Como aplicativos grátis para celulares ou tablets ganham dinheiro?

4.934 visualizações

Publicada em

Como aplicativos grátis para celulares ou tablets ganham dinheiro?

cobrar ou não cobrar? Opte pela segunda opção.
Devido a grande oferta de aplicativos com funções similares para smartphones ou tablets, cobrar pelo uso dos apps pode afastar usuários, que optarão pelo grátis. Dessa forma, cabe a empresa desenvolvedora ou aos programadores buscarem formas de viabilizar os projetos gerando lucros por meio da atividade da ferramenta.
Existem vários meios de gerar lucro a partir de aplicativos grátis. Veja algumas:

funcionalidades Exclusivas.
Um meio bastante comum é oferecer funcionalidades extras e exclusivas aos usuários que podem ser compradas. Vidas extras, personalização de personagens e outros itens especiais que diferenciam o usuário dos demais são alternativas que fazem sucesso e viabilizam o negócio.

cobrar pela Utilização:
Outra aposta dos desenvolvedores é cobrar uma taxa pelo uso do serviço, podendo ser diária, semanal, mensal, ou anual. Esse tipo de cobrança ainda divide a opinião de muitos usuários.

inclusão de Propagandas:
A inclusão de propagandas nos apps está se mostrando a estratégia mais viável e rentável aos desenvolvedores. Segundo pesquisa da Universidade de Cambridge, 80% dos aplicativos grátis produzidos para Android fazem uso de anúncios como principal meio de se gerar receita.
O baixo custo para anunciar em aplicativos é um ótimo negócio para empresas que desejam mostrar seus produtos. Em 2011, a receita gerada com publicidade ultrapassou os US$ 1,6 milhões, cerca de R$ 3,5 milhões.
Porém, o crescente número de anúncios inclusos em aplicativos grátis começa a incomodar uma fatia de usuários. Por esse motivo, muitos aplicativos possuem versões pagas, com exclusividades e sem os anúncios, e uma grátis, mantida por meio de propagandas.

Analisando o cenário mobile promissor, nota-se que é um grande risco cobrar por um aplicativo para smartphones ou tablets, pois por menor que seja o valor, o usuário possui alternativas grátis a ele. É evidente também que a publicidade desempenha um papel fundamental na manutenção da gratuidade de vários apps.

Até a próxima,
grande Abraço!

Para saber mais, acesse.
b2mdigital.com.br

Publicada em: Marketing
  • Seja o primeiro a comentar

Como aplicativos grátis para celulares ou tablets ganham dinheiro?

  1. 1. Como aplicativos grátis para celulares ou tablets ganham dinheiro?
  2. 2. cobrar ou não cobrar? Opte pela segunda opção. Devido a grande oferta de aplicativos com funções similares para smartphones ou tablets, cobrar pelo uso dos apps pode afastar usuários, que optarão pelo grátis. Dessa forma, cabe a empresa desenvolvedora ou aos programadores buscarem formas de viabilizar os projetos gerando lucros por meio da atividade da ferramenta. Existem vários meios de gerar lucro a partir de aplicativos grátis. Veja algumas:
  3. 3. funcionalidades Exclusivas. Um meio bastante comum é oferecer funcionalidades extras e exclusivas aos usuários que podem ser compradas. Vidas extras, personalização de personagens e outros itens especiais que diferenciam o usuário dos demais são alternativas que fazem sucesso e viabilizam o negócio.
  4. 4. cobrar pela Utilização: Outra aposta dos desenvolvedores é cobrar uma taxa pelo uso do serviço, podendo ser diária, semanal, mensal, ou anual. Esse tipo de cobrança ainda divide a opinião de muitos usuários.
  5. 5. inclusão de Propagandas: A inclusão de propagandas nos apps está se mostrando a estratégia mais viável e rentável aos desenvolvedores. Segundo pesquisa da Universidade de Cambridge, 80% dos aplicativos grátis produzidos para Android fazem uso de anúncios como principal meio de se gerar receita.
  6. 6. O baixo custo para anunciar em aplicativos é um ótimo negócio para empresas que desejam mostrar seus produtos. Em 2011, a receita gerada com publicidade ultrapassou os US$ 1,6 milhões, cerca de R$ 3,5 milhões. Porém, o crescente número de anúncios inclusos em aplicativos grátis começa a incomodar uma fatia de usuários. Por esse motivo, muitos aplicativos possuem versões pagas, com exclusividades e sem os anúncios, e uma grátis, mantida por meio de propagandas.
  7. 7. Analisando o cenário mobile promissor, notase que é um grande risco cobrar por um aplicativo para smartphones ou tablets, pois por menor que seja o valor, o usuário possui alternativas grátis a ele. É evidente também que a publicidade desempenha um papel fundamental na manutenção da gratuidade de vários apps.
  8. 8. Até a próxima, grande Abraço! Para saber mais, acesse. b2mdigital.com.br

×