FÍGADO
ANÁTOMOFISIOLOGIA
DIONE JOSÉ FERNANDES SILVA
HUDSON PASCOAL
VINICIUS LUIZ PITALUGA CAMPELO
O fígado é a glândula mais pesada
do corpo (1,5 Kg no adulto médio),
sendo depois da pele o segundo maior
órgão do corpo. ...
EMBRIOLOGIA


Na sexta semana começa a hematopoese.



Na nona semana, o fígado representa cerca de 10% do peso total do feto.



N...


Mesentério Ventral origina duas estruturas:



Omento Menor



Ligamento Falciforme



Veia umbilical
HISTOLOGIA


O fígado é revestido por uma cápsula de tecido conjuntivo chamada de
Cápsula de Glisson.


Lóbulo Hepático:


Hepátocitos: componente básico do fígado.



Essas células estão agrupadas em placas interconectad...


As células endoteliais estão separadas dos hepatócitos por uma lâmina basal
e por um espaço subendotelial conhecido com...


Suprimento sanguíneo


Recebe sangue de duas fontes diferentes ,



V. porta (80%) e A. hepática(20%)

Suprimento
san...
SISTEMA
PORTA
VENOSO
Veia Central ou
Veia
Centrolobular

Veia
Sublobular

VEIA PORTA

Capilares
sinusóides

Veias
Hepática...


Sistema Arterial


A. Hepática  Arteríolas Interlobulares  seguem o mesmo percussor que
sistema venoso


Hepatócitos


São células poliédricas, com seis ou mais superfícies, com diâmetro de 2030 mm.



O citoplasma do hepa...


Os canalículos biliares formam uma rede complexa que se unem
progressivamente formando os dúctulos biliares (canais de ...
ANATOMIA
LOBOS ANATÔMICOS DO FÍGADO


Lobo Direito e Lobo Esquerdo (anatômicos)  Lig. Falciforme e Fissura sagital
esquerda



F...
Processo papilar
FACES REFLEXÕES PERITONEAIS E RELAÇÕES DO FÍGADO


Face Diafragmática – Lisa

Recessos subfrênicos, subepático e recesso ...
FACES, REFLEXÕES PERITONEAIS E RELAÇÕES DO FÍGADO


Face Visceral – fissuras e Impressões
*Fossa da vesícula biliar e por...
VASOS SANGUÍNEOS DO FÍGADO


Suprimento sanguíneo Duplo:



Veia Porta - 75-80% do sangue para o fígado (sinusóides hepá...
VASOS SANGUÍNEOS DO FÍGADO



Artérias hepáticas aberrantes


Tipo comum – a. hepática D ou E  ramo terminal da a. hepá...

VASOS SANGUÍNEOS DO FÍGADO


Anastomoses portossistêmicas


Formam-se na tela submucosa da parte inferior do esôfago, na...

INERVAÇÃO DO FÍGADO
Plexo Celíaco  Plexo hepático:


Acompanha ramos da a. hepática e v.porta até o fígado;



Formado ...
Fisiologia


SISTEMA VASCULAR E LINFÁTICO


REGENERAÇÃO


Extraordinária capacidade de restauração – Hepatectomia parcial (70%), Lesã...
FUNÇÕES METABÓLICAS DO FÍGADO


METABOLISMO DE CARBOIDRATOS

Importante na manutenção da concentração normal da glicose s...

FUNÇÕES METABÓLICAS DO FÍGADO


Metabolismo Lipídico

Fígado Responsável pela maior parte do metabolismo lipídico
1.

Oxi...
FUNÇÕES METABÓLICAS DO FÍGADO


Metabolismo Lipídico
2.

Síntese de grandes quantidades de colesterol, fosfolipídios e da...
FUNÇÕES METABÓLICAS DO FÍGADO


Metabolismo Proteico
1.

Desaminação dos aminoácidos - transaminação


Importante para s...

FUNÇÕES METABÓLICAS DO FÍGADO


Forma Substâncias Sanguíneas Utilizadas na Coagulação





Fibrinogênio, Protrombina, ...



SECREÇÃO DE BILE PELO FÍGADO



Circulação Êntero-hepática dos sais biliares


94% dos sais biliares são reabsorvidos pa...
FORMAÇÃO E EXCREÇÃO
DA BILIRRUBINA

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Embriologia Básica – Keith Moore
Histologia Básica – Junqueiro e Carneiro
Anatomia Orientada pa...
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Fígado - Anátomofisiologia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fígado - Anátomofisiologia

8.634 visualizações

Publicada em

Embriology, Histology, Anatomy and Physiology of Liver. Slide Presented by Dione Fernandes and Vinícius Pitaluga, Both Students of Medicine - 4th period, on Academic League of Human Anatomy of Rondônia - Brazil (LANARO) 11/26/2013

Embriologia, Histologia, Anatomia e Fisiologia do Fígado. Trabalho apresentado por Dione Fernandes e Vinícius Pitaluga, ambos Estudantes de Medicina - 4º período, na Liga Acadêmica de Anatomia Humana de Rondônia - Brasil (LANARO) 26/11/2013

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
18 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.634
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
18
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fígado - Anátomofisiologia

  1. 1. FÍGADO ANÁTOMOFISIOLOGIA
  2. 2. DIONE JOSÉ FERNANDES SILVA HUDSON PASCOAL VINICIUS LUIZ PITALUGA CAMPELO
  3. 3. O fígado é a glândula mais pesada do corpo (1,5 Kg no adulto médio), sendo depois da pele o segundo maior órgão do corpo. Embora seja um órgão discreto, ele desempenha muitas funções diferentes que se interrelacionam
  4. 4. EMBRIOLOGIA
  5. 5.  Na sexta semana começa a hematopoese.  Na nona semana, o fígado representa cerca de 10% do peso total do feto.  Na décima segunda semana inicia-se a formação da bile.
  6. 6.  Mesentério Ventral origina duas estruturas:  Omento Menor  Ligamento Falciforme  Veia umbilical
  7. 7. HISTOLOGIA
  8. 8.  O fígado é revestido por uma cápsula de tecido conjuntivo chamada de Cápsula de Glisson.
  9. 9.  Lóbulo Hepático:  Hepátocitos: componente básico do fígado.  Essas células estão agrupadas em placas interconectadas  lóbulos hépaticos  Espaço porta
  10. 10.  As células endoteliais estão separadas dos hepatócitos por uma lâmina basal e por um espaço subendotelial conhecido como espaço Disse.  Célula de kuppffer  Célula de Ito
  11. 11.  Suprimento sanguíneo  Recebe sangue de duas fontes diferentes ,  V. porta (80%) e A. hepática(20%) Suprimento sanguíneo do fígado Sistema Porta Venoso Sistema Arterial
  12. 12. SISTEMA PORTA VENOSO Veia Central ou Veia Centrolobular Veia Sublobular VEIA PORTA Capilares sinusóides Veias Hepáticas Vênulas portais (Interlobulares) Vênulas Distribuidoras
  13. 13.  Sistema Arterial  A. Hepática  Arteríolas Interlobulares  seguem o mesmo percussor que sistema venoso
  14. 14.  Hepatócitos  São células poliédricas, com seis ou mais superfícies, com diâmetro de 2030 mm.  O citoplasma do hepatócito é rico em mitocôndrias e Retículo endoplasmático liso.  Sempre que dois hepatócitos se encontram, eles delimitam um espaço tubular entre si conhecido como canalículo biliar.
  15. 15.  Os canalículos biliares formam uma rede complexa que se unem progressivamente formando os dúctulos biliares (canais de Hering).  Esses dúctulos biliares posteriormente formam os ductos biliares.  Quando os ductos biliares se anastomosam eles dão origem aos ductos hepáticos.
  16. 16. ANATOMIA
  17. 17. LOBOS ANATÔMICOS DO FÍGADO  Lobo Direito e Lobo Esquerdo (anatômicos)  Lig. Falciforme e Fissura sagital esquerda  Fissuras Sagitais Direita e Esquerda + Porta do Fígado  Lobo Caudado e Quadrado (acessórios) *Processo Papilar *Processo caudado – Entre VCI e Porta  uni Lobos Caudado e Direito
  18. 18. Processo papilar
  19. 19. FACES REFLEXÕES PERITONEAIS E RELAÇÕES DO FÍGADO  Face Diafragmática – Lisa Recessos subfrênicos, subepático e recesso hepatorrenal Área nua do fígado – contato direto com o diafragma (sem peritônio)  Lig. Coronário – lamina anterior e posterior  Lig.  Triangular direito e esquerdo Sulco da veia cava
  20. 20. FACES, REFLEXÕES PERITONEAIS E RELAÇÕES DO FÍGADO  Face Visceral – fissuras e Impressões *Fossa da vesícula biliar e porta do fígado – sem peritônio Fissura Sagital Direita  fossa da vesícula biliar; sulco da veia cava Fissura Sagital Esquerda  Fissura e Lig. Redondo; Fissura do Lig. Venoso *Lig. Redondo – remanescente fibroso da v. umbilical *Lig. Venoso – remanescente fibroso do ducto venoso fetal Tríade Portal  Ducto Colédoco, A. Hepática própria e v. Porta; Encerrado pelo Omento menor (Lig. Hepatoduodenal) Impressões  Renal, Supra-Renal, Duodenal, Cólica, Gástrica
  21. 21. VASOS SANGUÍNEOS DO FÍGADO  Suprimento sanguíneo Duplo:  Veia Porta - 75-80% do sangue para o fígado (sinusóides hepáticos); 40% a mais O2,Rico em nutrientes; Sustenta o Parênquima hepático  Tronco Celíaco  A. Hepática Comum (até origem da a. gastroduodenal)  A. Hepática Própria ( até a bifurcação na porta do fígado) - 20-25% do sangue para o fígado; Sustenta Ductos biliares intra-hepáticos  Vv. Hepáticas direita, intermédia e esquerda  VCI abaixo do diafragma na área nua do fígado * Fixação dessas vv. à VCI ajuda manter o Fígado em posição
  22. 22. VASOS SANGUÍNEOS DO FÍGADO  Artérias hepáticas aberrantes  Tipo comum – a. hepática D ou E  ramo terminal da a. hepática própria  Artéria aberrante acessória ou substituta:  a. hepática direita  AMS  a. hepática esquerda  a.gástrica esquerda
  23. 23.
  24. 24. VASOS SANGUÍNEOS DO FÍGADO  Anastomoses portossistêmicas  Formam-se na tela submucosa da parte inferior do esôfago, na do canal anal, na região paraumbilical e nas faces posteriores de vísceras retroperitoneais *Hipertensão Portal  Obstrução da circulação porta – Lesão Hepática ou Tumor  Sangue chega ao AD pela VCI por vias colaterais – Varizes ( varizes esofágicas, barriga de medusa – veias da parede abdominal inferior + paraumbilicais)  Rompimento das vv.  hemorragia
  25. 25.
  26. 26. INERVAÇÃO DO FÍGADO Plexo Celíaco  Plexo hepático:  Acompanha ramos da a. hepática e v.porta até o fígado;  Formado por Fibras simpáticas do plexo celíaco e parassimpáticas dos troncos vagais ant. e post.  Vasoconstrição*
  27. 27. Fisiologia
  28. 28.
  29. 29.
  30. 30. SISTEMA VASCULAR E LINFÁTICO  REGENERAÇÃO  Extraordinária capacidade de restauração – Hepatectomia parcial (70%), Lesão hepática aguda  Céls. mesenquimais no fígado e outros tecidos Fator de crescimento dos hepatócitos (HGF)  Divisão e crescimento das céls. Hepáticas  Fator de crescimento epidérmico, citocinas, TNF-α, IL-6 podem estar envolvidos na estimulação  Hepatócitos  Fator de crescimento transformante-β, sugerido como o principal terminador da regeneração hepática após a volta ao tamanho original  Complicação por fibrose, infecção virótica ou inflamação compromete o processo regenerativo e deteriora a função hepática
  31. 31. FUNÇÕES METABÓLICAS DO FÍGADO  METABOLISMO DE CARBOIDRATOS Importante na manutenção da concentração normal da glicose sanguínea 1. Armazenamento de grandes quantidades de glicogênio (Função tampão de glicose do fígado)  2. Conversão possibilita armazenar grande qtds. de carboidratos sem alterar a pressão osmótica intracelular Conversão da galactose e da frutose em glicose
  32. 32.
  33. 33. FUNÇÕES METABÓLICAS DO FÍGADO  Metabolismo Lipídico Fígado Responsável pela maior parte do metabolismo lipídico 1. Oxidação dos ácidos graxos para suprir energia para outras funções corporais  Gordura  Glicerol + ácidos graxos  Radicais Acetil  Acetil-CoA  ciclo de Krebs  Parte da Acetil-CoA  Ácido acetoacético – hepatócitos  liq. Extracelular  absorvido por outros tecidos  Acetil-CoA para oxidação
  34. 34. FUNÇÕES METABÓLICAS DO FÍGADO  Metabolismo Lipídico 2. Síntese de grandes quantidades de colesterol, fosfolipídios e da maior parte de lipoproteínas   Maior parte dos fosfolipídios são transportados nas lipoproteínas  3. 80% colesterol produzido no fígado é convertido a sais biliares, o restante é transportado nas lipoproteínas e carreado pelo sangue para os demais tecidos Colesterol e fosfolipídios  membranas, estruturas intracelulares, substâncias químicas para função celular Síntese de gordura, a partir de proteínas e carboidratos  Após sintetizada, é transportada nas lipoproteínas para o tecido adiposo – armazenamento
  35. 35. FUNÇÕES METABÓLICAS DO FÍGADO  Metabolismo Proteico 1. Desaminação dos aminoácidos - transaminação  Importante para serem usados como energia ou convertidos em carboidratos ou lipídios 2. Formação de ureia para remoção da amônia dos líquidos corporais 3. Formação das proteínas plasmáticas  4. Albumina (mantém pressão coloidosmótica), fibrinogênio (fibrina; coagulação),50 a 80% das globulinas (funções enzimáticas; transferrina) Interconversões entre diversos aminoácidos e síntese de outros compostos a partir deles  Aminoácidos não essenciais
  36. 36.
  37. 37. FUNÇÕES METABÓLICAS DO FÍGADO  Forma Substâncias Sanguíneas Utilizadas na Coagulação    Fibrinogênio, Protrombina, Globulina aceleradora, Fator VII dentre outros Vitamina K Importante para formação da Protrombina, Fatores VII, IX e X Remove ou Excreta Fármacos, Hormônios e outras substâncias  Destoxifica ou excreta na bile  Cálcio é excretado pelo fígado na bile, sendo perdido nas fezes
  38. 38.
  39. 39.
  40. 40.
  41. 41. SECREÇÃO DE BILE PELO FÍGADO  Circulação Êntero-hepática dos sais biliares  94% dos sais biliares são reabsorvidos para o sangue pelo intestino delgado  Difusão – inicio do duodeno  Sinusóides hepáticas  Hepátócitos  Pequenas quantidades eliminadas nas fezes são respostas por síntese pelos hepatócitos Transporte ativo – íleo distal
  42. 42. FORMAÇÃO E EXCREÇÃO DA BILIRRUBINA
  43. 43.
  44. 44. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Embriologia Básica – Keith Moore Histologia Básica – Junqueiro e Carneiro Anatomia Orientada para Clínica – Keith Moore Tratado de Fisiologia – Guyton & Hall

×