SlideShare uma empresa Scribd logo

Propostas para Um Programa de Governo Voltado à Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC)

Propostas para Um Programa de Governo Voltado à Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC)

1 de 2
Baixar para ler offline
Impactos Esperados 
▶Redução de, no mínimo, 50% nos custos de investimento e operação de Datacenters 
▶Duplicação dos investimentos em redes banda larga 
▶Aumento da velocidade média dos atuais 2,7 Mbps para 14 Mbps até 2018 e 30 Mbps até 2022 
▶40 milhões de linhas de conexão máquina-a-máquina até 2019 
▶Tornar o Brasil referência global para investimentos em Banda Larga, Serviços em Nuvem, Big Data, IoT e Segurança em TIC 
▶Formação de 200 mil profissionais especializados em 5 anos 
▶Ampliação da participação de TIC no PIB (excluindo Telecom) dos atuais 4,6% em 2013 para 6,0% em 2022 
ESTÍMULO A NOVAS TENDÊNCIAS DIGITAIS 
Futuro, Massificação, Desoneração e Produção Serviços em Nuvem 
▶Smartphones, tablets e novos dispositivos a custos acessíveis 
▶Desoneração tributária sobre investimento e operação de Datacenters 
▶Tributação de serviços em nuvem com menores alíquotas de ISS Banda Larga 
▶Massificação do acesso móvel e fixo 
▶Direito de passagem e lei de antenas simples e padronizada 
▶Modicidade tarifária no acesso à Internet Big Data, Internet das Coisas (IoT), Novas Tecnologias 
▶Estímulo a sistemas analíticos aplicados a massas de dados 
▶Estímulo à oferta de plataformas, aplicativos para um novo mundo em que tudo se conecta com tudo 
▶Estímulo ao investimento em novas tecnologias Segurança da Informação e da Comunicação 
▶Fomento ao desenvolvimento técnicas de encriptação, segurança de rede e segurança da informação nacionais 
▶Adoção maciça de processos de gestão de segurança em TIC Capital Humano 
▶Formação de especialistas de nível técnico, superior e de pós-graduação alinhados com as novas tendências 
▶Aperfeiçoar regras de imigração para atrair talentos internacionais nas áreas onde há déficit de profissionais 
▶Incentivo à formação e qualificação de profissionais no exterior Produção de Bens Informáticos, Software e Sensores 
▶Adequação do marco legal às mudanças da produção 
▶Simplificação dos Processos Produtivos Básicos (PPBs) 
▶Produção competitiva de componentes críticos para IoT 
▶Estímulo ao software nacional e ao software embarcado nacional 
AMBIENTE COMPETITIVO E INOVADOR 
Impactos Esperados 
▶Segurança jurídica em contratações e subcontratações 
▶Maior produtividade do trabalho, eliminação do “mercado cinza” (informal) e elevação da renda 
▶Agilidade nos negócios com melhora em rankings globais 
▶Redução geral dos custos de transação 
▶Aumento do gasto privado em P&D para 1% do PIB 
▶Redução do custo de capital e apoio à inovação 
▶Aumento das exportações de software e serviços 
▶Mais investimentos em TIC, maior integração nas cadeias globais de tecnologia e redução de custos para o consumidor 
Trabalho, Conhecimento, Tributação, Indução Pública 
Relações de Trabalho 
▶Aprovação da Lei de Terceirizações 
▶Segurança jurídica para os acordos coletivos e trabalho remoto 
▶Livre negociação para empregados especializados e de alta renda 
Segurança Jurídica e Desburocratização 
▶Defesa e proteção da Propriedade Intelectual e celeridade no registro 
▶Abertura e fechamento de empresas com simplicidade e rapidez 
▶Simplificação de procedimentos com uso de certificados digitais Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação 
▶Fomento ao desenvolvimento de novas tecnologias 
▶Fortalecimento dos polos tecnológicos inovadores 
▶Cooperação empresas, universidades e centros de P&D 
▶Aplicar contrapartidas da Lei de Informática em projetos de PMEs 
▶Apoio a solidificação de marcas brasileiras no âmbito internacional Financiamento 
▶Apoio financeiro ao empreendedorismo inovador e Startups 
▶Melhoria de regras para maior segurança ao investimento 
▶Maior acesso das PME´s a crédito para investimento em TIC 
▶Aceitação de Propriedade Intelectual como garantia de crédito Tributação 
▶Inclusão de micro e pequenas empresas de TIC no Simples Nacional 
▶Incentivos fiscais e tributários em projetos de Startups 
▶Uniformização da tributação de software como serviço 
▶Enquadrar os investimentos privados em TIC nacional na Lei do Bem 
▶Aperfeiçoar a legislação sobre desoneração da folha de pagamento Compras Públicas 
▶Uso preferencial de software nacional pela Administração Pública 
▶Poder de compra do Estado como indutor da produção nacional 
Nas Empresas 
▶Disseminação do uso de TIC nas Pequenas e Médias Empresas 
▶Soluções de TIC para setores estratégicos e de alto potencial 
>Óleo e Gás, Energias Elétrica e Renováveis, Smart Grids 
>Mineração, Cadeias Logísticas, Transportes, Mobilidade Urbana 
>Agronegócio, Indústria Farmacêutica, Distribuição, Serviços 
▶Fomento a processos e produtos com alto conteúdo de conhecimento e formação de redes cooperativas Na Educação 
▶Novas técnicas de ensino para uma geração sempre conectada 
▶Conteúdos, ensino a distância e ferramentas digitais para alunos, pais, professores e gestores com capacitação dos profissionais em TIC Na Saúde 
▶Automação de processos, telemedicina e capacitação profissional 
▶Registros, prontuários eletrônicos, gestão de saúde, incluindo SUS Na Segurança Pública 
▶Inteligência, monitoramento à distância, patrulhamento Gestão Pública 
▶Reforma da Lei 8.666, priorizando aquisição de soluções com TIC 
▶Aperfeiçoamento dos pregões eletrônicos e valorização das licitações com critérios de decisão por técnica e preço 
▶Soluções de sistemas e processos indutores de eficiência, interoperabilidade e ganhos de escala 
▶Maior envolvimento da academia e do setor na definição das políticas 
▶Políticas de TIC sob supervisão direta do Chefe do Executivo 
Impactos Esperados 
▶Aumento do uso de TIC nas Pequenas e Médias Empresas (PMEs): 
>Serviços em Nuvem de 8% para 85% e de 
>Banda Larga de 37% para 95% até 2019 
▶Aumento da produtividade do trabalho 
▶Crescimento da economia 
▶Geração de empregos mais sofisticados e aumento de renda 
▶Redução da evasão escolar no ensino médio 
▶Aumento da qualidade na Educação: 
>Melhora no teste nacional (Prova Brasil) 
>Melhora nas provas internacionais (Pisa) 
▶Eliminação do fosso digital na sociedade brasileira 
▶Atendimento de qualidade nos hospitais públicos 
▶Racionalização dos gastos do SUS 
▶Integração dos sistemas de segurança com comunicação ágil e compartilhamento de informações 
▶Velocidade de reação e efetividade no atendimento a ocorrências 
▶Smart Cities: gestão rápida e coordenada de calamidades 
▶Maior eficiência no gasto público com soluções e serviços de TIC 
▶Eficiência no investimento público e privado e formação de PPPs 
▶e-Gov de excelência e referência no mundo 
▶Atendimento aos anseios da nova classe média brasileira 
▶Percepção de progresso e modernidade por parte da população 
▶Aumento do bem estar da população e confiança nas instituições 
▶Fortalecimento da democracia 
IMPORTÂNCIA DE TIC PARA O DESENVOLVIMENTO, SERVIÇOS AO CIDADÃO E EFICIÊNCIA PÚBLICA 
Crescimento, Produtividade, Agregação de Valor, Custo Inteligente e Bem Estar Social 
POR UM BRASIL DIGITAL E COMPETITIVO 
PROPOSTAS PARA UM PROGRAMA DE GOVERNO VOLTADO À TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC)
A Brasscom conta com 39 associados dentre as maiores empresas de TIC do País e 8 associados institucionais. Os principais executivos de TIC do País fazem parte do Conselho de Administração da Brasscom, que atua em articulação com entidades que buscam o aumento da competitividade do País. 
A desoneração da folha, o fomento à inovação e capacitação, o apoio à internacionalização de empresas e a defesa da segurança jurídica têm sido bandeiras da Brasscom. Colocamos em primeiro plano a busca pelo aumento da competitividade, da produtividade do trabalho e da riqueza nacional. 
Do ponto de vista de TIC e o Bem Estar Social, a Brasscom acredita que a formação da opinião pública ocorre, cada vez mais, pelo compartilhamento de visões entre indivíduos e grupos sociais na Internet, com repercussões políticas além fronteiras nacionais. 
NOSSO COMPROMISSO COM O SETOR E COM O BRASIL 
A ABES, Associação Brasileira das Empresas de Software, conta com cerca de 1580 empresas associadas ou conveniadas, distribuídas em 21 estados brasileiros, responsáveis pela geração de mais de 120 mil empregos diretos e um faturamento anual da ordem de USD 20 bilhões por ano. As empresas associadas à ABES representam 85% do faturamento do segmento de desenvolvimento e comercialização de software no Brasil e 32% do faturamento total do setor de TI, equivalente em 2013 a USD 61,6 bilhões de vendas de software, serviços de TI e hardware. Desde sua fundação, em 1986, a entidade exerce a missão de representação setorial nas áreas legislativa e tributária, na proposição e orientação de políticas voltadas ao fortalecimento da cadeia de valor da Indústria Brasileira de Software e Serviços – IBSS. 
A Federação das Associações de Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação - ASSESPRO Nacional é uma entidade sem fins lucrativos, representante de empresas nacionais produtoras e desenvolvedoras de software, serviços de tecnologia da informação, telecomunicações e internet. 
Fundada em 1976, a ASSESPRO é a legítima e mais antiga entidade empresarial do Setor atuando em defesa dos interesses da indústria nacional de TI junto aos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e conta com escritórios regionais em 14 unidades federativas e mais de 1500 empresas associada. 
A entidade trabalha no sentido de integrar as empresas e consolidar a participação da indústria de TIC na formação das bases que sustentam o crescimento da economia brasileira. 
RELEVÂNCIA DO SETOR 
R$ 441 Bi em TIC e Telecom 5º maior do mundo R$ 240 Bi em TIC 7º maior do mundo 16,9% Crescimento de TIC 8,8% do PIB Participação de TIC e Telecom Mais de 70 mil Empresas 1,5 milhão Empregados em TIC TIC: Hardware, Software e Serviços Telecom: Voz, Celular e Dados Fontes: Brasscom, IDC 2013 
10,7% do PIB 
Participação de TIC e Telecom 
3,0 milhões 
Empregados em TIC 
R$ 12 bilhões 
Exportações de TIC 
Estimativas Brasscom 
Embora números recentes demonstrem uma trajetória de crescimento do setor de TIC no Brasil, a atual conjuntura inspira a construção de uma agenda estratégica amparada no seu amplo potencial de geração de riquezas, na transversalidade da tecnologia enquanto fator de competitividade econômica, bem como na capacidade da solução de problemas afetos ao desenvolvimento social, tais como mobilidade urbana, saúde, segurança e educação. Fomentar o desenvolvimento de novas tecnologias constitui importante capítulo da agenda de competitividade, na medida em que se constata um déficit de investimentos públicos e privados nas atividades de pesquisa e produção de conhecimento. Em países como Israel, onde 400 startups surgem a cada ano, aproximadamente 5% do PIB são investidos em pesquisa e desenvolvimento (P&D). No Brasil esse índice é pouco mais que 1%. Empreendedorismo e inovação são recursos inesgotáveis na solução de problemas e podem protagonizar a transformação econômica de qualquer país. Nesse contexto, uma política eficiente de incentivo às Startups brasileiras é prioridade para o futuro da indústria nacional de TIC. O fortalecimento e reconhecimento da cadeia produtiva de TIC é fator determinante na estratégia de crescimento do setor. Aspectos relacionados ao equilíbrio nas relações de trabalho, em especial no que diz respeito ao marco regulatório da terceirização, e a segurança jurídica para a realização de investimentos, comprometem a competitividade das empresas brasileiras e representam um freio ao desenvolvimento da indústria nacional. Igualmente relevante é o papel do Estado enquanto agente de fomento por meio do poder das compras públicas. Tal instrumento deve ser considerado não só como ampliador da demanda interna, mas também, e principalmente, como ferramenta para promover e consolidar marcas e tecnologias nacionais. Enquanto na Índia mais de 300 mil profissionais de TI são formados a cada ano, no Brasil esse número não passa de 36 mil. Em boa medida, tal distanciamento decorre da insuficiência de políticas públicas dedicadas à formação e qualificação de capital humano especializado, principal ativo do setor de TIC. As Propostas para um Programa de Governo voltado à Tecnologia da Informação e Comunicação, ora apresentadas, são motivadas pelo potencial transformador do setor na economia e pela sua relevância no bem-estar social. 
IMPACTO DAS PROPOSTAS ATÉ 2022 
TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) - FUNDAMENTAL PARA O BRASIL 
4,40% 
1,20% 
Israel 
Brasil 
Em Israel há 14,7 Startups 
para cada mil habitantes 
No Brasil, apenas 1,4 Startup para cada mil habitantes 
Investimento do PIB em P&D 
Formação de profissionais de TI ao ano 
Fonte: Global Innovation Index, OMPI 
Fontes: Mappedinisrael.com e ABStartup 
300.000 
36.000 
Índia 
Brasil 
POR UM BRASIL DIGITAL E COMPETITIVO PROPOSTAS PARA UM PROGRAMA DE GOVERNO VOLTADO À TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC)

Recomendados

Posicionamento Brasscom - Segurança de Informação
Posicionamento Brasscom - Segurança de InformaçãoPosicionamento Brasscom - Segurança de Informação
Posicionamento Brasscom - Segurança de InformaçãoBrasscom
 
Posicionamento Brasscom - Privacidade e Proteção de dados pessoais na economi...
Posicionamento Brasscom - Privacidade e Proteção de dados pessoais na economi...Posicionamento Brasscom - Privacidade e Proteção de dados pessoais na economi...
Posicionamento Brasscom - Privacidade e Proteção de dados pessoais na economi...Brasscom
 
Posicionamento Brasscom - Internet as Coisas
Posicionamento Brasscom - Internet as CoisasPosicionamento Brasscom - Internet as Coisas
Posicionamento Brasscom - Internet as CoisasBrasscom
 
28/09/2011 9h às 12h - convergência digital - plano nacional de banda larga...
28/09/2011   9h às 12h - convergência digital - plano nacional de banda larga...28/09/2011   9h às 12h - convergência digital - plano nacional de banda larga...
28/09/2011 9h às 12h - convergência digital - plano nacional de banda larga...Rio Info
 
Brasscom cloud computing
Brasscom cloud computingBrasscom cloud computing
Brasscom cloud computingTABLE PARTNERS
 
Rotas Estratégicas Setoriais - 2022
Rotas Estratégicas Setoriais - 2022Rotas Estratégicas Setoriais - 2022
Rotas Estratégicas Setoriais - 2022Alvaro Brognoli
 
Apresentacao institucional tim 3 t18
Apresentacao institucional tim   3 t18Apresentacao institucional tim   3 t18
Apresentacao institucional tim 3 t18TIM RI
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação resultados 2011
Apresentação resultados 2011Apresentação resultados 2011
Apresentação resultados 2011algartelecom
 
White paper - Relatório sobre Segurança Cisco
White paper - Relatório sobre Segurança Cisco White paper - Relatório sobre Segurança Cisco
White paper - Relatório sobre Segurança Cisco Cisco do Brasil
 
Apresentação 2 t13
Apresentação 2 t13Apresentação 2 t13
Apresentação 2 t13algartelecom
 
Tim part apresentacao apimec poa 2019 final
Tim part  apresentacao apimec poa 2019  finalTim part  apresentacao apimec poa 2019  final
Tim part apresentacao apimec poa 2019 finalTIM RI
 
InfoPI2013 - Palestra - Tecnologias da Informação e Comunicação, Empresas e P...
InfoPI2013 - Palestra - Tecnologias da Informação e Comunicação, Empresas e P...InfoPI2013 - Palestra - Tecnologias da Informação e Comunicação, Empresas e P...
InfoPI2013 - Palestra - Tecnologias da Informação e Comunicação, Empresas e P...Carlos Carvalho
 

Mais procurados (6)

Apresentação de Jefferson de Oliveira
Apresentação de Jefferson de OliveiraApresentação de Jefferson de Oliveira
Apresentação de Jefferson de Oliveira
 
Apresentação resultados 2011
Apresentação resultados 2011Apresentação resultados 2011
Apresentação resultados 2011
 
White paper - Relatório sobre Segurança Cisco
White paper - Relatório sobre Segurança Cisco White paper - Relatório sobre Segurança Cisco
White paper - Relatório sobre Segurança Cisco
 
Apresentação 2 t13
Apresentação 2 t13Apresentação 2 t13
Apresentação 2 t13
 
Tim part apresentacao apimec poa 2019 final
Tim part  apresentacao apimec poa 2019  finalTim part  apresentacao apimec poa 2019  final
Tim part apresentacao apimec poa 2019 final
 
InfoPI2013 - Palestra - Tecnologias da Informação e Comunicação, Empresas e P...
InfoPI2013 - Palestra - Tecnologias da Informação e Comunicação, Empresas e P...InfoPI2013 - Palestra - Tecnologias da Informação e Comunicação, Empresas e P...
InfoPI2013 - Palestra - Tecnologias da Informação e Comunicação, Empresas e P...
 

Destaque

Curso de corel draw x5 aula 48 cartao namorados 3 
Curso de corel draw x5 aula 48 cartao namorados 3 Curso de corel draw x5 aula 48 cartao namorados 3 
Curso de corel draw x5 aula 48 cartao namorados 3 Professor Paulo Duran
 
#01 como enviar arquivos pelo facebook
#01   como enviar arquivos pelo facebook#01   como enviar arquivos pelo facebook
#01 como enviar arquivos pelo facebookIsrael Medeiros
 
Sinto muitas saudades
Sinto muitas saudadesSinto muitas saudades
Sinto muitas saudades198129
 
NSF ATE Poster Board Showcase
NSF ATE Poster Board ShowcaseNSF ATE Poster Board Showcase
NSF ATE Poster Board ShowcaseTandeka Boko, MD
 
PresentacióN De Prueba
PresentacióN De PruebaPresentacióN De Prueba
PresentacióN De Pruebaagencinas
 
Produção do Texto para o Teatro - Possibilidades Gerais de Análise de uma obra
Produção do Texto para o Teatro - Possibilidades Gerais de Análise de uma obraProdução do Texto para o Teatro - Possibilidades Gerais de Análise de uma obra
Produção do Texto para o Teatro - Possibilidades Gerais de Análise de uma obraMaurileni Moreira
 
Estado de la usabilidad y accesibilidad en el mundo y México
Estado de la usabilidad y accesibilidad en el mundo y MéxicoEstado de la usabilidad y accesibilidad en el mundo y México
Estado de la usabilidad y accesibilidad en el mundo y MéxicoLuis Carlos Aceves
 
Regras de conduta na sala de aula
Regras de conduta na sala de aulaRegras de conduta na sala de aula
Regras de conduta na sala de aulaGabriela Costeira
 
Reportagem especial eventos e patrocínios 24.09
Reportagem especial eventos e patrocínios 24.09Reportagem especial eventos e patrocínios 24.09
Reportagem especial eventos e patrocínios 24.09Meio & Mensagem
 
Um lobo culto, de pascal bier
Um lobo culto, de pascal  bierUm lobo culto, de pascal  bier
Um lobo culto, de pascal bierCristina Meneses
 
Atividade de contagem e problemas. iara
Atividade de contagem e problemas.   iaraAtividade de contagem e problemas.   iara
Atividade de contagem e problemas. iaraweleslima
 

Destaque (20)

Molde munecos 00001_gx
Molde munecos 00001_gxMolde munecos 00001_gx
Molde munecos 00001_gx
 
Curso de corel draw x5 aula 48 cartao namorados 3 
Curso de corel draw x5 aula 48 cartao namorados 3 Curso de corel draw x5 aula 48 cartao namorados 3 
Curso de corel draw x5 aula 48 cartao namorados 3 
 
Molde bebe 00002_gx
Molde bebe 00002_gxMolde bebe 00002_gx
Molde bebe 00002_gx
 
#01 como enviar arquivos pelo facebook
#01   como enviar arquivos pelo facebook#01   como enviar arquivos pelo facebook
#01 como enviar arquivos pelo facebook
 
Sinto muitas saudades
Sinto muitas saudadesSinto muitas saudades
Sinto muitas saudades
 
Em nome da vida
Em nome da vida Em nome da vida
Em nome da vida
 
NSF ATE Poster Board Showcase
NSF ATE Poster Board ShowcaseNSF ATE Poster Board Showcase
NSF ATE Poster Board Showcase
 
Disinstrumentos
DisinstrumentosDisinstrumentos
Disinstrumentos
 
PresentacióN De Prueba
PresentacióN De PruebaPresentacióN De Prueba
PresentacióN De Prueba
 
Produção do Texto para o Teatro - Possibilidades Gerais de Análise de uma obra
Produção do Texto para o Teatro - Possibilidades Gerais de Análise de uma obraProdução do Texto para o Teatro - Possibilidades Gerais de Análise de uma obra
Produção do Texto para o Teatro - Possibilidades Gerais de Análise de uma obra
 
Anteproyecto
AnteproyectoAnteproyecto
Anteproyecto
 
Estado de la usabilidad y accesibilidad en el mundo y México
Estado de la usabilidad y accesibilidad en el mundo y MéxicoEstado de la usabilidad y accesibilidad en el mundo y México
Estado de la usabilidad y accesibilidad en el mundo y México
 
Regras de conduta na sala de aula
Regras de conduta na sala de aulaRegras de conduta na sala de aula
Regras de conduta na sala de aula
 
Jmaco3
Jmaco3Jmaco3
Jmaco3
 
Decreto 49
Decreto 49Decreto 49
Decreto 49
 
Reportagem especial eventos e patrocínios 24.09
Reportagem especial eventos e patrocínios 24.09Reportagem especial eventos e patrocínios 24.09
Reportagem especial eventos e patrocínios 24.09
 
Um lobo culto, de pascal bier
Um lobo culto, de pascal  bierUm lobo culto, de pascal  bier
Um lobo culto, de pascal bier
 
Estética
EstéticaEstética
Estética
 
Page1
Page1Page1
Page1
 
Atividade de contagem e problemas. iara
Atividade de contagem e problemas.   iaraAtividade de contagem e problemas.   iara
Atividade de contagem e problemas. iara
 

Semelhante a Propostas para Um Programa de Governo Voltado à Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC)

Posicionamento Brasscom - Políticas Públicas para um Brasil Digital
Posicionamento Brasscom - Políticas Públicas para um Brasil DigitalPosicionamento Brasscom - Políticas Públicas para um Brasil Digital
Posicionamento Brasscom - Políticas Públicas para um Brasil DigitalBrasscom
 
TI Maior - Balanço e Perspectivas
TI Maior - Balanço e PerspectivasTI Maior - Balanço e Perspectivas
TI Maior - Balanço e PerspectivasLaboratorium
 
Apresentacao De Computador Sociedade
Apresentacao De Computador SociedadeApresentacao De Computador Sociedade
Apresentacao De Computador Sociedaderaquelcarsi
 
Desenvolver internamente ou terceirizar
Desenvolver  internamente ou terceirizarDesenvolver  internamente ou terceirizar
Desenvolver internamente ou terceirizarAssespro Nacional
 
Manifesto Transformação Digital Lei de Informática
Manifesto Transformação Digital Lei de InformáticaManifesto Transformação Digital Lei de Informática
Manifesto Transformação Digital Lei de InformáticaBrasscom
 
Consulta Pública - Estratégia nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação
Consulta Pública - Estratégia nacional de Ciência, Tecnologia e InovaçãoConsulta Pública - Estratégia nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação
Consulta Pública - Estratégia nacional de Ciência, Tecnologia e InovaçãoBrasscom
 
Revista Cisco Live Ed 24
Revista Cisco Live Ed 24Revista Cisco Live Ed 24
Revista Cisco Live Ed 24Cisco do Brasil
 
Dados - Insumos para a Transformação Digital
Dados - Insumos para a Transformação DigitalDados - Insumos para a Transformação Digital
Dados - Insumos para a Transformação DigitalThiago Avila, Msc
 
Resultados da Lei de Informática
Resultados da Lei de InformáticaResultados da Lei de Informática
Resultados da Lei de InformáticaCESAR
 
ENTIDADES DE TIC PARTICIPAM DE REUNIÃO COM MICHEL TEMER
ENTIDADES DE TIC PARTICIPAM DE REUNIÃO COM MICHEL TEMERENTIDADES DE TIC PARTICIPAM DE REUNIÃO COM MICHEL TEMER
ENTIDADES DE TIC PARTICIPAM DE REUNIÃO COM MICHEL TEMERBrasscom
 
Lei de Inovação, Informática, Microeletrônica e Software
Lei de Inovação, Informática, Microeletrônica e SoftwareLei de Inovação, Informática, Microeletrônica e Software
Lei de Inovação, Informática, Microeletrônica e SoftwareOsmar Aleixo Rodrigues Filho
 
22 11-2016- internet-das-coisas-e-cidades-inteligentes
22 11-2016- internet-das-coisas-e-cidades-inteligentes22 11-2016- internet-das-coisas-e-cidades-inteligentes
22 11-2016- internet-das-coisas-e-cidades-inteligentesAna Claudia Annunciação
 
Fontes de Fomento - CESAR
Fontes de Fomento - CESARFontes de Fomento - CESAR
Fontes de Fomento - CESARCESAR
 
Tecnologia de Informação e Comunicação - Ceará Inteligente e Competitivo
Tecnologia de Informação e Comunicação - Ceará Inteligente e CompetitivoTecnologia de Informação e Comunicação - Ceará Inteligente e Competitivo
Tecnologia de Informação e Comunicação - Ceará Inteligente e CompetitivoCesar Cals Neto
 
Brasscom doc-2017-012 (pp&n p. pub. br. dig.) v16
Brasscom doc-2017-012 (pp&n p. pub. br. dig.) v16Brasscom doc-2017-012 (pp&n p. pub. br. dig.) v16
Brasscom doc-2017-012 (pp&n p. pub. br. dig.) v16Brasscom
 

Semelhante a Propostas para Um Programa de Governo Voltado à Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) (20)

Posicionamento Brasscom - Políticas Públicas para um Brasil Digital
Posicionamento Brasscom - Políticas Públicas para um Brasil DigitalPosicionamento Brasscom - Políticas Públicas para um Brasil Digital
Posicionamento Brasscom - Políticas Públicas para um Brasil Digital
 
TI Maior - Balanço e Perspectivas
TI Maior - Balanço e PerspectivasTI Maior - Balanço e Perspectivas
TI Maior - Balanço e Perspectivas
 
Apresentacao De Computador Sociedade
Apresentacao De Computador SociedadeApresentacao De Computador Sociedade
Apresentacao De Computador Sociedade
 
Desenvolver internamente ou terceirizar
Desenvolver  internamente ou terceirizarDesenvolver  internamente ou terceirizar
Desenvolver internamente ou terceirizar
 
Manifesto Transformação Digital Lei de Informática
Manifesto Transformação Digital Lei de InformáticaManifesto Transformação Digital Lei de Informática
Manifesto Transformação Digital Lei de Informática
 
Consulta Pública - Estratégia nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação
Consulta Pública - Estratégia nacional de Ciência, Tecnologia e InovaçãoConsulta Pública - Estratégia nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação
Consulta Pública - Estratégia nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação
 
Revista Cisco Live Ed 24
Revista Cisco Live Ed 24Revista Cisco Live Ed 24
Revista Cisco Live Ed 24
 
Conquistas Brasscom 2018
Conquistas Brasscom 2018Conquistas Brasscom 2018
Conquistas Brasscom 2018
 
Caso CPM Braxis
Caso CPM BraxisCaso CPM Braxis
Caso CPM Braxis
 
Dados - Insumos para a Transformação Digital
Dados - Insumos para a Transformação DigitalDados - Insumos para a Transformação Digital
Dados - Insumos para a Transformação Digital
 
Resultados da Lei de Informática
Resultados da Lei de InformáticaResultados da Lei de Informática
Resultados da Lei de Informática
 
ENTIDADES DE TIC PARTICIPAM DE REUNIÃO COM MICHEL TEMER
ENTIDADES DE TIC PARTICIPAM DE REUNIÃO COM MICHEL TEMERENTIDADES DE TIC PARTICIPAM DE REUNIÃO COM MICHEL TEMER
ENTIDADES DE TIC PARTICIPAM DE REUNIÃO COM MICHEL TEMER
 
TCO no Brasil
TCO no BrasilTCO no Brasil
TCO no Brasil
 
Lei de Inovação, Informática, Microeletrônica e Software
Lei de Inovação, Informática, Microeletrônica e SoftwareLei de Inovação, Informática, Microeletrônica e Software
Lei de Inovação, Informática, Microeletrônica e Software
 
22 11-2016- internet-das-coisas-e-cidades-inteligentes
22 11-2016- internet-das-coisas-e-cidades-inteligentes22 11-2016- internet-das-coisas-e-cidades-inteligentes
22 11-2016- internet-das-coisas-e-cidades-inteligentes
 
Fontes de Fomento - CESAR
Fontes de Fomento - CESARFontes de Fomento - CESAR
Fontes de Fomento - CESAR
 
Tecnologia de Informação e Comunicação - Ceará Inteligente e Competitivo
Tecnologia de Informação e Comunicação - Ceará Inteligente e CompetitivoTecnologia de Informação e Comunicação - Ceará Inteligente e Competitivo
Tecnologia de Informação e Comunicação - Ceará Inteligente e Competitivo
 
Apresentação C,T&I no Setor Cibernético Brasileiro: Interesse Estratégico do ...
Apresentação C,T&I no Setor Cibernético Brasileiro: Interesse Estratégico do ...Apresentação C,T&I no Setor Cibernético Brasileiro: Interesse Estratégico do ...
Apresentação C,T&I no Setor Cibernético Brasileiro: Interesse Estratégico do ...
 
Brasscom doc-2017-012 (pp&n p. pub. br. dig.) v16
Brasscom doc-2017-012 (pp&n p. pub. br. dig.) v16Brasscom doc-2017-012 (pp&n p. pub. br. dig.) v16
Brasscom doc-2017-012 (pp&n p. pub. br. dig.) v16
 
2) daniel annenberg conip 30 5_2017
2) daniel annenberg conip 30 5_20172) daniel annenberg conip 30 5_2017
2) daniel annenberg conip 30 5_2017
 

Mais de Assespro Nacional

2018 aleti+-it-census-results-2017
2018 aleti+-it-census-results-20172018 aleti+-it-census-results-2017
2018 aleti+-it-census-results-2017Assespro Nacional
 
WCIT 2016 | Informativo nº4
WCIT 2016 | Informativo nº4WCIT 2016 | Informativo nº4
WCIT 2016 | Informativo nº4Assespro Nacional
 
WCIT 2016 - Informativo nº3
WCIT 2016 - Informativo nº3WCIT 2016 - Informativo nº3
WCIT 2016 - Informativo nº3Assespro Nacional
 
[WCIT 2016] World Congress on Information Technology | Confresso Mundial de T...
[WCIT 2016] World Congress on Information Technology | Confresso Mundial de T...[WCIT 2016] World Congress on Information Technology | Confresso Mundial de T...
[WCIT 2016] World Congress on Information Technology | Confresso Mundial de T...Assespro Nacional
 
2014 - Censo ALETI do Setor de TIC: Resultados
2014 - Censo ALETI do Setor de TIC: Resultados2014 - Censo ALETI do Setor de TIC: Resultados
2014 - Censo ALETI do Setor de TIC: ResultadosAssespro Nacional
 
Dissertação - Sr. Luiz Paiva
Dissertação - Sr. Luiz PaivaDissertação - Sr. Luiz Paiva
Dissertação - Sr. Luiz PaivaAssespro Nacional
 
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping II
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping II[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping II
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping IIAssespro Nacional
 
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Depoimentos Clientes Interm...
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Depoimentos Clientes Interm...[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Depoimentos Clientes Interm...
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Depoimentos Clientes Interm...Assespro Nacional
 
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Atestados
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Atestados[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Atestados
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - AtestadosAssespro Nacional
 
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - ClippingAssespro Nacional
 
[Prêmio Imre Simon 2014] Grupo Consulters - Depoimentos
[Prêmio Imre Simon 2014] Grupo Consulters - Depoimentos[Prêmio Imre Simon 2014] Grupo Consulters - Depoimentos
[Prêmio Imre Simon 2014] Grupo Consulters - DepoimentosAssespro Nacional
 
Prêmio Prof. Dr. Imre Simon Ed. 2014 - Reportagens sobre a Infraestrutura da ...
Prêmio Prof. Dr. Imre Simon Ed. 2014 - Reportagens sobre a Infraestrutura da ...Prêmio Prof. Dr. Imre Simon Ed. 2014 - Reportagens sobre a Infraestrutura da ...
Prêmio Prof. Dr. Imre Simon Ed. 2014 - Reportagens sobre a Infraestrutura da ...Assespro Nacional
 
Guia GIFE - IBGC 2014: Guia das Melhores Práticas de Governança para Institu...
Guia GIFE - IBGC 2014:  Guia das Melhores Práticas de Governança para Institu...Guia GIFE - IBGC 2014:  Guia das Melhores Práticas de Governança para Institu...
Guia GIFE - IBGC 2014: Guia das Melhores Práticas de Governança para Institu...Assespro Nacional
 
[GPATS 2013] The São Paulo Declaration
[GPATS 2013] The São Paulo Declaration[GPATS 2013] The São Paulo Declaration
[GPATS 2013] The São Paulo DeclarationAssespro Nacional
 
[GPATS 2013] Makoto (Mac) Yokozawa - Cyber Immune Systems That Helps Trust a...
[GPATS 2013]  Makoto (Mac) Yokozawa - Cyber Immune Systems That Helps Trust a...[GPATS 2013]  Makoto (Mac) Yokozawa - Cyber Immune Systems That Helps Trust a...
[GPATS 2013] Makoto (Mac) Yokozawa - Cyber Immune Systems That Helps Trust a...Assespro Nacional
 
[GPATS 2013 ] Bernd FRIEDRICH and Milena SEIBOLD - Measuring the IT Industry ...
[GPATS 2013 ] Bernd FRIEDRICH and Milena SEIBOLD - Measuring the IT Industry ...[GPATS 2013 ] Bernd FRIEDRICH and Milena SEIBOLD - Measuring the IT Industry ...
[GPATS 2013 ] Bernd FRIEDRICH and Milena SEIBOLD - Measuring the IT Industry ...Assespro Nacional
 
[GPATS 2013] Ivo Ivanovski - Master Presentation of Macedonia
[GPATS 2013] Ivo Ivanovski - Master Presentation of Macedonia[GPATS 2013] Ivo Ivanovski - Master Presentation of Macedonia
[GPATS 2013] Ivo Ivanovski - Master Presentation of MacedoniaAssespro Nacional
 
[GPATS 2013] Luís Stein - Free Trade Policies in ICT Goods and Services
[GPATS 2013] Luís Stein - Free Trade Policies in ICT Goods and Services[GPATS 2013] Luís Stein - Free Trade Policies in ICT Goods and Services
[GPATS 2013] Luís Stein - Free Trade Policies in ICT Goods and ServicesAssespro Nacional
 
[GPATS 2013] Torbjörn Fredriksson - PROMOTING THE ICT SECTOR: The Importance ...
[GPATS 2013] Torbjörn Fredriksson - PROMOTING THE ICT SECTOR: The Importance ...[GPATS 2013] Torbjörn Fredriksson - PROMOTING THE ICT SECTOR: The Importance ...
[GPATS 2013] Torbjörn Fredriksson - PROMOTING THE ICT SECTOR: The Importance ...Assespro Nacional
 

Mais de Assespro Nacional (20)

2018 aleti+-it-census-results-2017
2018 aleti+-it-census-results-20172018 aleti+-it-census-results-2017
2018 aleti+-it-census-results-2017
 
WCIT 2016 | Informativo nº4
WCIT 2016 | Informativo nº4WCIT 2016 | Informativo nº4
WCIT 2016 | Informativo nº4
 
WCIT 2016 - Informativo nº3
WCIT 2016 - Informativo nº3WCIT 2016 - Informativo nº3
WCIT 2016 - Informativo nº3
 
[WCIT 2016] World Congress on Information Technology | Confresso Mundial de T...
[WCIT 2016] World Congress on Information Technology | Confresso Mundial de T...[WCIT 2016] World Congress on Information Technology | Confresso Mundial de T...
[WCIT 2016] World Congress on Information Technology | Confresso Mundial de T...
 
2014 - Censo ALETI do Setor de TIC: Resultados
2014 - Censo ALETI do Setor de TIC: Resultados2014 - Censo ALETI do Setor de TIC: Resultados
2014 - Censo ALETI do Setor de TIC: Resultados
 
Dissertação - Sr. Luiz Paiva
Dissertação - Sr. Luiz PaivaDissertação - Sr. Luiz Paiva
Dissertação - Sr. Luiz Paiva
 
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping II
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping II[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping II
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping II
 
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Depoimentos Clientes Interm...
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Depoimentos Clientes Interm...[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Depoimentos Clientes Interm...
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Depoimentos Clientes Interm...
 
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Atestados
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Atestados[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Atestados
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Atestados
 
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping
[Prêmio Imre Simon 2014] Multimídia Educacional - Clipping
 
[Prêmio Imre Simon 2014] Grupo Consulters - Depoimentos
[Prêmio Imre Simon 2014] Grupo Consulters - Depoimentos[Prêmio Imre Simon 2014] Grupo Consulters - Depoimentos
[Prêmio Imre Simon 2014] Grupo Consulters - Depoimentos
 
Prêmio Prof. Dr. Imre Simon Ed. 2014 - Reportagens sobre a Infraestrutura da ...
Prêmio Prof. Dr. Imre Simon Ed. 2014 - Reportagens sobre a Infraestrutura da ...Prêmio Prof. Dr. Imre Simon Ed. 2014 - Reportagens sobre a Infraestrutura da ...
Prêmio Prof. Dr. Imre Simon Ed. 2014 - Reportagens sobre a Infraestrutura da ...
 
Guia GIFE - IBGC 2014: Guia das Melhores Práticas de Governança para Institu...
Guia GIFE - IBGC 2014:  Guia das Melhores Práticas de Governança para Institu...Guia GIFE - IBGC 2014:  Guia das Melhores Práticas de Governança para Institu...
Guia GIFE - IBGC 2014: Guia das Melhores Práticas de Governança para Institu...
 
Censo do Setor de TI 2013
Censo do Setor de TI 2013 Censo do Setor de TI 2013
Censo do Setor de TI 2013
 
[GPATS 2013] The São Paulo Declaration
[GPATS 2013] The São Paulo Declaration[GPATS 2013] The São Paulo Declaration
[GPATS 2013] The São Paulo Declaration
 
[GPATS 2013] Makoto (Mac) Yokozawa - Cyber Immune Systems That Helps Trust a...
[GPATS 2013]  Makoto (Mac) Yokozawa - Cyber Immune Systems That Helps Trust a...[GPATS 2013]  Makoto (Mac) Yokozawa - Cyber Immune Systems That Helps Trust a...
[GPATS 2013] Makoto (Mac) Yokozawa - Cyber Immune Systems That Helps Trust a...
 
[GPATS 2013 ] Bernd FRIEDRICH and Milena SEIBOLD - Measuring the IT Industry ...
[GPATS 2013 ] Bernd FRIEDRICH and Milena SEIBOLD - Measuring the IT Industry ...[GPATS 2013 ] Bernd FRIEDRICH and Milena SEIBOLD - Measuring the IT Industry ...
[GPATS 2013 ] Bernd FRIEDRICH and Milena SEIBOLD - Measuring the IT Industry ...
 
[GPATS 2013] Ivo Ivanovski - Master Presentation of Macedonia
[GPATS 2013] Ivo Ivanovski - Master Presentation of Macedonia[GPATS 2013] Ivo Ivanovski - Master Presentation of Macedonia
[GPATS 2013] Ivo Ivanovski - Master Presentation of Macedonia
 
[GPATS 2013] Luís Stein - Free Trade Policies in ICT Goods and Services
[GPATS 2013] Luís Stein - Free Trade Policies in ICT Goods and Services[GPATS 2013] Luís Stein - Free Trade Policies in ICT Goods and Services
[GPATS 2013] Luís Stein - Free Trade Policies in ICT Goods and Services
 
[GPATS 2013] Torbjörn Fredriksson - PROMOTING THE ICT SECTOR: The Importance ...
[GPATS 2013] Torbjörn Fredriksson - PROMOTING THE ICT SECTOR: The Importance ...[GPATS 2013] Torbjörn Fredriksson - PROMOTING THE ICT SECTOR: The Importance ...
[GPATS 2013] Torbjörn Fredriksson - PROMOTING THE ICT SECTOR: The Importance ...
 

Último

MAPA - PROGRAMAÇÃO E CÁLCULO NUMÉRICO - 512024.docx
MAPA - PROGRAMAÇÃO E CÁLCULO NUMÉRICO - 512024.docxMAPA - PROGRAMAÇÃO E CÁLCULO NUMÉRICO - 512024.docx
MAPA - PROGRAMAÇÃO E CÁLCULO NUMÉRICO - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docxATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...
ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...
ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docxATIVIDADE 1 - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docx
MAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docxMAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docx
MAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docxMAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docxMAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docxjosecarlos413721
 
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docxATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docxMAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - RH - PLANEJAMENTO DE RECURSOS HUMANOS - 51-2024.docx
MAPA - RH - PLANEJAMENTO DE RECURSOS HUMANOS - 51-2024.docxMAPA - RH - PLANEJAMENTO DE RECURSOS HUMANOS - 51-2024.docx
MAPA - RH - PLANEJAMENTO DE RECURSOS HUMANOS - 51-2024.docxjosecarlos413721
 
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docxATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 512024.docx
MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 512024.docxMAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 512024.docx
MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 512024.docxjosecarlos413721
 
ATIVIDADE 1 - PESQUISA OPERACIONAL - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - PESQUISA OPERACIONAL - 512024.docxATIVIDADE 1 - PESQUISA OPERACIONAL - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - PESQUISA OPERACIONAL - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - MODELAGEM DE SOFTWARE – 512024.docx
ATIVIDADE 1 - MODELAGEM DE SOFTWARE – 512024.docxATIVIDADE 1 - MODELAGEM DE SOFTWARE – 512024.docx
ATIVIDADE 1 - MODELAGEM DE SOFTWARE – 512024.docxjosecarlos413721
 
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docxMAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docxMAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 512024.docx
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 512024.docxMAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 512024.docx
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxjosecarlos413721
 

Último (20)

MAPA - PROGRAMAÇÃO E CÁLCULO NUMÉRICO - 512024.docx
MAPA - PROGRAMAÇÃO E CÁLCULO NUMÉRICO - 512024.docxMAPA - PROGRAMAÇÃO E CÁLCULO NUMÉRICO - 512024.docx
MAPA - PROGRAMAÇÃO E CÁLCULO NUMÉRICO - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docxATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1- TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...
ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...
ATIVIDADE 1 - GFIN - FLUXO DE CAIXA E ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO - 5120...
 
ATIVIDADE 1 - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docxATIVIDADE 1 - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE - 512024.docx
 
MAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docx
MAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docxMAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docx
MAPA - GCOM - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO E VENDAS - 512024.docx
 
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docxMAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx
 
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docxMAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 51-2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docxATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - RH - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
 
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docxMAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA  - 512024.docx
MAPA -INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 512024.docx
 
MAPA - RH - PLANEJAMENTO DE RECURSOS HUMANOS - 51-2024.docx
MAPA - RH - PLANEJAMENTO DE RECURSOS HUMANOS - 51-2024.docxMAPA - RH - PLANEJAMENTO DE RECURSOS HUMANOS - 51-2024.docx
MAPA - RH - PLANEJAMENTO DE RECURSOS HUMANOS - 51-2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docxATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 512024.docx
MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 512024.docxMAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 512024.docx
MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - PESQUISA OPERACIONAL - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - PESQUISA OPERACIONAL - 512024.docxATIVIDADE 1 - PESQUISA OPERACIONAL - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - PESQUISA OPERACIONAL - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - MODELAGEM DE SOFTWARE – 512024.docx
ATIVIDADE 1 - MODELAGEM DE SOFTWARE – 512024.docxATIVIDADE 1 - MODELAGEM DE SOFTWARE – 512024.docx
ATIVIDADE 1 - MODELAGEM DE SOFTWARE – 512024.docx
 
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docxMAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES  - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docxMAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 512024.docx
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 512024.docx
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 512024.docxMAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 512024.docx
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 512024.docx
 
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - ADSIS - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
 

Propostas para Um Programa de Governo Voltado à Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC)

  • 1. Impactos Esperados ▶Redução de, no mínimo, 50% nos custos de investimento e operação de Datacenters ▶Duplicação dos investimentos em redes banda larga ▶Aumento da velocidade média dos atuais 2,7 Mbps para 14 Mbps até 2018 e 30 Mbps até 2022 ▶40 milhões de linhas de conexão máquina-a-máquina até 2019 ▶Tornar o Brasil referência global para investimentos em Banda Larga, Serviços em Nuvem, Big Data, IoT e Segurança em TIC ▶Formação de 200 mil profissionais especializados em 5 anos ▶Ampliação da participação de TIC no PIB (excluindo Telecom) dos atuais 4,6% em 2013 para 6,0% em 2022 ESTÍMULO A NOVAS TENDÊNCIAS DIGITAIS Futuro, Massificação, Desoneração e Produção Serviços em Nuvem ▶Smartphones, tablets e novos dispositivos a custos acessíveis ▶Desoneração tributária sobre investimento e operação de Datacenters ▶Tributação de serviços em nuvem com menores alíquotas de ISS Banda Larga ▶Massificação do acesso móvel e fixo ▶Direito de passagem e lei de antenas simples e padronizada ▶Modicidade tarifária no acesso à Internet Big Data, Internet das Coisas (IoT), Novas Tecnologias ▶Estímulo a sistemas analíticos aplicados a massas de dados ▶Estímulo à oferta de plataformas, aplicativos para um novo mundo em que tudo se conecta com tudo ▶Estímulo ao investimento em novas tecnologias Segurança da Informação e da Comunicação ▶Fomento ao desenvolvimento técnicas de encriptação, segurança de rede e segurança da informação nacionais ▶Adoção maciça de processos de gestão de segurança em TIC Capital Humano ▶Formação de especialistas de nível técnico, superior e de pós-graduação alinhados com as novas tendências ▶Aperfeiçoar regras de imigração para atrair talentos internacionais nas áreas onde há déficit de profissionais ▶Incentivo à formação e qualificação de profissionais no exterior Produção de Bens Informáticos, Software e Sensores ▶Adequação do marco legal às mudanças da produção ▶Simplificação dos Processos Produtivos Básicos (PPBs) ▶Produção competitiva de componentes críticos para IoT ▶Estímulo ao software nacional e ao software embarcado nacional AMBIENTE COMPETITIVO E INOVADOR Impactos Esperados ▶Segurança jurídica em contratações e subcontratações ▶Maior produtividade do trabalho, eliminação do “mercado cinza” (informal) e elevação da renda ▶Agilidade nos negócios com melhora em rankings globais ▶Redução geral dos custos de transação ▶Aumento do gasto privado em P&D para 1% do PIB ▶Redução do custo de capital e apoio à inovação ▶Aumento das exportações de software e serviços ▶Mais investimentos em TIC, maior integração nas cadeias globais de tecnologia e redução de custos para o consumidor Trabalho, Conhecimento, Tributação, Indução Pública Relações de Trabalho ▶Aprovação da Lei de Terceirizações ▶Segurança jurídica para os acordos coletivos e trabalho remoto ▶Livre negociação para empregados especializados e de alta renda Segurança Jurídica e Desburocratização ▶Defesa e proteção da Propriedade Intelectual e celeridade no registro ▶Abertura e fechamento de empresas com simplicidade e rapidez ▶Simplificação de procedimentos com uso de certificados digitais Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação ▶Fomento ao desenvolvimento de novas tecnologias ▶Fortalecimento dos polos tecnológicos inovadores ▶Cooperação empresas, universidades e centros de P&D ▶Aplicar contrapartidas da Lei de Informática em projetos de PMEs ▶Apoio a solidificação de marcas brasileiras no âmbito internacional Financiamento ▶Apoio financeiro ao empreendedorismo inovador e Startups ▶Melhoria de regras para maior segurança ao investimento ▶Maior acesso das PME´s a crédito para investimento em TIC ▶Aceitação de Propriedade Intelectual como garantia de crédito Tributação ▶Inclusão de micro e pequenas empresas de TIC no Simples Nacional ▶Incentivos fiscais e tributários em projetos de Startups ▶Uniformização da tributação de software como serviço ▶Enquadrar os investimentos privados em TIC nacional na Lei do Bem ▶Aperfeiçoar a legislação sobre desoneração da folha de pagamento Compras Públicas ▶Uso preferencial de software nacional pela Administração Pública ▶Poder de compra do Estado como indutor da produção nacional Nas Empresas ▶Disseminação do uso de TIC nas Pequenas e Médias Empresas ▶Soluções de TIC para setores estratégicos e de alto potencial >Óleo e Gás, Energias Elétrica e Renováveis, Smart Grids >Mineração, Cadeias Logísticas, Transportes, Mobilidade Urbana >Agronegócio, Indústria Farmacêutica, Distribuição, Serviços ▶Fomento a processos e produtos com alto conteúdo de conhecimento e formação de redes cooperativas Na Educação ▶Novas técnicas de ensino para uma geração sempre conectada ▶Conteúdos, ensino a distância e ferramentas digitais para alunos, pais, professores e gestores com capacitação dos profissionais em TIC Na Saúde ▶Automação de processos, telemedicina e capacitação profissional ▶Registros, prontuários eletrônicos, gestão de saúde, incluindo SUS Na Segurança Pública ▶Inteligência, monitoramento à distância, patrulhamento Gestão Pública ▶Reforma da Lei 8.666, priorizando aquisição de soluções com TIC ▶Aperfeiçoamento dos pregões eletrônicos e valorização das licitações com critérios de decisão por técnica e preço ▶Soluções de sistemas e processos indutores de eficiência, interoperabilidade e ganhos de escala ▶Maior envolvimento da academia e do setor na definição das políticas ▶Políticas de TIC sob supervisão direta do Chefe do Executivo Impactos Esperados ▶Aumento do uso de TIC nas Pequenas e Médias Empresas (PMEs): >Serviços em Nuvem de 8% para 85% e de >Banda Larga de 37% para 95% até 2019 ▶Aumento da produtividade do trabalho ▶Crescimento da economia ▶Geração de empregos mais sofisticados e aumento de renda ▶Redução da evasão escolar no ensino médio ▶Aumento da qualidade na Educação: >Melhora no teste nacional (Prova Brasil) >Melhora nas provas internacionais (Pisa) ▶Eliminação do fosso digital na sociedade brasileira ▶Atendimento de qualidade nos hospitais públicos ▶Racionalização dos gastos do SUS ▶Integração dos sistemas de segurança com comunicação ágil e compartilhamento de informações ▶Velocidade de reação e efetividade no atendimento a ocorrências ▶Smart Cities: gestão rápida e coordenada de calamidades ▶Maior eficiência no gasto público com soluções e serviços de TIC ▶Eficiência no investimento público e privado e formação de PPPs ▶e-Gov de excelência e referência no mundo ▶Atendimento aos anseios da nova classe média brasileira ▶Percepção de progresso e modernidade por parte da população ▶Aumento do bem estar da população e confiança nas instituições ▶Fortalecimento da democracia IMPORTÂNCIA DE TIC PARA O DESENVOLVIMENTO, SERVIÇOS AO CIDADÃO E EFICIÊNCIA PÚBLICA Crescimento, Produtividade, Agregação de Valor, Custo Inteligente e Bem Estar Social POR UM BRASIL DIGITAL E COMPETITIVO PROPOSTAS PARA UM PROGRAMA DE GOVERNO VOLTADO À TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC)
  • 2. A Brasscom conta com 39 associados dentre as maiores empresas de TIC do País e 8 associados institucionais. Os principais executivos de TIC do País fazem parte do Conselho de Administração da Brasscom, que atua em articulação com entidades que buscam o aumento da competitividade do País. A desoneração da folha, o fomento à inovação e capacitação, o apoio à internacionalização de empresas e a defesa da segurança jurídica têm sido bandeiras da Brasscom. Colocamos em primeiro plano a busca pelo aumento da competitividade, da produtividade do trabalho e da riqueza nacional. Do ponto de vista de TIC e o Bem Estar Social, a Brasscom acredita que a formação da opinião pública ocorre, cada vez mais, pelo compartilhamento de visões entre indivíduos e grupos sociais na Internet, com repercussões políticas além fronteiras nacionais. NOSSO COMPROMISSO COM O SETOR E COM O BRASIL A ABES, Associação Brasileira das Empresas de Software, conta com cerca de 1580 empresas associadas ou conveniadas, distribuídas em 21 estados brasileiros, responsáveis pela geração de mais de 120 mil empregos diretos e um faturamento anual da ordem de USD 20 bilhões por ano. As empresas associadas à ABES representam 85% do faturamento do segmento de desenvolvimento e comercialização de software no Brasil e 32% do faturamento total do setor de TI, equivalente em 2013 a USD 61,6 bilhões de vendas de software, serviços de TI e hardware. Desde sua fundação, em 1986, a entidade exerce a missão de representação setorial nas áreas legislativa e tributária, na proposição e orientação de políticas voltadas ao fortalecimento da cadeia de valor da Indústria Brasileira de Software e Serviços – IBSS. A Federação das Associações de Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação - ASSESPRO Nacional é uma entidade sem fins lucrativos, representante de empresas nacionais produtoras e desenvolvedoras de software, serviços de tecnologia da informação, telecomunicações e internet. Fundada em 1976, a ASSESPRO é a legítima e mais antiga entidade empresarial do Setor atuando em defesa dos interesses da indústria nacional de TI junto aos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e conta com escritórios regionais em 14 unidades federativas e mais de 1500 empresas associada. A entidade trabalha no sentido de integrar as empresas e consolidar a participação da indústria de TIC na formação das bases que sustentam o crescimento da economia brasileira. RELEVÂNCIA DO SETOR R$ 441 Bi em TIC e Telecom 5º maior do mundo R$ 240 Bi em TIC 7º maior do mundo 16,9% Crescimento de TIC 8,8% do PIB Participação de TIC e Telecom Mais de 70 mil Empresas 1,5 milhão Empregados em TIC TIC: Hardware, Software e Serviços Telecom: Voz, Celular e Dados Fontes: Brasscom, IDC 2013 10,7% do PIB Participação de TIC e Telecom 3,0 milhões Empregados em TIC R$ 12 bilhões Exportações de TIC Estimativas Brasscom Embora números recentes demonstrem uma trajetória de crescimento do setor de TIC no Brasil, a atual conjuntura inspira a construção de uma agenda estratégica amparada no seu amplo potencial de geração de riquezas, na transversalidade da tecnologia enquanto fator de competitividade econômica, bem como na capacidade da solução de problemas afetos ao desenvolvimento social, tais como mobilidade urbana, saúde, segurança e educação. Fomentar o desenvolvimento de novas tecnologias constitui importante capítulo da agenda de competitividade, na medida em que se constata um déficit de investimentos públicos e privados nas atividades de pesquisa e produção de conhecimento. Em países como Israel, onde 400 startups surgem a cada ano, aproximadamente 5% do PIB são investidos em pesquisa e desenvolvimento (P&D). No Brasil esse índice é pouco mais que 1%. Empreendedorismo e inovação são recursos inesgotáveis na solução de problemas e podem protagonizar a transformação econômica de qualquer país. Nesse contexto, uma política eficiente de incentivo às Startups brasileiras é prioridade para o futuro da indústria nacional de TIC. O fortalecimento e reconhecimento da cadeia produtiva de TIC é fator determinante na estratégia de crescimento do setor. Aspectos relacionados ao equilíbrio nas relações de trabalho, em especial no que diz respeito ao marco regulatório da terceirização, e a segurança jurídica para a realização de investimentos, comprometem a competitividade das empresas brasileiras e representam um freio ao desenvolvimento da indústria nacional. Igualmente relevante é o papel do Estado enquanto agente de fomento por meio do poder das compras públicas. Tal instrumento deve ser considerado não só como ampliador da demanda interna, mas também, e principalmente, como ferramenta para promover e consolidar marcas e tecnologias nacionais. Enquanto na Índia mais de 300 mil profissionais de TI são formados a cada ano, no Brasil esse número não passa de 36 mil. Em boa medida, tal distanciamento decorre da insuficiência de políticas públicas dedicadas à formação e qualificação de capital humano especializado, principal ativo do setor de TIC. As Propostas para um Programa de Governo voltado à Tecnologia da Informação e Comunicação, ora apresentadas, são motivadas pelo potencial transformador do setor na economia e pela sua relevância no bem-estar social. IMPACTO DAS PROPOSTAS ATÉ 2022 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) - FUNDAMENTAL PARA O BRASIL 4,40% 1,20% Israel Brasil Em Israel há 14,7 Startups para cada mil habitantes No Brasil, apenas 1,4 Startup para cada mil habitantes Investimento do PIB em P&D Formação de profissionais de TI ao ano Fonte: Global Innovation Index, OMPI Fontes: Mappedinisrael.com e ABStartup 300.000 36.000 Índia Brasil POR UM BRASIL DIGITAL E COMPETITIVO PROPOSTAS PARA UM PROGRAMA DE GOVERNO VOLTADO À TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC)