Fotografia atualizada

1.395 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.395
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
66
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fotografia atualizada

  1. 1. FOTOGRAFIA A fotografia, antes de tudo é um testemunho. Quando se aponta a câmara para algum objeto ou sujeito, constrói-se um significado, faz-se uma escolha, seleciona-se um tema e conta-se uma história, cabe a nós, espectadores, o imenso desafio de lê-las. Ivan Lima
  2. 2. <ul><li>fotografia é, essencialmente, a técnica de criação de imagens por meio de exposição luminosa, fixando esta em uma superfície sensível. </li></ul><ul><li>As descobertas científicas na área de ótica e química convergiram para a produção de uma nova forma de arte: A FOTOGRAFIA. </li></ul><ul><li>Niépce um químico francês em 1826 realiza a primeira imagem fotográfica, uma vista do pátio da sua casa. </li></ul><ul><li>A imagem foi conseguida por meio da exposição de uma placa de estanho polido em exposição durante oito horas. </li></ul>
  3. 3. Em 1839 Henry Fox, aperfeiçoou o processo da fotografia, prensando folhas, penas e pedaços de renda contra papel preparado que era exposto à luz do sol. Logo se seguiram outros avanços, até os dias atuais como a câmera digital
  4. 4. Regra dos terços <ul><li>Regra dos Terços é uma técnica utilizada na fotografia para se obter melhores resultados. </li></ul><ul><li>Para utilizá-la deve-se dividir a fotografia em 9 quadros, traçando 2 linhas horizontais e duas verticais imaginárias, </li></ul><ul><li>Posiciona- se nos pontos de cruzamento o assunto que se deseja destacar para se obter uma foto equilibrada. </li></ul>
  5. 5. Regra dos terços
  6. 6. <ul><li>Vik Muniz </li></ul><ul><li>Artista plástico que nasceu em São Paulo, 1961. </li></ul><ul><li>Seu trabalho caracteriza-se por mexer com os sentidos do observador . </li></ul><ul><li>Trabalha com imagens ilusórias, imagens que de perto parecem uma coisa e de longe são outras. </li></ul><ul><li>Faz esculturas perecíveis e comestíveis que se eternizam através da fotografia . </li></ul><ul><li>Uma pizza vira um rosto e calda de chocolate assume formas humanas e de coisas, como quando desenhou uma multidão nas ruas de Nova Yorque. </li></ul><ul><li>Um monte de alfinetes transforma-se em uma imagem e Mona Lisas são feitas com pasta de amendoim e geléia. </li></ul>
  7. 7. Valentina, Vik Muniz Serie “Sugar Children” >Essa série reúne retratos recriados com açúcar de crianças que o artista conheceu no Caribe e cujos pais trabalham em canaviais. Nela o artista busca revelar através dos retratos das crianças um panorama de suas vidas e, dessa forma, destaca o tema de sua obra por meio da forma como a cria.
  8. 8. Para refletir <ul><li>Somos o que produzimos. E talvez até sejamos mais aquilo que deitamos fora. </li></ul><ul><li>Vik Muniz, o artista brasileiro radicado em Nova Iorque que fez réplicas da Mona Lisa em manteiga de amendoim e fixou retratos em açúcar, passou dois anos no maior aterro do Rio de Janeiro a fotografar a rotina, ora briosa ora envergonhada, de quem separa dejetos. João Jardim filmou o &quot;Lixo Extraordinário&quot; do Jardim Gramacho - que chega hoje aos cinemas. Um trabalho sujo, que alguém tem de fazer. Ou tinha, porque alguns catadores viraram estrelas. </li></ul><ul><li>http://www.ionline.pt/conteudo/119629-vik-muniz-o-humor-e-ferramenta-sobrevivencia-na-lixeira </li></ul>
  9. 9. Fotografia de Guerra <ul><li>Dá-se o nome de fotografia de guerra às imagens fotográficas de conflitos armados e da vida quotidiana e militar em áreas em situação de guerra. </li></ul><ul><li>Brady trouxe os horrores da guerra civil, através de sua câmera escura . </li></ul><ul><li>Enquanto ficava encurvado ali dentro, processava chapas de vidro e </li></ul><ul><li>a batalha rugia a sua volta. </li></ul><ul><li>Sua fotografia de esqueletos ainda pendurados registraram com autenticidade a dura realidade da guerra. </li></ul>
  10. 11. Fotografia Documental Jacob Riis foi repórter policial e registrou diretamente a violência das sórdidas favelas da cidade. Autodidata, durante cerca de dez anos Riis documentou favelas, guetos de imigrantes miseráveis, em condições de semi-escravidão e sem o mínimo de condições sanitárias. Suas fotos, chocantes para a época, ajudaram a mobilizar a opinião pública em favor de leis relativas a educação, trabalho e moradia.
  11. 12. Retrato Nadar, caricaturista francês, começou a fotografar as principais figuras artísticas de Paris. Tornou-se no primeiro fotógrafo a realizar fotografia aérea, a utilizar iluminação artificial. Sarah Bernhardt
  12. 13. Fotografia de Arte Julia Cameron com lentes especiais em suas câmeras, produziu efeitos de foco suave e as vezes excessivamente sentimentais. As influências de Cameron são várias: religiosa (Velho e o Novo Testamento), mitologia grega, pinturas renascentistas, literatura. Essas influências, de uma maneira ou de outra, passam pelo &quot;imaginário coletivo&quot;. Chame, Eu sigo; Deixe-me morrer.
  13. 14. SEBASTIÃO SALGADO <ul><li>“ Minhas fotografias são um vetor entre o que acontece no mundo e as pessoas que não têm como presenciar o que acontece. Espero que a pessoa que entrar numa exposição minha não saia a mesma.” Sebastião Salgado </li></ul><ul><li>Mineiro, tornou-se em uma importante referência em fotojornalismo. </li></ul><ul><li>Seu acervo abarca temas diversos: guerras, trabalhadores rurais, diferentes culturas, o indio, os africanos. A dor, miséria, medo, solidão, a natureza, etc. </li></ul><ul><li>Autor de diversos livros nos quais relata os episódios que documentou. </li></ul><ul><li>Na introdução de Êxodos , escreveu: &quot;Mais do que nunca, sinto que a raça humana é somente uma. Há diferenças de cores, línguas, culturas e oportunidades, mas os sentimentos e reações das pessoas são semelhantes. Pessoas fogem das guerras para escapar da morte, migram para melhorar sua sorte, constroem novas vidas em terras estrangeiras, adaptam-se a situações extremas…&quot; </li></ul>
  14. 15. GENERO – FOTOGRAFIA DE CARÁTER SOCIAL .
  15. 17. The Serra Pelada - gold mine - Brasil (1986).
  16. 18. Tigre (1985).
  17. 19. Artur Omar Arthur Omar é um artista brasileiro múltiplo, com presença de ponta em várias áreas da produção artística contemporânea. Formado em antropologia e etnografia. Desenvolveu novos métodos de antropologia visual. Trabalha com cinema, vídeo, fotografia instalações, música, poesia, desenho, além de ensaios e reflexões teóricas sobre o processo de criação e a natureza da imagem. Série &quot;Antropologia da face gloriosa&quot; Intuições Atléticas da série Antropologia, 1998 100 X 100 cm
  18. 20. Serigrafia Técnica de impressão da gravura que reproduz desenhos de cores planas através de uma armação de madeira e tela feita de tecido de seda, náilon ou rede metálica, sobre uma base que pode ser de papel, tecido, metal ou outros. O processo se dá a partir da aplicação de tinta sobre partes permeáveis e impermeáveis da tela, que a filtra formando o desenho a ser impresso. O termo sinônimo silkscreen é normalmente utilizado num contexto comercial.
  19. 21. Para compor algumas de suas famosas serigrafias múltiplas e coloridas, Andy Warhol fotografou com uma câmera Polaroid diversas personalidades. Feitos a curta distância e com o flash estourado, os retratos instantâneos do artista que revolucionou a Pop Art têm hoje grande valor histórico e artístico.

×