Fundamentos da arquitetura cliente servidor.

664 visualizações

Publicada em

Trabalho Realizado na disciplina de Sistema Computacional I pela turma do I semestre de Ciência da computação.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
664
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
39
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fundamentos da arquitetura cliente servidor.

  1. 1. sistema computacional I Instrutor: José Carlos. Integrantes: João Pedro, Diego Assunção, Valdeir Frizzera
  2. 2. Fundamentos da arquitetura Cliente/ Servidor.
  3. 3. O termo cliente/servidor refere-se a distribuição computacional através de muitas plataformas, que utiliza-se de dois ou mais computadores
  4. 4. Plataformas: qualquer que seja o ambiente pré-existente, um pedaço de software que é projetado para ser executado internamente obedecendo suas limitações e fazendo uso de suas instalações, onde estão inclusos: - Arquitetura de hardware - Sistema operacional
  5. 5. C/S o que é? Computadores que se interagem permitindo a troca de informações entre ambos, tratando-se da extensão logica da programação modular. (Software e Hardware) - Programação Modular: o processo que costumamos dividir o código do projeto por diversos ficheiros, (coleção de funções) que são divididos em duas partes – parte publica e parte provada.
  6. 6. A arquitetura pode ser por meio da coexistência ou não da interação entre essa distribuição de dados. Por exemplo quando há a necessidade de certo fator para que haja aquela ação.
  7. 7. Definição: Cliente- denominado “front-end” e “workstation” O front-end é uma espécie de interface entre o usuário. O “front-end” coleta entradas do usuário adequando-as para que o “front-back” possa utiliza-las. - É o processo ativo entre cliente/servidor - Solicita serviços - Torna a rede transparente do usuário
  8. 8. # Servidor - Denominado “back-end” - Fornece determinado serviço que fica disponível para todo cliente que o necessite - É um processo reativo - (neste ponto o servidor processa e responde ao cliente.) - Recebe e responde solicitações de clientes. - Não se comunica com outros servidores enquanto estiver fazendo o papel de servidor. - Atende a diversos clientes simultâneos. Disponibiliza: arquivos, impressoras, redes e etc.
  9. 9. O sistema cliente/servidor pode proporcionar vantagens e como tudo também tem algumas desvantagens. Vejamos algumas delas:
  10. 10. #vantagens - Confiabilidade ( parte do sistema fica ativo) - Matriz de computadores agregando capacidade de processamento( usar de maneira exclusiva sem concorrência). É o que acontece geralmente quando ocorre problemas no servidor mas você ainda consegue utilizar certos recursos. - O cliente e o servidor possuem ambientes operacionais individuais.
  11. 11. #Desvantagens - Manutenção: erros comuns a serem analisados. - Ferramentas: a escassez de ferramentas de suporte. - Treinamento: por causa da diferença de filosofia de software de diversos fabricantes. - Gerenciamento: aumento de complexidade do ambiente e escassez de ferramentas tornando maus difícil o gerenciamento da rede.
  12. 12. Modelos da arquitetura cliente/servidor 1- C/S simples: é o caso onde o servidor ele e somente ele é escravo (responde a solicitações.) 2- C/S em dois níveis: maioria das empresas utilizam é onde há vários computadores que solicita informações daquele servidor.
  13. 13. 3 – C/S multiniveis: Em determinados casos ele assume tanto o papel de servidor como de cliente ( uma aplicação em uma plataforma será servidor.) 4 – C/S Par-Par: interagem com processos de bases pareadas sem mestre e escravo. (cada um dos computadores da rede tem a liberdade de partilhar os seus recursos.)

×