Instituições de Ensino Superior do Nordeste do Brasil

275 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
275
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Instituições de Ensino Superior do Nordeste do Brasil

  1. 1. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  AND  Steve Knight,  Normann  Kastenbaum       Rede Internacional de Negócios? ü  A Rede Cultural BrokerTM reúne, em uma mesma rede internacional, profissionais baseados em todas as nove AREAS DE CONHECIMENTO1 (profissionais liberais, de empresas privadas, de instituições acadêmicas e também instituições públicas no Brasil e no exterior), cujas DIVERSAS ORIGENS, agregam valor a projetos de COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL em todas as suas fases, desde o PLANEJAMENTO, até a fase de EXECUÇÃO. 1PMBOK Guide /PMI
  2. 2. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! ü  A política macroeconômica do Governo Federal está mudando do foco no consumo para o investimento e isto se confirma na recente mudança do marco regulatório do setor de portos, que implicará em investimentos da ordem de 40 bi nos próximos três anos. São 120 projetos na mão do Governo Federal dos quais 40 aprovados ainda no início de julho de 2013, após o próprio governo brasileiro ter feito a regulamentação a toque de caixa na última semana de junho de 2013. ü  Este novo cenário com foco nos investimentos puxando o PIB via infraestrutura, e não via consumo como nos últimos 10 anos, devido ao cenário de endividamento da classe média que só irá se reverter a partir partir de 2015, mesmo tempo no qual o crescimento do EUA irá elevar os juros dos títulos norte americanos, disputando investimentos e forçando o BC brasileiro a elevar os juros no Brasil para reter investidores, e atenuar a desvalorização cambial, além de conter a inflação. ü  Portanto a classe média e o consumo continuarão estrangulados, tornando o ano da Copa do Mundo 2014 e das eleições presidenciais favorável as grandes obras de infraestrutura, mas, não na área de consumo que demandará redução de estoques, desmobilização de ativos e parcerias para diluir o risco de novos empreendimentos. Ü ANALISE   MACROECONOMIA  2013  –  2017      NORDESTE  –  BRASIL  
  3. 3. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! Ü  NOVO CENARIO INFRAESTRUTURA 2013 – 2017 NORDESTE– BRASIL Ü  NOVA LEI DOS PORTOS Ü  PRIVATIZAÇÃO DOS AEROPORTOS Ü  PONTE SALVADOR X ITAPARICA (NOVO ANEL VIÁRIO: BR 242, BR 101, BR 116, BA 001) Ü  CONCESSÕES FEDERAIS E ESTADUAIS DE RODOVIAS E FERROVIAS
  4. 4. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! •  Jornal Folha de São Paulo – Caderno de Economia (Mercado) 06/06/2013 - Governo prevê investimento de R$ 27 bilhões em portos Ø  Deste total, R$ 25 bilhões dizem respeito a cerca de cem novos portos privados com pedidos de permissão já encaminhados ao governo. –  Jornal Estado de São Paulo – Opinião (Editorial) 06/08/2013 - Investir pesadamente em rodovias, ferrovias, portos, aeroportos e outros projetos de infraestrutura é indispensável para a economia voltar a crescer de forma consistente. Ø  Só a parte de rodovias e ferrovias foi estimada em R$ 79,5 bilhões para os primeiros cinco anos. Outros R$ 53,5 bilhões estão previstos para outros 20 a 25 anos. Ü NOVO  CENARIO     INFRAESTRUTURA    2013  –  2017      NORDESTE–  BRASIL  
  5. 5. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! ü  Para todas as grandes obras de infraestrutura, além da demanda por novos engenheiros as grandes empreiteiras nacionais e estrangeiras terão uma demanda ainda maior por GERENTES DE PROJETOS que, ao contrario do que se pensa no Brasil, no exterior não são oriundos apenas da área de Ciências Exatas, vindo também das áreas de Ciências Sociais. ü  GERENTES DE PROJETOS oriundos das áreas de Ciências Sociais trazem como vantagem competitiva a formação em disciplinas que permitem a este lidar com o principal desafio em grandes projetos, que é a gestão de pessoas. Portanto, instituições que ofereçam cursos como Administração, por exemplo, tem vantagem competitiva ao dedicarem-se a desenvolver novos Gerentes de Projetos. ü  Os cursos de Gerentes de Projetos mais comuns no Brasil, tem foco na preparação para certificação PMP/PMI (Project Manager Professional/Project Management Institute), certificação comumente exigida na área de TI, por exemplo. Entretanto, as obras de infraestrutura demandarão perfil técnico-pragmático, mais comum aos modelos de ensino praticados por instituições norte-americanas e europeias, no qual o mais importante do que a certificação é a capacidade de saber implementar na prática as técnicas de Effective Project Management1. Ü ANALISE   MACROECONOMIA  2013  –  2017      NORDESTE–  BRASIL   2  by  Wysocki,  R.K.,  2012.  Effec%ve  project  management:  tradi%onal,  agile,  extreme.6  th  ed.  Indianapolis:  Wiley  Publishing  
  6. 6. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! •  Jornal Correio da Bahia – Capa 14/08/2013 - Com apenas 13 mil profissionais no país, salário de gerente de projetos chega a R$ 18 mil Ø  Se no Brasil há ainda muito espaço para crescer, na Bahia a situação é ainda pior. Ou melhor. São apenas 300 profissionais certificados Ø  Exemplos de cursos atualmente oferecidos em Salvador - Bahia Ø  Nivel tecnico: ü  3PTA - Tekes & Associados Brasil: curso para certificação. (71) 3012-6611/ 8883-0612 ü  Centro de Excelência em Gestão: curso para certificação. (71) 9307-3493/ 9925-5545 Ø  Nivel de Pós-Graduação: ü  Unijorge MBA (18 meses), no campus do Stiep. Matrículas abertas, por 18 x R$ 490 ü  Unifacs MBA (19 meses), em Salvador e Feira de Santana. Matrículas abertas, por R$ 10.805,40 e R$ 7.647,30, respectivamente ü  Fac. Ruy Barbosa: MBA (18 meses), no campus da Pituba. Matrículas em outubro, por 20 x R$ 650 Ü NOVO  CENARIO     INFRAESTRUTURA    2013  –  2017      NORDESTE–  BRASIL  
  7. 7. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   COACHING EMPRESARIAL Estratégia de COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL DE EMPRESAS BRASILEIRAS Método cujo diferencial em relação às técnicas tradicionais de gerenciamento de projetos (Traditional Project Management - PMBOK guide/PMI) é o emprego de técnicas de coaching empresarial (Coaching for Performance/Whitmore) para facilitar a necessária transição entre a atual e a nova cultura de negócios a ser atingida como resultado da ESTRATÉGIA COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL cultural.broker@outlook.com   Ü INOVANDO  PARA  COMPETIR   NORDESTE–  BRASIL:    2013  –  2017    
  8. 8. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   Momento #1 INOVANDO PARA COMPETIR! Ü TÁTICO   AÇÕES  TÁTICAS  INTERNAS  PARA  RETENÇÃO  DO  PÚBLICO-­‐ALVO   DISCENTE  E  DOCENTE:  ALUNOS  JÁ  CLIENTES  E  PROFESSORES.    
  9. 9. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   cultural.broker@outlook.com   Ney Pereira no Nordeste INOVANDO PARA COMPETIR! COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL DE EMPRESAS BRASILEIRAS DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  10. 10. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! cultural.broker@outlook.com   Assista  o  Prof.  NEY  PEREIRA  no  link:   hPp://neypereira.com.br/2011/08/aulas/     DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! Prof. Ney Pereira •  Coordenador do FGV Empresarial no Curso de Comunicação Empresarial. •  Idealizador do Método Multidisciplinar para o Treinamento de Docentes, •  Treinador oficial dos porta vozes do Comitê Rio 2016 (Olimpíadas) •  Autor do livro “Seja Um Professor Nota 10” e “Apresentações Empresariais Além da Oratória”.
  11. 11. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   Momento #2 INOVANDO PARA COMPETIR! Ü ESTRATÉGICO   AÇÕES  ESTRATÉGICAS  EXTERNAS  APARA  ATRAÇÃO  DO  PÚBLICO-­‐ ALVO  DISCENTES  NÃO-­‐CLIENTES:  FUNCIONARIOS  DAS  EMPRESAS   (GRADUAÇÃO)  E  EMPRESÁRIOS  E  EXECUTIVOS  (PÓS-­‐GRADUAÇÃO)    
  12. 12. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   Nicola Minervini no Brasil Set-Out/2013 INOVANDO PARA COMPETIR! COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL DE EMPRESAS BRASILEIRAS DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com  
  13. 13. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   Prof. Nicola Minervini •  Conferencista internacional de origem italiana, especialista em internacionalização e formação de redes de empresas, •  Autor do livro “ O Exportador”, um livro que tem formado milhares de executivos de comercio exterior nos últimos 21 anos, segundo a Revista EXAME: “Custo Brasil x Custo Empresa – uma visão estratégica com Nicola Minervini”1 DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! •  1  Leia  a  entrevista  do  Prof.  Minervini  na  Revista  EXAME  neste  link:   hPp://exame.abril.com.br/rede-­‐de-­‐blogs/brasil-­‐no-­‐mundo/2012/08/17/custo-­‐brasil-­‐x-­‐ custo-­‐empresa-­‐uma-­‐visao-­‐estrategica-­‐com-­‐nicola-­‐minervini/     •  Assista  a  entrevistas  do  Prof.  Minervini  no  Youtube: hPp://www.youtube.com/user/pearsondobrasil    
  14. 14. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   Momento #3 Ü OPERACIONAL   AÇÕES  INTERNAS  PARA  PREPARAÇÃO  PARA  A  INTRODUÇÃO  DE   NOVOS  CONTEÚDOS  OBJETIVANDO  RETENÇÃO  DO  PÚBLICO-­‐ALVO   DISCENTE  E  DOCENTE:  ALUNOS  JÁ  CLIENTES  E  PROFESSORES     INOVANDO PARA COMPETIR!
  15. 15. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! Ü ABORDAGEM   AO  PROJETO   Ü  FATORES  EXTERNOS   Ü  QUESTÕES  QUE  DEPENDEM  DA  EQUIPE  OU  DE   TERCEIROS  PARA  TRATAR  AS  ZONAS  DE   DESCONFORTO.   Ü  FATORES  INTERNOS   Ü  AQUELES  QUE  DEPENDEM  DO  INDIVÍDUO,   PARA  TRATAR  AS  ZONAS  DE  DESCONFORTO     Ü  NOVAS  TÉCNICAS  DE  PROJECT   MANAGEMENT  +  NOVAS  COMPETENCIAS   Ü  DEPENDEM  DO  USO  DE  BOAS  PRATICAS  DE   EFFECTIVE  PM1  E  DO  DESENVOLVIMENTO  DE   NOVAS  COMPETÊNCIAS  POR  INTERMÉDIO  DO   COACHING  FOR  PERFOMANCE2  PARA  TRATAR   AS  ZONAS  DE  DESCONFORTO    
  16. 16. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL DE EMPRESAS BRASILEIRAS DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! 1Kaplan, Soren., Ê autor do livro Leapfrogging e Managing Principal at InnovationPoint LLC nos quais orienta start-ups e também da consultoria para a Cisco, Colgate, Disney, Medtronic, Visa… Ü  PONTOS  PARA  IMPULSIONAR  À  INOVAÇÃO1    
  17. 17. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! Perspec^vas  de  abordagem   Abordagem   Pessoas   Descrição  do  público-­‐alvo,  pessoas  ou  segmento  de  mercado   A^vidades   Abvidade/Tarefa  1   Abvidade/Tarefa  2   Abvidade/Tarefa   3   ...   Soluções   Solução  1   Solução  2   Solução  3   ...   Necessidades   Zona  de   desconforto  1   Zona  de   desconforto  1   Zona  de   desconforto  3   ...   Zona  de  desconforto  x  Abvidades:   1Kaplan, Soren., Ê autor do livro Leapfrogging e Managing Principal at InnovationPoint LLC nos quais orienta start-ups e também da consultoria para a Cisco, Colgate, Disney, Medtronic, Visa… Ü  PONTOS  PARA   IMPULSIONAR  À   INOVAÇÃO1     1.  QUEM  É  A  PESSOA  OU  CLIENTE  PARA   QUEM  VOCÊ  DIRIGE  O  SEU  TRABALHO  OU   SOLUÇÃO?   2.  QUAIS  SÃO  AS  ATIVIDADES  QUE  VOCÊ   REALIZA  TODOS  OS  DIAS,  POR  QUE  E  QUAL   PROPOSITO?   3.  QUAIS  SÃO  AS  SOLUÇOES,  PROCESSOS,   FERRAMENTAS  E  ATIVIDADES  QUE  VOCÊ   REALIZA  OU  QUE  VOCÊ  CRIOU  PARA   "CONTORNAR”.  A  FORMA  COMO  AS   COISAS  DEVEM  SER  FEITAS?   4.  QUAIS  SÃO  AS  MAIORES  ZONAS  DE   DESCONFORTO,  QUE  SÃO  AS  CAUSAS  DOS   PROBLEMAS  DOS  CLIENTES,  DAS   NECESSIDADES  OU  DESEJOS  NÃO   SATISFEITAS?     5.  QUAIS  SÃO  AS  SOLUÇÕES  ALTERNATIVAS,   COISAS  QUE  CAUSAM  ESTRESSE  OU   PREOCUPAÇÃO,  A  INSATISFAÇÃO,  OU   QUALQUER  OUTRA  COISA  QUE  É   RESPONSÁVEL  POR  SUA  ZONA  DE   DESCONFORTO?  
  18. 18. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   Ü ABORDAGEM   AO  PROJETO   Ü  FATORES  EXTERNOS   Ü  QUESTÕES  QUE  DEPENDEM  DA  EQUIPE   OU  DE  TERCEIROS  PARA  TRATAR  AS   ZONAS  DE  DESCONFORTO.   Ü  FATORES  INTERNOS   Ü  AQUELES  QUE  DEPENDEM  DO   INDIVÍDUO,  PARA  TRATAR  AS  ZONAS  DE   DESCONFORTO     Ü  NOVAS  TÉCNICAS  DE  PROJECT   MANAGEMENT   Ü  DEPENDEM  DO  USO  DE  BOAS  PRATICAS   DE  PM  PARA  TRATAR  AS  ZONAS  DE   DESCONFORTO     INOVANDO PARA COMPETIR!
  19. 19. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   Imagem:  Felipe  Scolari  by   copadomundo.uol.com   COACHING FOR PERFORMANCE SESSOES DE COACHING INOVANDO PARA COMPETIR!
  20. 20. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! Prof. John Whitmore •  Sir John Whitmore é presidente da Performance Consultants International, que trabalha com as principais empresas multinacionais para estabelecer culturas de gestão de treinamento e programas de desenvolvimento de liderança. •  Autor do livro “Coaching for Performance” com mais de 500.000 cópias em 17 idiomas. Imagem:  John  Withmore  addsvalue.blogspot.com  
  21. 21. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! Ü  MUDANÇA  DE  CULTURA   Ü  DEMANDA  DE  NÍVEIS  MAIS   ALTOS  DE  DESEMPENHO  E  MAIOR   RESPONSABILIDADE  PELOS  SEUS   ATOS.   Ü  NOVO  ESTILO   Ü  HIERARQUIA  DÁ  LUGAR  A   AVALIAÇÃO  FRANCA,   MOTIVADORES  EXTERNOS  SÃO   SUBSTITUÍDOS  POR   AUTOMOTIVAÇÃO.   Ü  ENVOLVIMENTO     Ü  MAIOR  NÍVEL  DE  CONSCIÊNCIA   DEMANDA  MAIOR   ENVOLVIMENTO  NAS  DECISÕES   QUE  LHE  DIZEM  RESPEITO.   Ü  CULTURA  DA  CULPA   Ü  DEVE  SER  EVITADA,  POIS,  EVOCA   POSTURA  DEFENSIVA.   Ü  FLEXIBILIDADE   Ü  FACILITA  A  ADAPTABILIDADE  E  A   LIDAR  COM  O  MEDO   PROVOCADO  PELAS  MUDANÇAS.   Ü  COACHING  EMPRESARIAL:   ESSÊNCIA  –  AJUDAR  A  APRENDER  AO   INVÉS  DE  ENSINAR1   1Whitmore, John, 2012. Coaching for Performance,. Nicholas Brealey Publishing Imagem:  John  Withmore  addsvalue.blogspot.com   1Whitmore, John, 2012. Coaching for Performance,. Nicholas Brealey Publishing
  22. 22. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! Ü ABORDAGEM   AO  PROJETO   Ü  FATORES  EXTERNOS   Ü  QUESTÕES  QUE  DEPENDEM  DA  EQUIPE  OU  DE   TERCEIROS  PARA  TRATAR  AS  ZONAS  DE   DESCONFORTO.   Ü  FATORES  INTERNOS   Ü  AQUELES  QUE  DEPENDEM  DO  INDIVÍDUO,   PARA  TRATAR  AS  ZONAS  DE  DESCONFORTO     Ü  NOVAS  TÉCNICAS  DE  PROJECT   MANAGEMENT  +  NOVAS  COMPETENCIAS   Ü  DEPENDEM  DO  USO  DE  BOAS  PRATICAS  DE   EFFECTIVE  PM1  E  DO  DESENVOLVIMENTO  DE   NOVAS  COMPETÊNCIAS  POR  INTERMÉDIO  DO   COACHING  FOR  PERFOMANCE2  PARA  TRATAR   AS  ZONAS  DE  DESCONFORTO    
  23. 23. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   Imagem:  Robert  Wysocki,  Project  Management   Professional  (PMP)  www.charlestonmgt.com     INOVANDO PARA COMPETIR! Prof. Robert Wysocki •  PhD, mais de 40 anos de experiência em Gerenciamento de projetos e treinador •  O fundador da Enterprise Information Insights, Inc. (EII), escreveu 21 livros. •  Autor de “Effective Project Management,” com 6 edições publicadas. Referência bibligráfica no mundo todo a exemplo da Liverpool University.
  24. 24. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   Ü  O  QUE  TEM  DE  SER  FEITO,  E  ONDE?   Ü  PORQUE  ISTO  TEM  QUE  SER  FEITO?   Ü  QUÃO  BEM  FEITO  ISTO  DEVE  SER  FEITO?   Ü  QUANDO  ISTO  SERÁ  NECESSÁRIO  E  EM  QUAL   ORDEM  DE  PRIORIDADE?   Ü  QUANTO  ISTO  PODERÁ  CUSTAR?   Ü  QUAIS  SÃO  AS  INCERTEZAS  QUANTO  A  ISTO?   Ü  QUEM  FARÁ  ISTO?   Ü  DE  QUE  FORMA  AS  PESSOAS  DEVERIAM  SER   ORGANIZADAS  EM  EQUIPE  PARA  FAZÊ-­‐LO?   Ü  QUAL  SERÁ  O  NÍVEL  DE  SATISFAÇÃO   ATINGIDO  SE  ISTO  FOR  REALIZADO?   Ü  PDS  PROJECT  DEFINITION  STATEMENT1     2Project  Defini^on  Statement  by  Wysocki,  R.K.,  2012.  Effec%ve  project   management:   tradi%onal,   agile,   extreme.6   th   ed.   Indianapolis:   Wiley   Publishing   Imagem:  Robert  Wysocki,  Project  Management  Professional   (PMP)  www.charlestonmgt.com     INOVANDO PARA COMPETIR!
  25. 25. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! OS  ALICERCES  DO  CULTURAL  BROKER   MOMENTO  #1  –  CONHECIMENTO  X  EXPERIÊNCIA   Ü OPERACIONAL  
  26. 26. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   Ü  MOMENTO  #1:  2000  –  2007   ADMINISTRAÇÃO  EM  COMEX  (CAIRÚ)  E   ESPECIALIZAÇÃO  EM  ADMINISTRAÇÃO   PROFISSIONAL  (UFBA)     Ü  MACROECONOMIA  E  MICROECONOMIA   Ü  COMPREENSÃO  DA  ESTRUTURA   E  DA  CONJUNTURA  DE   NEGÓCIOS  &  ANALISE  DO   NEGÓCIO  MERCADO  NACIONAL   Ü  MATEMÁTICA  FINANCEIRA  E   ESTATÍSTICA   Ü  MONITORAMENTO  &   CONTROLE  DO  NEGÓCIO   Ü  OSM  E  SOCIOLOGIA   Ü  PLANEJAMENTO  E  GESTÃO  DO   NEGÓCIO  &  PESSOAS   Ü  CONCORRÊNCIA  E  REGULAÇÃO  E   MARKETING  INTERNACIONAL     Ü  DESENVOLVIMENTO  DE   ESTRATÉGIAS  DE  NEGÓCIO  E   MERCADO  NACIONAL  E  EXTERNO   Ü  BLOCOS  ECONÔMICOS  E  MERCADOS   REGIONAIS   Ü  VISÃO  PANORÂMICA  DO         MEIO-­‐AMBIENTE  DE  NEGÓCIOS   &  ANALISE  DO  NEGÓCIO  NO   MERCADO  GLOBAL   OS  ALICERCES  DO  CULTURAL  BROKER   Ü  OPERACIONAL   CONHECIMENTO  X  EXPERIÊNCIA  
  27. 27. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   Ü  MOMENTO  #1:  2001  –  2007   COORDENAÇÃO  ADMINISTRATIVA,  GESTÃO   OPERAÇÕES  E  PROJETOS  (WILSON’SONS)   Ü  CASE  DE  DESTAQUE-­‐    MONSANTO  NORDESTE   Ü  GANHO  DE  PRODUTIVIDADE  COM  A   REDUÇÃO  DO  TEMPO  DO  CONTAINER   PARADO  ANTES  EMBALAGEM  E  REDUÇÃO   NO  NUMERO  DE  CAMINHÕES   NECESSÁRIOS  PARA  O  TRANSPORTE.     Ü  CASE    DE  DESTAQUE-­‐  TECON  SALVADOR   Ü  GANHO  DE  PRODUTIVIDADE  COM  A   REORGANIZAÇÃO  DO  ORGANOGRAMA   ADMINISTRATIVO,  GANHO  FINANCEIRO   COM  REDUÇÃO  DO  TEMPO  DE   RECEBIMENTO  E  AUMENTO  DA   SEGURANÇA  COM  PLANEJAMENTO  E   IMPLANTAÇÃO  DOS  SISTEMAS  DE   SEGURANÇA  PATRIMONIAL.     Ü  CASE  DE  DESTAQUE-­‐  DEPOT  SALVADOR   Ü  GANHO  DE  PRODUTIVIDADE  COM  O   DESENHO  DA  OPERAÇÃO  LOGÍSTICA  DE   ARMAZENAGEM,  MANUTENÇÃO  E   TRANSPORTE  DE  CONTAINERS,   ELIMINAÇÃO  DO  RISCO  TRIBUTÁRIO  COM   A  CRIAÇÃO  DA  COOPERATIVA  DE   CAMINHONEIROS  AUTÔNOMOS,   CERTIFICAÇÃO  DA  OPERAÇÃO  DE  ACORDO   COM  OS  PADRÕES  ISO.   OS  ALICERCES  DO  CULTURAL  BROKER   Ü  OPERACIONAL   CONHECIMENTO  X  EXPERIÊNCIA  
  28. 28. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   INOVANDO PARA COMPETIR! OS  ALICERCES  DO  CULTURAL  BROKER   MOMENTO  #2  –  CONHECIMENTO  X  EXPERIÊNCIA   Ü ESTRATÉGICO  
  29. 29. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   Ü  MOMENTO  #2:  2008  –  2012   COMPETITIVIDADE  (FDC)   INTERNACIONALIZAÇÃO  (USP)  PROJETC   MANAGEMENT  (EAD  LIVERPOOL)     Ü  GOVERNANÇA  X  COMPETIVIDADE   INTERNACIONAL   Ü  PERSPECTIVAS  ORGANIZACIONAL,   CORPORATIVA,  GESTÃO  DE   LIDERANÇAS  E  STAKEHOLDERS  PARA  O   DESENVOLVIMENTO  DE  PROJETOS   INTERNACIONAIS.   Ü  ESTRATÉGIAS  DE  INTERNACIONALIZAÇÃO   Ü  DESENVOLVIMENTO  DE  ESTRATÉGIAS   DE  COMPETITIVIDADE  INTERNACIONAL   Ü  MELHORES  PRÁTICAS  INTERNACIONAIS  EM   PLANEJAMENTO  E  GESTÃO   Ü  PLANEJAMENTO,  EXECUÇÃO  DE   PROJETOS  COM  NÍVEL  DE   COMPETITIVIDADE  INTERNACIONAL,   GESTÃO  DO  NEGÓCIO  &  PESSOAS  EM   MERCADOS  NACIONAIS  E   ESTRANGEIROS   Ü  ESTRATÉGIA  NACIONAL  DE  COMPETITIVIDADE   Ü  PARTICIPAÇÃO  NO  GRUPO  DE  TRABALHO  SOBRE   ESTRATÉGIA  DE  INTERNACIONALIZAÇÃO  DO  MIN.   COMÉRCIO  EXTERIOR.  ENTREVISTAS  COM  COM  A   DIRETORIA  DOS  BIG  PLAYERS  NACIONAIS    JÁ   INTERNACIONALIZADOS:  ODEBRECHT,  GERDAU,   EMBRAER,  MARCOPOLO,  MARFRIG,  JBS-­‐FRIBOI.   OS  ALICERCES  DO  CULTURAL  BROKER   Ü  ESTRATÉGICO   CONHECIMENTO  X  EXPERIÊNCIA  
  30. 30. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   Ü  MOMENTO  #2:  2008  –  2012  FOMENTO  À   EXPORTAÇÕES  E  GESTÃO  DE  PROJETOS  DE   INTERNACIONALIZAÇÃO  PARA  O  GOV.  FEDERAL   (APEX-­‐BRASIL)   Ü  •  2008  -­‐  CASE  DE  DESTAQUE  (PROJETOS  -­‐   ESTRATÉGICO)–  BID  INTERNACIONAL  DA  APEX-­‐ BRASIL  NO  ORIENTE  MÉDIO   Ü  CLASSIFICAÇÃO  DENTRE  OS  SEIS   FINALISTAS  DO  BID  INTERNACIONAL   PROMOVIDO  PELA  EMBRAER  PARA  A   MONTAGEM  DE  UM  WAREHOUSE  DE   SPARE  PARTS  PARA  OS  JATOS  EXECUTIVOS   COMERCIALIZADOS  NO  ORIENTE  MÉDIO.   Ü  2010  -­‐  CASE  DE  DESTAQUE  –  CENTROS  DE   NEGÓCIOS  APEX-­‐BRASIL   Ü  GANHO  DE  EFICÁCIA  COM  O  ESTUDO,   PLANEJAMENTO  E  GESTÃO  DA  MUDANÇA   DO  MODELO  ESTRATÉGICO  DE   WAREHOUSES  PARA  CENTROS  NEGÓCIOS   DA  APEX-­‐BRASIL,  ELIMINANDO  A   LIMITAÇÃO  A  APOIO  À  EXPORTAÇÕES.     Ü  2012  -­‐  CASE    DE  DESTAQUE  –  REDE  GIRAFFAS   Ü  PLANEJAMENTO  E  EXECUÇÃO  DO  PROJETO   NO  EXTERIOR  PARA  A  REDE  BRASILEIRA   GIRAFFAS  DE  FRANQUIA  NOS  EUA  COM   PERFORMANCE  ACIMA  DO  PREVISTO   DESDE  A  1ª  LOJA.     ASSISTA  O  CASE  GIRAFFAS  NO  YOUTUBE  HTTP://WWW.YOUTUBE.COM/WATCH?V=DMG6BT9W2UA     OS  ALICERCES  DO  CULTURAL  BROKER   Ü  ESTRATÉGICO   CONHECIMENTO  X  EXPERIÊNCIA  
  31. 31. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! cultural.broker@outlook.com   PARA SABER MAIS… Entre  em  contato  com  o  Cultural.   Broker  pelo  e-­‐mail:   cultural.broker@outlook.com       Seremos  o  seu  interprete  em  uma   Rede  Internacional  de  Negócios,  ou   agende  uma  videoconferência   enviando  um  convite  via  Skype  para:   cultural.broker   Imagem:  Felipe  Scolari  by  copadomundo.uol.com   INOVANDO PARA COMPETIR!

×