Eunice M. Santos
Alimentos e nutrientes
que auxiliam o fígado
A actividade de destoxificação do fígado exerce-se em duas fases:
Fase I
Compostos são biotransformados noutros.
Fase II
C...
Toxinas Destoxificação
Fase I
Metabolitos
intermediários
Destoxificação
Fase II
Produtos resultantes
para eliminação
Rins ...
Fase I do processo de Destoxificação
Realizada principalmente por enzimas citocromo P450.
As toxinas são oxidadas, reduzid...
Substâncias e alimentos indutores da fase I
Cafeína
Álcool
Gorduras saturadas
Pesticidas
Metais pesados
Todos dão origem a...
Como melhorar as acções do fígado
através dos alimentos e nutrientes
que eles contêm?
Eunice M. Santos
Alimentos e nutrientes que melhoram a Fase I.
Carotenóides
(Frutos e vegetais de cor amarela a laranja)
Vitaminas: C, E, B...
Fase II do processo de Destoxificação
6 Vias de destoxificação.
Glucoronidação, glicação, acilação, acetilação, metilação,...
Conjugação com aminoácidos
Conhecida também como acilação.
Liga toxinas e produtos da fase I a glicina (glicação),
glutami...
Glicinação -
Conjugação com glicina.
Destoxifica:
Benzoato (conservante),
Salicilatos (Aspirina)
Tolueno (solvente industr...
Acetilação
Toxinas são ligadas a acetil Co-A.
Mais de 50% da população são acetiladores
lentos.
Destoxifica histamina, áci...
Metilação
Conjuga as toxinas com grupos metilo,
principalmente com o aminoácido
metionina.
Destoxifica hormonas (estrogéni...
Conjugação com grupos sulfurados
Toxinas são conjugadas a compostos sulfurados.
Requer sulfato que pode ser obtido através...
Glucoronização
Liga as toxinas ao ácido glucorónico.
Destoxifica:
Aditivos alimentares
(aspartame, conservantes);
Produtos...
Conjugação com glutationa
A glutationa é um antioxidante
intracelular.
Destoxifica toxinas lipossolúveis
(solventes, herbi...
Eunice M. Santos
Podemos encontrar todos estes nutrientes:
Como fontes de aminoácidos e de proteínas temos os peixes, os o...
O importante de tudo é ter como base da alimentação diária
vegetais crús e cozidos a vapor, frutas frescas, grãos de
cerea...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Alimentos que auxiliam figado

445 visualizações

Publicada em

Alimentos e nutrientes que auxiliam o fígado no processo de destoxificação (fase I e fase II).

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Alimentos que auxiliam figado

  1. 1. Eunice M. Santos Alimentos e nutrientes que auxiliam o fígado
  2. 2. A actividade de destoxificação do fígado exerce-se em duas fases: Fase I Compostos são biotransformados noutros. Fase II Compostos resultantes são conjugados para mais fácil eliminação. Eunice M. Santos
  3. 3. Toxinas Destoxificação Fase I Metabolitos intermediários Destoxificação Fase II Produtos resultantes para eliminação Rins Vesícula biliar Radicais livres Acção tóxica secundária Acção tóxica primária Eunice M. Santos
  4. 4. Fase I do processo de Destoxificação Realizada principalmente por enzimas citocromo P450. As toxinas são oxidadas, reduzidas ou hidrolizadas obtendo-se no final produtos mais pequenos e com cargas eléctricas. Este processo gera radicais livres. A exposição excessiva a tóxicos induz o aumento da actividade desta fase. Isto gera mais radicais livres que ultrapassam a capacidade do organismo os neutralizar. O resultado é dano para o fígado e inflamação. Eunice M. Santos
  5. 5. Substâncias e alimentos indutores da fase I Cafeína Álcool Gorduras saturadas Pesticidas Metais pesados Todos dão origem a radicais ivres e inflamação, embora em diferentes graus. Eunice M. Santos
  6. 6. Como melhorar as acções do fígado através dos alimentos e nutrientes que eles contêm? Eunice M. Santos
  7. 7. Alimentos e nutrientes que melhoram a Fase I. Carotenóides (Frutos e vegetais de cor amarela a laranja) Vitaminas: C, E, B1, B2, B3 Minerais: Selénio, Magnésio e Ferro Vegetais crucíferas (Couves, Bróculos) N-acetil-cisteína Indol-3-carbinol Limoneno (Laranjas, Tangerinas) Plantas amargas (Alcachofra, Taraxacum – dente-de-leão) Silimarina (Cardo mariano, Alcachofra) Eunice M. Santos
  8. 8. Fase II do processo de Destoxificação 6 Vias de destoxificação. Glucoronidação, glicação, acilação, acetilação, metilação, conjugação com grupo sulfatado, conjugação com glutationa. Glutationa é um antioxidante intracelular. Sintetizada a partir dos aminoácidos cisteína, ácido glutâmico e glicina. Exposição a elevados níveis de toxinas e metais pesados consomem a glutationa mais depressa do que ela é reposta. Eunice M. Santos
  9. 9. Conjugação com aminoácidos Conhecida também como acilação. Liga toxinas e produtos da fase I a glicina (glicação), glutamina e taurina (aminoácidos). A glicina e a taurina requerem um pH alcalino (7.8-8.0). Perturbações da acilação por excesso de toxinas diminuem a bilis do tracto gastrointestinal. Eunice M. Santos
  10. 10. Glicinação - Conjugação com glicina. Destoxifica: Benzoato (conservante), Salicilatos (Aspirina) Tolueno (solvente industrial) Alimentos e nutrientes que facilitam a acilação/glicinação. Alimentos ricos em proteínas Ovos, peixes, carnes brancas, frutos oleaginosos Aminoácidos Glicina, taurina, glutamina, arginina, ornitina Eunice M. Santos
  11. 11. Acetilação Toxinas são ligadas a acetil Co-A. Mais de 50% da população são acetiladores lentos. Destoxifica histamina, ácido salicílico, drogas sulfuradas, fumos vários incluindo o do tabaco. Nutrientes necessários para acetilação. Ácido pantoténico (vit. B5) Vitamina C Tiamina (vit. B1) Quantidades consideráveis de frutas e vegetais. Eunice M. Santos
  12. 12. Metilação Conjuga as toxinas com grupos metilo, principalmente com o aminoácido metionina. Destoxifica hormonas (estrogénios), neurotransmissores. Nutrientes que auxiliam a metilação Metionina Vitaminas B6, B12 e ácido fólico Colina Magnésio, Zinco SAM (S-adenosilmetionina) Eunice M. Santos
  13. 13. Conjugação com grupos sulfurados Toxinas são conjugadas a compostos sulfurados. Requer sulfato que pode ser obtido através da alimentação, ou do aminoácido cisteína. Transforma sulfitos tóxicos, usados como conservantes, em sulfatos. Destoxifica aditivos alimentares (aspartame), neurotransmissores (cortisol, esteróides), toxinas das bactérias intestinais, várias toxinas ambientais, compostos fenólicos. Nutrientes que auxiliam a conjugação com compostos sulfurados Aminoácidos metionina e cisteína. Vegetais ricos em enxofre. Vitaminas B1, B2, B12. Magnésio Zinco N-acetil-ciateína Indol-3-carbinol Eunice M. SantosEunice M. Santos
  14. 14. Glucoronização Liga as toxinas ao ácido glucorónico. Destoxifica: Aditivos alimentares (aspartame, conservantes); Produtos resultantes do metabolismo interno (ácidos biliares, bilirrunina); Toxinas bacterianas e algumas fúngicas; Hormonas esteróides. Nutrientes que auxiliam a glucoronização L-Glutamina Ácido aspártico Magnésio Vitaminas B3 e B6 Eunice M. Santos
  15. 15. Conjugação com glutationa A glutationa é um antioxidante intracelular. Destoxifica toxinas lipossolúveis (solventes, herbicidas, fungicidas, peróxidos lipídicos), metais pesados, substâncias do fumo do tabaco, álcool. Recarrega outros antioxidantes. Nutrientes que auxiliam a conjugação com glutationa Vegetais crucíferos (couves, bróculos, couve-flor) Vitamina C Aminoácidos glutamina e metionina Ácido alfa-lipóico N-acetil-cisteína (precursor da glutationa) Eunice M. Santos
  16. 16. Eunice M. Santos Podemos encontrar todos estes nutrientes: Como fontes de aminoácidos e de proteínas temos os peixes, os ovos, as leguminosas (feijão, grão), frutos oleaginosos e carnes brancas. Os aminoácidos são os constituintes de todas as proteínas. Os minerais encontram-se nas frutas e vegetais, principalmente. Um dos minerais mais essenciais é o magnésio. Fontes de magnésio: vegetais de folhas verde escuras, amêndoas, sementes de sésamo e de abóbora, nozes do Brasil, nozes, quinoa, arroz integral. Fontes de vitaminas do complexo B: arroz integral, aveia, quinoa, feijão, salmão, atum, batatas, ovos, vegetais de folhas verde escuras, iogurtes, queijos. Fontes de vitamina C: pimento vermelho crú, kiwi, bróculos (cozidos a vapor). morangos, framboesas e amoras, laranjas, toranjas, clementinas, limões, tomate, papaia.
  17. 17. O importante de tudo é ter como base da alimentação diária vegetais crús e cozidos a vapor, frutas frescas, grãos de cereais integrais, ovos, peixes e um bom azeite. Eunice M. Santos

×