O expressionismo alemão no cinema

665 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
665
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
45
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
36
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O expressionismo alemão no cinema

  1. 1. O Expressionismo Alemão no Cinema
  2. 2. O expressionismo alemão foi um estilo cinematográfico cujo auge se deu na década de 1920, que caracterizou-se pela distorção de cenários e personagens, através da maquiagem, dos recursos de fotografia e de outros mecanismos, com o objetivo de expressar a maneira como os realizadores viam o mundo.
  3. 3. O expressionismo alemão,que se estendeu por quase todas as artes como o cinema, a pintura e caracteriza-se pela distorção da imagem(uso de cores vibrantes e remetentes ao sobrenatural ),do retorno ao gótico e a oposição a uma sociedade imersa no desolador cenário do racionalismo moderno aplicado no trabalho mecânico. As vibrantes e alucinogénias pinturas expressam um desligamento com o real , a prioridade do "eu" e sua visão pessoal do mundo
  4. 4. Nosferatu de Murnau Nosferatu é um filme alemão de 1922, divido em cinco actos, dirigido por F. W. Murnau. narra a história de Conde Orlok, um vampiro dos Montes Cárpatos que se apaixona perdidamente por Ellen e traz o terror à cidade dela, Wisborg. Nosferatu é considerado um dos primeiros representantes do gênero de terror no cinema, além de sua concepção visual ter exercido forte influência no gênero.
  5. 5. Exemplos do irreal sombrio • • • • • Passaros Sombrios Casas sombrias Grandes espaços vazios Atmosfera pesada Árvores fantasmagóricas
  6. 6. Cenas altamente depressivas, o castelo vazio, pessoas enlouquecidas e o surto de peste são grandemente usadas por Murnau ao longo do filme para uma maior atmosfera gótica e efeito desastroso, que serve para esclarecer o público quanto á natureza estranha que está a ser retratada ao longo da história.
  7. 7. Finalmente, a parte em que Ellen se entrega a Nosferatu contraria o movimento do “casalinho feliz” que fica junto para todo o sempre.
  8. 8. Principais características - Personagens esquisitas e caricatas Suspense Maquiagem carregada Planos fixos Cenários irreais Câmaras lentas Maior importância á cenografia
  9. 9. Conclusão
  10. 10. Webografia • http://pt.wikipedia.org/wiki/Expressionismo_ alem%C3%A3o • http://pt.wikipedia.org/wiki/Nosferatu,_Eine_ Symphonie_des_Grauens • http://www.imdb.com/title/tt0013442/synops is
  11. 11. Trabalho realizado por: José Martins Gomes da Costa Nº54396 Licenciatura em Comunicação e Multimédia História das Artes Visuais Contemporâneas Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

×