Regencia

5.754 visualizações

Publicada em

3 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • muito bom. parabéns. seria possível mandar pro meu e-mail sua apresentação? obg. rafaelviana1982@gmail.com
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Boa Noite Lucia sou professor, e queria se for possível passar a apresentação por i mail levydepaulo@gmail.com
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Sou professora de história numa escola estadual na cidade de Belo Horizonte, gostaria se possível que fosse disponibilizada esta apresentação para os meus alunos. É uma ótima apresentação. Desde já agradeço a atenção. Meu e-mail é: ale.hist.escola@gmail.com
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.754
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
123
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
3
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Regencia

  1. 2. <ul><li>Nessa aula vamos estudar: </li></ul>Regência
  2. 3. Regência Em 1831 morre D. João VI em Portugal. Por direito , quem deveria assumir o trono luso era Imperador do Brasil . Com o retorno de Dom Pedro I o sucessor do trono brasileiro seria seu filho , que nessa época tinha cinco anos de idade.
  3. 4. Mas uma criança não pode governar um país. Então o que fazer?
  4. 5. Regência <ul><li>A constituição de 1824 determinava a organização de uma Regência , formada por 03 membros eleitos em Assembleia Geral. </li></ul><ul><li>O período regencial durou nove anos ( 1831/40 ) e foi marcado por revoltas e grandes disputas políticas. A primeira regência trina foi provisória- abril a junho- até a organização da assembleia geral. </li></ul>Regência
  5. 6. Regência <ul><li>Vamos entender os partidos políticos?! </li></ul><ul><li>Os integrantes desses partidos pertenciam a elite latifundiária e comercial ; era inexistente a participação popular . </li></ul><ul><li>Na regência houve a alternância no poder , porém nenhuma mudança social ou econômica . Todos eram a favor a escravidão . </li></ul>
  6. 7. Regência <ul><li>Formado pela elite comercial , desejavam a manutenção, ou seja, a permanência e restauração do sistema político . Lutaram pela retorno de Dom Pedro I. </li></ul><ul><li> </li></ul>Partido Restaurador
  7. 8. Regência <ul><li>Eram a favor da monarquia escravista e permitiam algumas reformas políticas , na condição de que não afetassem seus privilégios e exclusivismo político. </li></ul><ul><li>Com a morte do Imperador não havia razão para continuar desejando seu retorno , todavia, os interesses são os mesmos . </li></ul><ul><li> </li></ul>Partido Moderador
  8. 9. Regência <ul><li>Lutaram por mudanças na constituição , autonomia das províncias e pelo sistema federalista (descentralização política). Estavam reunidos no sul do país . </li></ul>Partido Exaltados
  9. 10. Regência Antecedente Pedro I Regência Partidos Restauradores Exaltados Moderador
  10. 11. EGÊNCIA EL TE MODERA ORES RESTAURAD RES DISPUTA CENTRALIZAÇ O EXAL ADOS ARTICIPAÇÃO
  11. 12. Vamos Praticar?! <ul><li>Entre os grupos políticos que figuraram no Período Regencial, o grupo dos ___________ defendia a volta de D. Pedro I e era formado por ______________ . </li></ul><ul><li>Completa a frase acima: </li></ul><ul><li>a) liberais - fazendeiros; </li></ul><ul><li>b) conservadores - republicanos; </li></ul><ul><li>c) republicanos - abolicionistas; </li></ul><ul><li>d) restauradores - portugueses; </li></ul><ul><li>e) exaltados - comerciantes. </li></ul>
  12. 13. Vamos Praticar?! <ul><li>Entre os grupos políticos que figuraram no Período Regencial, o grupo dos restauradores defendia a volta de D. Pedro I e era formado por portugueses . </li></ul><ul><li>Completa a frase acima: </li></ul><ul><li>a) liberais - fazendeiros; </li></ul><ul><li>b) conservadores - republicanos; </li></ul><ul><li>c) republicanos - abolicionistas; </li></ul><ul><li>d) restauradores - portugueses; </li></ul><ul><li>e) exaltados - comerciantes. </li></ul>
  13. 14. Vamos Praticar?! <ul><li>Verdadeiro ou falso? </li></ul><ul><li>( ) O partido moderador era favorável ao fim da escravidão. </li></ul><ul><li>( ) Os partidos políticos eram formados pela elite e camada popular. </li></ul><ul><li>( ) Os restauradores lutavam pela volta de D. Pedro I ao Brasil. </li></ul><ul><li>( ) A constituição de 1824 determinava que a organização de um parlamento até a maioridade de D. Pedro II. </li></ul><ul><li>( ) Os exaltados defendia a autonomia das províncias. </li></ul>
  14. 15. Vamos Praticar?! <ul><li>Verdadeiro ou falso? </li></ul><ul><li>( F ) O partido moderador era favorável ao fim da escravidão. </li></ul><ul><li>( F ) Os partidos políticos eram formados pela elite e camada popular. </li></ul><ul><li>( V ) Os restauradores lutavam pela volta de D. Pedro I ao Brasil. </li></ul><ul><li>( F ) A constituição de 1824 determinava que a organização de um parlamento até a maioridade de D. Pedro II. </li></ul><ul><li>( V ) Os exaltados defendia a autonomia das províncias. </li></ul>
  15. 16. Regência <ul><li>Sua formação teve a presença do partido moderado . O ministro Diogo Feijó </li></ul><ul><li>foi uma figura importante desse </li></ul><ul><li>período . Suas medidas foram: </li></ul><ul><li>1- O Código de Processo Criminal </li></ul><ul><li>que autorizava os municípios eleger </li></ul><ul><li>os juízes locais . </li></ul>Diogo Feijó Regência Trina Permanente
  16. 17. Regência <ul><li>2- A criação da Guarda Nacional , que substituiu parte do exército , que atuava no interior do país . Os responsáveis por organizar e manter o efetivo , eram os senhores de terras. </li></ul><ul><li>O principal objetivo era reprimir as revoltas. </li></ul><ul><li> A Guarda Nacional existiu até 1922 . </li></ul>Guarda Nacional
  17. 18. Regência <ul><li>3- Em 1834 o Ato Adicional que: </li></ul>Criação das Assembleias legislativas das províncias; Criação da Regência Una; Fim do Conselho de Estado
  18. 19. O que significou para o país todas as medidas de Feijó?
  19. 20. Regência Código de Processo Civil Guarda Nacional Ato Adicional Autonomia administrativa Descentralização política Insatisfação
  20. 21. Regência <ul><li>Os objetivos dos moderados eram: o fortalecimento do partido através do Regente , e o apoio dos latifundiários . Porém o Ato Adicional dividiu opiniões e o arranjo partidário foi refeito . </li></ul><ul><li>Moderados </li></ul>Progressista- Favorável Regressista- Contrário
  21. 22. Regência <ul><li>Portanto, agora podemos concluir que os partidos ... </li></ul>Defendiam apenas seus interesses Liberal= descentralizado/ Conservador= centralizador Luta pelo poder central Contra a qualquer mudança estrutural
  22. 23. Regência <ul><li>Essa regência dura pouco tempo; Diogo Feijó renuncia ao cargo devido as intensas revoltas e pressão do partido adversário. Os conservadores articulam como assumir o poder. </li></ul><ul><li>Entra </li></ul><ul><li>Sai </li></ul>Progressista Regressista Regência Una-Feijó
  23. 24. Regência <ul><li>Araújo Lima governou visando o fim das revoltas; desta maneira, suas decisões tinham uma direção centralizadoras, com as seguintes atitudes: </li></ul><ul><li>Lei Interpretativa – limitação nas concessões feitas anteriormente. </li></ul>Regência Una- Araújo
  24. 25. Regência Antecedente Pedro I Regência Político Partidos Regência Trina Regência Una Restauradores Exaltados Moderador Ato Adicional Progressista Regressista Descentralização
  25. 26. Vamos Praticar?! <ul><li>O período regencial no Brasil (1830-1840) foi um dos mais agitados da história política do país. Foram questões centrais do debate político que marcaram esse período, EXCETO : </li></ul><ul><li>a) a questão do grau de autonomia das províncias. </li></ul><ul><li>b) a preocupação com a unidade territorial brasileira. </li></ul><ul><li>c) os temas da centralização e descentralização do poder. </li></ul><ul><li>d) o acirramento das discussões sobre o processo abolicionista. </li></ul>
  26. 27. Vamos Praticar?! <ul><li>O período regencial no Brasil (1830-1840) foi um dos mais agitados da história política do país. Foram questões centrais do debate político que marcaram esse período, EXCETO : </li></ul><ul><li>a) a questão do grau de autonomia das províncias. </li></ul><ul><li>b) a preocupação com a unidade territorial brasileira. </li></ul><ul><li>c) os temas da centralização e descentralização do poder. </li></ul><ul><li>d) o acirramento das discussões sobre o processo abolicionista. </li></ul>
  27. 28. Vamos Praticar?! <ul><li>Escolha a opção correta. </li></ul><ul><li>A regência de Feijó teve como característica a ___________(centralização/descentralização) </li></ul><ul><li>O Ato Adicional dividiu o partido moderador em progressista e ________________ (liberal/regressista) </li></ul><ul><li>A responsabilidade de organizar a Guarda Nacional era do(s) _________________ ( Estado/senhores de terra) </li></ul><ul><li>Araújo Lima assumi uma postura __________ (conservadora/liberal) </li></ul>
  28. 29. Vamos Praticar?! <ul><li>Escolha a opção correta. </li></ul><ul><li>A regência de Feijó teve como característica a descentralização (centralização/descentralização ) </li></ul><ul><li>O Ato Adicional dividiu o partido moderador em progressista e regressista . (liberal/regressista) </li></ul><ul><li>A responsabilidade de organizar a Guarda Nacional era do(s) senhores de terra . ( Estado/senhores de terra) </li></ul><ul><li>Araújo Lima assumi uma postura conservadora (conservadora/liberal) </li></ul>
  29. 30. Vamos Praticar?! <ul><li>As principais alterações introduzidas pelo Ato adicional de 1834 a Constituição do Império foram: </li></ul><ul><li>a)Maior autonomia para os Estados e criação da Regência Trina. </li></ul><ul><li>b)Maior autonomia para as Províncias a criação da Regência Trina. </li></ul><ul><li>c)Maior autonomia para as províncias e criação da Regência Una. </li></ul><ul><li>d)Maior autonomia para os regentes a criação do Conselho de Estado. </li></ul><ul><li>e)Maior autonomia para o Conselho de Estado e extinção das Regências. </li></ul>
  30. 31. Vamos Praticar?! <ul><li>As principais alterações introduzidas pelo Ato adicional de 1834 a Constituição do Império foram: </li></ul><ul><li>a)Maior autonomia para os Estados e criação da Regência Trina. </li></ul><ul><li>b)Maior autonomia para as Províncias a criação da Regência Trina. </li></ul><ul><li>c)Maior autonomia para as províncias e criação da Regência Una. </li></ul><ul><li>d)Maior autonomia para os regentes a criação do Conselho de Estado. </li></ul><ul><li>e)Maior autonomia para o Conselho de Estado e extinção das Regências. </li></ul>
  31. 32. Vamos Praticar?! <ul><li>O entrevistado de hoje é... </li></ul>Palmas Regente Feijó Nome Partido Tipo de governo Polêmica Período no poder Ponto negativo
  32. 33. Vamos Praticar?! <ul><li>O entrevistado de hoje é... </li></ul>Regente Feijó Nome Diogo Feijó Partido moderado Tipo de governo descentralizador Polêmica Ato Adicional Período no poder 1835-38 Ponto negativo divisão do partido e revoltas
  33. 35. Regência <ul><li>Cada revolta possui suas características , porém todas têm os seguintes pontos em comum : </li></ul>As condições miserável da população Luta entre os partidos por poder
  34. 36. Regência <ul><li>- Ocorreu no Grão-Pará </li></ul><ul><li>participação da população pobre lutando por melhores condições de vida </li></ul><ul><li>A elite desejava a liberdade administrativa </li></ul><ul><li>Declaração de Independência do Pará </li></ul>Cabanagem Monumento à Cabanagem, projetado por Oscar Niemeyer, em 1985. Belém , Pará
  35. 37. Regência <ul><li>Aconteceu na Bahia </li></ul><ul><li>Levante de escravos e ex-escravos de religião mulçumana </li></ul><ul><li>Objetivo era libertar os escravos </li></ul><ul><li>Fim da imposição religiosa </li></ul><ul><li>Forte repressão , massacre e prisões </li></ul>Revolta dos Males
  36. 38. Regência <ul><li>Aconteceu na Bahia </li></ul><ul><li>Defendiam um governo republicano até a maioridade de Dom Pedro II </li></ul>Sabinada Bandeira do movimento
  37. 39. Regência <ul><li>Ocorreu nas províncias do Maranhão , Ceará e Piauí </li></ul><ul><li>Levante popular </li></ul><ul><li>Reação contra os proprietários rurais </li></ul>Balaiada
  38. 40. Regência <ul><li>Origem no Rio Grande do Sul </li></ul><ul><li>Ameaça ao governo </li></ul><ul><li>estancieiros liberais X monarquia </li></ul><ul><li>Insatisfação com valor do charque </li></ul><ul><li>Proclamam a República Farroupilha </li></ul><ul><li>Acordo para o fim da revolta : anistia , </li></ul><ul><li>incorporação ao Exército e liberdade </li></ul><ul><li>para os escravos que lutaram </li></ul>Farroupilha
  39. 41. Regência Como a aurora precursora Do farol da divindade, Foi o Vinte de Setembro O precursor da liberdade. Mostremos valor, constância, Nesta ímpia e injusta guerra; Sirvam nossas façanhas De modelo a toda a terra. Sirvam nossas façanhas De modelo a toda a terra Mas não basta, para ser livre, Ser forte, aguerrido e bravo; Povo que não tem virtude, Acaba por ser escravo. Mostremos valor, constância, Nesta ímpia e injusta guerra; Sirvam nossas façanhas De modelo a toda a terra. Sirvam nossas façanhas De modelo a toda a terra Hino Farroupilha/ Rio Grandense
  40. 42. Regência Antecedente Pedro I Regência Político Revoltas Partidos Regência Trina Regência Una Malês Cabanagem Sabinada Balaiada Farroupilha Restauradores Exaltados Moderador Ato Adicional Progressista Regressista descentralização
  41. 43. Vamos Praticar?! <ul><li>Dentre as revoltas ocorridas no período regenciais, marque aquela que não foi de caráter social. </li></ul><ul><li>a)Cabanagem. </li></ul><ul><li>b)Balaiada. </li></ul><ul><li>c)Farroupilha </li></ul><ul><li>d)Sabinada. </li></ul>
  42. 44. Vamos Praticar?! <ul><li>Dentre as revoltas ocorridas no período regenciais, marque aquela que não foi de caráter social. </li></ul><ul><li>a)Cabanagem. </li></ul><ul><li>b)Balaiada. </li></ul><ul><li>c)Farroupilha </li></ul><ul><li>d)Sabinada. </li></ul>
  43. 45. Vamos Praticar?! <ul><li>O entrevistado de hoje é... </li></ul>Palmas Bento Gonçalves Partido Tipo de governo Reclamação Polêmica Período de luta Vitória
  44. 46. Vamos Praticar?! <ul><li>O entrevistado de hoje é... </li></ul>Bento Gonçalves Partido Exaltado Tipo de governo descentralizador Reclamação Valor do charque Polêmica Revolta Farroupilha Período de luta 1835-45 Vitória Acordo de paz
  45. 47. Vamos Praticar?! <ul><li>Relacione as colunas. </li></ul><ul><li>a)Cabanagem Rio Grande do Sul </li></ul><ul><li>b)Balaiada Escravos </li></ul><ul><li>c)Farroupilha Bahia </li></ul><ul><li>d)Sabinada Grão-Pará </li></ul><ul><li>e) Malês Maranhão </li></ul>( ) ( ) ( ) ( ) ( )
  46. 48. Vamos Praticar?! <ul><li>Relacione as colunas. </li></ul><ul><li>a)Cabanagem Rio Grande do Sul </li></ul><ul><li>b)Balaiada Escravos </li></ul><ul><li>c)Farroupilha Bahia </li></ul><ul><li>d)Sabinada Grão-Pará </li></ul><ul><li>e) Malês Maranhão </li></ul>( C ) ( E ) ( B ) ( A ) ( D )
  47. 49. Vamos Praticar?! <ul><li>Quais foram as bases do acordo de paz que encerrou a revolta Farroupilha? </li></ul>
  48. 50. Vamos Praticar?! <ul><li>Quais foram as bases do acordo de paz que encerrou a revolta Farroupilha? </li></ul>
  49. 51. Vamos Praticar?! <ul><li>(FGV) A Revolta dos Malês: </li></ul><ul><li>a) Foi comandada por escravos e libertos muçulmanos que controlaram Salvador por alguns dias. </li></ul><ul><li>b) Foi iniciada por setores da elite maranhense contra as medidas centralizadoras adotadas pelo governo sediado no Rio de Janeiro. </li></ul><ul><li>c) Foi liderada por comerciantes paulistas contrários à presença dos portugueses na região das minas. </li></ul><ul><li>d) Foi articulada pelo setor açucareiro da elite baiana descontente com a falta de investimentos do governo imperial. </li></ul><ul><li>e) Estabeleceu uma ampla rede de quilombos em Pernambuco, desafiando a dominação holandesa. </li></ul>
  50. 52. Vamos Praticar?! <ul><li>(FGV) A Revolta dos Malês: </li></ul><ul><li>a) Foi comandada por escravos e libertos muçulmanos que controlaram Salvador por alguns dias. </li></ul><ul><li>b) Foi iniciada por setores da elite maranhense contra as medidas centralizadoras adotadas pelo governo sediado no Rio de Janeiro. </li></ul><ul><li>c) Foi liderada por comerciantes paulistas contrários à presença dos portugueses na região das minas. </li></ul><ul><li>d) Foi articulada pelo setor açucareiro da elite baiana descontente com a falta de investimentos do governo imperial. </li></ul><ul><li>e) Estabeleceu uma ampla rede de quilombos em Pernambuco, desafiando a dominação holandesa. </li></ul>
  51. 53. Vamos Praticar?! <ul><li>O Período Regencial apresentou as seguintes características, menos : </li></ul><ul><li>a) Durante as Regências surgiram nossos primeiros partidos políticos: o Liberal e o Conservador. </li></ul><ul><li>b) O Partido Liberal representava as novas aspirações populares, revolucionárias e republicanas. </li></ul><ul><li>c) Foi um período de crise econômica e social que resultou em revoluções como a Cabanagem e a Balaiada. </li></ul><ul><li>d) Houve a promulgação do Ato Adicional à Constituição, pelo qual o regente passaria a ser eleito diretamente pelos cidadãos com direito de voto. </li></ul>
  52. 54. Vamos Praticar?! <ul><li>O Período Regencial apresentou as seguintes características, menos : </li></ul><ul><li>a) Durante as Regências surgiram nossos primeiros partidos políticos: o Liberal e o Conservador. </li></ul><ul><li>b) O Partido Liberal representava as novas aspirações populares, revolucionárias e republicanas. </li></ul><ul><li>c) Foi um período de crise econômica e social que resultou em revoluções como a Cabanagem e a Balaiada. </li></ul><ul><li>d) Houve a promulgação do Ato Adicional à Constituição, pelo qual o regente passaria a ser eleito diretamente pelos cidadãos com direito de voto. </li></ul>
  53. 55. Malês Cabanagem Sabinada Balaiada Farroupilha 1835 1834/40 1837/38 1838/41 1835/45 Saída de D. Pedro I Regência Trina Ato Adicional Regência Una- Feijó Golpe da Maioridade 1831 1831 1834 1835 1838 1840 Regência Una- Araújo Linha do tempo- Regência
  54. 56. Regência Antecedente Pedro I Regência Político Revoltas Partidos Regência Trina Regência Una Malês Cabanagem Sabinada Balaiada Farroupilha Implicações Golpe da Maioridade Segundo Reinado Restauradores Exaltados Moderador Ato Adicional Progressista Regressista descentralização

×