SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
5 organizações de
ajuda humanitária
1.UNICEF
A UNICEF – Fundo da Organização das Nações Unidas (ONU) para a Infância –
trabalha em 158 países e dedica-se à promoção dos direitos das crianças e dos
jovens, procurando dar resposta às suas necessidades básicas e contribuir para o
seu pleno desenvolvimento.
Foi criada em dezembro de 1946 para ajudar as crianças europeias, no rescaldo da
II Guerra Mundial. Em 1953, tornou-se uma agência permanente da ONU.
Em que áreas atua?
 Mais de metade dos recursos da UNICEF destina-se a campanhas de vacinação
infantil, cuidados de saúde materno-infantil, nutrição, acesso a água potável
e saneamento básico.
 A agência da ONU centra ainda os seus esforços na prevenção da transmissão
do VIH de mãe para filho. Para minorar este flagelo, disponibiliza tratamento
pediátrico, previne a infeção entre os jovens e apoia as crianças órfãs e
vulneráveis devido à SIDA.
2. CARE
 A CARE está presente em 94 países e tem por missão salvar vidas, erradicar a
pobreza e alcançar justiça social. O seu foco são as meninas e as mulheres.
 Foi fundada nos Estados Unidos em 1945. A CARE nasceu da junção de 22
organizações norte-americanas que se mobilizaram para apoiar os sobreviventes
da II Guerra Mundial, através do envio de “Care Packages”, que continham
alimentos e outros bens essenciais Atualmente, a CARE é uma confederação
internacional de 14 organizações.
Em que áreas atua?
 A CARE encontra-se entre as primeiras organizações deste género a chegar ao
terreno numa crise humanitária. Durante uma situação de emergência, a
organização satisfaz as necessidades imediatas das pessoas afetadas, fornecendo
comida, abrigo, água potável e produtos de higiene. Presta auxílio anualmente a
12 milhões de pessoas. Além disso, a CARE ajuda as pessoas, famílias e
comunidades a construírem as suas vidas após uma crise humanitária.
 No seu trabalho com as raparigas, a CARE constrói escolas e garante o seu direito
à educação. A organização desenvolve também ações para impedir os casamentos
infantis (antes dos 18 anos) e forçados.
3. Save The Children
 A Save The Children é uma Organização Não Governamental (ONG) que tem
como objetivo defender os direitos das crianças e contribuir para que
desenvolvam o seu potencial em toda a plenitude.
 Esta ONG foi criada em Londres, em 1919, com o propósito de ajudar as
crianças nas áreas devastadas pela I Guerra Mundial. Hoje, está presente
em 120 países, do Ruanda ao Bangladesh, da Serra Leoa ao Iraque
Em que áreas atua?
 A Save the Children responde a situações de emergência provocadas por
desastres naturais, fome, guerras ou surtos de doença, protegendo as
crianças. A educação e os cuidados de saúde são outras das prioridades desta
ONG.
 A Save the Children está ainda empenhada na luta contra a pobreza infantil,
combatendo a subnutrição nas regiões mais pobres do Mundo. Para esse
efeito, tem programas focados na melhoria do acesso aos alimentos, das
práticas agrícolas e das finanças familiares. O objetivo é ajudar os pais a
proverem às necessidades básicas dos seus filhos.
AMI – Assistência Médica Internacional
ONG de ajuda humanitária portuguesa. Destina-se a lutar contra a pobreza, a
exclusão social, o subdesenvolvimento, a fome e as consequências da guerra
em qualquer parte do Mundo.
Na área internacional, a AMI desenvolve três grandes tipos de intervenções:
 Missões de Emergência;
 Missões de Desenvolvimento com equipas expatriadas;
 Projetos Internacionais em Parceria com Organizações Locais (PIPOL).
Foii fundada em 1984 pelo médico Fernando Nobre. Desde 1987, a organização
já realizou missões em 79 países, tendo enviado centenas de voluntários e
toneladas de ajuda. Em Portugal, a AMI dispõe atualmente de 16 equipamentos
e respostas sociais: 9 centros Porta Amiga, 2 abrigos noturnos, 2 equipas de
rua, 1 serviço de apoio domiciliário e 2 polos de receção de alimentos do FEAC.
A AMI desenvolve a sua atividade nas mais variadas áreas: água e saneamento,
alimentação e nutrição, ambiente, educação e formação, inclusão social, luta contra a
pobreza e saúde.
Na mesma área, em Lisboa, a AMI presta apoio domiciliário, satisfazendo necessidades
básicas de pessoas que se encontram em situação de isolamento e impossibilitadas de
se deslocarem.
Em que áreas atua?
5. Médicos sem fronteiras
 Oferecer ajuda médica e humanitária a populações afetadas por conflitos
armados, epidemias, catástrofes naturais e sem acesso a cuidados de saúde,
em qualquer lugar do Mundo. Esta é a principal missão dos Médicos Sem
Fronteiras (MSF) – a maior ONG de ajuda humanitária mundial, na área da
saúde. Esta organização tem também como objetivo sensibilizar o público
sobre o sofrimento dos seus pacientes, denunciando situações de violação dos
direitos humanos mais elementares.
 Foi fundada em 1971, em França, por jovens médicos e jornalistas que
trabalharam como voluntários, no final da década de 60, na Guerra do Biafra,
na Nigéria. Atualmente, os MSF desenvolvem programas em 71 países,
envolvendo milhares de profissionais de saúde e pessoal administrativo e de
logística
 Recebeu o Prémio Nobel da Paz, em 1999.
 A atuação da organização é essencialmente médica. Os MSF fornecem cuidados de
saúde básicos, realizam cirurgias, combatem epidemias, reabilitam e administram
hospitais e clínicas e realizam campanhas de vacinação. São também responsáveis
por centros de nutrição e prestam cuidados de saúde mental.
 As suas atividades incluem ainda o tratamento de pessoas feridas, prestação de
cuidados maternos e fornecimento de ajuda humanitária.
Em que áreas atua?
Bibliografia
 Associação Mutualista Montepio. (s/d). 5 organizações de ajuda humanitária
que deve conhecer. Disponível em: https://www.montepio.org/ei/economia-
social/voluntariado/5-organizacoes-de-ajuda-humanitaria/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2014 04-07 - dm saúde - msf - alícia filipa inês g nuno - 9-b
2014 04-07 - dm saúde - msf - alícia filipa inês g nuno - 9-b2014 04-07 - dm saúde - msf - alícia filipa inês g nuno - 9-b
2014 04-07 - dm saúde - msf - alícia filipa inês g nuno - 9-bO Ciclista
 
Amnistia Internacional
Amnistia InternacionalAmnistia Internacional
Amnistia InternacionalEspaço Emrc
 
Organização das Nações Unidas (ONU)
Organização das Nações Unidas (ONU)Organização das Nações Unidas (ONU)
Organização das Nações Unidas (ONU)Susana Simões
 
Globalização e meio ambiente
Globalização e meio ambienteGlobalização e meio ambiente
Globalização e meio ambienteNome Sobrenome
 
Desigualdade de gênero
Desigualdade de gêneroDesigualdade de gênero
Desigualdade de gêneroWednei Gama
 
ONU - Organização das Nações Unidas
ONU - Organização das Nações UnidasONU - Organização das Nações Unidas
ONU - Organização das Nações UnidasTiago Faisca
 
Amnistia Internacional
Amnistia InternacionalAmnistia Internacional
Amnistia InternacionalProfCidadania1
 
A Construção do Social
A Construção do SocialA Construção do Social
A Construção do SocialJorge Barbosa
 
Movimento de Mulheres (Feminismo) Brasil/Piauí
Movimento de Mulheres (Feminismo) Brasil/PiauíMovimento de Mulheres (Feminismo) Brasil/Piauí
Movimento de Mulheres (Feminismo) Brasil/PiauíCarol Alves
 
Msf – médicos sem fronteiras
Msf – médicos sem fronteirasMsf – médicos sem fronteiras
Msf – médicos sem fronteirasbeatrizroque1998
 
Cruz vermelha internacional
Cruz vermelha internacionalCruz vermelha internacional
Cruz vermelha internacionalLiliana Morais
 
Os grandes acontecimentos do séc.xx
Os grandes acontecimentos do séc.xxOs grandes acontecimentos do séc.xx
Os grandes acontecimentos do séc.xxJoão Coutinho
 

Mais procurados (20)

2014 04-07 - dm saúde - msf - alícia filipa inês g nuno - 9-b
2014 04-07 - dm saúde - msf - alícia filipa inês g nuno - 9-b2014 04-07 - dm saúde - msf - alícia filipa inês g nuno - 9-b
2014 04-07 - dm saúde - msf - alícia filipa inês g nuno - 9-b
 
Amnistia Internacional
Amnistia InternacionalAmnistia Internacional
Amnistia Internacional
 
Organização das Nações Unidas (ONU)
Organização das Nações Unidas (ONU)Organização das Nações Unidas (ONU)
Organização das Nações Unidas (ONU)
 
Globalização e meio ambiente
Globalização e meio ambienteGlobalização e meio ambiente
Globalização e meio ambiente
 
Desigualdade de gênero
Desigualdade de gêneroDesigualdade de gênero
Desigualdade de gênero
 
ONU - Organização das Nações Unidas
ONU - Organização das Nações UnidasONU - Organização das Nações Unidas
ONU - Organização das Nações Unidas
 
Movimento feminista
Movimento feministaMovimento feminista
Movimento feminista
 
Amnistia Internacional
Amnistia InternacionalAmnistia Internacional
Amnistia Internacional
 
Loucos Anos 20
Loucos Anos 20Loucos Anos 20
Loucos Anos 20
 
A Construção do Social
A Construção do SocialA Construção do Social
A Construção do Social
 
Movimento LGBT
Movimento LGBTMovimento LGBT
Movimento LGBT
 
Organizações Internacionais
Organizações InternacionaisOrganizações Internacionais
Organizações Internacionais
 
Movimento de Mulheres (Feminismo) Brasil/Piauí
Movimento de Mulheres (Feminismo) Brasil/PiauíMovimento de Mulheres (Feminismo) Brasil/Piauí
Movimento de Mulheres (Feminismo) Brasil/Piauí
 
Onu
OnuOnu
Onu
 
Msf – médicos sem fronteiras
Msf – médicos sem fronteirasMsf – médicos sem fronteiras
Msf – médicos sem fronteiras
 
Green Peace
Green PeaceGreen Peace
Green Peace
 
Medicos Sem Fronteiras 2015
Medicos Sem Fronteiras 2015Medicos Sem Fronteiras 2015
Medicos Sem Fronteiras 2015
 
Cruz vermelha internacional
Cruz vermelha internacionalCruz vermelha internacional
Cruz vermelha internacional
 
Onu
OnuOnu
Onu
 
Os grandes acontecimentos do séc.xx
Os grandes acontecimentos do séc.xxOs grandes acontecimentos do séc.xx
Os grandes acontecimentos do séc.xx
 

Semelhante a Organizacoes ajuda humanitaria

Emrc_ Secundário _ Politica ética e ReligiãoContributo da ONU e Ong
Emrc_ Secundário _ Politica ética e ReligiãoContributo da ONU e OngEmrc_ Secundário _ Politica ética e ReligiãoContributo da ONU e Ong
Emrc_ Secundário _ Politica ética e ReligiãoContributo da ONU e OngSandra Figueiredo
 
Ajuda humanitária na atualidade
Ajuda humanitária na atualidadeAjuda humanitária na atualidade
Ajuda humanitária na atualidadefranciscaf
 
Outras soluções p atenuar-desigualdades pd-ped
Outras soluções p  atenuar-desigualdades pd-pedOutras soluções p  atenuar-desigualdades pd-ped
Outras soluções p atenuar-desigualdades pd-pedGina Espenica
 
Educ. para a Solidariedade
Educ. para a Solidariedade Educ. para a Solidariedade
Educ. para a Solidariedade joaopsbandeira
 
Organização Formal (UNICEF) e Informal (ANEM)
Organização Formal (UNICEF) e Informal (ANEM)Organização Formal (UNICEF) e Informal (ANEM)
Organização Formal (UNICEF) e Informal (ANEM)GeografiaC
 
Voluntariado
VoluntariadoVoluntariado
Voluntariadokatia--07
 
Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]katia--07
 
Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]katia--07
 
9º Ano - Módulo 03 - Parte II - Organizações Internacionais
9º Ano - Módulo 03 - Parte II - Organizações Internacionais9º Ano - Módulo 03 - Parte II - Organizações Internacionais
9º Ano - Módulo 03 - Parte II - Organizações InternacionaisCléber Figueiredo Beda de Ávila
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografiaJoao Paulo
 
Soluções para o desenvolvimento
Soluções para o desenvolvimentoSoluções para o desenvolvimento
Soluções para o desenvolvimentoAdelaide Jesus
 
Dr 3 trab. de grupo andreia; fernando; jorge
Dr 3 trab. de grupo andreia; fernando; jorgeDr 3 trab. de grupo andreia; fernando; jorge
Dr 3 trab. de grupo andreia; fernando; jorgeefaturmag2011
 
2014 05-08 - 9 b - ci crus vermelha - aifn
2014 05-08 - 9 b - ci crus vermelha - aifn2014 05-08 - 9 b - ci crus vermelha - aifn
2014 05-08 - 9 b - ci crus vermelha - aifnO Ciclista
 

Semelhante a Organizacoes ajuda humanitaria (20)

Solidariedade
Solidariedade Solidariedade
Solidariedade
 
Emrc_ Secundário _ Politica ética e ReligiãoContributo da ONU e Ong
Emrc_ Secundário _ Politica ética e ReligiãoContributo da ONU e OngEmrc_ Secundário _ Politica ética e ReligiãoContributo da ONU e Ong
Emrc_ Secundário _ Politica ética e ReligiãoContributo da ONU e Ong
 
Ajuda humanitária na atualidade
Ajuda humanitária na atualidadeAjuda humanitária na atualidade
Ajuda humanitária na atualidade
 
Outras soluções p atenuar-desigualdades pd-ped
Outras soluções p  atenuar-desigualdades pd-pedOutras soluções p  atenuar-desigualdades pd-ped
Outras soluções p atenuar-desigualdades pd-ped
 
Educ. para a Solidariedade
Educ. para a Solidariedade Educ. para a Solidariedade
Educ. para a Solidariedade
 
Organização Formal (UNICEF) e Informal (ANEM)
Organização Formal (UNICEF) e Informal (ANEM)Organização Formal (UNICEF) e Informal (ANEM)
Organização Formal (UNICEF) e Informal (ANEM)
 
AMI
AMIAMI
AMI
 
Voluntariado
VoluntariadoVoluntariado
Voluntariado
 
Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]
 
Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]
 
9º Ano - Módulo 03 - Parte II - Organizações Internacionais
9º Ano - Módulo 03 - Parte II - Organizações Internacionais9º Ano - Módulo 03 - Parte II - Organizações Internacionais
9º Ano - Módulo 03 - Parte II - Organizações Internacionais
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Fred.,m
Fred.,mFred.,m
Fred.,m
 
A unicef
A unicefA unicef
A unicef
 
Organizações internacionais
Organizações internacionaisOrganizações internacionais
Organizações internacionais
 
Soluções para o desenvolvimento
Soluções para o desenvolvimentoSoluções para o desenvolvimento
Soluções para o desenvolvimento
 
Dr 3 trab. de grupo andreia; fernando; jorge
Dr 3 trab. de grupo andreia; fernando; jorgeDr 3 trab. de grupo andreia; fernando; jorge
Dr 3 trab. de grupo andreia; fernando; jorge
 
2014 05-08 - 9 b - ci crus vermelha - aifn
2014 05-08 - 9 b - ci crus vermelha - aifn2014 05-08 - 9 b - ci crus vermelha - aifn
2014 05-08 - 9 b - ci crus vermelha - aifn
 
Unicef
UnicefUnicef
Unicef
 
Unicef
UnicefUnicef
Unicef
 

Mais de ProfessoraCarlaFerna

atividade_refletir_sobre_os_direitos_online_2.pdf
atividade_refletir_sobre_os_direitos_online_2.pdfatividade_refletir_sobre_os_direitos_online_2.pdf
atividade_refletir_sobre_os_direitos_online_2.pdfProfessoraCarlaFerna
 
CadernoPresseSecundario_conhecimentoValorizacaoCorpo.pdf
CadernoPresseSecundario_conhecimentoValorizacaoCorpo.pdfCadernoPresseSecundario_conhecimentoValorizacaoCorpo.pdf
CadernoPresseSecundario_conhecimentoValorizacaoCorpo.pdfProfessoraCarlaFerna
 
Caderno pressesecundario conhecimentovalorizacaocorpo
Caderno pressesecundario conhecimentovalorizacaocorpoCaderno pressesecundario conhecimentovalorizacaocorpo
Caderno pressesecundario conhecimentovalorizacaocorpoProfessoraCarlaFerna
 
Ufcd752 sistemasoperativosmultitarefa
Ufcd752 sistemasoperativosmultitarefaUfcd752 sistemasoperativosmultitarefa
Ufcd752 sistemasoperativosmultitarefaProfessoraCarlaFerna
 
Aprendizagem em ead- em profissional
Aprendizagem em ead- em profissionalAprendizagem em ead- em profissional
Aprendizagem em ead- em profissionalProfessoraCarlaFerna
 
2287211.pdf atendimento telefónico
2287211.pdf   atendimento telefónico2287211.pdf   atendimento telefónico
2287211.pdf atendimento telefónicoProfessoraCarlaFerna
 
2161969.pdf file acolhimento e encaminhamento
2161969.pdf file  acolhimento e encaminhamento2161969.pdf file  acolhimento e encaminhamento
2161969.pdf file acolhimento e encaminhamentoProfessoraCarlaFerna
 

Mais de ProfessoraCarlaFerna (20)

energia.pdf
energia.pdfenergia.pdf
energia.pdf
 
atividade_refletir_sobre_os_direitos_online_2.pdf
atividade_refletir_sobre_os_direitos_online_2.pdfatividade_refletir_sobre_os_direitos_online_2.pdf
atividade_refletir_sobre_os_direitos_online_2.pdf
 
ARTE_REUTILIZAR.pdf
ARTE_REUTILIZAR.pdfARTE_REUTILIZAR.pdf
ARTE_REUTILIZAR.pdf
 
CadernoPresseSecundario_conhecimentoValorizacaoCorpo.pdf
CadernoPresseSecundario_conhecimentoValorizacaoCorpo.pdfCadernoPresseSecundario_conhecimentoValorizacaoCorpo.pdf
CadernoPresseSecundario_conhecimentoValorizacaoCorpo.pdf
 
selfies-sexting-autoimagem.pdf
selfies-sexting-autoimagem.pdfselfies-sexting-autoimagem.pdf
selfies-sexting-autoimagem.pdf
 
publ_bullying_nao_.pdf
publ_bullying_nao_.pdfpubl_bullying_nao_.pdf
publ_bullying_nao_.pdf
 
E book sustentabilidade
E book sustentabilidadeE book sustentabilidade
E book sustentabilidade
 
Caderno pressesecundario conhecimentovalorizacaocorpo
Caderno pressesecundario conhecimentovalorizacaocorpoCaderno pressesecundario conhecimentovalorizacaocorpo
Caderno pressesecundario conhecimentovalorizacaocorpo
 
4 3ciclo contra_a_corrupcao
4 3ciclo contra_a_corrupcao4 3ciclo contra_a_corrupcao
4 3ciclo contra_a_corrupcao
 
Arte reutilizar
Arte reutilizarArte reutilizar
Arte reutilizar
 
Agenda atividades transliteracia
Agenda atividades transliteraciaAgenda atividades transliteracia
Agenda atividades transliteracia
 
Selfies sexting-autoimagem
Selfies sexting-autoimagemSelfies sexting-autoimagem
Selfies sexting-autoimagem
 
Ufcd752 sistemasoperativosmultitarefa
Ufcd752 sistemasoperativosmultitarefaUfcd752 sistemasoperativosmultitarefa
Ufcd752 sistemasoperativosmultitarefa
 
Aprendizagem em ead- em profissional
Aprendizagem em ead- em profissionalAprendizagem em ead- em profissional
Aprendizagem em ead- em profissional
 
e- revista dirigir
e- revista dirigire- revista dirigir
e- revista dirigir
 
- Revista dirigir-
 - Revista dirigir- - Revista dirigir-
- Revista dirigir-
 
Dirigir 102 separata
Dirigir 102 separataDirigir 102 separata
Dirigir 102 separata
 
2287211.pdf atendimento telefónico
2287211.pdf   atendimento telefónico2287211.pdf   atendimento telefónico
2287211.pdf atendimento telefónico
 
2258636.pdf serviço pós-venda
2258636.pdf   serviço pós-venda2258636.pdf   serviço pós-venda
2258636.pdf serviço pós-venda
 
2161969.pdf file acolhimento e encaminhamento
2161969.pdf file  acolhimento e encaminhamento2161969.pdf file  acolhimento e encaminhamento
2161969.pdf file acolhimento e encaminhamento
 

Último

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBAline Santana
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADOcarolinacespedes23
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarIedaGoethe
 

Último (20)

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
 

Organizacoes ajuda humanitaria

  • 2. 1.UNICEF A UNICEF – Fundo da Organização das Nações Unidas (ONU) para a Infância – trabalha em 158 países e dedica-se à promoção dos direitos das crianças e dos jovens, procurando dar resposta às suas necessidades básicas e contribuir para o seu pleno desenvolvimento. Foi criada em dezembro de 1946 para ajudar as crianças europeias, no rescaldo da II Guerra Mundial. Em 1953, tornou-se uma agência permanente da ONU.
  • 3. Em que áreas atua?  Mais de metade dos recursos da UNICEF destina-se a campanhas de vacinação infantil, cuidados de saúde materno-infantil, nutrição, acesso a água potável e saneamento básico.  A agência da ONU centra ainda os seus esforços na prevenção da transmissão do VIH de mãe para filho. Para minorar este flagelo, disponibiliza tratamento pediátrico, previne a infeção entre os jovens e apoia as crianças órfãs e vulneráveis devido à SIDA.
  • 4. 2. CARE  A CARE está presente em 94 países e tem por missão salvar vidas, erradicar a pobreza e alcançar justiça social. O seu foco são as meninas e as mulheres.  Foi fundada nos Estados Unidos em 1945. A CARE nasceu da junção de 22 organizações norte-americanas que se mobilizaram para apoiar os sobreviventes da II Guerra Mundial, através do envio de “Care Packages”, que continham alimentos e outros bens essenciais Atualmente, a CARE é uma confederação internacional de 14 organizações.
  • 5. Em que áreas atua?  A CARE encontra-se entre as primeiras organizações deste género a chegar ao terreno numa crise humanitária. Durante uma situação de emergência, a organização satisfaz as necessidades imediatas das pessoas afetadas, fornecendo comida, abrigo, água potável e produtos de higiene. Presta auxílio anualmente a 12 milhões de pessoas. Além disso, a CARE ajuda as pessoas, famílias e comunidades a construírem as suas vidas após uma crise humanitária.  No seu trabalho com as raparigas, a CARE constrói escolas e garante o seu direito à educação. A organização desenvolve também ações para impedir os casamentos infantis (antes dos 18 anos) e forçados.
  • 6. 3. Save The Children  A Save The Children é uma Organização Não Governamental (ONG) que tem como objetivo defender os direitos das crianças e contribuir para que desenvolvam o seu potencial em toda a plenitude.  Esta ONG foi criada em Londres, em 1919, com o propósito de ajudar as crianças nas áreas devastadas pela I Guerra Mundial. Hoje, está presente em 120 países, do Ruanda ao Bangladesh, da Serra Leoa ao Iraque
  • 7. Em que áreas atua?  A Save the Children responde a situações de emergência provocadas por desastres naturais, fome, guerras ou surtos de doença, protegendo as crianças. A educação e os cuidados de saúde são outras das prioridades desta ONG.  A Save the Children está ainda empenhada na luta contra a pobreza infantil, combatendo a subnutrição nas regiões mais pobres do Mundo. Para esse efeito, tem programas focados na melhoria do acesso aos alimentos, das práticas agrícolas e das finanças familiares. O objetivo é ajudar os pais a proverem às necessidades básicas dos seus filhos.
  • 8. AMI – Assistência Médica Internacional ONG de ajuda humanitária portuguesa. Destina-se a lutar contra a pobreza, a exclusão social, o subdesenvolvimento, a fome e as consequências da guerra em qualquer parte do Mundo. Na área internacional, a AMI desenvolve três grandes tipos de intervenções:  Missões de Emergência;  Missões de Desenvolvimento com equipas expatriadas;  Projetos Internacionais em Parceria com Organizações Locais (PIPOL). Foii fundada em 1984 pelo médico Fernando Nobre. Desde 1987, a organização já realizou missões em 79 países, tendo enviado centenas de voluntários e toneladas de ajuda. Em Portugal, a AMI dispõe atualmente de 16 equipamentos e respostas sociais: 9 centros Porta Amiga, 2 abrigos noturnos, 2 equipas de rua, 1 serviço de apoio domiciliário e 2 polos de receção de alimentos do FEAC.
  • 9. A AMI desenvolve a sua atividade nas mais variadas áreas: água e saneamento, alimentação e nutrição, ambiente, educação e formação, inclusão social, luta contra a pobreza e saúde. Na mesma área, em Lisboa, a AMI presta apoio domiciliário, satisfazendo necessidades básicas de pessoas que se encontram em situação de isolamento e impossibilitadas de se deslocarem. Em que áreas atua?
  • 10. 5. Médicos sem fronteiras  Oferecer ajuda médica e humanitária a populações afetadas por conflitos armados, epidemias, catástrofes naturais e sem acesso a cuidados de saúde, em qualquer lugar do Mundo. Esta é a principal missão dos Médicos Sem Fronteiras (MSF) – a maior ONG de ajuda humanitária mundial, na área da saúde. Esta organização tem também como objetivo sensibilizar o público sobre o sofrimento dos seus pacientes, denunciando situações de violação dos direitos humanos mais elementares.  Foi fundada em 1971, em França, por jovens médicos e jornalistas que trabalharam como voluntários, no final da década de 60, na Guerra do Biafra, na Nigéria. Atualmente, os MSF desenvolvem programas em 71 países, envolvendo milhares de profissionais de saúde e pessoal administrativo e de logística  Recebeu o Prémio Nobel da Paz, em 1999.
  • 11.  A atuação da organização é essencialmente médica. Os MSF fornecem cuidados de saúde básicos, realizam cirurgias, combatem epidemias, reabilitam e administram hospitais e clínicas e realizam campanhas de vacinação. São também responsáveis por centros de nutrição e prestam cuidados de saúde mental.  As suas atividades incluem ainda o tratamento de pessoas feridas, prestação de cuidados maternos e fornecimento de ajuda humanitária. Em que áreas atua?
  • 12. Bibliografia  Associação Mutualista Montepio. (s/d). 5 organizações de ajuda humanitária que deve conhecer. Disponível em: https://www.montepio.org/ei/economia- social/voluntariado/5-organizacoes-de-ajuda-humanitaria/