O slideshow foi denunciado.
Exposição naFundaçãoIberêCamargo:Professora curadora:Eloisa Boschetti
CONJURO DO MUNDO: AS FIGURAS-CESURASDE IBERÊ CAMARGODE 05/11/2011 A 10/06/2012http://www.iberecamargo.org.br/site/default....
A   visita a exposição é destinada a alunos   do2º ano do E. M. da turma 201 da EscolaEstadualCarlos Fagundes de Melo.Ser...
Um pouco de Iberê Camargo Artista de rigor e sensibilidade únicos,  Iberê Camargo é um dos grandes nomes  da arte brasile...
Folder da Exposição
Conjuro do mundo: as figuras-cesuras de Iberê Camargo   A exposição pretende evidenciar, conceitual    e plasticamente, o...
Como é a exposição   Conjuro do mundo se centra na produção    limiar de Iberê Camargo, aquela que    começa com a Fantas...
A disposição dos quadros
Seu lado multifacetado
Outra face de Iberê   A esta verdadeira surpresa estética unem-se outros    aspectos criativos que oferecem um diferente ...
Série – os ciclistas
Auto- retrato
As figuras De Iberê   as figuras-cesuras do artista – sempre entre    limites, em espaços abissais – das pinturas    embl...
As obras Fantasmagoria/ 1987   O Ciclista / 1990
Obras Solidão- 1994   Ciclista
Fase final das obrasO  que seriam essas figuras espectrais, fantasmagóricas e disformes que surgem na fase final do traba...
A fundação Iberê CamargoInterna
Parte externa da fundação
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Iberê Camargo

725 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Iberê Camargo

  1. 1. Exposição naFundaçãoIberêCamargo:Professora curadora:Eloisa Boschetti
  2. 2. CONJURO DO MUNDO: AS FIGURAS-CESURASDE IBERÊ CAMARGODE 05/11/2011 A 10/06/2012http://www.iberecamargo.org.br/site/default.aspxLOCALIZAÇÃO - Av. Padre Cacique, 2000 . CEP 90810-240 . Porto Alegre . RS . BrasilFone: +55 51 324780004º andar
  3. 3. A visita a exposição é destinada a alunos do2º ano do E. M. da turma 201 da EscolaEstadualCarlos Fagundes de Melo.Será no dia 30 de maio com saída às 14h eretorno às 17h .
  4. 4. Um pouco de Iberê Camargo Artista de rigor e sensibilidade únicos, Iberê Camargo é um dos grandes nomes da arte brasileira do século 20. Autor de uma obra extensa, que inclui pinturas, desenhos, guaches e gravuras, Iberê Camargo nasceu em Restinga Seca, interior do Rio Grande do Sul, Brasil, em 1914.
  5. 5. Folder da Exposição
  6. 6. Conjuro do mundo: as figuras-cesuras de Iberê Camargo A exposição pretende evidenciar, conceitual e plasticamente, o fundamento de fissura e corte, cicatriz e pausa que esta palavra cesura compreende, e assim oferecer um mapa significativo de obras que ilustrem este desencanto do mundo e as suas quebras abissais de linguagem na obra de Iberê Camargo - especificamente no último período do artista, dos anos 80 até sua morte, em 1994.
  7. 7. Como é a exposição Conjuro do mundo se centra na produção limiar de Iberê Camargo, aquela que começa com a Fantasmagoria e a Mímica até sua última tela Solidão, entre 1986 e 1994, passando pelas suas grandes séries da idiotia (Ciclistas, Tudo te é tão falso é inútil), mas, sobretudo, pretende mostrar algumas vertentes dessa época menos conhecidas do artista, como é seu trabalho de desenho- pintura, feito em guache, em técnica mista, e que oferece registro diferente das grandes e míticas telas sobre a última figuração.
  8. 8. A disposição dos quadros
  9. 9. Seu lado multifacetado
  10. 10. Outra face de Iberê A esta verdadeira surpresa estética unem-se outros aspectos criativos que oferecem um diferente perfil de Iberê, na medida em que enfatizam seu lado mais multifacetado, já que, além do aspecto especificamente plástico (desenhos, gravuras, telas) e como outra margem reconhecível, existe o território das charges feitas para a imprensa, sob o pseudônimo de Maqui, que revela o mesmo viés grotesco e crítico do artista, como também acontece com as cartas pessoais manuscritas incluídas. Esse universo textual e literário se potencializa com a recuperação dos Escritos italianos, escritos em seu período na Itália, mas ironicamente inéditos até agora, e que evidenciam a sua plural atividade em diversos campos da criação.
  11. 11. Série – os ciclistas
  12. 12. Auto- retrato
  13. 13. As figuras De Iberê as figuras-cesuras do artista – sempre entre limites, em espaços abissais – das pinturas emblemáticas de grande formato ganham outra presença com essa proliferação de desenhos híbridos (de técnica e imaginário), muitas vezes generosos de tamanho e de ambição cromática, de outra leveza e proximidade espiritual, mas que são praticamente desconhecidos ou pouco reconhecidos
  14. 14. As obras Fantasmagoria/ 1987 O Ciclista / 1990
  15. 15. Obras Solidão- 1994 Ciclista
  16. 16. Fase final das obrasO que seriam essas figuras espectrais, fantasmagóricas e disformes que surgem na fase final do trabalho de Iberê? Representariam mais do que tudo a carga, o peso do tempo e da memória? A inércia dos seus personagens simboliza o quanto o tempo nos escapa. Figuras cheias retratadas por meio de tons de angústia e tensão.
  17. 17. A fundação Iberê CamargoInterna
  18. 18. Parte externa da fundação

×