Estudos
Especiais
Bicicleta
Fevereiro 2015
Objetivo Este estudo tem como objetivo avaliar a opinião dos
internautas sobre o tema bicicleta a partir de
menções de per...
Quando a assunto é bicicleta, as pessoas usam as redes sociais
para abordarem sobre o uso ou desejo de utilizar. São mençõ...
A maior parte das menções sobre o uso da bicicleta é
de internautas afirmando que andou, andará ou está
com vontade de and...
Segurança
Das menções relacionadas à segurança,
observa-se que os assaltos e os
atropelamentos são as principais questões
...
Quando se fala de medo, nas redes sociais, os
ciclistas citam, principalmente, três itens:
atropelamento, assaltos e queda...
Comercialização de bicicletas
O uso das redes sociais para falar sobre compra, venda e
aluguel de bicicletas representou 6...
Os homens representaram 58% das
menções avaliadas durante o estudo,
enquanto as menções que partiram de
mulheres represent...
É proibida a reprodução, execução ou representação total ou parcial deste
conteúdo ou de qualquer elemento que o componha,...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estudo sobre Bicicletas

379 visualizações

Publicada em

Confira o estudo da Le Fil sobre o tema bicicleta nas redes sociais.

Publicada em: Internet
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
379
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
37
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudo sobre Bicicletas

  1. 1. Estudos Especiais Bicicleta Fevereiro 2015
  2. 2. Objetivo Este estudo tem como objetivo avaliar a opinião dos internautas sobre o tema bicicleta a partir de menções de perfis públicos no Twitter e Facebook no Brasil. ESTUDO Metodologia Foram analisadas 1.002 menções coletadas de 26 a 28 de fevereiro de 2015 no Twitter e Facebook a partir das seguintes palavras-chave: “bicicleta”, “ciclofaixa” e “ciclovia”. As menções são coletadas através de softwares que buscam citações públicas de usuários nas redes sociais. Os cientistas de dados da Le Fil analisaram e as classificaram com o objetivo de apontar tendências.
  3. 3. Quando a assunto é bicicleta, as pessoas usam as redes sociais para abordarem sobre o uso ou desejo de utilizar. São menções relacionadas ao meio de transporte, seja para lazer, para fazer compras ou mesmo para estudar ou ir ao trabalho. No período de realização do estudo, acontecia o IV Fórum Mundial de Bicicleta em Medelín, Colômbia (FMB 4), por isso, o destaque entre os principais assuntos. Imprensa e internautas divulgaram o evento nas redes, com destaque para a notícia de que o Rio de Janeiro é a terceira cidade onde mais se usa bicicleta na América Latina e com a possibilidade da edição 2016 acontecer em São Paulo. O destaque mostra o interesse das pessoas em acompanhar as tendências sobre o modal e as questões urbanas. Obras de ciclovia/ciclofaixa - Assunto amplamente debatido em São Paulo, dividindo opiniões entre críticas sobre os malefícios das ciclovias. Destaque para episódio em São Paulo em que supostamente a tinta de um trecho da ciclovia escorreu para toda a pista, gerando críticas dos paulistas. Segurança – Observam-se relatos de assaltos a ciclistas, atropelamentos, invasão de carros em ciclovias e quedas, além de pessoas declarando seu medo em relação a usar a bicicleta no dia a dia. Comercialização – As redes são usadas com ponto de compra e venda de bicicletas. Também são relatadas menções de pessoas que utilizaramo aluguel de bicicleta. RESUMO A utilização de bicicletas é o tema mais citado 36% 24% 19% 15% 6% Principais temas nas redes sociais Uso de bicicleta Fórum Mundial de Bicicleta Obras de Ciclovia/Ciclofaixa Segurança Comercialização
  4. 4. A maior parte das menções sobre o uso da bicicleta é de internautas afirmando que andou, andará ou está com vontade de andar de bicicleta com amigos. Também é comum usuários publicarem o quanto gostou de andar de bicicleta após um longo período sem fazer essa atividade. É válido ressaltar que do total de menções citando estar usando a bicicleta, 15% são usuários utilizando também o aplicativo Runtastic para anunciar o quanto andou de bicicleta. Quanto ao uso por lazer, os usuários afirmam que iriam “dar uma volta” de bicicleta e anunciam utilizar o meio de transporte para visitar amigos e parentes, ir em parques, mercados ou outros estabelecimentos comerciais como sorveteria ou até para se divertir com os amigos. Apesar do uso da bicicleta para trabalho e estudo ser 12% da parcela das menções sobre uso da bicicleta, 38% dessas citações são relacionadas a uma notícia do G1 de que um pedreiro pedala, diariamente, 42 quilômetros para cursar Direito. As restantes são relacionadasao uso para trabalhar ou ir à escola. Uso da bicicleta 58% 30% 12% % de menções relacionadas ao uso de bicicletas Sem especificar o motivo Lazer/Passeio Trabalho/Estudo Uso de bicicleta ainda é associada ao lazer e passeios
  5. 5. Segurança Das menções relacionadas à segurança, observa-se que os assaltos e os atropelamentos são as principais questões colocadas pelos internautas. O assunto mais falado foi sobre um assalto ocorrido a um policial civil na bicicleta, que acabou com a morte do assaltante. O assunto trouxe receio aos internautas pela falta de segurança em utilizar a bicicleta. Já em atropelamentos, observa-se relatos de pessoas que quase foram atropeladas ou que lembraram o dia em que foram atropeladas. Também há menções relacionadas a acidades com crianças e idosos atropelados por carros quando estavam pedalando. Também é internautas reclamarem de carros estacionando em ciclovias e até mesmo invadindo o espaço durante o percurso. PERCEPÇÃO DO ASSUNTO Assalto e atropelamento são os principais assunto quando o tema é segurança 56% 22% 11% 11% % de menções relacionadas ao tema Segurança Assalto a ciclista Atropelamento Carro invadindo ciclovia Queda de bicicleta
  6. 6. Quando se fala de medo, nas redes sociais, os ciclistas citam, principalmente, três itens: atropelamento, assaltos e queda. Os casos são o medo de atropelamento, sob argumento de que os motoristas de carros não respeitam os ciclistas, causando situações de risco; exposição a assalto; e medo de se machucar em quedas, por falta de aptidão para pedalar. PERCEPÇÃO DO ASSUNTO Ciclistas possuem medo de serem atropelados
  7. 7. Comercialização de bicicletas O uso das redes sociais para falar sobre compra, venda e aluguel de bicicletas representou 6% do total de menções sobre o modal. Dos que falam sobre comercialização, 45% das menções falam sobre venda, sendo a maioria de pessoas vendendo suas bicicletas. Entre as menções que falam de compra (43% em relação ao total de menções que falam de comercialização), todas são de pessoas comuns afirmando interesse de comprar bicicleta e perguntando se os amigos possuem uma para vender. Ainda observa-se que poucas empresas e sites aproveitam as redes sociais para aproveitar esse interesse em compra e em venda dos modais. Apenas 12% das menções citam sobre o uso de bicicleta alugadas. Mas quando as pessoas falam, 20% das menções relacionadas a este assunto são reclamações da falta de oferta de bicicletas nas estações, enquanto outros 20% reclamou do alto preço pra alugar. As demais menções foram afirmações de pessoas que planejavam ou alugaram bicicletas. PERCEPÇÃO DO ASSUNTO 45% 43% 12% % de menções no tema “comercialização” Venda Compra Aluguel Comércio de bicicletas representa 6% das menções totais coletadas
  8. 8. Os homens representaram 58% das menções avaliadas durante o estudo, enquanto as menções que partiram de mulheres representam 42% do total. GÊNERO E LOCALIZAÇÃO Homens têm mais interesse em bicicletas 58% 42% Gênero que mais fala do assunto Masculino Feminino
  9. 9. É proibida a reprodução, execução ou representação total ou parcial deste conteúdo ou de qualquer elemento que o componha, em qualquer suporte ou mídia que exista ou venha a existir. Sendo assim, qualquer cópia ou material similar, produzido por pessoas físicas ou jurídicas, é passível de sanções penais descritas em leis. www.lefil.com.br

×