Cotas - Apresentação Colégio GayLussac

1.155 visualizações

Publicada em

Nesta apresentação William Douglas comenta sobre a importância e eficiência das cotas em universidades, cursos e demais instituições de ensino.

Publicada em: Educação
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.155
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
55
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cotas - Apresentação Colégio GayLussac

  1. 1. COTASCOTAS
  2. 2. Por que SIMSIM? Por que NÃONÃO?
  3. 3. Alguns Números*Alguns Números* População Brasileira: 198,7 (milhões/2012) População Negra: 51% = 101,3 (milhões/2012) *Secretaria de Assuntos Estratégicos do Governo Federal
  4. 4. DesigualdadeDesigualdade 10%10% dos mais ricos têm 50%50% da renda do país Mulheres negras têm renda equivalente a 45%45% das mulheres brancas http://www.erudito.fea.usp.br/PortalFEA/Repositorio/1181/Documentos/transcricao_port_3_2_1.pdf / (PortalFEA/USP)
  5. 5. Distribuição de RendaDistribuição de Renda 10% mais pobre 59,5% brancos 32,7% pardos 7,8% negros 1% mais rico 87,2% brancos 11% pardos 1,8% negros
  6. 6. Apenas 20%20% de brasileiros negros ganham mais de 10 salários mínimos10 salários mínimos referência salário mínimo R$724,00
  7. 7. Apenas 20%20% de brasileiros negros chegam a fazer pós-graduaçãopós-graduação
  8. 8. Adequação Série x IdadeAdequação Série x Idade Idade (anos) % de brancos % de negros 6 a 10 59 % 50,6% 11 a 14 54,3% 37,7% 15 a 17 34,1% 20% Fonte,: FAPERJ - http://www.faperj.br/boletim_interna.phtml?obj_id=7173
  9. 9. Idade e Escolaridade no BrasilIdade e Escolaridade no Brasil (Atraso escolar) 2001 Estudantes de 15 a 17 anos cursando o ensino médio: 60% dos brancos 32% de pretos e pardos Estudantes de 18 a 19 anos ingressando no ensino superior: 21,5% dos brancos 4,4% dos pretos 3,2% dos pardos Estudantes de 20 a 24 anos cursando o ensino superior: 53,6% dos brancos 15,8% de pretos e pardos Fonte: PNAD, 2001
  10. 10. Índice de Desenvolvimento HumanoÍndice de Desenvolvimento Humano (IDH) Brasil 85º lugar85º lugar Brasil branco: 65º lugar Brasil negro e pardo: 102º lugar Fonte: Estado de Minas - Publicação: 24/11/2013 18:13 Atualização: 24/11/2013 19:20
  11. 11. 13%13% de brasileiros negros, com mais de 15 anos15 anos, ainda são analfabetosanalfabetos(referência Pesquisa Nacional de Amostragem Domiciliar) Analfabetismo Brancos - 7,1% / Pardos - 16,4% / Pretos - 17,4% (referência: Portal FEZ – USP, 2001)
  12. 12. “Comprovar o preconceito não é fácil, é algo velado. Ninguém vai dizer que você recebe menos ou não terá um melhor cargo por ser negro, mas os dados comprovam”, desabafa o dirigente sindical coordenador de combate ao racismo. Fonte: http://www.spbancarios.com.br/Noticias.aspx?id=3081 83,5% mulheres brancas x 16,5% de mulheres negras 81% homens brancos x 19% de homens negros (2,3% de “pretos”) O Mapa da Diversidade ainda mostra que, no Brasil, “pretos” recebem 64,2% e “pardos” 67,6% do rendimento dos brancos, todos celetistas ativos.
  13. 13. Existem 2.039.4992.039.499 servidores públicos federais no Brasil
  14. 14. Apenas 30%30% dos servidores públicos federais são negros
  15. 15. Apenas 5,9%5,9% dos diplomatasdiplomatas são negros Apenas 12,3%12,3% dos auditores daauditores da receitareceita são negros Apenas 14,2%14,2% dos procuradoresprocuradores da fazendada fazenda nacionalnacional são negros
  16. 16. FONTE: IBGE IPEA , dados de 2004 http://www.dombosco.sebsa.com.br/curso/estudemais/atualidades/atualidades_discriminacao.php BRANCOS NEGROS População 92 milhões 91,3 milhões Escola (tempo médio) Estudam 7,7 anos Estudam 5,8 anos Desemprego 7,9 % 10% Renda mensal média R$760,90 R$385,50 Analfabetismo (+15a) 7,2% 16,2% Pobreza 19,5% da população abaixo da linha da pobreza 41,7% da população abaixo da linha da pobreza
  17. 17. Olhe ao seu redor...Olhe ao seu redor... Na escola, no restaurante, no avião... O número de negros e pardos no ensino superior subiu de 18%18%, em 1996, para 22%22%, em 2001, e 30%30%, em 2006. Motivo 174%174% de aumento de oferta, cotas e ProUni http://www.dombosco.sebsa.com.br/curso/estudemais/atualidades/atualidades_discriminacao.php / Folha de SP 20/11/06
  18. 18. Ação Afirmativa na UERJAção Afirmativa na UERJ - Exemplo de sucesso! - 48,9%48,9% cotistas após um ano, foram aprovados em todas as disciplinas X 47%47% não cotistas
  19. 19. Na escala de nota acadêmica adotada pela UnB que vai de 0 a 5, nos cursos onde já se formaram em 2008.1: Ação Afirmativa na UnBAção Afirmativa na UnB - Três anos depois - MÉDIA GERAL - não cotistas - 2,32,3 MÉDIA GERAL - cotistas - 3,9
  20. 20. Avaliação AcadêmicaAvaliação Acadêmica 2003 – 2007 (UERJ)2003 – 2007 (UERJ) Desempenho acadêmico por cinco anos (média): Não Cotistas 6,37 Negros 6,41 Deficientes e Índios 5,73 Rede Pública 6,56
  21. 21. ConclusõesConclusões = há desigualdade = = as cotas estão ajudando = = os ricos se esforçam menos (?) = = O QUE VOCÊ VAI FAZER A RESPEITO? =
  22. 22. O que você vai fazer a respeito?O que você vai fazer a respeito? = como vai se posicionar? = = como vai tratar as pessoas diferentes de você? = = como vai tratar as pessoas mais humildes? = = como vai lidar com as oportunidades que você tem? = www.williamdouglas.com.brwww.williamdouglas.com.br

×