O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

A cobra

85 visualizações

Publicada em

PNAIC
SEMED
FORMADORA: SIMONE DRUMOND

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

A cobra

  1. 1. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT
  2. 2. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT
  3. 3. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT
  4. 4. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT
  5. 5. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT
  6. 6. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT
  7. 7. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT
  8. 8. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT
  9. 9. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT Na Educação Infantil levamos as crianças à exploração dos sons, dos gestos, ao manuseio de instrumentos musicais e a busca dos sons produzidos com o próprio corpo, como: palmas, batida de pés, estalar de dedos e sons com a boca. Essas ações permitem que as crianças ouçam sons graves (sons mais grossos) e agudos (sons mais finos). Os sons podem ser trabalhados em jogos ou até na pronúncia das letras do alfabeto. Isso vai dando às crianças noções de ritmo fazendo com que eles vão se desenvolvendo musicalmente.
  10. 10. CAMPO DE EXPERIÊNCIA OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO DIREITOS DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO O eu, o outro e o nós Corpo, gestos e movimentos Traços, sons, cores e formas Oralidade e escrita Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações ♫ ♬ “A cobra não tem pé, a cobra não tem mão. ♫ ♬ Como é que a cobra sobe no pezinho de limão ♫ ♬
  11. 11. ♫ ♬ “A cobra não tem pé, a cobra não tem mão. ♫ ♬ Como é que a cobra sobe no pezinho de limão ♫ ♬ OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO ♫ ♬ Potencializar as possibilidades de meios, suportes e ferramentas de exploração artísticas; ♫ ♬ Proporcionar o manuseio de diferentes materiais, texturas e espessuras visando o desenvolvimento da coordenação motora de maneira contextualizada; ♫ ♬ Oferecer a criança a chance de explorar e conhecer diferentes movimentos gestuais através da sequencia de atividades integrada com a música; ♫ ♬ Proporcionar condições para identificar marcas pessoais na hora de criar; ♫ ♬ Desenvolver a paciência – virtude que nos ajuda a controlar as emoções de maneira apropriada (adequação emocional).
  12. 12. ♫ ♬ “A cobra não tem pé, a cobra não tem mão. ♫ ♬ Como é que a cobra sobe no pezinho de limão ♫ ♬ ♫ ♬ O objetivo da música para crianças de 0 a 3 anos é ouvir, perceber e diferenciar os diversos sons através da brincadeira, imitação e reprodução musical. ♫ ♬ Já para crianças de 4 a 6 anos o objetivo é basicamente explorar e identificar elementos da música, perceber, expressar sensações, sentimentos e pensamentos utilizando composições, interpretações musicais. ♫ ♬ Para as crianças nesta faixa etária os conteúdos relacionados ao fazer musical deverão ser trabalhados em situações lúdicas, fazendo parte do contexto global das atividades. Fonte: Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil
  13. 13. ♫ ♬ Jeito de brincar ♫ ♬ As crianças batem palmas em roda, enquanto cantam a música abaixo. Quando dizem "Então vai limãozinho", todos fingem estar mexendo uma panela e bamboleiam com o corpo. ♫ ♬ Letra de música ♫ ♬ "A cobra não tem pé A cobra não tem mão Como é que ela sobre no pezinho de limão Ela sobe, ela desce, Ela tem o corpo mole (2X) Então vai, limãozinho Vai, vai limãozinho"
  14. 14. LETRAMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
  15. 15. LETRAMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
  16. 16. LETRAMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
  17. 17. ♫ ♬ A música na Educação Infantil é considerada um elemento enriquecedor para o desenvolvimento da criança, uma vez que transmite bem-estar e favorece a ampliação de diversas áreas do cérebro e das linguagens, interações, letramento, jogos, brinquedos e brincadeiras, aperfeiçoando a sensibilidade da criança e a capacidade de concentração da mesma. ♫ ♬ ♫ ♬ A música tem papel importantíssimo na educação infantil, pois também auxilia no desenvolvimento de habilidades criativas proporcionando que a criança crie e inove em todas as situações necessárias. ♫ ♬ ♫ ♬ “A cobra não tem pé, a cobra não tem mão, Como é que a cobra sobe no pezinho de limão (2x) A cobra vai subindo vai, vai, vai Vai se enrolando vai, vai,vai. A cobra não tem pé, a cobra não tem mão, Como é que a cobra desce do pezinho de limão (2x) A cobra vai descendo vai, vai, vai Vai se desenrolando vai, vai, vai…” ♫ ♬
  18. 18. MÚSICA – A COBRA NÃO TEM PÉ... 1º momento - Cantar, dramatizar e dançar com as crianças com e sem recurso de vídeo e aparelho musical. 2º momento – Interpretar a letra da canção popular sondando o conhecimento prévio e o interesse das crianças sobre a história da música, permitindo que se expressem. 3º momento – Registre em um cartaz a letra e solicite que ilustrem no entorno com desenhos feitos a giz de cera. 4º momento – Dialogar sobre as representações infantis desenvolvidas no cartaz.
  19. 19. MODELAGEM COM ARGILA Para crianças da Educação Infantil modelar argila é diferente da massinha, pois exige muito mais da sua capacidade de coordenação motora. A modelagem com argila apresenta o desafio de produzir tridimensionalmente. Para um trabalho completo e ver a peça pronta também será essencial desenvolver a paciência, já que para a pintar a peça esta necessita estar completamente seca. Nessa idade em questão, as crianças são imediatistas e sentem dificuldade em esperar, entretanto, são atividades assim que as ajudarão a saber a importância de ser paciente e que nem tudo temos na hora que queremos.
  20. 20. MODELAGEM COM ARGILA 5º momento – Vamos modelar a cobra? Apresentar a argila anteriormente para que no dia da atividade já tenham tido a chance de modelagem livre. Cada criança deverá criar a sua cobra, do seu tamanho e formato. Atentar para o desejo de oferecer modelos prontos e estereotipados. Assim, o(a) professor(a) terá a oportunidade de avaliar a coordenação e o raciocínio de cada um, além da livre expressão de criatividade, que não deve ser tolhida. Intermediar somente quando necessário. Colocar para secar com os nomes para não misturar.
  21. 21. A PINTURA 6º momento – Dar vida a cada cobra requer pintá- la. Qual cor tem a sua cobra? Por que? Usará uma cor só? Antes de pintar veja fotos variadas de cobras. Peça as crianças que leiam cada uma das imagens: Como é essa? O que esta outra tem de diferente? Ampliando e diminuindo as perguntas de acordo com a participação do grupo. Atualmente a quantidade de estímulos visuais é muito grande e um modo de ajudar as crianças a conhecer e selecionar o que lhes interessa é criar situações de observação e conversa partindo de imagens.
  22. 22. A PINTURA Para colorir um objeto feito de argila a destreza manual também é fundamental, diferente de pintar no papel a coordenação motora é ainda mais explorada e requer movimentos mais delicados, de motricidade fina. Como a cobra tem os dois (2) lados novamente a questão da paciência – o esperar secar um lado para pintar o outro.
  23. 23. A PINTURA Para colorir um objeto feito de argila a destreza manual também é fundamental, diferente de pintar no papel a coordenação motora é ainda mais explorada e requer movimentos mais delicados, de motricidade fina. Como a cobra tem os dois (2) lados novamente a questão da paciência – o esperar secar um lado para pintar o outro.
  24. 24. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT COMO FAZER? 1. Deixe as crianças, pintarem os elementos que compõem a paisagem com lápis de cor, giz de cera ou tintas. 2. Deixe-as recortarem os elementos do painel. 3. Junto com as crianças vá formando o painel. Obs: Utilize papeis com diversas texturas.
  25. 25. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS A COBRA NÃO TEM PÉ (batendo os pés, no ritmo da cantiga) A COBRA NÃO TEM MÃO (batendo as mãos, no ritmo da cantiga) COMO É QUE ELA SOBE NUM PEZINHO DE LIMÃO (fazer gestos com a mão, colocando uma por cima da outra, imitando o subir numa escada) ELA ESTICA, (levantar os braços para o alto) ENCOLHE (abaixar todo o corpo, flexionando as pernas) SEU CORPO É TODO MOLE (balançar o corpo, ora para a direita, ora para a esquerda, imitando o rastejar da Cobra)
  26. 26. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. COBRA CEGA - DE OLHOS VENDADOS, UM DOS PARTICIPANTES SERÁ A CABRA- CEGA QUE TENTARÁ PEGAR OS OUTROS JOGADORES. O PRIMEIRO A SER PEGO PASSA AO POSTO DE CABRA-CEGA.
  27. 27. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. QUEM É O AMIGO DA COBRA? VENDAR OS OLHOS DE UMA CRIANÇA E PEDIR QUE ELA PEGUE EM UM COLEGA E TENTE ADIVINHAR QUEM É ATRAVÉS DO TATO.
  28. 28. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. ACHE SEU TESOURO DA DONA COBRA COLOQUE UM OBJETO DE CADA CRIANÇA EM UMA CAIXA E VIRE-A NO CHÃO, DEIXE QUE ELES ACHEM SEUS OBJETOS.( PODE SER FEITA COM OS SAPATOS).
  29. 29. UM NOVO OLHAR A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NORTEADA PELA BNCC: LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Formadora PNAIC – SEMED MANAUS – UFAM - CEFORT LINGUAGENS, INTERAÇÕES, LETRAMENTO, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS. ACHE SEU TESOURO DA DONA COBRA COLOQUE UM OBJETO DE CADA CRIANÇA EM UMA CAIXA E VIRE-A NO CHÃO, DEIXE QUE ELES ACHEM SEUS OBJETOS.( PODE SER FEITA COM OS SAPATOS).
  30. 30. O EU, O OUTRO E O NÓS
  31. 31. CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
  32. 32. TRAÇOS, SONS, CORES E FORMAS
  33. 33. ORALIDADE E ESCRITA
  34. 34. ESPAÇOS, TEMPOS, QUANTIDADES, RELAÇÕES E TRANSFORMAÇÕES

×