SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 41
A Crucificação mais Impactante do Mundo
Uma exposição bíblica e
cristocêntrica do Evangelho, da
misericórdia e do amor de Deus
pela humanidade, através da vida
e obra de Jesus, o filho do Homem.
Lucas
3º Trimestre
Ano 2019
Lição 1 – Lucas e seu Evangelho
Lição 2 – O Espírito Santo no Evangelho de Lucas
Lição 3 – Lucas o Evangelho da Alegria
Lição 4 – O Poder de Jesus Cristo sobre os
Demônios
Lição 5 – A Autoridade e o Poder Demonstrados
por Jesus
Lição 6 – O Discipulado Diligente
Lição 7 – O Valor do Indivíduo
Lição 8 – O Dever de Orar Sempre
Lição 9 – Recebendo o Reino de Deus como
Menino
Lição 10 – Acerca do Fim dos Tempos
Lição 11 – A Páscoa Desejada
Lição 12 – A Crucificação mais Impactante do
Mundo
Lição 13 – Mulheres: As Primeiras Testemunhas da
Ressurreição
Visualizar a morte de Jesus como
algo que impactou o mundo, mas
trouxe salvação
Refletir os momentos principais que
anteciparam a crucificação de Jesus;
Relembrar os julgamentos aos
quais Jesus foi submetido;
(Lucas 23.22)
"E, quando chegaram ao
lugar chamado Caveira, ali
o crucificaram e aos
malfeitores, um à direita,
e outro, à esquerda."
Nenhuma morte causou
tanto impacto no mundo
presente e porvir do que a
morte de Jesus Cristo.
33 – E, quando chegaram ao lugar chamado a Caveira,
ali o crucificaram e aos malfeitores, um à direita, e
outro, à esquerda.
34 – E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o
que fazem. E, repartindo os seus vestidos, lançaram
sortes
35 – E o povo estava olhando. E também os príncipes
zombavam dele, dizendo: Aos outros salvou; salve-se a
si mesmo, se este é o Cristo, o escolhido de Deus.
36 – E também os soldados escarneciam dele,
chegando-se a ele, e apresentando-lhe vinagre.
37 – E dizendo: Se tu és o Rei dos judeus, salva-te a ti
mesmo.
Lucas 23.33-37
Ore para que aqueles que
perseguem os cristãos sejam
alcançados pelo amor de Cristo.
1 – Momentos preliminares à crucificação
2 – Julgamento para a Crucificação
1.1 – Momentos de Agonia e Oração
1.2 – Momento da Prisão
1.3 – A Negação de Pedro
2.1 – O Julgamento de Sinédrio
2.2 – Jesus diante de Pilatos e Herodes
2.3 – O Julgamento de Pilatos
3 – A Crucificação
3.1 – A Caminho da Crucificação
3.2 – A Crucificação que Dividiu a História
3.3 – A Morte de Jesus
A morte de Jesus foi um evento
que impactou o mundo.
Lucas 23
Até hoje, Sua morte é lembrada, anunciada,
cantada pelo seu aspecto revelador e por fazer
parte dos atos redentores de Deus para a
humanidade ... (1 Pe 1.20)
1 – Momentos Preliminares
à Crucificação.
Jesus não resistiu a prisão [...] não deixou vencer
pelo mal, mas cumpriu a vontade do Pai até o fim.
1.1 – Momentos de Agonia e Oração.
Jesus sentiu-se angustiado diante da morte e por
isso orou ao Pai Celestial que se possível o livrasse
daquela hora (Lc 22.39-46).
1.1 – Momentos de Agonia e Oração.
Jesus ora mais intensamente, o Seu suor se
transformou em gotas de sangue e o anjo do céu O
confortava.
1.2 – Momento da Prisão.
O momento da prisão ocorreu ainda de madrugada
(Lc 22.47-53).
Judas conduziu a
guarda do
templo, os
anciãos
e os principais
sacerdotes até o
lugar que Jesus
estava
(Lc 22.52; Jo 18.3)
1.2 – Momento da Prisão.
Jesus curou
Malco e
ordenou aos
discípulos que
parassem, pois
aquilo era um
desígnio de
Deus
(Jo 18.10-11).
Pedro desferiu um golpe com a espada em Malco,
servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha.
1.3 – A Negação de Pedro
Pedro, muito desejoso de saber como tudo aquilo
terminaria, seguiu a Jesus de longe (Lc 22.54-62).
Na Verdade
todos
discípulos o
abandonaram
e fugiram
quando da
Prisão de Jesus
(Mt 26.56; Mc
14.50).
1.3 – A Negação de Pedro
Pedro negou que conhecesse Jesus totalizando três
vezes. Na terceira negação, o galo cantou,
Jesus olhou
para Pedro e
este retirou-se
e chorou
amargamente.
2 – Julgamento para a Crucificação.
Jesus foi submetido a Três julgamentos :
❶ O de Sinédrio
❷ O de Pilatos
❸ O de Herodes
Em nenhum
deles, Jesus foi
julgado
corretamente,
tendo em vista
a Sua inocência
e a ausência de
provas.
Jw.org
O propósito da reunião era procurar algum
testemunho falso contra Jesus, para que fosse
condenado à morte (Mt 26.59).
2.1 – O Julgamento de Sinédrio.
2.1 – O Julgamento de Sinédrio.
No Sinédrio se Jesus autodenominasse o Cristo,
seria condenado por blasfêmia, se o negasse,
talvez ficasse livre.
Como Jesus não negou a Sua identidade e filiação
divina, foi condenado e enviado para Pilatos
2.1 – O Julgamento de Sinédrio.
2.2 – Jesus diante de Pilatos e Herodes.
Pilatos examinou (Lc 23.1-6). Então, não achando
culpa alguma em Jesus e sabendo que Jesus era da
Galiléia remeteu-o para Herodes (Lc 23.7).
2.2 – Jesus diante de Pilatos e Herodes.
Herodes esperava que Jesus fizesse alguma
maravilha diante dele, mas Jesus apenas
ficou em silêncio.
Herodes, o
desprezou,
escarneceu dEle e
pôs uma veste
resplandecente e
remeteu de volta
a Pilatos
2.3 – O Julgamento de Pilatos.
Segundo as leis romanas, Pilatos não viu
qualquer coisa para que Jesus merecesse
tal condenação (Lc 23.4).
2.3 – O Julgamento de Pilatos.
Porém, a multidão gritava: “Crucifica-o! Crucifica-o”
Como era costume soltar um preso, Pilatos fê-los
decidir entre Barrabás e Jesus...
A multidão escolheu soltar
3 –A Crucificação.
Jesus obedeceu a vontade do Pai Celestial.
Por Seu amor para com o homem,
Ele escolheu morrer.
Ele “suportou a
cruz” e deu vida
e luz aos homens
(Hb 12.2).
3.1 – A Caminho da Crucificação.
Então, Simão
de Cirene, que
vinha do
campo, foi
quem
carregou a
cruz até o
Calvário.
Puseram a cruz sobre Ele, mas esgotado do
espancamento e das dores dos açoites, Ele já
não tinha forças para carregá-la.
3.1 – A Caminho da Crucificação.
A caminho do Calvário, muitas mulheres
lamentavam, choravam e batiam no peito o
triste destino de Jesus.
Mesmo sangrando, ferido ... Jesus transmite
admoestações proféticas às mulheres (Lc 23.28-31).
3.2 – A Crucificação que dividiu
a Historia.
Um dos ladrões se
arrepende e lhe diz:
“Senhor lembra-te de
mim, quando entrares
no teu reino”.
E Jesus lhe diz: “Hoje
estarás comigo no
Paraíso”
Jesus foi colocado entre dois criminosos e Suas
dores eram terríveis.
3.3 – A Morte de Jesus.
Houve trevas desde o meio dia até a hora do
sacrifício, ou seja, até às três da tarde.
3.3 – A Morte de Jesus.
Quando o véu do templo se
rasgou de alto abaixo
3.3 – A Morte de Jesus.
Dito isso expirou.
E o centurião ali
presente exclamou:
“Este homem era
justo” (Lc 23.47).
Jesus clamou : “Pai nas tuas mãos entrego o meu
espírito” (Lc 23.46)
A crucificação de Jesus dividiu a história.
Não foi um “acidente de percurso” mas plano de
Deus desde a fundação do mundo (Ap. 13.8).
Disse Martinho Lutero :
“A doutrina cristã distingue-se
de qualquer outra, pois é a
doutrina da cruz. Quem
compreende perfeitamente a
cruz, compreende a Cristo e a
Bíblia".
Quando ocorreu a prisão de Jesus ?
De Madrugada (Lc 22.47-53)
Quantas vezes Pedro negou a Jesus ?
Três vezes (Lc 22.54-62)
A quantos julgamentos Jesus foi submetido ?
❶ O de Sinédrio
❷ O de Pilatos
❸ O de Herodes
(Lc 22.66-71)
O que a crucificação de Jesus transpira ?
Amor (Lc 23.33-46)
O que a crucificação de Jesus nos
revela ao máximo ?
O amor divino para salvar e transformar os corações
cansados, angustiados e traumatizados (Jo 3.16).
Lição 13 – Mulheres: As Primeiras Testemunhas da
Ressurreição
Deus Abençoe !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
Lição 08 - Salvação e Livre-ArbítrioLição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
Lição 08 - Salvação e Livre-ArbítrioÉder Tomé
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasErberson Pinheiro
 
Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade
Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na VerdadeLição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade
Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na VerdadeÉder Tomé
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaMárcio Martins
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéÉder Tomé
 
Lição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Lição 7 - A Necessidade do Novo NascimentoLição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Lição 7 - A Necessidade do Novo NascimentoÉder Tomé
 
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.RODRIGO FERREIRA
 
Lição 8 – Missionários Fazedores de Tendas.pptx
Lição 8 – Missionários Fazedores de Tendas.pptxLição 8 – Missionários Fazedores de Tendas.pptx
Lição 8 – Missionários Fazedores de Tendas.pptxCelso Napoleon
 
Epístolas gerais - aula 1
Epístolas gerais - aula 1Epístolas gerais - aula 1
Epístolas gerais - aula 1Moisés Sampaio
 
2024 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx2024 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptxJoel Silva
 
sLição 5 jesus e a implantação do reino de deus
sLição 5   jesus e a implantação do reino de deussLição 5   jesus e a implantação do reino de deus
sLição 5 jesus e a implantação do reino de deusNayara Mayla Brito Damasceno
 
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristoLição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristoErberson Pinheiro
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Maduraguestc5d870
 
Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e Atitudes
Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e AtitudesLição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e Atitudes
Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e AtitudesHamilton Souza
 

Mais procurados (20)

Lição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
Lição 08 - Salvação e Livre-ArbítrioLição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
Lição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
 
Escatologia
EscatologiaEscatologia
Escatologia
 
Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade
Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na VerdadeLição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade
Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 
Palestra maturidade cristã
Palestra   maturidade cristãPalestra   maturidade cristã
Palestra maturidade cristã
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
 
Lição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Lição 7 - A Necessidade do Novo NascimentoLição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Lição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
 
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
 
Lição 8 – Missionários Fazedores de Tendas.pptx
Lição 8 – Missionários Fazedores de Tendas.pptxLição 8 – Missionários Fazedores de Tendas.pptx
Lição 8 – Missionários Fazedores de Tendas.pptx
 
Epístolas gerais - aula 1
Epístolas gerais - aula 1Epístolas gerais - aula 1
Epístolas gerais - aula 1
 
2024 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx2024 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
 
LIÇÃO 02 - SINAIS QUE ANTECEDEM A VOLTA DE CRISTO
LIÇÃO 02 - SINAIS QUE ANTECEDEM A VOLTA DE CRISTOLIÇÃO 02 - SINAIS QUE ANTECEDEM A VOLTA DE CRISTO
LIÇÃO 02 - SINAIS QUE ANTECEDEM A VOLTA DE CRISTO
 
sLição 5 jesus e a implantação do reino de deus
sLição 5   jesus e a implantação do reino de deussLição 5   jesus e a implantação do reino de deus
sLição 5 jesus e a implantação do reino de deus
 
Lição 12 a morte de jesus
Lição 12 a morte de jesusLição 12 a morte de jesus
Lição 12 a morte de jesus
 
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristoLição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
 
Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e Atitudes
Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e AtitudesLição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e Atitudes
Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e Atitudes
 
Atos
AtosAtos
Atos
 
Panorama do NT - 2Pedro
Panorama do NT - 2PedroPanorama do NT - 2Pedro
Panorama do NT - 2Pedro
 

Semelhante a Lição 12 - A Crucificação mais Impactante do Mundo

Lição 12 a morte de jesus
Lição 12   a morte de jesusLição 12   a morte de jesus
Lição 12 a morte de jesusRegio Davis
 
Lição 12 A morte de Jesus
Lição 12   A morte de JesusLição 12   A morte de Jesus
Lição 12 A morte de JesusWander Sousa
 
Lição 12 A morte de Jesus
Lição 12   A morte de JesusLição 12   A morte de Jesus
Lição 12 A morte de JesusWander Sousa
 
Apostila de escatologia
Apostila de escatologiaApostila de escatologia
Apostila de escatologiaRubens Bastos
 
A morte de jesus final Irmão JIN
A morte de jesus final Irmão JINA morte de jesus final Irmão JIN
A morte de jesus final Irmão JINJeronimo Nunes
 
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de Cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de CristoLBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de Cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de CristoNatalino das Neves Neves
 
06 Aspectos Científicos do Martírio de Cristo
06   Aspectos Científicos do Martírio de Cristo06   Aspectos Científicos do Martírio de Cristo
06 Aspectos Científicos do Martírio de CristoRobson Tavares Fernandes
 
1º trimestre 2016 lição 01 adultos
1º trimestre 2016 lição 01 adultos1º trimestre 2016 lição 01 adultos
1º trimestre 2016 lição 01 adultosJoel Silva
 
2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx
2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx
2016 1º trimestre adultos lição 01.pptxJoel Silva
 
A morte de jesus na cruz
A morte de jesus na cruzA morte de jesus na cruz
A morte de jesus na cruzDaniel da Costa
 
Escatologia estudo 12 o juízo final
Escatologia  estudo 12   o juízo finalEscatologia  estudo 12   o juízo final
Escatologia estudo 12 o juízo finalJoao Franca
 
panorama-do-novo-testamento.ppt
panorama-do-novo-testamento.pptpanorama-do-novo-testamento.ppt
panorama-do-novo-testamento.pptThyagoSouza20
 
Lição 14 - Israel e a Escatologia Bíblica
Lição 14 - Israel e a Escatologia BíblicaLição 14 - Israel e a Escatologia Bíblica
Lição 14 - Israel e a Escatologia BíblicaÉder Tomé
 
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015João Paulo Silva Mendes
 
Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja Sandra Dias
 

Semelhante a Lição 12 - A Crucificação mais Impactante do Mundo (20)

Lição 12 - A morte de Jesus
Lição 12 - A morte de JesusLição 12 - A morte de Jesus
Lição 12 - A morte de Jesus
 
Lição 12 a morte de jesus
Lição 12   a morte de jesusLição 12   a morte de jesus
Lição 12 a morte de jesus
 
Lição 12 A morte de Jesus
Lição 12   A morte de JesusLição 12   A morte de Jesus
Lição 12 A morte de Jesus
 
Lição 12 A morte de Jesus
Lição 12   A morte de JesusLição 12   A morte de Jesus
Lição 12 A morte de Jesus
 
LIÇÃO 12 - A MORTE DE JESUS
LIÇÃO 12 - A MORTE DE JESUSLIÇÃO 12 - A MORTE DE JESUS
LIÇÃO 12 - A MORTE DE JESUS
 
Apostila de escatologia
Apostila de escatologiaApostila de escatologia
Apostila de escatologia
 
Escatologia
EscatologiaEscatologia
Escatologia
 
A morte de jesus final Irmão JIN
A morte de jesus final Irmão JINA morte de jesus final Irmão JIN
A morte de jesus final Irmão JIN
 
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de Cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de CristoLBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de Cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de Cristo
 
06 Aspectos Científicos do Martírio de Cristo
06   Aspectos Científicos do Martírio de Cristo06   Aspectos Científicos do Martírio de Cristo
06 Aspectos Científicos do Martírio de Cristo
 
1º trimestre 2016 lição 01 adultos
1º trimestre 2016 lição 01 adultos1º trimestre 2016 lição 01 adultos
1º trimestre 2016 lição 01 adultos
 
2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx
2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx
2016 1º trimestre adultos lição 01.pptx
 
Aula 9 e 10
Aula 9 e 10Aula 9 e 10
Aula 9 e 10
 
A morte de jesus na cruz
A morte de jesus na cruzA morte de jesus na cruz
A morte de jesus na cruz
 
O JUÍZO FINAL
O JUÍZO FINAL O JUÍZO FINAL
O JUÍZO FINAL
 
Escatologia estudo 12 o juízo final
Escatologia  estudo 12   o juízo finalEscatologia  estudo 12   o juízo final
Escatologia estudo 12 o juízo final
 
panorama-do-novo-testamento.ppt
panorama-do-novo-testamento.pptpanorama-do-novo-testamento.ppt
panorama-do-novo-testamento.ppt
 
Lição 14 - Israel e a Escatologia Bíblica
Lição 14 - Israel e a Escatologia BíblicaLição 14 - Israel e a Escatologia Bíblica
Lição 14 - Israel e a Escatologia Bíblica
 
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
 
Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja
 

Mais de Éder Tomé

Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)
Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)
Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)Éder Tomé
 
Lição 4 - Dons de Poder
Lição 4 - Dons de Poder Lição 4 - Dons de Poder
Lição 4 - Dons de Poder Éder Tomé
 
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)Éder Tomé
 
Lição 3 - O Deus Criador
Lição 3 - O Deus CriadorLição 3 - O Deus Criador
Lição 3 - O Deus CriadorÉder Tomé
 
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Éder Tomé
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoÉder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Éder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusÉder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Éder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisÉder Tomé
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Éder Tomé
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeÉder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Éder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensÉder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Éder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaÉder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Éder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemÉder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Éder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusÉder Tomé
 

Mais de Éder Tomé (20)

Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)
Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)
Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)
 
Lição 4 - Dons de Poder
Lição 4 - Dons de Poder Lição 4 - Dons de Poder
Lição 4 - Dons de Poder
 
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)
 
Lição 3 - O Deus Criador
Lição 3 - O Deus CriadorLição 3 - O Deus Criador
Lição 3 - O Deus Criador
 
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de Revelação
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragem
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
 

Último

Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxViniciusPetersen1
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024LeonardoQuintanilha4
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoFabioLofrano
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfStelaWilbert
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...M.R.L
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............MilyFonceca
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentaçãoantonio211075
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptxPIB Penha
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 

Último (13)

Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 

Lição 12 - A Crucificação mais Impactante do Mundo

  • 1. A Crucificação mais Impactante do Mundo
  • 2. Uma exposição bíblica e cristocêntrica do Evangelho, da misericórdia e do amor de Deus pela humanidade, através da vida e obra de Jesus, o filho do Homem. Lucas 3º Trimestre Ano 2019
  • 3. Lição 1 – Lucas e seu Evangelho Lição 2 – O Espírito Santo no Evangelho de Lucas Lição 3 – Lucas o Evangelho da Alegria Lição 4 – O Poder de Jesus Cristo sobre os Demônios Lição 5 – A Autoridade e o Poder Demonstrados por Jesus Lição 6 – O Discipulado Diligente Lição 7 – O Valor do Indivíduo Lição 8 – O Dever de Orar Sempre Lição 9 – Recebendo o Reino de Deus como Menino Lição 10 – Acerca do Fim dos Tempos Lição 11 – A Páscoa Desejada Lição 12 – A Crucificação mais Impactante do Mundo Lição 13 – Mulheres: As Primeiras Testemunhas da Ressurreição
  • 4. Visualizar a morte de Jesus como algo que impactou o mundo, mas trouxe salvação Refletir os momentos principais que anteciparam a crucificação de Jesus; Relembrar os julgamentos aos quais Jesus foi submetido;
  • 5. (Lucas 23.22) "E, quando chegaram ao lugar chamado Caveira, ali o crucificaram e aos malfeitores, um à direita, e outro, à esquerda."
  • 6. Nenhuma morte causou tanto impacto no mundo presente e porvir do que a morte de Jesus Cristo.
  • 7. 33 – E, quando chegaram ao lugar chamado a Caveira, ali o crucificaram e aos malfeitores, um à direita, e outro, à esquerda. 34 – E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. E, repartindo os seus vestidos, lançaram sortes 35 – E o povo estava olhando. E também os príncipes zombavam dele, dizendo: Aos outros salvou; salve-se a si mesmo, se este é o Cristo, o escolhido de Deus. 36 – E também os soldados escarneciam dele, chegando-se a ele, e apresentando-lhe vinagre. 37 – E dizendo: Se tu és o Rei dos judeus, salva-te a ti mesmo. Lucas 23.33-37
  • 8. Ore para que aqueles que perseguem os cristãos sejam alcançados pelo amor de Cristo.
  • 9. 1 – Momentos preliminares à crucificação 2 – Julgamento para a Crucificação 1.1 – Momentos de Agonia e Oração 1.2 – Momento da Prisão 1.3 – A Negação de Pedro 2.1 – O Julgamento de Sinédrio 2.2 – Jesus diante de Pilatos e Herodes 2.3 – O Julgamento de Pilatos 3 – A Crucificação 3.1 – A Caminho da Crucificação 3.2 – A Crucificação que Dividiu a História 3.3 – A Morte de Jesus
  • 10. A morte de Jesus foi um evento que impactou o mundo. Lucas 23 Até hoje, Sua morte é lembrada, anunciada, cantada pelo seu aspecto revelador e por fazer parte dos atos redentores de Deus para a humanidade ... (1 Pe 1.20)
  • 11. 1 – Momentos Preliminares à Crucificação. Jesus não resistiu a prisão [...] não deixou vencer pelo mal, mas cumpriu a vontade do Pai até o fim.
  • 12. 1.1 – Momentos de Agonia e Oração. Jesus sentiu-se angustiado diante da morte e por isso orou ao Pai Celestial que se possível o livrasse daquela hora (Lc 22.39-46).
  • 13. 1.1 – Momentos de Agonia e Oração. Jesus ora mais intensamente, o Seu suor se transformou em gotas de sangue e o anjo do céu O confortava.
  • 14. 1.2 – Momento da Prisão. O momento da prisão ocorreu ainda de madrugada (Lc 22.47-53). Judas conduziu a guarda do templo, os anciãos e os principais sacerdotes até o lugar que Jesus estava (Lc 22.52; Jo 18.3)
  • 15. 1.2 – Momento da Prisão. Jesus curou Malco e ordenou aos discípulos que parassem, pois aquilo era um desígnio de Deus (Jo 18.10-11). Pedro desferiu um golpe com a espada em Malco, servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha.
  • 16. 1.3 – A Negação de Pedro Pedro, muito desejoso de saber como tudo aquilo terminaria, seguiu a Jesus de longe (Lc 22.54-62). Na Verdade todos discípulos o abandonaram e fugiram quando da Prisão de Jesus (Mt 26.56; Mc 14.50).
  • 17. 1.3 – A Negação de Pedro Pedro negou que conhecesse Jesus totalizando três vezes. Na terceira negação, o galo cantou, Jesus olhou para Pedro e este retirou-se e chorou amargamente.
  • 18. 2 – Julgamento para a Crucificação. Jesus foi submetido a Três julgamentos : ❶ O de Sinédrio ❷ O de Pilatos ❸ O de Herodes Em nenhum deles, Jesus foi julgado corretamente, tendo em vista a Sua inocência e a ausência de provas.
  • 19. Jw.org O propósito da reunião era procurar algum testemunho falso contra Jesus, para que fosse condenado à morte (Mt 26.59). 2.1 – O Julgamento de Sinédrio.
  • 20. 2.1 – O Julgamento de Sinédrio.
  • 21. No Sinédrio se Jesus autodenominasse o Cristo, seria condenado por blasfêmia, se o negasse, talvez ficasse livre. Como Jesus não negou a Sua identidade e filiação divina, foi condenado e enviado para Pilatos 2.1 – O Julgamento de Sinédrio.
  • 22. 2.2 – Jesus diante de Pilatos e Herodes. Pilatos examinou (Lc 23.1-6). Então, não achando culpa alguma em Jesus e sabendo que Jesus era da Galiléia remeteu-o para Herodes (Lc 23.7).
  • 23. 2.2 – Jesus diante de Pilatos e Herodes. Herodes esperava que Jesus fizesse alguma maravilha diante dele, mas Jesus apenas ficou em silêncio. Herodes, o desprezou, escarneceu dEle e pôs uma veste resplandecente e remeteu de volta a Pilatos
  • 24. 2.3 – O Julgamento de Pilatos. Segundo as leis romanas, Pilatos não viu qualquer coisa para que Jesus merecesse tal condenação (Lc 23.4).
  • 25. 2.3 – O Julgamento de Pilatos. Porém, a multidão gritava: “Crucifica-o! Crucifica-o” Como era costume soltar um preso, Pilatos fê-los decidir entre Barrabás e Jesus... A multidão escolheu soltar
  • 26. 3 –A Crucificação. Jesus obedeceu a vontade do Pai Celestial. Por Seu amor para com o homem, Ele escolheu morrer. Ele “suportou a cruz” e deu vida e luz aos homens (Hb 12.2).
  • 27. 3.1 – A Caminho da Crucificação. Então, Simão de Cirene, que vinha do campo, foi quem carregou a cruz até o Calvário. Puseram a cruz sobre Ele, mas esgotado do espancamento e das dores dos açoites, Ele já não tinha forças para carregá-la.
  • 28. 3.1 – A Caminho da Crucificação. A caminho do Calvário, muitas mulheres lamentavam, choravam e batiam no peito o triste destino de Jesus. Mesmo sangrando, ferido ... Jesus transmite admoestações proféticas às mulheres (Lc 23.28-31).
  • 29. 3.2 – A Crucificação que dividiu a Historia. Um dos ladrões se arrepende e lhe diz: “Senhor lembra-te de mim, quando entrares no teu reino”. E Jesus lhe diz: “Hoje estarás comigo no Paraíso” Jesus foi colocado entre dois criminosos e Suas dores eram terríveis.
  • 30. 3.3 – A Morte de Jesus. Houve trevas desde o meio dia até a hora do sacrifício, ou seja, até às três da tarde.
  • 31. 3.3 – A Morte de Jesus. Quando o véu do templo se rasgou de alto abaixo
  • 32. 3.3 – A Morte de Jesus. Dito isso expirou. E o centurião ali presente exclamou: “Este homem era justo” (Lc 23.47). Jesus clamou : “Pai nas tuas mãos entrego o meu espírito” (Lc 23.46)
  • 33. A crucificação de Jesus dividiu a história. Não foi um “acidente de percurso” mas plano de Deus desde a fundação do mundo (Ap. 13.8). Disse Martinho Lutero : “A doutrina cristã distingue-se de qualquer outra, pois é a doutrina da cruz. Quem compreende perfeitamente a cruz, compreende a Cristo e a Bíblia".
  • 34. Quando ocorreu a prisão de Jesus ? De Madrugada (Lc 22.47-53)
  • 35. Quantas vezes Pedro negou a Jesus ? Três vezes (Lc 22.54-62)
  • 36. A quantos julgamentos Jesus foi submetido ? ❶ O de Sinédrio ❷ O de Pilatos ❸ O de Herodes (Lc 22.66-71)
  • 37. O que a crucificação de Jesus transpira ? Amor (Lc 23.33-46)
  • 38. O que a crucificação de Jesus nos revela ao máximo ? O amor divino para salvar e transformar os corações cansados, angustiados e traumatizados (Jo 3.16).
  • 39. Lição 13 – Mulheres: As Primeiras Testemunhas da Ressurreição
  • 40.