Trabalho infantil

6.838 visualizações

Publicada em

trabalho criado por luis neto da escola Professional de Itaitinga.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.838
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
327
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho infantil

  1. 1. A Realidade Sobre o Trabalho Infantil.
  2. 2. INTRODUÇÃO: Trabalho infantil é toda forma de trabalho exercida por crianças e adolescentes, abaixo da idade mínima legal permitida, conforme a legislação de cada país.
  3. 3. Projetos Sociais: A Constituição Brasileira estabelece que, até16 anos incompletos, garotos e garotas estãoproibidos de trabalhar (Emenda Constituci-onal Nº 20). A única exceção à proibição é o trabalho nacondição de aprendiz, permitido a partir dos 14 anos(artigo 7o, inciso XXXIII), para tipos de atividades queapresentem os requisitos legais para a aprendizagemprofissional.
  4. 4.  Embora o trabalho seja permitido para adolescentes de 16 a 18 anos, há restrições legais quanto às atividades que podem ser realizadas. Para esses garotos e garotas, o trabalho não pode ser executado em horário noturno ou em períodos que comprometam a frequência escolar. Além disso, não pode ser perigoso, insalubre ou penoso e nem pode ser exercido em locais prejudiciais ao desenvolvimento físico, psíquico, moral e social.
  5. 5. Em Que Tipos De TrabalhoAs Crianças SãoGeralmente Encontradas?
  6. 6. Na agricultura, realizam trabalho pesado, sendo expostas a muitos perigos associados à introdução de moderna maquinaria e produtos químicos. • Obs. A OIT mantém programas deatendimento, entre outros, no Nepal e na Tanzânia, onde é muito alto o índice de crianças envolvidas nas fainas agrícolas.
  7. 7. Na indústria, realizando trabalho perigoso, como fabricação de vidro,construção e tecelagem de tapetes. Dentre outros países, essas atividades são freqüentes na Índia.
  8. 8. Em casa, cuidando de irmãos e irmãs mais novos ou ajudando em sítios ou empresas familiares.Em muitos casos o trabalho doméstico é árduo, desenvolvido sob condições de isolamento, com horas excessivas, sujeitas a abuso físico e sexual. É mais freqüente no Brasil, Colômbia, Equador e Indonésia.
  9. 9. Em regime de escravidão ou em arranjos de trabalho muito similares, como trabalho servil e prostituiçãoinfantil. Esta última é muito comum no Brasil, no Quênia e na Tailândia, enquanto crianças trabalham emregime escravo ou servil na Índia e no Nepal.
  10. 10. Crianças fazendo o que é de direito!

×