SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Artigo de opinião: aspectos formais relevantes – título
Assim como na hora de escolher um livro ou um filme, o título é o que mais chama
atenção antes da leitura de uma redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Segundo professores especialistas na prova, é parte importantíssima da avaliação, mesmo não
sendo obrigatório. Com ele, além de apresentar o tema, é possível causar uma boa impressão
nos corretores logo no começo da leitura.
O modelo de título ideal é aquele que consegue apresentar, breve e sinteticamente, o
tema e que tenha a ver com a redação escrita pelo aluno, para não ficar deslocado ou sem
propósito. Ainda deve ter o cuidado de não revelar o desfecho - o ponto alto, portanto - da
redação. “O título não precisa ser genial, só precisa haver uma ligação com o tema”.
Uma dica importante é escrever o título por último, apenas depois de toda a redação estar
pronta, para conseguir relacioná-lo com o resto do texto.
Se a dúvida é sobre o que evitar em um título, a resposta está na ponta da língua.
Palavras estrangeiras, clichês e chavões não são bem-vistos pelos avaliadores. O uso desses
recursos pode mostrar a falta de criatividade - e até mesmo de leitura - do candidato. "Frases
batidas como 'que país é esse?' e 'Brasil, mostra a sua cara!', por exemplo, mostram que o
aluno não se esforçou para pensar em um título original".
Logo, o ideal é não usar apenas um título qualquer, mas um bom título, de preferência
não muito longo e que represente bem aquilo que seu texto expressa. Certifique-se que seu
título esteja muito bem relacionado com o conteúdo de sua redação. Use títulos atraentes;
se coloque no lugar do examinador, pense se você acharia interessante ler uma redação com
título que você deu a ela. Analise se o título tem a ver com o restante da redação aos olhos do
examinador. Às vezes ele parece óbvio para você, mas sem nenhum sentido para quem for
fazer a correção.
Passos para se criar um bom título
 Defina os 3 (três) pontos principais do seu texto;
 Leia o texto e anote os pontos que lhe chamam mais a atenção;
 Como leitor, sobre o que se resume a ideia central do seu texto?;
 Escreva um título que defina a ideia central de sua redação;
 Analise o título criado e pense se o mesmo conseguirá atrair a atenção do leitor/avaliador;
 Centralize o título;
 Utilize poucas palavras;
 Letra maiúsculas devem ser usadas apenas na primeira palavra ( salvo os nomes próprios);
 Pode ser uma pergunta;
 Evite pular linha;
 Evite o uso de verbos e quando necessário que este esteja no infinitivo;
 Não pontue o título, a não ser que seja pontuação expressiva ( critica, ironia) como exclamação
e interrogação;
 Usar o mesmo tamanho de letra para o título e o restante do texto;
 Não sublinhe o título.
Obs: Lembre-se você é escravo do tema e não do título, logo deixe para coloca-lo por ultimo.
Você pode usar uma frase da conclusão em seu título.
Título
RG do texto.
Deve antecipar o que
vem no texto.
Recorte do assunto
que está sendo
trabalhado.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4GernciadeProduodeMat
 
Plano de aula 6ª série 7º ano -ensino fundamental 1ª semana de março
Plano de aula 6ª série   7º ano -ensino fundamental 1ª semana de marçoPlano de aula 6ª série   7º ano -ensino fundamental 1ª semana de março
Plano de aula 6ª série 7º ano -ensino fundamental 1ª semana de marçoSHEILA MONTEIRO
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slideJaciara Mota
 
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)Roseli Basellotto
 
Prática - ARTES ORIGAMI.pdf
Prática - ARTES ORIGAMI.pdfPrática - ARTES ORIGAMI.pdf
Prática - ARTES ORIGAMI.pdfJakson Silva
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTOMarcelo Cordeiro Souza
 
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docxPrograma-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docxMaxLuisEspinosa
 
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aulaOralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aulaDenise Oliveira
 
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe AssunçãoAtividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 

Mais procurados (20)

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANOINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
 
Slides aula verbos
Slides   aula verbosSlides   aula verbos
Slides aula verbos
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
 
Plano de aula 6ª série 7º ano -ensino fundamental 1ª semana de março
Plano de aula 6ª série   7º ano -ensino fundamental 1ª semana de marçoPlano de aula 6ª série   7º ano -ensino fundamental 1ª semana de março
Plano de aula 6ª série 7º ano -ensino fundamental 1ª semana de março
 
Estudo Orientado
Estudo OrientadoEstudo Orientado
Estudo Orientado
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slide
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
 
Autobiografia-
Autobiografia-Autobiografia-
Autobiografia-
 
Prática - ARTES ORIGAMI.pdf
Prática - ARTES ORIGAMI.pdfPrática - ARTES ORIGAMI.pdf
Prática - ARTES ORIGAMI.pdf
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
 
Diferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opiniãoDiferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opinião
 
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docxPrograma-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
 
Projeto de vida
Projeto de vidaProjeto de vida
Projeto de vida
 
Projeto de vida
Projeto de vidaProjeto de vida
Projeto de vida
 
A bula de remédio
A bula de remédioA bula de remédio
A bula de remédio
 
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTAAULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
 
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aulaOralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
 
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe AssunçãoAtividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
 

Semelhante a Artigo de opinião título

Redacao-sem-segredos
Redacao-sem-segredosRedacao-sem-segredos
Redacao-sem-segredosJomardasilva1
 
Orientações sobre uma Boa Redação SildoRodriguesJR
Orientações sobre uma Boa Redação  SildoRodriguesJROrientações sobre uma Boa Redação  SildoRodriguesJR
Orientações sobre uma Boa Redação SildoRodriguesJRSildo Junior
 
Como fazer uma redação dissertativa argumentativa
Como fazer uma redação dissertativa argumentativaComo fazer uma redação dissertativa argumentativa
Como fazer uma redação dissertativa argumentativaAgassis Rodrigues
 
Como fazer uma redação dissertativa argumentativa
Como fazer uma redação dissertativa argumentativaComo fazer uma redação dissertativa argumentativa
Como fazer uma redação dissertativa argumentativaAgassis Rodrigues
 
Curso de Redação - Parte 1/4
Curso de Redação - Parte 1/4Curso de Redação - Parte 1/4
Curso de Redação - Parte 1/4ABCursos OnLine
 
Curso de Redação - Parte 3/4
Curso de Redação - Parte 3/4Curso de Redação - Parte 3/4
Curso de Redação - Parte 3/4ABCursos OnLine
 
Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 7
Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 7Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 7
Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 7Angélica Manenti
 
As 3 partes do TCC
As 3 partes do TCCAs 3 partes do TCC
As 3 partes do TCCSam Kupka
 
Produção de texto
Produção de textoProdução de texto
Produção de textoeebhomago
 
Como Fazer Um Resumo
Como Fazer Um ResumoComo Fazer Um Resumo
Como Fazer Um ResumoBE/CRE
 
Como Fazer Um Resumo
Como Fazer Um ResumoComo Fazer Um Resumo
Como Fazer Um ResumoBE/CRE
 
A estética de uma redação
A estética de uma redaçãoA estética de uma redação
A estética de uma redaçãoTatiana Elizabeth
 

Semelhante a Artigo de opinião título (20)

Redacao-sem-segredos
Redacao-sem-segredosRedacao-sem-segredos
Redacao-sem-segredos
 
Orientações sobre uma Boa Redação SildoRodriguesJR
Orientações sobre uma Boa Redação  SildoRodriguesJROrientações sobre uma Boa Redação  SildoRodriguesJR
Orientações sobre uma Boa Redação SildoRodriguesJR
 
Como fazer uma redação dissertativa argumentativa
Como fazer uma redação dissertativa argumentativaComo fazer uma redação dissertativa argumentativa
Como fazer uma redação dissertativa argumentativa
 
Como fazer uma redação dissertativa argumentativa
Como fazer uma redação dissertativa argumentativaComo fazer uma redação dissertativa argumentativa
Como fazer uma redação dissertativa argumentativa
 
Curso de Redação - Parte 1/4
Curso de Redação - Parte 1/4Curso de Redação - Parte 1/4
Curso de Redação - Parte 1/4
 
Curso de Redação - Parte 3/4
Curso de Redação - Parte 3/4Curso de Redação - Parte 3/4
Curso de Redação - Parte 3/4
 
10 passos para uma boa redação
10 passos para uma boa redação10 passos para uma boa redação
10 passos para uma boa redação
 
Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 7
Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 7Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 7
Oficina de Redação ENEM 2013 - Aula 7
 
Como Escrever Bem
Como Escrever BemComo Escrever Bem
Como Escrever Bem
 
Redação
RedaçãoRedação
Redação
 
Apostila
ApostilaApostila
Apostila
 
aula 2.pdf
aula 2.pdfaula 2.pdf
aula 2.pdf
 
Modelo tcc 1_2 (5)
Modelo tcc 1_2 (5)Modelo tcc 1_2 (5)
Modelo tcc 1_2 (5)
 
Redação.DOCX
Redação.DOCXRedação.DOCX
Redação.DOCX
 
Redação.PDF
Redação.PDFRedação.PDF
Redação.PDF
 
As 3 partes do TCC
As 3 partes do TCCAs 3 partes do TCC
As 3 partes do TCC
 
Produção de texto
Produção de textoProdução de texto
Produção de texto
 
Como Fazer Um Resumo
Como Fazer Um ResumoComo Fazer Um Resumo
Como Fazer Um Resumo
 
Como Fazer Um Resumo
Como Fazer Um ResumoComo Fazer Um Resumo
Como Fazer Um Resumo
 
A estética de uma redação
A estética de uma redaçãoA estética de uma redação
A estética de uma redação
 

Mais de Andrea Alves

conhecendo minha escola.pdf
conhecendo minha escola.pdfconhecendo minha escola.pdf
conhecendo minha escola.pdfAndrea Alves
 
sequência Bibi vai para escola.pdf
sequência Bibi vai para escola.pdfsequência Bibi vai para escola.pdf
sequência Bibi vai para escola.pdfAndrea Alves
 
Jogo da Velha Natalino
Jogo da Velha NatalinoJogo da Velha Natalino
Jogo da Velha NatalinoAndrea Alves
 
Atividades Folclore 4 º ano
Atividades Folclore 4 º anoAtividades Folclore 4 º ano
Atividades Folclore 4 º anoAndrea Alves
 
Álbum Dia dos Pais
Álbum Dia dos Pais Álbum Dia dos Pais
Álbum Dia dos Pais Andrea Alves
 
Sequência Didática: A borboleta de uma asa só
Sequência Didática: A borboleta de uma asa sóSequência Didática: A borboleta de uma asa só
Sequência Didática: A borboleta de uma asa sóAndrea Alves
 
Atividades para fazer nas férias
Atividades para fazer nas fériasAtividades para fazer nas férias
Atividades para fazer nas fériasAndrea Alves
 
Sugestões de livros - Dia do Livro
Sugestões de livros - Dia do LivroSugestões de livros - Dia do Livro
Sugestões de livros - Dia do LivroAndrea Alves
 
O Piquenique do Alfabeto
O Piquenique do AlfabetoO Piquenique do Alfabeto
O Piquenique do AlfabetoAndrea Alves
 
As Aventuras de Henrique
As Aventuras de HenriqueAs Aventuras de Henrique
As Aventuras de HenriqueAndrea Alves
 
Joana e sua turma amostra
Joana e sua turma amostraJoana e sua turma amostra
Joana e sua turma amostraAndrea Alves
 
Amostra Festa Junina
Amostra Festa JuninaAmostra Festa Junina
Amostra Festa JuninaAndrea Alves
 
Atividades de Matemática
Atividades de MatemáticaAtividades de Matemática
Atividades de MatemáticaAndrea Alves
 
Trabalhando jornal e notícias
Trabalhando jornal e notíciasTrabalhando jornal e notícias
Trabalhando jornal e notíciasAndrea Alves
 
Amostra a malvada mamae
Amostra a malvada mamaeAmostra a malvada mamae
Amostra a malvada mamaeAndrea Alves
 

Mais de Andrea Alves (20)

conhecendo minha escola.pdf
conhecendo minha escola.pdfconhecendo minha escola.pdf
conhecendo minha escola.pdf
 
sequência Bibi vai para escola.pdf
sequência Bibi vai para escola.pdfsequência Bibi vai para escola.pdf
sequência Bibi vai para escola.pdf
 
Jogo da Velha Natalino
Jogo da Velha NatalinoJogo da Velha Natalino
Jogo da Velha Natalino
 
Atividades Folclore 4 º ano
Atividades Folclore 4 º anoAtividades Folclore 4 º ano
Atividades Folclore 4 º ano
 
Álbum Dia dos Pais
Álbum Dia dos Pais Álbum Dia dos Pais
Álbum Dia dos Pais
 
Bingo Junino
Bingo JuninoBingo Junino
Bingo Junino
 
Dia do soldado
Dia do soldadoDia do soldado
Dia do soldado
 
Sequência Didática: A borboleta de uma asa só
Sequência Didática: A borboleta de uma asa sóSequência Didática: A borboleta de uma asa só
Sequência Didática: A borboleta de uma asa só
 
Atividades para fazer nas férias
Atividades para fazer nas fériasAtividades para fazer nas férias
Atividades para fazer nas férias
 
Sugestões de livros - Dia do Livro
Sugestões de livros - Dia do LivroSugestões de livros - Dia do Livro
Sugestões de livros - Dia do Livro
 
O Piquenique do Alfabeto
O Piquenique do AlfabetoO Piquenique do Alfabeto
O Piquenique do Alfabeto
 
O ursinho e o mel
O ursinho e o melO ursinho e o mel
O ursinho e o mel
 
As Aventuras de Henrique
As Aventuras de HenriqueAs Aventuras de Henrique
As Aventuras de Henrique
 
Joana e sua turma amostra
Joana e sua turma amostraJoana e sua turma amostra
Joana e sua turma amostra
 
Amostra Festa Junina
Amostra Festa JuninaAmostra Festa Junina
Amostra Festa Junina
 
Atividades de Matemática
Atividades de MatemáticaAtividades de Matemática
Atividades de Matemática
 
Trabalhando jornal e notícias
Trabalhando jornal e notíciasTrabalhando jornal e notícias
Trabalhando jornal e notícias
 
O menino poti
O menino potiO menino poti
O menino poti
 
O magico encontro
O magico encontroO magico encontro
O magico encontro
 
Amostra a malvada mamae
Amostra a malvada mamaeAmostra a malvada mamae
Amostra a malvada mamae
 

Último

Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimWashingtonSampaio5
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 

Último (20)

Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 

Artigo de opinião título

  • 1. Artigo de opinião: aspectos formais relevantes – título Assim como na hora de escolher um livro ou um filme, o título é o que mais chama atenção antes da leitura de uma redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Segundo professores especialistas na prova, é parte importantíssima da avaliação, mesmo não sendo obrigatório. Com ele, além de apresentar o tema, é possível causar uma boa impressão nos corretores logo no começo da leitura. O modelo de título ideal é aquele que consegue apresentar, breve e sinteticamente, o tema e que tenha a ver com a redação escrita pelo aluno, para não ficar deslocado ou sem propósito. Ainda deve ter o cuidado de não revelar o desfecho - o ponto alto, portanto - da redação. “O título não precisa ser genial, só precisa haver uma ligação com o tema”. Uma dica importante é escrever o título por último, apenas depois de toda a redação estar pronta, para conseguir relacioná-lo com o resto do texto. Se a dúvida é sobre o que evitar em um título, a resposta está na ponta da língua. Palavras estrangeiras, clichês e chavões não são bem-vistos pelos avaliadores. O uso desses recursos pode mostrar a falta de criatividade - e até mesmo de leitura - do candidato. "Frases batidas como 'que país é esse?' e 'Brasil, mostra a sua cara!', por exemplo, mostram que o aluno não se esforçou para pensar em um título original". Logo, o ideal é não usar apenas um título qualquer, mas um bom título, de preferência não muito longo e que represente bem aquilo que seu texto expressa. Certifique-se que seu título esteja muito bem relacionado com o conteúdo de sua redação. Use títulos atraentes; se coloque no lugar do examinador, pense se você acharia interessante ler uma redação com título que você deu a ela. Analise se o título tem a ver com o restante da redação aos olhos do examinador. Às vezes ele parece óbvio para você, mas sem nenhum sentido para quem for fazer a correção. Passos para se criar um bom título  Defina os 3 (três) pontos principais do seu texto;  Leia o texto e anote os pontos que lhe chamam mais a atenção;  Como leitor, sobre o que se resume a ideia central do seu texto?;  Escreva um título que defina a ideia central de sua redação;
  • 2.  Analise o título criado e pense se o mesmo conseguirá atrair a atenção do leitor/avaliador;  Centralize o título;  Utilize poucas palavras;  Letra maiúsculas devem ser usadas apenas na primeira palavra ( salvo os nomes próprios);  Pode ser uma pergunta;  Evite pular linha;  Evite o uso de verbos e quando necessário que este esteja no infinitivo;  Não pontue o título, a não ser que seja pontuação expressiva ( critica, ironia) como exclamação e interrogação;  Usar o mesmo tamanho de letra para o título e o restante do texto;  Não sublinhe o título. Obs: Lembre-se você é escravo do tema e não do título, logo deixe para coloca-lo por ultimo. Você pode usar uma frase da conclusão em seu título. Título RG do texto. Deve antecipar o que vem no texto. Recorte do assunto que está sendo trabalhado.