SlideShare uma empresa Scribd logo
Rio	
  de	
  Janeiro	
  |	
  São	
  Paulo	
  |	
  Belo	
  Horizonte	
  |	
  Brasília	
  |	
  Fortaleza	
  |	
  Curi9ba	
  
O	
  CONTEXTO	
  
3	
  
ABORDAGEM	
  UTILITARISTA	
  
1800s	
  
Valor	
  público	
  como	
  a	
  
promoção	
  do	
  bem-­‐estar	
  da	
  
maioria	
  
Uma	
  insFtuição	
  é	
  boa	
  quando	
  
entrega	
  mais	
  para	
  a	
  maioria	
  
Referências:	
  Jeremy	
  Bentham	
  e	
  
Stuart	
  Mill	
  
“Maiores	
  bene+cios	
  para	
  maiores	
  números”	
  
4	
  
ABORDAGEM	
  CUSTO-­‐BENEFÍCIO	
  
1900s	
  
Valor	
  público	
  como	
  eficiência	
  
na	
  uFlização	
  dos	
  recursos	
  
disponibilizados	
  pela	
  sociedade	
  
Uma	
  insFtuição	
  é	
  boa	
  quando	
  
entrega	
  mais	
  com	
  menos	
  
Referências:	
  Stokey	
  e	
  
Zeckhauser	
  
“O	
  papel	
  das	
  insFtuições	
  públicas	
  é	
  fazer	
  o	
  
melhor	
  uso	
  dos	
  recursos	
  dos	
  contribuintes”	
  
48%	
   10%	
  
20%	
  
35%	
  
5	
  
ABORDAGEM	
  NOVA	
  GESTÃO	
  
PÚBLICA	
  
1980	
  -­‐	
  2000	
  
Valor	
  público	
  como	
  a	
  entrega	
  
de	
  um	
  serviço	
  de	
  qualidade	
  
para	
  o	
  cliente	
  (sociedade)	
  
Uma	
  insFtuição	
  é	
  boa	
  quando	
  
gera	
  valor	
  para	
  o	
  seu	
  cliente	
  
Referências:	
  Jonathan	
  Boston,	
  
Ferlie	
  e	
  Hood	
  
“A	
  modernização	
  da	
  gestão	
  passa	
  pela	
  
incorporação	
  de	
  conceitos	
  do	
  mercado	
  privado,	
  
com	
  o	
  intuito	
  de	
  entregar	
  mais	
  valor	
  ao	
  cliente”	
  
6	
  
ABORDAGEM	
  VALOR	
  PÚBLICO	
  (Moore)	
  
2000	
  -­‐	
  atualmente	
  
Valor	
  público	
  como	
  a	
  interação	
  
com	
  o	
  cidadão	
  para	
  o	
  desenho	
  
de	
  serviços	
  de	
  qualidade	
  
Uma	
  insFtuição	
  é	
  boa	
  quando	
  
orquestra	
  o	
  diálogo	
  com	
  o	
  
cidadão	
  sobre	
  o	
  que	
  deve	
  ser	
  
entregue	
  
Referências:	
  Moore	
  
“Uma	
  parte	
  importante	
  de	
  ser	
  um	
  gerente	
  efeFvo	
  
é	
  a	
  orquestração	
  de	
  uma	
  conversa	
  coerente	
  com	
  
os	
  grupos	
  tanto	
  sobre	
  o	
  que	
  deve	
  ser	
  produzido,	
  
como	
  de	
  que	
  maneira	
  devem	
  ser	
  produzidos”	
  
Burocracia	
  	
  Onde	
  estamos???	
  
O	
  QUE	
  ISTO	
  IMPACTA	
  
PARA	
  AS	
  ORGANIZAÇÕES	
  ?	
  
O	
  QUE	
  MUDA	
  PARA	
  A	
  ADMINISTRAÇÃO	
  PÚBLICA	
  
Em	
  sua	
  obra	
  Vantagem	
  Compe99va,	
  Porter	
  aborda	
  a	
  maneira	
  
como	
  as	
  a9vidades	
  de	
  uma	
  organização	
  (a9vidades	
  primárias	
  e	
  
de	
  apoio)	
  	
  se	
  interligam	
  para	
  gerar	
  valor.	
  Como	
  o	
  próprio	
  nome	
  
do	
  livro	
  sugere,	
  a	
  ideia	
  da	
  análise	
  da	
  Cadeia	
  de	
  Valor	
  é	
  
iden9ficar	
  alguma	
  espécie	
  de	
  vantagem	
  que	
  faça	
  a	
  organização	
  
se	
  destacar	
  de	
  maneira	
  sustentável	
  no	
  seu	
  setor.	
  
Nessa	
  obra	
  seminal,	
  Porter	
  subdivide	
  as	
  a9vidades	
  de	
  uma	
  
empresa	
  em	
  Processos	
  de	
  Suporte	
  (Infraestrutura,	
  Recursos	
  
Humanos,	
  Tecnologia	
  e	
  Aquisição)	
  e	
  Processos	
  Finalís9cos	
  
(Logís9ca,	
  Operações,	
  Marke9ng	
  e	
  Serviços).	
  
Infraestrutura	
  
Gerenciamento	
  de	
  Recursos	
  Humanos	
  
Desenvolvimento	
  de	
  Tecnologia	
  
Aquisição	
  
Logís9ca	
  
Interna	
  
	
  
Operações	
  
	
  
	
  
Marke9ng	
  
e	
  Vendas	
  
	
  
Serviços	
  
	
  
	
  
Logís9ca	
  
Externa	
  
Margem	
  
Porter	
  (1985).	
  Compe99ve	
  Advantage:	
  Crea9ng	
  and	
  Sustaining	
  Superior	
  Performance.	
  Cap.	
  2	
  
O	
  QUE	
  MUDA	
  PARA	
  OS	
  SERVIÇOS	
  PÚBLICOS	
  
Mesmo	
  levando	
  em	
  consideração	
  o	
  ambiente	
  externo,	
  uma	
  das	
  
grandes	
  crí9cas	
  que	
  vinha	
  sendo	
  direcionada	
  à	
  Cadeia	
  de	
  Valor	
  
clássica	
  era	
  a	
  pouca	
  par9cipação	
  do	
  cliente	
  no	
  processo.	
  Até	
  
então,	
  o	
  modo	
  de	
  se	
  entender	
  a	
  criação	
  de	
  produtos	
  e	
  serviços	
  
colocava	
  a	
  organização	
  como	
  sendo	
  uma	
  grande	
  máquina	
  
fechada,	
  que	
  transformava	
  insumos	
  em	
  produtos,	
  sofrendo	
  
eventualmente	
  influencias	
  do	
  “lado	
  de	
  fora”.	
  
Hoje	
  em	
  dia,	
  	
  com	
  o	
  entendimento	
  crescente	
  da	
  importância	
  do	
  
cliente	
  nas	
  várias	
  etapas	
  de	
  criação,	
  a	
  Cadeia	
  de	
  Valor	
  vem	
  
ganhando	
  abordagens	
  mais	
  focadas	
  no	
  diálogo	
  entre	
  o	
  cliente	
  e	
  
a	
  organização,	
  introduzindo	
  temas	
  como	
  co-­‐criação	
  e	
  outras	
  
formas	
  de	
  interação	
  com	
  o	
  cliente.	
  
Necessidades	
  
do	
  segmento	
  
de	
  clientes	
  
11	
  
Processos:	
   Serviços:	
  
Conceder  
Aposentadorias
Realizar  despacho  
aduaneiro
Realizar  procedimento  
de  blitz
Organizar  eleições
Garan9r	
  ao	
  cidadão	
  
seu	
  direito	
  de	
  
aposentadoria	
  
Controlar	
  e	
  fomentar	
  
o	
  comércio	
  exterior	
  
Educar	
  condutores	
  
Garan9r	
  par9cipação	
  
social	
  nas	
  decisões	
  de	
  
governo	
  
Foco	
  no	
  sequenciamento	
  de	
  
aFvidades	
  executadas	
  para	
  
gerar	
  um	
  resultado	
  para	
  o	
  
cliente	
  
Foco	
  no	
  Valor	
  Público	
  
esperado	
  pelo	
  Cliente	
  e	
  tudo	
  
que	
  existe	
  para	
  gerar	
  este	
  
valor	
  
O	
  QUE	
  É	
  UM	
  SERVIÇO	
  PÚBLICO?	
  
12	
  
DESENHO	
  DO	
  SERVIÇO	
  PÚBLICO	
  
PROCESSOS	
  E	
  REGRAS	
  DE	
  NEGÓCIO	
  
ORGANIZAÇÃO
Todo	
  serviço	
  público	
  é	
  composto	
  por	
  um	
  
conjunto	
  de	
  regras	
  e	
  processos	
  de	
  negócio...	
  
SERVIÇO	
  
13	
  
DESENHO	
  DO	
  SERVIÇO	
  PÚBLICO	
  ORGANIZAÇÃO
Todo	
  serviço	
  público	
  é	
  composto	
  por	
  um	
  
conjunto	
  de	
  regras	
  e	
  processos	
  de	
  negócio...	
  
...	
  suportados	
  por	
  sistemas	
  de	
  informação	
  e	
  
infraestrutura...	
  
PARCEIROS	
  
PESSOAS	
  
ESTRUTURA	
  
ORGANIZACIONAL	
  
TECNOLOGIA	
  
INFRAESTRUTURA	
  
INFORMAÇÃO	
  
PROCESSOS	
  E	
  REGRAS	
  DE	
  NEGÓCIO	
  
SERVIÇO	
  
14	
  
DESENHO	
  DO	
  SERVIÇO	
  PÚBLICO	
  ORGANIZAÇÃO
Todo	
  serviço	
  público	
  é	
  composto	
  por	
  um	
  
conjunto	
  de	
  regras	
  e	
  processos	
  de	
  negócio...	
  
...	
  suportados	
  por	
  sistemas	
  de	
  informação	
  e	
  
infraestrutura...	
  
PARCEIROS	
  
PESSOAS	
  
ESTRUTURA	
  
ORGANIZACIONAL	
  
TECNOLOGIA	
  
INFRAESTRUTURA	
  
INFORMAÇÃO	
  
PROCESSOS	
  E	
  REGRAS	
  DE	
  NEGÓCIO	
  
...	
  com	
  o	
  obje9vo	
  de	
  viabilizar	
  a	
  jornada	
  da	
  
sociedade!	
  
JORNADA	
  DA	
  SOCIEDADE	
  /	
  CLIENTE	
  
CLIENTE
15	
  
GOVERNO	
  2.0	
  –	
  BUSCA	
  PELA	
  ECONOMICIDADE	
  E	
  EFICIÊNCIA	
  ORGANIZAÇÃO
PARCEIROS	
  
PESSOAS	
  
ESTRUTURA	
  
ORGANIZACIONAL	
  
TECNOLOGIA	
  
INFRAESTRUTURA	
  
INFORMAÇÃO	
  
PROCESSOS	
  E	
  REGRAS	
  DE	
  NEGÓCIO	
  
JORNADA	
  DA	
  SOCIEDADE	
  /	
  CLIENTE	
  
CLIENTE
Lacuna de
Economicidade
Custos com recursos
Custos ótimo
16	
  
ORGANIZAÇÃO
PARCEIROS	
  
PESSOAS	
  
ESTRUTURA	
  
ORGANIZACIONAL	
  
TECNOLOGIA	
  
INFRAESTRUTURA	
  
INFORMAÇÃO	
  
PROCESSOS	
  E	
  REGRAS	
  DE	
  NEGÓCIO	
  
JORNADA	
  DA	
  SOCIEDADE	
  /	
  CLIENTE	
  
CLIENTE
Lacuna de
Valor Público
Valor Público “alvo”
Valor Público percebido
Valor Público desejado
GOVERNO	
  3.0	
  –	
  CRIAÇÃO	
  DE	
  MELHORES	
  SERVIÇOS	
  PARA	
  A	
  SOCIEDADE	
  
17	
  
ORGANIZAÇÃO
PARCEIROS	
  
PESSOAS	
  
ESTRUTURA	
  
ORGANIZACIONAL	
  
TECNOLOGIA	
  
INFRAESTRUTURA	
  
INFORMAÇÃO	
  
PROCESSOS	
  E	
  REGRAS	
  DE	
  NEGÓCIO	
  
JORNADA	
  DA	
  SOCIEDADE	
  /	
  CLIENTE	
  
CLIENTE
Lacuna de
Valor Público
Valor Público “alvo”
Valor Público percebido
Lacuna de
Economicidade
Custos com recursos
Custos ótimo
GOVERNO	
  4.0	
  –	
  CO-­‐CRIAÇÃO	
  DE	
  VALOR	
  PÚBLICO	
  
O	
  LABORATÓRIO	
  
DE	
  INOVAÇÃO	
  
Burocracia	
  	
  Onde	
  estamos???	
  
Síntese	
  
MUDANÇA	
  DE	
  PARADIGMAS	
  
GESTÃO	
   LABORATÓRIO	
  
§  Foco	
  em	
  eficiência	
  
§  Foco	
  em	
  análises	
  
internas	
  
§  Excelência	
  
operacional	
  
§  Propósito	
  FORTE:	
  
“Mudar	
  vidas	
  
§  Nova	
  forma	
  de	
  lidar	
  
com	
  problemas	
  sociais	
  
complexos	
  
§  “De	
  fora	
  para	
  dentro”	
  
§  Interação/co-­‐criação	
  
com	
  a	
  sociedade	
  
§  Experimentação	
  na	
  
Administração	
  Pública	
  
§  Laboratório	
  Físico	
  
Os	
  6	
  papéis	
  do	
  LABORATÓRIO	
  DE	
  INOVAÇÃO	
  
6D’s	
  
DESIGN	
  DE	
  SERVIÇOS	
  
Descoberta	
  com	
  o	
  usuário,	
  Desenvolvimento	
  de	
  Ideias	
  e	
  
Conceitos,	
  Experimentação/Teste,	
  Business	
  Case	
  
DESENVOLVER	
  SERVIDORES	
  
DADOS	
  ABERTOS	
  
DIALOGO	
  COM	
  SOCIEDADE	
  
Plataforma	
  de	
  desafios;	
  engajamento	
  em	
  mídias	
  sociais,	
  	
  
DESIGN	
  DE	
  POLÍTICAS	
  
Controle	
  social;	
  avaliação	
  de	
  polí9cas	
  públicas	
  
DIGITAL	
  –	
  SERVIÇOS	
  DIGITAIS	
  
1D	
  –	
  DESIGN	
  DE	
  SERVIÇOS	
  
PÚBLICOS	
  
Os	
  5	
  papéis	
  do	
  LABORATÓRIO	
  DE	
  INOVAÇÃO	
  
5D’s	
  
DESIGN	
  DE	
  SERVIÇOS	
  
Descoberta	
  com	
  o	
  usuário,	
  Desenvolvimento	
  de	
  Ideias	
  e	
  
Conceitos,	
  Experimentação/Teste,	
  Business	
  Case	
  
DESENVOLVER	
  SERVIDORES	
  
Laboratório	
  msico	
  de	
  inovação;	
  Programação	
  de	
  capacitação	
  e	
  
coaching;	
  prêmios	
  
DADOS	
  ABERTOS	
  
DIALOGO	
  COM	
  SOCIEDADE	
  
Plataforma	
  de	
  desafios;	
  engajamento	
  em	
  mídias	
  sociais,	
  	
  
DESIGN	
  DE	
  POLÍTICAS	
  
Controle	
  social;	
  avaliação	
  de	
  polí9cas	
  públicas	
  
4D	
  –	
  DIÁLOGO	
  COM	
  
SOCIEDADE	
  
Os	
  5	
  papéis	
  do	
  LABORATÓRIO	
  DE	
  INOVAÇÃO	
  
5D’s	
  
DESIGN	
  DE	
  SERVIÇOS	
  
Descoberta	
  com	
  o	
  usuário,	
  Desenvolvimento	
  de	
  Ideias	
  e	
  
Conceitos,	
  Experimentação/Teste,	
  Business	
  Case	
  
DESENVOLVER	
  SERVIDORES	
  
Laboratório	
  msico	
  de	
  inovação;	
  Programação	
  de	
  capacitação	
  e	
  
coaching;	
  prêmios	
  
DADOS	
  ABERTOS	
  
DESIGN	
  DE	
  POLÍTICAS	
  
Controle	
  social;	
  avaliação	
  de	
  polí9cas	
  públicas	
  
DIALOGO	
  COM	
  SOCIEDADE	
  
Plataforma	
  de	
  desafios;	
  engajamento	
  em	
  mídias	
  sociais,	
  	
  
38	
  
GERAÇÃO	
  DE	
  PESQUISAS	
  E	
  IDEIAS/
CONCEITOS	
  INICIAIS	
  (como	
  combater	
  surtos	
  
de	
  dengue;	
  como	
  organizar	
  fisicamente	
  o	
  
estoque	
  de	
  medicamentos	
  de	
  uma	
  unidade	
  
básica;	
  como	
  fomentar	
  a	
  internacionalização	
  
de	
  empresas	
  brasileiras	
  do	
  ramo	
  têx9l)	
  
DESENVOLVIMENTO	
  DE	
  PROCESSOS/
SERVIÇOS	
  
Como	
  deveria	
  funcionar	
  o	
  processo	
  de	
  
renovação	
  de	
  passaporte;	
  como	
  deveria	
  ser	
  
um	
  processo	
  de	
  liberação	
  de	
  alvará	
  de	
  
estabelecimento	
  comercial)	
  
ANÁLISE	
  DE	
  INFORMAÇÕES	
  
(como	
  vem	
  ocorrendo	
  a	
  evolução	
  da	
  
alfabe9zação	
  em	
  matemá9ca	
  no	
  Brasil	
  
conforme	
  os	
  resultados	
  do	
  ENEM);de	
  forma	
  
lucra9va	
  no	
  longo	
  prazo.	
  	
  
DESENVOLVIMENTO	
  DE	
  PROTÓTIPOS	
  	
  
(como	
  projetar	
  a	
  interface	
  para	
  interação	
  digital	
  dos	
  
estudantes	
  com	
  o	
  programa	
  Ciência	
  sem	
  Fronteiras;	
  
como	
  projetar	
  um	
  app	
  para	
  acompanhamento	
  do	
  
imposto	
  de	
  renda)	
  
.	
  
DESENVOLVIMENTO	
  DE	
  CÓDIGO	
  /	
  APP	
  /	
  
ALGORITMO	
  (conceba	
  um	
  sistema	
  para	
  prever	
  
mudanças	
  no	
  perfil	
  de	
  acesso	
  aos	
  serviços	
  do	
  SUS;	
  
desenvolva	
  um	
  algoritmo	
  para	
  antecipar	
  a	
  
ocorrência	
  de	
  expiração	
  de	
  validade	
  de	
  um	
  
medicamento);	
  
COMUNICAÇÃO	
  E	
  DIVULGAÇÃO	
  
(projete	
  a	
  nova	
  campanha	
  para	
  o	
  lançamento	
  do	
  
Bolsa	
  Familia;	
  como	
  será	
  o	
  lançamento	
  da	
  nova	
  
unidade	
  de	
  saúde	
  em	
  uma	
  determinada	
  cidade)	
  
ENTREGÁVEIS	
  
39	
  
40	
  
41	
  
42	
  
43	
  

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Inovação em Governo

– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]
– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]
– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]
EloGroup
 
Como conceber transformações que gerem valor para sociedade
Como conceber transformações que gerem valor para sociedadeComo conceber transformações que gerem valor para sociedade
Como conceber transformações que gerem valor para sociedade
EloGroup
 
Transformando Organizações Públicas
Transformando Organizações PúblicasTransformando Organizações Públicas
Transformando Organizações Públicas
ABEP123
 
Semana do administrador ufsc 2011
Semana do administrador ufsc 2011Semana do administrador ufsc 2011
Semana do administrador ufsc 2011
Paulo Bastos
 
Áreas_funcionais_das_organizacões
Áreas_funcionais_das_organizacõesÁreas_funcionais_das_organizacões
Áreas_funcionais_das_organizacões
Jordanio Silva Santos
 
Aula logística introdução cenário de negócios
Aula logística introdução cenário de negóciosAula logística introdução cenário de negócios
Aula logística introdução cenário de negócios
Wilian Gatti Jr
 
Deck juntos 2021
Deck juntos 2021Deck juntos 2021
Deck juntos 2021
Renato Pacheco
 
Strategic Outsourcing at Small Business / Terceirização estratégica na pequen...
Strategic Outsourcing at Small Business / Terceirização estratégica na pequen...Strategic Outsourcing at Small Business / Terceirização estratégica na pequen...
Strategic Outsourcing at Small Business / Terceirização estratégica na pequen...
Ricardo Rabay
 
Estratégia e Negócio Electrónico
Estratégia e Negócio Electrónico Estratégia e Negócio Electrónico
Estratégia e Negócio Electrónico
nesi
 
MP - Transformando Organizações Públicas:O impacto da governança na melhoria ...
MP - Transformando Organizações Públicas:O impacto da governança na melhoria ...MP - Transformando Organizações Públicas:O impacto da governança na melhoria ...
MP - Transformando Organizações Públicas:O impacto da governança na melhoria ...
EloGroup
 
[BPM DAY Brasília 2015] Transformando Organizações Públicas: O impacto da gov...
[BPM DAY Brasília 2015] Transformando Organizações Públicas: O impacto da gov...[BPM DAY Brasília 2015] Transformando Organizações Públicas: O impacto da gov...
[BPM DAY Brasília 2015] Transformando Organizações Públicas: O impacto da gov...
EloGroup
 
ISSO! Investor Pitch Por_1_Set_2018
ISSO! Investor Pitch Por_1_Set_2018ISSO! Investor Pitch Por_1_Set_2018
ISSO! Investor Pitch Por_1_Set_2018
Ivan Tallarico
 
Modelos de Negocios Digitais
Modelos de Negocios DigitaisModelos de Negocios Digitais
Modelos de Negocios Digitais
Melissa Pace Gerhard
 
Workshop Comjovem 2017 - Cileneu Nunes
Workshop Comjovem 2017 - Cileneu NunesWorkshop Comjovem 2017 - Cileneu Nunes
Economia criativa e inovação: como criar novos modelos de negócio
Economia criativa e inovação: como criar novos modelos de negócioEconomia criativa e inovação: como criar novos modelos de negócio
Economia criativa e inovação: como criar novos modelos de negócio
Fabio Calzavara
 
Jornada da transformacao digital prof lobao 2019
Jornada da transformacao digital   prof lobao 2019Jornada da transformacao digital   prof lobao 2019
Jornada da transformacao digital prof lobao 2019
Luis Lobão
 
INTRADING - MAKER - post.pptx
INTRADING - MAKER - post.pptxINTRADING - MAKER - post.pptx
INTRADING - MAKER - post.pptx
vtrinta30
 
Bruno Rondani: Inovação Aberta na Gestão Pública
Bruno Rondani: Inovação Aberta na Gestão PúblicaBruno Rondani: Inovação Aberta na Gestão Pública
Bruno Rondani: Inovação Aberta na Gestão Pública
inovaDay .
 
CONTADOR 2.0: MODELOS DE NEGÓCIOS CONTÁBEIS DE ALTO VALOR
CONTADOR 2.0:  MODELOS DE NEGÓCIOS CONTÁBEIS DE ALTO VALORCONTADOR 2.0:  MODELOS DE NEGÓCIOS CONTÁBEIS DE ALTO VALOR
CONTADOR 2.0: MODELOS DE NEGÓCIOS CONTÁBEIS DE ALTO VALOR
Roberto Dias Duarte
 
Apresentacao market up_xxv_forum_estadual_de_gestao_fecomercio-rs
Apresentacao market up_xxv_forum_estadual_de_gestao_fecomercio-rsApresentacao market up_xxv_forum_estadual_de_gestao_fecomercio-rs
Apresentacao market up_xxv_forum_estadual_de_gestao_fecomercio-rs
Juliano Rodrigues
 

Semelhante a Inovação em Governo (20)

– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]
– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]
– Como conceber transformações que gerem valor para a sociedade? [Público]
 
Como conceber transformações que gerem valor para sociedade
Como conceber transformações que gerem valor para sociedadeComo conceber transformações que gerem valor para sociedade
Como conceber transformações que gerem valor para sociedade
 
Transformando Organizações Públicas
Transformando Organizações PúblicasTransformando Organizações Públicas
Transformando Organizações Públicas
 
Semana do administrador ufsc 2011
Semana do administrador ufsc 2011Semana do administrador ufsc 2011
Semana do administrador ufsc 2011
 
Áreas_funcionais_das_organizacões
Áreas_funcionais_das_organizacõesÁreas_funcionais_das_organizacões
Áreas_funcionais_das_organizacões
 
Aula logística introdução cenário de negócios
Aula logística introdução cenário de negóciosAula logística introdução cenário de negócios
Aula logística introdução cenário de negócios
 
Deck juntos 2021
Deck juntos 2021Deck juntos 2021
Deck juntos 2021
 
Strategic Outsourcing at Small Business / Terceirização estratégica na pequen...
Strategic Outsourcing at Small Business / Terceirização estratégica na pequen...Strategic Outsourcing at Small Business / Terceirização estratégica na pequen...
Strategic Outsourcing at Small Business / Terceirização estratégica na pequen...
 
Estratégia e Negócio Electrónico
Estratégia e Negócio Electrónico Estratégia e Negócio Electrónico
Estratégia e Negócio Electrónico
 
MP - Transformando Organizações Públicas:O impacto da governança na melhoria ...
MP - Transformando Organizações Públicas:O impacto da governança na melhoria ...MP - Transformando Organizações Públicas:O impacto da governança na melhoria ...
MP - Transformando Organizações Públicas:O impacto da governança na melhoria ...
 
[BPM DAY Brasília 2015] Transformando Organizações Públicas: O impacto da gov...
[BPM DAY Brasília 2015] Transformando Organizações Públicas: O impacto da gov...[BPM DAY Brasília 2015] Transformando Organizações Públicas: O impacto da gov...
[BPM DAY Brasília 2015] Transformando Organizações Públicas: O impacto da gov...
 
ISSO! Investor Pitch Por_1_Set_2018
ISSO! Investor Pitch Por_1_Set_2018ISSO! Investor Pitch Por_1_Set_2018
ISSO! Investor Pitch Por_1_Set_2018
 
Modelos de Negocios Digitais
Modelos de Negocios DigitaisModelos de Negocios Digitais
Modelos de Negocios Digitais
 
Workshop Comjovem 2017 - Cileneu Nunes
Workshop Comjovem 2017 - Cileneu NunesWorkshop Comjovem 2017 - Cileneu Nunes
Workshop Comjovem 2017 - Cileneu Nunes
 
Economia criativa e inovação: como criar novos modelos de negócio
Economia criativa e inovação: como criar novos modelos de negócioEconomia criativa e inovação: como criar novos modelos de negócio
Economia criativa e inovação: como criar novos modelos de negócio
 
Jornada da transformacao digital prof lobao 2019
Jornada da transformacao digital   prof lobao 2019Jornada da transformacao digital   prof lobao 2019
Jornada da transformacao digital prof lobao 2019
 
INTRADING - MAKER - post.pptx
INTRADING - MAKER - post.pptxINTRADING - MAKER - post.pptx
INTRADING - MAKER - post.pptx
 
Bruno Rondani: Inovação Aberta na Gestão Pública
Bruno Rondani: Inovação Aberta na Gestão PúblicaBruno Rondani: Inovação Aberta na Gestão Pública
Bruno Rondani: Inovação Aberta na Gestão Pública
 
CONTADOR 2.0: MODELOS DE NEGÓCIOS CONTÁBEIS DE ALTO VALOR
CONTADOR 2.0:  MODELOS DE NEGÓCIOS CONTÁBEIS DE ALTO VALORCONTADOR 2.0:  MODELOS DE NEGÓCIOS CONTÁBEIS DE ALTO VALOR
CONTADOR 2.0: MODELOS DE NEGÓCIOS CONTÁBEIS DE ALTO VALOR
 
Apresentacao market up_xxv_forum_estadual_de_gestao_fecomercio-rs
Apresentacao market up_xxv_forum_estadual_de_gestao_fecomercio-rsApresentacao market up_xxv_forum_estadual_de_gestao_fecomercio-rs
Apresentacao market up_xxv_forum_estadual_de_gestao_fecomercio-rs
 

Mais de Gestão Pública: Pensando Diferente

Caso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Caso do Tribunal de Justiça de Minas GeraisCaso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Caso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
Gestão como uma visão de resultados da Receita Federal
Gestão como uma visão de resultados da Receita FederalGestão como uma visão de resultados da Receita Federal
Gestão como uma visão de resultados da Receita Federal
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
Redesenho de Serviços
Redesenho de ServiçosRedesenho de Serviços
Redesenho de Serviços
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
Grupo de Gestão em Organizações Públicas de Belo Horizonte
Grupo de Gestão em Organizações Públicas de Belo HorizonteGrupo de Gestão em Organizações Públicas de Belo Horizonte
Grupo de Gestão em Organizações Públicas de Belo Horizonte
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
PASSAPORTE - Melhoria de Serviços para a Sociedade
PASSAPORTE - Melhoria de Serviços para a SociedadePASSAPORTE - Melhoria de Serviços para a Sociedade
PASSAPORTE - Melhoria de Serviços para a Sociedade
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
Grupo de Gestão em Organizações Públicas do Rio de Janeiro
Grupo de Gestão em Organizações Públicas do Rio de JaneiroGrupo de Gestão em Organizações Públicas do Rio de Janeiro
Grupo de Gestão em Organizações Públicas do Rio de Janeiro
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
1º Fórum de Gestão Pública
1º Fórum de Gestão Pública1º Fórum de Gestão Pública
1º Fórum de Gestão Pública
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
A melhoria e implantação dos processos de atendimento ao aluno na UNIRIO
A melhoria e implantação dos processos de atendimento ao aluno na UNIRIOA melhoria e implantação dos processos de atendimento ao aluno na UNIRIO
A melhoria e implantação dos processos de atendimento ao aluno na UNIRIO
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
Gestão de processos integrando as diferentes dimensões da Dataprev
Gestão de processos integrando as diferentes dimensões da DataprevGestão de processos integrando as diferentes dimensões da Dataprev
Gestão de processos integrando as diferentes dimensões da Dataprev
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
A implantação do SEI (Sistema Eletrônico de Informações) sob a perspectiva de...
A implantação do SEI (Sistema Eletrônico de Informações) sob a perspectiva de...A implantação do SEI (Sistema Eletrônico de Informações) sob a perspectiva de...
A implantação do SEI (Sistema Eletrônico de Informações) sob a perspectiva de...
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
Governança de processos para melhoria da Gestão Pública a experiência do TCE/PE
Governança de processos para melhoria da Gestão Pública a experiência do TCE/PEGovernança de processos para melhoria da Gestão Pública a experiência do TCE/PE
Governança de processos para melhoria da Gestão Pública a experiência do TCE/PE
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
Como qualificar a gestão de portfólio a partir de um novo modelo de tomada de...
Como qualificar a gestão de portfólio a partir de um novo modelo de tomada de...Como qualificar a gestão de portfólio a partir de um novo modelo de tomada de...
Como qualificar a gestão de portfólio a partir de um novo modelo de tomada de...
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
O desenvolvimento da central eletrônica de serviço no Senado
O desenvolvimento da central eletrônica de serviço no SenadoO desenvolvimento da central eletrônica de serviço no Senado
O desenvolvimento da central eletrônica de serviço no Senado
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
Reestruturação organizacional do Cebraspe
Reestruturação organizacional do CebraspeReestruturação organizacional do Cebraspe
Reestruturação organizacional do Cebraspe
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
Santos – Prefeitura digital
Santos – Prefeitura digitalSantos – Prefeitura digital
Santos – Prefeitura digital
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
Avaliação da qualidade do gasto público e mensuração da eficiência
Avaliação da qualidade do gasto público e mensuração da eficiênciaAvaliação da qualidade do gasto público e mensuração da eficiência
Avaliação da qualidade do gasto público e mensuração da eficiência
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
Inovação aberta na administração pública - O desafio da sustentabilidade no MEC
Inovação aberta na administração pública - O desafio da sustentabilidade no MECInovação aberta na administração pública - O desafio da sustentabilidade no MEC
Inovação aberta na administração pública - O desafio da sustentabilidade no MEC
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
5 anos a 180 dias como a gestão de processos transformou a certificação de en...
5 anos a 180 dias como a gestão de processos transformou a certificação de en...5 anos a 180 dias como a gestão de processos transformou a certificação de en...
5 anos a 180 dias como a gestão de processos transformou a certificação de en...
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
Redesenho dos serviços do Programa Negócio a Negócio do SEBRAE/RS
Redesenho dos serviços do Programa Negócio a Negócio do SEBRAE/RSRedesenho dos serviços do Programa Negócio a Negócio do SEBRAE/RS
Redesenho dos serviços do Programa Negócio a Negócio do SEBRAE/RS
Gestão Pública: Pensando Diferente
 
Portal de serviços públicos do Governo Federal
Portal de serviços públicos do Governo FederalPortal de serviços públicos do Governo Federal
Portal de serviços públicos do Governo Federal
Gestão Pública: Pensando Diferente
 

Mais de Gestão Pública: Pensando Diferente (20)

Caso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Caso do Tribunal de Justiça de Minas GeraisCaso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Caso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais
 
Gestão como uma visão de resultados da Receita Federal
Gestão como uma visão de resultados da Receita FederalGestão como uma visão de resultados da Receita Federal
Gestão como uma visão de resultados da Receita Federal
 
Redesenho de Serviços
Redesenho de ServiçosRedesenho de Serviços
Redesenho de Serviços
 
Grupo de Gestão em Organizações Públicas de Belo Horizonte
Grupo de Gestão em Organizações Públicas de Belo HorizonteGrupo de Gestão em Organizações Públicas de Belo Horizonte
Grupo de Gestão em Organizações Públicas de Belo Horizonte
 
PASSAPORTE - Melhoria de Serviços para a Sociedade
PASSAPORTE - Melhoria de Serviços para a SociedadePASSAPORTE - Melhoria de Serviços para a Sociedade
PASSAPORTE - Melhoria de Serviços para a Sociedade
 
Grupo de Gestão em Organizações Públicas do Rio de Janeiro
Grupo de Gestão em Organizações Públicas do Rio de JaneiroGrupo de Gestão em Organizações Públicas do Rio de Janeiro
Grupo de Gestão em Organizações Públicas do Rio de Janeiro
 
1º Fórum de Gestão Pública
1º Fórum de Gestão Pública1º Fórum de Gestão Pública
1º Fórum de Gestão Pública
 
A melhoria e implantação dos processos de atendimento ao aluno na UNIRIO
A melhoria e implantação dos processos de atendimento ao aluno na UNIRIOA melhoria e implantação dos processos de atendimento ao aluno na UNIRIO
A melhoria e implantação dos processos de atendimento ao aluno na UNIRIO
 
Gestão de processos integrando as diferentes dimensões da Dataprev
Gestão de processos integrando as diferentes dimensões da DataprevGestão de processos integrando as diferentes dimensões da Dataprev
Gestão de processos integrando as diferentes dimensões da Dataprev
 
A implantação do SEI (Sistema Eletrônico de Informações) sob a perspectiva de...
A implantação do SEI (Sistema Eletrônico de Informações) sob a perspectiva de...A implantação do SEI (Sistema Eletrônico de Informações) sob a perspectiva de...
A implantação do SEI (Sistema Eletrônico de Informações) sob a perspectiva de...
 
Governança de processos para melhoria da Gestão Pública a experiência do TCE/PE
Governança de processos para melhoria da Gestão Pública a experiência do TCE/PEGovernança de processos para melhoria da Gestão Pública a experiência do TCE/PE
Governança de processos para melhoria da Gestão Pública a experiência do TCE/PE
 
Como qualificar a gestão de portfólio a partir de um novo modelo de tomada de...
Como qualificar a gestão de portfólio a partir de um novo modelo de tomada de...Como qualificar a gestão de portfólio a partir de um novo modelo de tomada de...
Como qualificar a gestão de portfólio a partir de um novo modelo de tomada de...
 
O desenvolvimento da central eletrônica de serviço no Senado
O desenvolvimento da central eletrônica de serviço no SenadoO desenvolvimento da central eletrônica de serviço no Senado
O desenvolvimento da central eletrônica de serviço no Senado
 
Reestruturação organizacional do Cebraspe
Reestruturação organizacional do CebraspeReestruturação organizacional do Cebraspe
Reestruturação organizacional do Cebraspe
 
Santos – Prefeitura digital
Santos – Prefeitura digitalSantos – Prefeitura digital
Santos – Prefeitura digital
 
Avaliação da qualidade do gasto público e mensuração da eficiência
Avaliação da qualidade do gasto público e mensuração da eficiênciaAvaliação da qualidade do gasto público e mensuração da eficiência
Avaliação da qualidade do gasto público e mensuração da eficiência
 
Inovação aberta na administração pública - O desafio da sustentabilidade no MEC
Inovação aberta na administração pública - O desafio da sustentabilidade no MECInovação aberta na administração pública - O desafio da sustentabilidade no MEC
Inovação aberta na administração pública - O desafio da sustentabilidade no MEC
 
5 anos a 180 dias como a gestão de processos transformou a certificação de en...
5 anos a 180 dias como a gestão de processos transformou a certificação de en...5 anos a 180 dias como a gestão de processos transformou a certificação de en...
5 anos a 180 dias como a gestão de processos transformou a certificação de en...
 
Redesenho dos serviços do Programa Negócio a Negócio do SEBRAE/RS
Redesenho dos serviços do Programa Negócio a Negócio do SEBRAE/RSRedesenho dos serviços do Programa Negócio a Negócio do SEBRAE/RS
Redesenho dos serviços do Programa Negócio a Negócio do SEBRAE/RS
 
Portal de serviços públicos do Governo Federal
Portal de serviços públicos do Governo FederalPortal de serviços públicos do Governo Federal
Portal de serviços públicos do Governo Federal
 

Inovação em Governo

  • 1. Rio  de  Janeiro  |  São  Paulo  |  Belo  Horizonte  |  Brasília  |  Fortaleza  |  Curi9ba  
  • 3. 3   ABORDAGEM  UTILITARISTA   1800s   Valor  público  como  a   promoção  do  bem-­‐estar  da   maioria   Uma  insFtuição  é  boa  quando   entrega  mais  para  a  maioria   Referências:  Jeremy  Bentham  e   Stuart  Mill   “Maiores  bene+cios  para  maiores  números”  
  • 4. 4   ABORDAGEM  CUSTO-­‐BENEFÍCIO   1900s   Valor  público  como  eficiência   na  uFlização  dos  recursos   disponibilizados  pela  sociedade   Uma  insFtuição  é  boa  quando   entrega  mais  com  menos   Referências:  Stokey  e   Zeckhauser   “O  papel  das  insFtuições  públicas  é  fazer  o   melhor  uso  dos  recursos  dos  contribuintes”   48%   10%   20%   35%  
  • 5. 5   ABORDAGEM  NOVA  GESTÃO   PÚBLICA   1980  -­‐  2000   Valor  público  como  a  entrega   de  um  serviço  de  qualidade   para  o  cliente  (sociedade)   Uma  insFtuição  é  boa  quando   gera  valor  para  o  seu  cliente   Referências:  Jonathan  Boston,   Ferlie  e  Hood   “A  modernização  da  gestão  passa  pela   incorporação  de  conceitos  do  mercado  privado,   com  o  intuito  de  entregar  mais  valor  ao  cliente”  
  • 6. 6   ABORDAGEM  VALOR  PÚBLICO  (Moore)   2000  -­‐  atualmente   Valor  público  como  a  interação   com  o  cidadão  para  o  desenho   de  serviços  de  qualidade   Uma  insFtuição  é  boa  quando   orquestra  o  diálogo  com  o   cidadão  sobre  o  que  deve  ser   entregue   Referências:  Moore   “Uma  parte  importante  de  ser  um  gerente  efeFvo   é  a  orquestração  de  uma  conversa  coerente  com   os  grupos  tanto  sobre  o  que  deve  ser  produzido,   como  de  que  maneira  devem  ser  produzidos”  
  • 7. Burocracia    Onde  estamos???  
  • 8. O  QUE  ISTO  IMPACTA   PARA  AS  ORGANIZAÇÕES  ?  
  • 9. O  QUE  MUDA  PARA  A  ADMINISTRAÇÃO  PÚBLICA   Em  sua  obra  Vantagem  Compe99va,  Porter  aborda  a  maneira   como  as  a9vidades  de  uma  organização  (a9vidades  primárias  e   de  apoio)    se  interligam  para  gerar  valor.  Como  o  próprio  nome   do  livro  sugere,  a  ideia  da  análise  da  Cadeia  de  Valor  é   iden9ficar  alguma  espécie  de  vantagem  que  faça  a  organização   se  destacar  de  maneira  sustentável  no  seu  setor.   Nessa  obra  seminal,  Porter  subdivide  as  a9vidades  de  uma   empresa  em  Processos  de  Suporte  (Infraestrutura,  Recursos   Humanos,  Tecnologia  e  Aquisição)  e  Processos  Finalís9cos   (Logís9ca,  Operações,  Marke9ng  e  Serviços).   Infraestrutura   Gerenciamento  de  Recursos  Humanos   Desenvolvimento  de  Tecnologia   Aquisição   Logís9ca   Interna     Operações       Marke9ng   e  Vendas     Serviços       Logís9ca   Externa   Margem   Porter  (1985).  Compe99ve  Advantage:  Crea9ng  and  Sustaining  Superior  Performance.  Cap.  2  
  • 10. O  QUE  MUDA  PARA  OS  SERVIÇOS  PÚBLICOS   Mesmo  levando  em  consideração  o  ambiente  externo,  uma  das   grandes  crí9cas  que  vinha  sendo  direcionada  à  Cadeia  de  Valor   clássica  era  a  pouca  par9cipação  do  cliente  no  processo.  Até   então,  o  modo  de  se  entender  a  criação  de  produtos  e  serviços   colocava  a  organização  como  sendo  uma  grande  máquina   fechada,  que  transformava  insumos  em  produtos,  sofrendo   eventualmente  influencias  do  “lado  de  fora”.   Hoje  em  dia,    com  o  entendimento  crescente  da  importância  do   cliente  nas  várias  etapas  de  criação,  a  Cadeia  de  Valor  vem   ganhando  abordagens  mais  focadas  no  diálogo  entre  o  cliente  e   a  organização,  introduzindo  temas  como  co-­‐criação  e  outras   formas  de  interação  com  o  cliente.   Necessidades   do  segmento   de  clientes  
  • 11. 11   Processos:   Serviços:   Conceder   Aposentadorias Realizar  despacho   aduaneiro Realizar  procedimento   de  blitz Organizar  eleições Garan9r  ao  cidadão   seu  direito  de   aposentadoria   Controlar  e  fomentar   o  comércio  exterior   Educar  condutores   Garan9r  par9cipação   social  nas  decisões  de   governo   Foco  no  sequenciamento  de   aFvidades  executadas  para   gerar  um  resultado  para  o   cliente   Foco  no  Valor  Público   esperado  pelo  Cliente  e  tudo   que  existe  para  gerar  este   valor   O  QUE  É  UM  SERVIÇO  PÚBLICO?  
  • 12. 12   DESENHO  DO  SERVIÇO  PÚBLICO   PROCESSOS  E  REGRAS  DE  NEGÓCIO   ORGANIZAÇÃO Todo  serviço  público  é  composto  por  um   conjunto  de  regras  e  processos  de  negócio...   SERVIÇO  
  • 13. 13   DESENHO  DO  SERVIÇO  PÚBLICO  ORGANIZAÇÃO Todo  serviço  público  é  composto  por  um   conjunto  de  regras  e  processos  de  negócio...   ...  suportados  por  sistemas  de  informação  e   infraestrutura...   PARCEIROS   PESSOAS   ESTRUTURA   ORGANIZACIONAL   TECNOLOGIA   INFRAESTRUTURA   INFORMAÇÃO   PROCESSOS  E  REGRAS  DE  NEGÓCIO   SERVIÇO  
  • 14. 14   DESENHO  DO  SERVIÇO  PÚBLICO  ORGANIZAÇÃO Todo  serviço  público  é  composto  por  um   conjunto  de  regras  e  processos  de  negócio...   ...  suportados  por  sistemas  de  informação  e   infraestrutura...   PARCEIROS   PESSOAS   ESTRUTURA   ORGANIZACIONAL   TECNOLOGIA   INFRAESTRUTURA   INFORMAÇÃO   PROCESSOS  E  REGRAS  DE  NEGÓCIO   ...  com  o  obje9vo  de  viabilizar  a  jornada  da   sociedade!   JORNADA  DA  SOCIEDADE  /  CLIENTE   CLIENTE
  • 15. 15   GOVERNO  2.0  –  BUSCA  PELA  ECONOMICIDADE  E  EFICIÊNCIA  ORGANIZAÇÃO PARCEIROS   PESSOAS   ESTRUTURA   ORGANIZACIONAL   TECNOLOGIA   INFRAESTRUTURA   INFORMAÇÃO   PROCESSOS  E  REGRAS  DE  NEGÓCIO   JORNADA  DA  SOCIEDADE  /  CLIENTE   CLIENTE Lacuna de Economicidade Custos com recursos Custos ótimo
  • 16. 16   ORGANIZAÇÃO PARCEIROS   PESSOAS   ESTRUTURA   ORGANIZACIONAL   TECNOLOGIA   INFRAESTRUTURA   INFORMAÇÃO   PROCESSOS  E  REGRAS  DE  NEGÓCIO   JORNADA  DA  SOCIEDADE  /  CLIENTE   CLIENTE Lacuna de Valor Público Valor Público “alvo” Valor Público percebido Valor Público desejado GOVERNO  3.0  –  CRIAÇÃO  DE  MELHORES  SERVIÇOS  PARA  A  SOCIEDADE  
  • 17. 17   ORGANIZAÇÃO PARCEIROS   PESSOAS   ESTRUTURA   ORGANIZACIONAL   TECNOLOGIA   INFRAESTRUTURA   INFORMAÇÃO   PROCESSOS  E  REGRAS  DE  NEGÓCIO   JORNADA  DA  SOCIEDADE  /  CLIENTE   CLIENTE Lacuna de Valor Público Valor Público “alvo” Valor Público percebido Lacuna de Economicidade Custos com recursos Custos ótimo GOVERNO  4.0  –  CO-­‐CRIAÇÃO  DE  VALOR  PÚBLICO  
  • 18. O  LABORATÓRIO   DE  INOVAÇÃO  
  • 19. Burocracia    Onde  estamos???  
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27. Síntese   MUDANÇA  DE  PARADIGMAS   GESTÃO   LABORATÓRIO   §  Foco  em  eficiência   §  Foco  em  análises   internas   §  Excelência   operacional   §  Propósito  FORTE:   “Mudar  vidas   §  Nova  forma  de  lidar   com  problemas  sociais   complexos   §  “De  fora  para  dentro”   §  Interação/co-­‐criação   com  a  sociedade   §  Experimentação  na   Administração  Pública   §  Laboratório  Físico  
  • 28. Os  6  papéis  do  LABORATÓRIO  DE  INOVAÇÃO   6D’s   DESIGN  DE  SERVIÇOS   Descoberta  com  o  usuário,  Desenvolvimento  de  Ideias  e   Conceitos,  Experimentação/Teste,  Business  Case   DESENVOLVER  SERVIDORES   DADOS  ABERTOS   DIALOGO  COM  SOCIEDADE   Plataforma  de  desafios;  engajamento  em  mídias  sociais,     DESIGN  DE  POLÍTICAS   Controle  social;  avaliação  de  polí9cas  públicas   DIGITAL  –  SERVIÇOS  DIGITAIS  
  • 29. 1D  –  DESIGN  DE  SERVIÇOS   PÚBLICOS  
  • 30. Os  5  papéis  do  LABORATÓRIO  DE  INOVAÇÃO   5D’s   DESIGN  DE  SERVIÇOS   Descoberta  com  o  usuário,  Desenvolvimento  de  Ideias  e   Conceitos,  Experimentação/Teste,  Business  Case   DESENVOLVER  SERVIDORES   Laboratório  msico  de  inovação;  Programação  de  capacitação  e   coaching;  prêmios   DADOS  ABERTOS   DIALOGO  COM  SOCIEDADE   Plataforma  de  desafios;  engajamento  em  mídias  sociais,     DESIGN  DE  POLÍTICAS   Controle  social;  avaliação  de  polí9cas  públicas  
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36. 4D  –  DIÁLOGO  COM   SOCIEDADE  
  • 37. Os  5  papéis  do  LABORATÓRIO  DE  INOVAÇÃO   5D’s   DESIGN  DE  SERVIÇOS   Descoberta  com  o  usuário,  Desenvolvimento  de  Ideias  e   Conceitos,  Experimentação/Teste,  Business  Case   DESENVOLVER  SERVIDORES   Laboratório  msico  de  inovação;  Programação  de  capacitação  e   coaching;  prêmios   DADOS  ABERTOS   DESIGN  DE  POLÍTICAS   Controle  social;  avaliação  de  polí9cas  públicas   DIALOGO  COM  SOCIEDADE   Plataforma  de  desafios;  engajamento  em  mídias  sociais,    
  • 38. 38   GERAÇÃO  DE  PESQUISAS  E  IDEIAS/ CONCEITOS  INICIAIS  (como  combater  surtos   de  dengue;  como  organizar  fisicamente  o   estoque  de  medicamentos  de  uma  unidade   básica;  como  fomentar  a  internacionalização   de  empresas  brasileiras  do  ramo  têx9l)   DESENVOLVIMENTO  DE  PROCESSOS/ SERVIÇOS   Como  deveria  funcionar  o  processo  de   renovação  de  passaporte;  como  deveria  ser   um  processo  de  liberação  de  alvará  de   estabelecimento  comercial)   ANÁLISE  DE  INFORMAÇÕES   (como  vem  ocorrendo  a  evolução  da   alfabe9zação  em  matemá9ca  no  Brasil   conforme  os  resultados  do  ENEM);de  forma   lucra9va  no  longo  prazo.     DESENVOLVIMENTO  DE  PROTÓTIPOS     (como  projetar  a  interface  para  interação  digital  dos   estudantes  com  o  programa  Ciência  sem  Fronteiras;   como  projetar  um  app  para  acompanhamento  do   imposto  de  renda)   .   DESENVOLVIMENTO  DE  CÓDIGO  /  APP  /   ALGORITMO  (conceba  um  sistema  para  prever   mudanças  no  perfil  de  acesso  aos  serviços  do  SUS;   desenvolva  um  algoritmo  para  antecipar  a   ocorrência  de  expiração  de  validade  de  um   medicamento);   COMUNICAÇÃO  E  DIVULGAÇÃO   (projete  a  nova  campanha  para  o  lançamento  do   Bolsa  Familia;  como  será  o  lançamento  da  nova   unidade  de  saúde  em  uma  determinada  cidade)   ENTREGÁVEIS  
  • 39. 39  
  • 40. 40  
  • 41. 41  
  • 42. 42  
  • 43. 43