Coaching e Construção de
Relacionamentos na
Organização
Evaldo Bazeggio
1992 – site – base de informação sobre a família
2003 – Encontro de três em Concórdia - SC

2004 (179 participantes)

2007...
1992 - site
2003 -Concórdia

2007

2012 (450)

2012 – Porto Alegre –
450 pessoas
4 países
( mas a Itália não veio).
Já falado hoje..
O mundo sempre foi em rede
Quanto maior o Fluzz melhor a rede
O que conta não é conteúdo
O que conta é o ...
Os novos papéis sociais nas organizações
Hubs

Inovadores

Netweavers
DESVENDANDO A POLARIDADES NAS EQUIPES
JOGO NATURAL
Contestador,
obstrutor,
anárquico,
violento,
insuflador,
divisionista.
...
GERANDO CLIMA

Tensor é o clima.
Segundo Einstein
é um campo sutil
( e=m.c2)
formado por
movimentos. É
percebido pela
sens...
O que é clima organizacional?

percepção coletiva

Reação a essa
percepção
O COMPORTAMENTO DAS PESSOAS É
DETERMINADO PELA SUA PERCEPÇÃO DA
REALIDADE. (E NÃO PELA REALIDADE)
PERCEPÇÃO

REAÇÃO
MOTIVA...
Fatores de desempenho
organizacional
ALTA PERFORMANCE PROFISSIONAL

80%
Liderança

A

Visão Dinâmica
Relacionamento
Comuni...
Definições
Coaching

Mentoring

Curto e médio prazo
Foco em Gestão, Desempenho e
Resultados

Curto, médio e longo prazo
Fo...
Coaching e Mentoring - Visão de Mundo / Cosmovisão
Translação
30.000 m/s

ISOMORFISMO

Rotação
500 m/s

Ciclos
Probabilism...
Relacionamentos focados
FOCADO

DESFOCADO

POSTURA CONDUTORA

POSTURA CONDUTORA

Opções pessoais; Resiliência; Delimitação...
Ser e Fazer - Não somos o que fazemos
O QUE SOMOS
MENTE SÁBIA
Atemporal – Lúcida – Natural Plena

O QUE FAZEMOS
MENTE COMU...
O que é um bom relacionamento?

Participar
X
Interagir

Se tornar parte
de algo

Agir com...
Gestão de Mudanças

ANATROPIA

Novo Ciclo
Probabilidades

EPIGÊNESE

REFORMULAÇÃO

Recolhimento
Vivemos muitas
epigêneses
...
Epigenese e Fluxo Evolutivo
Epigênese
maior

Fluxo
Evolutivo
(T-E) + 1
(T-E)

Epigêneses
menores
contidas
na maior
Novo Tempo
47/49 - Ciclos de
Aprofundamento
40/42 - Busca da Reunidade
Sentido de Vida
33/35 - Atuação Prestadia
Comunhão ...
Dinâmica Mental
RACIONAL LÓGICO (he)
Raciocínio, verbal, lógicoanalítico, cálculo,
classificações, conceitos,
explicação,
...
Administração de Conflitos
•
•
•
•
•

Razão
Ideias
Conceitos
Valores
O que deveria ser

SÍMBOLOS

ISOMORFISMO

Fatos
Real
...
Maestria Pessoal do Coach
CONHECIMENTO
E SABEDORIA
Mente racional
Visão Epigenética, Capacidade de
Focar, Objetividade, Di...
“Sabe que não acredito que alguém
jamais tenha ensinado alguma coisa
a outro. Duvido da eficácia do
ensino. A única coisa ...
Obrigado.
evaldo@bazeggio.com.br
Coaching e a construção de relacionamentos nas organizações
Coaching e a construção de relacionamentos nas organizações
Coaching e a construção de relacionamentos nas organizações
Coaching e a construção de relacionamentos nas organizações
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Coaching e a construção de relacionamentos nas organizações

705 visualizações

Publicada em

Palestra realizada na EMBRAPA em 17/12/2013

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
705
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Coaching e a construção de relacionamentos nas organizações

  1. 1. Coaching e Construção de Relacionamentos na Organização Evaldo Bazeggio
  2. 2. 1992 – site – base de informação sobre a família 2003 – Encontro de três em Concórdia - SC 2004 (179 participantes) 2007 - Caçador - SC (250 participantes)
  3. 3. 1992 - site 2003 -Concórdia 2007 2012 (450) 2012 – Porto Alegre – 450 pessoas 4 países ( mas a Itália não veio).
  4. 4. Já falado hoje.. O mundo sempre foi em rede Quanto maior o Fluzz melhor a rede O que conta não é conteúdo O que conta é o padrão e o modo de interação Augusto Franco
  5. 5. Os novos papéis sociais nas organizações Hubs Inovadores Netweavers
  6. 6. DESVENDANDO A POLARIDADES NAS EQUIPES JOGO NATURAL Contestador, obstrutor, anárquico, violento, insuflador, divisionista. JOGO OFICIAL MOVIMENTO OFICIAL 20% organizador coordenador condutor, direção ordem, comando. SINERGIA TRI-POLAR MOVIMENTO NATURAL 5% propositor transformador questionador criativo. MOVIMENTO OSCILANTE 75% conciliador cooperador articulador negociador JOGO OSCILANTE Submisso, oportunista, volúvel, barganhador, adulador, omisso, aplausos x reclamações, conveniente Autoritário, impositor, ditador, paternalista, legalista, encampador, castrador, coercitivo, repressor, auto-canonizador
  7. 7. GERANDO CLIMA Tensor é o clima. Segundo Einstein é um campo sutil ( e=m.c2) formado por movimentos. É percebido pela sensibilidade e entendido pela razão. O campo tensorial determina a ordem natural do desencadeamento dos processos ou acontecimentos. O sucesso da gestão só ocorre quando há massa crítica que sustenta o tensor correspondente.
  8. 8. O que é clima organizacional? percepção coletiva Reação a essa percepção
  9. 9. O COMPORTAMENTO DAS PESSOAS É DETERMINADO PELA SUA PERCEPÇÃO DA REALIDADE. (E NÃO PELA REALIDADE) PERCEPÇÃO REAÇÃO MOTIVAÇÃO CLIMA ORGANIZACIONAL PERCEPÇÃO
  10. 10. Fatores de desempenho organizacional ALTA PERFORMANCE PROFISSIONAL 80% Liderança A Visão Dinâmica Relacionamento Comunicação Criatividade M Mentalidade Motivação Ética QE B Gestão Técnica Planejamento Controle Resultados QI Baixo Médio Alto 20%
  11. 11. Definições Coaching Mentoring Curto e médio prazo Foco em Gestão, Desempenho e Resultados Curto, médio e longo prazo Foco em Liderança e no Humano É uma parceria com clientes em um processo instigante e criativo que os inspira a maximizar seu potencial pessoal e profissional.(ICF) “É um processo de transferência e redescoberta a partir do relacionamento do Mentor e o Mentoreado. Tem como eixo a felicidade humana com modos de vida mais satisfatórios no mundo processual. Sua profundidade depende do grau de sintonia com as leis universais e da consciência de sabedoria atemporal. Quando alguém é mentor verdadeiramente, significa que age a partir da postura prestadia.” (Marcos Wunderlich)
  12. 12. Coaching e Mentoring - Visão de Mundo / Cosmovisão Translação 30.000 m/s ISOMORFISMO Rotação 500 m/s Ciclos Probabilismo Com e sem controle Mente inata e adquirida Ampliação de visão Integração com o Todo
  13. 13. Relacionamentos focados FOCADO DESFOCADO POSTURA CONDUTORA POSTURA CONDUTORA Opções pessoais; Resiliência; Delimitação dinâmica de campo; Centramento; Cooperatividade, competitividade. Consumismo; Inação e medo; Invasão, submissão; Descentramento, atrelamento; Competição. AQUI AGORA AQUI AGORA Valorização da vida/ aprendizagem; Clareza de intenção, entre-ajuda; Clima de lealdade e automotivação; Mentalidade participativa, criativa, solucionadora, servidora. Prisão ao passado/futuro, ansiedade; Julgamentos; Jogos de culpa x vítima x punição x chantagem; Reclamação, cultura do não, se, quando. COMUNICAÇÃO REAL Explicitação; Negociação. COMUNICAÇÃO REAL Comunicação tática, ataque-defesa, justificante, fala inútil, fofocas.
  14. 14. Ser e Fazer - Não somos o que fazemos O QUE SOMOS MENTE SÁBIA Atemporal – Lúcida – Natural Plena O QUE FAZEMOS MENTE COMUM Ego
  15. 15. O que é um bom relacionamento? Participar X Interagir Se tornar parte de algo Agir com...
  16. 16. Gestão de Mudanças ANATROPIA Novo Ciclo Probabilidades EPIGÊNESE REFORMULAÇÃO Recolhimento Vivemos muitas epigêneses simultaneamente Escalaridade IMPASSE/PATINAÇÃO Função Expansão Atualização EXPLOSÃO ENTROPIA ANTECEDANEOS, RECORRÊNCIA
  17. 17. Epigenese e Fluxo Evolutivo Epigênese maior Fluxo Evolutivo (T-E) + 1 (T-E) Epigêneses menores contidas na maior
  18. 18. Novo Tempo 47/49 - Ciclos de Aprofundamento 40/42 - Busca da Reunidade Sentido de Vida 33/35 - Atuação Prestadia Comunhão x Conflitos Sociais 26/28 - Expansão do Campo Relacional Identificação com Humanidade 19/21 - Sexualidade - Relação a dois Afirmação Profissional 2º Nascimento 12/14 - Afirmação Masculino x Feminino Infância x Adultez - Auto-afirmação 7 - Matriz de Relação 2 - Circuitos Neurônicos BásicosRecheio Mental 0 - Nascimento
  19. 19. Dinâmica Mental RACIONAL LÓGICO (he) Raciocínio, verbal, lógicoanalítico, cálculo, classificações, conceitos, explicação, conhecimento, crenças, valores, referenciação OPERACIONAL PRÁTICO (pc) Prática, produção, ação, negócios, ter, fazer, eficiência, sobrevivência, organização pessoal EMOCIONAL INTUITIVO (hd) Intuição, sensibilidade, criatividade, sabedoria, afetividade, relacionamento, sentimentos, arte, música, humor, elegância, fé, captação do clima tensorial
  20. 20. Administração de Conflitos • • • • • Razão Ideias Conceitos Valores O que deveria ser SÍMBOLOS ISOMORFISMO Fatos Real Concreto O que é Fantasias Sonhos Imaginação Fé/Desejos O que gostaria que fosse TENSÃO CRIATIVA Semente do conflito • • • • • • • • • Administração de conflitos FATOS
  21. 21. Maestria Pessoal do Coach CONHECIMENTO E SABEDORIA Mente racional Visão Epigenética, Capacidade de Focar, Objetividade, Direcionamento Pessoal, Referenciais mentais. AMOR Mente intuitiva / emocional TENSOR CRIATIVO PODER Mente operacional Auto-condução, Habilidade Gestora, Liderança como Serviço, Realização Pessoal. Sensibilidade com o Todo Captação Tensorial/ Centramento, Acolhimento e Generosidade, Motivação Pessoal.
  22. 22. “Sabe que não acredito que alguém jamais tenha ensinado alguma coisa a outro. Duvido da eficácia do ensino. A única coisa que sei é que quem quiser aprender, aprenderá. E talvez o professor seja um fator que facilite, uma pessoa que apresenta as coisas e mostra aos outros como é empolgante e maravilhoso, e os convida a provarem.” Carl Rogers
  23. 23. Obrigado. evaldo@bazeggio.com.br

×