SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Alexandra France, Horácio Domingues, Jorge Manuel e Sandra Capelo
 Efeito de estufa
 Aquecimento global
 Aumento do buraco do ozono
 Chuvas ácidas
 Escassez de água potável
 Diminuição dos recursos de combustíveis fósseis
 Formação de resíduos
 Desmatamento e extinção das espécies



                                                    2
EFEITO DE ESTUFA
 O efeito de estufa tem como principais causadores
  gases como o dióxido de carbono, metano , CFC’s ou
  óxidos de azoto.
 É o Homem o principal emissor destes gases.




                                                       3
AQUECIMENTO GLOBAL
 O aquecimento global é o aumento da temperatura do
  ar e dos oceanos.
 Este facto, deve-se em parte , ao aumento do efeito de
  estufa.




                                                           4
AUMENTO DO BURACO DO OZONO
 A camada do ozono existe na estratosfera, com maior
 concentração entre 16 a 30 Km de altitude.

 A sua função é proteger o planeta das radiações ultra-
 violetas prejudiciais.

 Ao longo dos últimos anos, tem-se verificado uma
 rarefacção desta camada.


                                                           5
6
CHUVAS ÁCIDAS
 A chuva ácida é uma das principais consequências da
  poluição do ar.
 As queimas de carvão ou de derivados de petróleo
  libertam resíduos gasosos, como óxidos de nitrogénio e
  de enxofre.
 A reacção dessas substâncias com a água forma ácido
  nítrico e ácido sulfúrico.
 Estes poluentes são levados pelo vento, atingindo
  zonas que estão a quilómetros de distância.

                                                           7
ESCASSEZ DE ÁGUA POTAVEL
 Apesar de três quartos do planeta ser constituído por
  água, apenas 1% é água potável.
 Com o aumento da poluição, com o crescimento
  demográfico e o uso desordenado dos recursos
  naturais, corremos o risco de termos que a racionar.




                                                          8
DIMINUIÇÃO DOS RECURSOS DE
    COMBUSTIVEIS FOSSEIS
 Novamente o crescimento demográfico e o avanço
 tecnológico leva a um consumo desenfreado dos
 combustíveis fósseis.

 A sua regeneração lenta não consegue acompanhar o
 seu uso e abuso.




                                                      9
FORMAÇÃO DE RESIDUOS
 O crescimento populacional e o avanço tecnológico
  veio contribuir para o aumento da formação de
  resíduos.
 A grande maioria não é biodegradável




                                                      10
DESMATAMENTO E EXTINÇÃO DAS
         ESPÉCIES
 O abate das florestas leva à destruição dos
  ecossistemas e à extinção das espécies que neles vivem.
  A ciência identificou até hoje cerca de 1,4 milhões de
  espécies biológicas.


 Desconfia-se que devam existir 30 milhões ainda por
  identificar, a maior parte delas em regiões como as
  florestas tropicais húmidas.
 Calcula-se que desaparecem 100 espécies a cada dia, por
  causa do abate ilegal das florestas.

                                                            11
12

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Atmosfera camadas
Atmosfera camadasAtmosfera camadas
Atmosfera camadas
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosférica
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Erosão
ErosãoErosão
Erosão
 
Impactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivoImpactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivo
 
Mudanças Climáticas
Mudanças ClimáticasMudanças Climáticas
Mudanças Climáticas
 
Consumo Sustentável
Consumo SustentávelConsumo Sustentável
Consumo Sustentável
 
A sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação doA sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação do
 
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvel
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvelMeio ambiente e desenvolvimento sustentvel
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvel
 
Relação entre sociedade e natureza
Relação entre sociedade e naturezaRelação entre sociedade e natureza
Relação entre sociedade e natureza
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Sociedade De Consumo
Sociedade De ConsumoSociedade De Consumo
Sociedade De Consumo
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Problemas globais do meio ambiente
Problemas globais do meio ambienteProblemas globais do meio ambiente
Problemas globais do meio ambiente
 
Educação Ambiental..pptx
Educação Ambiental..pptxEducação Ambiental..pptx
Educação Ambiental..pptx
 
Politicas Ambientais
Politicas AmbientaisPoliticas Ambientais
Politicas Ambientais
 
120662700 quimica-ambiental
120662700 quimica-ambiental120662700 quimica-ambiental
120662700 quimica-ambiental
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Sociedade e Natureza
Sociedade e NaturezaSociedade e Natureza
Sociedade e Natureza
 
Alterações Climáticas
Alterações ClimáticasAlterações Climáticas
Alterações Climáticas
 

Semelhante a PROBLEMAS AMBIENTAIS

Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 anoPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 anoAna Tapadinhas
 
Viver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O PlanetaViver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O Planetaisabelsilveira
 
Viver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O PlanetaViver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O Planetaguest0cc75a5
 
Viver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O PlanetaViver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O Planetaguest13903fa1
 
Viver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O PlanetaViver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O Planetaguest0cc75a5
 
Viver sem destruir o planeta
Viver sem destruir o planetaViver sem destruir o planeta
Viver sem destruir o planetaFERNANDAPRATAS
 
Viver sem destruir o planeta
Viver sem destruir o planetaViver sem destruir o planeta
Viver sem destruir o planetaGeografias Geo
 
Ciências naturais: Efeito estufa
Ciências naturais: Efeito estufaCiências naturais: Efeito estufa
Ciências naturais: Efeito estufaMariana Silva
 
A questao ambiental
A questao ambientalA questao ambiental
A questao ambientalrdbtava
 
Aula 2 Impactos Ambientais
Aula 2 Impactos AmbientaisAula 2 Impactos Ambientais
Aula 2 Impactos AmbientaisCarlos Priante
 
Grandes problemas ambientais
Grandes problemas ambientaisGrandes problemas ambientais
Grandes problemas ambientaisLúcia Barbosa
 
Slide rafael gonçalves pereira da cruz
Slide rafael gonçalves pereira da cruzSlide rafael gonçalves pereira da cruz
Slide rafael gonçalves pereira da cruzGabriela Ferrari
 
Alteraã‡ã•Es Do Ambiente Global[1]
Alteraã‡ã•Es Do Ambiente Global[1]Alteraã‡ã•Es Do Ambiente Global[1]
Alteraã‡ã•Es Do Ambiente Global[1]minedu
 
2 intervencao humana-no-equilibrio
2   intervencao humana-no-equilibrio2   intervencao humana-no-equilibrio
2 intervencao humana-no-equilibrioPelo Siro
 

Semelhante a PROBLEMAS AMBIENTAIS (20)

Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 anoPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
 
Viver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O PlanetaViver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O Planeta
 
Viver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O PlanetaViver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O Planeta
 
Viver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O PlanetaViver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O Planeta
 
Viver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O PlanetaViver Sem Destruir O Planeta
Viver Sem Destruir O Planeta
 
Viver sem destruir o planeta
Viver sem destruir o planetaViver sem destruir o planeta
Viver sem destruir o planeta
 
Viver sem destruir o planeta
Viver sem destruir o planetaViver sem destruir o planeta
Viver sem destruir o planeta
 
Desequilíbrio ambiental
Desequilíbrio ambientalDesequilíbrio ambiental
Desequilíbrio ambiental
 
Ciências naturais: Efeito estufa
Ciências naturais: Efeito estufaCiências naturais: Efeito estufa
Ciências naturais: Efeito estufa
 
A questao ambiental
A questao ambientalA questao ambiental
A questao ambiental
 
Aula 2 Impactos Ambientais
Aula 2 Impactos AmbientaisAula 2 Impactos Ambientais
Aula 2 Impactos Ambientais
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
Mudanças Climáticas
Mudanças ClimáticasMudanças Climáticas
Mudanças Climáticas
 
Grandes problemas ambientais
Grandes problemas ambientaisGrandes problemas ambientais
Grandes problemas ambientais
 
Julya
JulyaJulya
Julya
 
Apres Sinergia Ambiental Bioloja
Apres Sinergia Ambiental BiolojaApres Sinergia Ambiental Bioloja
Apres Sinergia Ambiental Bioloja
 
Slide rafael gonçalves pereira da cruz
Slide rafael gonçalves pereira da cruzSlide rafael gonçalves pereira da cruz
Slide rafael gonçalves pereira da cruz
 
Alteraã‡ã•Es Do Ambiente Global[1]
Alteraã‡ã•Es Do Ambiente Global[1]Alteraã‡ã•Es Do Ambiente Global[1]
Alteraã‡ã•Es Do Ambiente Global[1]
 
2 intervencao humana-no-equilibrio
2   intervencao humana-no-equilibrio2   intervencao humana-no-equilibrio
2 intervencao humana-no-equilibrio
 
Buraco na Camada de Ozônio
Buraco na Camada de OzônioBuraco na Camada de Ozônio
Buraco na Camada de Ozônio
 

Mais de MELORIBEIRO

A SAÚDE DO COZINHEIRO
A SAÚDE DO COZINHEIROA SAÚDE DO COZINHEIRO
A SAÚDE DO COZINHEIROMELORIBEIRO
 
CO INCENERAÇÃO
CO INCENERAÇÃOCO INCENERAÇÃO
CO INCENERAÇÃOMELORIBEIRO
 
Evolução dos meios de transporte
Evolução dos meios de transporteEvolução dos meios de transporte
Evolução dos meios de transporteMELORIBEIRO
 
A CONDIÇÃO DA MULHER NO SÉCULO XX
A CONDIÇÃO DA MULHER NO SÉCULO XXA CONDIÇÃO DA MULHER NO SÉCULO XX
A CONDIÇÃO DA MULHER NO SÉCULO XXMELORIBEIRO
 
A CONDIÇÃO DA MULHER
A CONDIÇÃO DA MULHERA CONDIÇÃO DA MULHER
A CONDIÇÃO DA MULHERMELORIBEIRO
 
Diversidade Cultural
Diversidade CulturalDiversidade Cultural
Diversidade CulturalMELORIBEIRO
 

Mais de MELORIBEIRO (8)

Despesómetro
DespesómetroDespesómetro
Despesómetro
 
A SAÚDE DO COZINHEIRO
A SAÚDE DO COZINHEIROA SAÚDE DO COZINHEIRO
A SAÚDE DO COZINHEIRO
 
CO INCENERAÇÃO
CO INCENERAÇÃOCO INCENERAÇÃO
CO INCENERAÇÃO
 
Evolução dos meios de transporte
Evolução dos meios de transporteEvolução dos meios de transporte
Evolução dos meios de transporte
 
A CONDIÇÃO DA MULHER NO SÉCULO XX
A CONDIÇÃO DA MULHER NO SÉCULO XXA CONDIÇÃO DA MULHER NO SÉCULO XX
A CONDIÇÃO DA MULHER NO SÉCULO XX
 
A CONDIÇÃO DA MULHER
A CONDIÇÃO DA MULHERA CONDIÇÃO DA MULHER
A CONDIÇÃO DA MULHER
 
Diversidade Cultural
Diversidade CulturalDiversidade Cultural
Diversidade Cultural
 
Point Point
Point PointPoint Point
Point Point
 

Último

ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 

Último (20)

ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 

PROBLEMAS AMBIENTAIS

  • 1. Alexandra France, Horácio Domingues, Jorge Manuel e Sandra Capelo
  • 2.  Efeito de estufa  Aquecimento global  Aumento do buraco do ozono  Chuvas ácidas  Escassez de água potável  Diminuição dos recursos de combustíveis fósseis  Formação de resíduos  Desmatamento e extinção das espécies 2
  • 3. EFEITO DE ESTUFA  O efeito de estufa tem como principais causadores gases como o dióxido de carbono, metano , CFC’s ou óxidos de azoto.  É o Homem o principal emissor destes gases. 3
  • 4. AQUECIMENTO GLOBAL  O aquecimento global é o aumento da temperatura do ar e dos oceanos.  Este facto, deve-se em parte , ao aumento do efeito de estufa. 4
  • 5. AUMENTO DO BURACO DO OZONO  A camada do ozono existe na estratosfera, com maior concentração entre 16 a 30 Km de altitude.  A sua função é proteger o planeta das radiações ultra- violetas prejudiciais.  Ao longo dos últimos anos, tem-se verificado uma rarefacção desta camada. 5
  • 6. 6
  • 7. CHUVAS ÁCIDAS  A chuva ácida é uma das principais consequências da poluição do ar.  As queimas de carvão ou de derivados de petróleo libertam resíduos gasosos, como óxidos de nitrogénio e de enxofre.  A reacção dessas substâncias com a água forma ácido nítrico e ácido sulfúrico.  Estes poluentes são levados pelo vento, atingindo zonas que estão a quilómetros de distância. 7
  • 8. ESCASSEZ DE ÁGUA POTAVEL  Apesar de três quartos do planeta ser constituído por água, apenas 1% é água potável.  Com o aumento da poluição, com o crescimento demográfico e o uso desordenado dos recursos naturais, corremos o risco de termos que a racionar. 8
  • 9. DIMINUIÇÃO DOS RECURSOS DE COMBUSTIVEIS FOSSEIS  Novamente o crescimento demográfico e o avanço tecnológico leva a um consumo desenfreado dos combustíveis fósseis.  A sua regeneração lenta não consegue acompanhar o seu uso e abuso. 9
  • 10. FORMAÇÃO DE RESIDUOS  O crescimento populacional e o avanço tecnológico veio contribuir para o aumento da formação de resíduos.  A grande maioria não é biodegradável 10
  • 11. DESMATAMENTO E EXTINÇÃO DAS ESPÉCIES  O abate das florestas leva à destruição dos ecossistemas e à extinção das espécies que neles vivem. A ciência identificou até hoje cerca de 1,4 milhões de espécies biológicas.  Desconfia-se que devam existir 30 milhões ainda por identificar, a maior parte delas em regiões como as florestas tropicais húmidas.  Calcula-se que desaparecem 100 espécies a cada dia, por causa do abate ilegal das florestas. 11
  • 12. 12