Cacto. Roseira.
Caule subterrâneo  Ex: lírio; Caule aéreo  Ex: roseira; Caule aquático  Ex: nenúfar;
<ul><li>O caule é a parte da planta que faz a ligação da raiz com as outras estruturas, e tem como principais funções: </l...
Gomos ou gemas. Nó. Entrenó.
Gomos ou gemas : corpos de forma ovóide, de pequenas dimensões, que originam folhas ou flores. As gemas situadas nas extre...
<ul><li>Caule geralmente mais grosso na base do que em cima e com ramos a partir de certa altura. </li></ul><ul><li>Ex: ol...
<ul><li>Caule cilíndrico e sem ramificações. Só apresenta um grupo de folhas na parte superior. </li></ul><ul><li>Ex: palm...
<ul><li>Caule cilíndrico, oco ou com medula e com nós salientes. </li></ul><ul><li>Ex: cana – de - açúcar, bambu; </li></ul>
<ul><li>Caule alongado que cresce na posição horizontal, com escamas e com raízes laterais. </li></ul><ul><li>Ex: lírio; <...
<ul><li>Caule arredondado com substâncias de reserva sem escamas e sem raízes. </li></ul><ul><li>Ex: batata; </li></ul>
<ul><li>Caule curto, de forma mais ou menos arredondada e protegido por escamas carnudas. </li></ul><ul><li>Ex: cebola, al...
Caule aéreo erecto (direitos). Ex: laranjeira; Caule aéreo prostrado (deitado no solo). Ex: meloeiro; Caule aéreo trepador...
<ul><li>O caule da bananeira é um caule subterrâneo do tipo rizoma, aquilo que nos parece um caule é um caule falso, são a...
Corte do tronco de uma árvore. Ao longo do tempo os troncos das árvores vão engrossando devido à sobreposição anual de ané...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Caule

38.294 visualizações

Publicada em

0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
38.294
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
773
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
883
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Caule

  1. 2. Cacto. Roseira.
  2. 3. Caule subterrâneo Ex: lírio; Caule aéreo Ex: roseira; Caule aquático Ex: nenúfar;
  3. 4. <ul><li>O caule é a parte da planta que faz a ligação da raiz com as outras estruturas, e tem como principais funções: </li></ul><ul><li>Suportar os ramos, as folhas, as flores e os frutos; </li></ul><ul><li>Transportar a água com os sais minerais dissolvidos (seiva bruta)e as substâncias fabricadas pela planta (seiva elaborada); </li></ul><ul><li>Alguns caules também podem armazenar substâncias de reserva, tal como na raiz; </li></ul>
  4. 5. Gomos ou gemas. Nó. Entrenó.
  5. 6. Gomos ou gemas : corpos de forma ovóide, de pequenas dimensões, que originam folhas ou flores. As gemas situadas nas extremidades das ramificações do caule são as gemas terminais; as que ficam situadas numa axila (espaço entre o caule e a folha) são as gemas axilares; Entrenós : espaços entre os nós, cujo crescimento faz alongar o caule; Nós : zonas salientes onde se ligam folhas ou ramos; <ul><li>Nos caules aéreos podem distinguir-se diferentes partes: </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Caule geralmente mais grosso na base do que em cima e com ramos a partir de certa altura. </li></ul><ul><li>Ex: oliveira, laranjeira; </li></ul>
  7. 8. <ul><li>Caule cilíndrico e sem ramificações. Só apresenta um grupo de folhas na parte superior. </li></ul><ul><li>Ex: palmeira, mamoeiro; </li></ul>
  8. 9. <ul><li>Caule cilíndrico, oco ou com medula e com nós salientes. </li></ul><ul><li>Ex: cana – de - açúcar, bambu; </li></ul>
  9. 10. <ul><li>Caule alongado que cresce na posição horizontal, com escamas e com raízes laterais. </li></ul><ul><li>Ex: lírio; </li></ul>
  10. 11. <ul><li>Caule arredondado com substâncias de reserva sem escamas e sem raízes. </li></ul><ul><li>Ex: batata; </li></ul>
  11. 12. <ul><li>Caule curto, de forma mais ou menos arredondada e protegido por escamas carnudas. </li></ul><ul><li>Ex: cebola, alho; </li></ul>Bolbo.
  12. 13. Caule aéreo erecto (direitos). Ex: laranjeira; Caule aéreo prostrado (deitado no solo). Ex: meloeiro; Caule aéreo trepador, que se enrola num suporte. Ex: feijoeiro;
  13. 14. <ul><li>O caule da bananeira é um caule subterrâneo do tipo rizoma, aquilo que nos parece um caule é um caule falso, são as suas grandes folhas. </li></ul>
  14. 15. Corte do tronco de uma árvore. Ao longo do tempo os troncos das árvores vão engrossando devido à sobreposição anual de anéis de madeira. Em cada ano, uma nova camada recobre a anterior, e assim sucessivamente. Num tronco, em corte transversal, podem contar-se os anéis que se foram formando. O número de anéis corresponde ao número de anos que a árvore tinha.

×