhe Jesus: Disseste bem: Não tenho marido. 18 – Porque tiveste cinco maridos, e o que agora tens não é teu marido; isto disseste com verdade. João 4.10-11,15-18
  • 8. Ore para que o Senhor cure as feridas emocionais.
  • 9. A história da mulher samaritana nos mostra que a solidão é um sentimento que foge ao nosso controle. Talvez ela tenha tentado fugir da solidão, mas percebe, ao conversar com Jesus, que não havia conseguido.
  • 10.
  • 11. A solidão não é apenas um estado de sentir-se só. 1.2 – O Perigo do Distanciamento Social 1.1 – Sozinho por Escolha Pessoal 1.3 – Sozinho em meio à multidão Este sentimento vai além do desejo do individuo querer uma companhia ou algo para entretê-lo.
  • 12. Em certas situações, algumas pessoas, por escolha própria, buscam estar sozinhas, por ser prazeroso e por promover um estado de equilíbrio emocional. Tal situação só poderá ser vista como positiva se o momento escolhido puder ser encerrado pela pessoa na hora que ela quiser.
  • 13. Neste caso o processo vivido não é de solidão, mas de solicitude, um momento escolhido pelo individuo para desfrutar de privacidade. Em seu momento de oração, o próprio Cristo buscou esta privacidade.
  • 14. As pessoas, ao longo da caminhada, experimentará um estado de separação, produzindo sentimento de abandono, rejeição, insegurança e ressentimento. A continuidade deste sentimento pode se transformar em enfermidade da alma , podendo levar a pessoa a um distanciamento social.
  • 15. Por mais estranho que possa parecer; a solidão tem crescido em cidades com um alto índice demográfico. Viver em locais muito povoados não garante a ninguém de estar livre desse sentimento.
  • 16. Muitos são os casos que, diante de grande numero de pessoas, cidadãos se vêem como célebres anônimos, sem nenhum tipo de relacionamento interpessoal.
  • 17. A solidão é um dos principais contratempos enfrentados por quem resolve morar sozinho. Calcula-se que o número de pessoas solitárias alcançou o índice de 10% da população das metrópoles na última década.
  • 18.
  • 19. 2.2 – O Perigo da Vulnerabilidade 2.1 – Deus não quer nos ver só 2.3 – Preenchendo o “vazio cósmico” Um estudo mais criterioso do ponto de vista espiritual classifica a solidão como “vazio existencial”. Este vazio é provocado pela ausência de Deus na vida do indivíduo.
  • 20. Deus criou o homem e sua companheira, fica evidente na Bíblia que Deus é um ser relacional. Deus relacionou com o homem antes da queda. ---x--- E planejou um meio de relacionar com o homem após a queda no Éden.
  • 21. A solidão diminui nossa capacidade de avaliação, nos levando a aceitar qualquer um como amigo ou parceiro. Quando alguém tem uma vida solitária pode ficar vulnerável e, assim, vir a ser um alvo fácil para pessoas mal-intencionadas.
  • 22. ainda que esteja ruim, a ter que viver sem ninguém por perto. Muitos sofrem com agressões de todo tipo, são humilhados e explorados por entenderem que é melhor ter uma companhia,
  • 23. Solidão é avaliada como mais arriscada do que a obesidade e o fumo. Pesquisas apontam que a solidão vem se tornando um fator de risco para a saúde, sendo um fator causador de morte prematura. Foto : Superinteressante Abril
  • 24. Podemos, metaforicamente, comparar a solidão a um “vazio cósmico”, o indivíduo que sofre com a solidão se afasta cada vez mais, não permitindo que as pessoas possam ajudá-lo.
  • 25. Entretanto, ao perceber sua condição e buscar ajuda profissional, poderá identificar o motivo que o faz sentir-se só. Hebreus 4:12 apresenta a Palavra de Deus como espada, capaz de penetrar o mais profundo do nosso ser ... Ela funcionará como remédio para a solidão.
  • 26.
  • 27. A mulher samaritana nos dá muitos motivos para crermos que ela era alguém com um profundo sentimento de solidão. 3.2 – Relacionamentos Frustrados 3.1 – O Primeiro Indício 3.3 – Não Reconhecer o Pecado
  • 28. Ela estava sozinha no poço para pegar água. Não tinha ninguém com quem conversar e nem para ajudá-la a puxar o balde. Uma mulher de tantos relacionamentos e ainda assim não tinha ninguém por ela.
  • 29. Assim, aquela mulher que tinha vivenciado tantos relacionamentos conjugais, parece que sofria de algum problema emocional, visto que nenhum dos seus maridos conseguiu preencher o seu “vazio existencial”.
  • 30. A existência humana para ser feliz deverá sempre estar atrelada ao Criador Jesus revelou a pluralidade de casamentos daquela mulher. Mudar relacionamentos conjugais não é a garantia de cura para a solidão.
  • 31. Quanto mais se tenta encontrar alívio para a solidão longe de Jesus, mais a pessoa se aproxima do pecado. Na tentativa de se relacionar, aquela mulher contrai um relacionamento impuro, passando a viver com alguém que não era seu marido (João 4.18).
  • 32. Torna-se natural para quem não conhece a Jesus (Jo 4.25), A samaritana estava tão acostumada a trocar de parceiro que não tomou por repreensão as palavras do Mestre. É justamente este o perigo do pecado.
  • 33. dando-lhes a oportunidade de viverem, na companhia de Jesus Cristo, como novas criaturas (2Co 5.17) Não há dúvidas de que a propagação do evangelho tem sido uma arma poderosa do Senhor Deus no resgate de muitas pessoas que sofrem com o sentimento de solidão,
  • 34. 1 - O que o próprio Deus identificou ? R: Que não é bom para o homem viver só (Gn 2.18). 2 - Como o escritor aos Hebreus nos apresenta a Palavra de Deus ? R: Como espada poderosa, capaz de penetrar o mais profundo do nosso ser (Hb 4.12). 3 - Qual é o resultado de desfrutar da presença de Cristo ? R: "Sucesso" em todas as áreas da nossa vida (Jo 15.5). 4 - Quem contraiu um relacionamento impuro, passando a viver com alguém que não era seu marido ? R: A mulher samaritana (Jo 4.18). 5 - Qual é o perigo do pecado ? R: Torna-se natural para quem não conhece a Jesus (Jo 4.25).
  • 35. ebd-betel.blogspot.com.br Lição 3 – Tratando de Comportamentos Persistentes de Desobediência
  • 36.