SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
..............................................................................................................................
Frente Parlamentar da Agropecuária
+55 (61) 3248-4682 | +55 (61) 3263-1717
fpa.agropecuaria@gmail.com | www.fpagropecuaria.org.br
Ofício nº 298/2021 FPA
Brasília, 26 de agosto de 2021
Exmo. Senhor
Tarcísio Gomes de Freitas
Ministro de Estado da Infraestrutura
ASSUNTO: Pedido de Reunião com Entidades do Agronegócio. Plano de
Contingência Armadores – Transporte Marítimo
Senhor Ministro,
Com os cordiais cumprimentos das entidades representativas que abaixo
subscrevem, vimos, na oportunidade, destacar que o agronegócio brasileiro, com o apoio
dos Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e da Infraestrutura, bem como
das diversas iniciativas privadas, vem se empenhando para garantir o abastecimento
interno e acumular os resultados positivos observados na balança comercial do país,
preservando empregos, gerando renda e riquezas com as receitas cambiais resultantes das
transações de comércio exterior, destacando-se como um setor importante para auxiliar a
nação neste difícil momento.
Entretanto, o atual cenário marítimo-portuário global vem impondo grandes
desafios e prejuízos ao agronegócio e à economia do país. Os efeitos são inimagináveis e
iminentes, pois reduzem a nossa competitividade e participação no comércio global com
a menor disponibilidade de navios e contêineres, cancelamentos de bookings, excessivas
rolagens de carga e falta de espaços em navios.
Lembramos que as exportações brasileiras são estratégicas para o país. Trata-se,
inclusive, em certo sentido, de tema de soberania nacional, quando observamos que as
consequências serão impactantes nas nossas exportações/importações, emprego, divisas
e inflação, caso, a despeito das dificuldades de mercado, não façamos valer também
nossas necessidades imediatas e futuras de crescimento das exportações do agronegócio.
Ante isto, as entidades signatárias deste Ofício solicitam uma reunião presencial
com V. Exª., o mais urgente possível, para tratarmos da falta de navios e de
contêineres, em razão do cenário atual que, a nosso ver, exige um plano de
contingência por parte dos Armadores que atuam no Brasil.
OS FATOS QUE ENSEJARAM A PRESENTE COMUNICAÇÃO
Há algum tempo os setores produtivos exportadores e importadores têm
sobrevivido com a escassez mundial de contêineres e principalmente de navios, fruto de
uma concentração das empresas marítimas e aumento da capacidade dos navios,
movimento percebido muito antes da pandemia de Covid-19, a qual apenas potencializou
esses gargalos.
..............................................................................................................................
Frente Parlamentar da Agropecuária
+55 (61) 3248-4682 | +55 (61) 3263-1717
fpa.agropecuaria@gmail.com | www.fpagropecuaria.org.br
A recuperação de forma vertical do comércio internacional e dos transportes
marítimos, menor produção de contêineres durante a pandemia, bem como a concentração
de produtores, desvio de navios para rotas mais atraentes em termos de frete, deficiência
da infraestrutura logística, demora para cumprir os protocolos, entre outros, criaram uma
“tempestade perfeita” que alterou significativamente as condições de demanda e oferta,
com reflexos altamente negativos para nosso comércio internacional.
Os impactos percebidos pela crise narrada a V. Exª. sobre o setor agropecuário
brasileiro são difusos e tendem a afetar severamente a cadeia produtiva interna e as
atividades exportadoras.
Esse cenário, invariavelmente, irá acarretar repasse de custos adicionais ou até
mesmo interrupção da cadeia de suprimentos por escassez de insumos e grave
comprometimento da performance exportadora pecuária brasileira.
Dado o exposto, as entidades que o subscrevem pleiteiam o seguinte:
Como medida de curto prazo, entende-se necessário iniciar tratativas
internas entre as entidades do setor e o Ministério da Infraestrutura para, em
seguida, provocar uma reunião urgente com os Armadores, com o objetivo de cobrar
e contribuir para um Plano de Contingência, visando a escoar nossas exportações
paradas nos portos.
Não se trata de alterar as leis de mercado, cujas negociações devem continuar a
seguir diretamente entre embarcadores e armadores, mas sim de olharem o Brasil como
um supridor de alimento para o mundo, terem em mente a importância dos nossos
volumes atuais e crescimento para o futuro. Entendemos que ações como a ora proposta
a esse Ministério da Infraestrutura são fundamentais, dado o cenário do mercado de
armação atual.
Algo em torno de 65% do transporte marítimo global encontra-se, hoje, nas mãos
de 5 grandes armadores, o que dificulta a prática do livre mercado e a busca por
alternativas e diálogos que mitiguem tais impactos. Consequência dessa estrutura é um
número expressivo de contêineres parados nos portos.
Já como medida de médio prazo, entende-se necessário estudar ações que
permitam a entrada de novos armadores para operarem no Brasil ou a criação de
incentivos para que os armadores garantam maior disponibilidade de containers,
inclusive a partir da configuração do Brasil como um hub para a construção e
disponibilização de containers.
Sabe-se que o setor de navegação marítima demanda capital intensivo e
planejamento de longo prazo para o exercício de suas atividades de forma rentável.
Porém, há medidas mais simples e imediatas com as quais o Governo Federal pode
contribuir, no intuito de mitigar os pesarosos danos ao agronegócio brasileiro, tais como
as acima citadas.
..............................................................................................................................
Frente Parlamentar da Agropecuária
+55 (61) 3248-4682 | +55 (61) 3263-1717
fpa.agropecuaria@gmail.com | www.fpagropecuaria.org.br
Desde já nos colocamos à disposição para contribuir com o referido estudo
e promover formas que viabilizem este objetivo. Este é um importante remédio para
a distorção do mercado atual.
Cordialmente,
Deputado Federal Sérgio Souza
Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária – FPA
Subscrevemos com votos de estima e consideração:

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Ofício FPA 2021 Tarcísio Freitas ministro da infraestrutura

A concentração econômica no setor siderúrgico de vergalhões
A concentração econômica no setor siderúrgico de vergalhõesA concentração econômica no setor siderúrgico de vergalhões
A concentração econômica no setor siderúrgico de vergalhões
Rinaldo Maciel de Freitas
 
Edição 104 fevereiro 2015 - cadê a cana
Edição 104   fevereiro 2015 - cadê a canaEdição 104   fevereiro 2015 - cadê a cana
Edição 104 fevereiro 2015 - cadê a cana
Rafael Mermejo
 
A Relevância do Brasil e seus diferenciais e deficiências para competir em um...
A Relevância do Brasil e seus diferenciais e deficiências para competir em um...A Relevância do Brasil e seus diferenciais e deficiências para competir em um...
A Relevância do Brasil e seus diferenciais e deficiências para competir em um...
Leandro Carelli Barreto
 
O Hypercluster da Economia do Mar.
O Hypercluster da  Economia do Mar. O Hypercluster da  Economia do Mar.
O Hypercluster da Economia do Mar.
Cláudio Carneiro
 
As principais razões da Petrobras ser a operadora unica
As principais razões da Petrobras ser a operadora unicaAs principais razões da Petrobras ser a operadora unica
As principais razões da Petrobras ser a operadora unica
Conversa Afiada
 
Apostila de associativismo e cooperativismo
Apostila de associativismo e cooperativismoApostila de associativismo e cooperativismo
Apostila de associativismo e cooperativismo
Luiz Oliveira
 
O mercado mundial de biocombustíveis na expansão da Agricultura Brasileira e ...
O mercado mundial de biocombustíveis na expansão da Agricultura Brasileira e ...O mercado mundial de biocombustíveis na expansão da Agricultura Brasileira e ...
O mercado mundial de biocombustíveis na expansão da Agricultura Brasileira e ...
ProjetoBr
 
Por ubiratan iorio
Por ubiratan iorioPor ubiratan iorio
Por ubiratan iorio
Guy Valerio
 

Semelhante a Ofício FPA 2021 Tarcísio Freitas ministro da infraestrutura (20)

Youblisher.com 982358-cana mix-edi_ao_72
Youblisher.com 982358-cana mix-edi_ao_72Youblisher.com 982358-cana mix-edi_ao_72
Youblisher.com 982358-cana mix-edi_ao_72
 
A concentração econômica no setor siderúrgico de vergalhões
A concentração econômica no setor siderúrgico de vergalhõesA concentração econômica no setor siderúrgico de vergalhões
A concentração econômica no setor siderúrgico de vergalhões
 
Edição 104 fevereiro 2015 - cadê a cana
Edição 104   fevereiro 2015 - cadê a canaEdição 104   fevereiro 2015 - cadê a cana
Edição 104 fevereiro 2015 - cadê a cana
 
LOGÍSTICA PORTUÁRIA NA ÁREA DA EMPRESA VALE NO ES
LOGÍSTICA PORTUÁRIA NA ÁREA DA  EMPRESA VALE  NO ESLOGÍSTICA PORTUÁRIA NA ÁREA DA  EMPRESA VALE  NO ES
LOGÍSTICA PORTUÁRIA NA ÁREA DA EMPRESA VALE NO ES
 
Bo 12 06-2013-31
Bo 12 06-2013-31Bo 12 06-2013-31
Bo 12 06-2013-31
 
Cargo n.º 164 – Janeiro 2006
Cargo n.º 164 – Janeiro 2006Cargo n.º 164 – Janeiro 2006
Cargo n.º 164 – Janeiro 2006
 
Estudo setorial
Estudo setorialEstudo setorial
Estudo setorial
 
PLANO NACIONAL SOBRE MUDANÇA DO CLIMA – PNMC – BRASIL
PLANO NACIONAL SOBRE MUDANÇA DO CLIMA – PNMC – BRASIL PLANO NACIONAL SOBRE MUDANÇA DO CLIMA – PNMC – BRASIL
PLANO NACIONAL SOBRE MUDANÇA DO CLIMA – PNMC – BRASIL
 
96 01122008060233
96 0112200806023396 01122008060233
96 01122008060233
 
A Relevância do Brasil e seus diferenciais e deficiências para competir em um...
A Relevância do Brasil e seus diferenciais e deficiências para competir em um...A Relevância do Brasil e seus diferenciais e deficiências para competir em um...
A Relevância do Brasil e seus diferenciais e deficiências para competir em um...
 
O Hypercluster da Economia do Mar.
O Hypercluster da  Economia do Mar. O Hypercluster da  Economia do Mar.
O Hypercluster da Economia do Mar.
 
As principais razões da Petrobras ser a operadora unica
As principais razões da Petrobras ser a operadora unicaAs principais razões da Petrobras ser a operadora unica
As principais razões da Petrobras ser a operadora unica
 
Apostila de associativismo e cooperativismo
Apostila de associativismo e cooperativismoApostila de associativismo e cooperativismo
Apostila de associativismo e cooperativismo
 
Plano Safra 2016
Plano Safra 2016Plano Safra 2016
Plano Safra 2016
 
Novidades Legislativas Nº67 | 25/09/2013
Novidades Legislativas Nº67 | 25/09/2013Novidades Legislativas Nº67 | 25/09/2013
Novidades Legislativas Nº67 | 25/09/2013
 
Gestão em ambiente portuária
Gestão em ambiente portuáriaGestão em ambiente portuária
Gestão em ambiente portuária
 
Mensagem Anual à Assembleia Legislativa 2015
Mensagem Anual à Assembleia Legislativa 2015Mensagem Anual à Assembleia Legislativa 2015
Mensagem Anual à Assembleia Legislativa 2015
 
O mercado mundial de biocombustíveis na expansão da Agricultura Brasileira e ...
O mercado mundial de biocombustíveis na expansão da Agricultura Brasileira e ...O mercado mundial de biocombustíveis na expansão da Agricultura Brasileira e ...
O mercado mundial de biocombustíveis na expansão da Agricultura Brasileira e ...
 
Carta aos Bancos sobre Refinanciamento de Caminhões
Carta aos Bancos sobre Refinanciamento de CaminhõesCarta aos Bancos sobre Refinanciamento de Caminhões
Carta aos Bancos sobre Refinanciamento de Caminhões
 
Por ubiratan iorio
Por ubiratan iorioPor ubiratan iorio
Por ubiratan iorio
 

Mais de PauloSantos1104

Mais de PauloSantos1104 (20)

Cna posicionamento
Cna   posicionamentoCna   posicionamento
Cna posicionamento
 
Oie casso eeb mt
Oie casso eeb mtOie casso eeb mt
Oie casso eeb mt
 
Oie caso eeb mg
Oie caso eeb mgOie caso eeb mg
Oie caso eeb mg
 
Pl 1293 substitutivo auto controle
Pl 1293 substitutivo auto controle Pl 1293 substitutivo auto controle
Pl 1293 substitutivo auto controle
 
Documento sobre as geadas que atingiram os cafezais mineiros em julho 2021
Documento sobre as geadas que atingiram os cafezais mineiros em julho 2021Documento sobre as geadas que atingiram os cafezais mineiros em julho 2021
Documento sobre as geadas que atingiram os cafezais mineiros em julho 2021
 
Sls ambiental pge
Sls ambiental pgeSls ambiental pge
Sls ambiental pge
 
Nota publica aprosoja ro - portaria mapa 306-2021
Nota publica   aprosoja ro - portaria mapa 306-2021Nota publica   aprosoja ro - portaria mapa 306-2021
Nota publica aprosoja ro - portaria mapa 306-2021
 
Comunicado tecnico-cna-ed-04 2021
Comunicado tecnico-cna-ed-04 2021Comunicado tecnico-cna-ed-04 2021
Comunicado tecnico-cna-ed-04 2021
 
Linhas financiamento bndes
Linhas financiamento bndesLinhas financiamento bndes
Linhas financiamento bndes
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 04 12-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 04 12-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 04 12-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 04 12-2020
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 18 11-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 18 11-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 18 11-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 18 11-2020
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 28 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 28 10-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 28 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 28 10-2020
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 26 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 26 10-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 26 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 26 10-2020
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 23 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 23 10-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 23 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 23 10-2020
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 14 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 14 10-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 14 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 14 10-2020
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 07 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 07 10-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 07 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 07 10-2020
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 28 09-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 28 09-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 28 09-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 28 09-2020
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 23 09-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 23 09-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 23 09-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 23 09-2020
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 16 09-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 16 09-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 16 09-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 16 09-2020
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 04 09-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 04 09-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 04 09-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 04 09-2020
 

Ofício FPA 2021 Tarcísio Freitas ministro da infraestrutura

  • 1. .............................................................................................................................. Frente Parlamentar da Agropecuária +55 (61) 3248-4682 | +55 (61) 3263-1717 fpa.agropecuaria@gmail.com | www.fpagropecuaria.org.br Ofício nº 298/2021 FPA Brasília, 26 de agosto de 2021 Exmo. Senhor Tarcísio Gomes de Freitas Ministro de Estado da Infraestrutura ASSUNTO: Pedido de Reunião com Entidades do Agronegócio. Plano de Contingência Armadores – Transporte Marítimo Senhor Ministro, Com os cordiais cumprimentos das entidades representativas que abaixo subscrevem, vimos, na oportunidade, destacar que o agronegócio brasileiro, com o apoio dos Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e da Infraestrutura, bem como das diversas iniciativas privadas, vem se empenhando para garantir o abastecimento interno e acumular os resultados positivos observados na balança comercial do país, preservando empregos, gerando renda e riquezas com as receitas cambiais resultantes das transações de comércio exterior, destacando-se como um setor importante para auxiliar a nação neste difícil momento. Entretanto, o atual cenário marítimo-portuário global vem impondo grandes desafios e prejuízos ao agronegócio e à economia do país. Os efeitos são inimagináveis e iminentes, pois reduzem a nossa competitividade e participação no comércio global com a menor disponibilidade de navios e contêineres, cancelamentos de bookings, excessivas rolagens de carga e falta de espaços em navios. Lembramos que as exportações brasileiras são estratégicas para o país. Trata-se, inclusive, em certo sentido, de tema de soberania nacional, quando observamos que as consequências serão impactantes nas nossas exportações/importações, emprego, divisas e inflação, caso, a despeito das dificuldades de mercado, não façamos valer também nossas necessidades imediatas e futuras de crescimento das exportações do agronegócio. Ante isto, as entidades signatárias deste Ofício solicitam uma reunião presencial com V. Exª., o mais urgente possível, para tratarmos da falta de navios e de contêineres, em razão do cenário atual que, a nosso ver, exige um plano de contingência por parte dos Armadores que atuam no Brasil. OS FATOS QUE ENSEJARAM A PRESENTE COMUNICAÇÃO Há algum tempo os setores produtivos exportadores e importadores têm sobrevivido com a escassez mundial de contêineres e principalmente de navios, fruto de uma concentração das empresas marítimas e aumento da capacidade dos navios, movimento percebido muito antes da pandemia de Covid-19, a qual apenas potencializou esses gargalos.
  • 2. .............................................................................................................................. Frente Parlamentar da Agropecuária +55 (61) 3248-4682 | +55 (61) 3263-1717 fpa.agropecuaria@gmail.com | www.fpagropecuaria.org.br A recuperação de forma vertical do comércio internacional e dos transportes marítimos, menor produção de contêineres durante a pandemia, bem como a concentração de produtores, desvio de navios para rotas mais atraentes em termos de frete, deficiência da infraestrutura logística, demora para cumprir os protocolos, entre outros, criaram uma “tempestade perfeita” que alterou significativamente as condições de demanda e oferta, com reflexos altamente negativos para nosso comércio internacional. Os impactos percebidos pela crise narrada a V. Exª. sobre o setor agropecuário brasileiro são difusos e tendem a afetar severamente a cadeia produtiva interna e as atividades exportadoras. Esse cenário, invariavelmente, irá acarretar repasse de custos adicionais ou até mesmo interrupção da cadeia de suprimentos por escassez de insumos e grave comprometimento da performance exportadora pecuária brasileira. Dado o exposto, as entidades que o subscrevem pleiteiam o seguinte: Como medida de curto prazo, entende-se necessário iniciar tratativas internas entre as entidades do setor e o Ministério da Infraestrutura para, em seguida, provocar uma reunião urgente com os Armadores, com o objetivo de cobrar e contribuir para um Plano de Contingência, visando a escoar nossas exportações paradas nos portos. Não se trata de alterar as leis de mercado, cujas negociações devem continuar a seguir diretamente entre embarcadores e armadores, mas sim de olharem o Brasil como um supridor de alimento para o mundo, terem em mente a importância dos nossos volumes atuais e crescimento para o futuro. Entendemos que ações como a ora proposta a esse Ministério da Infraestrutura são fundamentais, dado o cenário do mercado de armação atual. Algo em torno de 65% do transporte marítimo global encontra-se, hoje, nas mãos de 5 grandes armadores, o que dificulta a prática do livre mercado e a busca por alternativas e diálogos que mitiguem tais impactos. Consequência dessa estrutura é um número expressivo de contêineres parados nos portos. Já como medida de médio prazo, entende-se necessário estudar ações que permitam a entrada de novos armadores para operarem no Brasil ou a criação de incentivos para que os armadores garantam maior disponibilidade de containers, inclusive a partir da configuração do Brasil como um hub para a construção e disponibilização de containers. Sabe-se que o setor de navegação marítima demanda capital intensivo e planejamento de longo prazo para o exercício de suas atividades de forma rentável. Porém, há medidas mais simples e imediatas com as quais o Governo Federal pode contribuir, no intuito de mitigar os pesarosos danos ao agronegócio brasileiro, tais como as acima citadas.
  • 3. .............................................................................................................................. Frente Parlamentar da Agropecuária +55 (61) 3248-4682 | +55 (61) 3263-1717 fpa.agropecuaria@gmail.com | www.fpagropecuaria.org.br Desde já nos colocamos à disposição para contribuir com o referido estudo e promover formas que viabilizem este objetivo. Este é um importante remédio para a distorção do mercado atual. Cordialmente, Deputado Federal Sérgio Souza Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária – FPA Subscrevemos com votos de estima e consideração: