SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Baixar para ler offline
MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA
ORGANIZAÇÃO GERAL
ROCA 21-78
REGULAMENTO DA ESCOLA DE COMANDO E
ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA
2018
MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA
ESCOLA DE COMANDO E ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA
ORGANIZAÇÃO GERAL
ROCA 21-78
REGULAMENTO DA ESCOLA DE COMANDO E
ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA
2018
MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA
PORTARIA Nº 477/GC3, DE 12 DE ABRIL DE 2018.
Aprova a reedição do Regulamento da
Escola de Comando e Estado-Maior da
Aeronáutica.
O COMANDANTE DA AERONÁUTICA, de conformidade com o previsto
no inciso XI do art. 23 da Estrutura Regimental do Comando da Aeronáutica, aprovada pelo
Decreto nº 6.834, de 30 de abril de 2009, e considerando o que consta do Processo nº
67500.003159/2017-72, resolve:
Art. 1º Aprovar a reedição do ROCA 21-78 “Regulamento da Escola de
Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR)”, que com esta baixa.
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 3º Revoga-se a Portaria nº 867/GC3, de 21 de dezembro de 2007,
publicada no Diário Oficial da União nº 248, de 27 de dezembro de 2007.
Ten Brig Ar NIVALDO LUIZ ROSSATO
Comandante da Aeronáutica
(DOU1 nº 71, de 13 ABR 2018)
(Publicada no BCA nº 063, de 17 de abril de 2018).
ROCA 21-78/2018
SUMÁRIO
CAPÍTULO I DA NATUREZA E COMPETÊNCIA........................................................... 7
Seção I Da Natureza ..................................................................................................7
Seção II Da Competência............................................................................................7
CAPÍTULO II DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL..................................................... 7
CAPÍTULO III DA COMPETÊNCIA DOS ÓRGÃOS OU SETORES..................................8
CAPÍTULO IV DAS ATRIBUIÇÕES DOS DIRIGENTES....................................................8
Seção I Do Comandante ............................................................................................8
Seção II Dos Demais Chefes .......................................................................................9
CAPÍTULO V DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E TRANSITÓRIAS..................................... 8
Anexo A - Organograma da Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica 10
ROCA 21-78/2018
REGULAMENTO DA ESCOLA DE COMANDO E ESTADO-MAIOR DA
AERONÁUTICA
CAPÍTULO I
DA NATUREZA E COMPETÊNCIA
Seção I
Da Natureza
Art. 1º A Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR),
Organização do Comando da Aeronáutica (COMAER) criada pelo Decreto Nº 20.798, de 19
de março de 1946, alterado pelo Decreto Nº 24.203, de 16 de dezembro de 1947, tem por
finalidade capacitar oficiais superiores para o preparo e o emprego do componente militar do
Poder Aeroespacial, por meio de cursos e estágios de altos estudos militares e de outros que
lhe forem destinados.
Parágrafo único. A critério do Diretor de Ensino, poderão ser ministrados
cursos e estágios para servidores civis assemelhados do COMAER, oficiais superiores e
servidores civis assemelhados das demais Forças Singulares e Auxiliares, Oficiais de Nações
Amigas (ONA) e civis de instituições de ensino, públicas e privadas.
Art. 2º A ECEMAR é diretamente subordinada à Universidade da Força
Aérea.
Art. 3º A ECEMAR tem sede na cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de
Janeiro.
Seção II
Da Competência
Art. 4º À ECEMAR compete:
I - ministrar cursos de altos estudos militares, com equivalência aos cursos de
pós-graduação stricto sensu no nível de mestrado e doutorado, e outros cursos e estágios que
lhe forem atribuídos;
II - elaborar e executar planos e programas relativos ao ensino e às atividades a
serem desenvolvidas;
III - promover simpósios, seminários e outros eventos necessários ao
desenvolvimento das atividades de ensino; e
IV - realizar estudos e pesquisas sobre assuntos de interesse da Aeronáutica,
em particular, e das Forças Armadas, em geral.
CAPÍTULO II
DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
Art. 5º A ECEMAR tem a seguinte estrutura básica:
I - Comando; e
II - Coordenadoria Acadêmica (CACD).
8/10 ROCA 21-78/2018
CAPÍTULO III
DA COMPETÊNCIA DOS ÓRGÃOS OU SETORES
Art. 6º À CACD compete:
I - realizar estudos e pesquisas de assuntos referentes às atividades de ensino;
II - coordenar e controlar a execução e a avaliação das atividades relacionadas
ao ensino ministrado na Escola; e
III - supervisionar a coerência do conteúdo ministrado com a missão finalística
da Escola.
CAPÍTULO IV
DAS ATRIBUIÇÕES DOS DIRIGENTES
Seção I
Do Comandante
Art. 7º Ao Comandante da ECEMAR, nos termos da legislação em vigor e
consoantes as diretrizes do Comandante da UNIFA, incumbe:
I - dirigir, coordenar e controlar as atividades atribuídas à Organização;
II - aprovar atos administrativos para o planejamento e a execução dos
trabalhos no âmbito da ECEMAR;
III - aprovar, no seu nível de competência, os planos e programas
desenvolvidos na ECEMAR;
IV - imprimir ao ensino ministrado na ECEMAR a orientação doutrinária
emanada do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER);
V - zelar, no âmbito da Organização, pelo cumprimento das instruções, ordens,
diretrizes, normas, planos e programas de trabalho oriundos da UNIFA e dos órgãos
superiores e centrais dos sistemas do COMAER;
VI - matricular, quando autorizado, excluir e desligar os alunos, oficiais ou
civis, brasileiros ou estrangeiros, dos respectivos cursos e estágios, de acordo com as normas
em vigor;
VII - orientar a elaboração das propostas orçamentárias anual e plurianual;
VIII - convocar e presidir as Comissões e os Conselhos constituídos;
IX - estabelecer e fazer cumprir as normas relativas à segurança e defesa no
âmbito da ECEMAR;
X - propor ao Comandante da UNIFA a expedição de atos administrativos que,
por sua natureza, transcendam a competência da ECEMAR e sejam necessários ao seu
funcionamento; e
XI - propor o recompletamento e a movimentação de pessoal para a ECEMAR.
Seção II
Dos Demais Chefes
Art. 8º As atribuições dos demais chefes integrantes da estrutura da ECEMAR
serão definidas no seu Regimento Interno.
CAPÍTULO V
DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E TRANSITÓRIAS
Art. 9º O provimento dos cargos observará as seguintes diretrizes:
I - o Comandante da ECEMAR é Major-Brigadeiro do Ar, da ativa;
ROCA 21-78/2018 9/10
II - o Chefe da CACD é Coronel do Quadro de Oficiais Aviadores (QOAv), da
ativa, que, preferencialmente, tenha concluído o Curso de Altos Estudos Militares (CAEM),
ou equivalente, e tenha sido indicado como instrutor da ECEMAR;
III - o substituto eventual do Comandante da ECEMAR é o Chefe da CACD; e
IV - as demais substituições eventuais far-se-ão dentro de cada órgão
constitutivo da ECEMAR, respeitados os quadros, a hierarquia e as qualificações exigidas.
§ 1º O cargo de Comandante da ECEMAR pode ser exercido por Brigadeiro do
Ar, da ativa.
§ 2º O cargo de Chefe da CACD pode ser exercido por Coronel do Corpo de
Oficiais da Aeronáutica, da ativa, que tenha concluído CAEM, ou equivalente, e tenha sido
indicado como instrutor da ECEMAR.
Art. 10. O Comandante-Geral do Pessoal remeterá ao EMAER cópia do
Regimento Interno aprovado, no prazo de 120 dias após a publicação deste Regulamento.
Art. 11. O Regimento Interno da ECEMAR definirá o detalhamento dos
órgãos da estrutura complementar, bem como as competências desses órgãos e as atribuições
de seus chefes.
Art. 12. Os casos não previstos neste Regulamento serão submetidos à
apreciação do Comandante da Aeronáutica.
10/10 ROCA 21-78/2018
Anexo A - Organograma da Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica
COMANDO
Coordenadoria
Acadêmica

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cp qc-ca-fn 2017
Cp qc-ca-fn 2017Cp qc-ca-fn 2017
Cp qc-ca-fn 2017Triplo Sof
 
Download - Manual do Exército C 22 5
Download - Manual do Exército  C 22 5Download - Manual do Exército  C 22 5
Download - Manual do Exército C 22 5APaC Elo 2
 
Formação do oficial fuzileiro naval
Formação do oficial fuzileiro navalFormação do oficial fuzileiro naval
Formação do oficial fuzileiro navalFalcão Brasil
 
Nac aeronautica formacao_de_sargentos_edital_ed._1680
Nac aeronautica formacao_de_sargentos_edital_ed._1680Nac aeronautica formacao_de_sargentos_edital_ed._1680
Nac aeronautica formacao_de_sargentos_edital_ed._1680Abraão Evangelista
 
PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO ÀS ESCOLAS DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA MARINHA ...
PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO ÀS  ESCOLAS DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA MARINHA ...PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO ÀS  ESCOLAS DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA MARINHA ...
PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO ÀS ESCOLAS DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA MARINHA ...Falcão Brasil
 
Cursos de Especialização da Academia Nacional de Polícia ( Polícia Federal )
Cursos de Especialização da Academia Nacional de Polícia ( Polícia Federal )Cursos de Especialização da Academia Nacional de Polícia ( Polícia Federal )
Cursos de Especialização da Academia Nacional de Polícia ( Polícia Federal )Falcão Brasil
 
IG 10-42 - Correspondência, Publicações e Atos Administrativos
IG 10-42 - Correspondência, Publicações e Atos AdministrativosIG 10-42 - Correspondência, Publicações e Atos Administrativos
IG 10-42 - Correspondência, Publicações e Atos AdministrativosFalcão Brasil
 
PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO AOS CURSOS DE ADAPTAÇÃO A SEGUNDO OFICIAL DE M...
PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO AOS CURSOS DE ADAPTAÇÃO A SEGUNDO  OFICIAL DE M...PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO AOS CURSOS DE ADAPTAÇÃO A SEGUNDO  OFICIAL DE M...
PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO AOS CURSOS DE ADAPTAÇÃO A SEGUNDO OFICIAL DE M...Falcão Brasil
 
Programa do Ensino Profissional Marítimo para Aquaviários PREPOM - 2015
Programa do Ensino Profissional Marítimo para Aquaviários PREPOM - 2015Programa do Ensino Profissional Marítimo para Aquaviários PREPOM - 2015
Programa do Ensino Profissional Marítimo para Aquaviários PREPOM - 2015Falcão Brasil
 
Curso de Adaptação para Aquaviários - Módulo Específico para Marítimos - Seçã...
Curso de Adaptação para Aquaviários - Módulo Específico para Marítimos - Seçã...Curso de Adaptação para Aquaviários - Módulo Específico para Marítimos - Seçã...
Curso de Adaptação para Aquaviários - Módulo Específico para Marítimos - Seçã...Falcão Brasil
 
MANUAL DE CAMPANHA TREINAMENTO FÍSICO MILITAR C 20-20
MANUAL DE CAMPANHA TREINAMENTO FÍSICO MILITAR C 20-20MANUAL DE CAMPANHA TREINAMENTO FÍSICO MILITAR C 20-20
MANUAL DE CAMPANHA TREINAMENTO FÍSICO MILITAR C 20-20Falcão Brasil
 
Is nº 61 002 - orientações para instrução prática sob capota em helicóptero -...
Is nº 61 002 - orientações para instrução prática sob capota em helicóptero -...Is nº 61 002 - orientações para instrução prática sob capota em helicóptero -...
Is nº 61 002 - orientações para instrução prática sob capota em helicóptero -...Jeferson Espindola
 
PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS PARA FORMAÇÃO DE PILOTOS PARA A AV...
PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS PARA FORMAÇÃO DE PILOTOS PARA A AV...PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS PARA FORMAÇÃO DE PILOTOS PARA A AV...
PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS PARA FORMAÇÃO DE PILOTOS PARA A AV...Falcão Brasil
 
Reajuste dos Soldos dos Militares das Forças Armadas 2013 a 2015
Reajuste dos Soldos dos Militares das Forças Armadas 2013 a 2015Reajuste dos Soldos dos Militares das Forças Armadas 2013 a 2015
Reajuste dos Soldos dos Militares das Forças Armadas 2013 a 2015Falcão Brasil
 
Eb70 ci-11.404
Eb70 ci-11.404Eb70 ci-11.404
Eb70 ci-11.404Triplo Sof
 
Treinamento de Entrada Inadvertida em Condições Meteorológicas de Voo por Ins...
Treinamento de Entrada Inadvertida em Condições Meteorológicas de Voo por Ins...Treinamento de Entrada Inadvertida em Condições Meteorológicas de Voo por Ins...
Treinamento de Entrada Inadvertida em Condições Meteorológicas de Voo por Ins...Jeferson Espindola
 
CADERNO DE INSTRUÇÃO PISTA DE COMBATE DE PELOTÃO NA DEFESA EXTERNA CI 21-76 1
CADERNO DE INSTRUÇÃO PISTA DE COMBATE DE PELOTÃO NA DEFESA EXTERNA CI 21-76 1CADERNO DE INSTRUÇÃO PISTA DE COMBATE DE PELOTÃO NA DEFESA EXTERNA CI 21-76 1
CADERNO DE INSTRUÇÃO PISTA DE COMBATE DE PELOTÃO NA DEFESA EXTERNA CI 21-76 1Falcão Brasil
 

Mais procurados (20)

Cp qc-ca-fn 2017
Cp qc-ca-fn 2017Cp qc-ca-fn 2017
Cp qc-ca-fn 2017
 
Regulamento Disciplinar do Exército
Regulamento Disciplinar do ExércitoRegulamento Disciplinar do Exército
Regulamento Disciplinar do Exército
 
Download - Manual do Exército C 22 5
Download - Manual do Exército  C 22 5Download - Manual do Exército  C 22 5
Download - Manual do Exército C 22 5
 
Formação do oficial fuzileiro naval
Formação do oficial fuzileiro navalFormação do oficial fuzileiro naval
Formação do oficial fuzileiro naval
 
Edital
EditalEdital
Edital
 
Nac aeronautica formacao_de_sargentos_edital_ed._1680
Nac aeronautica formacao_de_sargentos_edital_ed._1680Nac aeronautica formacao_de_sargentos_edital_ed._1680
Nac aeronautica formacao_de_sargentos_edital_ed._1680
 
PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO ÀS ESCOLAS DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA MARINHA ...
PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO ÀS  ESCOLAS DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA MARINHA ...PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO ÀS  ESCOLAS DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA MARINHA ...
PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO ÀS ESCOLAS DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA MARINHA ...
 
Cursos de Especialização da Academia Nacional de Polícia ( Polícia Federal )
Cursos de Especialização da Academia Nacional de Polícia ( Polícia Federal )Cursos de Especialização da Academia Nacional de Polícia ( Polícia Federal )
Cursos de Especialização da Academia Nacional de Polícia ( Polícia Federal )
 
IG 10-42 - Correspondência, Publicações e Atos Administrativos
IG 10-42 - Correspondência, Publicações e Atos AdministrativosIG 10-42 - Correspondência, Publicações e Atos Administrativos
IG 10-42 - Correspondência, Publicações e Atos Administrativos
 
PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO AOS CURSOS DE ADAPTAÇÃO A SEGUNDO OFICIAL DE M...
PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO AOS CURSOS DE ADAPTAÇÃO A SEGUNDO  OFICIAL DE M...PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO AOS CURSOS DE ADAPTAÇÃO A SEGUNDO  OFICIAL DE M...
PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO AOS CURSOS DE ADAPTAÇÃO A SEGUNDO OFICIAL DE M...
 
Programa do Ensino Profissional Marítimo para Aquaviários PREPOM - 2015
Programa do Ensino Profissional Marítimo para Aquaviários PREPOM - 2015Programa do Ensino Profissional Marítimo para Aquaviários PREPOM - 2015
Programa do Ensino Profissional Marítimo para Aquaviários PREPOM - 2015
 
Curso de Adaptação para Aquaviários - Módulo Específico para Marítimos - Seçã...
Curso de Adaptação para Aquaviários - Módulo Específico para Marítimos - Seçã...Curso de Adaptação para Aquaviários - Módulo Específico para Marítimos - Seçã...
Curso de Adaptação para Aquaviários - Módulo Específico para Marítimos - Seçã...
 
MANUAL DE CAMPANHA TREINAMENTO FÍSICO MILITAR C 20-20
MANUAL DE CAMPANHA TREINAMENTO FÍSICO MILITAR C 20-20MANUAL DE CAMPANHA TREINAMENTO FÍSICO MILITAR C 20-20
MANUAL DE CAMPANHA TREINAMENTO FÍSICO MILITAR C 20-20
 
Is nº 61 002 - orientações para instrução prática sob capota em helicóptero -...
Is nº 61 002 - orientações para instrução prática sob capota em helicóptero -...Is nº 61 002 - orientações para instrução prática sob capota em helicóptero -...
Is nº 61 002 - orientações para instrução prática sob capota em helicóptero -...
 
PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS PARA FORMAÇÃO DE PILOTOS PARA A AV...
PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS PARA FORMAÇÃO DE PILOTOS PARA A AV...PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS PARA FORMAÇÃO DE PILOTOS PARA A AV...
PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS PARA FORMAÇÃO DE PILOTOS PARA A AV...
 
Ncc 4 ed.pdf
Ncc 4 ed.pdfNcc 4 ed.pdf
Ncc 4 ed.pdf
 
Reajuste dos Soldos dos Militares das Forças Armadas 2013 a 2015
Reajuste dos Soldos dos Militares das Forças Armadas 2013 a 2015Reajuste dos Soldos dos Militares das Forças Armadas 2013 a 2015
Reajuste dos Soldos dos Militares das Forças Armadas 2013 a 2015
 
Eb70 ci-11.404
Eb70 ci-11.404Eb70 ci-11.404
Eb70 ci-11.404
 
Treinamento de Entrada Inadvertida em Condições Meteorológicas de Voo por Ins...
Treinamento de Entrada Inadvertida em Condições Meteorológicas de Voo por Ins...Treinamento de Entrada Inadvertida em Condições Meteorológicas de Voo por Ins...
Treinamento de Entrada Inadvertida em Condições Meteorológicas de Voo por Ins...
 
CADERNO DE INSTRUÇÃO PISTA DE COMBATE DE PELOTÃO NA DEFESA EXTERNA CI 21-76 1
CADERNO DE INSTRUÇÃO PISTA DE COMBATE DE PELOTÃO NA DEFESA EXTERNA CI 21-76 1CADERNO DE INSTRUÇÃO PISTA DE COMBATE DE PELOTÃO NA DEFESA EXTERNA CI 21-76 1
CADERNO DE INSTRUÇÃO PISTA DE COMBATE DE PELOTÃO NA DEFESA EXTERNA CI 21-76 1
 

Semelhante a Regulamento da escola de comando estado maior

Aula02 publicações e legislação
Aula02 publicações e legislaçãoAula02 publicações e legislação
Aula02 publicações e legislaçãoJimi Aislan
 
Aula01 publicações e legislação s
Aula01 publicações e legislação sAula01 publicações e legislação s
Aula01 publicações e legislação sJimi Aislan
 
Instrução Reguladora do Quadro de Cabos.pdf
Instrução Reguladora do Quadro de Cabos.pdfInstrução Reguladora do Quadro de Cabos.pdf
Instrução Reguladora do Quadro de Cabos.pdfALARCIOAPARECIDODEOL
 
CONCURSO PÚBLICO EDITAL DE CONCURSO Nº 23/2008 CARGOS DE PROFESSOR DA CARREIR...
CONCURSO PÚBLICO EDITAL DE CONCURSO Nº 23/2008 CARGOS DE PROFESSOR DA CARREIR...CONCURSO PÚBLICO EDITAL DE CONCURSO Nº 23/2008 CARGOS DE PROFESSOR DA CARREIR...
CONCURSO PÚBLICO EDITAL DE CONCURSO Nº 23/2008 CARGOS DE PROFESSOR DA CARREIR...Falcão Brasil
 
Proposta Abergs - Plano de carreira do CBMRS.
Proposta Abergs - Plano de carreira do CBMRS.Proposta Abergs - Plano de carreira do CBMRS.
Proposta Abergs - Plano de carreira do CBMRS.probombeiro
 
Proposta Abergs - Lei de transição do CBMRS.
Proposta Abergs - Lei de transição do CBMRS.Proposta Abergs - Lei de transição do CBMRS.
Proposta Abergs - Lei de transição do CBMRS.probombeiro
 
R-4 Regulamento Disciplinar do Exército (RDE)
R-4 Regulamento Disciplinar do Exército (RDE)R-4 Regulamento Disciplinar do Exército (RDE)
R-4 Regulamento Disciplinar do Exército (RDE)Falcão Brasil
 
R 4 --regulamento_disciplinar_do_exercto_(rde)
R 4 --regulamento_disciplinar_do_exercto_(rde)R 4 --regulamento_disciplinar_do_exercto_(rde)
R 4 --regulamento_disciplinar_do_exercto_(rde)Helton Santos Silva
 
Pl 4373 2012 (parecer qe)
Pl 4373 2012 (parecer qe)Pl 4373 2012 (parecer qe)
Pl 4373 2012 (parecer qe)Ricardo Montedo
 
Curso Especial de Acesso a 2º Oficial de Náutica – Complementar (ACON-C)
Curso Especial de Acesso a 2º Oficial de Náutica – Complementar (ACON-C)Curso Especial de Acesso a 2º Oficial de Náutica – Complementar (ACON-C)
Curso Especial de Acesso a 2º Oficial de Náutica – Complementar (ACON-C)Falcão Brasil
 
Ica 100 9 proc esp anv presid
Ica 100 9 proc esp anv presidIca 100 9 proc esp anv presid
Ica 100 9 proc esp anv presidscazuzza
 
Instruções para Operação de Helicópteros para Construção e Utilização de Heli...
Instruções para Operação de Helicópteros para Construção e Utilização de Heli...Instruções para Operação de Helicópteros para Construção e Utilização de Heli...
Instruções para Operação de Helicópteros para Construção e Utilização de Heli...Jeferson Espindola
 
Legislacao-e-Regulamentos-Institucionais-Estatuto-Revisao-para-prova.pptx
Legislacao-e-Regulamentos-Institucionais-Estatuto-Revisao-para-prova.pptxLegislacao-e-Regulamentos-Institucionais-Estatuto-Revisao-para-prova.pptx
Legislacao-e-Regulamentos-Institucionais-Estatuto-Revisao-para-prova.pptxJamilliDoumany
 
Proposta 22 novembro - Plano de carreira
Proposta 22 novembro - Plano de carreiraProposta 22 novembro - Plano de carreira
Proposta 22 novembro - Plano de carreiraprobombeiro
 
Estrutura da Carreira dos Oficiais e dos Subtenentes e Sargentos do Exército ...
Estrutura da Carreira dos Oficiais e dos Subtenentes e Sargentos do Exército ...Estrutura da Carreira dos Oficiais e dos Subtenentes e Sargentos do Exército ...
Estrutura da Carreira dos Oficiais e dos Subtenentes e Sargentos do Exército ...Falcão Brasil
 

Semelhante a Regulamento da escola de comando estado maior (20)

Aula02 publicações e legislação
Aula02 publicações e legislaçãoAula02 publicações e legislação
Aula02 publicações e legislação
 
Aula01 publicações e legislação s
Aula01 publicações e legislação sAula01 publicações e legislação s
Aula01 publicações e legislação s
 
Instrução Reguladora do Quadro de Cabos.pdf
Instrução Reguladora do Quadro de Cabos.pdfInstrução Reguladora do Quadro de Cabos.pdf
Instrução Reguladora do Quadro de Cabos.pdf
 
CONCURSO PÚBLICO EDITAL DE CONCURSO Nº 23/2008 CARGOS DE PROFESSOR DA CARREIR...
CONCURSO PÚBLICO EDITAL DE CONCURSO Nº 23/2008 CARGOS DE PROFESSOR DA CARREIR...CONCURSO PÚBLICO EDITAL DE CONCURSO Nº 23/2008 CARGOS DE PROFESSOR DA CARREIR...
CONCURSO PÚBLICO EDITAL DE CONCURSO Nº 23/2008 CARGOS DE PROFESSOR DA CARREIR...
 
Proposta Abergs - Plano de carreira do CBMRS.
Proposta Abergs - Plano de carreira do CBMRS.Proposta Abergs - Plano de carreira do CBMRS.
Proposta Abergs - Plano de carreira do CBMRS.
 
Proposta Abergs - Lei de transição do CBMRS.
Proposta Abergs - Lei de transição do CBMRS.Proposta Abergs - Lei de transição do CBMRS.
Proposta Abergs - Lei de transição do CBMRS.
 
Edital2 Marinha
Edital2 MarinhaEdital2 Marinha
Edital2 Marinha
 
Marinha
MarinhaMarinha
Marinha
 
R-4 Regulamento Disciplinar do Exército (RDE)
R-4 Regulamento Disciplinar do Exército (RDE)R-4 Regulamento Disciplinar do Exército (RDE)
R-4 Regulamento Disciplinar do Exército (RDE)
 
R 4 --regulamento_disciplinar_do_exercto_(rde)
R 4 --regulamento_disciplinar_do_exercto_(rde)R 4 --regulamento_disciplinar_do_exercto_(rde)
R 4 --regulamento_disciplinar_do_exercto_(rde)
 
Pl 4373 2012 (parecer qe)
Pl 4373 2012 (parecer qe)Pl 4373 2012 (parecer qe)
Pl 4373 2012 (parecer qe)
 
Curso Especial de Acesso a 2º Oficial de Náutica – Complementar (ACON-C)
Curso Especial de Acesso a 2º Oficial de Náutica – Complementar (ACON-C)Curso Especial de Acesso a 2º Oficial de Náutica – Complementar (ACON-C)
Curso Especial de Acesso a 2º Oficial de Náutica – Complementar (ACON-C)
 
Monografia Maj Maurício
Monografia Maj MaurícioMonografia Maj Maurício
Monografia Maj Maurício
 
Ica 100 9 proc esp anv presid
Ica 100 9 proc esp anv presidIca 100 9 proc esp anv presid
Ica 100 9 proc esp anv presid
 
Instruções para Operação de Helicópteros para Construção e Utilização de Heli...
Instruções para Operação de Helicópteros para Construção e Utilização de Heli...Instruções para Operação de Helicópteros para Construção e Utilização de Heli...
Instruções para Operação de Helicópteros para Construção e Utilização de Heli...
 
Legislacao-e-Regulamentos-Institucionais-Estatuto-Revisao-para-prova.pptx
Legislacao-e-Regulamentos-Institucionais-Estatuto-Revisao-para-prova.pptxLegislacao-e-Regulamentos-Institucionais-Estatuto-Revisao-para-prova.pptx
Legislacao-e-Regulamentos-Institucionais-Estatuto-Revisao-para-prova.pptx
 
Marinha do brasil
Marinha do brasilMarinha do brasil
Marinha do brasil
 
Proposta 22 novembro - Plano de carreira
Proposta 22 novembro - Plano de carreiraProposta 22 novembro - Plano de carreira
Proposta 22 novembro - Plano de carreira
 
01 ie ea_cpcar_2014
01 ie ea_cpcar_201401 ie ea_cpcar_2014
01 ie ea_cpcar_2014
 
Estrutura da Carreira dos Oficiais e dos Subtenentes e Sargentos do Exército ...
Estrutura da Carreira dos Oficiais e dos Subtenentes e Sargentos do Exército ...Estrutura da Carreira dos Oficiais e dos Subtenentes e Sargentos do Exército ...
Estrutura da Carreira dos Oficiais e dos Subtenentes e Sargentos do Exército ...
 

Mais de Revista Sociedade Militar

Normas planejamento familiar exercito 2024.pdf
Normas planejamento familiar exercito 2024.pdfNormas planejamento familiar exercito 2024.pdf
Normas planejamento familiar exercito 2024.pdfRevista Sociedade Militar
 
Resolução Forças Armadas - direitos Humanos e 1964.pdf
Resolução Forças Armadas - direitos Humanos e 1964.pdfResolução Forças Armadas - direitos Humanos e 1964.pdf
Resolução Forças Armadas - direitos Humanos e 1964.pdfRevista Sociedade Militar
 
Plágio do TerraBrasil - Marinha lamenta situação financeira mas adquire lotes...
Plágio do TerraBrasil - Marinha lamenta situação financeira mas adquire lotes...Plágio do TerraBrasil - Marinha lamenta situação financeira mas adquire lotes...
Plágio do TerraBrasil - Marinha lamenta situação financeira mas adquire lotes...Revista Sociedade Militar
 
Revista Sociedade Militar Captura em 31 de març ode 2024 - cma.eb.mil.br.pdf
Revista Sociedade Militar Captura em 31 de març ode 2024 - cma.eb.mil.br.pdfRevista Sociedade Militar Captura em 31 de març ode 2024 - cma.eb.mil.br.pdf
Revista Sociedade Militar Captura em 31 de març ode 2024 - cma.eb.mil.br.pdfRevista Sociedade Militar
 
Documento general Castelo Branco - pré-revolução.pdf
Documento general Castelo Branco  - pré-revolução.pdfDocumento general Castelo Branco  - pré-revolução.pdf
Documento general Castelo Branco - pré-revolução.pdfRevista Sociedade Militar
 
Denúncia sobre hospital da Aeronáutica mar 2024 .pdf
Denúncia sobre hospital da Aeronáutica mar 2024 .pdfDenúncia sobre hospital da Aeronáutica mar 2024 .pdf
Denúncia sobre hospital da Aeronáutica mar 2024 .pdfRevista Sociedade Militar
 
RELATÓRIO VITIMIZAÇÃO - ANO 2023 equipe Portugal deputado.pdf
RELATÓRIO VITIMIZAÇÃO - ANO 2023 equipe Portugal deputado.pdfRELATÓRIO VITIMIZAÇÃO - ANO 2023 equipe Portugal deputado.pdf
RELATÓRIO VITIMIZAÇÃO - ANO 2023 equipe Portugal deputado.pdfRevista Sociedade Militar
 
Relatorio polícia federal CERTIFICADOS DE VACINAÇÃO
Relatorio polícia federal CERTIFICADOS DE VACINAÇÃORelatorio polícia federal CERTIFICADOS DE VACINAÇÃO
Relatorio polícia federal CERTIFICADOS DE VACINAÇÃORevista Sociedade Militar
 
Carta so Caldas Alexandre de Moraes peca_162_AP_1178.pdf
Carta so Caldas Alexandre de Moraes peca_162_AP_1178.pdfCarta so Caldas Alexandre de Moraes peca_162_AP_1178.pdf
Carta so Caldas Alexandre de Moraes peca_162_AP_1178.pdfRevista Sociedade Militar
 
Solicitação de informações so Exército detalhe pedido (8).pdf
Solicitação de informações so Exército detalhe pedido (8).pdfSolicitação de informações so Exército detalhe pedido (8).pdf
Solicitação de informações so Exército detalhe pedido (8).pdfRevista Sociedade Militar
 
Oficio da presidencia sobre pedido de Gleisi Hoffmann
Oficio da presidencia sobre pedido de Gleisi HoffmannOficio da presidencia sobre pedido de Gleisi Hoffmann
Oficio da presidencia sobre pedido de Gleisi HoffmannRevista Sociedade Militar
 
POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO - EXÉRCITO 2024 SOCIEDADE MILITAR
POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO - EXÉRCITO 2024 SOCIEDADE MILITARPOLÍTICA DE COMUNICAÇÃO - EXÉRCITO 2024 SOCIEDADE MILITAR
POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO - EXÉRCITO 2024 SOCIEDADE MILITARRevista Sociedade Militar
 
ENDEFORTE EXÉRCITO Revista Sociedade Militar
ENDEFORTE EXÉRCITO  Revista Sociedade MilitarENDEFORTE EXÉRCITO  Revista Sociedade Militar
ENDEFORTE EXÉRCITO Revista Sociedade MilitarRevista Sociedade Militar
 
REVISTA SOCIEDADE MILITAR Processo Administrativo GENERAL PAZUELLO.pdf
REVISTA SOCIEDADE MILITAR Processo Administrativo GENERAL PAZUELLO.pdfREVISTA SOCIEDADE MILITAR Processo Administrativo GENERAL PAZUELLO.pdf
REVISTA SOCIEDADE MILITAR Processo Administrativo GENERAL PAZUELLO.pdfRevista Sociedade Militar
 
PUNIÇÕES DE GENERAIS EFEITO SUSPENSIVO PARA NÃO ENTREGAR LISTA
PUNIÇÕES DE GENERAIS EFEITO SUSPENSIVO PARA NÃO ENTREGAR LISTAPUNIÇÕES DE GENERAIS EFEITO SUSPENSIVO PARA NÃO ENTREGAR LISTA
PUNIÇÕES DE GENERAIS EFEITO SUSPENSIVO PARA NÃO ENTREGAR LISTARevista Sociedade Militar
 
DECISÃO sobre PUNIÇÕES DE OFICIAIS GENERAIS
DECISÃO sobre PUNIÇÕES DE OFICIAIS GENERAISDECISÃO sobre PUNIÇÕES DE OFICIAIS GENERAIS
DECISÃO sobre PUNIÇÕES DE OFICIAIS GENERAISRevista Sociedade Militar
 
DECISÃO CGU SOBRE CONDECORAÇÕES DO GARNIER.pdf
DECISÃO CGU SOBRE CONDECORAÇÕES DO GARNIER.pdfDECISÃO CGU SOBRE CONDECORAÇÕES DO GARNIER.pdf
DECISÃO CGU SOBRE CONDECORAÇÕES DO GARNIER.pdfRevista Sociedade Militar
 
Revista Sociedade Militar - Mortes de militares do Exército em treinamentos.pdf
Revista Sociedade Militar - Mortes de militares do Exército em treinamentos.pdfRevista Sociedade Militar - Mortes de militares do Exército em treinamentos.pdf
Revista Sociedade Militar - Mortes de militares do Exército em treinamentos.pdfRevista Sociedade Militar
 
Resposta ministério da Defesa À Câmara -RIC-2993-2023.pdf
Resposta ministério da Defesa À Câmara -RIC-2993-2023.pdfResposta ministério da Defesa À Câmara -RIC-2993-2023.pdf
Resposta ministério da Defesa À Câmara -RIC-2993-2023.pdfRevista Sociedade Militar
 

Mais de Revista Sociedade Militar (20)

CALDAS Marinha DEFESA apresentada ao STF
CALDAS Marinha DEFESA apresentada ao STFCALDAS Marinha DEFESA apresentada ao STF
CALDAS Marinha DEFESA apresentada ao STF
 
Normas planejamento familiar exercito 2024.pdf
Normas planejamento familiar exercito 2024.pdfNormas planejamento familiar exercito 2024.pdf
Normas planejamento familiar exercito 2024.pdf
 
Resolução Forças Armadas - direitos Humanos e 1964.pdf
Resolução Forças Armadas - direitos Humanos e 1964.pdfResolução Forças Armadas - direitos Humanos e 1964.pdf
Resolução Forças Armadas - direitos Humanos e 1964.pdf
 
Plágio do TerraBrasil - Marinha lamenta situação financeira mas adquire lotes...
Plágio do TerraBrasil - Marinha lamenta situação financeira mas adquire lotes...Plágio do TerraBrasil - Marinha lamenta situação financeira mas adquire lotes...
Plágio do TerraBrasil - Marinha lamenta situação financeira mas adquire lotes...
 
Revista Sociedade Militar Captura em 31 de març ode 2024 - cma.eb.mil.br.pdf
Revista Sociedade Militar Captura em 31 de març ode 2024 - cma.eb.mil.br.pdfRevista Sociedade Militar Captura em 31 de març ode 2024 - cma.eb.mil.br.pdf
Revista Sociedade Militar Captura em 31 de març ode 2024 - cma.eb.mil.br.pdf
 
Documento general Castelo Branco - pré-revolução.pdf
Documento general Castelo Branco  - pré-revolução.pdfDocumento general Castelo Branco  - pré-revolução.pdf
Documento general Castelo Branco - pré-revolução.pdf
 
Denúncia sobre hospital da Aeronáutica mar 2024 .pdf
Denúncia sobre hospital da Aeronáutica mar 2024 .pdfDenúncia sobre hospital da Aeronáutica mar 2024 .pdf
Denúncia sobre hospital da Aeronáutica mar 2024 .pdf
 
RELATÓRIO VITIMIZAÇÃO - ANO 2023 equipe Portugal deputado.pdf
RELATÓRIO VITIMIZAÇÃO - ANO 2023 equipe Portugal deputado.pdfRELATÓRIO VITIMIZAÇÃO - ANO 2023 equipe Portugal deputado.pdf
RELATÓRIO VITIMIZAÇÃO - ANO 2023 equipe Portugal deputado.pdf
 
Relatorio polícia federal CERTIFICADOS DE VACINAÇÃO
Relatorio polícia federal CERTIFICADOS DE VACINAÇÃORelatorio polícia federal CERTIFICADOS DE VACINAÇÃO
Relatorio polícia federal CERTIFICADOS DE VACINAÇÃO
 
Carta so Caldas Alexandre de Moraes peca_162_AP_1178.pdf
Carta so Caldas Alexandre de Moraes peca_162_AP_1178.pdfCarta so Caldas Alexandre de Moraes peca_162_AP_1178.pdf
Carta so Caldas Alexandre de Moraes peca_162_AP_1178.pdf
 
Solicitação de informações so Exército detalhe pedido (8).pdf
Solicitação de informações so Exército detalhe pedido (8).pdfSolicitação de informações so Exército detalhe pedido (8).pdf
Solicitação de informações so Exército detalhe pedido (8).pdf
 
Oficio da presidencia sobre pedido de Gleisi Hoffmann
Oficio da presidencia sobre pedido de Gleisi HoffmannOficio da presidencia sobre pedido de Gleisi Hoffmann
Oficio da presidencia sobre pedido de Gleisi Hoffmann
 
POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO - EXÉRCITO 2024 SOCIEDADE MILITAR
POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO - EXÉRCITO 2024 SOCIEDADE MILITARPOLÍTICA DE COMUNICAÇÃO - EXÉRCITO 2024 SOCIEDADE MILITAR
POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO - EXÉRCITO 2024 SOCIEDADE MILITAR
 
ENDEFORTE EXÉRCITO Revista Sociedade Militar
ENDEFORTE EXÉRCITO  Revista Sociedade MilitarENDEFORTE EXÉRCITO  Revista Sociedade Militar
ENDEFORTE EXÉRCITO Revista Sociedade Militar
 
REVISTA SOCIEDADE MILITAR Processo Administrativo GENERAL PAZUELLO.pdf
REVISTA SOCIEDADE MILITAR Processo Administrativo GENERAL PAZUELLO.pdfREVISTA SOCIEDADE MILITAR Processo Administrativo GENERAL PAZUELLO.pdf
REVISTA SOCIEDADE MILITAR Processo Administrativo GENERAL PAZUELLO.pdf
 
PUNIÇÕES DE GENERAIS EFEITO SUSPENSIVO PARA NÃO ENTREGAR LISTA
PUNIÇÕES DE GENERAIS EFEITO SUSPENSIVO PARA NÃO ENTREGAR LISTAPUNIÇÕES DE GENERAIS EFEITO SUSPENSIVO PARA NÃO ENTREGAR LISTA
PUNIÇÕES DE GENERAIS EFEITO SUSPENSIVO PARA NÃO ENTREGAR LISTA
 
DECISÃO sobre PUNIÇÕES DE OFICIAIS GENERAIS
DECISÃO sobre PUNIÇÕES DE OFICIAIS GENERAISDECISÃO sobre PUNIÇÕES DE OFICIAIS GENERAIS
DECISÃO sobre PUNIÇÕES DE OFICIAIS GENERAIS
 
DECISÃO CGU SOBRE CONDECORAÇÕES DO GARNIER.pdf
DECISÃO CGU SOBRE CONDECORAÇÕES DO GARNIER.pdfDECISÃO CGU SOBRE CONDECORAÇÕES DO GARNIER.pdf
DECISÃO CGU SOBRE CONDECORAÇÕES DO GARNIER.pdf
 
Revista Sociedade Militar - Mortes de militares do Exército em treinamentos.pdf
Revista Sociedade Militar - Mortes de militares do Exército em treinamentos.pdfRevista Sociedade Militar - Mortes de militares do Exército em treinamentos.pdf
Revista Sociedade Militar - Mortes de militares do Exército em treinamentos.pdf
 
Resposta ministério da Defesa À Câmara -RIC-2993-2023.pdf
Resposta ministério da Defesa À Câmara -RIC-2993-2023.pdfResposta ministério da Defesa À Câmara -RIC-2993-2023.pdf
Resposta ministério da Defesa À Câmara -RIC-2993-2023.pdf
 

Regulamento da escola de comando estado maior

  • 1. MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA ORGANIZAÇÃO GERAL ROCA 21-78 REGULAMENTO DA ESCOLA DE COMANDO E ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA 2018
  • 2. MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE COMANDO E ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA ORGANIZAÇÃO GERAL ROCA 21-78 REGULAMENTO DA ESCOLA DE COMANDO E ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA 2018
  • 3. MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA PORTARIA Nº 477/GC3, DE 12 DE ABRIL DE 2018. Aprova a reedição do Regulamento da Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica. O COMANDANTE DA AERONÁUTICA, de conformidade com o previsto no inciso XI do art. 23 da Estrutura Regimental do Comando da Aeronáutica, aprovada pelo Decreto nº 6.834, de 30 de abril de 2009, e considerando o que consta do Processo nº 67500.003159/2017-72, resolve: Art. 1º Aprovar a reedição do ROCA 21-78 “Regulamento da Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR)”, que com esta baixa. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Art. 3º Revoga-se a Portaria nº 867/GC3, de 21 de dezembro de 2007, publicada no Diário Oficial da União nº 248, de 27 de dezembro de 2007. Ten Brig Ar NIVALDO LUIZ ROSSATO Comandante da Aeronáutica (DOU1 nº 71, de 13 ABR 2018) (Publicada no BCA nº 063, de 17 de abril de 2018).
  • 4.
  • 5. ROCA 21-78/2018 SUMÁRIO CAPÍTULO I DA NATUREZA E COMPETÊNCIA........................................................... 7 Seção I Da Natureza ..................................................................................................7 Seção II Da Competência............................................................................................7 CAPÍTULO II DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL..................................................... 7 CAPÍTULO III DA COMPETÊNCIA DOS ÓRGÃOS OU SETORES..................................8 CAPÍTULO IV DAS ATRIBUIÇÕES DOS DIRIGENTES....................................................8 Seção I Do Comandante ............................................................................................8 Seção II Dos Demais Chefes .......................................................................................9 CAPÍTULO V DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E TRANSITÓRIAS..................................... 8 Anexo A - Organograma da Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica 10
  • 6.
  • 7. ROCA 21-78/2018 REGULAMENTO DA ESCOLA DE COMANDO E ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA CAPÍTULO I DA NATUREZA E COMPETÊNCIA Seção I Da Natureza Art. 1º A Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR), Organização do Comando da Aeronáutica (COMAER) criada pelo Decreto Nº 20.798, de 19 de março de 1946, alterado pelo Decreto Nº 24.203, de 16 de dezembro de 1947, tem por finalidade capacitar oficiais superiores para o preparo e o emprego do componente militar do Poder Aeroespacial, por meio de cursos e estágios de altos estudos militares e de outros que lhe forem destinados. Parágrafo único. A critério do Diretor de Ensino, poderão ser ministrados cursos e estágios para servidores civis assemelhados do COMAER, oficiais superiores e servidores civis assemelhados das demais Forças Singulares e Auxiliares, Oficiais de Nações Amigas (ONA) e civis de instituições de ensino, públicas e privadas. Art. 2º A ECEMAR é diretamente subordinada à Universidade da Força Aérea. Art. 3º A ECEMAR tem sede na cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro. Seção II Da Competência Art. 4º À ECEMAR compete: I - ministrar cursos de altos estudos militares, com equivalência aos cursos de pós-graduação stricto sensu no nível de mestrado e doutorado, e outros cursos e estágios que lhe forem atribuídos; II - elaborar e executar planos e programas relativos ao ensino e às atividades a serem desenvolvidas; III - promover simpósios, seminários e outros eventos necessários ao desenvolvimento das atividades de ensino; e IV - realizar estudos e pesquisas sobre assuntos de interesse da Aeronáutica, em particular, e das Forças Armadas, em geral. CAPÍTULO II DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL Art. 5º A ECEMAR tem a seguinte estrutura básica: I - Comando; e II - Coordenadoria Acadêmica (CACD).
  • 8. 8/10 ROCA 21-78/2018 CAPÍTULO III DA COMPETÊNCIA DOS ÓRGÃOS OU SETORES Art. 6º À CACD compete: I - realizar estudos e pesquisas de assuntos referentes às atividades de ensino; II - coordenar e controlar a execução e a avaliação das atividades relacionadas ao ensino ministrado na Escola; e III - supervisionar a coerência do conteúdo ministrado com a missão finalística da Escola. CAPÍTULO IV DAS ATRIBUIÇÕES DOS DIRIGENTES Seção I Do Comandante Art. 7º Ao Comandante da ECEMAR, nos termos da legislação em vigor e consoantes as diretrizes do Comandante da UNIFA, incumbe: I - dirigir, coordenar e controlar as atividades atribuídas à Organização; II - aprovar atos administrativos para o planejamento e a execução dos trabalhos no âmbito da ECEMAR; III - aprovar, no seu nível de competência, os planos e programas desenvolvidos na ECEMAR; IV - imprimir ao ensino ministrado na ECEMAR a orientação doutrinária emanada do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER); V - zelar, no âmbito da Organização, pelo cumprimento das instruções, ordens, diretrizes, normas, planos e programas de trabalho oriundos da UNIFA e dos órgãos superiores e centrais dos sistemas do COMAER; VI - matricular, quando autorizado, excluir e desligar os alunos, oficiais ou civis, brasileiros ou estrangeiros, dos respectivos cursos e estágios, de acordo com as normas em vigor; VII - orientar a elaboração das propostas orçamentárias anual e plurianual; VIII - convocar e presidir as Comissões e os Conselhos constituídos; IX - estabelecer e fazer cumprir as normas relativas à segurança e defesa no âmbito da ECEMAR; X - propor ao Comandante da UNIFA a expedição de atos administrativos que, por sua natureza, transcendam a competência da ECEMAR e sejam necessários ao seu funcionamento; e XI - propor o recompletamento e a movimentação de pessoal para a ECEMAR. Seção II Dos Demais Chefes Art. 8º As atribuições dos demais chefes integrantes da estrutura da ECEMAR serão definidas no seu Regimento Interno. CAPÍTULO V DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E TRANSITÓRIAS Art. 9º O provimento dos cargos observará as seguintes diretrizes: I - o Comandante da ECEMAR é Major-Brigadeiro do Ar, da ativa;
  • 9. ROCA 21-78/2018 9/10 II - o Chefe da CACD é Coronel do Quadro de Oficiais Aviadores (QOAv), da ativa, que, preferencialmente, tenha concluído o Curso de Altos Estudos Militares (CAEM), ou equivalente, e tenha sido indicado como instrutor da ECEMAR; III - o substituto eventual do Comandante da ECEMAR é o Chefe da CACD; e IV - as demais substituições eventuais far-se-ão dentro de cada órgão constitutivo da ECEMAR, respeitados os quadros, a hierarquia e as qualificações exigidas. § 1º O cargo de Comandante da ECEMAR pode ser exercido por Brigadeiro do Ar, da ativa. § 2º O cargo de Chefe da CACD pode ser exercido por Coronel do Corpo de Oficiais da Aeronáutica, da ativa, que tenha concluído CAEM, ou equivalente, e tenha sido indicado como instrutor da ECEMAR. Art. 10. O Comandante-Geral do Pessoal remeterá ao EMAER cópia do Regimento Interno aprovado, no prazo de 120 dias após a publicação deste Regulamento. Art. 11. O Regimento Interno da ECEMAR definirá o detalhamento dos órgãos da estrutura complementar, bem como as competências desses órgãos e as atribuições de seus chefes. Art. 12. Os casos não previstos neste Regulamento serão submetidos à apreciação do Comandante da Aeronáutica.
  • 10. 10/10 ROCA 21-78/2018 Anexo A - Organograma da Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica COMANDO Coordenadoria Acadêmica