Opções que interferem no equilíbrio do organismo

1.067 visualizações

Publicada em

Apesar da esperança de vida ter vindo a aumentar, a vida moderna pode constituir uma ameaça à nossa longevidade e qualidade de vida, porque ...

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.067
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
410
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Opções que interferem no equilíbrio do organismo

  1. 1. Opções que interferem no equilíbrio do organismo (Álcool, Tabaco, Droga, Higiene, Atividade Física e Alimentação).
  2. 2. Hábitos de VIDA PREJUDICIAIS  Apesar da esperança de vida ter vindo a aumentar, a vida moderna pode constituir uma ameaça à nossa longevidade e qualidade de vida, porque:  Provoca stresse;  Tendência para transtornos alimentares;  Falta de exercício físico;  Hábitos sociais nocivos, como:  Alcoolismo;  Tabagismo;  Drogas.
  3. 3. Alcoolismo O alcoolismo é uma doença provocada pelo consumo excessivo e prolongado de álcool, que afeta a saúde física, o bem – estar emocional e o comportamento do indivíduo.
  4. 4.  Poucos minutos depois da ingestão, o álcool passa para a corrente sanguínea (onde pode manter-se várias horas ) a partir da qual exerce a sua ação sobre diversos órgãos do organismo.
  5. 5. Falsos Conceitos sobre o ÁLCOOL O ÁLCOOL não aquece…  Ele faz com que o sangue venha à superfície da pele, dando a sensação de calor.  Esta deslocação do sangue provoca uma perda de calor interno, o que vai prejudicar o funcionamento de todos os órgãos. O ÁLCOOL não mata a sede…  A sede aparece quando o organismo necessita de água.  Se ingerimos bebidas alcoólicas perdemos muita água pela urina e maior sede sentimos. O ÁLCOOL não dá força...  O álcool tem uma ação excitante, que disfarça o cansaço e cria a ilusão de terem voltado as forças.  A degradação do álcool no fígado gasta muita energia e o cansaço a seguir é ainda maior.
  6. 6. Falsos Conceitos sobre o ÁLCOOL O ÁLCOOL não ajuda a digestão nem abre o apetite...  O álcool faz com que os movimentos do estômago sejam mais rápidos.  Os alimentos passam para o intestino sem estarem digeridos, o que dá a sensação que o estômago está vazio. O ÁLCOOL NÃO É UM ALIMENTO ...  Não é um nutriente;  Não ajuda na construção e reconstrução do organismo;  Os nutrientes são armazenados e o álcool é destruído.
  7. 7.  LEVA Á DEPENDÊNCIA  CIRROSE ALCOÓLICA  NEGLIGÊNCIA FAMILIAR  PERDA DE EMPREGO  PROBLEMAS FINANCEIROS  CRISES AGRESSIVAS  ENVELHECIMENTO PRECOCE Beber ÁLCOOL …
  8. 8. Tabagismo Fumar …  PROVOCA ENVELHECIMENTO PRECOCE  PROVOCA O CANCRO  PROVOCA DOENÇAS RESPIRATÓRIAS, CARDIOVASCULARES E REUMÁTICAS  DENTES AMARELOS E ENFRAQUECIDOS
  9. 9. Tabagismo  O tabagismo é uma toxicomania caracterizada pela dependência física e psicológica do consumo de nicotina, substância presente no tabaco.  Os cigarros contém cerca de 4720 substâncias tóxicas, sendo uma delas, a nicotina, responsável pela dependência O tabaco é responsável por: •25 a 30% da totalidade dos cancros — incluindo cancro do aparelho respiratório superior (lábio, língua, boca, faringe e laringe); •80% dos casos de doença pulmonar crónica obstrutiva; •75 a 80% dos casos de bronquite crónica; •90% dos casos de cancro do pulmão; •20% da mortalidade por doença coronária.
  10. 10. Tabagismo  Em 2015, um em cada quatro portugueses (25%) é fumador, mais dois pontos percentuais do que em 2012;  12% deixaram de fumar e quase dois terços (63%) nunca fumaram.  Na União Europeia (UE), a média de fumadores é de 26%, uma quebra de dois pontos na comparação com o inquérito de 2012.
  11. 11. Tabagismo As substâncias tóxicas de um cigarro  Um cigarro contém cerca de 4.000 substâncias com efeitos tóxicos e irritantes, 70 das quais mencionadas como cancerígenos. Eis algumas delas… •Nicotina, responsável pela redução da irrigação sanguínea nos tecidos e no sistema nervoso central; •Substâncias radioativas (como Polónio 210 e Carbono 14); •Metais pesados (como o chumbo e o cádmio) que se concentram no fígado, rins e pulmões; •Monóxido de carbono que assume o lugar do oxigénio conduzindo à intoxicação do organismo; •Alcatrão (altamente cancerígeno).
  12. 12.  Segundo a OMS, o consumo de tabaco, na Europa, é responsável por um milhão e 200 mil mortes anuais, número que tende a ascender aos dois milhões.  Em Portugal, o consumo de tabaco atinge cerca de 20 a 26% da população, com predomínio de três homens e meio para cada mulher. O tabagismo causa um grande prejuízo à saúde pública, já que é responsável pela diminuição da qualidade e duração de vida. Tem ainda a agravante de ser um fator de risco não apenas para o fumador, mas para todos aqueles que se encontram frequentemente expostos ao fumo passivo.
  13. 13. Drogas  DIMINUEM O FUNCIONAMENTO CEREBRAL  INFECÇÃO POR HIV E HEPATITE  RISCO DE EMBOLIAS  PODE CAUSAR A MORTE (OVERDOSE)  ALTERAÇÕES PSICOMOTORAS  PERTURBAÇÃO DA EXECUÇÃO DE TAREFAS Consumir….
  14. 14. Drogas Droga é toda e qualquer substância, natural ou sintética que, uma vez introduzida no organismo, modifica as suas funções. O termo "droga" refere-se, geralmente, a substâncias psicoativas e, em particular, às drogas ilícitas ou àquelas cujo uso é regulado por lei, por provocarem alterações do estado de consciência do indivíduo, levando-o eventualmente à dependência química (haxixe, cocaína, mescalina, álcool etc.).
  15. 15. Cocaína… A cocaína tem uma ação intensa mas breve. Quando consumida em doses moderadas pode provocar ausência de fadiga, de sono e de fome, bem como euforia, intenso bem-estar e segurança em si mesmo. Provoca insónia, agitação, ansiedade intensa, agressividade, visões e alucinações. Ao bem-estar inicial segue-se geralmente cansaço, apatia, irritabilidade e comportamento impulsivo. Nomes de rua : coca, branca, branquinha, gulosa, júlia, neve ou snow
  16. 16. Maconha ( Canábis ) … A mais popular das drogas ilegais. a partir desta planta podem se formar três tipos de droga diferentes: marijuana, haxixe e óleo de cannabis.  Psicoses (como esquizofrenia  Problemas de memória  Ansiedade, depressão maior, transtornos do humor  Cancro do pulmão  Cancro da laringe  Disfunção sexual  Acidente vascular cerebral Consequências do seu uso: Etc…
  17. 17. Heroína …  Inicialmente podem sentir-se náuseas e vómitos que são depois substituídos por sensação de bem-estar, excitação, euforia e prazer.  A longo prazo, o consumidor poderá sofrer alterações a nível de peso, afeções gastrointestinais ou patologias ginecológicas.  A nível psicológico, um dependente de heroína poderá tornar-se apático, letárgico, deprimido e obcecado pela droga.
  18. 18. LSD e Cogumelos Mágicos…  LSD, também chamado de ácido, pills, cones ou trips é uma droga com ação alucinogénia ou psicadélica. Pode provocar ilusões, alucinações,...  Cogumelos Mágicos - contêm um tipo de alcalóides capaz de afetar o Sistema Nervoso Central. São quimicamente semelhantes ao LSD.
  19. 19. Ecstasy e GHB … Ecstasy e GHB ( ou ecstasy líquido) – São substâncias perigosas, que danificam o cérebro, de forma irreversível, mesmo consumindo irregularmente.
  20. 20. As Drogas roubam-te a Liberdade, a Família, a Saúde, a Vida !!!!!
  21. 21. Atividade Física… Atividade física é, "qualquer movimento corporal, produzido pelos músculos esqueléticos, que resulte em gasto energético maior que os níveis de repouso". Atividade física em geral deve estar, se possível, regulada e controlada por profissionais da Educação Física. Pois ela está associada diretamente relacionada a melhorias da saúde e condições físicas dos praticantes. A atividade física quando é feita de forma contínua e programada resulta no ganho de força física. Incremento da capacidade cardiorrespiratória, da flexibilidade entre outros fatores responsáveis pela melhoria da qualidade de vida de um indivíduo.
  22. 22. Atividade Física…  FAZER EXERCÍCIO FÍSICO 30m/DIA  BENEFICIA O SISTEMA CARDIOVASCULAR E RESPIRATÓRIO  FORTALECE OS MÚSCULOS E AUMENTA A RESISTÊNCIA ÓSSEA  REGULA O INTESTINO  MELHORA O CONTROL DO PESO  AUMENTA A AUTOESTIMA E TRAZ MELHORAS PSICOLÓGICAS
  23. 23. Atividade Física…
  24. 24. Alimentação  INGERIR ALIMENTOS SEGUNDO A % DA RODA DOS ALIMENTOS  COMER NO INTERVALO DAS REFEIÇÕES  INGERIR 1,5 A 3 LITROS DE ÀGUA POR DIA  CONTROLAR O APETITE  COMER DEVAGAR
  25. 25. Alimentação Para uma alimentação saudável e equilibrada, é necessário escolher alimentos variados e procurar fazer refeições que combinem diferentes porções de cereais, hortaliças, frutas, carnes, leite e ovos. A pirâmide dos alimentos é um guia para auxiliar numa alimentação saudável, pois apresenta exemplos de como montar refeições. Ela é dividida em grupos para facilitar estas escolhas.
  26. 26. Alimentação Nos três grupos da base, encontram-se os cereais, frutas e hortaliças, que devem ser consumidos em maior quantidade. No topo, encontram-se os alimentos que devem ser consumidos em menor quantidade. Na própria pirâmide, há a indicação de quantas porções de cada grupo de alimentos devem ser consumidas por dia.1
  27. 27. Combater o Stress :  FAZER EXERCÍCIO FISICO  ARRANJAR UM PASSATEMPO  MELHORAR O RELACIONAMENTO INTERPESSOAL(TER VIDA SOCIAL)  FAZER FÉRIAS  DEFINIR E PLANEAR O SEU DIA  SABER DIZER NÃO  APRENDER A RELAXAR
  28. 28. Os hábitos de vida saudável conduzem à preservação da saúde. O exercício físico adequado, a higiene e a alimentação equilibrada são opções de vida saudável.

×