SlideShare uma empresa Scribd logo

Investir em Espanha pt

Propuesta de inversión para los brasileños en españa.

1 de 7
Baixar para ler offline
INVESTIR EM ESPANHA




  Investir em Espanha
INVESTIR EM ESPANHA
                                                 O presidente do Brasil disse que as relações bilaterais estão em "muito promissor",
                                                 lembrou que no ano passado a relação de negócios atingiu EUA $ 8.000 milhões, e
                                                 que o Brasil é "um dos principais investidores e Espanha entre emergentes '.
                                                 Espanha no momento, após as reformas feitas pelo actual Governo para combater
                                                 a crise da dívida, tornou-se um dos países mais atraentes para os investidores
                                                 internacionais.

  A Espanha é o país europeu tem uma maior presença nas
  Américas, tendo sido o maior investidor no Brasil e na América
  Latina nos últimos 20 anos. Além disso, a adesão à União
  Europeia e Monetária dá-lhe acesso a um mercado de 450
  milhões de pessoas, mercado livre de tarifas, operando com
  uma moeda única.
  Tenha em mente que muitas empresas espanholas têm uma
  forte presença em outros países europeus, como o Banco
  Santander, Telefónica, Iberdrola, Ferrovial ACS e de construção,
  entre outros.

    Reforma da trabalho e os programas de ajuste diferentes, que foram realizados no negócio do país, permitiram
    uma redução significativa dos custos de trabalho. Além disso, a implementação de incentivos fiscais aos
    investidores estrangeiros, reduz significativamente o imposto sobre as sociedades.

http://ecodiario.eleconomista.es/interstitial/volver/orangesubv/espana/noticias/4405026/11/12/Rajoy-promete-todas-las-facilidades-a-las-nuevas-inversiones-de-america-
latina-en-espana.html


                                      Investir em Espanha
INVESTIR EM ESPANHA
                                     No entanto, um investidor estrangeiro pode precisar de aconselhamento ao investir
                                     em Espanha, devido à complexidade da legislação e da existência de 17 regiões,
                                     cada qual tem sua política própria terra industrial, incentivo investimento e
                                     regulação do mercado.
                                     Isto pode adicionar algumas complicações para os investidores estrangeiros para
                                     que eles sejam difíceis de determinar qual é o local ideal. Assim, desde o ITEC,
                                     oferecemos um serviço completo deste conhecimento fornece aconselhamento aos
                                     investidores e que lhes permite seleccionar as melhores opções.

Há uma grande rede de centros tecnológicos e universidades que realizam grandes
projetos de pesquisa e desenvolvimento de tecnologia, com cada região com a sua
própria estratégia de inovação regional, no âmbito da I & D nacionais e estratégias de
I R & D Programa-Quadro da UE.
Os principais órgãos de I + D + i no país são:
      •FEDIT. Centros de tecnologia de rede.
      •APTE. Rede de Ciência e Parques Tecnológicos.
      •OPTI. Observatório Foresight Tecnologia Industrial.
      •CDTI. Centro de Desenvolvimento Tecnológico Industrial.
      •MINECO. Ministério da Economia e Competitividade.
      •ICON. Espanhol Observatório de inovação e conhecimento.
      •ENISA. Companhia Nacional de Inovação.
      •Outros: Clusters, laboratório, consultoria, engenharia, ...

                            Investir em Espanha
Projetos Industriais
Para projetos industriais:
     •Conselhos sobre projeto de negócio.
     •Estudos setoriais.
     •Estratégico e planos de negócios.
     •Benchmarking e concorrentes.
     •Encontrar parceiros e associados.
     •Pesquisar para os trabalhadores.
     •Suporte I + D + i. Aconselhamento programas de assistência.
     •Estudos de mercado.
     •Estudos de marketing tecnológico.




                      Investir em Espanha
Diligências
A fim de facilitar o investimento estrangeiro, ITEC toma um conjunto muito amplo de passos, tais
como:
     •Formalidades administrativas para a criação de uma nova empresa.
     •Abertura de negócios permissões.
     •Relações com a Administração.
     •Pesquisa terrenos industriais, parques tecnológicos, parques industriais, armazéns,
     máquinas industriais, automação.
     •Pesquisar para os trabalhadores. Relatos de regulamentação do trabalho, elaboração de
     contratos de trabalho.
     •Busca e seleção de executivos
     •Elaboração de propostas de apoio ao investimento e P & D.




                     Investir em Espanha
El Instituto de Ingeniería y Tecnología de Cantabria (ITEC)
Somos um Centro de Inovação e Estratégia, que atua principalmente na metade norte da Espanha. Todo o nosso
pessoal é composto principalmente de Engenheiros Industriais de diferentes especialidades e estudos de pós-
graduação, o que nos permite cobrir uma ampla gama de serviços de consultoria de negócios em uma ampla gama
de setores: Alimentos, têxteis, papel, madeira, produtos químicos, metalurgia, automotivo, aeroespacial, energia e
construção.
Nos últimos anos, temos desenvolvido projetos de consultoria significativos, tanto privadas e setor público: a
formação de clusters, os planos regionais de energia, planos estratégicos, pesquisas de mercado, estudos de
diversificação industrial, estudos de marketing de tecnologia associadas às novas tecnologias, etc.
Além disso, temos passou muitos anos trabalhando com a administração pública e saber como interagir com seus
processos e métodos de trabalho.

Além disso, temos desenvolvido a partir de atividades ITEC para as
empresas estrangeiras que procuram locais na Espanha realizando
análise, aplicação parceiro de pesquisa, localização e quantificação de
potenciais clientes, estudos de viabilidade, localização dos auxílios
regionais e estaduais para investimento, análise de logística e
fornecedores-chave.


                        Investir em Espanha
Anúncio

Recomendados

Miguel Matos - Incubadoras e Aceleradoras em Portugal
Miguel Matos - Incubadoras e Aceleradoras em PortugalMiguel Matos - Incubadoras e Aceleradoras em Portugal
Miguel Matos - Incubadoras e Aceleradoras em PortugalJoão Tàtá dos Anjos
 
Carlos Medeiros - Competir sem Fronteiras
Carlos Medeiros - Competir sem FronteirasCarlos Medeiros - Competir sem Fronteiras
Carlos Medeiros - Competir sem FronteirasJoão Tàtá dos Anjos
 
Luís Miguel Ribeiro - Criar a Empresa
Luís Miguel Ribeiro - Criar a EmpresaLuís Miguel Ribeiro - Criar a Empresa
Luís Miguel Ribeiro - Criar a EmpresaJoão Tàtá dos Anjos
 
Ricardo Luz - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Ricardo Luz - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarialRicardo Luz - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Ricardo Luz - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarialJoão Tàtá dos Anjos
 
Pedro Rodrigues - Competir sem Fronteiras
Pedro Rodrigues - Competir sem FronteirasPedro Rodrigues - Competir sem Fronteiras
Pedro Rodrigues - Competir sem FronteirasJoão Tàtá dos Anjos
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E.
Agência para o Investimento e  Comércio Externo de Portugal, E.P.E. Agência para o Investimento e  Comércio Externo de Portugal, E.P.E.
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E. Cláudio Carneiro
 
Luís Duarte - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Luís Duarte - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarialLuís Duarte - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Luís Duarte - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarialJoão Tàtá dos Anjos
 
Jorge Faria - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Jorge Faria - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarialJorge Faria - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Jorge Faria - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarialJoão Tàtá dos Anjos
 
Duarte Rodrigues - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Duarte Rodrigues - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarialDuarte Rodrigues - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Duarte Rodrigues - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarialJoão Tàtá dos Anjos
 
A aicep Portugal Global | Sessão informativa 'Internacionalizar e as Empresas...
A aicep Portugal Global | Sessão informativa 'Internacionalizar e as Empresas...A aicep Portugal Global | Sessão informativa 'Internacionalizar e as Empresas...
A aicep Portugal Global | Sessão informativa 'Internacionalizar e as Empresas...Município de Ponte de Lima
 
Ana Sampaio - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo social
Ana Sampaio - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo socialAna Sampaio - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo social
Ana Sampaio - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo socialJoão Tàtá dos Anjos
 
Diana Costa - Testar o Mercado com Protótipos e Pilotos
Diana Costa - Testar o Mercado com Protótipos e PilotosDiana Costa - Testar o Mercado com Protótipos e Pilotos
Diana Costa - Testar o Mercado com Protótipos e PilotosJoão Tàtá dos Anjos
 
Filipe Santos - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo social
Filipe Santos - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo socialFilipe Santos - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo social
Filipe Santos - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo socialJoão Tàtá dos Anjos
 
Praticas de Comunicação Empresarial - CTT
Praticas de Comunicação Empresarial - CTTPraticas de Comunicação Empresarial - CTT
Praticas de Comunicação Empresarial - CTTSergio Pinto
 
118589385 29.peoe
118589385 29.peoe118589385 29.peoe
118589385 29.peoePelo Siro
 
Webinar: Como Iniciar Carreira Internacional
Webinar: Como Iniciar Carreira InternacionalWebinar: Como Iniciar Carreira Internacional
Webinar: Como Iniciar Carreira InternacionalABRACOMEX
 
Documento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_s
Documento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_sDocumento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_s
Documento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_sGon Henriques
 
Bolsa do Empreendedorismo - Teresa Mendes
Bolsa do Empreendedorismo - Teresa MendesBolsa do Empreendedorismo - Teresa Mendes
Bolsa do Empreendedorismo - Teresa MendesJoão Tàtá dos Anjos
 

Mais procurados (20)

Carlos Azevedo - Partilha de Valor
Carlos Azevedo - Partilha de Valor Carlos Azevedo - Partilha de Valor
Carlos Azevedo - Partilha de Valor
 
Horácio Pina Prata - Negociar
Horácio Pina Prata - NegociarHorácio Pina Prata - Negociar
Horácio Pina Prata - Negociar
 
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E.
Agência para o Investimento e  Comércio Externo de Portugal, E.P.E. Agência para o Investimento e  Comércio Externo de Portugal, E.P.E.
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E.
 
Luís Duarte - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Luís Duarte - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarialLuís Duarte - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Luís Duarte - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
 
Jorge Faria - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Jorge Faria - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarialJorge Faria - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Jorge Faria - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
 
ANJE - Think Global
ANJE - Think GlobalANJE - Think Global
ANJE - Think Global
 
Duarte Rodrigues - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Duarte Rodrigues - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarialDuarte Rodrigues - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
Duarte Rodrigues - Apoio ao Empreendedorismo e promoção do espírito empresarial
 
A aicep Portugal Global | Sessão informativa 'Internacionalizar e as Empresas...
A aicep Portugal Global | Sessão informativa 'Internacionalizar e as Empresas...A aicep Portugal Global | Sessão informativa 'Internacionalizar e as Empresas...
A aicep Portugal Global | Sessão informativa 'Internacionalizar e as Empresas...
 
Ana Sampaio - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo social
Ana Sampaio - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo socialAna Sampaio - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo social
Ana Sampaio - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo social
 
Guia de investimento_em_mocambique
Guia de investimento_em_mocambiqueGuia de investimento_em_mocambique
Guia de investimento_em_mocambique
 
Diana Costa - Testar o Mercado com Protótipos e Pilotos
Diana Costa - Testar o Mercado com Protótipos e PilotosDiana Costa - Testar o Mercado com Protótipos e Pilotos
Diana Costa - Testar o Mercado com Protótipos e Pilotos
 
Filipe Santos - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo social
Filipe Santos - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo socialFilipe Santos - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo social
Filipe Santos - Empreendedorismo feminino; Empreendedorismo social
 
Praticas de Comunicação Empresarial - CTT
Praticas de Comunicação Empresarial - CTTPraticas de Comunicação Empresarial - CTT
Praticas de Comunicação Empresarial - CTT
 
118589385 29.peoe
118589385 29.peoe118589385 29.peoe
118589385 29.peoe
 
Webinar: Como Iniciar Carreira Internacional
Webinar: Como Iniciar Carreira InternacionalWebinar: Como Iniciar Carreira Internacional
Webinar: Como Iniciar Carreira Internacional
 
Cietec
CietecCietec
Cietec
 
Documento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_s
Documento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_sDocumento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_s
Documento_de_Apresenta__o_-_600_Anos_de_Empreendedorismo_Portugu_s
 
Empr3
Empr3Empr3
Empr3
 
Empreendorismo por Paulo Soeiro de Carvalho
Empreendorismo por Paulo Soeiro de CarvalhoEmpreendorismo por Paulo Soeiro de Carvalho
Empreendorismo por Paulo Soeiro de Carvalho
 
Bolsa do Empreendedorismo - Teresa Mendes
Bolsa do Empreendedorismo - Teresa MendesBolsa do Empreendedorismo - Teresa Mendes
Bolsa do Empreendedorismo - Teresa Mendes
 

Destaque (10)

Higiene industrial
Higiene industrialHigiene industrial
Higiene industrial
 
Actividad 1 crs 1-deibis amaya pinedo
Actividad 1 crs 1-deibis amaya pinedoActividad 1 crs 1-deibis amaya pinedo
Actividad 1 crs 1-deibis amaya pinedo
 
Mision especial04
Mision especial04Mision especial04
Mision especial04
 
Himalaya tic
Himalaya ticHimalaya tic
Himalaya tic
 
MKT - Articles
MKT - ArticlesMKT - Articles
MKT - Articles
 
Apresentação de Evento - Empresa Fiorella
Apresentação de Evento - Empresa FiorellaApresentação de Evento - Empresa Fiorella
Apresentação de Evento - Empresa Fiorella
 
Mapa da violência jovens do brasil (2014)
Mapa da violência    jovens do brasil (2014)Mapa da violência    jovens do brasil (2014)
Mapa da violência jovens do brasil (2014)
 
Trabalho de logistica oficial 28-05
Trabalho de logistica oficial 28-05Trabalho de logistica oficial 28-05
Trabalho de logistica oficial 28-05
 
Leonardo da vinci
Leonardo da vinciLeonardo da vinci
Leonardo da vinci
 
Grupo 9 tipos de sistemas operativos
Grupo 9 tipos de sistemas operativosGrupo 9 tipos de sistemas operativos
Grupo 9 tipos de sistemas operativos
 

Semelhante a Investir em Espanha pt

A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...
A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...
A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...teixeiravasco
 
Innovo usach ambito publico negocios privados v3 portugues
Innovo usach ambito publico negocios privados v3 portuguesInnovo usach ambito publico negocios privados v3 portugues
Innovo usach ambito publico negocios privados v3 portuguesINNOVO USACH
 
Musikki vence 2ª Ed. do maior concurso de Empreendedorismo de base Tecnológic...
Musikki vence 2ª Ed. do maior concurso de Empreendedorismo de base Tecnológic...Musikki vence 2ª Ed. do maior concurso de Empreendedorismo de base Tecnológic...
Musikki vence 2ª Ed. do maior concurso de Empreendedorismo de base Tecnológic...Building Global Innovators (BGI)
 
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovaçãoBuilding Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovaçãoBuilding Global Innovators (BGI)
 
APDC_BROCHURA_2008_210
APDC_BROCHURA_2008_210APDC_BROCHURA_2008_210
APDC_BROCHURA_2008_210Vanda de Jesus
 
Incentivos financeiros 2014 2020
Incentivos financeiros 2014 2020Incentivos financeiros 2014 2020
Incentivos financeiros 2014 2020Rui Filipe Garcia
 
Nanotecnologia revoluciona a indústria. Entrevista de Vasco Teixeira a revist...
Nanotecnologia revoluciona a indústria. Entrevista de Vasco Teixeira a revist...Nanotecnologia revoluciona a indústria. Entrevista de Vasco Teixeira a revist...
Nanotecnologia revoluciona a indústria. Entrevista de Vasco Teixeira a revist...teixeiravasco
 
Sapiens Parque Florianópolis
Sapiens Parque FlorianópolisSapiens Parque Florianópolis
Sapiens Parque FlorianópolisCorretor Pimentel
 
Cartaxo - Cidade Do Conhecimento
Cartaxo - Cidade Do ConhecimentoCartaxo - Cidade Do Conhecimento
Cartaxo - Cidade Do ConhecimentoJosé Augusto
 
António Mota - Os caminhos da Internacionalização
António Mota - Os caminhos da InternacionalizaçãoAntónio Mota - Os caminhos da Internacionalização
António Mota - Os caminhos da InternacionalizaçãoEXPONOR
 
Os novos programas europeus e regionais para financiamento da economia no per...
Os novos programas europeus e regionais para financiamento da economia no per...Os novos programas europeus e regionais para financiamento da economia no per...
Os novos programas europeus e regionais para financiamento da economia no per...teixeiravasco
 

Semelhante a Investir em Espanha pt (20)

A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...
A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...
A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...
 
Brasiltec 10 05
Brasiltec 10 05Brasiltec 10 05
Brasiltec 10 05
 
Brasiltec out/2005
Brasiltec out/2005Brasiltec out/2005
Brasiltec out/2005
 
Innovo usach ambito publico negocios privados v3 portugues
Innovo usach ambito publico negocios privados v3 portuguesInnovo usach ambito publico negocios privados v3 portugues
Innovo usach ambito publico negocios privados v3 portugues
 
Musikki vence 2ª Ed. do maior concurso de Empreendedorismo de base Tecnológic...
Musikki vence 2ª Ed. do maior concurso de Empreendedorismo de base Tecnológic...Musikki vence 2ª Ed. do maior concurso de Empreendedorismo de base Tecnológic...
Musikki vence 2ª Ed. do maior concurso de Empreendedorismo de base Tecnológic...
 
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovaçãoBuilding Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
 
APDC_BROCHURA_2008_210
APDC_BROCHURA_2008_210APDC_BROCHURA_2008_210
APDC_BROCHURA_2008_210
 
Implantação do Plano de Ação de Unidade KraftGreen
Implantação do Plano de Ação de Unidade KraftGreenImplantação do Plano de Ação de Unidade KraftGreen
Implantação do Plano de Ação de Unidade KraftGreen
 
Edp & Sonae
Edp & Sonae Edp & Sonae
Edp & Sonae
 
BGI abre-se para o Mundo
BGI abre-se para o MundoBGI abre-se para o Mundo
BGI abre-se para o Mundo
 
Incentivos financeiros 2014 2020
Incentivos financeiros 2014 2020Incentivos financeiros 2014 2020
Incentivos financeiros 2014 2020
 
Nanotecnologia revoluciona a indústria. Entrevista de Vasco Teixeira a revist...
Nanotecnologia revoluciona a indústria. Entrevista de Vasco Teixeira a revist...Nanotecnologia revoluciona a indústria. Entrevista de Vasco Teixeira a revist...
Nanotecnologia revoluciona a indústria. Entrevista de Vasco Teixeira a revist...
 
José vital morgado
José vital morgadoJosé vital morgado
José vital morgado
 
Sapiens Parque Florianópolis
Sapiens Parque FlorianópolisSapiens Parque Florianópolis
Sapiens Parque Florianópolis
 
Cartaxo - Cidade Do Conhecimento
Cartaxo - Cidade Do ConhecimentoCartaxo - Cidade Do Conhecimento
Cartaxo - Cidade Do Conhecimento
 
António Mota - Os caminhos da Internacionalização
António Mota - Os caminhos da InternacionalizaçãoAntónio Mota - Os caminhos da Internacionalização
António Mota - Os caminhos da Internacionalização
 
Adit sul
Adit sulAdit sul
Adit sul
 
Consumo e Poupança
Consumo e PoupançaConsumo e Poupança
Consumo e Poupança
 
Os novos programas europeus e regionais para financiamento da economia no per...
Os novos programas europeus e regionais para financiamento da economia no per...Os novos programas europeus e regionais para financiamento da economia no per...
Os novos programas europeus e regionais para financiamento da economia no per...
 
Fundap
FundapFundap
Fundap
 

Último

ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.
ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.
ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.Unicesumar
 
Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...
Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...
Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...Unicesumar
 
Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...
Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...
Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...Unicesumar
 
Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...
Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...
Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...AcademicaDlaUnicesum
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...Unicesumar
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...
ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...
ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...Unicesumar
 
Com base nas informações sobre Aline (Perfil 2), calcule a carga predita de 1...
Com base nas informações sobre Aline (Perfil 2), calcule a carga predita de 1...Com base nas informações sobre Aline (Perfil 2), calcule a carga predita de 1...
Com base nas informações sobre Aline (Perfil 2), calcule a carga predita de 1...Unicesumar
 
MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024
MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024
MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024Unicesumar
 
A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...
A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...
A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...Unicesumar
 
Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...
Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...
Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...Unicesumar
 

Último (10)

ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.
ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.
ATIVIDADE 1 – PROTOCOLO E PROCEDIMENTO DE COLETA DAS MEDIDAS.
 
Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...
Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...
Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como o objetivo...
 
Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...
Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...
Analisando o objetivo de Matheus (Perfil 1), o treinamento resistido será des...
 
Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...
Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...
Um dos materiais mais utilizados em salas de aula na educação escolar pública...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...
ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...
ATIVIDADE 1 - BEDU - EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSI...
 
Com base nas informações sobre Aline (Perfil 2), calcule a carga predita de 1...
Com base nas informações sobre Aline (Perfil 2), calcule a carga predita de 1...Com base nas informações sobre Aline (Perfil 2), calcule a carga predita de 1...
Com base nas informações sobre Aline (Perfil 2), calcule a carga predita de 1...
 
MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024
MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024
MAPA - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - 51/2024
 
A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...
A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...
A molécula de ATP e formada por açúcar (ribose), ligado a uma base nitrogenad...
 
Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...
Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...
Com base nos estudos e material da disciplina, explique por qual motivo o tre...
 

Investir em Espanha pt

  • 1. INVESTIR EM ESPANHA Investir em Espanha
  • 2. INVESTIR EM ESPANHA O presidente do Brasil disse que as relações bilaterais estão em "muito promissor", lembrou que no ano passado a relação de negócios atingiu EUA $ 8.000 milhões, e que o Brasil é "um dos principais investidores e Espanha entre emergentes '. Espanha no momento, após as reformas feitas pelo actual Governo para combater a crise da dívida, tornou-se um dos países mais atraentes para os investidores internacionais. A Espanha é o país europeu tem uma maior presença nas Américas, tendo sido o maior investidor no Brasil e na América Latina nos últimos 20 anos. Além disso, a adesão à União Europeia e Monetária dá-lhe acesso a um mercado de 450 milhões de pessoas, mercado livre de tarifas, operando com uma moeda única. Tenha em mente que muitas empresas espanholas têm uma forte presença em outros países europeus, como o Banco Santander, Telefónica, Iberdrola, Ferrovial ACS e de construção, entre outros. Reforma da trabalho e os programas de ajuste diferentes, que foram realizados no negócio do país, permitiram uma redução significativa dos custos de trabalho. Além disso, a implementação de incentivos fiscais aos investidores estrangeiros, reduz significativamente o imposto sobre as sociedades. http://ecodiario.eleconomista.es/interstitial/volver/orangesubv/espana/noticias/4405026/11/12/Rajoy-promete-todas-las-facilidades-a-las-nuevas-inversiones-de-america- latina-en-espana.html Investir em Espanha
  • 3. INVESTIR EM ESPANHA No entanto, um investidor estrangeiro pode precisar de aconselhamento ao investir em Espanha, devido à complexidade da legislação e da existência de 17 regiões, cada qual tem sua política própria terra industrial, incentivo investimento e regulação do mercado. Isto pode adicionar algumas complicações para os investidores estrangeiros para que eles sejam difíceis de determinar qual é o local ideal. Assim, desde o ITEC, oferecemos um serviço completo deste conhecimento fornece aconselhamento aos investidores e que lhes permite seleccionar as melhores opções. Há uma grande rede de centros tecnológicos e universidades que realizam grandes projetos de pesquisa e desenvolvimento de tecnologia, com cada região com a sua própria estratégia de inovação regional, no âmbito da I & D nacionais e estratégias de I R & D Programa-Quadro da UE. Os principais órgãos de I + D + i no país são: •FEDIT. Centros de tecnologia de rede. •APTE. Rede de Ciência e Parques Tecnológicos. •OPTI. Observatório Foresight Tecnologia Industrial. •CDTI. Centro de Desenvolvimento Tecnológico Industrial. •MINECO. Ministério da Economia e Competitividade. •ICON. Espanhol Observatório de inovação e conhecimento. •ENISA. Companhia Nacional de Inovação. •Outros: Clusters, laboratório, consultoria, engenharia, ... Investir em Espanha
  • 4. Projetos Industriais Para projetos industriais: •Conselhos sobre projeto de negócio. •Estudos setoriais. •Estratégico e planos de negócios. •Benchmarking e concorrentes. •Encontrar parceiros e associados. •Pesquisar para os trabalhadores. •Suporte I + D + i. Aconselhamento programas de assistência. •Estudos de mercado. •Estudos de marketing tecnológico. Investir em Espanha
  • 5. Diligências A fim de facilitar o investimento estrangeiro, ITEC toma um conjunto muito amplo de passos, tais como: •Formalidades administrativas para a criação de uma nova empresa. •Abertura de negócios permissões. •Relações com a Administração. •Pesquisa terrenos industriais, parques tecnológicos, parques industriais, armazéns, máquinas industriais, automação. •Pesquisar para os trabalhadores. Relatos de regulamentação do trabalho, elaboração de contratos de trabalho. •Busca e seleção de executivos •Elaboração de propostas de apoio ao investimento e P & D. Investir em Espanha
  • 6. El Instituto de Ingeniería y Tecnología de Cantabria (ITEC) Somos um Centro de Inovação e Estratégia, que atua principalmente na metade norte da Espanha. Todo o nosso pessoal é composto principalmente de Engenheiros Industriais de diferentes especialidades e estudos de pós- graduação, o que nos permite cobrir uma ampla gama de serviços de consultoria de negócios em uma ampla gama de setores: Alimentos, têxteis, papel, madeira, produtos químicos, metalurgia, automotivo, aeroespacial, energia e construção. Nos últimos anos, temos desenvolvido projetos de consultoria significativos, tanto privadas e setor público: a formação de clusters, os planos regionais de energia, planos estratégicos, pesquisas de mercado, estudos de diversificação industrial, estudos de marketing de tecnologia associadas às novas tecnologias, etc. Além disso, temos passou muitos anos trabalhando com a administração pública e saber como interagir com seus processos e métodos de trabalho. Além disso, temos desenvolvido a partir de atividades ITEC para as empresas estrangeiras que procuram locais na Espanha realizando análise, aplicação parceiro de pesquisa, localização e quantificação de potenciais clientes, estudos de viabilidade, localização dos auxílios regionais e estaduais para investimento, análise de logística e fornecedores-chave. Investir em Espanha
  • 7. http://www.iteccantabria.com/innovacion/consultoriaest.html http://www.linkedin.com/profile/view?id=761004&trk=hb_tab_pro_top Gracias por su atención Luis Villaverde Departamento Consultoría Estratégica 942 364101 Investir em Espanha lvf@iteccantabria.com