Poluição do solo por dejetos de animais (suinos e aves)

1.319 visualizações

Publicada em

Esta apresentação trata sobre o assunto de poluição do solo por dejetos de animais, principalmente suínos e de aves. Onde são apresentadas suas consequências e alternativas de tratamento

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.319
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
51
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
161
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Poluição do solo por dejetos de animais (suinos e aves)

  1. 1. POLUIÇÃO DO SOLO POR DEJETOS DE ANIMAIS (SUÍNOS E AVES) Paola C. Brutti São Gabriel 2015
  2. 2. • Os sistemas produtivos modernos mostram um aumento de escala de produção, • Mas com isso criam grandes problemas ambientais nas regiões produtoras devido à alta produção de resíduos que normalmente são depositados no solo. • A contaminação transcorre da aplicação de elevadas cargas de dejetos no solo sem o devido tratamento.
  3. 3. • Esta prática provoca o acúmulo de nutrientes no solo e resulta em prejuízos para o agricultor como: • Menores opções para a diversificação das atividades agropecuárias; • Queda na produtividade de cereais, devido ao excesso de N; • Intoxicação de animais; • Depreciação dos produtos, como hortaliças, devido ao acúmulo de metais pesados;
  4. 4. A SUINOCULTURA E SUAS CONSEQUÊNCIAS AMBIENTAIS • Os resíduos produzidos através da suinocultura encontram- se em maior destaque dentre todos os dejetos animais; •Essa produção de dejetos, muitas vezes não tem um manejo correto o que causa um grande impacto sobre a biota; •Favorecem o crescimento de microrganismos; •Diminuição do oxigênio da água; •Presença de maus odores; •Aparecimento de insetos e roedores
  5. 5. A SUINOCULTURA E SUAS CONSEQUÊNCIAS AMBIENTAIS • Concentração de material orgânico; • Excesso de nutrientes; • Quando são manejados, ocorre na forma liquida, devido ao fato de possuírem baixa concentração de sólidos totais causando grandes problemas, • O dejeto na forma liquida tem maior facilidade de mobilidade e transportes de muitos agentes poluentes.
  6. 6. ALTERNATIVAS DE TRATAMENTO PARA DEJETOS SUÍNOS • A situação ambiental para alternativas de tratamentos de dejetos é crítica em muitas regiões produtoras, devido à necessidade de maior atenção no que diz respeito ao trato com os resíduos; • A utilização como fertilizante do solo é uma das práticas mais viáveis; • No entanto, devido ao grande volume, há muitas vezes, aporte maior de nutrientes do que a necessidade das culturas, provocando o acúmulo no solo;
  7. 7. • A utilização de armazenamento de dejetos suínos em esterqueiras e bioesterqueiras são os dois processos mais utilizados em Santa Catarina; • Esses sistemas possuem a função principal de armazenar os dejetos antes de aplicá-los ao solo;
  8. 8. • Esses sistemas devem ser construídos para armazenar os dejetos durante o período de 120 a 180 dias; • Durante o armazenamento, o dejeto sofre certa degradação anaeróbia; • Pode ocorrer liberação de gases principalmente nos meses de verão quando o aumento da temperatura ambiente favorece a atividade biológica e a volatilização de gases; Esterqueira construída com lona de PVC
  9. 9. O SISTEMA DE CRIAÇÃO DE SUÍNOS EM CAMA SOBREPOSTA • Representa uma tecnologia de manejo de dejetos de suínos na fase sólida • A cama é constituída de maravalha, serragem ou outros substratos; • Substitui ao piso convencional para a alocação dos animais • Permite a incorporação das fezes e urina do animal diretamente na cama • Eliminando o dejeto líquido e diminuindo a geração de odores e a proliferação de moscas.
  10. 10. A AVICULTURA E SUAS CONSEQUÊNCIAS AMBIENTAIS • O consumo de carne de frango tem aumentado; • Aumento da produção de dejetos avícolas; • Altas concentrações de N, P, K, Cu, Zn; • A decomposição dos resíduos ocorre de forma rápida, afetando os recursos hídricos, o ar e o solo;
  11. 11. A AVICULTURA E SUAS CONSEQUÊNCIAS AMBIENTAIS • Excesso de adubação realizada pelos dejetos
  12. 12. ALTERNATIVAS DE TRATAMENTOS DE DEJETOS AVÍCOLAS • Várias são as formas de descartes e dependem de fatores; • Compostagem: é um processo de degradação aeróbia da matéria orgânica; • Biodigestão anaeróbia: ocorre em câmaras fechadas, para que os organismos degradem a matéria orgânica;
  13. 13. •Formação de CH4 e CO2 = Biogás •Utilizado como fonte de energia
  14. 14. • Queima da biomassa; • Geração de energia;
  15. 15. Referências Bibliográficas • DURIGAN et al. Potencial de Contaminação de Dejetos de Suínos no Cinturão Verde do Município de Ilha Solteira-SP. Disponível em: <ftp://ftp.feis.unesp.br/agr/pdf/3encivi_potencial_de_contaminacao_. pdf>; •SIMIONI, J. Avaliação dos Riscos Ambientais pela Acumulação de Cu e Zn nos Solos Fertilizados com Dejetos de Suínos. 2001. 139 f. Dissertação (Mestre em Agroecossistemas) – Universidade de Santa Catarina, Florianópolis; FILHO et al. Tecnologia para o Tratamento de Dejetos de Suínos. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1415- 43662001000100032&script=sci_arttext#fig05>

×