Brasil natureza ii

4.102 visualizações

Publicada em

aula resumo ensino medio

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.102
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.340
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Brasil natureza ii

  1. 1. Brasil Paisagem Natural Relevo , Geologia e Recursos minerais do Brasil Resumo de aula Professora Cristina Ramos Este material é parte integrante de: http:salacristinageo.blogspot.com
  2. 2. Geomorfologia é o ramo da Geografia que estuda as formas e a dinâmica do relevo Relevo é o termo aplicado ao modelado terrestre Existem uma infinidade de formas de relevo na superfície terrestre que podem ser agrupadas em quatro categorias de acordo com sua origem ou formação : Planaltos, Planícies, Montanhas e Depressões Vale é um exemplo de Depressão O rio Paraíba do Sul corre numa linha de falha ( Graben) que separa a serra do Mar da Serra da Planaltos e serras do Sudeste Planície Amazônica
  3. 3. Algumas formas de relevo no Brasil São Conrado Rio Torres RS Costões ou falésias Canoa Quebrada -Ce Praias e recifes Chapada da Diamantina -BA Dunas Lençóis Maranhenses Cochilhas –RS
  4. 4. As diferentes formas de relevo, encontram-se em lenta e contínua transformação Cordilheir a do Himalaia A Lagoa de Marapendi ( Barra da Tijuca /RJ) começou a se formar há aproximadamente 500 mil anos atrás quando uma restinga, que se desenvolveu paralela ao mar, se fechou aprisionando um pedaço de mar . Como este processo de sedimentação continua em evolução, a tendência geológica futura é de desaparecimento dessas Esquema de formação de montanhas por dobramentos ou orogênese Vale do rio São Francisco Formação de um vale fluvial ( rio)
  5. 5. Coluna geológica do Tempo As diferentes formas de relevo resultam da ação dos agentes internos e externos sobre determinada estrutura geológica durante determinado tempo geológico Coluna geológica no Brasil Período Era Quaternário anos Formação do Pantanal e lagoas costeiras Cenozóica Terciário 65 mihões 250 milhões 650 milhões 65 mi Formação do petróleo e planícies litorâneas Mesozóica ( continuação da formação das planícies e intenso vulcanismo no Brasil ) Paleozóica (início da formação das planicies e depositos de carvão mineral ) Pré-Cambriana 4,5 bilhões 1milhão (formação da maior parte do relevo brasileiro/ planaltos e serras e todos os minerais metálicos como Fe, Pb, Cu, Bx , Au, Ar e pedras preciosas)
  6. 6. Os agentes externos estão representados pelas águas( chuvas, rios, mares, gelo) , pelo calor, pelo vento e pelos seres vivos. Os agentes internos ( ou forças endógenas) estão representados pelo tectonismo, pelo vulcanismo e pelos sísmos. vulcanismo Tectonismo Agentes internos Agentes externos Falésia -Abrasão marinha Vila velha –PR eólica Erosão
  7. 7. O relevo brasileiro Mapa Relevo brasileiro Características # Predominam os planaltos de baixa altitude ( até 1200m ) e as planícies # O relevo brasileiro não possui grandes altitudes . Este fato pode ser explicado pela antiguidade de seus terrenos (em geral, pré-cambrianos ) que vem sofrendo o ataque dos agentes de erosão há milhões de anos . # Planalto, Planícies e Depressões são as principais formas de relevo . O Brasil não apresenta cadeias de montanhas ou dobramentos modernos Planalto das guianas Planície Amazônica Planalto brasileiro Pl.pantanal Pl. Costeir a As Cores variam de acordo com níveis de altitude indo dos mais baixos ( verde) aos mais elevados ( marrom)
  8. 8. As diferentes classificações do relevo brasileiro Professor Aziz Ab’Saber / anos 60 Professor Aroldo de Azevedo Diferencia Planalto Anos 40/50 ( erosão) de planície classifica as estruturas de acordo com o nível de ( sedimentação) de altitude acordo com processo Reconhece duas unidades de formação ou de relevo : Os planaltos e gênese as planícies (menos de Professor Jurandyr Ross Anos 90 200m) Apresenta uma classificação extremamente complexa Utilizou informações e tecnologia do Projeto RadamBrasil Além de Planaltos e planícies introduz uma nova unidade / Depressões
  9. 9. O relevo do estado do Rio de janeiro ra Ser da M iqu ant eira o a d aíb par Rio Sul Baixada dos Goitacazes Serra do mar Baixada fluminense Baixada de Araruama cidade do Rio de Janeiro Baía de Sepetiba Rio Paraíba do Sul Baía de Guanabara
  10. 10. O relevo e a ocupação do espaço As formas de relevo influenciam ( no passado muito mais do que hoje) a ocupação do espaço pelo homem, ora facilitando ora dificultando . Vale do rio Nilo Na antiguidade as planícies aluviais, de grande fertilidade de solo , atraiam as populações provocando o surgimento de grandes civilizações. A “ muralha” da Serra do Mar dificultou a ocupação e colonização do interior do Sudeste do país durante o período colonial . Na foto, no alto e a esquerda aparece o litoral e a cidade de Santos .Cortando as escarpas vemos o complexo rodoviário Anchieta-Imigrantes-São Paulo .
  11. 11. O vale do São Francisco Conhecido no período colonial como”rio dos currais” , o rio e o vale do São Francisco serviram de caminho natural para a ocupação do interior da região Nordeste Gaiola Embarcaçã o típica na região Várias cidades se desenvolveram às margens deste rio Penedo – AL Fundada em 1535 Hoje: agricultura irrigada ao longo do São Francisco
  12. 12. O homem transformando a paisagem A história do morro do castelo ... Era uma vez um morro a beiramar... Litografia Vitor Frond/1835 local de moradias durante os séculos foi totalmente demolido XVII, XVIII e XIX... a partir de 1922... Hoje é uma área do centro da cidade com movimentadas avenidas, prédios públicos, centros culturais e intenso comércio... Surge no lugar uma esplanada 1920/30... Igreja de Santa
  13. 13. Aterro do Flamengo O projeto de urbanização da área aterrada (com material proveniente do desmonte do morro de Santo Antônio) foi concluído em 1965 - envolve amplas pistas para o escoamento do tráfego e diversas áreas de lazer, com três passagens subterrâneas e cinco passarelas de acesso a praias e parques. O Aeroporto Santos Dumont foi construído em uma área aterrada com o desmonte do Morro do Castelo, e inaugurado em 1944.
  14. 14. Geologia Geologia é a ciência que estuda a crosta terrestre, a matéria que a compõe, sua estrutura e textura, sua formação e as alterações que ocorreram desde sua origem. Seus conhecimentos são aplicados na exploração de minérios, na construção civil , na obtenção de energia geotérmica , na identificação de áreas de risco como de terremotos , vulcanismo e muito mais .... Quanto a estrutura geológica o território brasileiro apresenta: # Escudos cristalinos -formados por rochas magmáticas e metamórficas na era précambriana ( 36%) # bacias sedimentares ( 64%) formadas nas eras Paleozóicas, Mesozóica e Cenozóica O Brasil não apresenta dobramentos modernos . O movimento ocorrido no início da formação da terra ( era pré-cambriana ) deu origem as Serras do Mar , Mantiqueira e Espinhaço
  15. 15. O Brasil apresenta relativa estabilidade tectônica Pela sua localização no centro de uma placa tectônica ( sul-americana) , não apresenta vulcanismo ativo, orogênese ou atividades sísmicas relevantes. Teoria da Deriva dos Continentes Placa sul-Americana
  16. 16. Vulcanismo no Brasil ocorreu na era Mesozóica em grande parte do planalto Arenito-basáltico em São Paulo e Paraná e em Minas Gerais nas cidades de Poços de caldas e Araxá A cidade de Poços de caldas se desenvolveu numa antiga cratera de vulcão extinto há milhões de anos Observe o aspecto circular do sítio da cidade . Acima a direita uma fotografia aérea com técnica que permite detectar vestígios desta cratera Na era cenozóica formou as ilhas oceânicas de Fernando de Noronha ,Trindade e Martins Vaz e Penedos de São Pedro e São Paulo
  17. 17. Assim como as formas de relevo a geologia influencia e influenciou a ocupação e exploração do espaço pelo homem A descoberta do ouro e dos diamantes na região das Minas Gerais levou a ocupação do espaço do interior do sudeste nos século XVII e XVIII e fez surgir cidades como : Ouro Preto ( antiga Vila Rica ) Mariana e Congonhas do Campo Ouro Preto Outras consequências # Expansão do território brasileiro desobedecendo os limites do Tratado de Tordesilhas # Transferência da capital para o Rio de janeiro ( 1763) /Deslocamento do centro econômico do Nordeste para o Sudeste Congonhas do
  18. 18. Recursos Minerais do Brasil A geologia , isto é, a estrutura dos terrenos e a idade geológica determinam os tipos de recursos minerais a serem encontrados e explorados. Em terrenos cristalinos (escudos pré-cambrianos) aparecem os minerais metálicos Em estruturas sedimentares aparecem os minerais não-metálicos
  19. 19. O Brasil é um pais rico em recursos minerais Fatores que favorecem: # Variedade de terrenos de diferentes idades e estruturas geológicas # Gigantismo do território A geologia , isto é, a estrutura dos terrenos e a idade geológica determinam os tipos de recursos minerais a serem encontrados e explorados. Em terrenos cristalinos (escudos pré-cambrianos) aparecem os minerais metálicos Em estruturas sedimentares aparecem os minerais não-metálicos Os minerais mais abundantes no Brasil : Metálicos : Ferro, manganês bauxita(alumínio), ouro, prata, urânio, chumbo , nióbio,cobre, cassiterita( estanho), níquel Não-metálicos : sal-marinho, fosfatos e potássios , calcário areia, argila, amianto e água E os combustíveis fósseis : carvão mineral, petróleo e gás
  20. 20. Minério de ferro no Brasil Hematita A existência de grandes reservas ( cerca de 15% do total mundial) associado ao alto teor de ferro do minério encontrado no país , coloca o Brasil em posição de destaque ( segundo produtor mundial) no mercado mundial. Atualmente o minério de ferro ,figura entre os cinco itens mais exportados pelo país . O minério de ferro é a matéria- prima básica para fabricação de aço Áreas produtoras Quadrilátero Ferrífero #Responsável por cerca de 80% da produção nacional #Localiza-se em MG entre os municípios de Belo Horizonte, Mariana, Santa Bárbara e Congonhas do Campo # 60% a 70% do minério produzido nesta área é exportado e o restante é utilizado nas siderúrgicas da região Sudeste do país A produção é escoada através das E.F.Vitória-Minas( até o porto de Tubarão ) e E.F .Centro-Atlântica ( até o complexo portuário de Itaguaí-Sepetiba ) A Transnacional Vale é a mineradora que explora a região.
  21. 21. Serra dos Carajás -PA # É a maior reserva de ferro do mundo e a segunda maior área produtora do Brasil # A produção é totalmente exportada para o Japão # A E.F.Carajás , inaugurada em 1985, com 890 km liga a área produtora ao Porto de Itaquí em São Luís no Maranhão . # A Hidrelétrica de Tucuruí foi construída para gerar energia necessária ao projeto #A Vale é a principal mineradora a explorar este local Complexo de Carajás Cidade, área de exploração e
  22. 22. Minério de manganês Elemento básico na produção do aço. Produção : Serra dos Carajás( PA), Quadrilátero Ferrífero ( MG) e Maciço do Urucum (MS) A exploração na Serra do navio ( AP) está praticamente esgotada e é toda exportada através da E.F. do Amapá e pelo o porto de Santana Bauxita ( minério de alumínio) Maciço do urucum/ MS Da bauxita é extraído o minério de alumínio Cassiterita( minério de estanho) Utilizado na liga com o chumbo em soldas no setor eletrônico .Os estados de Amazonas e Rondônia são os principais produtores utilizado nas indústrias de automóveis, portas e janelas, panelas . É bom condutor de eletricidade e anticorrosivo. Principal produção encontra-se em Oriximiná ( PA) Parte é exportada e parte atende ao mercado interno
  23. 23. Nióbio O Brasil é o pais de maior reserva mundial ( cerca de 97%) e o maior produtor deste minério ( 90% da produção mundial). Na região de Araxá (MG) encontra-se a maior jazida de nióbio do mundo Aplicação : Fabricação de liga que melhora as propriedades em produtos de aço, especialmente nos de alta resistência como tubulações para transmissão de gás sob alta pressão, em turbinas de aeronaves a jato. Adicionado ao aço inoxidável é utilizado em sistema de escapamento dos automóveis e na fabricação de magnetos para tomógrafos de ressonância magnética . Em cerâmicas eletrônicas e em lentes para câmeras. Nióbio em Araxá
  24. 24. Gemas e Metais Preciosos Ouro Uma mina de ouro na região de Minas gerais Estrada Real Estrada que servia para escoar as riquezas da região das Minas Gerais em direção ao porto do Rio de janeiro no período colonial Rubi Diamantes Esmeralda Turmalina
  25. 25. Minerais não metálicos Encontrados em terrenos sedimentares sal de cozinha Calcários na construção Cimento, cal e vidro AraruamaRJ Porto de Areia Branca (RN)/principal terminal exportador de sal do pais Potássio de uso na industria química Minerais radioativos São utilizados na produção de energia nuclear e equipamentos hospitalares Urânio- encontrado em MG e CE Fertilizantes químicos Tório encontrado na Monazita principalmente no ES e RJ Angra 2
  26. 26. O Petróleo e o Gás O petróleo é um hidrocarboneto encontrado em rochas sedimentares de idade Terciária . O petróleo foi formado a partir de plantas e animais que viveram nas águas dos mares há milhões de anos atrás. Ao longo de muitos milhões de anos os restos destes animais e plantas foram sendo cobertos por camadas de lama. A pressão e o calor produzidos por essas camadas ajudaram a transformar esses materiais orgânicos em petróleo. A palavra petróleo significa "óleo da pedra". Pode ser encontrado na plataforma continental ou dentro do continente Off shore On shore A maior parte do petróleo brasileiro (85%) encontra-se na plataforma continental em águas profundas
  27. 27. Petróleo no Brasil A bacia de Campos é hoje, responsável por mais de 80% da produção de petróleo no país . Com a inclusão de novos poços do pré-sal as reservas brasileiras passam a 23,9 bilhões de barris
  28. 28. O município de Macaé, cresce hoje, impulsionado pela riqueza gerada da exploração de petróleo na sua plataforma continental Áreas de exploração de petróleo na plataforma continental ( offshore)
  29. 29. Exploração de petróleo no Brasil De acordo com a Lei , o petróleo pertence ao Estado brasileiro enquanto estiver sob o solo. Uma vez explorado, o petróleo é de quem tenha licença para extraílo, com o pagamento de royalties e impostos. Hoje, os blocos de exploração de petróleo brasileiro são leiloados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), podendo ser  arrematados por empresas privadas, estatais de outros países, ou pela Petrobras.
  30. 30. O carvão mineral Teor de carbono 54 a 60% 65 a 75% 75 a 85% É um combustível fóssil, encontrado em rochas sedimentares de idade paleozóica. O minério se formou há milhões de anos, quando extensas florestas foram submersas, fazendo com que os restos de vegetais, que são ricos em carbono, se transformassem em um elemento rochoso. O Carvão mineral no Brasil apresenta limitações de uso pois não apresenta, na média, boa qualidade com apenas 59,87% de teor de carbono e um percentual muito elevado de cinzas em sua composição (26,83%) As maiores reservas nacionais de carvão encontram-se no sul do país entre o Paraná e o Rio Grande do Sul. As jazidas de melhor qualidade estão em Santa Catarina na zona carbonífera que compreende os municípios de Orleãns, Lauro Müller, Urussanga, Siderópolis, Treviso e C.riciúma 95%
  31. 31. O grande desafio das atuais e próximas gerações é o de utilizar de forma produtiva e positiva as paisagens e os recursos naturais sem causar fortes impactos ambientais ou danos irreversíveis ao planeta e a sociedade em geral Sustentabilidade Pense nisso!!

×