SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Teste de Física e Química A 11º Ano Ano Letivo 2016/2017
Fevereiro 2017
NOME:_________________________________________________________nº:_______ TURMA:_________ V1
Classificação:_____________________________________ Professora:_______________________________
____________________________________________________________________________________________
Grupo I
1. As Joanas e a Bia foram comprar garrafas térmicas, compraram uma para cada. Depois das compras leram na
caixa da garrafa térmica: “contém parede dupla de vidro, com vácuo entre elas, as superfícies interna e externa são
espelhadas, tampa de material isolante térmico e revestimento externo protetor”, “Made in Italy”. Lembrando-se das
aulas de física, a Bia diz: (escolha a opção correta)
(A) o vácuo detém a condução e a convecção, enquanto o espelho impede a irradiação.
(B) o vácuo detém a convecção e a irradiação, enquanto o espelho impede a infiltração.
(C) o vácuo detém a irradiação e a convecção, enquanto o espelho impede a condução.
(D) o vácuo impede a convecção, condução e irradiação.
2. A Inês, misturou 20 g de café a 80 °C com 80 g de leite a 20 °C. Admitindo que não há troca de calor com o
recipiente e que os líquidos têm a mesma capacidade térmica mássica, determine a temperatura final do sistema
(café + leite).
3. Atualmente, a energia solar está a ser muito utilizada em sistemas de
aquecimento de água, como é o caso da casa da Mariana G. e não só!
Nestes sistemas, a água circula entre um reservatório e um coletor de
energia solar. Para o perfeito funcionamento desses sistemas, o
reservatório deve estar num nível superior ao do coletor (ver figura ao
lado).
No coletor, a água circula através de dois canos horizontais ligados por
vários canos verticais. A água fria sai do reservatório, entra no coletor, onde
é aquecida, e retorna ao reservatório.
3.1. Indica o mecanismo de transferência de energia que ocorre.
3.2. Assinale a alternativa que o técnico ao fazer a montagem escolheria, onde estão corretamente
representados o sentido da circulação da água e a forma mais eficiente para se aquecer toda a água do
reservatório.
1
(A) (B) (C) (D)
4. O gráfico representa a temperatura de 10 g de um líquido, aquecido pela Bia,
inicialmente a 0 °C, em função do calor absorvido por ele. Qual é o valor da
capacidade térmica mássica do líquido? 1 cal= 4,18 J
Grupo II
1. O Diogo e o João para afinarem os seus instrumentos musicais utilizam um diapasão, uma vez que emite um
som puro, com uma frequência bem definida, a que corresponde uma determinada nota musical.
O sinal sonoro produzido pelo diapasão propaga-se através de um determinado meio, fazendo vibrar as partículas
constituintes desse meio em torno das suas posições de equilíbrio, gerando uma onda sonora.
A figura seguinte refere-se a duas ondas sinusoidais e traduz a periodicidade temporal do movimento vibratório de
duas partículas do ar, em consequência do sinal sonoro emitido por dois diapasões. Considere que a velocidade de
propagação deste sinal no ar tem módulo igual a 340 ms–1.
Com base nos gráficos obtidos pelo Diogo e pelo João:
1.1. Indique a amplitude das ondas A e B, no S.I.
1.2. Calcule o período de vibração da onda B.
1.3. Calcule a frequência de vibração da onda B.
1.4. Calcule o comprimento de onda da onda B.
1.5. O Mateus que não percebe nada de música, no meio de uma conversa afirmou:
“A velocidade de propagação do sinal aumenta se a amplitude da vibração diminuir.”
Diga, justificando, se o Mateus tem razão.
1.6. A Inês tem uma voz grave. Ao observarem as ondas A e B, as colegas debateram sobre qual delas poderia
ter uma frequência “próxima” à da voz da Inês! Diga, justificando, qual das duas ondas representará o som
mais grave e qual a que representa o som mais intenso.
t(ms)
X (nm)
0
0,50
1,0
2. Nas aulas de F.Q., falou-se que as ondas sonoras utilizadas para detecção de objetos submersos (ondas de
sonar) têm comprimento de onda da ordem de 30 cm. Ondas electromagnéticas com o mesmo comprimento de
onda são utilizadas no radar.
2.1. O Manel e o Hugo resolveram resumir para os colegas quais as diferenças nas características destes dois
tipos de onda. Indique duas delas.
2.2. A Isa e a Mariana num ensaio do coro emitem ondas sonoras de 200 Hz. A uma certa distância delas está
instalado um aparelho que regista a chegada das ondas através do ar e remete-as novamente através de
um fio metálico retilíneo. O comprimento de onda desse sinal sonoro, quando se propaga no fio, é 17 m.
Calcule a velocidade de propagação do som no fio. Considere a velocidade de propagação do som no ar
340 ms-1.
Apresente todas as etapas de resolução.
GRUPO III
Numa aula laboratorial, a Joana trouxe um laser que os alunos usaram
para testarem as leis da reflexão. Fizeram vários testes, usando diferentes
meios transparentes e sobre eles incidiram o seu feixe de luz. Num desses
testes, fizeram um esquema do feixe incidente como o que está
representado na figura.
1. Qual é o ângulo entre o feixe incidente e o feixe refletido?
(A) 20º
(B) 40º
(C) 60º
(D) 70º
2. Admita que, para a radiação referida, o índice de refração do meio I é o dobro do índice de refração do meio II.
2.1. Comparando o módulo da velocidade de propagação dessa radiação nos meios I e II, respetivamente
vI e vII, e o seu comprimento de onda nos meios I e II, respetivamente λI e λII , conclui-se que
2.2. Calcule o ângulo de incidência a partir do qual os alunos verificaram a reflexão total da radiação
considerada na superfície de separação dos meios I e II.
3. Em locais baixos como num vale, captam-se mal sinais de TV e de telemóvel, que são sinais de frequências
altas, mas captam-se bem sinais de rádio de frequências baixas. Os sinais de rádio de frequências baixas são
melhor captados porque ————— mais facilmente.
(A) refletem
(B) refratam
(C) difratam
(D) polarizam
4. As Marianas encontravam-se na entrada da escola a conversar e observaram uma ambulância que delas se
aproximava com a sirene de advertência ligada. Perceberam que, ao passar por elas, o som emitido pela sirene se
tornava diferente daquele percebido durante a aproximação.
Por outro lado, comentando esse facto, elas concordaram que o som mudou de uma tonalidade aguda para uma
mais grave à medida que a ambulância se afastava. Tal mudança é explicada pelo efeito Doppler, segundo o qual,
para essa situação, a:
(A) amplitude do som diminuiu.
(B) frequência do som diminuiu.
(C) frequência do som aumentou.
(D) amplitude do som aumentou.
GRUPO IV
1. Uma partícula carregada eletricamente penetra num campo elétrico uniforme
existente entre duas placas, A e B, planas e paralelas. A figura mostra a trajetória
curvilínea descrita pela partícula.
1.1. Selecione a única alternativa que poderá apresentar a causa da trajetória
da partícula quando penetra no campo elétrico existente entre as placas.
(A) A partícula tem carga negativa e a placa A tem carga positiva.
(B) A partícula tem carga positiva e a placa A tem carga positiva.
(C) A partícula tem carga negativa e a placa B tem carga positiva.
(D) A partícula tem carga positiva e a placa B tem carga negativa.
1.2. Desenhe um vetor que possa representar a força elétrica que atua sobre a partícula quando esta se
encontra entre as placas.
1.3. Comente a seguinte afirmação.
Se a partícula fosse colocada numa outra posição do campo, a força elétrica a que ficaria submetida seria diferente.
3.4. Considere duas cargas elétricas do mesmo módulo, Q, e sinais opostos, colocadas nos vértices inferiores
de um triângulo equilátero.
Selecione, dos esquemas da figura seguinte, o que melhor representa o vetor que caracteriza o campo
elétrico resultante no vértice superior do triângulo.
2. O Hugo e o Manel resolveram verificar experimentalmente o que ouviram nas aulas
de F.Q.! Para isso, colocaram um fio condutor, transportando uma corrente contínua
de grande intensidade, a passar pelo centro de um cartão. A corrente tinha o sentido
indicado na figura. Indique a alternativa que melhor representa as linhas de campo
magnético criado pela corrente i no plano do cartão.
3. Uma das maneiras de gerar correntes elétricas é transformar energia mecânica em energia elétrica através de
um gerador elétrico. Numa situação simplificada, dispõe-se de ímanes para produzir o campo magnético e de uma
bobina formada por 10 espiras circulares com 10 cm de diâmetro dispostos conforme a montagem executada pelo
João e o Mateus e a seguir representada.
A bobina está presa a um eixo que passa pelo seu diâmetro e gira com velocidade constante de 2 rotações por
segundo e possui dois terminais que permitem o aproveitamento da energia elétrica gerada.
Num dado instante, as linhas do campo magnético atravessam perpendicularmente o plano das espiras e o fluxo
magnético é máximo; após a bobina girar 90° em torno do eixo, esse fluxo é zero.
Considere que na região da bobina o campo magnético é uniforme, com módulo igual a 0,01 T e orientado
conforme indicado na figura. Determine a força eletromotriz média induzida obtida pelos alunos, na bobina ao girar
90° a partir da situação de máximo fluxo.
Grupo I Grupo II Grupo III Grupo IV
Questão 1 2 3.1 3.2 4 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 1.6 2.1 2.2 1 2.1 2.2 3 4 1.1 1.2 1.3 1.4 2 3 total
Cotação 6 8 4 6 8 8 10 8 8 10 10 12 15 6 6 12 6 6 6 6 12 6 6 15 200
(A) (B)
(C) (D)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

1° simulado 2014 / Curso Popupar / UEPA Salvaterra
1° simulado 2014 / Curso Popupar / UEPA Salvaterra1° simulado 2014 / Curso Popupar / UEPA Salvaterra
1° simulado 2014 / Curso Popupar / UEPA SalvaterraWender Gomes
 
Psa 14 fenómenos ondulatórios
Psa 14   fenómenos ondulatóriosPsa 14   fenómenos ondulatórios
Psa 14 fenómenos ondulatóriosFisica-Quimica
 
Fisica 3 exercicios gabarito 30
Fisica 3 exercicios gabarito 30Fisica 3 exercicios gabarito 30
Fisica 3 exercicios gabarito 30comentada
 
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-201195916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011Edi Carlos M. de Lima
 
Ufmg 2012-2ª - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogspot.c...
Ufmg 2012-2ª - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogspot.c...Ufmg 2012-2ª - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogspot.c...
Ufmg 2012-2ª - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogspot.c...Rodrigo Penna
 
Fisica 3 exercicios gabarito 27
Fisica 3 exercicios gabarito 27Fisica 3 exercicios gabarito 27
Fisica 3 exercicios gabarito 27comentada
 
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa SalvaterraWender Gomes
 
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
www.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Complementares de Eletricidadewww.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Complementares de EletricidadeVideoaulas De Física Apoio
 
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de CoulombLista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de CoulombGustavo Mendonça
 
Exercícios forca eletrica
Exercícios forca eletricaExercícios forca eletrica
Exercícios forca eletricaGabriel Valle
 
Fisica 3 exercicios gabarito 28
Fisica 3 exercicios gabarito 28Fisica 3 exercicios gabarito 28
Fisica 3 exercicios gabarito 28comentada
 
1ª avaliação bimestral 3º ano física
1ª avaliação bimestral 3º ano   física1ª avaliação bimestral 3º ano   física
1ª avaliação bimestral 3º ano físicaProf X
 
Exercícios extras_processos de eletrização e lei de coulomb
Exercícios extras_processos de eletrização e lei de coulombExercícios extras_processos de eletrização e lei de coulomb
Exercícios extras_processos de eletrização e lei de coulombO mundo da FÍSICA
 
Lista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial ElétricoLista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial ElétricoGustavo Mendonça
 
Ufpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabarito
Ufpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabaritoUfpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabarito
Ufpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabaritoRafaantz
 
Campo MagnéTico
Campo MagnéTicoCampo MagnéTico
Campo MagnéTicodalgo
 

Mais procurados (19)

1° simulado 2014 / Curso Popupar / UEPA Salvaterra
1° simulado 2014 / Curso Popupar / UEPA Salvaterra1° simulado 2014 / Curso Popupar / UEPA Salvaterra
1° simulado 2014 / Curso Popupar / UEPA Salvaterra
 
Psa 14 fenómenos ondulatórios
Psa 14   fenómenos ondulatóriosPsa 14   fenómenos ondulatórios
Psa 14 fenómenos ondulatórios
 
Lista 2 - Campo Elétrico
Lista 2 - Campo ElétricoLista 2 - Campo Elétrico
Lista 2 - Campo Elétrico
 
Fisica 3 exercicios gabarito 30
Fisica 3 exercicios gabarito 30Fisica 3 exercicios gabarito 30
Fisica 3 exercicios gabarito 30
 
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-201195916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
 
Vestufpe -fisica
Vestufpe -fisicaVestufpe -fisica
Vestufpe -fisica
 
Ufmg 2012-2ª - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogspot.c...
Ufmg 2012-2ª - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogspot.c...Ufmg 2012-2ª - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogspot.c...
Ufmg 2012-2ª - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogspot.c...
 
Lista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica totalLista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica total
 
Fisica 3 exercicios gabarito 27
Fisica 3 exercicios gabarito 27Fisica 3 exercicios gabarito 27
Fisica 3 exercicios gabarito 27
 
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
 
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
www.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Complementares de Eletricidadewww.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
 
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de CoulombLista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
 
Exercícios forca eletrica
Exercícios forca eletricaExercícios forca eletrica
Exercícios forca eletrica
 
Fisica 3 exercicios gabarito 28
Fisica 3 exercicios gabarito 28Fisica 3 exercicios gabarito 28
Fisica 3 exercicios gabarito 28
 
1ª avaliação bimestral 3º ano física
1ª avaliação bimestral 3º ano   física1ª avaliação bimestral 3º ano   física
1ª avaliação bimestral 3º ano física
 
Exercícios extras_processos de eletrização e lei de coulomb
Exercícios extras_processos de eletrização e lei de coulombExercícios extras_processos de eletrização e lei de coulomb
Exercícios extras_processos de eletrização e lei de coulomb
 
Lista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial ElétricoLista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial Elétrico
 
Ufpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabarito
Ufpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabaritoUfpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabarito
Ufpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabarito
 
Campo MagnéTico
Campo MagnéTicoCampo MagnéTico
Campo MagnéTico
 

Semelhante a Teste 3 11º fev.2017

Pratica 2 - Carga específica do Elétron
Pratica 2 - Carga específica do ElétronPratica 2 - Carga específica do Elétron
Pratica 2 - Carga específica do ElétronElissandro Mendes
 
Novo 11 f_texto[teste3]
Novo 11 f_texto[teste3]Novo 11 f_texto[teste3]
Novo 11 f_texto[teste3]omeireles
 
UFRJ 2010 discursiva
UFRJ 2010 discursivaUFRJ 2010 discursiva
UFRJ 2010 discursivacursohistoria
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° AnoO mundo da FÍSICA
 
Lista 25 mhs e ondas
Lista 25 mhs e ondasLista 25 mhs e ondas
Lista 25 mhs e ondasrodrigoateneu
 
Ficha Trabalho 13
Ficha Trabalho 13Ficha Trabalho 13
Ficha Trabalho 13jwurster01
 
02 exercicios 2 ano-ondas
02 exercicios 2 ano-ondas02 exercicios 2 ano-ondas
02 exercicios 2 ano-ondasPedro Mateus
 
Maratona fís (módulo 1)
Maratona fís (módulo 1)Maratona fís (módulo 1)
Maratona fís (módulo 1)Jeverson Silva
 
Serie-Balmer.pdf
Serie-Balmer.pdfSerie-Balmer.pdf
Serie-Balmer.pdfrafel27
 
Exercicios de Física
Exercicios de FísicaExercicios de Física
Exercicios de FísicaNicop2k
 
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosFisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosEmerson Assis
 
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosFisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosEmerson Assis
 
Exercícios da uem
Exercícios da uemExercícios da uem
Exercícios da uemPatyoli
 
Lista Ondulatória (O1)
Lista Ondulatória (O1)Lista Ondulatória (O1)
Lista Ondulatória (O1)Gilberto Rocha
 
Leituras suplementares
Leituras suplementaresLeituras suplementares
Leituras suplementaresMaraba Para
 

Semelhante a Teste 3 11º fev.2017 (20)

Pratica 2 - Carga específica do Elétron
Pratica 2 - Carga específica do ElétronPratica 2 - Carga específica do Elétron
Pratica 2 - Carga específica do Elétron
 
Novo 11 f_texto[teste3]
Novo 11 f_texto[teste3]Novo 11 f_texto[teste3]
Novo 11 f_texto[teste3]
 
UFRJ 2010 discursiva
UFRJ 2010 discursivaUFRJ 2010 discursiva
UFRJ 2010 discursiva
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
 
Lista 25 mhs e ondas
Lista 25 mhs e ondasLista 25 mhs e ondas
Lista 25 mhs e ondas
 
Ficha Trabalho 13
Ficha Trabalho 13Ficha Trabalho 13
Ficha Trabalho 13
 
02 exercicios 2 ano-ondas
02 exercicios 2 ano-ondas02 exercicios 2 ano-ondas
02 exercicios 2 ano-ondas
 
Maratona fís (módulo 1)
Maratona fís (módulo 1)Maratona fís (módulo 1)
Maratona fís (módulo 1)
 
Serie-Balmer.pdf
Serie-Balmer.pdfSerie-Balmer.pdf
Serie-Balmer.pdf
 
Exercicios de Física
Exercicios de FísicaExercicios de Física
Exercicios de Física
 
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosFisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
 
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosFisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
 
Exercícios da uem
Exercícios da uemExercícios da uem
Exercícios da uem
 
Ondas i
Ondas iOndas i
Ondas i
 
Lista Ondulatória (O1)
Lista Ondulatória (O1)Lista Ondulatória (O1)
Lista Ondulatória (O1)
 
Leituras suplementares
Leituras suplementaresLeituras suplementares
Leituras suplementares
 
Equação da onda
Equação da ondaEquação da onda
Equação da onda
 
Ppgf ufpa --prova_2008-03
Ppgf ufpa --prova_2008-03Ppgf ufpa --prova_2008-03
Ppgf ufpa --prova_2008-03
 
Basica refração
Basica refraçãoBasica refração
Basica refração
 
Potencial (parte 1)
Potencial (parte 1)Potencial (parte 1)
Potencial (parte 1)
 

Último

PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Susana Stoffel
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 

Último (20)

PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 

Teste 3 11º fev.2017

  • 1. Teste de Física e Química A 11º Ano Ano Letivo 2016/2017 Fevereiro 2017 NOME:_________________________________________________________nº:_______ TURMA:_________ V1 Classificação:_____________________________________ Professora:_______________________________ ____________________________________________________________________________________________ Grupo I 1. As Joanas e a Bia foram comprar garrafas térmicas, compraram uma para cada. Depois das compras leram na caixa da garrafa térmica: “contém parede dupla de vidro, com vácuo entre elas, as superfícies interna e externa são espelhadas, tampa de material isolante térmico e revestimento externo protetor”, “Made in Italy”. Lembrando-se das aulas de física, a Bia diz: (escolha a opção correta) (A) o vácuo detém a condução e a convecção, enquanto o espelho impede a irradiação. (B) o vácuo detém a convecção e a irradiação, enquanto o espelho impede a infiltração. (C) o vácuo detém a irradiação e a convecção, enquanto o espelho impede a condução. (D) o vácuo impede a convecção, condução e irradiação. 2. A Inês, misturou 20 g de café a 80 °C com 80 g de leite a 20 °C. Admitindo que não há troca de calor com o recipiente e que os líquidos têm a mesma capacidade térmica mássica, determine a temperatura final do sistema (café + leite). 3. Atualmente, a energia solar está a ser muito utilizada em sistemas de aquecimento de água, como é o caso da casa da Mariana G. e não só! Nestes sistemas, a água circula entre um reservatório e um coletor de energia solar. Para o perfeito funcionamento desses sistemas, o reservatório deve estar num nível superior ao do coletor (ver figura ao lado). No coletor, a água circula através de dois canos horizontais ligados por vários canos verticais. A água fria sai do reservatório, entra no coletor, onde é aquecida, e retorna ao reservatório. 3.1. Indica o mecanismo de transferência de energia que ocorre. 3.2. Assinale a alternativa que o técnico ao fazer a montagem escolheria, onde estão corretamente representados o sentido da circulação da água e a forma mais eficiente para se aquecer toda a água do reservatório. 1 (A) (B) (C) (D)
  • 2. 4. O gráfico representa a temperatura de 10 g de um líquido, aquecido pela Bia, inicialmente a 0 °C, em função do calor absorvido por ele. Qual é o valor da capacidade térmica mássica do líquido? 1 cal= 4,18 J Grupo II 1. O Diogo e o João para afinarem os seus instrumentos musicais utilizam um diapasão, uma vez que emite um som puro, com uma frequência bem definida, a que corresponde uma determinada nota musical. O sinal sonoro produzido pelo diapasão propaga-se através de um determinado meio, fazendo vibrar as partículas constituintes desse meio em torno das suas posições de equilíbrio, gerando uma onda sonora. A figura seguinte refere-se a duas ondas sinusoidais e traduz a periodicidade temporal do movimento vibratório de duas partículas do ar, em consequência do sinal sonoro emitido por dois diapasões. Considere que a velocidade de propagação deste sinal no ar tem módulo igual a 340 ms–1. Com base nos gráficos obtidos pelo Diogo e pelo João: 1.1. Indique a amplitude das ondas A e B, no S.I. 1.2. Calcule o período de vibração da onda B. 1.3. Calcule a frequência de vibração da onda B. 1.4. Calcule o comprimento de onda da onda B. 1.5. O Mateus que não percebe nada de música, no meio de uma conversa afirmou: “A velocidade de propagação do sinal aumenta se a amplitude da vibração diminuir.” Diga, justificando, se o Mateus tem razão. 1.6. A Inês tem uma voz grave. Ao observarem as ondas A e B, as colegas debateram sobre qual delas poderia ter uma frequência “próxima” à da voz da Inês! Diga, justificando, qual das duas ondas representará o som mais grave e qual a que representa o som mais intenso. t(ms) X (nm) 0 0,50 1,0
  • 3. 2. Nas aulas de F.Q., falou-se que as ondas sonoras utilizadas para detecção de objetos submersos (ondas de sonar) têm comprimento de onda da ordem de 30 cm. Ondas electromagnéticas com o mesmo comprimento de onda são utilizadas no radar. 2.1. O Manel e o Hugo resolveram resumir para os colegas quais as diferenças nas características destes dois tipos de onda. Indique duas delas. 2.2. A Isa e a Mariana num ensaio do coro emitem ondas sonoras de 200 Hz. A uma certa distância delas está instalado um aparelho que regista a chegada das ondas através do ar e remete-as novamente através de um fio metálico retilíneo. O comprimento de onda desse sinal sonoro, quando se propaga no fio, é 17 m. Calcule a velocidade de propagação do som no fio. Considere a velocidade de propagação do som no ar 340 ms-1. Apresente todas as etapas de resolução. GRUPO III Numa aula laboratorial, a Joana trouxe um laser que os alunos usaram para testarem as leis da reflexão. Fizeram vários testes, usando diferentes meios transparentes e sobre eles incidiram o seu feixe de luz. Num desses testes, fizeram um esquema do feixe incidente como o que está representado na figura. 1. Qual é o ângulo entre o feixe incidente e o feixe refletido? (A) 20º (B) 40º (C) 60º (D) 70º 2. Admita que, para a radiação referida, o índice de refração do meio I é o dobro do índice de refração do meio II. 2.1. Comparando o módulo da velocidade de propagação dessa radiação nos meios I e II, respetivamente vI e vII, e o seu comprimento de onda nos meios I e II, respetivamente λI e λII , conclui-se que 2.2. Calcule o ângulo de incidência a partir do qual os alunos verificaram a reflexão total da radiação considerada na superfície de separação dos meios I e II.
  • 4. 3. Em locais baixos como num vale, captam-se mal sinais de TV e de telemóvel, que são sinais de frequências altas, mas captam-se bem sinais de rádio de frequências baixas. Os sinais de rádio de frequências baixas são melhor captados porque ————— mais facilmente. (A) refletem (B) refratam (C) difratam (D) polarizam 4. As Marianas encontravam-se na entrada da escola a conversar e observaram uma ambulância que delas se aproximava com a sirene de advertência ligada. Perceberam que, ao passar por elas, o som emitido pela sirene se tornava diferente daquele percebido durante a aproximação. Por outro lado, comentando esse facto, elas concordaram que o som mudou de uma tonalidade aguda para uma mais grave à medida que a ambulância se afastava. Tal mudança é explicada pelo efeito Doppler, segundo o qual, para essa situação, a: (A) amplitude do som diminuiu. (B) frequência do som diminuiu. (C) frequência do som aumentou. (D) amplitude do som aumentou. GRUPO IV 1. Uma partícula carregada eletricamente penetra num campo elétrico uniforme existente entre duas placas, A e B, planas e paralelas. A figura mostra a trajetória curvilínea descrita pela partícula. 1.1. Selecione a única alternativa que poderá apresentar a causa da trajetória da partícula quando penetra no campo elétrico existente entre as placas. (A) A partícula tem carga negativa e a placa A tem carga positiva. (B) A partícula tem carga positiva e a placa A tem carga positiva. (C) A partícula tem carga negativa e a placa B tem carga positiva. (D) A partícula tem carga positiva e a placa B tem carga negativa. 1.2. Desenhe um vetor que possa representar a força elétrica que atua sobre a partícula quando esta se encontra entre as placas. 1.3. Comente a seguinte afirmação. Se a partícula fosse colocada numa outra posição do campo, a força elétrica a que ficaria submetida seria diferente. 3.4. Considere duas cargas elétricas do mesmo módulo, Q, e sinais opostos, colocadas nos vértices inferiores de um triângulo equilátero. Selecione, dos esquemas da figura seguinte, o que melhor representa o vetor que caracteriza o campo elétrico resultante no vértice superior do triângulo.
  • 5. 2. O Hugo e o Manel resolveram verificar experimentalmente o que ouviram nas aulas de F.Q.! Para isso, colocaram um fio condutor, transportando uma corrente contínua de grande intensidade, a passar pelo centro de um cartão. A corrente tinha o sentido indicado na figura. Indique a alternativa que melhor representa as linhas de campo magnético criado pela corrente i no plano do cartão. 3. Uma das maneiras de gerar correntes elétricas é transformar energia mecânica em energia elétrica através de um gerador elétrico. Numa situação simplificada, dispõe-se de ímanes para produzir o campo magnético e de uma bobina formada por 10 espiras circulares com 10 cm de diâmetro dispostos conforme a montagem executada pelo João e o Mateus e a seguir representada. A bobina está presa a um eixo que passa pelo seu diâmetro e gira com velocidade constante de 2 rotações por segundo e possui dois terminais que permitem o aproveitamento da energia elétrica gerada. Num dado instante, as linhas do campo magnético atravessam perpendicularmente o plano das espiras e o fluxo magnético é máximo; após a bobina girar 90° em torno do eixo, esse fluxo é zero. Considere que na região da bobina o campo magnético é uniforme, com módulo igual a 0,01 T e orientado conforme indicado na figura. Determine a força eletromotriz média induzida obtida pelos alunos, na bobina ao girar 90° a partir da situação de máximo fluxo. Grupo I Grupo II Grupo III Grupo IV Questão 1 2 3.1 3.2 4 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 1.6 2.1 2.2 1 2.1 2.2 3 4 1.1 1.2 1.3 1.4 2 3 total Cotação 6 8 4 6 8 8 10 8 8 10 10 12 15 6 6 12 6 6 6 6 12 6 6 15 200 (A) (B) (C) (D)