SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 76
Bioética e o saber cuidar
A ética da vida
GRUPO:
Ethiane Verdeco
Flávio Pinheiro
Jéssica Ramos
Maria Letice Perez
Vanda Xavier
Viviane Nunes
Prof. David Stival
Vídeo: A natureza se voltará contra nós
Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=2uX8EGOUM9A
Bioética e o saber cuidar, A ética da vida
SABER CUIDAR
DE SI
DOS OUTROS
DO PLANETA
Bioética e o saber cuidar, A ética da vida
SABER CUIDAR
A ótica do cuidado funda uma nova ética,
compreensível a todos e capaz de inspirar valores e
atitudes fundamentais para a fase planetária da
humanidade, que incluem:
• cuidado com a Terra
• cuidado com a sociedade sustentável
• cuidado com o corpo
• cuidado com o espírito
• cuidado com a preparação para a morte
Bioética e o saber cuidar, A ética da vida
SABER CUIDAR
Essa nova ética, deve emergir da natureza mais
profunda do homem, propiciando uma nova razão,
instrumental, emocional e espiritual que transformará a
ciência, a tecnologia e a crítica em medicinas para a Terra
e a humanidade.
Como forma de despertar no homem essa necessidade
do cuidado, surgiram os MITOS como uma linguagem
para traduzir fenômenos profundos, indescritíveis pela
razão analítica (Mito do cuidado e a Saga de Hygino).
Bioética: O mito do cuidado
“Certo dia, Cuidado tomou um pedaço de barro e moldou-o na forma do ser
humano. Nisso apareceu Júpiter e, à pedido de Cuidado, insuflou-lhe espírito. Cuidado
quis dar-lhe um nome, mas Júpiter lhe proibiu, querendo ele impor o nome. Começou
uma discussão entre ambos. Nisso apareceu a Terra alegando que o barro é parte de seu
corpo e que, por isso, tinha o direito de escolher um nome. Iniciou-se uma discussão
generalizada e sem solução até que decidiram chamar Saturno, o velho deus ancestral,
para ser o árbitro. Este tomou a seguinte sentença, considerada justa:
- Você, Júpiter, deu-lhe o espírito, receberá o espírito de volta quando essa criatura
morrer. Você, Terra, que lhe forneceu o corpo, receberá o corpo de volta, quando esta
criatura morrer. E você, Cuidado, que foi o primeiro a moldar a criatura, acompanha-la-á,
por todo o tempo em que viver. E como vocês não chegaram a nenhum consenso sobre o
nome, decido eu: chamar-se-á HOMEM, que vem de humus e que significa TERRA
FÉRTIL".
SUSTENTABILIDADE
O que é sustentabilidade?
Manter o Bioma vivo , manter
todos os ecossistemas inteiros,
juntamente com suas
comunidades e sociedades.
SUSTENTABILIDADE
As origens do conceito Sustentabilidade:
• Mundo antigo: Madeireira – matéria prima;
• Espanha e Portugal: as florestas começaram a
escassear;
• Alemanha e Província da Saxônia (1560): uso
consciente de florestas para ser regeneração;
• Capitão Hans (Saxônia – 1713): tornou a
sustentabilidade um conceito estratégico;
• Fornos de mineração: extração da madeira -
criado um tratado para uso consciente;
• Incentivo.
SUSTENTABILIDADE
As origens do conceito Sustentabilidade:
• Preocupação com as florestas: Silvicultura
como nova ciência;
• Clube de Roma (1970): 1º Relatório sobre Os
limites do crescimento;
• ONU: alarme mundial;
• 05 a 16 de junho de 1972, Estolcomo: 1ª
Conferência Mundial sobre o Homem e Meio
Ambiente;
• PNUMA: melhor resultado;
• Agenda 21: 03 a 14 de julho de 1992, RJ.
SUSTENTABILIDADE
Carta do Rio de Janeiro:
Todos os estados e todos os indivíduos devem
como requisito indispensável para o
desenvolvimento sustentável cooperar na tarefa
de erradicar a pobreza , de forma a reduzir as
disparidades nos padrões de vida e melhor
atender as necessidades da maioria da população
do mundo .
SUSTENTABILIDADE
As origens do conceito Sustentabilidade:
• ONU: Anos 70 - século XX;
• Sustentabilidade = sustentar;
• Sustentar é ecológico;
• Conservar, manter, proteger, fazer prosperar:
sentido positivo;
• Sustentabilidade: Manter o bioma vivo.
SUSTENTABILIDADE:
O Meio Ambiente como um todo
Segunda a Carta da Terra, possuímos:
• Um destino comum
• Situação atual, social e ecologicamente degradada
• Transformação da mente
• Sentimento de independência global
• Valorizar a imaginação
• Criar o modo sustentável de vida
• Aplicação da sustentabilidade
Vídeo: Saber cuidar – Leonardo Boff
Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=zcGGCvJ30Zc
SUSTENTABILIDADE
Biodiversidade:
Antropoceno Aquecimento Global
Planeta Terra:
Pegada Ecológica
SUSTENTABILIDADE
Desenvolvimento sustentável: documentos oficiais -
projetos de empresas e discursos ambientalistas.
Um ideal a ser atingido: processo de produção ou de
um produto.
Sustentabilidade nas empresas: Hoje o conceito é tão
usado e abusado que se transformou num modismo ,
sem conhecer seu verdadeiro VALOR.
INSUSTENTABILIDADE - CAUSAS
Desequilíbrio:
Sistema Terra e Sistema Sociedade
Insustentabilidades:
Sistema econômico-financeiro
Social da humanidade por causa da injustiça mundial
INSUSTENTABILIDADE - CAUSAS
Vídeo: Destruição
Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=E1rZFQqzTRc
SUSTENTABILIDADE
Se nossa casa está pegando fogo, ficaremos
discutindo se devemos permanecer dentro até
os bombeiros chegarem ou se devemos sair
dela para salvar a nossa vida?
SUSTENTABILIDADE
Toda sustentabilidade é vulnerável, pois está
submetida ao princípio da incompletude que marca
todos os seres e todo o universo, mas há muito por
fazer para sanar feridas passadas e evitar outras
futuras.
Devemos alinhar nossas mentes e nossas práticas
com outras forças operantes em todo o planeta e no
universo para que um equilíbrio criativo seja alcançado
e, assim, possamos garantir um futuro. Isso implica
outro modo de imaginar, de produzir, de consumir e de
dar significado à nossa passagem por este mundo.
SUSTENTABILIDADE
Pressupostos básicos e Conceito integrador
A lógica do sistema de produção e consumo imperante
está em contradição com a sustentabilidade pondo em
extremo risco a sobrevivência da espécie humana.
É preciso projetar um novo paradigma que produza
sustentabilidade para nossa Casa Comum e para todos os
seres vivos que nela habitam. É preciso imaginação, paixão
e entusiasmo criativo, além de recolher todos os cacos do
paradigma anterior, acolher a sabedoria da humanidade,
valorizar os saberes benéficos para a vida e para a
humanidade, deixar-se inspirar pelos sonhos generosos das
tantas culturas, especialmente daquelas originárias que
respeitaram e desfrutaram de uma respeitosa convivência
com a Mãe Terra.
SUSTENTABILIDADE
O ser humano é uma porção da Mãe Terra que, num
momento avançado de sua evolução, começou a sentir,
a pensar, a amar, a cuidar e a venerar. Não estamos fora
nem acima da Terra. Somos parte dela e não podemos
viver sem ela, embora ela possa continuar sua trajetória
sem nós.
Por causa da consciência e da inteligência, somos
seres com uma característica especial: somos espirituais,
éticos e responsáveis. Estas atitudes irão garantir
diretamente a sustentabilidade da Mãe Terra.
SUSTENTABILIDADE
SUSTENTABILIDADE CUIDADO
Sem o cuidado, nenhum ser sobrevive... todos os
elementos que compõem a vida, o próprio planeta, o
desenvolvimento necessário e a sustentabilidade, não
teriam condições de se firmar e se consolidar.
Estas duas pilastras sustentarão um novo ensaio
civilizatório, que permitirá seu desenvolvimento e sua
própria forma de convivermos neste planeta em
conjunto.
SUSTENTABILIDADE
Superpopulação:
“A Terra é suficiente para todos, mas não o é para
os consumistas e os perdulários”.
Gandhi
Não habitamos num planeta vazio, mas
cheio, seja de pessoas ou de artefatos de nossa
cultura tecnológica, tudo foi tocado e/ou
modificado pelo ser humano.
SUSTENTABILIDADE
Estratégias para alimentar a população:
Revolução Verde (1960): comprovou que, com novas
tecnologias e melhor utilização do solo fértil,
poderíamos produzir muito mais do que
necessitávamos. Mas por falta de equidade e de
sentido humanitário, ausentes no sistema neoliberal e
capitalista, milhões continuaram em situação de fome
crônica e na linha da miséria.
Resultado: solo envenenado, águas contaminadas,
biodiversidade mais pobre, erosão e desertificação
em muitas regiões do mundo.
Vídeo: Poupe água
Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=ZdNn6M4iaGo
SUSTENTABILIDADE
Novas estratégias:
• cada pedaço de solo deve ser aproveitado (dentro
dos limites de seu ecossistema);
• utilizar ou reciclar ao máximo todos os dejetos
orgânicos, economizar ao máximo energia,
• desenvolver alternativas para favorecer a agricultura
familiar, as pequenas e médias cooperativas.
2ª Revolução Verde: pressupõe assumir hábitos
cotidianos mais conscientes e abertos à solidariedade
para que o alimento seja, de fato, um direito acessível a
todos, eliminando a fome e a miséria no mundo.
SUSTENTABILIDADE
Governança global – Conceitos básicos:
• Paz e a segurança: evitar o uso da violência para resolver
problemas regionais ou globais;
• combate à fome e à pobreza;
• educação acessível a todos;
• Saúde como um direito humano fundamental efetivo;
• moradia minimamente decente;
• direitos humanos pessoais, sociais, culturais e de gênero;
• direitos da Mãe Terra e da natureza preservados para nós e
para as futuras gerações.
SUSTENTABILIDADE
Definição integradora:
Sustentabilidade é toda ação destinada a manter as
condições energéticas, informacionais e
físico-químicas que sustentam todos os seres,
especialmente a Terra viva, a comunidade de vida e a vida
humana, visando sua continuidade e ainda atender as
necessidades da geração presente e das futuras, de tal
forma que o capital natural seja mantido e enriquecido em
sua capacidade de regeneração, reprodução e coevolução.
SUSTENTABILIDADE
Esse conceito ampliado e integrador de
sustentabilidade deve servir como medida de
avaliação de quanto progredimos ou não, rumo à
sustentabilidade e nos deve igualmente servir de
instrumento para realizar a sustentabilidade nos
vários campos da realidade e da
atividade humana.
SUSTENTABILIDADE
Universo
Somos todos parte do universo e feitos do
mesmo pó cósmico.
O universo e nós, somos sustentados pela energia
de fundo que nos mantém existentes e unidos.
Somos aqueles seres no qual o próprio universo se
volta sobre si.
SUSTENTABILIDADE
Universo
Há quatro energias fundamentais que estão
incessantemente em ação, produzindo e equilibrando nossa
existência:
• Gravitacional
• Electromagnética
• Nuclear forte
• Nuclear fraca
SUSTENTABILIDADE
Universo
Pela nossa vista, o universo se vê e se contempla a
si mesmo.
Em cada ser humano existe a dimensão
xamântica, escondida dentro de sua realidade interior.
SUSTENTABILIDADE
Terra Viva
Todas as coisas estão interligadas entre si.
Extraído do livro
Ecologia: Grito da Terra - Leonardo Boff
SUSTENTABILIDADE
Terra Viva
Há 3 grandes descobertas modificando nosso
olhar sobre a Terra:
1. Comunidade cósmica;
2. Comunidade de vida;
3. Constatação de que a terra é vida.
SUSTENTABILIDADE
Terra Viva
Frentes da sustentabilidade para a Terra:
Geosfera: garantir a continuidade dos elementos
geológicos.
Geofísica: assumir os princípios do cuidado, da precaução
e desenvolver um sentimento de mútuo pertence e
responsabilidade universal.
Hidrosfera: precisamos com urgência frear a crescente
escassez de água pelo mau uso.
SUSTENTABILIDADE
Terra Viva
Atmosfera: tratamos do aquecimento global e a poluição.
Biosfera: afetam o sistema vida e a continuidade da espécie
humana.
Antroposfera: consciência coletiva da espécie humana
globalizada.
SUSTENTABILIDADE
Terra Viva
Uma coisa é certa, a Terra não pertence ao
homem. É o homem que pertence à terra.
O que fere a Terra, também fere seus filhos e
filhas.
Não foi o homem que teceu a teia da vida; ele é
apenas um fio da mesma e tudo que fizer à teia, a si
mesmo fará.
SUSTENTABILIDADE
Sociedade
Resgatar o sentido original da sociedade:
A primeira tarefa consiste em resgatar o sentido
originário de sociedade, que foi perdida pela cultura do
capital, individualismo e pela centralidade conferida ao
capital e ao mercado sobre as pessoas e os interesses
dos cidadãos.
Toda sociedade gira ao redor de 3 eixos entrelaçados
entre si:
a) econômico
b) político
c) ético
SUSTENTABILIDADE
Sociedade
Em sociedades coesas e sadias a economia vem
submetida a política, a política se orienta pela ética, ética
se inspira em valores intangíveis e espirituais que
assinalam um sentido transcendente à vida e a história, tal
preocupação está sempre presente aos seres humanos em
sociedade.
A democracia sociológica - base da sustentabilidade
O caminho mais curto para se alcançar uma sociedade
sustentável parece ser a realização da democracia. A
democracia parte do princípio de que todos são iguais e
que, nas coisas que interessam a todos, todos tem direito
de participar das decisões.
SUSTENTABILIDADE
Sociedade
São vários tipos de democracia:
a) Democracia direta
b)Democracia representativa
c) Democracia participativa
d)Democracia comunitária
e) Superdemocracia planetária
f) Democracia sociológica
MAS, COMO PODERIA SER
UMA SOCIEDADE SUSTENTÁVEL?
SUSTENTABILIDADE
Sociedade
Quando ela mesma, por seu trabalho e produção
torna-se mais autônoma, isso acontece quando:
a)superar níveis agudos de pobreza
b)se houver igualdade social e política, também de
gênero, for continuamente buscada,
c)se a desigualdade econômica for reduzida a níveis
aceitáveis,
d)se os cidadãos forem socialmente participativos,
cultivar um cuidado consciente com a conservação e
regeneração da natureza.
SUSTENTABILIDADE
Desenvolvimento
O desenvolvimento que vigora em quase todos os
países, os coloca numa condição de não sustentável.
Mas, para que mudanças sejam possíveis, será
necessário fazer uma grande revolução:
SUSTENTABILIDADE
Desenvolvimento
a)garantir a vitalidade do PLANETA TERRA com seus
ecossistemas
b)assegurar as condições de persistência da espécie
humana e de sua civilização
c)manter o equilíbrio da natureza
d)tomar a sério os danos causados pelo ser humano à
TERRA e a todos os biomas
e)dar conta dos limites do crescimento
SUSTENTABILIDADE
Desenvolvimento
f)controlar de forma não coercitiva o crescimento da
população,
g)reconhecer a urgência de mudança de paradigma
civilizacional e perceber a capacidade inspiradora
da nova cosmologia de transformação para que
haja efetivamente sustentabilidade,
h)entender o ser humano como portadora de 2
fomes, de pão que é saciável e de beleza.
SUSTENTABILIDADE
Desenvolvimento
Como passar do capital material ao capital humano?
No modelo de desenvolvimento sustentável
também se procura produzir, mas sempre com a
atenção voltada para a manutenção da vitalidade da
Terra, para a comunidade de vida e para as pessoas
humanas da presente e das futuras gerações.
SUSTENTABILIDADE
Desenvolvimento
A viabilidade ecológica de um
desenvolvimento sustentável:
Alguns princípios para alcançar um desenvolvimento
sustentável.
a)para fontes renováveis de matérias-primas e de energia
(água, solos, florestas, peixes, etc)
b)para fontes não renováveis (petróleo e gás, águas
freáticas fósseis e minérios)
c)para elementos tóxicos ou contaminantes
(Herman Daly, economista)
SUSTENTABILIDADE
Desenvolvimento
Sustentabilidade e capital social regional:
O desenvolvimento sustentável se torna viável
quando houver uma interação da comunidade com o seu
ecossistema loca e regional. É possível produzir um
desenvolvimento sustentável à base do conhecimento
detalhado dos recursos e serviços do respectivo bioma e
sua utilização.
SUSTENTABILIDADE
Desenvolvimento
Sustentabilidade e satisfação de
necessidades fundamentais:
Os humanos tem muitas necessidades fundamentais e o
desenvolvimento se torna sustentável se conseguir atender
a estas necessidades elas são: a subsistência, a proteção, o
afeto (amar e ser amado), o entendimento (aceitar os
outros como são e ser também aceito), a criatividade, a
participação, o lazer, a identidade pessoal e cultural e a
liberdade.
SUSTENTABILIDADE
Desenvolvimento
A sustentabilidade tem que se confrontar com o capital
biológico, para isso terá que impor algumas iniciativas de
diferente natureza para se firmar:
a)difundir nas escolas, meios de comunicação as vantagens
do novo paradigma, baseado no processo evolucionário
que engloba a todos,
b)tomar a sério os três erres da Carta da Terra que é
REDUZIR, REUTILIZAR e RECICLAR os bens consumidos
acrescentando RESPEITAR, REDISTRIBUIR e REFLORESTAR.
c)não deixar nenhuma área degradada, mas recuperá-la
com a vegetação nativa.
SUSTENTABILIDADE
Desenvolvimento
Como passar do capital humano
ao capital espiritual?
O ser humano não vive só de pão e de
desenvolvimento social sustentável, não se satisfaz
apenas com bens materiais, ele tem necessidade de
acolhida, serenidade, de paz social, de amizade e de
amar e de ser amado.
SUSTENTABILIDADE
Desenvolvimento
Não há limites para a cooperação, a generosidade, a
criatividade, a arte e para o amor. Deste fundo
espiritual nos vem conselhos, boas ideias, projetos
novos e uma aceitação serena de nossa partida deste
mundo, deixaremos para trás todos os bens materiais e
levaremos somente os imperecíveis do capital humano
e espiritual.
SUSTENTABILIDADE
Desenvolvimento
Um exemplo de boa sustentabilidade:
CULTIVANDO ÁGUA BOA
Esse projeto mostra que é possível de baixo para
cima, a partir do povo e das comunidades e de uma
determinada região ecológica, criar uma miniatura
daquilo que poderá ser o futuro de uma humanidade
reunida no único Planeta Terra.
Vídeo: Sacolas plásticas
Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=wvpYjveq510
SUSTENTABILIDADE
Educação
“A educação não muda o mundo, mas muda
as pessoas que vão mudar o mundo.”
Paulo Freire
Ou mudamos ou conheceremos a escuridão.
SUSTENTABILIDADE
Educação
A sustentabilidade é fruto de um processo de
educação pela qual o ser humano redefine as relações
com o Universo, com a Terra, com a natureza, com a
sociedade e consigo mesmo, por meio de equilíbrio
ecológico, de respeito e amor a Terra e para com a
comunidade e gerações futuras, além da construção
de uma democracia sócio ecológica.
SUSTENTABILIDADE
Educação
Somente um processo generalizado de educação
pode as novas mentes e novos corações.
Cúpula da Terra (RJ, 1992 – 1600 cientistas de 70 países):
“Os seres humanos e o mundo natural seguem uma rota
de colisão. As atividades humanas desprezam
violentamente e, às vezes, de forma irreversível, o meio
ambiente e os recursos vitais.”
SUSTENTABILIDADE
Educação Centrada
A globalização traz 4 desafios socioeconômicos, éticos e
educativos:
1. Permitir aos educandos se apropriar de conhecimentos e
experiências acumuladas pela humanidade.
2. Propiciar a formação de crítica e de avaliação dos
conhecimentos e experiências do passado.
3. Enriquecer esse legado com conhecimentos e experiências
pessoais (conhecer-se melhor).
4. Aprender a conhecer, a fazer, a ser e a viver juntos, cuidando
da Mãe Terra e de tudo que há nela.
SUSTENTABILIDADE
Educação
A ONU, em 2002, aprovou uma resolução
proclamando os anos de 2005-2014 de a Década da
educação para o desenvolvimento sustentável e trouxe
uma proposta transversal para um futuro sustentável
que visa atingir 15 perspectivas estratégicas para em
educação para a sustentabilidade, divididas em:
SUSTENTABILIDADE
PERSPECTIVAS ECONÔMICAS
Redução da pobreza e da miséria
Responsabilidade e prestação de contas das empresas
PERSPECTIVAS AMBIENTAIS
Recursos naturais Mudanças climáticas
Desenvolvimento rural Urbanização sustentável
Prevenção e mitigação de catástrofes
PERSPECTIVAS SOCIOCULTURAIS
Direitos humanos Paz e segurança
Igualdade entre os sexos Governança global
Diversidade cultural e compreensão intercultural
Saúde AIDS
SUSTENTABILIDADE
Educação
A educação deve ser entendida como momento do
processo cósmico, da vida e da consciência (horizonte
sistêmico).
Somos ecodependentes. O interesse comum básico
é manter as condições para a continuidade da vida e
da própria Terra. È o sentido básico da
sustentabilidade.
Educar para o viver bem = viver em harmonia.
SUSTENTABILIDADE
Educação – Princípios norteadores
1. reconhecer que a terra é mãe, um organismo vivo com
recursos escassos.
2. resgatar o princípio de re-ligação: todos os seres vivos
são interdependentes (destino compartilhado e
comum)
3. a sustentabilidade global só será garantida mediante o
respeito aos ciclos naturais, consumindo com
racionalidade os recursos não renováveis e
regenerando as renováveis.
4. valorizar e preservar a biodiversidade.
5. valorizar as diferenças culturais, pois tudo no humano
é complementar.
SUSTENTABILIDADE
Educação – Princípios norteadores
6. que se faça ciência com consciência, seguindo
critérios éticos que beneficiem a vida e a
humanidade.
7. valorizar os saberes cotidianos, populares, das
culturas originárias e do mundo agrário na busca de
soluções globais.
8. valorizar as virtudes do pequeno e do que vem de
baixo (valor universal).
9. as conquistas humanas devem beneficiar a todos
(equidade e bem comum).
10. resgatar os direitos do coração, os afetos e a razão
sensível e cordial.
SUSTENTABILIDADE
Educação
Ecologia integral: todas as instancias devem se manter,
reformar-se e evoluir em se inserir no mundo da
realidade bio-sócio-ecológica, mostrando-se
sustentáveis.
Ecoeducação: consciência nova, consciência planetária
que nos faz perceber que vida, humanidade, Terra e
universo formam conosco uma única, grande e
complexa realidade.
Precisamos transformar nossos métodos de ensino.
Vídeo: Reciclagem
Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=qhCOpYGtCys&list=PL995878934C8E947A&index=3
SUSTENTABILIDADE
Indivíduo
Que representa a sustentabilidade para o indivíduo
e o possuir uma existência sustentável?
O indivíduo é a pessoa humana, nó de relações
orientadas para todas as direções. Ninguém vive fora
da rede de relações que sustenta o universo. O
indivíduo é uma pessoa única e irrepetível no universo
e na história e cada cultura que o representa lhe
atribui sustentabilidade.
SUSTENTABILIDADE
Indivíduo
O ser humano individual é uma realidade uma e
complexa, estruturada em 3 dimensões que se
entrelaçam e que têm como portador sempre o
mesmo e único sujeito individual:
SUSTENTABILIDADE
Indivíduo
Exterioridade (homem-corpo): O corpo é vivo, alimenta-se,
veste-se, elabora sua aparição no cenário da vida. É parte do
universo, dotado de um cérebro, que se faz presente aos
outros e se relaciona com todas as realidades existentes à sua
volta.
A saúde é objeto de cuidados permanentes e base da
vida.
Para o corpo, sustentabilidade é estar bem consigo
mesmo, cuidar, prevenir-se dos riscos no decorrer da vida,
regenerar-se... O corpo é mortal. É preciso aceitar que a
morte pertence à vida e que, ao fim, ele voltará para a Mãe
Terra.
SUSTENTABILIDADE
Indivíduo
Interioridade (homem-psiqué): podemos ser afetados
pelo mundo ao nosso redor enquanto também o
afetamos. Integrar nossas pulsões contraditórias e
encontrar um ponto de equilíbrio que dê brilho, paz e
sentido à vida é nosso desafio existencial.
A sustentabilidade alcança as relações interpessoais e
sociais que produzem efeitos nos outros.
SUSTENTABILIDADE
Indivíduo
Profundidade (homem-espirito): o espírito é tão ancestral
quanto a matéria e a dimensão mais secreta e sagrada, de
onde emergem os grandes conflitos, toma-se sérias decisões,
e define-se o sentido da vida. Só o homem espiritual pode
extasiar-se, perceber o todo e dar-se conta de que é parte
deste todo. Independente da religião, esta dimensão
espiritual desperta sentimentos nobres, como amor,
compaixão, doação, perdão e rendição.
A sustentabilidade consiste em cultivar o espaço do
profundo, reservar-se um momento para o recolhimento a
fim de escutar o próprio coração e elevar-se até o coração de
Deus.
SUSTENTABILIDADE
Indivíduo
Para o indivíduo espiritual, a morte não é uma perda,
mas um voltar à fonte. Tudo existe, coexiste e continua a
existir porque há uma energia poderosa que
continuamente produz sustentabilidade e permite que a
evolução continue em seu curso de expansão, de
autocriação e de ascensão a formas de ser cada vez mais
complexas e espirituais e concede ao ser humano poder
testemunhar este processo, sentir-se parte dele, crescer
e se enriquecer com ele.
Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=At2HsdCg8kw
CONCLUSÃO
As principais causas da crise ecológica atual não se
encontram na economia, mas nas formas gananciosas
pelas quais a ética foi desrespeitada, na ausência de justa
medida que levou á falta de confiança necessária para a
fluidez econômica.
Precisamos amar mas a vida do que a matéria e
aprender a tirar da Terra somente aquilo que realmente
necessitamos para viver decentemente.
Esse é um dos propósitos básicos da SUSTENTABILIDADE!
Vídeo: A destruição
Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=VM9Lz0sCNaA
BIBLIOGRAFIA
• Boff L. Saber cuidar: ética do humano compaixão
pela terra. Petrópolis (RJ): Vozes; 1999.
• Boff, Leonardo. Sustentabilidade: o que é: o que
não é. Ed. Vozes, 2012.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

BIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOS
BIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOSBIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOS
BIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOS
Oyara Mello
 
Principios de bioetica
Principios de bioeticaPrincipios de bioetica
Principios de bioetica
Mw M
 
Bioética, vulnerabilidade e dignidade humana
Bioética, vulnerabilidade e dignidade humanaBioética, vulnerabilidade e dignidade humana
Bioética, vulnerabilidade e dignidade humana
Família Cristã
 
Bioética e pesquisa em seres humanos - Luiz Antonio Bento
Bioética e pesquisa em seres humanos - Luiz Antonio BentoBioética e pesquisa em seres humanos - Luiz Antonio Bento
Bioética e pesquisa em seres humanos - Luiz Antonio Bento
Família Cristã
 

Mais procurados (19)

BIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOS
BIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOSBIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOS
BIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOS
 
bioética
bioéticabioética
bioética
 
Biotecnologia e Ética
Biotecnologia e Ética  Biotecnologia e Ética
Biotecnologia e Ética
 
Principios de bioetica
Principios de bioeticaPrincipios de bioetica
Principios de bioetica
 
Bietica enfermagem politecnico
Bietica enfermagem politecnicoBietica enfermagem politecnico
Bietica enfermagem politecnico
 
bioetica
 bioetica bioetica
bioetica
 
Filosofia: Bioética
Filosofia: BioéticaFilosofia: Bioética
Filosofia: Bioética
 
Principios da bioetica
Principios da bioeticaPrincipios da bioetica
Principios da bioetica
 
Bioética apresentação
Bioética apresentaçãoBioética apresentação
Bioética apresentação
 
Biodireito & bioetica
Biodireito & bioeticaBiodireito & bioetica
Biodireito & bioetica
 
Cartilha Educativa sobre Bioética
Cartilha Educativa sobre BioéticaCartilha Educativa sobre Bioética
Cartilha Educativa sobre Bioética
 
Bioética
BioéticaBioética
Bioética
 
Bioética
BioéticaBioética
Bioética
 
Odontologia - Bioética e genética
Odontologia - Bioética e genéticaOdontologia - Bioética e genética
Odontologia - Bioética e genética
 
Bioética
BioéticaBioética
Bioética
 
Bioética, vulnerabilidade e dignidade humana
Bioética, vulnerabilidade e dignidade humanaBioética, vulnerabilidade e dignidade humana
Bioética, vulnerabilidade e dignidade humana
 
Dois exemplos de redações sobre Bioética
Dois exemplos de redações sobre BioéticaDois exemplos de redações sobre Bioética
Dois exemplos de redações sobre Bioética
 
Pesquisa com seres humanos
Pesquisa com seres humanosPesquisa com seres humanos
Pesquisa com seres humanos
 
Bioética e pesquisa em seres humanos - Luiz Antonio Bento
Bioética e pesquisa em seres humanos - Luiz Antonio BentoBioética e pesquisa em seres humanos - Luiz Antonio Bento
Bioética e pesquisa em seres humanos - Luiz Antonio Bento
 

Destaque

Bioética, vulnerabilidade e dignidade humana
Bioética, vulnerabilidade e dignidade humanaBioética, vulnerabilidade e dignidade humana
Bioética, vulnerabilidade e dignidade humana
Família Cristã
 
Power point de bioética
Power point de bioéticaPower point de bioética
Power point de bioética
BejaranoP
 
La bioética y sus principios
La bioética y sus principiosLa bioética y sus principios
La bioética y sus principios
ERIKAFLACA
 
2008 art interthesis -figueiredo, volnei e cordon
2008   art interthesis -figueiredo, volnei e cordon2008   art interthesis -figueiredo, volnei e cordon
2008 art interthesis -figueiredo, volnei e cordon
madiex112
 
Ciencia, Fe e Bioética
Ciencia, Fe e BioéticaCiencia, Fe e Bioética
Ciencia, Fe e Bioética
ermundim
 

Destaque (20)

Simpósio de Bioética e ética em pesquisa com seres humanos - Abertura
Simpósio de Bioética e ética em pesquisa com seres humanos - AberturaSimpósio de Bioética e ética em pesquisa com seres humanos - Abertura
Simpósio de Bioética e ética em pesquisa com seres humanos - Abertura
 
Bioetica
BioeticaBioetica
Bioetica
 
BIOETICA
BIOETICABIOETICA
BIOETICA
 
Compl
ComplCompl
Compl
 
Bioética, vulnerabilidade e dignidade humana
Bioética, vulnerabilidade e dignidade humanaBioética, vulnerabilidade e dignidade humana
Bioética, vulnerabilidade e dignidade humana
 
Bioetica clínica
Bioetica clínicaBioetica clínica
Bioetica clínica
 
Bioética e religião
Bioética e religiãoBioética e religião
Bioética e religião
 
Conceitos Básicos Bioética
Conceitos Básicos BioéticaConceitos Básicos Bioética
Conceitos Básicos Bioética
 
Power point de bioética
Power point de bioéticaPower point de bioética
Power point de bioética
 
La bioética y sus principios
La bioética y sus principiosLa bioética y sus principios
La bioética y sus principios
 
CARTA ENCÍCLICA EVANGELIUM VITAE DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II
CARTA ENCÍCLICA EVANGELIUM VITAE DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO IICARTA ENCÍCLICA EVANGELIUM VITAE DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II
CARTA ENCÍCLICA EVANGELIUM VITAE DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II
 
8c Alan Jose Nilton
8c Alan Jose Nilton8c Alan Jose Nilton
8c Alan Jose Nilton
 
Código genètico e o seguro - Paulo André
Código genètico e o seguro  -  Paulo AndréCódigo genètico e o seguro  -  Paulo André
Código genètico e o seguro - Paulo André
 
Alexandre Juan Lucas
Alexandre Juan LucasAlexandre Juan Lucas
Alexandre Juan Lucas
 
Bioetica Formatado
Bioetica FormatadoBioetica Formatado
Bioetica Formatado
 
2008 art interthesis -figueiredo, volnei e cordon
2008   art interthesis -figueiredo, volnei e cordon2008   art interthesis -figueiredo, volnei e cordon
2008 art interthesis -figueiredo, volnei e cordon
 
Ética e Ecologia - Desabafos para o Sec. XXI, adaptação de Leonardo Boff
Ética e Ecologia - Desabafos para o Sec. XXI, adaptação de Leonardo BoffÉtica e Ecologia - Desabafos para o Sec. XXI, adaptação de Leonardo Boff
Ética e Ecologia - Desabafos para o Sec. XXI, adaptação de Leonardo Boff
 
Ciencia, Fe e Bioética
Ciencia, Fe e BioéticaCiencia, Fe e Bioética
Ciencia, Fe e Bioética
 
Bioetica
BioeticaBioetica
Bioetica
 
BIOÉTICA EM URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS
BIOÉTICA EM URGÊNCIAS E EMERGÊNCIASBIOÉTICA EM URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS
BIOÉTICA EM URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS
 

Semelhante a Bioetica_Saber cuidar_Ética da vida_LeonardoBoff

A carta da terra
A carta da terraA carta da terra
A carta da terra
leticiag94
 
Carta da terra (1)
Carta da terra (1)Carta da terra (1)
Carta da terra (1)
Mayjö .
 
Colóquio Vita Contemplativa - Mãe Natureza, Terra Viva Ecosofia, Ecologia Pro...
Colóquio Vita Contemplativa - Mãe Natureza, Terra Viva Ecosofia, Ecologia Pro...Colóquio Vita Contemplativa - Mãe Natureza, Terra Viva Ecosofia, Ecologia Pro...
Colóquio Vita Contemplativa - Mãe Natureza, Terra Viva Ecosofia, Ecologia Pro...
Jorge Moreira
 
Carta terra princípios
Carta terra princípiosCarta terra princípios
Carta terra princípios
antoniobrann
 
O texto da carta da terra
O texto da carta da terraO texto da carta da terra
O texto da carta da terra
celikennedy
 
Filosofia sara e mafalda
Filosofia  sara e mafaldaFilosofia  sara e mafalda
Filosofia sara e mafalda
Helena Serrão
 

Semelhante a Bioetica_Saber cuidar_Ética da vida_LeonardoBoff (20)

Ecologia integral
Ecologia integralEcologia integral
Ecologia integral
 
Carta da Terra
Carta da TerraCarta da Terra
Carta da Terra
 
Sustentabilidade como valor espiritual
Sustentabilidade como valor espiritualSustentabilidade como valor espiritual
Sustentabilidade como valor espiritual
 
Cartadaterra
CartadaterraCartadaterra
Cartadaterra
 
Carta da Terra
Carta da TerraCarta da Terra
Carta da Terra
 
A carta da terra
A carta da terraA carta da terra
A carta da terra
 
7 chaves consciência planetaria (Afonso Murad)
7 chaves consciência planetaria (Afonso Murad)7 chaves consciência planetaria (Afonso Murad)
7 chaves consciência planetaria (Afonso Murad)
 
Carta da terra (1)
Carta da terra (1)Carta da terra (1)
Carta da terra (1)
 
Carta da terra
Carta da terraCarta da terra
Carta da terra
 
Carta da terra
Carta da terraCarta da terra
Carta da terra
 
Carta da terra apresentacao. 2
Carta da terra apresentacao. 2Carta da terra apresentacao. 2
Carta da terra apresentacao. 2
 
Carta da Terra.pdf
Carta da Terra.pdfCarta da Terra.pdf
Carta da Terra.pdf
 
Colóquio Vita Contemplativa - Mãe Natureza, Terra Viva Ecosofia, Ecologia Pro...
Colóquio Vita Contemplativa - Mãe Natureza, Terra Viva Ecosofia, Ecologia Pro...Colóquio Vita Contemplativa - Mãe Natureza, Terra Viva Ecosofia, Ecologia Pro...
Colóquio Vita Contemplativa - Mãe Natureza, Terra Viva Ecosofia, Ecologia Pro...
 
Carta terra princípios
Carta terra princípiosCarta terra princípios
Carta terra princípios
 
O texto da carta da terra
O texto da carta da terraO texto da carta da terra
O texto da carta da terra
 
O texto da carta da terra
O texto da carta da terraO texto da carta da terra
O texto da carta da terra
 
O texto da carta da terra
O texto da carta da terraO texto da carta da terra
O texto da carta da terra
 
Filosofia sara e mafalda
Filosofia  sara e mafaldaFilosofia  sara e mafalda
Filosofia sara e mafalda
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 

Último

472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
GisellySobral
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 

Bioetica_Saber cuidar_Ética da vida_LeonardoBoff

  • 1. Bioética e o saber cuidar A ética da vida GRUPO: Ethiane Verdeco Flávio Pinheiro Jéssica Ramos Maria Letice Perez Vanda Xavier Viviane Nunes Prof. David Stival
  • 2. Vídeo: A natureza se voltará contra nós Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=2uX8EGOUM9A
  • 3. Bioética e o saber cuidar, A ética da vida SABER CUIDAR DE SI DOS OUTROS DO PLANETA
  • 4. Bioética e o saber cuidar, A ética da vida SABER CUIDAR A ótica do cuidado funda uma nova ética, compreensível a todos e capaz de inspirar valores e atitudes fundamentais para a fase planetária da humanidade, que incluem: • cuidado com a Terra • cuidado com a sociedade sustentável • cuidado com o corpo • cuidado com o espírito • cuidado com a preparação para a morte
  • 5. Bioética e o saber cuidar, A ética da vida SABER CUIDAR Essa nova ética, deve emergir da natureza mais profunda do homem, propiciando uma nova razão, instrumental, emocional e espiritual que transformará a ciência, a tecnologia e a crítica em medicinas para a Terra e a humanidade. Como forma de despertar no homem essa necessidade do cuidado, surgiram os MITOS como uma linguagem para traduzir fenômenos profundos, indescritíveis pela razão analítica (Mito do cuidado e a Saga de Hygino).
  • 6. Bioética: O mito do cuidado “Certo dia, Cuidado tomou um pedaço de barro e moldou-o na forma do ser humano. Nisso apareceu Júpiter e, à pedido de Cuidado, insuflou-lhe espírito. Cuidado quis dar-lhe um nome, mas Júpiter lhe proibiu, querendo ele impor o nome. Começou uma discussão entre ambos. Nisso apareceu a Terra alegando que o barro é parte de seu corpo e que, por isso, tinha o direito de escolher um nome. Iniciou-se uma discussão generalizada e sem solução até que decidiram chamar Saturno, o velho deus ancestral, para ser o árbitro. Este tomou a seguinte sentença, considerada justa: - Você, Júpiter, deu-lhe o espírito, receberá o espírito de volta quando essa criatura morrer. Você, Terra, que lhe forneceu o corpo, receberá o corpo de volta, quando esta criatura morrer. E você, Cuidado, que foi o primeiro a moldar a criatura, acompanha-la-á, por todo o tempo em que viver. E como vocês não chegaram a nenhum consenso sobre o nome, decido eu: chamar-se-á HOMEM, que vem de humus e que significa TERRA FÉRTIL".
  • 7. SUSTENTABILIDADE O que é sustentabilidade? Manter o Bioma vivo , manter todos os ecossistemas inteiros, juntamente com suas comunidades e sociedades.
  • 8. SUSTENTABILIDADE As origens do conceito Sustentabilidade: • Mundo antigo: Madeireira – matéria prima; • Espanha e Portugal: as florestas começaram a escassear; • Alemanha e Província da Saxônia (1560): uso consciente de florestas para ser regeneração; • Capitão Hans (Saxônia – 1713): tornou a sustentabilidade um conceito estratégico; • Fornos de mineração: extração da madeira - criado um tratado para uso consciente; • Incentivo.
  • 9. SUSTENTABILIDADE As origens do conceito Sustentabilidade: • Preocupação com as florestas: Silvicultura como nova ciência; • Clube de Roma (1970): 1º Relatório sobre Os limites do crescimento; • ONU: alarme mundial; • 05 a 16 de junho de 1972, Estolcomo: 1ª Conferência Mundial sobre o Homem e Meio Ambiente; • PNUMA: melhor resultado; • Agenda 21: 03 a 14 de julho de 1992, RJ.
  • 10. SUSTENTABILIDADE Carta do Rio de Janeiro: Todos os estados e todos os indivíduos devem como requisito indispensável para o desenvolvimento sustentável cooperar na tarefa de erradicar a pobreza , de forma a reduzir as disparidades nos padrões de vida e melhor atender as necessidades da maioria da população do mundo .
  • 11. SUSTENTABILIDADE As origens do conceito Sustentabilidade: • ONU: Anos 70 - século XX; • Sustentabilidade = sustentar; • Sustentar é ecológico; • Conservar, manter, proteger, fazer prosperar: sentido positivo; • Sustentabilidade: Manter o bioma vivo.
  • 12. SUSTENTABILIDADE: O Meio Ambiente como um todo Segunda a Carta da Terra, possuímos: • Um destino comum • Situação atual, social e ecologicamente degradada • Transformação da mente • Sentimento de independência global • Valorizar a imaginação • Criar o modo sustentável de vida • Aplicação da sustentabilidade
  • 13. Vídeo: Saber cuidar – Leonardo Boff Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=zcGGCvJ30Zc
  • 15. SUSTENTABILIDADE Desenvolvimento sustentável: documentos oficiais - projetos de empresas e discursos ambientalistas. Um ideal a ser atingido: processo de produção ou de um produto. Sustentabilidade nas empresas: Hoje o conceito é tão usado e abusado que se transformou num modismo , sem conhecer seu verdadeiro VALOR.
  • 16. INSUSTENTABILIDADE - CAUSAS Desequilíbrio: Sistema Terra e Sistema Sociedade Insustentabilidades: Sistema econômico-financeiro Social da humanidade por causa da injustiça mundial
  • 19. SUSTENTABILIDADE Se nossa casa está pegando fogo, ficaremos discutindo se devemos permanecer dentro até os bombeiros chegarem ou se devemos sair dela para salvar a nossa vida?
  • 20. SUSTENTABILIDADE Toda sustentabilidade é vulnerável, pois está submetida ao princípio da incompletude que marca todos os seres e todo o universo, mas há muito por fazer para sanar feridas passadas e evitar outras futuras. Devemos alinhar nossas mentes e nossas práticas com outras forças operantes em todo o planeta e no universo para que um equilíbrio criativo seja alcançado e, assim, possamos garantir um futuro. Isso implica outro modo de imaginar, de produzir, de consumir e de dar significado à nossa passagem por este mundo.
  • 21. SUSTENTABILIDADE Pressupostos básicos e Conceito integrador A lógica do sistema de produção e consumo imperante está em contradição com a sustentabilidade pondo em extremo risco a sobrevivência da espécie humana. É preciso projetar um novo paradigma que produza sustentabilidade para nossa Casa Comum e para todos os seres vivos que nela habitam. É preciso imaginação, paixão e entusiasmo criativo, além de recolher todos os cacos do paradigma anterior, acolher a sabedoria da humanidade, valorizar os saberes benéficos para a vida e para a humanidade, deixar-se inspirar pelos sonhos generosos das tantas culturas, especialmente daquelas originárias que respeitaram e desfrutaram de uma respeitosa convivência com a Mãe Terra.
  • 22. SUSTENTABILIDADE O ser humano é uma porção da Mãe Terra que, num momento avançado de sua evolução, começou a sentir, a pensar, a amar, a cuidar e a venerar. Não estamos fora nem acima da Terra. Somos parte dela e não podemos viver sem ela, embora ela possa continuar sua trajetória sem nós. Por causa da consciência e da inteligência, somos seres com uma característica especial: somos espirituais, éticos e responsáveis. Estas atitudes irão garantir diretamente a sustentabilidade da Mãe Terra.
  • 23. SUSTENTABILIDADE SUSTENTABILIDADE CUIDADO Sem o cuidado, nenhum ser sobrevive... todos os elementos que compõem a vida, o próprio planeta, o desenvolvimento necessário e a sustentabilidade, não teriam condições de se firmar e se consolidar. Estas duas pilastras sustentarão um novo ensaio civilizatório, que permitirá seu desenvolvimento e sua própria forma de convivermos neste planeta em conjunto.
  • 24. SUSTENTABILIDADE Superpopulação: “A Terra é suficiente para todos, mas não o é para os consumistas e os perdulários”. Gandhi Não habitamos num planeta vazio, mas cheio, seja de pessoas ou de artefatos de nossa cultura tecnológica, tudo foi tocado e/ou modificado pelo ser humano.
  • 25. SUSTENTABILIDADE Estratégias para alimentar a população: Revolução Verde (1960): comprovou que, com novas tecnologias e melhor utilização do solo fértil, poderíamos produzir muito mais do que necessitávamos. Mas por falta de equidade e de sentido humanitário, ausentes no sistema neoliberal e capitalista, milhões continuaram em situação de fome crônica e na linha da miséria. Resultado: solo envenenado, águas contaminadas, biodiversidade mais pobre, erosão e desertificação em muitas regiões do mundo.
  • 26. Vídeo: Poupe água Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=ZdNn6M4iaGo
  • 27. SUSTENTABILIDADE Novas estratégias: • cada pedaço de solo deve ser aproveitado (dentro dos limites de seu ecossistema); • utilizar ou reciclar ao máximo todos os dejetos orgânicos, economizar ao máximo energia, • desenvolver alternativas para favorecer a agricultura familiar, as pequenas e médias cooperativas. 2ª Revolução Verde: pressupõe assumir hábitos cotidianos mais conscientes e abertos à solidariedade para que o alimento seja, de fato, um direito acessível a todos, eliminando a fome e a miséria no mundo.
  • 28. SUSTENTABILIDADE Governança global – Conceitos básicos: • Paz e a segurança: evitar o uso da violência para resolver problemas regionais ou globais; • combate à fome e à pobreza; • educação acessível a todos; • Saúde como um direito humano fundamental efetivo; • moradia minimamente decente; • direitos humanos pessoais, sociais, culturais e de gênero; • direitos da Mãe Terra e da natureza preservados para nós e para as futuras gerações.
  • 29. SUSTENTABILIDADE Definição integradora: Sustentabilidade é toda ação destinada a manter as condições energéticas, informacionais e físico-químicas que sustentam todos os seres, especialmente a Terra viva, a comunidade de vida e a vida humana, visando sua continuidade e ainda atender as necessidades da geração presente e das futuras, de tal forma que o capital natural seja mantido e enriquecido em sua capacidade de regeneração, reprodução e coevolução.
  • 30. SUSTENTABILIDADE Esse conceito ampliado e integrador de sustentabilidade deve servir como medida de avaliação de quanto progredimos ou não, rumo à sustentabilidade e nos deve igualmente servir de instrumento para realizar a sustentabilidade nos vários campos da realidade e da atividade humana.
  • 31. SUSTENTABILIDADE Universo Somos todos parte do universo e feitos do mesmo pó cósmico. O universo e nós, somos sustentados pela energia de fundo que nos mantém existentes e unidos. Somos aqueles seres no qual o próprio universo se volta sobre si.
  • 32. SUSTENTABILIDADE Universo Há quatro energias fundamentais que estão incessantemente em ação, produzindo e equilibrando nossa existência: • Gravitacional • Electromagnética • Nuclear forte • Nuclear fraca
  • 33. SUSTENTABILIDADE Universo Pela nossa vista, o universo se vê e se contempla a si mesmo. Em cada ser humano existe a dimensão xamântica, escondida dentro de sua realidade interior.
  • 34. SUSTENTABILIDADE Terra Viva Todas as coisas estão interligadas entre si. Extraído do livro Ecologia: Grito da Terra - Leonardo Boff
  • 35. SUSTENTABILIDADE Terra Viva Há 3 grandes descobertas modificando nosso olhar sobre a Terra: 1. Comunidade cósmica; 2. Comunidade de vida; 3. Constatação de que a terra é vida.
  • 36. SUSTENTABILIDADE Terra Viva Frentes da sustentabilidade para a Terra: Geosfera: garantir a continuidade dos elementos geológicos. Geofísica: assumir os princípios do cuidado, da precaução e desenvolver um sentimento de mútuo pertence e responsabilidade universal. Hidrosfera: precisamos com urgência frear a crescente escassez de água pelo mau uso.
  • 37. SUSTENTABILIDADE Terra Viva Atmosfera: tratamos do aquecimento global e a poluição. Biosfera: afetam o sistema vida e a continuidade da espécie humana. Antroposfera: consciência coletiva da espécie humana globalizada.
  • 38. SUSTENTABILIDADE Terra Viva Uma coisa é certa, a Terra não pertence ao homem. É o homem que pertence à terra. O que fere a Terra, também fere seus filhos e filhas. Não foi o homem que teceu a teia da vida; ele é apenas um fio da mesma e tudo que fizer à teia, a si mesmo fará.
  • 39. SUSTENTABILIDADE Sociedade Resgatar o sentido original da sociedade: A primeira tarefa consiste em resgatar o sentido originário de sociedade, que foi perdida pela cultura do capital, individualismo e pela centralidade conferida ao capital e ao mercado sobre as pessoas e os interesses dos cidadãos. Toda sociedade gira ao redor de 3 eixos entrelaçados entre si: a) econômico b) político c) ético
  • 40. SUSTENTABILIDADE Sociedade Em sociedades coesas e sadias a economia vem submetida a política, a política se orienta pela ética, ética se inspira em valores intangíveis e espirituais que assinalam um sentido transcendente à vida e a história, tal preocupação está sempre presente aos seres humanos em sociedade. A democracia sociológica - base da sustentabilidade O caminho mais curto para se alcançar uma sociedade sustentável parece ser a realização da democracia. A democracia parte do princípio de que todos são iguais e que, nas coisas que interessam a todos, todos tem direito de participar das decisões.
  • 41. SUSTENTABILIDADE Sociedade São vários tipos de democracia: a) Democracia direta b)Democracia representativa c) Democracia participativa d)Democracia comunitária e) Superdemocracia planetária f) Democracia sociológica MAS, COMO PODERIA SER UMA SOCIEDADE SUSTENTÁVEL?
  • 42. SUSTENTABILIDADE Sociedade Quando ela mesma, por seu trabalho e produção torna-se mais autônoma, isso acontece quando: a)superar níveis agudos de pobreza b)se houver igualdade social e política, também de gênero, for continuamente buscada, c)se a desigualdade econômica for reduzida a níveis aceitáveis, d)se os cidadãos forem socialmente participativos, cultivar um cuidado consciente com a conservação e regeneração da natureza.
  • 43. SUSTENTABILIDADE Desenvolvimento O desenvolvimento que vigora em quase todos os países, os coloca numa condição de não sustentável. Mas, para que mudanças sejam possíveis, será necessário fazer uma grande revolução:
  • 44. SUSTENTABILIDADE Desenvolvimento a)garantir a vitalidade do PLANETA TERRA com seus ecossistemas b)assegurar as condições de persistência da espécie humana e de sua civilização c)manter o equilíbrio da natureza d)tomar a sério os danos causados pelo ser humano à TERRA e a todos os biomas e)dar conta dos limites do crescimento
  • 45. SUSTENTABILIDADE Desenvolvimento f)controlar de forma não coercitiva o crescimento da população, g)reconhecer a urgência de mudança de paradigma civilizacional e perceber a capacidade inspiradora da nova cosmologia de transformação para que haja efetivamente sustentabilidade, h)entender o ser humano como portadora de 2 fomes, de pão que é saciável e de beleza.
  • 46. SUSTENTABILIDADE Desenvolvimento Como passar do capital material ao capital humano? No modelo de desenvolvimento sustentável também se procura produzir, mas sempre com a atenção voltada para a manutenção da vitalidade da Terra, para a comunidade de vida e para as pessoas humanas da presente e das futuras gerações.
  • 47. SUSTENTABILIDADE Desenvolvimento A viabilidade ecológica de um desenvolvimento sustentável: Alguns princípios para alcançar um desenvolvimento sustentável. a)para fontes renováveis de matérias-primas e de energia (água, solos, florestas, peixes, etc) b)para fontes não renováveis (petróleo e gás, águas freáticas fósseis e minérios) c)para elementos tóxicos ou contaminantes (Herman Daly, economista)
  • 48. SUSTENTABILIDADE Desenvolvimento Sustentabilidade e capital social regional: O desenvolvimento sustentável se torna viável quando houver uma interação da comunidade com o seu ecossistema loca e regional. É possível produzir um desenvolvimento sustentável à base do conhecimento detalhado dos recursos e serviços do respectivo bioma e sua utilização.
  • 49. SUSTENTABILIDADE Desenvolvimento Sustentabilidade e satisfação de necessidades fundamentais: Os humanos tem muitas necessidades fundamentais e o desenvolvimento se torna sustentável se conseguir atender a estas necessidades elas são: a subsistência, a proteção, o afeto (amar e ser amado), o entendimento (aceitar os outros como são e ser também aceito), a criatividade, a participação, o lazer, a identidade pessoal e cultural e a liberdade.
  • 50. SUSTENTABILIDADE Desenvolvimento A sustentabilidade tem que se confrontar com o capital biológico, para isso terá que impor algumas iniciativas de diferente natureza para se firmar: a)difundir nas escolas, meios de comunicação as vantagens do novo paradigma, baseado no processo evolucionário que engloba a todos, b)tomar a sério os três erres da Carta da Terra que é REDUZIR, REUTILIZAR e RECICLAR os bens consumidos acrescentando RESPEITAR, REDISTRIBUIR e REFLORESTAR. c)não deixar nenhuma área degradada, mas recuperá-la com a vegetação nativa.
  • 51. SUSTENTABILIDADE Desenvolvimento Como passar do capital humano ao capital espiritual? O ser humano não vive só de pão e de desenvolvimento social sustentável, não se satisfaz apenas com bens materiais, ele tem necessidade de acolhida, serenidade, de paz social, de amizade e de amar e de ser amado.
  • 52. SUSTENTABILIDADE Desenvolvimento Não há limites para a cooperação, a generosidade, a criatividade, a arte e para o amor. Deste fundo espiritual nos vem conselhos, boas ideias, projetos novos e uma aceitação serena de nossa partida deste mundo, deixaremos para trás todos os bens materiais e levaremos somente os imperecíveis do capital humano e espiritual.
  • 53. SUSTENTABILIDADE Desenvolvimento Um exemplo de boa sustentabilidade: CULTIVANDO ÁGUA BOA Esse projeto mostra que é possível de baixo para cima, a partir do povo e das comunidades e de uma determinada região ecológica, criar uma miniatura daquilo que poderá ser o futuro de uma humanidade reunida no único Planeta Terra.
  • 54. Vídeo: Sacolas plásticas Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=wvpYjveq510
  • 55. SUSTENTABILIDADE Educação “A educação não muda o mundo, mas muda as pessoas que vão mudar o mundo.” Paulo Freire Ou mudamos ou conheceremos a escuridão.
  • 56. SUSTENTABILIDADE Educação A sustentabilidade é fruto de um processo de educação pela qual o ser humano redefine as relações com o Universo, com a Terra, com a natureza, com a sociedade e consigo mesmo, por meio de equilíbrio ecológico, de respeito e amor a Terra e para com a comunidade e gerações futuras, além da construção de uma democracia sócio ecológica.
  • 57. SUSTENTABILIDADE Educação Somente um processo generalizado de educação pode as novas mentes e novos corações. Cúpula da Terra (RJ, 1992 – 1600 cientistas de 70 países): “Os seres humanos e o mundo natural seguem uma rota de colisão. As atividades humanas desprezam violentamente e, às vezes, de forma irreversível, o meio ambiente e os recursos vitais.”
  • 58. SUSTENTABILIDADE Educação Centrada A globalização traz 4 desafios socioeconômicos, éticos e educativos: 1. Permitir aos educandos se apropriar de conhecimentos e experiências acumuladas pela humanidade. 2. Propiciar a formação de crítica e de avaliação dos conhecimentos e experiências do passado. 3. Enriquecer esse legado com conhecimentos e experiências pessoais (conhecer-se melhor). 4. Aprender a conhecer, a fazer, a ser e a viver juntos, cuidando da Mãe Terra e de tudo que há nela.
  • 59. SUSTENTABILIDADE Educação A ONU, em 2002, aprovou uma resolução proclamando os anos de 2005-2014 de a Década da educação para o desenvolvimento sustentável e trouxe uma proposta transversal para um futuro sustentável que visa atingir 15 perspectivas estratégicas para em educação para a sustentabilidade, divididas em:
  • 60. SUSTENTABILIDADE PERSPECTIVAS ECONÔMICAS Redução da pobreza e da miséria Responsabilidade e prestação de contas das empresas PERSPECTIVAS AMBIENTAIS Recursos naturais Mudanças climáticas Desenvolvimento rural Urbanização sustentável Prevenção e mitigação de catástrofes PERSPECTIVAS SOCIOCULTURAIS Direitos humanos Paz e segurança Igualdade entre os sexos Governança global Diversidade cultural e compreensão intercultural Saúde AIDS
  • 61. SUSTENTABILIDADE Educação A educação deve ser entendida como momento do processo cósmico, da vida e da consciência (horizonte sistêmico). Somos ecodependentes. O interesse comum básico é manter as condições para a continuidade da vida e da própria Terra. È o sentido básico da sustentabilidade. Educar para o viver bem = viver em harmonia.
  • 62. SUSTENTABILIDADE Educação – Princípios norteadores 1. reconhecer que a terra é mãe, um organismo vivo com recursos escassos. 2. resgatar o princípio de re-ligação: todos os seres vivos são interdependentes (destino compartilhado e comum) 3. a sustentabilidade global só será garantida mediante o respeito aos ciclos naturais, consumindo com racionalidade os recursos não renováveis e regenerando as renováveis. 4. valorizar e preservar a biodiversidade. 5. valorizar as diferenças culturais, pois tudo no humano é complementar.
  • 63. SUSTENTABILIDADE Educação – Princípios norteadores 6. que se faça ciência com consciência, seguindo critérios éticos que beneficiem a vida e a humanidade. 7. valorizar os saberes cotidianos, populares, das culturas originárias e do mundo agrário na busca de soluções globais. 8. valorizar as virtudes do pequeno e do que vem de baixo (valor universal). 9. as conquistas humanas devem beneficiar a todos (equidade e bem comum). 10. resgatar os direitos do coração, os afetos e a razão sensível e cordial.
  • 64. SUSTENTABILIDADE Educação Ecologia integral: todas as instancias devem se manter, reformar-se e evoluir em se inserir no mundo da realidade bio-sócio-ecológica, mostrando-se sustentáveis. Ecoeducação: consciência nova, consciência planetária que nos faz perceber que vida, humanidade, Terra e universo formam conosco uma única, grande e complexa realidade. Precisamos transformar nossos métodos de ensino.
  • 66. SUSTENTABILIDADE Indivíduo Que representa a sustentabilidade para o indivíduo e o possuir uma existência sustentável? O indivíduo é a pessoa humana, nó de relações orientadas para todas as direções. Ninguém vive fora da rede de relações que sustenta o universo. O indivíduo é uma pessoa única e irrepetível no universo e na história e cada cultura que o representa lhe atribui sustentabilidade.
  • 67. SUSTENTABILIDADE Indivíduo O ser humano individual é uma realidade uma e complexa, estruturada em 3 dimensões que se entrelaçam e que têm como portador sempre o mesmo e único sujeito individual:
  • 68. SUSTENTABILIDADE Indivíduo Exterioridade (homem-corpo): O corpo é vivo, alimenta-se, veste-se, elabora sua aparição no cenário da vida. É parte do universo, dotado de um cérebro, que se faz presente aos outros e se relaciona com todas as realidades existentes à sua volta. A saúde é objeto de cuidados permanentes e base da vida. Para o corpo, sustentabilidade é estar bem consigo mesmo, cuidar, prevenir-se dos riscos no decorrer da vida, regenerar-se... O corpo é mortal. É preciso aceitar que a morte pertence à vida e que, ao fim, ele voltará para a Mãe Terra.
  • 69. SUSTENTABILIDADE Indivíduo Interioridade (homem-psiqué): podemos ser afetados pelo mundo ao nosso redor enquanto também o afetamos. Integrar nossas pulsões contraditórias e encontrar um ponto de equilíbrio que dê brilho, paz e sentido à vida é nosso desafio existencial. A sustentabilidade alcança as relações interpessoais e sociais que produzem efeitos nos outros.
  • 70. SUSTENTABILIDADE Indivíduo Profundidade (homem-espirito): o espírito é tão ancestral quanto a matéria e a dimensão mais secreta e sagrada, de onde emergem os grandes conflitos, toma-se sérias decisões, e define-se o sentido da vida. Só o homem espiritual pode extasiar-se, perceber o todo e dar-se conta de que é parte deste todo. Independente da religião, esta dimensão espiritual desperta sentimentos nobres, como amor, compaixão, doação, perdão e rendição. A sustentabilidade consiste em cultivar o espaço do profundo, reservar-se um momento para o recolhimento a fim de escutar o próprio coração e elevar-se até o coração de Deus.
  • 71. SUSTENTABILIDADE Indivíduo Para o indivíduo espiritual, a morte não é uma perda, mas um voltar à fonte. Tudo existe, coexiste e continua a existir porque há uma energia poderosa que continuamente produz sustentabilidade e permite que a evolução continue em seu curso de expansão, de autocriação e de ascensão a formas de ser cada vez mais complexas e espirituais e concede ao ser humano poder testemunhar este processo, sentir-se parte dele, crescer e se enriquecer com ele.
  • 73.
  • 74. CONCLUSÃO As principais causas da crise ecológica atual não se encontram na economia, mas nas formas gananciosas pelas quais a ética foi desrespeitada, na ausência de justa medida que levou á falta de confiança necessária para a fluidez econômica. Precisamos amar mas a vida do que a matéria e aprender a tirar da Terra somente aquilo que realmente necessitamos para viver decentemente. Esse é um dos propósitos básicos da SUSTENTABILIDADE!
  • 75. Vídeo: A destruição Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=VM9Lz0sCNaA
  • 76. BIBLIOGRAFIA • Boff L. Saber cuidar: ética do humano compaixão pela terra. Petrópolis (RJ): Vozes; 1999. • Boff, Leonardo. Sustentabilidade: o que é: o que não é. Ed. Vozes, 2012.