Estar em ligacao e a essencia da vida - Trabalho em Equipa

254 visualizações

Publicada em

Tudo no mundo é feito de ligações, desde as partículas subatómicas às nossas células e nós mesmos. A ciência mais moderna aponta que a realidade são ligações e não coisas/seres individuais.
Daí que a forma mais construtiva de trabalhar é em grupo, formando equipas onde todos se envolvem e estão conectados consigo e com os objectivos de todo o grupo. A nível pessoal, é no envolvimento de toda a família e em objectivos sociais que a saúde e a felicidade verdadeiras e duradouras poderão ser construídas. Para receber mais info: http://ow.ly/BenoK

Publicada em: Marketing
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Estar em ligacao e a essencia da vida - Trabalho em Equipa

  1. 1. Estar em Ligação é a Essência Básica da Vida Cooperar para Construir Eunice M Santos
  2. 2. A ciência mais moderna aponta-nos uma verdade de há milénios: Tudo o que é composto no nosso mundo, visível e invisível, é resultado de interacções. O Real é a Ligação. O que existe não são coisas/seres materiais, mas ligações entre eles.
  3. 3. O que a ciência nos mostra As partículas subatómicas não existem per si até os cientistas as medirem, observarem. É a presença do observador que lhes dá a existência de "coisa física", sólida e material. O que existe é a interacção entre elas. Os organismos unicelulares emitem pequeníssimas quantidades de luz com que interagem com os outros e com o seu meio. As nossas células emitem os mesmos fotões de luz com que sinalizam as suas actividades às células vizinhas. Inclusivamente, a qualidade das nossas relações sociais tem a capacidade de afectar os genes (não são estes que comandam a saúde ou a doença). O equilíbrio entre os biliões de células que nos compõem resulta da interacção entre todas. Somos um superorganismo composto por células diferentes cooperando para um objectivo comum: a nossa saúde. Se alguma crescer para si mesmo causa-nos doença. Comunidades de imigrantes que mantiveram os seus laços entre si no novo território para onde migraram, não entram em stress nem adquirem os índices de doença do novo local, e isto é independente de hábitos alimentares e de fumo.
  4. 4. Para onde a investigação se volte o resultado é o mesmo: existe um propósito básico da vida e do universo que é a fusão, a ligação, a interacção. Isto aponta-nos para um outro modo de viver. Não pode continuar a haver competição, inveja, comparação da posse do mesmo ou melhor que o vizinho ou alguém da família, na ganância por coisas materiais ou intelectuais. Família Cooperação Equipas Comunidade
  5. 5. O Futuro depende de começarmos a pensar mais em “nós” do que em “eu”! O trabalho colaborativo, integrativo, em equipa e entre parceiros, a importância central de laços fortes e harmoniosos familiares, laços fortes de amizade e sentido de pertença à comunidade e ao Planeta, são as formas que nós, enquanto humanidade, estamos a ser desafiados a colocar em prática.
  6. 6. Onde é que tu estás? Como te vês a trabalhar em grupo / em equipas? Quais as tuas experiências a trabalhar desta forma? Durante alguns anos trabalhei em equipas que na realidade não funcionavam, mas a questão era de que as pessoas não sabiam cooperar, pensar em grupo e em termos de objectivos comuns.
  7. 7. Onde é que tu estás? Como te vês a trabalhar em grupo / em equipas? Quais as tuas experiências a trabalhar desta forma? Durante alguns anos trabalhei em equipas que na realidade não funcionavam, mas a questão era de que as pessoas não sabiam cooperar, pensar em grupo e em termos de objectivos comuns.
  8. 8. No entanto, sempre acreditei que estarmos ligados e a cooperar para o todo é muito mais produtivo e benéfico para todos. O que pensas disto?
  9. 9. Eunice M Santos http://blog.eunicemsantos.com/

×