SlideShare uma empresa Scribd logo

AULA 1111.pptx

segurança do trabalho

AULA 1111.pptx

1 de 20
Baixar para ler offline
Disciplina: Segurança doTrabalho
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO E SINALIZAÇÃO
DE SEGURANÇA
INTRODUÇÃO
 Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e
Equipamento de Proteção Coletiva (EPCs) são dispositivos
utilizados à proteção de trabalhadores durante realização de
suas atividades.
 Sinalização de Segurança - alerta ao trabalhador sobre
situações perigosas, atitudes indevidas no ambiente de
trabalho, orienta sobre os equipamentos de
proteção necessários para evitar acidentes em determinada
atividade.
2
3
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO
 O equipamento de proteção é todo e qualquer dispositivo individual (EPI) ou coletivo (EPC),
de fabricação em série ou desenvolvido especialmente para o caso,
 Destinado a proteger a saúde e a integridade física do trabalhador,
 Projetado conforme os riscos levantados e os tempos de exposição observados,
 Instalado em campo por pessoal especializado,
 Segundo as peculiaridades do ambiente e/ ou do trabalhador,
 Trabalhador deve ser treinado no correto emprego do dispositivo e terá seus resultados
monitorados para averiguação da manutenção de sua eficácia.
4
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO
 Ao adquirir EPI, deve-se ter a preocupação de que eles possuam o
Certificado de Aprovação (CA), sem o qual o equipamento não terá
validade legal.
5
 De acordo com a Portaria 3214 de 08 de julho de 1978, em sua
NR 6, a empresa é obrigada a fornecer gratuitamente a seus
funcionários os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para
proteção adequada aos riscos existentes no local de trabalho,
sempre que as medidas de controle coletivas forem inviáveis ou
estiverem em fase de implantação.
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO
Responsabilidade da empresa - controlar e disciplinar o uso dos equipamentos
fornecidos, cabendo-lhe a aplicação das punições previstas em lei para aquele que se
recusar a usá-los.
Responsabilidade dos empregados - usar os EPIs recomendados pela empresa e zelar
por sua conservação.
6

Recomendados

EPIs - NR6 - AULA 7.pdf
EPIs - NR6 - AULA 7.pdfEPIs - NR6 - AULA 7.pdf
EPIs - NR6 - AULA 7.pdfGleicySantos11
 
1185024827 equipamentos proteccao_colectiva_e_proteccao_individual
1185024827 equipamentos proteccao_colectiva_e_proteccao_individual1185024827 equipamentos proteccao_colectiva_e_proteccao_individual
1185024827 equipamentos proteccao_colectiva_e_proteccao_individualPelo Siro
 
Apostila equipamentos de_protecao_individual
Apostila equipamentos de_protecao_individualApostila equipamentos de_protecao_individual
Apostila equipamentos de_protecao_individualmrto10
 
119167864 1641.epis
119167864 1641.epis119167864 1641.epis
119167864 1641.episPelo Siro
 
Uso correto dos EPIs Sidinei
Uso correto dos EPIs   SidineiUso correto dos EPIs   Sidinei
Uso correto dos EPIs SidineiSidiseguranca
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a AULA 1111.pptx

Apostila Equipamentos de Proteção Individual
Apostila Equipamentos de Proteção IndividualApostila Equipamentos de Proteção Individual
Apostila Equipamentos de Proteção IndividualIkaika Epi
 
Apostila_Equipamentos_de_Protecao_Individual (1).pptx
Apostila_Equipamentos_de_Protecao_Individual (1).pptxApostila_Equipamentos_de_Protecao_Individual (1).pptx
Apostila_Equipamentos_de_Protecao_Individual (1).pptxMarceloNunesSampaio
 
1 - NR 6 – EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - R5 (1).pdf
1 - NR 6 – EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - R5 (1).pdf1 - NR 6 – EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - R5 (1).pdf
1 - NR 6 – EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - R5 (1).pdfAntonioSouzs
 
Equipamentos Protecção Individual- EPI´s
Equipamentos Protecção Individual- EPI´s    Equipamentos Protecção Individual- EPI´s
Equipamentos Protecção Individual- EPI´s Paula Barroca
 
4. hst epi's e sinalização de segurança
4. hst epi's e sinalização de segurança4. hst epi's e sinalização de segurança
4. hst epi's e sinalização de segurançaGilson Adao
 
Treinamento de NR06 Sem os vídeos.pptx
Treinamento de NR06 Sem os vídeos.pptxTreinamento de NR06 Sem os vídeos.pptx
Treinamento de NR06 Sem os vídeos.pptxeversonclaudino21
 
M7 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M7 Equipamento de Protecao Individual.pptxM7 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M7 Equipamento de Protecao Individual.pptxsoniaalmeida38
 
Treinamento de epi novo reparado mecnil
Treinamento de epi novo reparado  mecnilTreinamento de epi novo reparado  mecnil
Treinamento de epi novo reparado mecnilYthia Karla
 
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.pdf
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.pdfEQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.pdf
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.pdfssuser22319e
 
M07 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M07 Equipamento de Protecao Individual.pptxM07 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M07 Equipamento de Protecao Individual.pptxsoniaalmeida38
 
A utilizao dos EPIS No espao de Trabalho.pptx
A utilizao dos EPIS No espao de Trabalho.pptxA utilizao dos EPIS No espao de Trabalho.pptx
A utilizao dos EPIS No espao de Trabalho.pptxVilsonBernardoStollm
 
EPI Membros Superiores
EPI Membros Superiores EPI Membros Superiores
EPI Membros Superiores Jeflds
 

Semelhante a AULA 1111.pptx (20)

Apostila Equipamentos de Proteção Individual
Apostila Equipamentos de Proteção IndividualApostila Equipamentos de Proteção Individual
Apostila Equipamentos de Proteção Individual
 
Apostila_Equipamentos_de_Protecao_Individual (1).pptx
Apostila_Equipamentos_de_Protecao_Individual (1).pptxApostila_Equipamentos_de_Protecao_Individual (1).pptx
Apostila_Equipamentos_de_Protecao_Individual (1).pptx
 
1 - NR 6 – EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - R5 (1).pdf
1 - NR 6 – EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - R5 (1).pdf1 - NR 6 – EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - R5 (1).pdf
1 - NR 6 – EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - R5 (1).pdf
 
Equipamentos Protecção Individual- EPI´s
Equipamentos Protecção Individual- EPI´s    Equipamentos Protecção Individual- EPI´s
Equipamentos Protecção Individual- EPI´s
 
4. hst epi's e sinalização de segurança
4. hst epi's e sinalização de segurança4. hst epi's e sinalização de segurança
4. hst epi's e sinalização de segurança
 
Treinamento de NR06 Sem os vídeos.pptx
Treinamento de NR06 Sem os vídeos.pptxTreinamento de NR06 Sem os vídeos.pptx
Treinamento de NR06 Sem os vídeos.pptx
 
M7 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M7 Equipamento de Protecao Individual.pptxM7 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M7 Equipamento de Protecao Individual.pptx
 
Treinamento de epi novo reparado mecnil
Treinamento de epi novo reparado  mecnilTreinamento de epi novo reparado  mecnil
Treinamento de epi novo reparado mecnil
 
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.pdf
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.pdfEQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.pdf
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.pdf
 
Slides 03
Slides   03Slides   03
Slides 03
 
Aula 5 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 5 - Higiene e Segurança do TrabalhoAula 5 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 5 - Higiene e Segurança do Trabalho
 
M07 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M07 Equipamento de Protecao Individual.pptxM07 Equipamento de Protecao Individual.pptx
M07 Equipamento de Protecao Individual.pptx
 
A utilizao dos EPIS No espao de Trabalho.pptx
A utilizao dos EPIS No espao de Trabalho.pptxA utilizao dos EPIS No espao de Trabalho.pptx
A utilizao dos EPIS No espao de Trabalho.pptx
 
Epi's
Epi'sEpi's
Epi's
 
EPI Membros Superiores
EPI Membros Superiores EPI Membros Superiores
EPI Membros Superiores
 
Epi’s
Epi’sEpi’s
Epi’s
 
EPIs EPCs.docx
EPIs EPCs.docxEPIs EPCs.docx
EPIs EPCs.docx
 
NR 06 - EPI.pptx
NR 06 - EPI.pptxNR 06 - EPI.pptx
NR 06 - EPI.pptx
 
Aula epi epc
Aula epi epcAula epi epc
Aula epi epc
 
Epi epc
Epi   epcEpi   epc
Epi epc
 

Mais de Karollyna Maciel

Apresentação Caminhão hidrojato.pptx
Apresentação Caminhão hidrojato.pptxApresentação Caminhão hidrojato.pptx
Apresentação Caminhão hidrojato.pptxKarollyna Maciel
 
Aula 2 - SLIDES - Atividade respiratória.pptx
Aula 2 - SLIDES - Atividade respiratória.pptxAula 2 - SLIDES - Atividade respiratória.pptx
Aula 2 - SLIDES - Atividade respiratória.pptxKarollyna Maciel
 
1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt
1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt
1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.pptKarollyna Maciel
 
AULA 3 - SLIDES - Escalas.pptx
AULA 3 - SLIDES - Escalas.pptxAULA 3 - SLIDES - Escalas.pptx
AULA 3 - SLIDES - Escalas.pptxKarollyna Maciel
 
1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt
1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt
1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.pptKarollyna Maciel
 
ANÁLISE ERGONÔMICA DOS POSTOS DE TRABALHO.ppt
ANÁLISE ERGONÔMICA DOS POSTOS DE TRABALHO.pptANÁLISE ERGONÔMICA DOS POSTOS DE TRABALHO.ppt
ANÁLISE ERGONÔMICA DOS POSTOS DE TRABALHO.pptKarollyna Maciel
 
ACIDENTE COM LIXADEIRA 1.ppt
ACIDENTE COM LIXADEIRA 1.pptACIDENTE COM LIXADEIRA 1.ppt
ACIDENTE COM LIXADEIRA 1.pptKarollyna Maciel
 
Trabalho_20em_20Altura[1].ppt
Trabalho_20em_20Altura[1].pptTrabalho_20em_20Altura[1].ppt
Trabalho_20em_20Altura[1].pptKarollyna Maciel
 
Manual montagens de andaimes NBR.ppt
Manual montagens de andaimes NBR.pptManual montagens de andaimes NBR.ppt
Manual montagens de andaimes NBR.pptKarollyna Maciel
 
Artigo de Ergonômia - Flávio.ppt
Artigo de Ergonômia - Flávio.pptArtigo de Ergonômia - Flávio.ppt
Artigo de Ergonômia - Flávio.pptKarollyna Maciel
 
seguranca-caminhao-munk.pptx
seguranca-caminhao-munk.pptxseguranca-caminhao-munk.pptx
seguranca-caminhao-munk.pptxKarollyna Maciel
 

Mais de Karollyna Maciel (20)

2.ppt
2.ppt2.ppt
2.ppt
 
Apresentação Caminhão hidrojato.pptx
Apresentação Caminhão hidrojato.pptxApresentação Caminhão hidrojato.pptx
Apresentação Caminhão hidrojato.pptx
 
CERTIFICADO_CIPA5.ppt
CERTIFICADO_CIPA5.pptCERTIFICADO_CIPA5.ppt
CERTIFICADO_CIPA5.ppt
 
Aula 2 - SLIDES - Atividade respiratória.pptx
Aula 2 - SLIDES - Atividade respiratória.pptxAula 2 - SLIDES - Atividade respiratória.pptx
Aula 2 - SLIDES - Atividade respiratória.pptx
 
AULA1-~1.pptx
AULA1-~1.pptxAULA1-~1.pptx
AULA1-~1.pptx
 
AULA 3 - Escalas.pptx
AULA 3 - Escalas.pptxAULA 3 - Escalas.pptx
AULA 3 - Escalas.pptx
 
1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt
1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt
1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt
 
AULA 3 - SLIDES - Escalas.pptx
AULA 3 - SLIDES - Escalas.pptxAULA 3 - SLIDES - Escalas.pptx
AULA 3 - SLIDES - Escalas.pptx
 
2.pptx
2.pptx2.pptx
2.pptx
 
Escalas.pptx
Escalas.pptxEscalas.pptx
Escalas.pptx
 
1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt
1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt
1- Aula 1 -definicao e instrumentos- 2012.1.ppt
 
ANÁLISE ERGONÔMICA DOS POSTOS DE TRABALHO.ppt
ANÁLISE ERGONÔMICA DOS POSTOS DE TRABALHO.pptANÁLISE ERGONÔMICA DOS POSTOS DE TRABALHO.ppt
ANÁLISE ERGONÔMICA DOS POSTOS DE TRABALHO.ppt
 
ACIDENTE COM LIXADEIRA 1.ppt
ACIDENTE COM LIXADEIRA 1.pptACIDENTE COM LIXADEIRA 1.ppt
ACIDENTE COM LIXADEIRA 1.ppt
 
NR 20 Manuseio.ppt
NR 20 Manuseio.pptNR 20 Manuseio.ppt
NR 20 Manuseio.ppt
 
Trabalho_20em_20Altura[1].ppt
Trabalho_20em_20Altura[1].pptTrabalho_20em_20Altura[1].ppt
Trabalho_20em_20Altura[1].ppt
 
Manual montagens de andaimes NBR.ppt
Manual montagens de andaimes NBR.pptManual montagens de andaimes NBR.ppt
Manual montagens de andaimes NBR.ppt
 
ESCADAS[1].ppt
ESCADAS[1].pptESCADAS[1].ppt
ESCADAS[1].ppt
 
ALTURA___Curso[1].PPT
ALTURA___Curso[1].PPTALTURA___Curso[1].PPT
ALTURA___Curso[1].PPT
 
Artigo de Ergonômia - Flávio.ppt
Artigo de Ergonômia - Flávio.pptArtigo de Ergonômia - Flávio.ppt
Artigo de Ergonômia - Flávio.ppt
 
seguranca-caminhao-munk.pptx
seguranca-caminhao-munk.pptxseguranca-caminhao-munk.pptx
seguranca-caminhao-munk.pptx
 

Último

Artigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdf
Artigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdfArtigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdf
Artigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdfCassioZakabi
 
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...mariaclarinhaa2723
 
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...AcademicaDlaUnicesum
 
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docxdaimonkonicz6
 
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...daimonkonicz6
 
Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...
Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...
Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...AaAssessoriadll
 
Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...
Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...
Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...Unicesumar
 
Química Geral - Aula 1 - Introdução.pdf
Química Geral - Aula 1 - Introdução.pdfQuímica Geral - Aula 1 - Introdução.pdf
Química Geral - Aula 1 - Introdução.pdfphvs120
 
A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...
A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...
A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...AaAssessoriadll
 
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docxdaimonkonicz6
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...daimonkonicz6
 
(43)98816 5388 ASSESSORIA ECIV - MAPA - CONCEITOS DA ADMINISTRAÇÃO E ÉTICA E...
(43)98816 5388 ASSESSORIA  ECIV - MAPA - CONCEITOS DA ADMINISTRAÇÃO E ÉTICA E...(43)98816 5388 ASSESSORIA  ECIV - MAPA - CONCEITOS DA ADMINISTRAÇÃO E ÉTICA E...
(43)98816 5388 ASSESSORIA ECIV - MAPA - CONCEITOS DA ADMINISTRAÇÃO E ÉTICA E...daimonkonicz6
 
75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt
75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt
75172524-rolamentos-especificacao-falhas.pptJefersonCavalcante10
 
O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...
O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...
O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...AcademicaDlaUnicesum
 

Último (15)

Artigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdf
Artigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdfArtigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdf
Artigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdf
 
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
 
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
 
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx
 
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...
 
Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...
Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...
Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...
 
Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...
Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...
Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...
 
Química Geral - Aula 1 - Introdução.pdf
Química Geral - Aula 1 - Introdução.pdfQuímica Geral - Aula 1 - Introdução.pdf
Química Geral - Aula 1 - Introdução.pdf
 
A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...
A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...
A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...
 
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...
 
(43)98816 5388 ASSESSORIA ECIV - MAPA - CONCEITOS DA ADMINISTRAÇÃO E ÉTICA E...
(43)98816 5388 ASSESSORIA  ECIV - MAPA - CONCEITOS DA ADMINISTRAÇÃO E ÉTICA E...(43)98816 5388 ASSESSORIA  ECIV - MAPA - CONCEITOS DA ADMINISTRAÇÃO E ÉTICA E...
(43)98816 5388 ASSESSORIA ECIV - MAPA - CONCEITOS DA ADMINISTRAÇÃO E ÉTICA E...
 
75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt
75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt
75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt
 
O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...
O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...
O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...
 

AULA 1111.pptx

  • 1. Disciplina: Segurança doTrabalho EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO E SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA
  • 2. INTRODUÇÃO  Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e Equipamento de Proteção Coletiva (EPCs) são dispositivos utilizados à proteção de trabalhadores durante realização de suas atividades.  Sinalização de Segurança - alerta ao trabalhador sobre situações perigosas, atitudes indevidas no ambiente de trabalho, orienta sobre os equipamentos de proteção necessários para evitar acidentes em determinada atividade. 2
  • 4. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO  O equipamento de proteção é todo e qualquer dispositivo individual (EPI) ou coletivo (EPC), de fabricação em série ou desenvolvido especialmente para o caso,  Destinado a proteger a saúde e a integridade física do trabalhador,  Projetado conforme os riscos levantados e os tempos de exposição observados,  Instalado em campo por pessoal especializado,  Segundo as peculiaridades do ambiente e/ ou do trabalhador,  Trabalhador deve ser treinado no correto emprego do dispositivo e terá seus resultados monitorados para averiguação da manutenção de sua eficácia. 4
  • 5. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO  Ao adquirir EPI, deve-se ter a preocupação de que eles possuam o Certificado de Aprovação (CA), sem o qual o equipamento não terá validade legal. 5  De acordo com a Portaria 3214 de 08 de julho de 1978, em sua NR 6, a empresa é obrigada a fornecer gratuitamente a seus funcionários os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para proteção adequada aos riscos existentes no local de trabalho, sempre que as medidas de controle coletivas forem inviáveis ou estiverem em fase de implantação.
  • 6. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO Responsabilidade da empresa - controlar e disciplinar o uso dos equipamentos fornecidos, cabendo-lhe a aplicação das punições previstas em lei para aquele que se recusar a usá-los. Responsabilidade dos empregados - usar os EPIs recomendados pela empresa e zelar por sua conservação. 6
  • 7. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO COLETIVA - EPCs  São equipamentos instalados no local de trabalho que servem para proteger mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Exemplos: • Biombos, • Exaustores, • Ventiladores, • Paredes acústicas e térmicas, • Iluminação de emergência, • Alarmes, • Extintores, etc. 7
  • 8. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO COLETIVA - EPCs  IMPORTÂNCIA DOS EPCs  Como medidas de controle perante a ação de agentes potencialmente insalubres.  Objetivo: neutralização ou eliminação da insalubridade, consequentemente a preservação da saúde e integridade física do trabalhador. Exemplos: • Barreira para solda, • Barreiras acústicas, • Cabine de pintura com exaustão e cortina d’água, • Isolantes acústicos, • Enclausuramento acústico, • Isolamento térmico, etc. 8
  • 9. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPIs  EPIs - recursos amplamente utilizados para ampliar a segurança do trabalhador.  Grande responsabilidade, tanto por parte da empresa quanto à seleção, escolha e treinamento dos usuários;  Próprio empregado em dele fazer uso para o bem da sua própria integridade física diante da existência dos mais variados riscos aos quais se expõe nos ambientes de trabalho. 9
  • 10. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPIs EXIGÊNCIA LEGAL PARA EMPRESA E EMPREGADO  A Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, relativo à Segurança e Medicina do Trabalho, informa: 10 Art. 166 – A empresa é obrigada a fornecer aos empregados, gratuitamente, equipamentos adequados ao risco e em perfeito estado de conservação e funcionamento, sempre que as medidas de ordem geral não ofereçam completa proteção contra os riscos de acidentes e danos à saúde dos empregados. Art. 167 – O equipamento de proteção só poderá ser posto à venda ou utilizado com a indicação do Certificado de Aprovação do Ministério doTrabalho
  • 11. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPIs  De um modo geral, os EPI devem ser limpos e desinfetados cada vez em que há troca de usuário, bem como, também oferecer-lhe lugar próprio para guardá-lo após seu uso.  Recomenda-se manter um fichário para controlar o fornecimento dos Equipamentos de Proteção Individual, de modo que cada equipamento entregue receba a assinatura do usuário na data da entrega. 11
  • 12. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPIs CLASSIFICAÇÃO DOS EPIs QUANTO A SUA PROTEÇÃO: 1. Proteção para a cabeça, 2. Proteção visual e facial, 3. Proteção respiratória, 4. Proteção auricular, 5. Proteção para o tronco, 6. Proteção para os membros superiores, 7. Proteção para membros inferiores, 8. Cremes de proteção, 9. Proteção contra quedas. 12
  • 13. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPIs 1. Proteção para a cabeça Riscos: impactos, penetrações, choque elétrico, queimaduras, arrancamento de cabelos ou do couro cabeludo. Protetores: capacete de segurança, bonés, gorros e redes. 13
  • 14. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPIs 2. Proteção visual e facial Riscos: impacto de partículas sólidas ou líquidas, irritação por gases, vapores, poeiras, fumos, fumaças, névoas, neblinas, radiação luminosa com intensa queimadura. Protetores: óculos. Protetores faciais: visam dar proteção à face e ao pescoço, contra impacto de partículas e respingos de líquidos prejudiciais e, também, a dar proteção contra ofuscamento e calor radiante, onde necessário. 14
  • 15. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPIs 3. Proteção respiratória Riscos: deficiência de oxigênio no ambiente e contaminantes nocivos presentes no ambiente. Protetores: máscaras com filtros químicos, máscaras com filtros mecânicos e máscaras com filtros combinados. 15
  • 16. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPIs Proteção respiratória • Aparelhos de isolamento: São aqueles que fornecem ao indivíduo uma atmosfera respirável, conseguida independentemente do ambiente de trabalho; são equipamentos que isolam o usuário do seu ambiente, vindo o ar respirável de outras fontes. O seu uso é para ambientes contaminados a altas concentrações, ou pobres em oxigênio. 16
  • 17. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPIs 4. Proteção auricular Riscos: ruído excessivo > 85 dB. Protetores: protetores de inserção protetores de circum-auriculares (tipo concha). 17
  • 18. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPIs 5. Proteção para o tronco Riscos: cortes e atritos, projeção de partículas, golpes, abrasão, calor radiante, respingos de material fundente (em fusão), respingos de ácidos, substâncias nocivas e umidade. Protetores: aventais, jaquetas ou conjunto de jaqueta e calça e capas. Podem ser confeccionados nos mais diversos materiais, em couro, PVC, neoprene, amianto aluminizado, tecido, borracha, plástico e malha de aço, conforme o risco envolvido. 18
  • 19. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPIs 6. Proteção para os membros superiores Riscos: golpes, cortes, abrasão, substâncias químicas, queimaduras, choque elétrico e radiações ionizantes. Protetores: luvas protetoras da palma da mão, protetores de punho, mangas e mangotes, confeccionados em couro, borracha, neoprene, cloreto de polivinita (PVC), amianto, tecidos e malha de aço. 19
  • 20. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPIs 7. Proteção para membros inferiores Riscos: superfícies cortantes e abrasivas, objetos perfurantes, substâncias químicas, choque elétrico, agentes térmicos, impacto de objetos, pressão estática e umidade. Protetores: sapatos, botinas, botas, chancas (calçado com solado de madeira), sapatão de aço corrugado (protetor metálico), protetor do dorso do pé (metálico), perneira (perneira com polaina ou tala), caneleiras, confeccionados em couro, borracha, PVC, neoprene, tecido, e aço. 20

Notas do Editor

  1. Nós temos 4 Esses quatro elementos tanto
  2. Nós temos 4 Esses quatro elementos tanto
  3. Nós temos 4 Esses quatro elementos tanto
  4. Nós temos 4 Esses quatro elementos tanto
  5. Nós temos 4 Esses quatro elementos tanto
  6.  Biombos para Solda são acessório fundamentais para proteção UV, arremesso de partículas sólidas ou líquidas em processos industriais. Os exaustores são aparelhos utilizados para a ventilação de ambientes com excesso de temperatura, umidade, vapores, fumaça, mofo, odores.
  7. São recursos assumindo papel de grande responsabilidade, como também do próprio empregado.