Capitalismo e a crise na europa

2.596 visualizações

Publicada em

aula que retrata de maneira simples os ciclos econômicos do capitalismo, a importância do bloco econômico europeu e a crise na Europa principalmente na Grécia.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.596
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
537
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Capitalismo e a crise na europa

  1. 1. Capitalismo e a crise naEuropaProf. Vitor Moraes Ribeiro 1
  2. 2. Capitalismo e o ciclo deKondratieff A teoria de Nicolai D. Kondratieff diz que o capitalismo sofre entre 40 a 60 anos um retorno de um mesmo fenômeno. Dividida em duas fases: Ascendente (A) : Descendente (B): 2
  3. 3. Teoria de Kondratieff A economia passa por um estado de estagnação devido ao alto custo de uma “novíssima técnica”. Essa estagnação leva ao desgaste dos recursos materiais e humanos. A estagnação levaria ao surgimento da novíssima técnica. Exemplos: 3
  4. 4.  Assim aconteceu durante a primeira revolução industrial com a máquina a vapor e a expansão da indústria têxtil, em meados do século XIX com o aço e o desenvolvimento das ferrovias, em fins do século XIX com a eletricidade, a química e os motores, e em meados dos anos 1940 com a eletrônica, a petroquímica e os automóveis. 4
  5. 5. Ciclos de Kondratieff 5
  6. 6.  A tecnologia de informação, informática a biotecnologia não revolucionou e nem trouxe mudanças no sistema econômico. Continuamos numa extrema recessão econômica. 6
  7. 7. O Neoliberalismo e o parasitismo financeiro Neoliberalismo (1970 - ): política econômica que finaliza o modelo estatal-produtivo-keynesiano. Características neoliberais: Privatizações; Livre circulação de mercadorias e capitais; Fim da política econômica intervencionista do Estado; Fim do protecionismo; Contenção dos gastos essenciais a sociedade civil. Afrouxamento das leis trabalhistas 7
  8. 8. Consenso de Washington (1990)Imposição do modeloneoliberal no mundo com dezregras básicas.Reguladas pelas instituiçõesfinanceiras: FMI e BM 8
  9. 9.  Modelo neoliberal semostrou maisconcentrador,promovedor dadesigualdade socialvoltado para osinteresses do grandecapital e a especulaçãofinanceira improdutiva. 9
  10. 10. Crise do capitalismo em 2008 Inicia-se nos EUA com a crise no setor imobiliário. Dividas das hipotecas; Desvalorização dos imóveis Bancos financiadores e especuladores de créditos entram em falência. Plano de aquecimento da economia do presidente Obama: 900 bilhões d e dólares. Grandes empresas com GM são recuperadas com ajuda do governo. 10
  11. 11. História da União Europeia - UE Surge em 1951- Grupo dos 6 criando a CECA. 1957 – Tratado de Roma criou a CEE com quatro liberdades fundamentais: livre circulação de pessoas e mercadorias, de capitais e serviços; 1992 Tratado de Maastrich nasce a U.E. 2004 ultima ampliação + 10 nações. 11
  12. 12. A União Europeia -UE Hoje Maior bloco econômico do mundo com 27 países; O bloco tem um PIB maior que dos EUA; Exportam 5 vezes mais que os EUA; 12
  13. 13. 13
  14. 14. União Europeia e o desemprego 14
  15. 15. 15
  16. 16. 16
  17. 17. A Grécia  Entrada da Grécia na UE – 1981;  Aderem a zona do Euro em 2002;  Crise econômica chega ao país em 2009;  Altos gastos públicos;  Déficits 12,7 % no orçamento; 17
  18. 18. Supostas causas... Financiamentos pesados para garantir o crescimento econômico; Com a crise de 2008 a Grécia fica sem recursos para pagar as dividas públicas; A diferença em que ganha e recebe chega a mais de 13 % negativo. A divida chega a 270 bilhões de euros; 18
  19. 19. A ajuda... A União Europeia vai ao socorro 110 bilhões de euros são disponibilizados. Medidas de austeridade são adotadas; Austeridade: corte de despesas públicas, rigor no controle de gastos e fim de subsídios. FMI exigir políticas de austeridade para garantir o pagamento das dívidas. 19
  20. 20. Regras são impostas para garantia depagamento das dividas Forte corte de gastos públicos; Aumento dos impostos; Diminuir contingente de funcionários públicos; Cortar benefícios trabalhistas; Reforma no sistema previdenciário e privatizações 20
  21. 21. E a população ficou feliz... 21
  22. 22. 22
  23. 23. Os acrônimo PIIGS PIIGS: Portugal, Irlanda, Itália, Grécia e Espanha. São nações que preocupam internacionalmente; Referência a uma economia suja; Esses países apresentam alto déficit orçamentário. Grande número de desempregados. 23

×