ARQUITETURA TECNOLOGICAArquitetura em CamadasMotivação: Sistemas que devam migrar para ambientes de internet/intranet/extr...
SOLUÇÃO: APLICAÇÕES MULTICAMADAS DISTRIBUIDAS (CLIENTE/SERVIDOR)HistóricoArquitetura centralizada, dominantes até a década...
Aplicação          PC                                   Servidor             Servidor                                   Ap...
OBS: Fazer aplicações multicamadas não é fácil.CARACTERISTICAS DA ARQUITETURA CLIENTE/SERVIDOR      Cliente/Servidor é um...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011

1.976 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.976
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
624
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011

  1. 1. ARQUITETURA TECNOLOGICAArquitetura em CamadasMotivação: Sistemas que devam migrar para ambientes de internet/intranet/extranet;Muitos SI devem mudar devido a mudanças dos negócios; Fusões, aquisições, etc..Pressões para manter custos com TI baixosPressões tecnológicas Desenvolvimento de SI ficou mais complexos nos últimos anos; Usuários precisam de funcionalidades mais sofisticadas.Resumindo: Fazer SI a partir do zero, in-house: É muito caro Demora muito tempo Não produz boa qualidadeO QUE QUEREMOS DA TI¿  Flexibilidade o Possibilidade de satisfazer novos requisitos no negócio rapidamente;  Adaptabilidade o Customizar uma aplicação para vários usuários usando várias alternativas de entrega dos serviços da aplicação com impacto mínimo no núcleo da aplicação.  Manutenabilidade o Poder atualizar uma aplicação, mas minimizando o impacto das mudanças.  Reusabilidade o Possibilitar rapidamente montar aplicações únicas e dinâmicas; o Reusar a funcionalidade de sistemas legados em novas aplicações.  Interoperabilidade o Execução em plataformas diferentes  Escalabilidade o Distribuir e configurar a execução da aplicação para vários volumes de transação  Robustez o Menos defeitos o Confiabilidade e disponibilidade da aplicação.Resumindo: É tudo que a norma ISSO 9126 caracteriza como qualidade de software.
  2. 2. SOLUÇÃO: APLICAÇÕES MULTICAMADAS DISTRIBUIDAS (CLIENTE/SERVIDOR)HistóricoArquitetura centralizada, dominantes até a década de 80 como arquitetura corporativa, tinha comoprincipais problemas a interface não amigável do software.Arquitetura em duas camadas, os sistemas em camada surgiram para:  Aproveitar melhor os desktops da empresa, que eram ociosos ou mal aproveitados;  Oferecer interface mais amigável aos usuários;  Integrar os desktops e os dados corporativos. Permitiram aumentar a escalabilidade de uso dos sistemas de informação. Os primeiros sistemas cliente/servidor eram de duas camadas: a) Camada cliente, trata da lógica de negócio e da UI (Interface do usuário); b) Camada servidor, trata do dados (usando SGBD). Aplicação PC Servidor Aplicação BD PC Cliente ServidorArquitetura em três camadasA arquitetura em duas camadas tinha alguns problemas: a) Falta de escalabilidade (conexões ao BD) b) Problemas de manutenção (mudança da lógica da aplicação, forçava reinstalação)Criou se a arquitetura em tres camadas: a) Camada de apresentação (Interface do Usuário); b) Camada de aplicação (Lógica do negócio) c) Camada de Banco de Dados
  3. 3. Aplicação PC Servidor Servidor Aplicação Bco Dados Aplicação BD PC Cliente Lógica Negócio DadosBeneficios da tres camadas:  Problema de manutenção foram reduzidos, pois as mudanças na camada de aplicação e de dados não necessitam de nova instalações nos desktops;  Observe que as camadas são lógicas o Fisicamente, várias camadas podem executar na mesma máquina; o Quase sempre, há separação física das máquinas.Arquitetura de 3 – 4 camadas baseadas na WEBA arquitetura de tres camadas original tem como problemas:  A instalação inicial dos programas no desktop é cara;  O problema da manutenção persiste, quando a mudança na camada de apresentação;  Não se pode instalar software facilmente num desktop que não esta sob seu controle administrativo. o Ex.: Máquinas de parceiros, Máquinas de Clientes, Máquinas de fornecedores.Então, usamos o browser como CLIENTE universal  A camada de aplicação se quebra em duas partes: o Web e Aplicação;  Evitamos instalar qualquer software no desktop e, portanto, menos problemas de manutenção;  Evitamos instalação em máquinas de parceiros, fornecedores, clientes etc..AS VEZES CHAMA-SE ISSO DE TRES CAMADAS PORQUE, AS CAMADAS WEB EAPLICAÇÃO FREQUENTEMENTE RODAM NA MESMA MÁQUINA (PARA PEQUENOSVOLUMES). Browser PC Servidor Servidor WEB Bco Dados
  4. 4. OBS: Fazer aplicações multicamadas não é fácil.CARACTERISTICAS DA ARQUITETURA CLIENTE/SERVIDOR  Cliente/Servidor é uma relação entre processos que rodam em máquinas diferentes. O processo servidor é o fornecedor dos serviços.  O Cliente é o consumidor desses serviços, fundamentalmente uma arquitetura cliente/servidor implementa ua separação lógica de funções baseada no conceito de serviços. o Um servidor pode servir vários clientes ao mesmo tempo e gerenciar os acessos aos recursos compartilhados; o O servidor é um processo que pode residir na mesma máquina que o cliente ou numa máquina diferente que esta ligada através de uma rede. o Baseado na transmissão de mensagens, a mensagem é o mecanismo de transporte para os pedidos e resposta dos serviços; o Escalabilidade, podem evoluir facilmente, quer por adição de novos clientes, quer por adição de servidores mais potentes; o Integridade, o código (sw) e os dados devem ser mantidos centralmente, dessa forma reduzem os custos de manutenção e aumenta a integridade dos dados.Tipos de servidores: Servidores de aplicações, Servidores de Banco de Dados, Servidores Web..

×