Informe Master Class   interativa do projeto         Americas                www.americasproject.euFAPESP - Fundação de Am...
TABELA DE CONTEÚDOINTRODUÇÃO ................................................................................................
INTRODUÇÃOA atividade de Master Class do projeto AMERICAS (www.americasproject.eu)para o Brasil aconteceu no dia 11 de jun...
Sobre o projeto AMERICASO projeto AMERICAS (Latin America-Europe ICT Cooperation AdvancedStrategies), do qual o IBICT é só...
reuniões físicos ou virtuais – edifícios, espaços públicos, cidades e regiões. Emlocais onde as pessoas com necessidades p...
A experiência do FUTOUR como facilitador                     garante    o    processo   deempoderamento gradual dos partic...
Na primeira sessão do workshop, o método utilizado foi o Knowledge café. Omoderador de cada tema esteve a cargo de descrev...
que foi dito na sua mesa, enquanto que os outros participantes se deslocampara outras mesas como ‘embaixadores do conhecim...
PRIMERA SESSÃO: CO-CREACIÓN DE POLÍTICAS TIC CON ELKNOWLEDGE CAFEEsta seção do relatório apresenta os resultados dassessõe...
Quais são os desafios e oportunidades da cooperaçãointernacional com a Europa em Cloud Computing for Science?Desafios     ...
•   Oportunidades;•   Infraestrutura de pesquisa - Acesso a aplicações e informações em todas    as áreas visando cooperaç...
Quais são os desafios e oportunidades da cooperação internacional com aEuropa em Sustainable technologies for a Smarter So...
•   Água: sistema de racionalização, medição de fornecimento, uso e    despejo;•   Área tecnológica: não de base, mas apli...
Quais são os desafios e oportunidades da cooperação internacional comEuropa em Smart services and applications for a Smart...
Quais são os desafios e oportunidades da cooperação internacional comEuropa em Hybrid broadcast-broadband (TV applications...
SEGUNDA SESSÃO: RAPID PROTOTYPING PARA AIDENTIFICAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA: INFORMES PORMESAS DE TRABALHONesta seção se...
Smart services and applications for a Smarter SocietyParticipantes:•       Kelly Zeni•       Fernando Goettems•       Dani...
Hybrid broadcast-broadband (TV applications and services)Participantes:•      Paulo Egler•      Yolanda Ursa•      Mario R...
Sustainable technologies for a smarter societyParticipantes:   •   Carlos Eduardo Felsky   •   Enelvo Martinelli   •   Lib...
CONCLUSÔESEm nome do Projeto AMERICAS e FUTOURqueremos agradecer a valiosa contribuição decada um dos participantes da ati...
IMPRESSÕES DOS PARTICIPANTES“Como quando os desbravadores europeus se utilizavam de astrolábios paranavegar em águas desco...
ANEXOSAnexo A – Programa da Master Class do Projeto AMERICASPrograma do eventoIntrodução ao Master Class (30 minutos)   • ...
Anexo B – Participantes da Master Class Interativa do Projeto AMERICASN.     Sobrenome       Nome           e-mail        ...
N.     Sobrenome       Nome           e-mail                                 Instituição14     Brauner         Daniela    ...
Anexo C - Imagens e álbum de fotos da oficinaA oficina co-criativa também foi documentada em um álbum de fotos Flickr quea...
Anexo D – Organizadores da oficina interativa co-criativa AméricasInstituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnolog...
de pesquisa, empresas líderes e instituições de 25 países europeus e latinoamericanos.www.grupoinmark.comFUTOUR incentiva ...
Informe Master Class interactiva do          projeto Americas                   http://www.americasproject.eu/ORGANIZADORE...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relatorio Master Class - Projeto Americas

756 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
756
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatorio Master Class - Projeto Americas

  1. 1. Informe Master Class interativa do projeto Americas www.americasproject.euFAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 São Paulo, SP, Brasil 11 de junho 2012
  2. 2. TABELA DE CONTEÚDOINTRODUÇÃO ..................................................................................................... 3PRIMERA SESSÃO: CO-CRIAÇÃO DE POLITICAS TIC COM O KNOWLEDGE CAFE ......... 9 Quais são os desafios e oportunidades da cooperação internacional com a Europa em Cloud Computing for Science? ......................................................................... 10 Quais são os desafios e oportunidades da cooperação internacional com a Europa em Sustainable technologies for a Smarter Society? ................................................ 12 Quais são os desafios e oportunidades da cooperação internacional com Europa em Smart services and applications for a Smarter Society? ...................................... 14 Quais são os desafios e oportunidades da cooperação internacional com Europa em Hybrid broadcast-broadband (TV applications and services)? .............................. 15SEGUNDA SESSÃO: RAPID PROTOTYPING PARA A IDENTIFICAÇÃO DE PROJETOS DEPESQUISA: RELATÓRIOS POR MESAS DE TRABALHO ............................................ 16 Cloud Computing for Science .......................................................................... 16 Smart services and applications for a Smarter Society ....................................... 17 Hybrid broadcast-broadband (TV applications and services) ................................ 18 Sustainable technologies for a smarter society .................................................. 19CONCLUSÕES .................................................................................................. 20Impressões dos participantes ............................................................................. 21Anexos ............................................................................................................ 22 Anexo A – Programa da Master Class do Projeto AMERICAS ................................ 22 Programa do evento ...................................................................................... 22 Anexo B – Participantes da Master Class Interativa do Projeto AMERICAS ............. 23 Anexo C - Imagens e álbum de fotos da oficina ................................................. 25 Anexo D – Organizadores da oficina interativa co-criativa Américas ..................... 26 2 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  3. 3. INTRODUÇÃOA atividade de Master Class do projeto AMERICAS (www.americasproject.eu)para o Brasil aconteceu no dia 11 de junho de 2012 na sede da Fundação deApoio à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), na cidade de São Paulo. Oevento foi organizado pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência eTecnologia (IBICT) e pelo Consórcio AMERICAS que é coordenado por YolandaUrsa, Diretora da empresa espanhola INMARK, com a colaboração de PaoloMartinez, Diretor da FUTOUR, Itália, que atuou como facilitador da oficina detrabalho (ver o programa no anexo A).O objetivo foi aquele de identificar oportunidades de cooperação entre o Brasile os países da União Européia no domínio das tecnologias de informação ecomunicação (TICs). Com relação às áreas temáticas onde esta cooperaçãopoderá se desenvolver houve a decisão de parte dos organizadores da oficinade trabalho de adotar aquelas estabelecidas para o próximo edital coordenadoa ser lançado em julho de 2012 entre o Brasil e a Comissão Européia. Estasáreas são as seguintes: Cloud Computing for Science; Sustainable technologies for a Smarter Society; Smart services and applications for a Smarter Society; Hybrid broadcast-broadband (TV applications and services).Os participantes da oficina, provenientes tanto de instituições públicas comoprivadas, desenvolveram e intercambiaram ideias sobre possíveis atividades depesquisa entre o Brasil e a Europa, nos temas acima indicados. O evento foidirigido a organizações de pesquisa, empresas e universidades que atuam nodomínio das TICs e em inovação (ver os participantes no anexo B, o álbum noanexo C e os organizadores no anexo D).A abertura do evento foi feita por Paulo Egler, doIBICT, que apontou a importância da cooperaçãointernacional entre o Brasil e os países da UniãoEuropéia, sobretudo no que diz respeito à cooperaçãotecnológica e à inovação. A seguir Yolanda Ursa fezuma discussão sobre as ‘chaves de sucesso’ paraformulação de projetos de pesquisa em TICs, tendo porbase experiências anteriores sobre propostas deprojetos. Como conclusão da abertura do evento PaoloMartinez fez uma descrição sobre métodos criativos e sobre as tarefas queseriam realizadas na oficina. 3 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  4. 4. Sobre o projeto AMERICASO projeto AMERICAS (Latin America-Europe ICT Cooperation AdvancedStrategies), do qual o IBICT é sócio, promove o diálogo político sustentável emTICs entre a União Européia e seus parceiros estratégicos da América Latina:Argentina, Brasil, Chile, México (países que têm Acordo de Cooperação emCiência e Tecnologia com a União Européia) e Colômbia, permitindo assim acriação de novas sinergias. O projeto inclui capacitações, atividades de difusão,assim como também um diálogo político entre os atores de ambas as regiões,com o objetivo de fortalecer a cooperação em TICs entre América Latina eEuropa. O projeto AMERICAS é financiado pelo programa TICs do SétimoPrograma Quadro (7PM) da União Européia. O projeto é coordenado pelaempresa de consultoria espanhola INMARK e entre seus sócios se encontram,ademais do CONICYT do Chile, o Ministério de Ciência, Tecnologia e InnovaciónProductiva (MINCyT), da Argentina; o Ministério da Ciência, Tecnologia eInovação do Brasil; o Instituto Tecnológico de Monterrey (México), eColciencias (Colombia).FUTOUR E AMERICAS: metodologias participativas e inovadoras de co-criaçãoAs metodologias participativas foram desenvolvidas para criar um ambientefavorável à inovação e ao intercâmbio, assim como para envolver os cidadãose os stakeholders nos processos de tomada de decisão. Estes métodos podemser aproveitados e integrados de acordo com os objetivos e as condições docontexto local (modelo de governança, distribuição do poder, cultura, etc.).Algumas metodologias são mais apropriadas para estimular a comunicação,outras focam mais nas análises dos problemas e na formulação de projetos; ealguns métodos são mais eficazes em pequenos grupos que facilitam anegociação e o desenvolvimento de estratégias operacionais.FUTOUR colabora no projeto AMERICAS como especialista em co-criatividadeaplicando a filosofia de “projetos rápidos” dos Future Centres em suasatividades de dinamização. FUTOUR ajuda no acesso ao conhecimento e otorna útil às pessoas e às organizações. Pode-se co-criar em espaços de 4 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  5. 5. reuniões físicos ou virtuais – edifícios, espaços públicos, cidades e regiões. Emlocais onde as pessoas com necessidades possam encontrar pessoas comtalento, as pessoas com idéias podem encontrar pessoas com mãos ecapacidade de levar estas idéias à pratica, onde o conhecimento e as idéiaspossam encontrar recursos e espaços, onde provar conceitos e projetos comoem um laboratório.Os métodos participativos podem ser aplicados na investigação dos seguintesobjetivos: • Integração de conhecimento e valorização da inteligência coletiva dentro do projeto; • Formulação de projetos multi-stakeholders (network) inovadores e sustentáveis; • Marketing territorial, pactos territoriais; • Formulação e co-desenho de novos produtos, serviços, programas de pesquisa, formação, organização, aprendizagem continuo, intercambio de experiências e gestão do conhecimento.O workshop interativo da AMERICAS utilizou técnicas avançadas de facilitaçãoe metodologias que se adaptam ao contexto local, ao espaço e ao número departicipantes. A equipe do FUTOUR está formada por facilitadores eespecialistas em desenho de políticas com uma vasta experiência no uso eadaptação de metodologias de apoio à criatividade, resolução de problemas etomada de decisões. FUTOUR já atuou como facilitador de 350 workshop commais de 15.000 participantes em aspectos sociais, econômicos, culturais etecnológicos em 30 países a nível internacional. FUTOUR dispõe do primeiroFuture Center e Living Lab hub. Colabora nas atividades e metodologiasparticipativas do projeto AMERICAS, combinando diferentes formatos deworkshop e eventos interativos.Entre as vantagens dos grupos que usam facilitadores, estão as reuniões bemestruturadas, centradas em um objetivo e processo comum, registro dosgrupos de debate e de decisão, e uma forma eficaz de chegar ao consenso e aresultados produtivos. Os facilitadores gerem os conflitos entre osparticipantes assim como outros comportamentos que impedem o processo dogrupo. Entretanto, algumas desvantagens podem surgir caso os facilitadoresnão sejam eficientes, como por exemplo, perder a objetividade e então ogrupo pode se sentir manipulado pelo enfoque do facilitador. 5 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  6. 6. A experiência do FUTOUR como facilitador garante o processo deempoderamento gradual dos participantes: • Aumenta a participação e o consenso, • Captura idéias e gera as melhores soluções, • Gera ações claras e planos de responsabilidade, • Maximiza a produtividade das reuniões e resultados, • Incrementa a coesão do grupo e facilita as ações de seguimento.Os métodos escolhidos para a oficina interativa AMERICAS foram o MosaicoDigital e o Prototipado rápido. 6 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  7. 7. Na primeira sessão do workshop, o método utilizado foi o Knowledge café. Omoderador de cada tema esteve a cargo de descrever o estado da arte, osdesafios e os pontos críticos do tema de interesse, para posteriormente fazeruma pergunta para a discussão entre os diferentes grupos. O moderador PaoloMartinez de FUTOUR explicou o funcionamento do Knowledge café, e mostrouos comportamentos que contribuem de maneira efetiva ao trabalho em grupo eaqueles que podem ser excluídos.Knowledge Café. Este método tem sidoutilizado por grandes organizaçõespúblicas e privadas uma vez que permiteuma significativa interação e a troca deideias entre os participantes em umtempo relativamente curto. O métodoconsiste na análise pormenorizada de umconjunto de possíveis assuntos a seremexplorados pelos participantes. Osassuntos são considerados em rodadas dediscussões interativas baseadas emquestões centrais, onde aproximadamenteseis participantes se sentam ao redor de uma mesa, sendo que uma delas atuacomo relator e animador. Após a rodada de discussão sobre uma determinadaquestão o relator permanece na mesa para sumarizar as discussões e anotar o 7 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  8. 8. que foi dito na sua mesa, enquanto que os outros participantes se deslocampara outras mesas como ‘embaixadores do conhecimento’. Estes embaixadoresinicialmente compartilham as experiências e ideias discutidas na mesa anteriore então escutam o relator, para então passarem a considerar a nova temáticade forma a discutir e explorar outros aspectos. Após algumas rodadas dediscussão os grupos terão se modificado diferentes vezes e como resultadoterá acontecido um número significativo de transferência de conhecimento e degeração de ideias. Na rodada final as mesas propõem uma lista de ideias,prioridades ou ações relativas às principais questões em discussão.Depois de um debate entre os moderadores e assistentes, as idéias esugestões que surgiram de cada tema foram agrupadas em posters. Estas setornaram os desafios para a segunda sessão do trabalho.Na segunda sessão da oficina, utilizou-se a metodologia “prototipado rápido”.Os assistentes redistribuíram quatro novos grupos temáticos e foi pedido paraenfatizar nos pontos críticos, nas necessidades, nos problemas e desafiosemergentes da primeira sessão. Assim, cada participante pode refletirindividualmente sobre uma proposta, idéia, oportunidade, visão, solução ouiniciativa piloto integrada. Isto implicou numa análise de 360º: foi levado emconsideração aspectos econômicos, sociais e ambientais para cada um deles.As idéias individuais foram compartilhadas em cada mesa de trabalho parafinalmente selecionar e a apresentar três propostas integradas por cada tema.Os projetos apresentados foram votados para definir recomendações eprioridades de ação e inovação futura na cooperação em I+D em TIC entre aAmérica Latina e a União Européia. 8 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  9. 9. PRIMERA SESSÃO: CO-CREACIÓN DE POLÍTICAS TIC CON ELKNOWLEDGE CAFEEsta seção do relatório apresenta os resultados dassessões co-criativas, recolhidas pelo método doKnowledge Café. Este exercício adotou as seguintesáreas de trabalho: Cloud Computing for Science; Sustainable technologies for a Smarter Society; Smart services and applications for a Smarter Society; Hybrid broadcast-broadband (TV applications and services);Cabe lembrar que estas sessões se desenvolveram soba modalidade de grupos de trabalho, acompanhados poruma breve introdução temática realizada por quatroespecialistas. Cada sessão foi introduzida por PauloLopez, responsável pelo tema das Tecnologias deInformação e Comunicação (TIC) na Delegação da UniãoEuropeia em Brasília. 9 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  10. 10. Quais são os desafios e oportunidades da cooperaçãointernacional com a Europa em Cloud Computing for Science?Desafios Rede única e coordenada de informações; Desconfiança quanto à cooperação; • Questão da propriedade intelectual no Brasil, que demora a sair; • Assimetria quanto a financiamento e morosidade da resposta (Brasil e Europa); • Não há uma instituição que faça a conexão entre os possíveis parceiros das diferentes regiões; • Acessibilidade às informações sobre mecanismos de funcionamento da nuvem; • Acessibilidade da rede (baixo custo de modernização VS larga abrangência); • Síntese de relevância das informações lançadas na nuvem; • Métodos de proteção de direitos autorais/propriedade industrial/segurança da informação; • Tempo real (tecnologia acessível a todos); • Cultura das empresas muito diferente/trabalho em conjunto; • Gerenciamento propriedade intelectual; • Privacidade de dados; • Diferença de padrões (mesma linguagem).Oportunidades • Saúde Pública - número crescente da população idosa. Disponibilização de informações, serviços médicos, tratamento, pesquisas conjuntas para melhoria da qualidade de vida da população; • Prevenções de desastres ambientais - formações na rede facilitariam a circulação de informações e soluções para prevenção, planejamento e resolução das consequências dos desastres; 10 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  11. 11. • Oportunidades;• Infraestrutura de pesquisa - Acesso a aplicações e informações em todas as áreas visando cooperação e geração de resultados científicos;• Viabilizar a cooperação entre pessoas que não mantiveram contato prévio (que ainda não se conhecem ou não tem mesmo network), principalmente países pobres (poucos recursos tecnológicos, mas bons recursos humanos);• Criação de mesma base de troca de dados;• Mesma linguagem;• Promover a interoperabilidade entre infraestruturas existentes;• Definir padrões de interoperabilidade;• Motivar o uso da população e o apoio governamental.11 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  12. 12. Quais são os desafios e oportunidades da cooperação internacional com aEuropa em Sustainable technologies for a Smarter Society?Desafios • Padronização do marco legal em todas as áreas -cooperação para uniformização da legislação; • Smart Grid (já existe em MG): questão trabalhista, problema de educação e compreensão; • Adaptação/customização das tecnologias já desenvolvidas para infraestrutura de cidades inteligente; • Migrar da teoria (academia) para a prática (mercado) de modo barato (otimizado) e eficiente; • Como regular o mundo?; • Definição/reforço de padrões éticos; • Conscientização em massa; • Falta de protocolos comuns (infra). • Alto custo para transferir a tecnologiaOportunidades • Questão energética: exploração de energias sustentáveis e soluções e sistemas para tornar essa exploração mais eficiente. Smart Grid. Sensores para controlar eficiência, se paga com economia de energia; • Transportes: gerenciamento das condições de trânsito. Intelligent Transport System (Waze, via internet, via nuvem) - então não entra; 12 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  13. 13. • Água: sistema de racionalização, medição de fornecimento, uso e despejo;• Área tecnológica: não de base, mas aplicada. Além disso, transferência de tecnologia;• Integração de vários métodos de automação – mesma linguagem (open system);• Criação de sistema operacional básico de integração para todas as automações;• Aumentar maturidade de níveis de controle – política/escola seriam partners (não é uma questão puramente tecnológica).• Promover a inclusão social;• Defini padrões abertos internacionais.• Varias oportunidades no Brasil no setor energético: energia derivada da cana de açúcar, bioenergia, captar energia de pedestres, energia solar para estádios, etc.13 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  14. 14. Quais são os desafios e oportunidades da cooperação internacional comEuropa em Smart services and applications for a Smarter Society?Desafios • Aspectos éticos, sociais e morais quanto à regulação da autonomia; • Educação - capacitação da base para sua integração ao mundo do conhecimento; • Desenvolvimentos tecnológicos para acesso da população nos grandes conglomerados; • Pontos fortes: diversas iniciativas separadas: o desafio é colocar todos em um ambiente cooperativo, com políticas e padrões que propiciem essa cooperação; • Ponto fraco: não tem ambiente de cooperação, há concorrência entre institutos de pesquisa e universidades; • Há escassez de recursos; • Coordenação de investimento embrionário; • Redes velozes de transmissão de dados; • Segurança dos usuários.Oportunidades • Mobilidade nos grandes centros urbanos. Projeto Brasil-Europa quanto aos padrões de modelagem de centros urbanos; • Olimpíadas/Copa Brasil; • Linkar dados públicos e privados para viabilizar o acesso aos serviços – carona solidária; • Aplicativos para transporte público; • Aplicativos de acessibilidade; • Aplicativos para apoio ao turismo. 14 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  15. 15. Quais são os desafios e oportunidades da cooperação internacional comEuropa em Hybrid broadcast-broadband (TV applications and services)?Desafios • Criação de um protocolo comum para generalização do acesso; • Quebra do modelo atual das grandes emissoras que cobram por tempo de exposição, mesmo sem segurança de retorno à empresa - perda de faturamento; • Existência de grandes grupos midiáticos com modelos de negócios rentáveis, mas ultrapassados; • Questões políticas; • Quando surge uma empresa pequena com solução inovadora, são engolidas pelas grandes; • Incentivo a novos modelos de negócios.Oportunidades • Desenvolvimento de camada que faça abstração das diferenças entre as tecnologias com mesmo objetivo e generalize o acesso. Quando viabilizado tecnicamente, gera possibilidade de gerar novos modelos de negócios, através da TV digital, como produtos relacionados à programação e educação; • Desenvolvimento de aplicativos que “rodem” no mesmo padrão; • Algoritmos – fala convertida em texto para tradução simultânea (tempo real). • Interoperabilidade entre padrões BR-EU • Aplicativos de turismo para promover os eventos no Brasil • Aplicativos para TV Digital que suportem acessibilidade. 15 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  16. 16. SEGUNDA SESSÃO: RAPID PROTOTYPING PARA AIDENTIFICAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA: INFORMES PORMESAS DE TRABALHONesta seção se apresenta o trabalho realizado por cada um dos quatro gruposde trabalho temático. Cabe destacar que cada participante teve a oportunidadede escolher o tema que mais lhe era pertinente. Cada grupo contou com apresença de um relator que recolheu as principais idéias mediante o uso de umformulário padrão elaborado pelo facilitados da oficina, Paolo Martinez.Cloud Computing for ScienceParticipantes: • Daniela Brauner • Paulo Lopes • Rosi Mouro • André Acetose NascimentoProjeto: LEVE1) Breve descrição do projetoDesenvolvimento de um sistema que inclua um armazenamento de dados,processamento de dados para diferentes tecnologias (GRID + HPC) e prestaçãode serviços.Esse sistema atenderia como exemplo de usuários: área de saúde (hospitais),a indústria, ensino (universidades, escolas técnicas, comunidade científica etecnológica, o governo - federal, estadual e municipal).2) Perfil dos sócios que procura: Tipo de organização: • Universidades, institutos de pesquisa e empresas. Habilidades e experiências • Armazenamento de dados e prestação de serviços. 16 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  17. 17. Smart services and applications for a Smarter SocietyParticipantes:• Kelly Zeni• Fernando Goettems• Daniela Pinheiro• Marrey Peres Jr.• Roberto MayerProjeto: ASTROBreve descrição do projeto:Avaliar as condições ambientais, detráfego, de energia, decomportamento, dentre outras para:• BI – políticas públicas,• Coleta de informações para uso em projetos de pesquisa e comercial.Perfil dos sócios que procura:Instituições governamentais,instituições de P&D, Setor privado eterceiro setor.Habilidades e experiênciasSistema de sensoriamento em tempo real para: • Múltiplas tecnologias fixas e móveis, • Inclusão de redes sociais e • Data mining de informações atuais e históricas. 17 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  18. 18. Hybrid broadcast-broadband (TV applications and services)Participantes:• Paulo Egler• Yolanda Ursa• Mario Renato Cobra• Felipe CoutoProjeto: BABELBreve descrição:Desenvolvimento de um sistema de tradução simultânea para permitir aacessibilidade a conteúdos produzidos em diferentes países sem necessidadede sistema de tradução manual, em tempo real.Perfil dos sócios que procura:Organizações privadas com fins lucrativos de pequeno, médio e grande portee instituições de P&D.Habilidades e experiênciasP&D para TV digital. 18 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  19. 19. Sustainable technologies for a smarter societyParticipantes: • Carlos Eduardo Felsky • Enelvo Martinelli • Libardo Gutierrez • Fátima BorsattoProjeto: Electric car.Breve descrição do projeto:Desenvolvimento de padrões, protocolos, equipamentos eletrônicos pararecarregamento de baterias de carros elétricos.O projeto incluiria: postos de recarregamento, formas de cobrança e baterias.Perfil dos sócios que procura:Concessionárias de Energia Elétrica,Indústrias (baterias, automobilística, eletrônica). 19 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  20. 20. CONCLUSÔESEm nome do Projeto AMERICAS e FUTOURqueremos agradecer a valiosa contribuição decada um dos participantes da atividade doMaster Class. Indubitavelmente o dia detrabalho foi muito produtivo, pois permitiu,ademais da proposição de algumas ideias depropostas de projetos de pesquisa para opróximo edital coordenado em TICs a serlançado pela Comissão Europeia e o Governodo Brasil, um conhecimento e interação entreos participantes.Esperamos que o exercício tenha resultadospositivos, a serem concretizados com apreparação de propostas de qualidade para oreferido edital coordenado.Por fim queremos muito agradecer o apoiorecebido da FAPESP, sem o qual o evento nãoteria sido possível de realizar e não teria osucesso obtido. 20 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  21. 21. IMPRESSÕES DOS PARTICIPANTES“Como quando os desbravadores europeus se utilizavam de astrolábios paranavegar em águas desconhecidas e promissoras rumo às Américas, sinto-mena expectativa e anseio de fazer o movimento inverso, com o fito de encontrarno velho continente novos horizontes, utilizando-me dos ensinamentosaprendidos neste evento tão relevante para o encorajamento de toda ainstituição”. Mario Renato Cobra Tosta“O evento foi muito produtivo e cumpriu com o seu papel de promover onetworking e facilitar a formação de parcerias para a apresentação de projetosao CE-ICT. Foi também um momento muito oportuno de discussão e reflexãosobre os possíveis projetos a serem apresentados, bem como suas prioridades.A dinâmica do evento foi muito agradável e objetiva, promovendo não só osurgimento das idéias como também a parte informativa necessária e aconstrução de propostas”.“Estejam todos de parabéns pela iniciativa, pela organização e pelarealização”. Engo. Marrey L. Peres Jr"O evento foi importante para conhecer o funcionamento do FP7." Felipe Couto“Quero dizer que o evento foi bastante pertinente e reuniu um seleto grupo depessoas que entendem a importância da interação colaborativa entre a UniãoEuropéia e a América Latina para aprimorar suas áreas de atuação.” Rosi Mouro 21 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  22. 22. ANEXOSAnexo A – Programa da Master Class do Projeto AMERICASPrograma do eventoIntrodução ao Master Class (30 minutos) • Introdução ao Americas Master Class por Paulo Egler (IBICT) sócio do Projeto AMERICAS; • Boas vindas por Paulo Lopes, representante da Delegação da Comissão Européia DG INFSO no Brasil; • Sugestões com base em experiências anteriores sobre propostas de projetos: pistas, o que fazer e o que não fazer, dicas e relatos por Yolanda Ursa (INMARK), coordenador do Projeto AMERICAS; • Descrição sobre métodos criativos e tarefas a serem realizadas na seção interativa por Paolo Martinez, sociólogo da inovação (FUTOUR).Sessões interativas da Master Class Knowledge Café e Rapid Prototyping • Knowledge Café (2 horas). Sessões temáticas seqüenciais sobre análise dos problemas, necessidades emergentes, aspectos críticos e uma rápida introdução dos desafios para cada tópico: • Cloud Computing for Science; • Sustainable technologies for a Smarter Society; • Smart services and applications for a Smarter Society; • Hybrid broadcast-broadband (TV applications and services);Intervalo para almoço (1 hora) • Rapid Prototyping (2 horas). Sessões de grupos paralelos sobre conceitos e objetivos, implementação e impactos das propostas de projetos: oportunidades, ideias, visões, sustentabilidade, soluções e apresentação e priorização de Elevator Pitch.Sessão de Fechamento e os próximos passos (30 minutos) 22 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  23. 23. Anexo B – Participantes da Master Class Interativa do Projeto AMERICASN. Sobrenome Nome e-mail Instituição1 Lopes Paulo paulo.lopes@eeas.europa.eu Delegation of the EU in Brazil2 Ursa Yolanda yolanda.ursa@grupoinmark.com INMARK3 Egler Paulo pegler@ibict.br Brazilian Institute of Information in Science and Technologies4 Zeni Kelly kelly.zeni@tangelo.com.br Tangelo Captação de Recursos5 Ocampo Juan Juan.ocampo84@gmail.com Soluciones Manuel idiomas6 Cobra Tosta Mario mario.tosta@cits.br CITS Renato7 Chebat Paulo pchebat@gmail.com GAC Brasil8 Mouro Rosi rmouro@tecpar.br Instituto de tecnologia do Paraná9 Felsky Filho Carlos carlos.felsky@lactec.org.br LACTET Eduardo10 Mayer Roberto roberto.mayer@assespro.org.br Assespro Nacional11 Couto Felipe felipe.couto@fiepr.org.br FIEP - Federação Ind. Paraná12 Martinelli Enelvo enelvo.martinelli@fiepr.org.br FIEP - Federação Ind. Paraná13 Acetose André anascimento@dn.senai.br SENAI Nascimento 23 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  24. 24. N. Sobrenome Nome e-mail Instituição14 Brauner Daniela daniela.brauner@rnp.br RNP15 Borssatto Maria de fatima@pkmconsultores.com.br PKM Fátima Consultores16 Peres Junior Marrey marrey-p-junior@ptinovacao.pt Portugal Telecom Inovação Brasil Ltda17 Pinheiro Daniela daniela@nac.softex.br Softex18 Gutierrez Libardo lagutierrez@colciencias.gov.co COLCIENCIAS19 Goettems Fernando nandogoettems@gmail.com Capital Analysis20 Schwartz Gilson gilson.schwartz@gmail.com USP21 Martinez Paolo paolo.martinez@futour.it FUTOUR 24 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  25. 25. Anexo C - Imagens e álbum de fotos da oficinaA oficina co-criativa também foi documentada em um álbum de fotos Flickr queagrupa todas as imagens e o espírito do evento. As imagens valem mais doque mil palavras e abaixo se apresenta o link para vê-las!http://tinyurl.com/d25b2hc 25 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  26. 26. Anexo D – Organizadores da oficina interativa co-criativa AméricasInstituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT). OIBICT foi criado em 1954 com o apoio da Organização das Nações Unidas paraa Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) e da Fundação Getúlio Vargas (umainstituição brasileira que desenvolve estudos, pós-graduação e formaçãoavançada) com a função de responder pela área de pesquisa embiblioteconomia. Em 1976 o IBICT assume também o papel de proverinformações científicas e tecnológicas para subsidiar a formulação eimplementação de políticas para o Sistema Nacional de DesenvolvimentoCientífico e Tecnológico (SNDCT).Atualmente o IBICT atua como uma Unidade de Pesquisa no domínio dainformação em ciência, tecnologia e inovação e está diretamente vinculado aoMinistério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Sua missão é a depromover competências, o desenvolvimento de recursos e a infraestruturapara a informação em ciência, tecnologia e inovação. O Instituto énacionalmente reconhecido como importante fonte de informação (sua páginaweb é visitada de forma expressiva) sendo relevante mencionar como produtosa Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD), uma base de dados commais de 200.000 referências e textos completos de teses e dissertaçõesdesenvolvidas no país e no exterior por estudantes brasileiros de mestrado edoutorado. Outro importante sistema desenvolvido e implementado pelo IBICTé o Sistema Brasileiro de Respostas Técnicas (SBRT), que oferece suportetécnico para micro, pequenas e médias empresas por meio de uma redecomposta por nove institutos de pesquisa brasileiros.O IBICT juntamente com o Centro de Estudos Avançados de Governo eAdministração Pública da Universidade de Brasília (CEAG/UnB) foi responsávelpela implementação do Projeto BB.Bice no período de 2008 a 2011, cujoobjetivo principal foi o de incentivar e apoiar a participação das universidades,institutos de pesquisa e empresas brasileiras no 7º Programa Quadro dePesquisa e Desenvolvimento da Comissão Europeia (7th FrameworkProgramme – FP7). IBICT é também a instituição de pesquisa brasileiraresponsável pelo Projeto AMERICAS, apoiado pelo FP7.INMARK é uma empresa espanhola de consultoria estratégica e de pesquisa demercado com sede em Madri e escritórios em Buenos Aires, México, Lima,Caracas e Bogotá. INMARK se especializou em gestão da inovação etransferência de tecnologia e participou em mais de 40 projetos de Pesquisa eDesenvolvimento (P&D) co-financiados pela União Européia, principalmente nosetor de TICs. Atualmente coordena projetos na área de bibliotecas digitais,gestão inteligente da informação, tecnologias da linguagem e cooperaçãointernacional, como o projeto AMERICAS que apoia a cooperação em pesquisaentre a Europa e a América Latina e o diálogo político em TIC. Estes projetosem conjunto representam mais de 70 sócios, incluindo universidades, centros 26 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  27. 27. de pesquisa, empresas líderes e instituições de 25 países europeus e latinoamericanos.www.grupoinmark.comFUTOUR incentiva a criação de ambientes favoráveis e criativos para ainovação e o desenvolvimento de serviços, produtos e processos para atomada de decisão. Facilita e resolve questões complexas enfrentadas pordiferentes atores relevantes por meio da aplicação e invenção de métodos etécnicas de participação, e integra a rede internacional de Future Centers(incubadoras e aceleradoras de criatividade e inovação medianteprocedimentos participativos). FUTOUR é o primeiro Future Center italiano e foifundada depois de vinte anos de atividades e desenvolvimento de projetos emmais de 30 países. A instituição organiza sob encomenda projetos interativos ecriativos para a solução de problemas, eventos e reuniões que ajudam asociedade e as companhias a se prepararem para os desafios futuros. Paramaiores informaçõeswww.futour.it 27 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012
  28. 28. Informe Master Class interactiva do projeto Americas http://www.americasproject.eu/ORGANIZADORES INMARK Yolanda Ursa - Director International Area T: +34 91 448 02 03 @: yus [at] inmark.es w: www.grupoinnmark.com Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) Setor de Autarquias Sul (SAUS) - Quadra 05 Lote 06 Bloco H CEP: 70070-912 - Brasília, DF, Brasil Fone: +55 61 3217 6350/6360 @: pegler@ibict.br w: www.ibict.brDESENHO E FACILITADOR DA OFICINA INTERATIVA FUTOUR – SMART MEETING | FACILITATION | INNOVATION Via degli Ubaldini, 24 | 50038 Scarperia (Firenze) | Italia T. +39 340 5927047 F. +39 055 8430149 Free toll number for Italy 800 86 45 39 email : info [at] futour.it www.futour.it | www.ideai.eu workshop album www.flickr.com/photos/ideai/sets/ 28 Master Class interactiva do projeto Americas em Brasil – 11.6.2012

×