Perturbaes no equilbrio dos ecossistemas

378 visualizações

Publicada em

http://cienciasnaturais.net Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas provocados pela ação natural e pela ação da espécie humana.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
378
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Perturbaes no equilbrio dos ecossistemas

  1. 1. Perturbações no Equilíbrio dos Ecossistemas Catástrofes naturais Catástrofes humanas
  2. 2. Catástrofes naturais • Originadas por fenómenos naturais; • Acidentes que ocorrem sem a intervenção direta do homem e que provocam enormes destruições materiais e também a perda de muitas vidas humanas, havendo ainda algumas destruições que alteram a superfície terrestre. As que afetam mais intensamente a vida humana são: • Tempestades • Inundações • Secas • Sismos e vulcões • Incêndios • Tsunamis
  3. 3. Catástrofes naturais: Tempestades É uma violenta perturbação da atmosfera, que se manifesta por chuva intensa, acompanhada de vento e trovoada. Durante as tempestades é frequente a formação de tufões, tornados e furacões.
  4. 4. Catástrofes naturais: Tempestades FURACÃO KATRINA Nova Orleães (EUA); agosto 2005 Deixou 3milhões de pessoas desalojadas
  5. 5. Catástrofes naturais: Inundações A inundação é a acumulação de grandes quantidades de água ,resultantes de uma grande tempestade, que não foram suficientemente absorvidas pelo solo e outras formas de escoamento causando transbordos.
  6. 6. Catástrofes naturais: Inundações O temporal na ilha da Madeira em 2010 foi uma sequência de acontecimentos iniciados por uma forte precipitação durante a madrugada do dia 20 de fevereiro, seguida por uma subida do nível do mar. Estes acontecimentos provocaram inundações e derrocadas ao longo das encostas da ilha, em especial na parte sul
  7. 7. Catástrofes naturais: Inundações Consequências:
  8. 8. Catástrofes naturais: Inundações Como minimizar as consequências das inundações? Limpar e desobstruir os leitos de cheia e desimpedir a foz dos rios com regularidade Evitar a urbanização excessiva (melhoria do planeamento do desenvolvimento urbano) Proteger as margens dos rios com diques, canais e a foz contra as invasões do mar Reflorestar as áreas onde o escoamento superficial é mais intenso Acatar as orientações da proteção civil e dos bombeiros Aumentar as áreas naturais de prado e floresta ao longo da margem dos rios
  9. 9. Catástrofes naturais: Secas A seca é um fenómeno climático causado pela insuficiência de precipitação, ou chuva numa determinada região por um longo período de tempo.
  10. 10. Catástrofes naturais: Secas Consequências Falta de água potável e para a agricultura Falta de alimentos  migração para evitar fome e epidemias Diminuição do coberto vegetal  erosão dos solos  desertificação Morte de animais incluindo seres humanos Aumento de CO2 e diminuição do oxigénio na atmosfera Aumento do aquecimento global
  11. 11. Catástrofes naturais: Secas Como evitar? Poupar água; boa gestão dos recursos hídricos Acatar as orientações da proteção civil e bombeiros Boa proteção dos solos da erosão e da adequação da cobertura vegetal às condições do clima e da região
  12. 12. PORTUGAL…QUE REALIDADE? A seca em Portugal agravou-se e já é "severa" ou "extrema" em todo o território continental, segundo o balanço mais recente do Instituto de Meteorologia. O país teve o fevereiro mais seco desde 1931. Neste momento, a seca meteorológica, medida essencialmente pela quantidade de precipitação, já é pior do qualquer outra situação semelhante na mesma altura, inclusivé a de 2005, data da última grande seca no país. Há sete anos, 77% do território continental estavam sob seca “severa” ou “extrema” – os níveis mais graves da escala utilizada pelo Instituto de Meteorologia. Agora, são 100% – 68% em seca "severa" e 32% em seca "extrema". Notícia publicada a 1 de março de 2012 no jornal Público
  13. 13. Catástrofes naturais: Sismos e Vulcões São manifestações da atividade interna da Terra que, em frações de segundos, podem alterar profundamente os ecossistemas, modificar paisagens e arrasar cidades, vilas e aldeias, ceifando milhares de vidas. .
  14. 14. Catástrofes naturais: Sismos e Vulcões Consequências: • Mortes • Perda de habitações • Perda de bens pessoais • Isolamento • Destruição de ecossistemas Como evitar? • Não existe forma de evitar • Acatar as orientações dos geólogos e da proteção civil quando está eminente um destes fenómenos • Construções anti-sísmicas • Educação da população • Planos de evacuação
  15. 15. Tsunami no Japão No dia 11 de março de 2011, o nordeste do Japão foi atingido por um intenso terramoto de magnitude de 8,9 e por fortes ondas de um tsunami. A cidade de Sendai foi a mais atingida, sendo que frotas de carros e navios, casas e plantações foram levadas pelas ondas. De acordo com as autoridades houve 13 333 mortos confirmados e cerca de 16 000 desaparecidos. O sismo causou danos substanciais no Japão, incluindo a destruição de estradas e linhas ferroviárias, assim como incêndios em várias regiões. Aproximadamente 4,4 milhões de habitantes no nordeste do Japão ficaram sem energia elétrica, e 1,4 milhão sem água. A Central Nuclear de Fukushima sofreu uma explosão aproximadamente 24 horas depois do primeiro sismo
  16. 16. Catástrofes naturais: Incêndios Um Incêndio é uma ocorrência de fogo não controlado, que pode ser extremamente perigosa para os seres vivos e as estruturas. A exposição a um incêndio pode produzir a morte, geralmente pela inalação dos gases, ou pelo desmaio causado por eles, ou posteriormente pelas queimaduras graves
  17. 17. Sismos e vulcões São manifestações da atividade interna da Terra que, em frações de segundos, podem alterar profundamente os ecossistemas, modificar paisagens e arrasar cidades. http://www.youtube.com/watch? v=TKozWPKZqF8&feature=playe r_embedded#!
  18. 18. Catástrofes provocadas diretamente pelo Homem
  19. 19. Principais catástrofes provocadas pelo Homem A guerra é um conflito armado entre dois ou mais grupos de pessoas com ideias distintas, que acabam, na maioria das vezes, quando um dos grupos é derrotado
  20. 20. Principais catástrofes provocadas pelo Homem O terrorismo O Terrorismo é o uso da violência, através de ataques a elementos ou instalações de um governo ou da população governada, de modo a incutir medo. É utilizado por muitas instituições como meio de atingir os seus objetivos, como organizações políticas, grupos separatistas e até por governos no poder.
  21. 21. Principais catástrofes provocadas pelo Homem A Indústria O aumento dos padrões de consumo das sociedades modernas  desenvolvimento de numerosas áreas fabris  modificaram a paisagem Lançam muitas vezes para o meio substâncias que poluem o ar, água e solos
  22. 22. Principais catástrofes provocadas pelo Homem Desenvolvimento de grandes cidades desencadeia a impermeabilização dos solos e a destruição de numerosos ecossistemas. A vida quotidiana  formação de resíduos que, libertados para o meio, poluem A Urbanização
  23. 23. Principais catástrofes provocadas pelo Homem Redes Rodoviárias com tráfego intenso O transporte de pessoas e mercadorias conduziu à construção de numerosas vias de comunicação, fragmentando ecossistemas. Tráfego intenso  libertação de produtos que poluem o meio
  24. 24. Principais catástrofes provocadas pelo Homem Agricultura Intensiva A necessidade de mais produção de alimentos levou à criação de empresas agrícolas que se dedicam à produção intensiva de uma só espécie vegetal São utilizados fertilizantes sintéticos  aumento dos nutrientes do solo e pesticidas para combater as pragas e as doenças  estas substâncias acabam por poluir a água e os solos e até os próprios alimentos
  25. 25. Principais catástrofes provocadas pelo Homem A Poluição Poluição é a contaminação do meio ambiente. É a introdução, pelo Homem, de substâncias ou energia no ambiente, provocando um efeito negativo no seu equilíbrio, causando assim danos na saúde humana, nos seres vivos e no ecossistema ali presente. Os agentes da poluição são designados por poluentes. Qualquer actividade que liberte para o ambiente materiais ou substâncias prejudiciais designa-se uma fonte de poluição.
  26. 26. Principais catástrofes provocadas pelo Homem Os tipos de poluição que mais inquietam os especialistas são:  Poluição atmosférica  Poluição do solo  Poluição da água
  27. 27. Catástrofes Humanas: POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Resulta da emissão de gases e poeiras para a atmosfera. Principais emissores de poluentes atmosféricos:  Refinarias  Fábricas  Veículos de transporte  Fogos florestais  Queima de resíduos,…
  28. 28. Catástrofes Humanas: POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Consequências Danos na saúde humana Danos nas florestas Degelo de parte das calotes polares aumento do nível médio das águas do mar Destruição da Camada do Ozono Aumento do Efeito de Estufa Aquecimento global do sistema da terra  alterações climáticas Desequilíbrio nos ecossistemas  destruição de habitats  extinção de espécies
  29. 29. Catástrofes Humanas: POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Efeito de Estufa A. A radiação solar atravessa a atmosfera. Parte dessa radiação é absorvida pela superfície terrestre aquecendo-a; B. Alguma da radiação solar é refletida pela Terra e pela atmosfera de volta para o Espaço; C. Parte da radiação infravermelha (calor) é refletida pela superfície terrestre, mas não regressa ao Espaço pois é absorvida pelos gases (CO2, vapor de água e metano) que constituem a atmosfera  o resultado é o aquecimento da superfície terrestre e da atmosfera – efeito de estufa. Aumento do efeito de estufa  aumento da temperatura da superfície terrestre  AQUECIMENTO GLOBAL
  30. 30. Catástrofes Humanas: POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA O calor retido na atmosfera tem aumentado devido a: Aumento da quantidade de CO2 libertado pelo incêndios em áreas florestais Utilização dos combustíveis fósseis (carvão, gás natural, petróleo) Desbaste das florestas tropicais
  31. 31. Catástrofes Humanas: POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Fontes de gases com efeito de estufa CFC´s O3
  32. 32. Catástrofes Humanas: POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Camada de Ozono • Situa-se na estratosfera. • Absorve grande parte da perigosa radiação ultravioleta emitida pelo Sol, impedindo-a de atingir a superfície.
  33. 33. Catástrofes Humanas: POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Clorofluorocarbonetos (CFC´s)  principais responsáveis pela destruição da camada de ozono  pela sua composição química reagem facilmente com o ozono destruindo-o  Sprays, aparelhos de refrigeração, solventes industriais,…  Longevidade superior a 50 anos
  34. 34. Catástrofes Humanas: POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Chuvas ácidas A Chuva ácida é um dos grandes problemas ambientais da atualidade. Esse fenómeno é muito comum nos centros urbanos e industrializados, onde ocorre a poluição atmosférica decorrente da libertação de óxidos de nitrogénio (NOx), dióxido de carbono (CO2) e do dióxido de enxofre (SO2)
  35. 35. Catástrofes Humanas: POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Chuvas ácidas: consequências

×