Nelson mandela

8.789 visualizações

Publicada em

Homenagem a Nelson Mandela

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.789
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
235
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
836
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nelson mandela

  1. 1. Vida de NELSON ROLIHLAHLA MANDELA 18 de julho de 1918 / 5 de dezembro de 2013
  2. 2. ÁFRICA DO SUL Nelson Mandela nasceu na aldeia de Mvezo, próximo de Qunu, Costa Leste. Durante o apartheid (1940 a 1990) esta região foi um bantustão chamado Transkei.
  3. 3. UM BANTUSTÃO Os bantustões (10) eram estados pequenos com caraterísticas tribais e o seu objetivo era manter a população negra afastada dos bairros brancos. dos
  4. 4. INFÂNCIA Mandela teve uma infância feliz, ligada à natureza. É descendente da família real do povo Xhosa pertence ao clã Mandiba. Tinha 12 irmãos e a sua mãe era a 3ª esposa do pai. Quando este morreu, a família mudou-se para Qunu, onde seu tio, o regente Jongintaba, tomou conta dele. Mandela viu que ali só viviam mulheres, velhos e crianças, pois os homens partiam para trabalhar arduamente nas minas de ouro em Joanesburgo. Qunu, casa, atual de Mandela. Jongintaba
  5. 5. A DEMOCRACIA Com curiosidade, Mandela acompanhava as reuniões dos chefes tribais. Impressionou-o o processo democrático da tomada de decisão que poderia demorar horas ou dias. Ao fim de algum tempo os chefes acabavam por chegar a um consenso: democracia significava que todos os homens tinham de ser ouvidos e que as decisões se tomavam em conjunto, como um povo. “Um governo de maioria era um conceito estranho. Uma minoria nunca poderia ser esmagada por uma maioria.”
  6. 6. APARTHEID Mandela lutou contra um regime baseado na segregação racial (apartheid – separação) adotado de 1948 a 1994 pelos sucessivos governos do Partido Nacional na África do Sul. A nova legislação dividia os habitantes em grupos raciais ("negros", "brancos", “de cor", e "indianos"), segregando as áreas residenciais. A partir de finais da década de 1970, os negros foram privados de sua cidadania. Nessa altura, o governo já havia segregado (separado) a saúde, a educação e outros serviços públicos, fornecendo aos negros serviços inferiores aos dos brancos.
  7. 7. A LUTA No ano de 1939, Mandela inscreveu-se na Universidade de Fort Hare, para seguir Direito. Foi aqui que exerceu pela primeira vez uma atividade política. Aderiu ao comité interno dos “caloiros” que pretendia ter os mesmos direitos dos alunos “veteranos”.
  8. 8. LUTA Em 21 de dezembro de 1956, Mandela e outros ativistas foram presos por perturbação da ordem. Na foto, a multidão grita palavras de incentivo para o grupo de prisioneiros, enquanto são levados para o tribunal.
  9. 9. LIBERDADE PARA MANDELA Depois de escapar da condenação, Mandela manteve-se na clandestinidade durante vários anos, mas foi preso novamente em 1962. Inicialmente condenado a cinco anos de prisão por perturbação da ordem, veio a ser condenado à prisão perpétua, quando vieram a público documentos com planos de guerrilha contra o governo.
  10. 10. EM FAMÍLIA Mandela revoltou-se contra o sistema do seu povo que lhe impunha um casamento que ele não desejava. Foi para Joanesburgo onde exerceu a sua profissão. Casou com Evelyn Mase, de quem teve 4 filhos, embora só 3 tenham sobrevivido. Empenhou-se na luta política e tornou-se membro do ANC (Congresso Nacional Africano). Em 1957 divorciou-se da sua esposa. Correram rumores que ele lhe seria infiel. Tendo estado preso durante 2 semanas em 1955, Evelyn visitou-o apenas uma vez.
  11. 11. EM FAMÍLIA Com uma das duas filhas que teve da sua segunda esposa, Winnie Madikizela, com quem esteve casado entre 1958 e 1996. Inicialmente Mandela combateu pacificamente a política do apartheid, mas com o massacre de shperville, passou a liderar a luta armada. Foi preso e permaneceu em cativeiro de 1962 a 1990. Winnie organizou campanhas pela libertação de Mandela e os seus apelos foram ouvidos em todo o mundo. Foi desta forma que Mandela começou a ser conhecido internacionalmente.
  12. 12. UM HOMEM LIVRE Mandela e Winnie, de mãos dadas, levantam os punhos cerrados na primeira aparição pública depois da libertação, na Cidade do Cabo, em 11 de fevereiro de 1990.
  13. 13. ELEIÇÃO HISTÓRICA As eleições de 1994 na África do Sul marcaram a primeira vez em que eleitores negros tiveram direito a voto. Mandela votou pela primeira vez aos 75 anos de idade. Tornase Presidente da África do Sul, cargo que ocupou até
  14. 14. O COMEÇO DE UMA NOVA ERA Mandela proferiu um discurso emocionado, não só por se tornar o primeiro presidente negro da história da África do Sul (1994-1999), mas pelo início de um sistema integrado, com tratamento igualitário para todas as raças.
  15. 15. PRÉMIO INTERNACIONAL DA LIBERDADE Mandela recebe o primeiro Prémio Internacional da Liberdade Martin Luther King Jr. concedido pela viúva do líder da luta pelos direitos civis nos Estados Unidos, Coretta Scott King, em junho de 1990.
  16. 16. PRÉMIO NOBEL DA PAZ Mandela e o ex-presidente De Klerk recebem o Prémio Nobel da Paz de 1993, pelo trabalho coletivo que culminou no fim do apartheid na África do Sul.
  17. 17. CAMPANHA 46664 O ator de Hollywood Will Smith e muitas outras personalidades públicas participaram na Campanha 46664, sobre a SIDA em 2000. 46664 era o número de Mandela na penitenciária em que cumpriu grande parte de sua pena. Depois de deixar a presidência da África do Sul, Mandela continuou ativo na luta pelos direitos humanos em todo o mundo, o que levou à criação da Fundação Nelson Mandela. A Campanha 46664 é uma das muitas patrocinadas pela sua fundação. Esta fundação está no meio de um conflito existente entre os seus descendentes.
  18. 18. ANIVERSÁRIO EM LONDRES A Rainha Elizabeth convidou Mandela para visitar o Palácio de Buckingham como parte das comemorações de seu aniversário de 90 anos, em junho de 2008.
  19. 19. MUNDIAL DE 2010 Mandela e a sua terceira esposa, Graça Machel, com quem casou em 1998, participaram nas cerimónias de encerramento do Mundial de Futebol de 2010 na África do Sul, a primeira nação africana a organizar o evento. Graça Machel é a única mulher a ser duas vezes primeira-dama, pois é viúva de Samora Machel, antigo presidente de Moçambique.
  20. 20. MANDELA PARA SEMPRE Em dezembro de 2012, durante a inauguração desta estátua de Mandela, foram soltas pombas como símbolo da sua luta pela paz. Outras estátuas em homenagem ao seu legado em prol da humanidade continuam a ser erguidas pelo mundo inteiro.
  21. 21. CITAÇÕES DE NELSON MANDELA
  22. 22. FILMES SOBRE MANDELA 1. “Luta pela Liberdade”, cujo título original é “Goodbye Bafana”, foi dirigido por Bille August. Nele se relata a vida de um guarda-carcereiro que teve sua vida transformada devido a ter tomado conta, durante muitos anos, do prisioneiro Mandela. A palavra “bafana” significa garoto e é também o nome carinhoso com que o povo sul-africano se refere à sua seleção de futebol ; 2. ”Invictus” dirigido por Clint Eastwood, no qual se narra o período em que Mandela assume a Presidência da África do Sul e escolhe apoiar a seleção nacional de rugby como instrumento de união entre brancos e negros; 3. “Mandela: Longo Caminho para a Liberdade”, dirigido por Justin Chadwick e relembra a vida de Mandela desde sua infância, numa pequena vila, até à sua chegada à presidência da África do Sul. (Estreia a 12 de dezembro 2013).

×