Futebol Eficiente

2.191 visualizações

Publicada em

Velocidade, resistência, força, padrão de jogo definido, consistência ofensiva / defensiva, índice zero de lesões e grande qualidade técnica.
Como conseguir um alto rendimento em época de maratona de jogos e viagens? Como conciliar treino e recuperação e ainda assim melhorar o desempenho? Qual o melhor caminho a seguir durante a temporada?
Não podemos seguir modelos antigos pois o tempo é outro e a exigência está cada vez maior. Não adianta fazer o que se fez no passado somente porque deu certo. O aproveitamento do tempo de treino passou a ser fundamental e cada atividade deverá ser planejada para que se obtenha o máximo possível.
A escolha do modelo de jogo, a metodologia a ser usada para atingir os objetivos, o planejamento semanal, os exercícios a serem executados e, tão importante como, a recuperação ideal pós esforço. Tópicos importantes no planejamento da temporada que poderão definir o futuro da equipe e que precisam ser EFICIENTES.

Publicada em: Esportes
1 comentário
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Fernando muito obrigado por se lembrar e enviar essas materias amigao
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.191
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
109
Comentários
1
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Futebol Eficiente

  1. 1. FUTEBOL EFICIENTE Por Fernando Farias Especialista em Futebol pela UFRJ – Prep. Físico da primeira equipe do Kazma SC - Kuwait Velocidade, resistência, força, padrão de jogo definido, consistência ofensiva / defensiva, índice zero de lesões e grande qualidade técnica. Como conseguir um alto rendimento em época de maratona de jogos e viagens? Como conciliar treino e recuperação e ainda assim melhorar o desempenho? Qual o melhor caminho a seguir durante a temporada? Não podemos seguir modelos antigos pois o tempo é outro e a exigência está cada vez maior. Não adianta fazer o que se fez no passado somente porque deu certo. O aproveitamento do tempo de treino passou a ser fundamental e cada atividade deverá ser planejada para que se obtenha o máximo possível. A escolha do modelo de jogo, a metodologia a ser usada para atingir os objetivos, o planejamento semanal, os exercícios a serem executados e, tão importante como, a recuperação ideal pós esforço. Tópicos importantes no planejamento da temporada que poderão definir o futuro da equipe e que precisam ser EFICIENTES. Um modo de ganhar em eficiência é trocar os exercícios menos específicos pelos que poderão gerar uma transferência maior para o desempenho no jogo.
  2. 2. A observação das características dos gestos técnicos e o planejamento e execução de exercícios que levem em conta a reprodução dos mesmos, ajudam a diminuir o desperdício de tempo. Em relação ao treinamento de força, principalmente, a escolha entre exercícios em CCA – Cadeia cinética Aberta ou CCF – Cadeia Cinética Fechada, a escolha entre treinar um músculo isoladamente ou treinar o movimento, deve ser claro a vantagem de se aproximar ao máximo do gesto que o atleta executará durante as partidas.
  3. 3. O atleta deve ser visto como um ser global que deve ser estimulado em sua totalidade. Em virtude disso, a capacidade cognitiva / tomada de decisão, fundamental para um ótimo desempenho, deverá ser estimulada todo o tempo. Saber exatamente como quantificar os estímulos no dia a dia é fundamental para que sejam eficientes e não causem uma sobrecarga nociva ao longo do tempo. Conhecer as demandas do futebol e avaliar precisamente os dados oriundos do esforço através da tecnologia (GPS, Reflotron, Termografia, etc.) exige atualização constante de todos os profissionais envolvidos no processo de treinamento.
  4. 4. Trabalhar buscando com rigor atingir os objetivos propostos é um ótimo caminho para a eficiência. Cumprir com o planejado e dentro dos limites esperados nos proporciona economia de tempo esforço. Saber como, quando e porque fazer a recuperação. Conhecer os meios e métodos mais eficazes para que o atleta esteja em nível máximo para a realização do próximo esforço. Estar preocupado em como o processo inflamatório pode ajudar no aumento ou diminuição da performance e outras nuances do processo de restabelecimento energético e muscular, fatores que podem decifrar os motivos do sucesso ou insucesso de uma equipe.
  5. 5. Na medida em que se torna mais rápido, o futebol torna-se mais lesivo, mais preocupante em relação a manter o atleta pronto para atuar no maior número de partidas possível. Um enorme esforço tem sido dispendido nesse sentido e cada vez mais se aperfeiçoam os métodos.
  6. 6. A principal arma para conseguir se destacar no acirrado mercado do futebol é estar pronto para a mudança. Mudar hábitos exige esforço, dedicação aos estudos, atenção ao que se está fazendo em grandes centros e, principalmente, não ficar preso ao passado. Julho de 2015

×