Apresentação Clip

188 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
188
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Clip

  1. 1. CLIP – Recursos e Desenvolvimento Missão: Fortalecer de forma participada a ação de pessoas individuais e coletivas que promovam o desenvolvimento local. Modelo de governança partilhada Sociedade Civil Sector Privado Sector Público Participação Parceria Partilha
  2. 2. Necessidade : Aumento Capacidade de Resposta de Organizações da Economia Social O CLIP surge da necessidade de… … apoio logístico às organizações do território; … promover uma maior partilha dos recursos materiais e imateriais; … promover a criação de redes e parcerias; … apoiar a dinamização de atividades a custos mais reduzidos; … facilitar a aquisição de novas competências.
  3. 3. Plataforma de Partilha de Recursos Espaço de co-work Formação Biblioteca de Desenvolvimento Local Cyber Café Bolsa de Voluntariado Newsletter de Financiamentos Protocolos de compras Respostas/Serviços do CLIP
  4. 4. Âmbito e objetivos da análise Acesso a Recursos (tangíveis e intangíveis) uma das áreas que foi objeto de maior reflexão; maior potencial de efeitos multiplicadores.
  5. 5. Índice SROI obtido Por cada 1€ Investido 4,22€ de Retorno Social Teoria da Mudança Distância Percorrida Aproximações Financeiras Redução Sensibilidade
  6. 6. Dos Stakeholders à teoria da mudança Entidades da Sociedade Civil • Redução dos custos atividades/serviços • Criação rede de parceiros • Aumento da capacidade de resposta • Maior acesso a informação financiamentos • Aumento de competências Empresas Locais e Extraterritoriais • Aumento do volume de vendas • Melhoria da imagem da empresa perante as Associações de Base Local • Melhoria das ações de RSE • Aumento de competências • Criação rede de parceiros MUDANÇAS
  7. 7. Dos Stakeholders à teoria da mudança Sector Público • Criação de uma rede de parceiros • Aumento do envolvimento com dinâmicas territoriais Pessoas Individuais • Redução de custos • Aumento de competências • Maior acesso a recursos diversos • Aumento do envolvimento com dinâmicas territoriais MUDANÇAS
  8. 8. Quanto custa e quem investe Stakeholder Investimento Valor Entidades da Sociedade Civil Quota 275,00€ Tempo / voluntariado 10.795,50 € Inscrição nas formações 1313,50 € Pessoas individuais Quota 130,00 € Tempo / voluntariado 3008,60 € Inscrição nas formações 137,50 € Empresas locais e extraterritoriais Quota 25,00 € Tempo / voluntariado 1946,70 € Setor público Tempo / voluntariado 1946,70 € CLIP Recurso Humano 5400,00 € Espaço 6600,00 € Manutenção 200,00 € Limpeza 1800,00 €
  9. 9. O valor das mudanças 0 5000 10000 15000 20000 25000 30000 Entidades da Sociedade Civil Pessoas Individuais Empresas Setor Público Investimento Valor das mudanças 48% 4% 27% 21% Entidade Sociedade Civil Pessoas Individuais Empresas Sector Público Mudança VS Investimento Benefício da Mudança
  10. 10. Principais conclusões Importância da Metodologia SROI Facilitadora na disseminação da ideia CLIP Externo Instrumento de Reflexão Crítica Interno
  11. 11. Principais recomendações Envolvimento Sector Público e Privado Diversificação de Serviços Análise Efeito Multiplicador
  12. 12. www.cliprd.wordpress.com Um galo sozinho não tece a manhã… …ele precisará sempre de outros galos. De um que apanhe esse grito que ele e o lance a outro: de um outro galo que apanhe o grito que um galo antes e o lance a outro; e de outros galos que com muitos outros galos se cruzam os fios de sol de seus gritos de galo para que a manhã, desde uma tela tênue, se vá tecendo, entre todos os galos. João Cabral de Melo Neto

×