Gêneros de discurso e gêneros de texto ppt

9.789 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.789
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.086
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
296
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gêneros de discurso e gêneros de texto ppt

  1. 1. Gêneros de Discurso/ Gêneros Textuais
  2. 2. Sociedade e sujeito social • Os homens, por viverem em sociedade, são sujeitos sociais, ou seja, agem modificando o meio em que vivem e sendo, ao mesmo tempo,sendo modificados por ele. • Toda a ação humana é mediada pela linguagem porque a comunicação é essencial para a vida em sociedade. • Quando o sujeito social diz alguma coisa, qualquer palavra, diz de um lugar social e, portanto ideológico.
  3. 3. Sociedade e sujeito social • Os lugares que o sujeito ocupa na sociedade são variados: um mesmo sujeito pode ser profissional, pai, membro de uma comunidade religiosa, consumidor,etc. • Os diferentes espaços onde o sujeito social circula são diferentes esferas de atividade, de produção de conhecimento e linguagem.
  4. 4. Esferas de atividade humana e utilização da língua (1) • Todas as esferas da atividade humana, por mais variadas que sejam, estão sempre relacionadas com a utilização da língua. • A utilização da língua efetua-se em forma de enunciados (orais e escritos), concretos e únicos, que emanam de uma ou de outra esfera de atividade humana. • (1) BAKTHIN, Estética da Criação Verbal
  5. 5. Gêneros do discurso (1) • Qualquer enunciado considerado isoladamente é, claro, individual, mas cada esfera de utilização da língua elabora seus tipos relativamente estáveis de enunciados, sendo isso que denominamos gêneros do discurso. (1) BAKTHIN, Estética da Criação Verbal
  6. 6. Gêneros do discurso • Não há possibilidade de comunicação humana sem a utilização dos gêneros de discurso. • Qualquer palavra que é dita, é dita num gênero de discurso. • Os gêneros de discurso são produtos das diferentes esferas sociais de produção de conhecimento e de linguagem
  7. 7. Gêneros de discurso e gêneros de texto • Podemos dizer que os textos são a materialização do discurso, ou seja, os textos tornam os discursos concretos, identificáveis, analisáveis.
  8. 8. Gêneros de texto ou gêneros textuais GÊNEROS: Família, grupo TEXTO: a expressão TEXTO, geralmente utilizada para designar textos escritos, aplica-se a todas as formas de linguagem. Usa-se a palavra texto, por exemplo, para definir as falas numa peça de teatro, um quadro ou uma foto. Todos esses textos podem ser lidos e interpretados, são LINGUAGENS.
  9. 9. Gêneros de texto: São “famílias”, grupos de textos que têm origens semelhantes, ou seja, nascem em situações de comunicação que ocorrem em uma mesma ÁREA DE PRODUÇÃO DE LINGUAGEM.
  10. 10. Gêneros de discurso, gêneros de texto e ensino de língua • Nas últimas décadas, as pesquisas em torno do ensino de língua se expandiram e se aprofundaram. • Gêneros de discurso e gêneros textuais tornaram-se objetos de análise dos pesquisadores interessados em melhorar o ensino e a aprendizagem de língua.
  11. 11. Gêneros como instrumentos • Para Dolz e Schneuwly, pesquisadores da Universidade de Genebra, os gêneros são excelentes instrumentos para o ensino/aprendizagem de língua. • Eles podem ser, ao mesmo tempo, instrumentos de comunicação social e objetos de estudo.
  12. 12. Gêneros são conteúdos ou ferramentas de trabalho? (2) • Para Schneuwly, são os dois: “É muito fácil explicar isso quando se pega uma receita culinária. Ela é um gênero, tem uma certa forma linguística, uma estrutura, um vocabulário, mas ao mesmo tempo é, claro, uma ferramenta usada numa situação de comunicação. Transmite a uma pessoa como se prepara uma omelete, por exemplo. Sem essas formas estabelecidas, a comunicação seria muito complicada. Se você não soubesse como é uma entrevista, como seria nossa comunicação nesse momento?” (2) Schneuwly em entrevista à Revista Nova Escola
  13. 13. Áreas de produção de linguagem • Linguagem e pensamento são inseparáveis; • Pensa-se numa linguagem; • O conhecimento é concretizado em linguagens; • As linguagens são concretizadas pelo conhecimento.
  14. 14. CONHECIMENTO LINGUAGEM Quando se produz qualquer TIPO DE CONHECIMENTO, como o conhecimento médico ou jurídico, ou a tecnologia de fazer sapatos, por exemplo, ou modos de criar os filhos nas famílias,ao mesmo tempo são produzidas LINGUAGENS PRÓPRIAS daquele CAMPO DE CONHECIMENTO.
  15. 15. Campo de conhecimento • Os campos de conhecimento são tão numerosos como as ATIVIDADES HUMANAS. • É possível dizer que seu número é infinito, porque a todo instante surgem novos tipos de atividade e, portanto, NOVAS LINGUAGENS.
  16. 16. Linguagens e campos de conhecimento As linguagens próprias dos diferentes campos de conhecimento são os GÊNEROS DE DISCURSO ou GÊNEROS DE TEXTO.
  17. 17. Circulação dos conhecimentos e linguagens Os conhecimentos e linguagens circulam entre as pessoas, socialmente,portanto, todos os gêneros de texto circulam socialmente.
  18. 18. Gêneros escolares • São os gêneros produzidos no cotidiano escolar, como as provas, boletins e fichas de avaliação por exemplo. Como os demais gêneros, também circulam socialmente, cruzando-se com outros gêneros.
  19. 19. RESUMINDO • GÊNEROS DE DISCURSO são agrupamentos discursivos originários de uma mesma área de produção de conhecimento e linguagem • GÊNEROS TEXTUAIS são famílias, grupos de TEXTOS • TEXTOS são a materialização dos discurso, linguagens que se pode dizer, ouvir, ler e interpretar • TEXTOS se agrupam em GÊNEROS conforme a área de conhecimento em que são produzidos • ÁREAS DE CONHECIMENTO, quaisquer que sejam, produzem gêneros próprios • TODOS OS GÊNEROS CIRCULAM SOCIALMENTE, inclusive os escolares.

×