SlideShare uma empresa Scribd logo
AS PRINCIPAIS IDEIAS DE SAUSSURE
• Saussure: O pai da Linguística;
• Objeto de estudo;
► Língua: social
► Fala: individual
Língua X Fala
A língua é
um sistema
• A língua é um conjunto de
signos em que um signo se
define pelos demais signos
do conjunto.
Analogia do Jogo de Xadrez
“A língua deve ser
estudada em si
mesma e por si
mesma ‘’
Significado x Significante
• ► Signo Linguístico:
►“O signo linguístico não une
um nome a uma coisa, mas um
conceito a uma imagem acústica.”
ARBITRARIEDADE
• O signo não é motivado, é cultural.
• “Não há nenhuma relação necessária entre o som e
o sentido, ou seja, não há nada no significante que
lembre o significado.”
• ARBITRARIEDADE ABSOLUTA; MAR
• ARBITRARIEDADE RELATIVA; DEZENOVE (DEZ +/e NOVE)
LINEARIDADE
• A linearidade é uma característica das línguas naturais,
segundo a qual os signos, uma vez produzidos, dispõem-se
uns depois dos outros numa sucessão temporal ou espacial;
não se pode produzir mais de um elemento linguístico de
cada vez.
SINCRONIA X DIACRONIA
• Linguística no século XIX;
► Estudou basicamente a mudança linguística.
• SINCRONIA; do grego syn (juntamente) e chrónos
(tempo), que significa ao mesmo tempo.
• DIACRONIA: do grego dia (através) e chrónos
(tempo), que significa através do tempo.
► A partir da dicotomia sincronia versus diacronia, Saussure
determina uma distinção entre fatos sincrônicos e fatos diacrônicos.
PARADIGMA X SINTAGMA
• A linguagem tem dois eixos:
• Paradigma: o conjunto de elementos similares que se
associam na memória e que assim formam conjuntos.
• Sintagma: encadeamento desses elementos.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Principais ideias Saussure.pptx

Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos LinguísticosLíngua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
Universidade Estadual de Londrina - UEL
 
L ingua, linguagem e fonologia 2011
L ingua, linguagem e fonologia 2011L ingua, linguagem e fonologia 2011
L ingua, linguagem e fonologia 2011
Karen Araki
 
Linguagem e pensamento
Linguagem e pensamentoLinguagem e pensamento
Linguagem e pensamento
Centro Universitario Claretiano
 
Filosofia 2ª ano 2
Filosofia 2ª ano 2Filosofia 2ª ano 2
Filosofia 2ª ano 2
Milena Leite
 
Slide 2 - Estudos Linguísticos Scheme.pptx
Slide 2 - Estudos Linguísticos Scheme.pptxSlide 2 - Estudos Linguísticos Scheme.pptx
Slide 2 - Estudos Linguísticos Scheme.pptx
Paola Barbosa Dias
 
Lingua e fala
Lingua e falaLingua e fala
Lingua e fala
Jamille Rabelo
 
Caderno iv linguagem etapa ii (1)
Caderno iv linguagem etapa ii (1)Caderno iv linguagem etapa ii (1)
Caderno iv linguagem etapa ii (1)
UyaraPortugal
 
Quelnguaessa 110218105038-phpapp01
Quelnguaessa 110218105038-phpapp01Quelnguaessa 110218105038-phpapp01
Quelnguaessa 110218105038-phpapp01
pedagogiaaoaopedaletra.com Mendonca
 
Quelnguaessa 110218105038-phpapp01
Quelnguaessa 110218105038-phpapp01Quelnguaessa 110218105038-phpapp01
Quelnguaessa 110218105038-phpapp01
pedagogiaaoaopedaletra.com Mendonca
 
LIBRAS AULA 3: Primeiros estudos, Mitos, Concepções
LIBRAS AULA 3: Primeiros estudos, Mitos, Concepções LIBRAS AULA 3: Primeiros estudos, Mitos, Concepções
LIBRAS AULA 3: Primeiros estudos, Mitos, Concepções
profamiriamnavarro
 
Lingua(gem) e identidade livro org signorini
Lingua(gem) e identidade  livro org signoriniLingua(gem) e identidade  livro org signorini
Lingua(gem) e identidade livro org signorini
Nadia Biavati
 
Comunicação e linguagem.pptx
Comunicação e linguagem.pptxComunicação e linguagem.pptx
Comunicação e linguagem.pptx
LeilaSilva564082
 
15 nov lgp
15 nov lgp15 nov lgp
15 nov lgp
BESL
 
Que língua é essa
Que língua é essaQue língua é essa
Que língua é essa
marciaorion
 
Aula 4 cultura e comunicação simbólica
Aula 4  cultura e comunicação simbólicaAula 4  cultura e comunicação simbólica
Aula 4 cultura e comunicação simbólica
Ludmila Moura
 
Estruturalismo - Introdução à Linguística
Estruturalismo - Introdução à LinguísticaEstruturalismo - Introdução à Linguística
Estruturalismo - Introdução à Linguística
Maria Glalcy Fequetia Dalcim
 
História da escrita
História da escritaHistória da escrita
História da escrita
racrbe
 
Estudo para a segunda prova de linguistica 09 11-14 estruturalismo e gerativismo
Estudo para a segunda prova de linguistica 09 11-14 estruturalismo e gerativismoEstudo para a segunda prova de linguistica 09 11-14 estruturalismo e gerativismo
Estudo para a segunda prova de linguistica 09 11-14 estruturalismo e gerativismo
Ivana Botelho
 
4 - FERDINAND SAUSSURE.pptx
4 - FERDINAND SAUSSURE.pptx4 - FERDINAND SAUSSURE.pptx
4 - FERDINAND SAUSSURE.pptx
Iuri Ribeiro
 
Gêneros de discurso e gêneros de texto ppt
Gêneros de discurso e gêneros de texto pptGêneros de discurso e gêneros de texto ppt
Gêneros de discurso e gêneros de texto ppt
pnaicdertsis
 

Semelhante a Principais ideias Saussure.pptx (20)

Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos LinguísticosLíngua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
 
L ingua, linguagem e fonologia 2011
L ingua, linguagem e fonologia 2011L ingua, linguagem e fonologia 2011
L ingua, linguagem e fonologia 2011
 
Linguagem e pensamento
Linguagem e pensamentoLinguagem e pensamento
Linguagem e pensamento
 
Filosofia 2ª ano 2
Filosofia 2ª ano 2Filosofia 2ª ano 2
Filosofia 2ª ano 2
 
Slide 2 - Estudos Linguísticos Scheme.pptx
Slide 2 - Estudos Linguísticos Scheme.pptxSlide 2 - Estudos Linguísticos Scheme.pptx
Slide 2 - Estudos Linguísticos Scheme.pptx
 
Lingua e fala
Lingua e falaLingua e fala
Lingua e fala
 
Caderno iv linguagem etapa ii (1)
Caderno iv linguagem etapa ii (1)Caderno iv linguagem etapa ii (1)
Caderno iv linguagem etapa ii (1)
 
Quelnguaessa 110218105038-phpapp01
Quelnguaessa 110218105038-phpapp01Quelnguaessa 110218105038-phpapp01
Quelnguaessa 110218105038-phpapp01
 
Quelnguaessa 110218105038-phpapp01
Quelnguaessa 110218105038-phpapp01Quelnguaessa 110218105038-phpapp01
Quelnguaessa 110218105038-phpapp01
 
LIBRAS AULA 3: Primeiros estudos, Mitos, Concepções
LIBRAS AULA 3: Primeiros estudos, Mitos, Concepções LIBRAS AULA 3: Primeiros estudos, Mitos, Concepções
LIBRAS AULA 3: Primeiros estudos, Mitos, Concepções
 
Lingua(gem) e identidade livro org signorini
Lingua(gem) e identidade  livro org signoriniLingua(gem) e identidade  livro org signorini
Lingua(gem) e identidade livro org signorini
 
Comunicação e linguagem.pptx
Comunicação e linguagem.pptxComunicação e linguagem.pptx
Comunicação e linguagem.pptx
 
15 nov lgp
15 nov lgp15 nov lgp
15 nov lgp
 
Que língua é essa
Que língua é essaQue língua é essa
Que língua é essa
 
Aula 4 cultura e comunicação simbólica
Aula 4  cultura e comunicação simbólicaAula 4  cultura e comunicação simbólica
Aula 4 cultura e comunicação simbólica
 
Estruturalismo - Introdução à Linguística
Estruturalismo - Introdução à LinguísticaEstruturalismo - Introdução à Linguística
Estruturalismo - Introdução à Linguística
 
História da escrita
História da escritaHistória da escrita
História da escrita
 
Estudo para a segunda prova de linguistica 09 11-14 estruturalismo e gerativismo
Estudo para a segunda prova de linguistica 09 11-14 estruturalismo e gerativismoEstudo para a segunda prova de linguistica 09 11-14 estruturalismo e gerativismo
Estudo para a segunda prova de linguistica 09 11-14 estruturalismo e gerativismo
 
4 - FERDINAND SAUSSURE.pptx
4 - FERDINAND SAUSSURE.pptx4 - FERDINAND SAUSSURE.pptx
4 - FERDINAND SAUSSURE.pptx
 
Gêneros de discurso e gêneros de texto ppt
Gêneros de discurso e gêneros de texto pptGêneros de discurso e gêneros de texto ppt
Gêneros de discurso e gêneros de texto ppt
 

Mais de MilenaDoCarmo3

D14 - 08 - Dinâmica - Fato ou Opinião.pptx
D14 - 08 - Dinâmica - Fato ou Opinião.pptxD14 - 08 - Dinâmica - Fato ou Opinião.pptx
D14 - 08 - Dinâmica - Fato ou Opinião.pptx
MilenaDoCarmo3
 
Tipos de sujeito - parte 1.pptx
Tipos de sujeito - parte 1.pptxTipos de sujeito - parte 1.pptx
Tipos de sujeito - parte 1.pptx
MilenaDoCarmo3
 
causaeconsequncia-100823204731-phpapp01.pptx
causaeconsequncia-100823204731-phpapp01.pptxcausaeconsequncia-100823204731-phpapp01.pptx
causaeconsequncia-100823204731-phpapp01.pptx
MilenaDoCarmo3
 
Tipos de sujeito - parte 1.pptx
Tipos de sujeito - parte 1.pptxTipos de sujeito - parte 1.pptx
Tipos de sujeito - parte 1.pptx
MilenaDoCarmo3
 
D 11.pptx
D 11.pptxD 11.pptx
D 11.pptx
MilenaDoCarmo3
 
Língua_portuguesa_7 ano_Slide_Aula 50 (1).pptx
Língua_portuguesa_7 ano_Slide_Aula 50 (1).pptxLíngua_portuguesa_7 ano_Slide_Aula 50 (1).pptx
Língua_portuguesa_7 ano_Slide_Aula 50 (1).pptx
MilenaDoCarmo3
 
D 2 (1).pptx
D 2 (1).pptxD 2 (1).pptx
D 2 (1).pptx
MilenaDoCarmo3
 
ATIVIDADE CLASSES DE PALAVRAS.pptx
ATIVIDADE CLASSES DE PALAVRAS.pptxATIVIDADE CLASSES DE PALAVRAS.pptx
ATIVIDADE CLASSES DE PALAVRAS.pptx
MilenaDoCarmo3
 
SLIDES MODELO - projeto de pesquisa (2).pptx
SLIDES MODELO - projeto de pesquisa (2).pptxSLIDES MODELO - projeto de pesquisa (2).pptx
SLIDES MODELO - projeto de pesquisa (2).pptx
MilenaDoCarmo3
 
Jogo das Conjunções.pptx
Jogo das Conjunções.pptxJogo das Conjunções.pptx
Jogo das Conjunções.pptx
MilenaDoCarmo3
 

Mais de MilenaDoCarmo3 (10)

D14 - 08 - Dinâmica - Fato ou Opinião.pptx
D14 - 08 - Dinâmica - Fato ou Opinião.pptxD14 - 08 - Dinâmica - Fato ou Opinião.pptx
D14 - 08 - Dinâmica - Fato ou Opinião.pptx
 
Tipos de sujeito - parte 1.pptx
Tipos de sujeito - parte 1.pptxTipos de sujeito - parte 1.pptx
Tipos de sujeito - parte 1.pptx
 
causaeconsequncia-100823204731-phpapp01.pptx
causaeconsequncia-100823204731-phpapp01.pptxcausaeconsequncia-100823204731-phpapp01.pptx
causaeconsequncia-100823204731-phpapp01.pptx
 
Tipos de sujeito - parte 1.pptx
Tipos de sujeito - parte 1.pptxTipos de sujeito - parte 1.pptx
Tipos de sujeito - parte 1.pptx
 
D 11.pptx
D 11.pptxD 11.pptx
D 11.pptx
 
Língua_portuguesa_7 ano_Slide_Aula 50 (1).pptx
Língua_portuguesa_7 ano_Slide_Aula 50 (1).pptxLíngua_portuguesa_7 ano_Slide_Aula 50 (1).pptx
Língua_portuguesa_7 ano_Slide_Aula 50 (1).pptx
 
D 2 (1).pptx
D 2 (1).pptxD 2 (1).pptx
D 2 (1).pptx
 
ATIVIDADE CLASSES DE PALAVRAS.pptx
ATIVIDADE CLASSES DE PALAVRAS.pptxATIVIDADE CLASSES DE PALAVRAS.pptx
ATIVIDADE CLASSES DE PALAVRAS.pptx
 
SLIDES MODELO - projeto de pesquisa (2).pptx
SLIDES MODELO - projeto de pesquisa (2).pptxSLIDES MODELO - projeto de pesquisa (2).pptx
SLIDES MODELO - projeto de pesquisa (2).pptx
 
Jogo das Conjunções.pptx
Jogo das Conjunções.pptxJogo das Conjunções.pptx
Jogo das Conjunções.pptx
 

Último

2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
WelberMerlinCardoso
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 

Principais ideias Saussure.pptx

  • 1. AS PRINCIPAIS IDEIAS DE SAUSSURE • Saussure: O pai da Linguística; • Objeto de estudo; ► Língua: social ► Fala: individual
  • 3. A língua é um sistema • A língua é um conjunto de signos em que um signo se define pelos demais signos do conjunto.
  • 4. Analogia do Jogo de Xadrez
  • 5. “A língua deve ser estudada em si mesma e por si mesma ‘’
  • 6. Significado x Significante • ► Signo Linguístico: ►“O signo linguístico não une um nome a uma coisa, mas um conceito a uma imagem acústica.”
  • 7. ARBITRARIEDADE • O signo não é motivado, é cultural. • “Não há nenhuma relação necessária entre o som e o sentido, ou seja, não há nada no significante que lembre o significado.” • ARBITRARIEDADE ABSOLUTA; MAR • ARBITRARIEDADE RELATIVA; DEZENOVE (DEZ +/e NOVE)
  • 8. LINEARIDADE • A linearidade é uma característica das línguas naturais, segundo a qual os signos, uma vez produzidos, dispõem-se uns depois dos outros numa sucessão temporal ou espacial; não se pode produzir mais de um elemento linguístico de cada vez.
  • 9. SINCRONIA X DIACRONIA • Linguística no século XIX; ► Estudou basicamente a mudança linguística. • SINCRONIA; do grego syn (juntamente) e chrónos (tempo), que significa ao mesmo tempo. • DIACRONIA: do grego dia (através) e chrónos (tempo), que significa através do tempo. ► A partir da dicotomia sincronia versus diacronia, Saussure determina uma distinção entre fatos sincrônicos e fatos diacrônicos.
  • 10. PARADIGMA X SINTAGMA • A linguagem tem dois eixos: • Paradigma: o conjunto de elementos similares que se associam na memória e que assim formam conjuntos. • Sintagma: encadeamento desses elementos.