Declaração política da IASL sobre bibliotecas escolares – 1993  (Internacional Association ofSchoolLibrarianship) http://w...
A Declaração tem o seu início com a referência ao Princípio 7 da Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança...
Essencial ao processo espiritual, moral, social, cultural e económico da sociedade
Essencial ao cumprimento das metas e objectivos de aprendizagem da escola
Fundamental na promoção da consciência da sua própria herança cultural e na promoção da compreensão da diversidade de cult...
Instrumento vital do processo educativo ( envolvida no processo de ensino aprendizagem)
Providenciar fontes de informação  para pais, agentes sociais e jovens em qualquer momento da vida.</li></li></ul><li>Cump...
As metas/funções da Biblioteca<br />
Adequação dos materiais <br />Toda a gama de tecnologia da informação e da comunicação<br />Variedade - diversos campos do...
Meios e equipamentos<br />Espaço adequado – exploração e utilização dos diversos materiais<br />Enquadrar-se  no design da...
Pessoal/Professor bibliotecário<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação iasl 1993

955 visualizações

Publicada em

Declaração Politica do IASL sobre Bibliotecas Escolaresr - 1993

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
955
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação iasl 1993

  1. 1. Declaração política da IASL sobre bibliotecas escolares – 1993 (Internacional Association ofSchoolLibrarianship) http://www.iasl-online.org/about/handbook/policysl.html<br />Docente: Mestre Maria José Vitorino<br />Unidade Curricular - Professor Bibliotecário: Desenvolvimento de novas competências<br />Mestranda: Maria da Conceição Costa<br />Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias<br />Mestrado em Bibliotecas Escolares e Literacia do séc. XXI 27/07/2010<br />
  2. 2. A Declaração tem o seu início com a referência ao Princípio 7 da Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança, o qual afirma :“Cada criança tem direito a receber educação, obrigatória e gratuita, pelo menos ao níveldo ensino básico. Ser-lhe-á administrada uma educação que desenvolverá a sua culturageral e lhe permitirá, numa base de igualdade, desenvolver as suas habilidades,capacidade de decisão e uma consciência moral de responsabilidade social, tornando-oum membro útil da comunidade.”(Adoptado por unanimidade pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 20 de Novembro de 1959)<br />A BE<br /><ul><li>Factor de desenvolvimento da personalidade humana
  3. 3. Essencial ao processo espiritual, moral, social, cultural e económico da sociedade
  4. 4. Essencial ao cumprimento das metas e objectivos de aprendizagem da escola
  5. 5. Fundamental na promoção da consciência da sua própria herança cultural e na promoção da compreensão da diversidade de culturas
  6. 6. Instrumento vital do processo educativo ( envolvida no processo de ensino aprendizagem)
  7. 7. Providenciar fontes de informação para pais, agentes sociais e jovens em qualquer momento da vida.</li></li></ul><li>Cumprimento das metas e objectivos de aprendizagem da escola<br />
  8. 8. As metas/funções da Biblioteca<br />
  9. 9. Adequação dos materiais <br />Toda a gama de tecnologia da informação e da comunicação<br />Variedade - diversos campos do conhecimento (actividades recreativas)<br />Materiais apelativos (interesses dos alunos, capacidades cognitivas, afectivas e psicomotoras)<br />Relevância para o ensino-aprendizagem<br />Interesses culturais valorizados pelas famílias<br />Respeito pelas condicionantes de natureza económica<br />
  10. 10. Meios e equipamentos<br />Espaço adequado – exploração e utilização dos diversos materiais<br />Enquadrar-se no design da arquitectura geral da escola<br />Iluminação, tratamento acústico das portas e tectos, controlo da temperatura, humidade e mobiliário e estantaria adequados aos alunos<br />Situar-se perto dos centros de maior circulação/acesso fácil (deficientes)<br />Utilização da BE fora do horário normal dos alunos<br />Flexibilidade e antevisão quanto à expansão e reorganização do espaço (número de tomadas eléctricas)<br />
  11. 11. Pessoal/Professor bibliotecário<br />
  12. 12. IFLA /Unesco – Manifesto das Bibliotecas Escolares - 1999<br />Os Professores Bibliotecários:<br />Nunca devem estar a um nível mais baixo do que o equivalente ao estágio do professor<br />Profissão que exige formação e competências especialmente definidas<br />O papel do professor bibliotecário é holístico (manter-se actualizados com todas as actividades da escola, trabalhar com todos os professores e alunos, devem actuar como parceiros do ensino , gestores e organizadores culturais e devem ser considerados especialistas e o seu estatuto deverá ser reconhecido a esse nível)<br />
  13. 13. Federação Internacional das Associações de Bibliotecários e de BibliotecasA biblioteca escolar no contexto do ensino-aprendizagem para todos - Manifesto da Biblioteca Escolar (1999)<br />O Professor Bibliotecário deve ser:<br /> Elemento do corpo docente, qualificado e responsável pelo planeamento e gestão da BE e deve trabalhar em equipa<br />Assegurar o funcionamento eficaz dos serviços:<br /><ul><li>Conhecimentos de gestão de recursos, de informação e pedagogia
  14. 14. Competências para planear e ensinar diferentes técnicas no tratamento da informação tanto para professores como para alunos</li></ul>Formação e desenvolvimento profissionais<br />
  15. 15. A Biblioteca na perspectiva dos Alunos -Síntese<br /> Facilitadora de meios de aprendizagem<br />Proporcionar o conhecimento profundo de toda a gama de tecnologia de informação e comunicação, respondendo aos interesses, necessidades educativas e recreativas <br />Estimular e reforçar o interesse pela leitura como meio de aprendizagem e de lazer<br />Desenvolver competências que permitam a adaptação a diversas situações e a educação permanente ao longo da vida<br />Permitir a aprendizagem de forma autónoma<br />A Sociedade que investe na biblioteca escolar investe no seu próprio futuro.<br />
  16. 16. Referências Bibliográficas<br />IFLA/UNESCO – Manifesto da Biblioteca Escolar (1999): [OnLine].[cons.2010-07-23]. Disponível em WWW: <URL : http://archive.ifla.org/VII/s11/pubs/portug.pdf<br />IFLA/UNESCO – Manifesto da Biblioteca Escolar: a biblioteca no contexto do ensino-aprendizagem para todos. Lisboa: RBE, 2000. 6 p.<br />IASL – PolicyStatementonSchoolLibraries(1993):[OnLine].[cons.2010-07-23]. Disponível em WWW: <URL : http://www.iasl-online.org/about/handbook/policysl.html<br />

×