A gente que veio da áfrica

763 visualizações

Publicada em

resumo da gente da africa

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
763
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A gente que veio da áfrica

  1. 1. A GENTE QUE VEIO DA ÁFRICA Portugal dividiu as terras que tinha em campitanias, queforam dadas a donatários. O objetivo dos portugueses era explorar essas terras. E para isso passaram a ultilizar a mão de obra indígena. No entanto,os indígenas começaram a se afstar e ase deslocar para o interior do territorio. Além disso, os padres jesuítas eram contra a escravização dos indígenas. Naquela época, comerciantes de negros africanos já os ofereciam aos portugueses que tinham terras na colônia, de modo que foi fácil substitiuir os indígenas por africanos esecravizados nos trabalhos nas capitanias. Os negros africanos eram trazido para o Brasil em embarcaçoes conhecidas como navios negreiros. A viagem durava mais de um mês; a alimentação, além de pouca era ruim; e as condições de higiene era péssimas. Muitos escravos morriam durante a viagem. Os que sobreviviam chegava aos portos brasileiros bastante enfraquecidos e eram vendidos como mercadorias. O trafego de escravos para o Brasil começou por vouta de 1568, e calcula- se que cerca de 4 milhões de negros de várias nações africanas tenha sido trazido para cá. Casa-grande e senzala: a vida nos engenhos
  2. 2. As melhores terras para o plantio da cana-de-açúcar eram as de nordeste e as do sudeste do Brasil, regiões nas quais foram instaldos os primeiros engenhos e para onde foram levados os africanos escravizados. No Brasil colonia, o engenho não signficava só o local onde fabricava-se o açúcar. Significava toda a propriedade do dono das terras,a mata, os canaviais, as áreas dedicadas ao plantio de alimento, a casado dono das terras,a capela, os demais ocupantes da casa ficavam a maior parte do tempo nas partes externas. Nas casa mais ricas, uma varanda nos fundos ou um alpendre servia de espaçopara refeições. Os escravos africanos se abrigavam na senzala que ficava nas áreas de serviços ou no quintal. Em fazendas em que não havia senzala, eles dormiam no ar livre, ou na cozhina, ao pé do fogao A fabricação do açúcar Um engenho de bom porte tinha no minimo cinquenta escravos africanos, quinze juntas de bois e muita lenha. Do engenho para a usina Hoje em dia, o açúcar ainda é um produto importante para a economia nacional,pois o Brasil é um dos maiores produtores mundias desse produto. A produçao de açúcar e o meio ambinte O platio da cana e a produçao do açúcar accarretam serios problemas para o meio ambiente e muitas vez nvolvendo o desrespeito a alguns direitos humanos.
  3. 3. Nas plantações de cana, assim como muitas outra áreas, otabhlo infantil, apesar de proibido por lei, ainda é explorado em várias partes do país.Diderentes ações do governo e de algumas organizaçoes não governamentais (ONG) tem sido desenvolvidas a dim de eliminar o problema

×